Zibia Gasparetto, a revista Veja, e o sociólogo Gilberto Freyre

Este artigo visa resgatar uma matéria da revista Veja, que faz uma comparação entre o estilo literário do sociólogo Gilberto Freyre quando encarnado e quando desencarnado.

 

Introdução 

A revista Veja acabou de liberar seu conteúdo dos anos de 1997 a 2007, no link http://veja.abril.com.br/arquivo.shtml. Isso me permitiu encontrar várias matérias interessantes, entre elas uma, assinada por Marcelo Marthe, que compara os estilos literários do sociólogo Gilberto Freyre (15 de março de 1900 – 18 de julho de 1987), autor de Casa Grande & Senzala, publicado em 1933, quando vivo e através da “mediunidade” de Zibia.

A matéria também fornece algumas informações preciosas sobre Zibia, sua cultura, educação e o início de sua “mediunidade”: 

Zibia, que cursou só o primário e escrevia histórias policiais à la Agatha Christie antes de virar médium, diz que começou a psicografar depois de passar algum tempo sentindo dores no braço direito. Um dia, desatou a escrever. Hoje psicografa no computador, de terça a quinta, às 3 da tarde. 

Notemos que Zibia, apesar de só ter o primário, já era detentora de grande criatividade, antes dela mesma se considerar médium. Fica a pergunta: seriam mesmos os espíritos os autores de seus romances atuais ou tudo não passaria de um estado dissociativo, em que em sua forma mais grave poderia levar à ocorrência de múltiplas personalidades? 

A matéria continua se referindo aos principais guias espirituais da médium: 

A médium credita seus escritos a vários “seres de luz”. O principal deles é Lucius – um suposto ex-integrante do Parlamento inglês e juiz francês em encarnações passadas. 

Como a médium só tem o primário, seria interessante, para testar sua mediunidade, perguntar-lhe coisas em francês ou inglês, quando incorporada de Lucius. Ou fazer-lhe perguntas específicas sobre o período histórico em que viveu.  Nesse momento, será que o espírito conseguiria responder as perguntas feitas? 

Vejamos agora os trechos comparando os escritos de Gilberto Freyre quando vivo e quando desencarnado:

Casa Grande & Senzala,

de Gilberto Freyre

O Encontro, conto psicografado por Zibia Gasparetto em 1995

“O ambiente em que começou a vida brasileira foi de quase intoxicação sexual. O europeu saltava em terra escorregando em índia nua; os próprios padres da Companhia de Jesus precisavam descer com cuidado, senão atolavam o pé em carne. Muitos clérigos deixaram-se contaminar pela devassidão. As mulheres eram as primeiras a se entregar aos brancos, as mais ardentes indo esfregar-se nas pernas desses que supunham deuses.”

“Irene olhou o relógio e suspirou angustiada. Faltavam dez para as oito. Armando saíra com amigos. Olhou-se no espelho mais uma vez. Como gostaria de ser linda, elegante, maravilhosa, para poder vingar-se dele naquela hora. Para ver em seus olhos o arrependimento por havê-la perdido! Mas ela não se achava bonita. Seus amigos diziam, era sempre muito requisitada pelos homens, mas era porque ela era independente, bem na vida, e indiferente.”

 

A matéria finaliza assim: 

Na versão de dona Zibia, um dos grandes pensadores brasileiros, autor do clássico Casa Grande & Senzala e dono de uma escrita elegantíssima, teria decidido escrever contos melosos no além-túmulo. Fica difícil não concordar com o que o crítico fluminense Agripino Grieco dizia a respeito das psicografias de autores famosos. Segundo ele, a psicografia era a prova cabal de que a morte faz muito mal ao estilo (e às idéias, pode-se acrescentar) de um autor.  

Concordo com o autor da matéria. A diferença de estilos, ao menos neste caso, é gritante, o que sugere um fenômeno anímico, e não mediúnico. 

Bibliografia 

http://veja.abril.com.br/arquivo.shtml (acessado dia 19/11/2007) 

http://veja.abril.com.br/230102/p_118.html (acessado dia 19/11/2007)

38 respostas a “Zibia Gasparetto, a revista Veja, e o sociólogo Gilberto Freyre”

  1. Gilberto Diz:

    Zíbia Gaspareto, fenômeno literário brasileiro, líder de uma equipe de “ghosts”. Com certeza uma equipe de espíritos, a questão é: vivos ou mortos?

  2. Delefrate Diz:

    Zibia enriquece com a doutrina espirita, e isso vai contra os fundamenos da doutrina espirita e do próprio Jesus quando disse : “dai de graça o que de graça recebeste´´.


    Apesar que faço aqui uma obsevação: segundo o que tenho lido e tb apreendido, quando uma pessoa desencarna, ela muda muito seu modo de pensar e até msm de agor, pois a vida sem o corpo de carne é totalmente diferente, o véu das ilusões terraqueas se dissipa e o espirito desencarnado reconhece muitas vezes que são falsas muitas coisas que tomava como verdade na terra.Digo muitas vezes porque existem alguns que msm depois do desencarne conservam ses preconceitos e idéias terrenas pelo seu carater pouco avançado.Mas sempre reconhece o erro, o que acontece é que pode não admiti-lo.Mas com certeza o estilo dos artistas podem mudar muito pois a morte tras muitas revelações da vida,não é uma coisinha rotineira, isso é óbvio.

  3. angus Diz:

    Concordo com Delefrate, Zibia Gasparetto e todo o clã Gasparetto enriquece ‘as custas da doutrina espírita, e como vai na contramão do que prega a doutrina, podemos dizer não ser confiáveis, então tanto pode ser manifestações anímicas, como mensagens de espíritos com a intenção de confundir, engraçado que todo espírita que se interessa sériamente pela doutrina, sabe disso, é por conta disso que não vejo as colocações de Vitor Moura com boas intenções. Na minha opinião os escritos de Zibia Gasparetto estão fora de uma análise ‘a luz da doutrina espírita, a própria repudia o uso das faculdades mediunicas com vista em lucros financeiros.

  4. Delefrate Diz:

    angus, voce diz bem “é por conta disso que não vejo as colocações de Vitor Moura com boas intenções´´ também penso assim, tanto é que em um post destes do site eu lhe sugeri que que postasse os famosos casos dos juizes de direito que absolveram os réus baseados em mensagens espiritas, mas como era de se esperar, até agora não obtive nem resposta.

    São coisas assim que lhe tira a credibilidade.

  5. Vitor Diz:

    Angus e Delefrate,

    o título do site é “obras psicografadas”. Independe, portanto, do médium ser espírita kardecista ou não. Basta psicografar :)

    Sobre os casos dos juízes que absolveram os réus, isso se deveu muito mais na confiança que o povo tinha no médium do que de alguma evidência paranormal contida nas mensagens. Entenda que às vezes chegam vários recados, em diferentes tópicos, deixo para responder depois e acabo me esquecendo. Basta me cobrar que eu respondo, se for o caso.

    Um abraço.

  6. NIVEA Diz:

    NÃO ENTENDI NADA SOBRE O SITE
    BLZ

  7. Cleidiane Diz:

    SEJA COMO FOR, ACHO AS OBRAS DE ZIBIA E LUIZ GASPARETTO FANTÁSTICA!
    QUEM NÃO CONHECE DEVERIA OUVIR UMA DE SUAS PALESTRAS ANTES DE EMITIR OPINIÕES ACERCA DO ASSUNTO!

  8. marcelo eustaquio gomes de lima Diz:

    Concordo e discordo em parte com o que disseram determinados criticos com relação ao enriquecimento dos Gasparetto às custas da doutrina espirita.
    No caso de Chico Xavier, por exemplo, que só tirou o próprio sustento de seus dons espirituais, se um médium se coloca à inteira disposição de espiritos superiores que querem transmitir suas mensagens e divulgar a doutrina espirita, este médium tem que ter um teto, alimentação, vestuário, medicamentos, enfim tudo que for necessário às suas necessidades enquanto estiver no corpo físico.
    Chico, como era um espirito muito superior, talvez sua última reencarnação na terra, não precisava mais do que o necessário às suas necessidades básicas como espirito encarnado num corpo físico. Além do mais, ele não tinha mulher ou filhos que dependessem dele financeiramente.
    Já os Gasparetto, uma família maior, com mais necessidades, filhos e netos para criar, reclamam mais recursos financeiros para estas necessidades.
    Outra coisa, os próprios Espiritos Superiores orientaram a Zibia para que ela fechasse o seu centro espirita e abrisse uma gráfica e editora, de suas obras e de outros autores espiritas. Toda editora e gráfica tem despesas, com máquinas, muito papel e sobretudo despesas com funcionários. À menos que os empregados dela fossem voluntários. Olha, encurtando o assunto, se os Espiritos Superiores achassem que ela está errada se beneficiando e enriquecendo ilicitamente às custa da Doutrina Espirita, eles simplesmente “PARARIAM DE DITAR OS LIVROS” para ela.

  9. fernando Diz:

    Me diz, e tem como saber se A ou B esta mentindo? será que se chico xavier nao doace os direitos autorais ele tbem não seria considerado fraude?

    um abraço,

  10. vania alves de carvalho barros Diz:

    uma vez li uma revista que era da zibia gaspareto ,ela dava uma mensagem de ajuda , tinha outras matérias também . me ajuda quero pode comprar essa revista e não sei o nome

  11. mara fyalho Diz:

    eu amooooooooo… livros de zibia.. ela é simplismente fantastica..

  12. Liana Diz:

    Infelizmente eu tenho que dizer que eu não acredito que os livros da Zibia foram psicografados! Na minha opinião são todos obras de ficção!
    E eu tenho que concordar também que se o espírito depois da morte compreende melhor as sua posição e está liberto das condições que antes prendiam aqui na carne por conseqüência no mínimo iria apresentar uma linguagem superior a qual este possuía antes o que não ocorreu. Então no máximo é um fenômeno anímico !!!!!

  13. silvia Diz:

    sempre fui sua fã um beijo fique com deus

  14. Matheus Diz:

    Simplesmente perfeito! Parabéns pelo excelente trabalho!

  15. Janaina Diz:

    Primeiramente gostaria de parabenizar todos eplo debate, afinal, não é sempre que temos opiniões sobre a psicografia.
    Em 1°lugar, gostaria de dizer que também não acredito que os livros da Zibia são psicografados, acredito que são pura ficção, mas concordo que são muito bem elaborados e podem prender a atenção de qualquer pessoa.
    Agora sobre Chico Xavier, não tenho nem o que dizer, pq simplesmente ele era o pai do espiritualismo, suas obras são fascinantes…
    Mas li duas obras de outros autores e gostoria de indicar os titulos ” O GUARDIÃO DA MEIA NOITE” e ” O CAVALEIRO DA ESTRELA GUIA” , estas obras mostram o bem e o mal, se alguém puder lê-los com certeza aprenderá muito em sua vida….
    Um abraço a todos

  16. SERGIO LUIZ GOUVEIA DE ALMEIDA Diz:

    Às pessoas que queiram ter conhecimentos seguros sobre a Doutrina Espírita, eu aconselho a lerem as Obras Básicas do Espiritismo, quais são: O livro dos Espíritos, a Gênese, O livro dos médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O céu e o inferno e outros, com certeza aprenderão muito e com muita segurança, sem especulações.

  17. Lucyana Diz:

    … Essa mulher não segue os principios da doutrina, acredito que ela a tenha usado apenas para sair da falencia quando seu marido morreu, ela é obsececada pelo didinn. . .

    FARÇANTE!!!

  18. Karina Donat Diz:

    Olha, li o livro “Até que a vida os separe” e me deliciei com a história, os personagens… Ha muito não lia algo tão interessante e sobre um amor tão lindo e maravilhoso…
    Obrigada por existir e nos esclarecer sobre nossa própria existência…

  19. Tatiane Diz:

    Será que tudo isso de psicografia não é algo para mascarar o medo que todos temos de um dia apenas morrer e não mais existir ?

  20. Tatiane Diz:

    De todo o meu coração espero um dia poder tocar violão para meu pai que desencarnou a dez anos e até mesmo ouvi-lo tocar quem saber parar em bar e fazer um pagode em uma caixa de fosforo como sempre custumava fazer esse dia pode existir?

  21. joshua Diz:

    Zibia é uma das maiores picaretas que já existiram no Brasil. Este texto “psicografado” do Gilberto Freyre chega a ser bisonho. Tinha que ser presa.

  22. Dante Luz Diz:

    Marcelo, Chico Xavier não tirou proveito do dinheiro dos livros? Ele fazia como muitos politicos fazem….rsrs estava tudo no nome dos outros, especialmente do filho adotivo. Inclusive a BMW, e a casa com sala de cinema e tv de 50 polegadas, isso há mais de 10 anos. Tem ideia de quanto custava uma. Como você sabe que os espiritos continuam ditando livros para Zibia?

  23. Dante Luz Diz:

    Ola Tatiane. Minha esposa se diz espirita, mas na verdade o espiritismo não existe, o espirita tem pavor da morte. E desta forma ele finge que não vai morrer é sim virar espirito e voltar. Voltar? isso implica em se lembrar, de que adianta voltar se você não sabe que já esteve. Ora, vai cometer os mesmo erros. Isso é coerente com uma frase de Chico Xavier:” A verdade que fere (a vida é única e a morte definitiva) é pior do que a mentira que consola ( Nós não morremos, viramos espirito e nascemos de novo). O espirita prefere ser consolado com uma mentira. Todo os espiritismo é na verdade uma grande mentira para consolar os que tem medo da morte.

  24. shirlei Diz:

    OLHA

    OUÇAM UMA PALESTRA DO GASPA http://WWW.4SHARED.COM E PESQUISE GASPARETTO , NAO EXISTE NEHUM LIVRO MELHOR Q AQUELE OU AUDIO. E UMA BENÇÃO.

    MINHA SAUDE MELHOROU MUITO. NOSSA!!!! VOLTEI A VIVER E PERDI O MEDO SABE. EU TO BEM MELHOR.

    QUE DEUS ABENÇOE ESSE HOMEM

  25. shirlei Diz:

    vc ja viram os videos de pintura mediunica

    http://www.youtube.com.br

    cada quadro lindo

  26. Karina Donat Diz:

    Dante Luz você é algum estudioso ou expert no assunto, pela forma que ele se refere à espiritismo… A forma mais maravilhosa de enfrentar a morte é saber viver e aproveitar a vida tentando entender e RESPEITAR a opinião e a vontade de cada um e não ficar criticando sem nenhuma base no que está dizendo…
    Leia, reflita e aprenda, daí kem sab conseguirá viver em paz…
    fike com Deus no coração.

  27. Dante Luz Diz:

    Karina, eu vivo em paz, quem não vive é ela, e umas duas amigas espiritas também, vive..um dia apos o outro esperando a passagem, pois aqui é um castigo…isso é filosofia de vida…por favor.

  28. edi Diz:

    eu li um livro de zíbia gaspareto, não me recordo agora o título, em que uma mulher transa com o marido da outra em troca de um milhão de reais, para gerar um filho que a outra não pode ter.O que mais me assustou foi que, conforme a autora, foi tudo com o aval dos espíritos de bem. Lí também outros livros da mesma autora em que os personagens descobrem suas ligações passadas. Qualquer um pode inventar um mentor espiritual e sair por aí escrevendo baboseiras . Eu costumo comparar essa autora com Moisés,escreve um monte de absurdos e sai por aí enganando as pessoas.

  29. tsc Diz:

    Dante Luz, você não teve inúmeras experiências nem testou alguma pra falar tal coisa, pq se n, n teria nem começado a escrever tal post. Infelizmente, é só pra alguns q certas coisas cruzam a vossa vida. Mas espero q encontre algo q te mostre um caminho menos básico. E n fale de filosofia de vida, pois vc é só mais um e meio a muitos q têm uma opinião desinformada por ser sem base e acreditar numa ciência q, aos poucos, já vem tentando voltar atrás qnd se deparam com coisas como universos paralelos, entre outras coisas q caminham mais ao lado “místico” da coisa do q oq eles realmente querem. Mas n sou ngm, nem tão pouco sei nem tenho tanta experiência pra dizer q vc está errado ou n, mas espero q entenda como um ponto de vista, e n um ataque, pois cada um tem teu próprio padrão de crença e evolução, apesar de q a verdade nos fará abrir os olhos mais adiante, seja ela x ou y, eaí aprenderemos. Viu, evolução… evolução.

  30. Patricia Lopes Diz:

    Bom gente se é mentira ou ñ eu ñ sei sei que ela é campeã de vendas nos livros que ela escreve e posso diser que eu era uma pessoa extremamente pocessiva ciúmenta li o livro ninguém é de ninguém e melhorei muito com o livro pois posso diser uma coisa a cada vez q pego o livro da Zibia para ler ñ consigo me desgrudar enquanto ñ acabo a cada capitulo a cada linha fica mais interessante.
    Amo adoro os livros da Zibia Gasparetto parabens pelo sucesso.

  31. Sonia N. Diz:

    Vitor, você escreveu em 3 de março de 2008, respondendo a Angus e Delafrate, sobre a absolvição dos réus… “que esses casos se deveram mais à confiança que o povo depositava no médium, do que em alguma evidência paranormal contida nas mensagens”. ???
    Em que posição você colocou os juízes??? Você resumiu o trabalho da Justiça a uma conversa de comadre no jardim da praça!
    Quanto aos Gasparetto, estão todos em cima de um muro muito bem alicerçado em dinheiro. Negaram o Espiritismo e afirmam-se metafísicos. Mas, não abandonam seus espíritos “particulares”, porque é o que dá credibilidade e garante o ibope e a gorda conta no banco, para todos eles. Dona Zíbia conta que os espíritos mandaram fechar o Centro Espírita, para abrir uma gráfica e uma editora…rsss A gráfica e a editora já existiam há muitos anos. Outra coisa – só para novatos que desconhecem as leis que regem o intercâmbio entre o mundo invisível e o visível – espíritos superiores NUNCA dão ordens, NUNCA obrigam ninguém a fazer coisa alguma. Outra coisa… os Gasparetto são as únicas pessoas, de que se tem conhecimento, que fecharam um Centro Espírita porque os “espíritos superiores” afirmaram a eles que já haviam se elevado um degrau na escala espiritual, portanto, não precisavam mais enfrentar o “carma” de ajudar os outros.
    Pensem… porque tem muito mais!
    Abraços

  32. lucio flavio gomes Diz:

    O QUE A ZIBIA GASPARETTO TEM A VER COM ESPIRITISMO??????????????????????

    QUANTA PERDA DE TEMPO!

    ZÍBIA NÃO É ESPÍRITA, DEIXOU O ESPIRITISMO FAZ TEMPO, O QUE ELA ESCREVE ESTÁ FORA DOS PARÂMETROS KARDECISTAS E QUEM É ESPÍRITA SABE DISSO, SENHOR VITOR!!!!

  33. Heber Costa Diz:

    Concordo plenamente!!
    nada a ver com espiritismo, ela no maximo é uma espiritualista.
    Na comunidade espirita isso é bem claro, e o fato de ser ou não psicografia, bem!! ai vai apenas opiniões sem provas, de sim ou não! pessoalmente creio que não, acho animico suas escritas, e uma tend~encia me leva a crer em oportunismo, revestido com oque atrai o consumidor, a psicografia. Mas se suas ficções fazem algum bem, então o objetivo se fez sem querer.
    Deixem suas novelas impressas a quem possa se comprazer com ela, espiritismo é outra coisa, é filosofia e moral, ai é muito mais dificil de consefuir adpetos verdadeiros, que não querem espatáculos, e sim reforma intima.]
    Abraços a todos.

  34. Delefrate Diz:

    marcelo eustaquio gomes de lima
    Somente uma correção meu amigo,a informação sua de q Chico Xavier usou dinheiro ”somente” para sustento próprio é falsa,Chico foi funcionario publico registrado e viveu disso,após se aposentando com 1 salario e meio pq ficaram com dó e deram um jeitinho d arranjar ese meio a mais.Quem pesquisar sobre sua vida verá q o homem nunca se apossou d 1 centavo sequer,e,creio eu,a tentação devia ser gigante.
    Abraço e viva a informação,abaixo a ignorancia e má fé.

  35. Sam Diz:

    Olá para todos. bom li os comentários acima e resolvi deixar o meu também. Sou espírita e o que posso dizer como estudiosa da doutrina é que fica difícil realmente estudar pelos livros psicografados pela Zíbia. São livros infantis, superficiais, sem muito conteúdo. Para quem realmente se interessa pelo estudo da doutrina, o ideal seria ler os livros da codificação de Allan Kardec, e aí concordo com Sérgio Luiz de Almeida. Pórem por outro lado, para os espiritualistas ou simpatizantes do espiritismo, não seria interessante ler determinadas literaturas, por ser mais fácil, ou mais contagiante, afinal são histórias, o que envolve o leitor simpatizante. Não poderíamos pensar que talvez o fato de termos vários autores com estilos diferentes serviria para atingir públicos diferentes? Algum benefício essas pessoas estão tendo ao ler um livro de auto ajuda. Esse pode ser um primeiro passo para despertar interesse pelo espiritismo e pelo estudo da doutrina.
    O que posso dizer é que realmente eles fogem da proposta espírita, onde prega-se “dai de graça o que de graça recebeste.” Nesse caso mesmo sendo uma família maior como disse Marcelo Eustáquio, devemos viver sem excessos, sem exageros, principalmente no que se refere a bens materiais; isso demonstra apego, satisfação do ego, vaidade. O bom espirita, se preocupa com a reforma íntima e com o desenvolvimento das suas qualidades morais, tendo o dever de se melhorar e trilhar o melhor caminho, servindo de exemplo. Bom mas enfim quem somos nós para julgarmos. Cada um escolhe seus caminhos.

  36. Ivonete Diz:

    Sam, concordo contigo…Querem conhecer a doutrina espírita?Leiam livros de Allan Kardec!!!Eu particularmente adoro os livros de Rochester e estou lendo Se abrindo pra vida de Zibia Gasparetto (tenho todos os livros d’ela)Que Jesus abençoe à todos

  37. Marcos Arduin Diz:

    UM parágrafo de cada obra (original e psicografada) já faz a análise das obras inteiras?

  38. Sabrina Diz:

    Gilberto Freyre não escreve uma baboseira dessa nem aqui nem no além.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)