Emmanuel e Ashtar Sheran: semelhanças entre um espírito e um alienígena

 

Este artigo visa a demonstrar a extrema identidade entre o discurso e os fenômenos físicos de Emmanuel, guia de Chico Xavier, e Ashtar Sheran, alienígena famoso que também se comunica por médiuns, sendo de nível “etéreo”, ou seja, de consistência puramente em forma de energia, devido a sua “escala vibratória superior”.

 

Emmanuel

Ashtar Sheran

clip_image002

clip_image004

 

Ambas as entidades passam lindíssimas mensagens de amor e paz, reconheço. Porém, elas também passam mensagens cheias de misticismo, típicas da Nova Era, praticamente inverificáveis. Vamos a algumas delas. 

Assunto

Emmanuel

Ashtar Sheran


 
  clip_image006


Jesus

 

Jesus é o Governador e o Modelador da Terra: 

Rezam as tradições do mundo espiritual que na direção de todos os fenômenos, do nosso sistema, existe uma Comunidade de Espíritos Puros e Eleitos pelo Senhor Supremo do Universo, em cujas mãos se conservam as rédeas diretoras da vida de todas as coletividades planetárias. 

Essa Comunidade de seres angélicos e perfeitos, da qual é Jesus um dos membros divinos, [...] já se reuniu, nas proximidades da Terra, para a solução de problemas decisivos da organização e da direção do nosso planeta [...]. 

Sim, Ele [Jesus] havia vencido todos os pavores das energias desencadeadas; com as suas legiões de trabalhadores divinos, lançou o escopro da sua misericórdia sobre o bloco de matéria informe, que a Sabedoria do Pai deslocara do Sol para as suas mãos augustas e compassivas. Operou a escultura geológica do orbe terreno, talhando a escola abençoada e grandiosa, na qual o seu coração haveria de expandir-se em amor, claridade e justiça. Com os seus exércitos de trabalhadores devotados, estatuiu os regulamentos dos fenômenos físicos da Terra, organizando-lhes o equilíbrio futuro na base dos corpos simples de matéria, cuja unidade substancial os espectroscópios terrenos puderam identificar por toda a parte no universo galáxico. Organizou o cenário da vida, criando, sob as vistas de Deus, o indispensável à existência dos seres do porvir. 

Fonte: A Caminho da Luz – 1938 – FEB

Jesus é o representante da Terra: 

Jesus Cristo seria membro da equipe do “comandante” extraterrestre. Nestes termos, Jesus Cristo seria o representante da Terra na “confederação intergaláctica”. [1]

 

 

Lemúria e Atlântida

clip_image008

“Entre as raças negra e amarela, bem como entre os grandes agrupamentos primitivos da Lemúria, da Atlântida e de outras regiões que ficaram imprecisas no acervo de conhecimentos dos povos, os exilados da Capela trabalharam proficuamente, adquirindo a provisão de amor para suas consciências ressequidas.”

 

Os vários povos do mundo traziam de longe as suas concepções e as suas esperanças, sem falarmos das grandes coletividades que floresciam na América do Sul, então quase ligada à China pelas extensões da Lemúria, e da América do Norte, que se ligava à Atlântida. 

Fonte: A Caminho da Luz – 1938 – FEB

“Queremos ombrear cada vez mais convosco na construção de um mundo mais fraterno e amoroso, onde prepondere a União e a Paz entre todas as classes, independentemente da crença, classe social, cor, ou opção filosófica que cada criatura adotar em sua caminhada rumo ao Pai. Essa nossa tarefa de apoio ao vosso mundo estendeu-se por toda a história conhecida, desde a Lemúria, a Atlântida, passando pelo Egito, pela Índia, pela Europa e chegando amorosamente até os dias de hoje.” [2]

 

Materialização

clip_image010

“Já era bem tarde, Chico ainda estava na cabine, quando se materializou uma entidade, cujo porte e luminosidade demonstraram-nos grande superioridade. A porta por onde adentrou o recinto evidenciou-lhe a estatura elevada. Profundo silêncio se fez, embora sussurros se fizessem ouvir:  

— Emmanuel?!?  

Ali estava o abnegado servidor de Cristo, o ex-senador romano!  

Arnaldo Rocha assim descreve a profunda emoção causada pela materialização daquela singular e inesquecível presença:  

 “A materialização de Emmanuel foi magnífica! Emmanuel é um belíssimo tipo de homem. Atlético, alto, provavelmente 1 metro e 90 centímetros de altura. Sua voz clara, forte, baritonada, suave mas enérgica, impressionou-nos muito. O andar e os gestos elegantes, simples, porém aristocráticos. No grande e largo tórax um luzeiro multicolorido. Na mão direita, erguida, trazia uma tocha luminescente e sua presença sempre irradiava paz, harmonia, beleza e felicidade.” 

Fonte: “Mandato de Amor”, da União Espírita Mineira

 

Certa ocasião, não sabemos explicar como, resolveu o Chico, talvez influenciado por companheiros de trabalho espiritual, servir como médium de efeitos físicos.  

Para isso, foram organizadas algumas reuniões especiais. 

Elementos selecionados compuseram o grupo. 

(…) 

Eis, porém, sem que se esperasse, em plena sala, se destaca a figura serena, mas enérgica, do espírito de um senador. Alto, majestoso, túnica imponente, ligeiramente atirada sobre os ombros. Faixa característica em forma de cinturão cingindo-lhe a cintura. Cabeça olímpica, olhar vivo. Uma onda de respeito e de temor percorreu os corações  

(…) 

Ali, diante deles, está Emmanuel, o campeão do Evangelho em terras da América e do Brasil, o senador redivivo no “Há dois mil anos…” 

Fonte: “Chico Xavier – o santo dos nossos dias”, livro de R.A. Ranieri editado pela Ed. Eco, às págs. 158-60

“Conforme o tempo transcorria, uma curiosa e estranha névoa azulada formava-se ao lado do sensitivo, assumindo vagarosamente a forma de uma nuvem circular. Essa forma gasosa emitia uma luz tênue, lembrando fumaça de cigarro iluminada ou fosforescente que, a intervalos, aumentava sua intensidade. Parecia que pulsava. Rapidamente a névoa compactou-se formando uma semiesfera e do seu interior surgiu uma sombra. Lentamente, do desconhecido, uma forma humanóide aparecia. Era um ser semelhante a um ser humano mas de aspecto “angelical”. O rosto era belo, de traços suaves e bem delineados, mas sem perder o ar sério e severo. Os olhos eram claros e ligeiramente rasgados, o cabelo era comprido e loiro, penteado para trás. Seu corpo era proporcional, esguio e atlético, sua altura beirava 1,80 metros aproximadamente com os membros perfeitamente normais e mostrando o contorno dos músculos. Vestia-se de forma simples, ostentando um macacão folgado com as mangas acabando em punhos apertados, botas semelhantes ao couro, de cano longo sem folga, e um cinto largo na cintura. 

A figura humanóide colocou-se à frente da luz, em pé, olhando sério para o grupo que, totalmente atordoado, não conseguia compreender o que estava se passando. O ser de origem desconhecida, olhou para o médium que em seguida começou a falar, como se estivesse recebendo uma mensagem através da telepatia: “Não temam, não lhes farei nenhum mal, meu nome é ASHTAR SHERAN, sou Comandante da frota de espaçonaves de Ganímedes.” [1]

Obras assistenciais

Oficialmente, por meio de registro em cartório, Chico doou os proventos dos livros mediúnicos às editoras de seus livros, bem como a inúmeras obras sociais. Viveu sempre exclusivamente de seu minguado salário de funcionário público de baixo escalão. Como prova de gratidão, muita gente chegou a lhe oferecer dinheiro. Chico recusava sistematicamente: “Ajude o primeiro necessitado que encontrar”, dizia ele. O mesmo fazia com os presentes com que era agraciado. Sistematicamente recusou também doações que lhe foram feitas, envolvendo terras e dinheiro. Tudo foi repassado a instituições de caridade. Várias foram fundadas por espíritas com o nome do guia Emmanuel, por exemplo, o Lar da Criança Emmanuel, que tem como missão “prestar assistência à criança carente, fornecendo alimentação, orientação pedagógica, social e saúde para facultar seu desenvolvimento físico, intelectual, moral e social e dar suporte extensivo à família.” [3],[4]

No Brasil, existem várias entidades e pessoas que dizem manter contato com a entidade “Ashtar Sheran” e são orientadas a seguir seus ensinamentos. O mais conhecido e talvez mais antigo seria o CEEAS – Centro de Estudos Exobiológicos Ashtar Sheran, localizado em Salvador, Bahia e com filiais em Brasília, São Paulo, Curitiba e Natal. Foi fundado por Paulo Fernandes, em 1973, que teria mantido “contatos” físicos e telepáticos com “Ashtar Sheran” desde 1969 e teria sido o próprio “Ashtar Sheran” que teria pedido para que Paulo Fernandes fundasse a entidade com o objetivo de estudar e divulgar a presença de extraterrestres na Terra e suas supostas mensagens. Hoje a entidade é coordenada por Ana Santos e Marco Vinicius Almeida (Paulo morreu em março de 1981). 

O CEEAS centrou sua pesquisa e sua ação em bases filosóficas, científicas e espiritualistas. O objetivo maior do centro é a pesquisa da exobiologia (ou seja, da vida além da Terra) e a difusão da paz entre os povos. Por isso, desde 1989 apóia e integra a União de Sociedades Espiritualistas – Unisoes, e o Instituto Röerich da Paz e Cultura do Brasil, movimentos que buscam a união de esforços para a harmonização da humanidade. Também faz parte de seu programa de ação promover o vegetarianismo, a preservação da natureza, o não uso de drogas e, ainda, alertar para outros perigos maiores que a humanidade e todo o planeta correm com a iminência de mais um confronto mundial de potências e seus inimaginavelmente danosos experimentos nucleares.  O trabalho se expandiu a partir da criação de dois núcleos de vivências, em Feira de Santana e Ibicoara, municípios de diferentes regiões do interior da Bahia, para promover a integração do homem com a natureza e desenvolver trabalhos de responsabilidade social. [1],[5]

 Vemos que tanto o alegado espírito quanto o suposto extra-terrestre possuem muitas semelhanças em suas palavras e atitudes, ambos orientando diversas obras assistenciais  e chegando até mesmo a se materializar, segundo os relatos. Porém, seria verdade o que dizem? 

Tanto as alegações de que Jesus seria o governador ou o representante da Terra, quanto a das materializações, são atualmente inverificáveis (a menos que algum médium aceite se submeter a testes controlados e materialize tais entidades, claro). Porém a existência dos continentes perdidos não. Há muita evidência de que tais continentes jamais existiram.


clip_image012

Não há espaço para a Atlântida ou Lemúria pelo quadro acima.


Ainda assim, independente de terem de fato existido ou não, Emmanuel afirma que a China e a América do Sul, nesta época, quase eram unidas entre si pelo continente da Lemúria. Porém hoje em dia já há mapeamentos submarinos que parecem refutar a possibilidade de existência e destruição no passado de tal continente, pelo menos um continente com as características descritas por Emmanuel.  

clip_image014

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A figura acima inclui um de tais mapeamentos, que pode ser encontrado nas contracapas da Enciclopédia Conhecer, editada no Brasil em fins da década de 70. [6] 

Em minhas discussões com os espíritas kardecistas pelo Orkut, encontrei quem achasse Ashtar Sheran uma figura ridícula, mesmo fictícia, e que só fanáticos dariam importância ao que ele dizia. Esses mesmos espíritas, no entanto, não consideravam Emmanuel uma entidade fictícia e nem ridícula. Será que mostrando agora a extrema semelhança de suas palavras e fenômenos, eles passarão a ter outra opinião? Ou, pelo contrário, considerarão Ashtar Sheran outra entidade superior, apesar de suas afirmações comprovadamente equivocadas, apenas devido a suas obras assistenciais e mensagens de amor e paz?  

Bibliografia 

[1] http://www.ceticismoaberto.com/arquivo/chola_ashtar.htm (acessado dia 02/08/2008) 

[2] http://www.bandeirantesdaluz.com.br/mensagens/ashtar_sheran_28042002.htm (acessado dia 22/07/2008)  

[3] http://www.laremmanuel.org.br/lar.htm (acessado dia 02/08/2008) 

[4] http://www.n-a-u.org/Stoll2.html (acessado dia 02/08/2008) 

[5]  http://www.ceeas.com.br/quem/quemsomos.htm (acessado dia 02/08/2008)  

[6] http://paginas.terra.com.br/educacao/criticandokardec/erros1.htm (acessado dia 02/08/2008)

 

 

 

 

102 respostas a “Emmanuel e Ashtar Sheran: semelhanças entre um espírito e um alienígena”

  1. Carlos Magno Diz:

    Vitor:

    Obrigado por nos ter trazido textos mostrando semelhanças entre mensagens de Ashtar Sheran e Emmanuel. As semelhanças somente vieram reforçar que ambos os mensageiros falam a verdade, porque há coincidências.

    Será que a matemática ensinada no Brasil é tão diferente da matemática ensinada na Alemanha? Se não é, e ambas provam-se a mesma coisa, então há credibilidade porque batem em seus fundamentos lógicos.

    Não houve, portanto, invenções e nem plágios, mesmo porque os estilos são diferentes embora tratem aproximadamente do mesmo assunto. Se fossem muito diferentes seriam ensinamentos anárquicos!

    O que eu também tenho visto por ai é que estão querendo jogar para o alto que o Chico Xavier era médium de um extraterrestre, a exemplo de alguém como Ashtar Sheran. Ou seja, Emmanuel seria um deles!

    Acaso não somos nós todos extraterrestres? A Terra é morada provisória de espíritos ancorados em formas densas. Os espíritos não nasceram na Terra, mas vieram para a Terra à busca de aprendizados e aperfeiçoamentos.

    Há planos superiores que se estendem pelo sistema solar, alcançando pelo oceano do éter outros planetas mais avançados. E para espíritos remidos e missionários voltar à Terra a fim de trabalhar, ensinar e obrar viajam também em naves.

    As naves espaciais já tinham sido registradas na antiguidade, vejamos somente os seguintes fatos:

    1. Em 1500 a.C. rodas ou discos de fogo sobrevoaram o palácio do faraó Thutmósis III.

    2. Em 323 a.C. quando Alexandre Magno cercava Tiro apareceram nos céus escudos voadores em formação triangular.

    3. Ezequiel descreve na Bíblia as quatro rodas que voavam com o espírito do Senhor. Dá detalhes preciosos sobre os metais e as luzes que continham.

    4. Também a Bíblia traz o relato da Carruagem de Fogo de Elias.

    As lições que Kardec organizou e codificou tinham e têm a finalidade de postular um caminho do conhecimento sob a luz do cristianismo. Se os tempos modernos nos demonstram que os extraterrestres nos trazem lições semelhantes em certos aspectos, viva a solidez da doutrina espírita, viva os ensinamentos do insigne Jesus! Gratia Plena!

    Quanto a se desejar dar provas da espiritualidade aos céticos e materialistas é malhar em ferro frio. Eles comumente não desejam ver, já têm a opinião formada, são discriminadores e preconceituosos.

    O médium humilde entende as forças espirituais porque as sente através de sua sensibilidade mediúnica, vê e prova suas existências. O estudioso mentalista e espiritualista desenvolve, pouco a pouco, a sensibilidade e a intuição que o fazem entender pela inteligência, a razão superior da Criação.

    O cético e o ateu, porém, são imunes a esse tipo de sensibilidade; logo é impossível entenderem essa realidade. Não falo dos embusteiros e dos fabricantes de ilusões que existem no meio espírita ou religioso em geral. Aqueles são oásis para os críticos e inimigos do espiritismo. Mas esses críticos comumente se esquecem de que no meio científico, dito racional, pululam os tortuosos, ambiciosos, enganadores e toda a sorte de imorais.

    Não há como provar-se o outro lado da vida através do método científico e laboratorial, como desejam os céticos. Nisso só se conseguem vislumbres quando as pesquisas emanam de cientistas com mentes abertas, que não sejam fanatizados, nem dominados pelo academismo concreto e irredutível. E no campo crítico e filosófico não sejam teóricos redundantes. A prova inconteste está unicamente na sapiência do espírito e essa luz somente se obtém através da vivência ou verdadeira pesquisa. Lamentável para aqueles que não conseguem praticar e nem vivenciar. Serão para sempre teóricos e ausentes da verdadeira sabedoria!

    Quanto à Lemúria e Atlântida, sugiro ao Vitor aprofundar-se muito mais no tema, pois as citações aqui trazidas são por demais insignificantes para a abrangência real do assunto.

  2. Marcus Gandolfi Diz:

    Vitor,

    Quanto à possibilidade de uma entidade ser a outra, é possível, assim como um espírito se manifesta na umbanda como “pai” João, e no espiritismo como João, com linguagem diferente, mas conteudo igual.
    Bem, quanto ao fato do extraterrestre se comunicar por médiuns e não por canais materiais, é meio estranho, e mais ,qualquer pessoa com senso crítico, não acreditaria na parte de extraterrestre, porque um espírito elevado iria se fazer passar por um ser mítico, inexistente? Digo inexistente porque não há a menor prova ou indício de que existam “homenzinhos verdes”, ou “gotinhas zoiúdas”, o que existe é uma paranóia coletiva , e muitos espertos que vivem desses misticismos, enfim, gostemos ou não, Emmanuel é espírito de algum nível evolutivo, gosto dos textos filosóficos dele, já os evangélicosw não me apetecem, e portanto não o imagino fantasiando-se de “ET”, seria ridículo.

    Sei que você defende a idéia de que Emmanuel nem exista, e que seja criação mental de Chico, isso só complica ainda mais a proposta da “dualidade”.

    Abraços
    Marcus

  3. Carlos Magno Diz:

    Vitor:

    Seria interessante você explicar por que o Emmanuel existe sem nenhuma prova concreta, mas é unicamente crível pelas obras psicografadas, e o Ashtar Sheran não pode também existir?

    Quem nunca leu o Ashtar e nega sua existência por ouvir dizer, ou acha que a forma dele é de alienígena do Spielberg, ou tolice, não sabe da profundidade científica e filosófica de seus argumentos. Bom mesmo seria atualizar-se!

    Ou então dobrar-se de uma vez diante dos argumentos céticos de quem usa o mesmo diapasão para desacreditar espíritos, espíritas e doutrina cardecista.

    Ter senso crítico somente para duvidar não significa ser possuidor de argumentos verídicos, pode-se estar rotundamente errado nas conclusões. Nem sempre o óbvio para uns o é para outros. Questão de cultura, visão, vivência, comunicação, experiência, etc. E a opinião flácida nunca está embasada em fatos.

  4. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    O que vocês estão discutindo ?
    Se a fé existe ? Só pode ser … Vocês querem provar que a fé é fisica ? Provar uma coisa que não pode ser constatada por todos ?
    Vocês exergam demais … parem de querer provar que Emmanuel e cia ltda existe … isso é uma PIADA DE GOSTO DUVIDOSO !

    PS:. Carlos Magno, você é ridiculo ! Tão bem articulado na escrita e tão RIDICULO nos seus comentários desses e de outros sites e comments.

  5. Carlos Magno Diz:

    Vitor:

    Sugestão: Faça um curso de assimilação de textos, ou coloque aí um filtro para comentaristas que não sabem minimamente entender.

    Tem muito brucutu na área, não sabem ler e nem escrever!

  6. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Realmente …
    Carlos Magno, você sonha em que um dia se concretize …
    O dia em que a ciência e espiritualidade vão ser “coisas” extremamente conectadas …
    CIÊNCIA E FÉ são DIFERENTES.
    exponha uma só prova científica ( vide ciência e seus conceitos e normas ) de que tudo isso é CIÊNCIA.
    Entenda uma só coisa, não sou contra a fé dogmática ( embora me incomode muito quando “aparece na minha frente” ) sou contra a categorização da fé como ciência.
    ESSA CORRELAÇÃO É ABSURDA !
    Quer “receber trocentos espiritos” vá …
    Quer fazer macumba, vá!
    Quer ter fé cega, dogmática, escrever livros psicografados, vá …
    Quer receber aura especial de um ET lider de um conselho intergalático starwars, vá, dane-se …
    Só não fale que isso é científico … porque isso OFENDE
    Será que vocês não percebem ? OFENDE AS PESSOAS QUE PENAM PARA FAZER PESQUISAS, ESTUDOS LEGITIMOS, E VOCÊS SEM CRITÉRIO CIENTÍFICO AUTÊNTICO, LEVANTAM A BANDEIRA DA CIÊNCIA PARA UMA RELIGIÃO ( disfarçada de filosofia ).
    SIM, SOU CÉTICO, CARLOS MAGNO, pena que você não é … percebo que carga intelectual você possui … o desperdício é imensurável … tão inteligente … e tem medo de fantasmas. ( ou acha que é amigo deles )

  7. Gilberto Diz:

    O Espiritismo reza que quando morremos, todos nós nos convertemos a um Catolicismo europeu de teologia rasa, com mãe Maria como ser ascencionado e Jesus como representante do planeta Terra em existências mais “superiores”. Não importa qual era a sua religião em vida, ao morrer você abraça o Espiritismo Kardecista Brasileiro sem chance de escolha. E por que isso aconteceria só no nosso planeta? Chico dizia que Marte é superior a Terra, em total discordância com o próprio Kardec, que dizia que Marte é inferior ao nosso planeta. Chico dizia que fazia um curso semanal com Emmanuel sobre doutrina espírita. Mas ele não soube nada sobre Ashtar Sheran ou outros alienígenas famosos? Uma pena, pois se ele soubesse, talvez ele nos explicasse se Kardec estava errado em relação a Marte, ou se era ele que, em início de carreira, disse besteira, “escorregando” na doutrina. O “caso de amor” entre a Ufologia e o Espiritismo é antigo, pois os ufólogos sempre se referem à Xavier e cia para provar a existência de ÓVNIS. Os ufólogos se dizem embasar na ciência, e até chamam a Ufologia de ciência, semelhante ao que ocorre com o Espiritismo. Nas páginas ufológicas brasileiras abundam as referências ao Kardecismo. No centro espírita Ramatis, no Rio, cujo slogan é: “Somos seguidores de Cristo, Kardec e Ramatis”, os contatos com alienígenas são tão ou mais freqüentes que os contatos com espíritos terráqueos. (Estes quase sempre pessoas de alguma relevância em vida que, ao morrerem e se converterem ao Espiritismo, viraram espíritos de luz, como Pasteur, Newton, Galileu, Van Ghog, entre outros europeus – sempre europeus – pois os negros africanos e caboclos brasileiros são relegados ao segundo plano espírita, o do Candomblé e da Umbanda. Quanto aos chineses, bem, os chineses nunca são mencionados no Espiritismo, apesar de serem maioria no planeta, mas não podemos esquecer que o Espiritismo, mesmo depois de 150 anos, ainda é totalmente ligado à cultura católica européia clássica, sempre tentando provar que é uma religião de “primeiro mundo”, apesar de já ter sido descartado lá.) O fenômeno ufológico e o Espiritismo, apesar de se dizerem ciências, são religiões, onde apenas a fé os liga às pessoas. A pena é que surgem os espíritas e ufólogos fanáticos que dizem que tudo é “provado cientificamente”, seja por fotografias, por contatos inequívocos com Ashtar Sheran, ou pela física quântica. E eles duvidam do bom senso nos desafiando a provar que os espíritos e ETs não existem. O ônus da prova revertido. Assim fica difícil. Ainda bem, para os espíritas, que a “moda” européia de acreditar em fadas acabou, pois Kardec acreditava na existência delas, e desafiava a todos a provar que elas não existiam. Ninguém conseguiu provar, logo as fadas realmente existem, e habitam o mesmo universo que os espíritos e ETs: o universo da imaginação. Longa e próspera vida a Rod Serling!

  8. Carlos Magno Diz:

    Por que será que pessoas não espíritas, não espiritualistas, não esotéricas, cismam de falar em nome da ciência?

    Ciência é para cientistas e pesquisadores, homens dedicados, conhecedores, obstinados em seus estudos. E espiritualistas convictos. Não é para palpiteiros.

    Nos blogs vejo um monte de brincalhões falando de ciências, ora, não sabem nem o que seja função, seno, coseno, análise combinatória, leis de Newton, inércia, movimento, quantismo, etc. E vem falar de ciência….

    Se soubessem que verdadeiros espiritualistas e esotéricos manipulam com a mais perfeita síntese de todas as ciências ficariam envergonhados de tantas bobagens que dizem. Mas não sabem de nada e pensam que sabem muito.

    Dizer-se cético quer dizer absolutamente NADA!

  9. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Ah Carlinhos … tão tolo …
    -Esoterismo é ciência ? NÃO É! É o nome genérico que designa um conjunto de tradições e interpretações filosóficas das doutrinas e religiões que buscam desvendar seu sentido oculto. O esoterismo é o termo para as doutrinas cujos princípios e conhecimentos não podem ou não devem ser “vulgarizados”, sendo comunicados a um restrito número de discípulos escolhidos ( ? ).
    -Espiritualismo é ciência ? NÃO É! É uma doutrina filosófica e o Espiritismo (“spirit”: espírito + “isme”: doutrina) são as várias doutrinas religiosas e/ou filosóficas que CRÊEM na sobrevivência do espírito à morte do corpo, e, principalmente, na possibilidade de se comunicar ordinariamente com ele.

    Wikipédia e bibliografia anexa.

    Carlinhos, a cada dia ( ou post ) voce se mostra um menininho muito elitista … tsc, tsc, tsc, …
    não dá pra conversar com “gente metida” … assim não…

    Palpiteiro ou não, você continua totalmente iludido e estagnado, nos seus sedimentados conceitos, da vida, que acredita existir …

    Você quer CRER ? Creia ! Tenha fé ! ACREDITE NISSO DO FUNDO DO SEU CORAÇÃO …… mas,
    I S S O N Ã O É C I Ê N C I A,
    chega de “pagar mico” Carlinhos …

  10. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Gilberto … ótimo texto !

  11. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Li de novo Gilberto … nossa, muito boa abordagem, guarde esse texto … você ainda vai usá-lo muitas vezes.
    Muito bom mesmo.

  12. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Só pra tirar a dúvida senhores e senhoras “commentantes”.

    Ciência é:

    1) “Conjunto organizado de conhecimentos relativos a um determinado objeto, especialmente os obtidos mediante a OBSERVAÇÃO, a EXPERIMENTAÇÃO dos fatos e um método próprio.”

    2) “A ciência busca compreender a realidade de maneira RACIONAL, descobrindo relações universais e necessárias entre os fenômenos, o que permite PREVER ACONTECIMENTOS e, consequentemente, também agir sobre a natureza. Para tanto, a ciência utiliza métodos rigorosos e atinge um tipo de conhecimento SISTEMÁTICO, PRECISO e OBJETIVO.”

    3) “Conjunto de conhecimentos e de PESQUISAS METÓDICAS cujo fim é a descoberta das leis dos fenômenos: ‘A ciência encontrou na EXPERIÊNCIA um princípio próprio e imanente, donde tira, sem outro auxiliar além da atividade intelectual comum, os FATOS MATERIAIS da sua obra, e as leis, com as quais coordena os fatos.’ (Boutroux)”

    4) “Ciência: do latim scientia, “sabedoria, conhecimento”, é o conhecimento de caráter RACIONAL, SISTEMÁTICO E SEGURO dos fatos e fenômenos do mundo. Visão positiva: ‘o homem domina a natureza não pela força, mas pela compreensão’ (Bronowski). Visão negativa: o controle da natureza pela ciência implica força e poder. ‘Toda a natureza começaria por se lastimar se lhe fosse dada a palavra.’ (Walter Benjamin)”

    PS: Sim, isso é um “copy and paste”

    Trago isso aqui para o desfrute de quem quiser enquadrar o Kardecismo ou qualquer outro tipo de espiritismo ou xamanismo e vertentes com a Ciência.
    Ciência e Fé SÃO COISAS DIFERENTES, não digo contrárias mas DIFERENTES.

    Digo mais uma vez; enquadrar TOTALMENTE A CIÊNCIA E KARDECISMO e afins.

    e concordantes de seus posts.

    Ao Carlinhos “Escroque” Magno e concordantes de seus posts.

  13. Carlos Magno Diz:

    Narciso:

    Escroque é o indivíduo que se apodera dos bens alheios por manobras fraudulentas (Aurélio), isso eu nunca fui e jamais serei. Prove-o que o fiz!

    Creio mesmo que o termo escroque melhor se aplicaria a quem copia e recopia o pensamento alheio literalmente, e imagina que o conhecedor é quem repete incessantemente. Sei definir muito bem esoterismo, espiritismo, ou qualquer outra coisa que haja vivenciado e conhecido. Por mim mesmo, sem prosopopéias ou amparo de outros definidores, já fiz isso diferentemente dezenas de vezes.

    Deseja que lhe demonstre minha ciência? Deseja que lhe conteste sobre o que copiou do esforço alheio? Deseja que me zangue com suas ofensas que absolutamente não me atingem?

    Ledo engano, meu caro, mesmo porque essas coisas não se demonstram a quem não as entendem, muito menos num computador. Essas maravilhas se aprendem em muitas vidas e não unicamente em livros ou textos esparsos. Nós, os iniciados nas ciências ocultas e praticantes no mundo, definimos fragmentos de nossas ciências aos leigos a fim de que saibam que o néctar não é para os tolos e cegos, mas para aqueles que desejam um dia vivenciá-las em alma, mente e coração. E com sabedoria.

    A literatura esotérica e dita ocultista que se encontra nas bancas de revistas, as referências tiradas da Wikipédia, nos blogs de estudiosos, etc. não são 10% do que se pensa em termos de conhecimento. Não adianta você desejar me demonstrar argumentos daquilo que você não conhece, você está longe, muito longe mesmo da realidade do espírito, das ciências. Você somente copia, meu caro. Idem, o Vitor Moura e seus admiradores que julgam que com teorias copiadas e estudos meticulosos dos textos de Emannuel e Ashtar Sheran, – à busca de contradições, – irão chegar a algum lugar. Estão todos iludidos. O caminho do conhecimento não é de quem somente lê e esquadrinha, mas de quem cria para o seu Deus Interno, para sua Força e Poder, para quem sabe do que fala e faz. Ao conhecedor o conhecimento, ao teórico a teoria, ao cético o Nada, pois ceticismo é Nada!

    E você já entrou na discussão com a delicadeza e a sensibilidade de um saurisquiano bípede pterossauro. Não há, portanto, como e nem porque insistir em dialogar, tentar mostrar algo sensível a um brucutu, é tarefa verdadeiramente impossível. Se deseja conhecimento, vá buscá-lo onde achar melhor, talvez nos bordéis onde seu vocabulário chulo é próprio e adequado. Aquilo que eu possuo distribuo-o aos meus, a exemplo do que Jesus fazia aos seus grupos. Aqui eu somente argumento, e vinha argumentando especialmente com você a despeito de suas visões deformadas, e de sua insensibilidade, talvez até por consideração a uma alma por ser um produto da criação, mas já cheguei a uma encruzilhada com você. O obstáculo é irremovível.

  14. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Carlos;
    Saiba que me sinto culpado, por usá-lo como “saco de pancadas”… como um objeto de “terapia”. Sim, é ridiculo.
    Você conheceu o pior de minha pessoa, não me mostrava assim, faz muito tempo.
    Por isso peço desculpas a sua pessoa e tudo de pessoal que te disse.
    Aí, talvez, você se pergunte, – Pô, porque essa atitude dele, agora?…- Explico: Lendo um de seus comments, lembrei de um dia que acreditava na biblia, lia o evangelho do Kardec, tinha uma crença, e se eu estivesse no seu lugar, ia me sentir mal com a atitude que tive com você. Não gostaria de estar no seu lugar, sendo assim, não gostaria que ninguém estivesse. Esse insight veio ontem a noite ( quer dizer antes do seu comment final neste post ) não me senti legal, e aqui estou.
    Então, minhas sinceras desculpas. Não sei se serão aceitas mas o importante é o que sinto por esse embaraçoso comportamento meu.
    Mas … venho aqui para lhe dizer uma coisa também.
    A ciência que temos ( agnósticos, ateus, céticos e cia ) segue padrões colocados por nós.
    A ciência que é a sua, é diferente, eu sei, fiz estudos doutrinários, estava para fazer curso de passe e tal; é uma ciência diferente … só não sei como denominar essa ciência … mas se você diz que é assim, então tá, no problem.
    O “X” da questão é o ,seu desejo e de muitos outros, de que a ciência comum seja incorporada na sua ciência e vice-versa. As suas justificativas, motivos e provas, não são “munição pró-espírita” para nós céticos. Não entendemos como você vê a prova e nós não. Quando usamos nossas ferramentas de análise, não vemos nada.
    O que isto siginifica ?
    1-Que isto não é ciência comum. Ponto. ( isso não quer dizer melhor ou pior, só não é ciência comum )
    2-Que isto é uma ciência diferente, nova ou de diferente abordagem. Um novo clube, como a ciência comum é.

    Tentar misturar os clubes dá essa briga …
    Não quero mais te encher o saco, Carlos … é isso.
    Ah, você tem quase razão quanto a escroque, é que o xingo TINHA colocação correta ( lógico que ao meu ver ). Agora não mais.
    Abraços.

  15. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Magno,
    Lembrei de outra coisa.

    Essa sugestão é séria … porque você não abre um blog onde a sua ciência é abordada ? Mas não vale falar que é a ciência comum …
    Assim vocês terão espaço para discutir melhor. E quem sabe conhecer melhor seus pontos de vista.
    Definir seu conhecimento como sendo ciência comum é o ponto da discórdia.
    Você tem que ser aceito nas regras ( chatas e burocráticas ) para que isto que você sabe seja, ciência comum.
    Esse blog do Vitor é acusador ? Sim.
    Faça um blog onde acusa a ciência comum de ignorar seus conhecimentos.
    Fale sua lingua, em uma sala, onde outros entendam o que diz … dificil usar uma liguagem não compreendida pelos outros da sala ao lado.
    See ya!

  16. Carlos Magno Diz:

    Narciso:

    A finalidade de eu entrar no blog do Vitor não é somente contestá-lo, nem devolver-lhe acusações contra os espíritas e nem provar que meu pensamento é o correto.

    O Vitor tem uma proposta, é nítida sua intenção, é declarada. Gosto do debate quando o outro lado deseja realmente debater, mas muitos aqui vêm com preconceitos fortíssimos, com idéias préconcebidas e unicamente com o intuíto de acusar e tumultuar.

    Mas tudo bem, às vezes solto também meus bichos. Mas não deveria e depois reclamo comigo mesmo. Paciência. Sou também irônico, é um defeito que estou procurando corrigir.

    Tenho em mente compor um blog, mas ainda não tive tempo e nem paciência. Não sei se minhas atividades me permitirão atualizá-lo sempre. Tenho material em livros e apostilas de cursos que ministrei. Gostaria de abrí-los para debates. Não sei se conseguirei realmente montar algo, quem sabe?

    Narciso, um abraço e parabéns pela sua honestidade. Desculpo-me também pelas minhas malcriações.

    Mas vamos continuar a debater, temos muito ainda a conversar e aprender mutuamente! Mas não agora, pois daqui a pouco vou dormir, já estou fechando os olhos.

    Boa noite e até outra hora!

  17. Marina Diz:

    Pra mim nao vejo a menor importancia de Emmanuel e Ashtar Sheran serem os mesmo.Ambos passam mensagens de amor,reflexao,e aconforto.Não importa o que eles sao,mas o que eles nos transmitem.E o que eles transmitem nos faz bem,nos da ânimo,força,coragem diante dessa vida tão ingrata.Eu acredito neles,e nada vai me fazer desacreditar.Nada vai desmerece-los,mesmo que pessoas mal intencionadas coloquem artigos em sites desacreditando seres com tanta luz e amor.Posturas como essas vindo de pessoas ceticas e de sites duvidosos nao merecem creditos nenhum.Nao é pq umas pessoas fizeram o site e fizeram comparaçoes que vamos deixar de venerar no irmao Emmanuel e Ashtar Sheran.Confio muito mais neles do que qualquer em humano na terra.

  18. Gilberto Diz:

    Mal posso esperar pelo blog do CM!!! Tenho até umas sugestões de nome: Obras psicografadas são ciência, Exú Caveira é ciência, Caboclo Calunga é ciência, Triângulo das Bermudas que prova AtLântida e Lemúria é ciência, Os Ets de Varginha e da Federação Intergalática de Planetas Unidos (signatários do Pacto de Não-Interferência Interplanetária, é claro) são ciência, Esquizofrênicos que ouvem vozes e dizem que são contatadas por espíritos é ciência, Materialização de um Emmanuel com 1,90 m quando os Romanos tinham 1,45 m que não sabe Latim, mas tenta falar Inglês, apesar de não conseguir, mas deixa todos boquiabertos com o “prodígio” é ciência, A Sabedoria milenar dos místicos e médiums, que nunca contribuiram para a humanidade nem com a descoberta da cura do bicho-de-pé, apesar de se dizerem possuidores de uma sapiência esotérica muito mais elevada do que a odiosa “pseudo-sapiência” da ciência convencional é ciência, A Física Quântica debatida à exaustão em centros espíritas por pessoas que nem sabem o que diabos é física quântica (e nem fazem como o odioso cético abjeto Gilberto, que diz besteira lá no Blog do Vítor, e pergunta ao Professor Doutor Bergliaffa, da UERJ, se a física quântica tem alguma coisa a ver com o esoterismo, e o mesmo o olha com total desprezo, fazendo com que esse Gilberto cético escroque – foi o único adjetivo que encontrei – pagasse o maior “mico” de sua vida), mas que explica tudo do Espiritismo é ciência, etc. São bons títulos pra um Blog. Se eu fosse o CM eu escolheria um com carinho. O número de “hits” diário seria impressionante. Acredite. Se você acredita em Fadas, como Allan Kardec, você vai se esbaldar com esse Blog!!!!! Aliás, “Fadas são Ciência” também é um ótimo nome!

  19. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Se é phoda Gilberto … ahahah
    Se ele não dizer que é ciência comum tá bom … deixa … precisa inventar um termo para essa “ciência” deles. O importante é não misturar !
    Mas a Marina, minha filha … que ilusão … acho que é caso perdido … nem vou comentar mais o que ela disse …
    É um nível de “idolatria” grave …

  20. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    “Cê” e não “Se” no início do comment acima.

  21. Carlos Magno Diz:

    Bem, o assunto Ashram-Emmanuel esgotou lá no início. O que veio depois não conta.

    Pena que os bons e capazes comentaristas que já conheço aqui também não tivessem comparecido. Com eles haveria incomparável aproveitamento, pois sabem apresentar argumentos inteligentes, sabem fazer interessantes desdobramentos, enfim dão o recado.

    Adoro dialogar com pessoas de um diapasão melhor que o meu, aprendo sempre.

    Tô indo.

  22. Gilberto Diz:

    Tchau. A Sra. (ou Srta.) Marina expressa com simples, mas importantes palavras, o verdadeiro significado da religião, que é a fé. Ela sintetiza o que eu sempre digo: o Espiritismo é uma religião vencedora, por trazer às pessoas, como para essa môça, paz e crescimento espiritual. Porém, certas pessoas, como o CM, imbuídos de inúmeras dúvidas em relação às suas crença, procuram obsessivamente por “provas”, evidências’, “explicações”, “respaldo científico” e outros meios para que a sua rasa fé encontre chão. Como a fé é, como disse marina, um caminho para se encontrar o “amor, reflexão,e comforto”, eles, que não encontram essas coisas, se tornam insaciáveis buscadores de uma verdade que respalde a sua verdade, tornando-a não “uma verdade”, mas sim “a” verdade.

  23. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Me desculpe Carlos, mas você nunca quer ser contrariado, é esse diapasão que você diz ?
    Você precisa que sempre alguém concorde com você para ser um bom comentante ?
    Pelo que sei de você, que adora um debate, não quer nada além do que testar sua capacidade de argumentação frente a supostos “bobinhos céticos sem instrução”.
    É uma pena que você se mostre, uma pessoa muito conhecedora, muito leitora me parece, interessada nos seus assuntos, mas para nós, você se mostra somente uma pessoa que sabe de muitas lendas, muitos contos, muitos mitos, muitas culturas, muitas estórias e histórias e só.
    De que adianta essa bagagem de informação se o senso crítico para avaliar-las você não a tem ?
    Você se mostra um grande colecionador que não sabe “o valor” do que coleciona, dando um valor muito maior do que são, a seus trunfos coletados.
    Você não percebe que esse tesouro, que mostra, não tem valor nenhum aqui?
    Se o valor aferido é esse para você … então é de valor só seu. Guarde para sí.
    Para nós, não passa de conchinhas. E ficamos felizes se você está feliz com o bolso cheio delas.

  24. Patola Diz:

    Gilberto,

    Concordo contigo em muito do que diz, mas gostaria de ressaltar um pequeno erro, nessa frase aqui:

    “A Sabedoria milenar dos místicos e médiums, que nunca contribuiram para a humanidade nem com a descoberta da cura do bicho-de-pé, apesar de se dizerem possuidores de uma sapiência esotérica muito mais elevada do que a odiosa “pseudo-sapiência” da ciência convencional é ciência”

    Newton e Tesla foram “místicos”, ou pelo menos tinham ligações razoavelmente bem conhecidas com o misticismo. Assim, pode-se argumentar que pessoas – místicos – contribuíram sim com a ciência convencional (e os dois foram apenas alguns exemplos, certamente existirão outros); acho que o ponto melhor a ser abordado é que esse misticismo, em si, nunca contribuiu para o progresso da humanidade; somente a parte científica o fez.

    Outra: Allan Kardec cria em fadas? Nunca vi referência a isso em qualquer parte da obra dele. Googlei por isso também mas não achei e esse texto aqui diz que ele não cria. Pode me passar a referência que tenha que afirma que ele acreditava em fadas?

  25. Gilberto Diz:

    Olá, Patola. Bem, o texto que você enviou não diz que ele mencionava Kardec dizendo: “Eu creio em fadas!!” explicitamente, apenas que Kardec acreditava em “Duendes” (aqui sim explicitamente) e em todos os seres elementares. Qualquer lista de elementares cita “fadas” bem no início. Obviamente o Espiritismo vai “firular” e, usando uma elaborada engenharia retórica, colocará o termo “fadas” de uma forma bem aceitável. De qualquer forma, menciono o espírita SUPERCONCEITUADO Divaldo Franco, numa entrevista, falando explicitamente sobre “fadas” e seres elementares, inclusive ressaltando que eles são “seres pequeninos”. Eu acho que os espíritas acham que Divaldo Franco tem autoridade para falar sobre o Espiritismo. Ou não? Leia, por favor:

    DIVALDO , EXISTEM OS CHAMADOS ESPÍRITOS ELEMENTARES OU ESPÍRITOS DA NATUREZA?
    Sim, existem os espíritos que contribuem em favor de desenvolvimento dos recursos da Natureza. Em todas as épocas eles foram conhecidos . Identificando-se através de nomenclatura variada , fazendo parte da Mitologia dos povos e tornando-se , alguns deles “deuses” que se faziam temer ou amar.

    ESTES ESPÍRITOS APRESENTAM-SE COM FORMAS DEFINIDAS, COMO POR EXEMPLO FADAS ,
    DUENDES , GNOMOS, ….Alguns deles, senão a grande maioria dos menos evoluídos , que ainda não tiveram reencarnações na Terra, apresentam-se não raro, com formas especiais, de pequena dimensão, o que deu origem aos diversos nomes nas sociedades mitológicas do passado . Acreditamos ,pessoalmente por experiências mediúnicas, que alguns vivem o período intermediário entre as formas primitivas e hominais , preparando-se para futuras reencarnações humanas.

    QUE TAREFAS EXECUTAM?
    Inumeráveis . Protegem os vegetais ,os animais, os homens . Contribuem para acontecimento diversos : tempestades, chuvas , maremotos, terremotos , …interferindo nos fenômenos “normais “da Natureza sob o comando dos Engenheiros Espirituais que operam em nome de Deus que “não exerce ação direta sobre a matéria . Ele encontra agentes dedicados em todos os graus da escala dos mundos “, como responderam os Venerandos Guias a Kardec, na questão 536b de o livro dos Espíritos.

  26. Adeílde Diz:

    Sim, Gilberto, bom texto.
    Você parece ter razão, e Kardec de algum modo acreditava em fadas, como fica claro no seu texto.
    E discordo que Newton fosse um místico.
    Ele gostava de religião, estudava ocultismo, mas não era um místico.
    A palavra “místico”, apesar de usual, é bem definida. Significa alguém que tem contato “sensorial” com o numinoso, o supra-humano, o super-natural ou, como dizem alguns, a esfera do divino.
    Santos católicos com “visões” eram místicos, Swedenborg com suas viagens fora do corpo era místico, mas Newton não.
    Ele não tinha experiências pessoais excepcionais, não ouvia vozes nem saía fora do corpo etc.; apenas gostava de estudar e pontificar sobre temas hoje considerados não científicos. É bem diferente.
    E, no mais, realmente as experiências místicas ou também as mediúnicas (que também fazem parte do rol de experiências que podem ser consideradas místicas, segundo a definição acima) jamais anteciparam conhecimento algum, tal como uma boa teoria científica faz.
    Na verdade, os místicos apenas “mistificam” (outro derivado) o conhecimento já existente, reapresentando-o como se fora revelado. Nisso o Kardec era bom…
    Mas Gilberto, nem tudo são flores materialistas. Discordo de vc quando diz que a ciência tem respostas satisfatórias para tudo, especialmente para as pessoas que ouvem vozes. Digo mais, também não tem para súcubos e íncubos, que, no futuro, creio, quando for claro que a morte não existe, reaparecerão bem explicados por Kardec.
    Que mundo paradoxal, não?

  27. Carlos Magno Diz:

    Tudo errado, desculpe Adeílde.

    Misticismo e ser místico não é nada disso.

    E Kardec nunca foi místico, a linha doutrinária dele tem nada a ver com essas abordagens e nem o vocabulário espírita. Talvez alguma coincidência aqui ou ali, nada mais que isso.

  28. Gilberto Diz:

    É um mundo paradoxal mesmo. Apenas uma correção: nunca disse que a ciência tem respostas satisfatórias para tudo. O Espiritismo tem respostas muito mais satisfatórias. A ciência não serve para explicar nada. Nunca serviu. Por exemplo: a ciência nunca explicou o porquê da AIDS. O Espiritismo sim, de forma extremamente lógica. Nos anos 70, as vítimas desencarnadas da fome na Biafra foram contatadas por espíritas brasileiros e eles revelaram, sem sombra de dúvida, que sofriam por se tratarem de espíritos de Nazistas, que em nova encarnação, sofriam o mesmo que suas vítimas Judias sofreram na Segunda Guerra Mundial. Já nos anos 80 e 90, a explicação para a famigerada AIDS, que na época debilitava e causava muito sofrimento físico, médiums importantíssimos disseram, no programa do Augusto César Vanucci, na Rede Manchete, que os aidéticos se tratavam realmente de Nazistas reencarnados, sofrendo por merecimento. Ótimas explicações: Aidéticos = a gente magra = judeus em campos de concentração = africanos famintos = pagamento por pecados de outras vidas. Simples, não? Pena que nenhum cientista pensou nisso, mas os espíritas sim, deixando uma explicação bem lógica. É claro que não levaram em conta que, até 2005, mais de 25 milhões de pessoas morreram de AIDS no mundo, e hoje mais de 38 milhões são portadoras do HIV. Se levarmos em conta que “apenas” 200.000 oficiais alemães trabalhavam ou tinham conecções nos campos de concentração, bem, temos um déficit de nazistas considerável. Mas que a explicação faz sentido, isso faz.

  29. Angus Diz:

    Carlos Magno
    Concordo plenamente com você, Misticismo e ser Mistico, são duas coisas diferentes, seria de bom tom que nossa amiga Adeílde pesquisasse um pouco sobre isso, existem ótimos debates no orkut sobre o tema.
    E o Gilberto continua o mesmo, destilando a confusão (é uma pena que as pessoas não pesquisam, não leiam, e acabam caindo na conversa dele), e ainda mistura depoimento de pessoas, com fundamentos da doutrina espírita.

  30. Carlos Magno Diz:

    Angus,

    Um grande abraço.

  31. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    É … e você Angus, continua fermentando a alienação.
    e o Carlos bebendo dela.

  32. Gilberto Diz:

    Peraí, então Divaldo Franco não entende nada de Kardec? E angus e CM sabem mais que ele? Tá bem, parabéns. É incrível como quando Kardec diz coisas que se verifica serem erradas, como a vida em Marte, a existência de duendes (verdes?), a inferioridade intelectual dos negros, etc., é porque ele era “um produto do seu tempo” ou “passivo de erro”, mas quando ele diz coisas que não se pode verificar, como as conversas com determinados espíritos, reencarnação, etc. ele é um gênio? Acho que vou correndo ver o filme do Bezerra da Silva de Menezes, pois afinal ele contatava o próprio Jesus Cristo, que virou espírita ao morrer (apesar dos desinformados cristãos dizerem que ele ressucitou). Pena que Jesus levou 2000 anos pra se comunicar com um vivo. Acho que ele estava esperando o Brasil ser descoberto, se desenvolver, ver o Espiritismo aportar aqui, ver o Espiritismo sumir no resto do mundo, e SÓ AÍ ele conversou com médiums brasileiros e revelou ao mundo que a doutrina espírita é a correta, e não aquela ladainha que ele pregava em vida, baseada em séculos e séculos de Judaísmo. Ele deve ter revelado que ele é apenas um coadjuvante no cristianismo, pois a verdade é essa amálgama de catolicismo, determinismo, evolucionismo, esoterismo, e outros “ismos” que é o Espiritismo. Mas agora temos Ashtar Sheram! Quem precisa de Jesus, quando o que necessitamos mesmo é de um oficial de alta patente na Federação das Galáxia Unidas? O quê, quer verificar a existência desse ser ou da própria Federação? Claro que não se precisa, pois em poucos anos (ou séculos (ou milênios)) tudo vai ser revelado, inclusive que os Súcubos e os ìncubus não são sonhos molhados seguidos de culpa, mas sim seres involuídos tarados que não podem ver uma Sathya, que já Sai Baba.

  33. Carlos Magno Diz:

    Angus:

    Deixe-me um endereço do Orkut para eu poder acessar.

    Isso aqui está uma pobreza de doer!

  34. Angus Diz:

    Carlos Magno
    Deixe seu endereço de e-mail que adiciono você como amigo, de qualquer forma, a comunidade Espiritismo Filosófico e Moral é uma das melhores, e pra quem gosta de uma discussão mais quente a comunidade Estudos Espíritas – Espiritismo, também é legal (Vitor também esta por lá).
    um abraço

  35. Carlos Magno Diz:

    Angus;

    Será um prazer dialogarmos. Tenho um problema com meu Email, gostaria de que você me informasse o seu.

    Depois, no MSN, conversaremos bastante.

    Abs.

  36. Adeílde Diz:

    Pobre Gilberto, sinto que você sofre tanto em sua incompreensão.
    Tanto desejo de saber e tantas limitações… bem, quero ajudar-te um pouquinho!
    Um objeto, caro Gibinha, pode ser uma coisa para um e outra para outro.
    Isso se chama perspectivismo.
    Assim, uma montanha para um alpinista é vista como uma oportunidade desportiva, enquanto para um capitalista uma chance de negócio.
    Efetivamente, o padre medieval assolado por sonhos eróticos pode sentir culpa, molhar-se etc., e de um ponto de vista podemos dizer que há problemas de libido ali.
    Por outro, esses problemas podem ser uma oportunidade para um espírito materializado, que ao contrário de sua incompreensão, e como dizia Santo Agostinho, não tem interesse erótico algum na situação. Agostinho dizia que os diabretes não fazem amor conosco nem nos amam.
    Reexplicados por Kardec, e alterando ligeiramente a sua explicação, podemos pensar que há uma “dimensão energética”, que tem a energia como moeda para seus membros (porque esta permite a amplificação da ação dessas entidades), o que faz com que algumas entidades usem nossas carências para obtê-la.
    Como vê, Gibinha, ao ampliar seus horizontes de compreensão, e sem lutar tanto contra o entendimento, você consegue ver que um fenômeno pode desdobrar-se em mais de uma realidade, sem que a ciência atual venha a se chocar necessariamente com perspectivas futuras.

    Agora, concordo parcialmente com o Magno, no sentido de que, as vezes, a sua fúria retórica torna um tanto fastidioso argumentar aqui, pois você prefere distorcer o entendimento alheio a compreendê-lo, desnecessariamente, inclusive para você.
    Não faça disso uma cruzada.

  37. Liana Diz:

    Gilberto eu entendo os seu argumentos quanto a fé! A fé é uma coisa sentida e nao se prova mas e os fenômenos espíritas?
    .
    Como voce explica uma mesa que gira no ar, ou pessoas que sabem de coisas que nao poderiam saber, ou objetos que aparecem na sua frente sem a menor explicacao?
    .
    Voce nao gostaria de saber por que essas coisas acontecem? Nós nao aprendemos física no colégio, do por que das coisas caírem para baixo? Entao por que tem coisas que desafiam as leis da física, como as mesas girantes?
    .
    Quanto ao espiritismo como religiao cada um tem o direito de ter a sua religiao , e eu respeito o seu modo de pensar , pois o espiritismo como religiao nao contém a verdade absoluta!Aliás nenhuma possui!
    .
    O espiritismo acredita na lei da acao e reacao! E nao necessariamente , o que voce planta nesta vida , será colhido nesta vida! Pois nós espírita acreditamos na reencarnacao. Por isso nao se pode generalizar, cada caso é um caso.
    .
    E nós ainda acreditamos que se voce fez algo de errado , como por exemplo: aborto ( nao generalize ok? Isto é só um exemplo!) . Nao necessariamente voce será abortado, voce pode se arrepender do que fez e trabalhar para o bem coletivo! Como por exemplo receber novamente este espírito como filho ou ser pediatra etc. As variaveis sao muitas e nao tem uma regra fixa.
    .
    Eu nao sei se eu consegui passar o meu ponto de vista , mas aí esta ele!
    .
    Muito amor e paz a todos

  38. Carlos Magno Diz:

    Adeílde:

    Lendo com mais calma seu primeiro texto, entendi-o melhor e apreciei sua inteligente ironia.

    Você sabe o que sejam místico e misticismo. Unicamente discordo sobre os santos, se o significado de visões por você mencionado não seja estritamente ilusões mentais. Ou ironiza com o debatedor. Nesses casos, sim. No mais, os santos reconhecidos e alguns não sendo da Igreja, como por exemplo, Francisco de Assis e Antão, esse o precursor do eremitismo cristão de que se tem notícia, viveram realmente o Cristo. Alguns realizaram prodígios e até levitaram.

    Sabemos que Francisco de Assis foi a encarnação de Khutumi, que não era místico e já tinha um longo currículo de sabedoria iniciática. O místico, você entende, – e a ele se referiu, – vive do misticismo extraído das verdades esotéricas ou ocultistas.

    O místico não chega a lugar nenhum, é como uma árvore de natal cheia de enfeites e alegorias, ao passo que o esotérico, o ocultista, o espírita cardecista possuem a visão de um caminho, a princípio, mais bem definido. A religião espírita foi contemplada com o reforço de Kardec ao credo cristão e a elucidação bem clara de importantes menções que à época de Cristo foram propositalmente herméticas: é confiável para quem deseje segui-la.

    O esotérico e o ocultista, embora sem rejeitar os ensinamentos crísticos não os seguem como a um credo. Embora não os desprezando, fazem dos ensinamentos suas pessoais ferramentas investigativas extraindo a maestria no autoconhecimento. Esta é uma diferença que poucos entendem e que julgam aos esotéricos e ocultistas como místicos, sonhadores ou insensatos. Quando na verdade vivem e palmilham apenas o caminho do meio citado por Zâkyamuni Budddha, ou seja: exotericamente nenhum credo, nenhuma religião, nenhum apego.
    Abraço.

  39. Angus Diz:

    Carlos Magno no orkut procure por Magdala, é como estou registrada.
    um abraço

  40. Gilberto Diz:

    Se o “Gibinha” não foi irônico, e sim carinhoso, eu agradeço!!! Só quero que compreendam a minha postura. Não é de um cético numa cruzada contra o Espiritismo. Sou apenas uma pessoa de fora, que conta pra vocês porque o mundo ignora o Espiritismo de forma tão periptória. Só que ninguém de fora fala nada, apenas ouve e vai em frente. Eu só gostaria que vocês sentissem o que as pessoas de fora pensam sobre o espiritismo, pra vocês, que vivem num mundo de um sem número de explicações supersticiosas e só se comunicam com pessoas que partilham de sua crença, se dêem conta que não dá pro mundo acreditar em sua intrincada mitologia. Nós, de fora, temos contato com o espiritismo através de revistas espíritas, manchetes de jrnais espíritas, conversas de fila de banco, sites espíritas e outros meios, que só aumentam a nossa descrença. Me dizem, às vezes, que eu não procuro a fonte certa. Aí está, ONDE é a fonte certa? Kardec? Nunca me indicaram nada sobre ele que não fosse um produto de seu tempo e de difícil assimilação nos dias de hoje. Xavier? Seus livros se dividem entre lições de moral de infantilidade católica e tentativas sem êxito de explicar ciências e história. Franco? Um simplório que repete o que aprendeu. ETs? Com qual autoridade, no caso deles existirem, podem eles ensinar algo a nós? Se querem realmente ajudar, por que não vão às Nações Unidas ou aparecem em cadeia mundial de TV? Por que eles confiam mais num místico fanático por UFOs que vira noites assistindo episódios de Arquivo X do que no presidente da ONU? E por aí vai. Sinto muito se ofendo alguém. Eu nunca me dirigi a alguma pessoa na vida e disse que ela era de alguma forma inferior a mim por crer num mundo de superstições, pois isso não seria verdade. Nem creio que a palavra “cético” seja xingamento também. Gostaria que soubessem que sou apenas uma pessoa normal, com minhas crenças e descrenças, que vê o fenômeno espírita como algo bom pelo bem que ele prega. Apenas não consigo assimilar as inúmeras extrepolias dos fenômenos sobrenaturais que cada dia se desdobram e se multiplicam ficando cada vez mais mirabolantes e difíceis de se crer. A impressão de quem está de fora é que existe uma “fábrica” de explicações sob a luz espírita que funciona dia e noite. Sou apenas o grito que vem de fora dizendo que o barulho está incomodando.

  41. Liana Diz:

    É Gilberto , infelizmente existem mesmo muitas estrepolias por parte de meus colegas espíritas , mas isso é por que o homem é imperfeito!
    .
    E em tudo na vida em todas as areas de trabalho existem aqueles que querem fazer algo construtivo em suas vidas ou apenas levar vantagem em cima dos outros no sentido de ganho financeiro. Por exemplo : Voce pode ser um advogado que nas suas horas vagas ajuda aqueles que nao tem dinheiro com questões legais, do tipo trabalhador que nao ganha a sua hora extra , ou outros tipos de questões legais; ou voce é aquele advogado que só pensa no quanto dinheiro voce vai receber com um caso , sem se importar com as repercussões na sociedade se aquele assassino for solto. E a assim por diante.
    .
    Por isso que nós devemos ser um pouco mais crítico na hora de aceitarmos tudo aquilo que nos é dito, inclusive se é dito que foi psicografado. Por mais que a intencao seja boa , eu nao acho certo falar para as pessoas que algo é real sem ser. E como se fosse a unica verdade absoluta! As outras estao erradas! Bom ou alguma esta certa ou todas estao erradas!
    .
    Ou o homem acredita fielmente em algo que ele acha que seja plausível , por exemplo: esta teoria é lógica ,faz sentido ,portanto pode ou deve ser verdade. Ou ele experimenta algo espiritual que ele próprio nao consegue explicar, que muda completamente o seu jeito de ver as coisas. Ou ainda ele esta passando por dificuldades que sejam muito difíceis de suportar e encontra na religiao ou em sua teoria o alívio emocional necessário para viver melhor a sua vida! Ou todas estas combinadas.
    .
    Bom mas nao era isso que eu queria dizer, acabei filosofando e saindo do tema.
    .
    Voltando ao tema : Existem divergências no espiritismo, muitos nao acreditam em André luiz ou Emmanuel , ou mesmo Divaldo Franco! Mas todos acreditam em kardec, mas isso nao quer dizer que acreditamos em tudo que kardec disse cegamente. A ciencia vem em primeiro lugar.
    .
    Por exemplo : Nao é por que o anti-concepcional é contrário as leis naturais de reproducao, nao quer dizer que nao vamos usa-los. Pois é sabido que podemos adquirir doencas . Entre outras.
    Mas isso nao quer dizer também que devemos acreditar cegamente na ciência afinal estatísticas podem também ser manipuladas pelo interesse pessoal do homem ou de uma empresa e etc. Afinal como eu já disse o homem é imperfeito.
    .
    Voce pode ler ,estudar, ou só se interessar pelo espiritismo , mas ninguém espera que voce acredite em tudo que esta ali escrito. Voce pode pensar por voce mesmo , pode ter as suas próprias opnioes, e aí é que está a beleza da coisa, pois aprendemos andar com as próprias pernas, mesmo quando estamos errados por que é errando que se aprende.
    .
    Mas como eu acho que voce nao esta em nenhuma busca espiritual, entao é melhor deixar isto tudo para lá. Cada um tem o direito de acreditar no que quiser, e as pessoas vem o que querem e acreditam naquilo que elas julgam melhor para si mesmas , de acordo com seus interesses pessoais ou emocionais.

  42. Aquiles Diz:

    Permitam-me amenizar, ainda que brevemente, o acalorado debate. Ante insidiosas questões acerca das verdades ocultas, faz-se necessário destacar um traço indefectível e fulgurante no Sr. Sheran: a excelsitude capilar. Reconheçamos: o cabeleleiro da confederação intergalática é um prodígio. Vejam o brilho nas madeixas do Comandante. E o caimento, então? Maciez e volume em efusiva harmonia. Um luxo.
    -
    O modelito, por sua vez, refletindo (literalmente) a exuberância da alta-costura sideral, certamente irá conferir-lhe vaga na comissão de frente da Beija-Flor: “macacão folgado com as mangas acabando em punhos apertados, botas semelhantes ao couro, de cano longo sem folga, e um cinto largo na cintura”.
    -
    PS. Não localizei na rede fotos da nave do Comandante. Ela é invisível, tipo a da Mulher Maravilha?

  43. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    AHAHHAHAHAHa faltava isso para completar o post … boa Aquiles …

  44. Gustavo Gomes Narciso Diz:

    Mas volta e meia percebo que a discussão aqui não é com a crença de vocês, espíritas, mas com a ligação de espiritismo e ciência …
    Creiam, recebam seus espíritos, continuem a pregar a paz e o amor … isso sempre será memorável … sempre precisaremos enaltecer esses ideais.
    .
    MAS ISSO NÃO É CIÊNCIA … ( catzo ! )

  45. Liana Diz:

    Esta faltando alguns comentários mas só respondendo:
    .
    Gilberto , obrigada pela explicação ajudou sim!
    .
    Gustavo uma pergunta o que o Kardec falou sobre o sistema solar , ou que página no livro dos espíritos se encontra o tema!? De qualquer maneira vou dar uma checada! Eu agradeceria se você me desse esta informação!
    .
    Sobre as bobagem que os espíritas falam, tem mesmo! Ontem mesmo estava conversando com uma colega espírita e esta falou que as pessoas que tem muita energia contida em si para doar (medium de passe) quando acendem a luz queima! E esta aí a explicação por que de vez em quando as lâmpadas queimam. Francamente todo mundo sabe porque as lâmpadas queimam! Mas não é por isso que eu vou perder a fé nesta doutrina! No centro que eu freqüento eu não ouvi nenhuma bobagem deste tipo! Pelo menos não até agora!
    Aliás quando eu comecei a freqüentar este centro, na primeira aula sobre Kardec me falaram algo que eu nunca vou esquecer : Se a ciência provar o contrário , acreditem na ciência!
    .
    Quanto aos espíritos é só uma teoria ! Você pode acreditar que existe ou que é só uma alucinação!
    Mas eu acho muito difícil ser uma alucinação quando a pessoa vê alguém que ela nunca viu e descreve e fala coisas que ela não tem condição de saber!
    Isso não quer dizer que nós espíritas não acreditamos que ocorra a alucinação. Ok?

  46. Liana Diz:

    Quanto a religião e a ciência:
    Como kardec mesmo escreveu no evangelho segundo o espiritismo resume bem o que eu também acho sobre este assunto :
    “A Ciência e a Religião são as duas alavancas da inteligência humana: uma revela as leis do mundo material e a outra as do mundo moral.”

  47. Emmanuel e Ashtar: semelhanças | CeticismoAberto notícias Diz:

    [...] Este artigo visa a demonstrar a extrema identidade entre o discurso e os fenômenos físicos de Emmanuel, guia de Chico Xavier, e Ashtar Sheran, alienígena famoso que também se comunica por médiuns, sendo de nível “etéreo”, ou seja, de consistência puramente em forma de energia, devido a sua “escala vibratória superior”. Emmanuel e Ashtar Sheran: semelhanças entre um espírito e um alienígena [...]

  48. Charles Diz:

    Caros Srºs Gilbertos, Gustavos e tantos outros que opnaram por aqui. Antes de mais nada gostaria de esclarecer que dentro da doutrina espirita existem pessoas que destorcem os ensianamentos de Cristo assim como existem essas pessoas em outras religiões. São essas pessoas que criam casas “espiritas” onde se fala com mortos, se joga baralho, consulta com “pretos-velhos” etc. Essas casas é que trazem distorçao desta doutrina seria. E isso ocorre na religião católica, na evangelica, na luterana e várias outras, cabe a cada um seguir aquilo que mais lhe agrada, estudar e saber separar o joio do trigo. Acredito que tudo aquilo que recebemos de informações no mundo (independente do assunto) serve para formarmos nosso código ético e moral, é uma lei humana. Artigos como esse acho que tem justamente este propósito : informar. Cabe a cada um absorver as informações da maneira que bem entenderem. Independente da doutrina ou religião que se acredite, se existiu ou não Jesus, se exite um Deus criador de todas as coisas do universo, se fulano ou beltrano psicografou, se existem espiritos isso não faz a menor diferença. Mas o propósito essencial de todas as religiões é de tornar as pessoas melhores fazendo com que elas sejam mais amaveis umas com as outras, pratiquem mais a caridade com seu semelhante, seja menos egoísta, menos soberbo, enfim melhore como ser humano (vejam bem pode ser tudo isso e muito mais sendo completamente ateu) Para os espiritas tanto faz se você acredita ou não na doutrina e em Deus, ou qual religião você segue ou não segue. Então Srºs discutir e se apegar em datas ou informações que não se sabe nem a fonte (quem entende um pouco de como funciona uma pesquisa sabe a importância da fonte de informações), é pura perda de tempo.

  49. Paulo César Diz:

    Os céticos pensam que sabem tudo…. Ficam falando que os espíritas acreditam em fadas, etc, etc. Eles esquecem que se na há 200 anos se falasse em luz elétrica, também seria a mesma coisa, seria acreditar em fadas!! Portanto, tem-se que se saber que os cientistas não conhecem nada de espiritualidade, mal conhecem eles sobre suas próprias ciências ortodoxas. Portanto, há necessidade de em primeiro lugar ser humilde, pois, somente com esta virtude qualquer estudioso chega um pouco mais perto da verdade.
    Queria dar um complemento, sobre o fato de o Espiritismo ser hoje “descartável” na Europa. Saibam os senhores céticos que a Doutrina Espírita, nunca foi popular na Europa, os fenômenos espirituais sim, foram por determinado tempo. O Espiritismo teve o seu apogeu até aproximadamente o ano de 1920, com acompanhamento de grandes estudiosos e cientistas da época. Depois disso, não se teve interesse pela ciência e vários regimes políticos vieram a persegui-lo. No entanto, hodiernamente o Espiritismo está voltando à Europa, no seu melhor aspécto; pela forma científica, de estudos sobre a espiritualidade, vivências passadas, a volta à “vida” de pessoas no leito de hospitais. Portanto, cabe estudo. Sabemos que todo o conhecimento ainda é pouco.
    Obrigado.

  50. Marcio Diz:

    Estudem os livros de allan Kardec e realmente observem que lá a ciencia esta presente.

    Confucio é citado como um dos amigos de cristo no livro exilados de capela(literatura espirita), assim como Buda entre outros orientais.

    E tem um tolo ai em cima dizendo que os chineses nem sao citados como espiritos superiores. Bla Bla Bla…O cara deve ser PHD He He He…

  51. Morning Angel Diz:

    Lametavel, ler tanta discussão inócua por nada, ocorreu-lhes alguma vez, de raciocinar que crenças foram impostas por manipuladores verdadeiros vampiros energéticos, que inventaram uma fábula chamada Biblia, um ser chamado Jesus Cristo que nunca foi provada a sua real existência? tolos são o que sois!Quem tem tv a cabo, devia assistir History e discocery chanel sobre alienigenas, Terra Oca, etc.
    Pobre massa de manobra de espertalhões e charlatões, vampiros de carteirinha como Denizard Hipolyte Rivail, nick Alan Kardec, chico Xavier, Masaharu Tanigushi,Samael aun Wor e todo o vampirismo do Espiritismo tupiniquim. Chafurdem-se em discussões estéreis.Ofereçam a sua jugular energética à esses Dráculos com auréolas colocadas pelos idiotas como voces!

  52. Carlos Magno Diz:

    Tenho assistido o Discovery e tenho visto o contrário do que o Morning Angel anuncia.

    Há questionamentos sim, mas através de buscas arqueológicas e estudos eles também mostram que
    a história e a Bíblia têm convergido.

    O Angel queria o quê? Xerox das carteirinhas de identidade de Jesus e de outros ícones das religiões com firmas reconhecidas e autenticadas?

  53. Gilberto Diz:

    É verdade, os documentários da Discovery são mais que favoráveis aos relatos da Bíblia, o que me deixa sempre perplexo. O que eles detonam mesmo são as pérolas religiosas, como santo sudário, ET´s de Marte, “poderes mediúnicos”, exorcismos, viagens astrais, comunicação com os mortos, e outras superstições de dias contados…

  54. Cosmonáuta terrestre Diz:

    Ashtar Sheran já era, eu disse era, morreu, escafedeu-se! Não passava de um ser mau-intencionado que enganava os humanos dessa civilização primitiva e cheia de religiões que não servem para nada. Agora, quero ver se ainda conseguem contato com ele, pago pra ver.

  55. Carlos Magno Diz:

    Perdão, companheiro, a grafia correta é:
    *
    mal-intencionado.
    *
    Tenho a informá-lo que tal como “A Busca de Spock”, ele voltou ao convívio dos ufólogos. Não morreu!
    Abs.

  56. Paulo Henrique Diz:

    Se você crê, não discuta, se discutir é por que não crê, pois quem crê, “CRÊ”! E quem não crê … bom, que não crê que fique assim, só diga que não crê se alguém perguntar, e NADA MAIS ! Então, amigos, estamos aqui para aprender e, não é discutindo DESSE JEITO que aprenderemos alguma coisa … E se não adiantar de nada, deixem disso e procurem fazer algo para se melhorar.

  57. Priscila Diz:

    A verdade absoluta não existe, e nunca existirá. Cada um possui a sua verdade, de acordo com sua evolução e origem. Possuem ou reconhecem o seu Deus interior, ou não, diferentes em aspectos. Muitos não aceitam ou desconhecem sua missão espiritual. O fato é que não sabemos conscientemente o que somos, desconhecemos nossos poderes de criação, nossa origem e nosso destino. O mistério da vida está para ser desvendado, mas a humildade deve prevalecer. “Irmãos em luz” vão juntar energia no estudo místico, para desvendar os mistérios cósmicos, com muito respeito e inteligência, pois nada sabemos de concreto.

  58. Rabello Diz:

    Existem mais coisas entre o céu e a terra, do que é capaz supor nossa vã filosofia, e ciência…

    Nós mal começamos a molhar nossos pés, nas praias dos oceanos de todo o conhecimento espiritual.

    Viemos dos macacos e há cerca de 100 anos ainda nos degladiávamos e duelávamos por qualquer assunto.

    O que hoje se pensa ser ciência, nada mais é do que simples experimento infantil, comparado ao que ainda está por vir.

    Ampliem suas visões, cresçam e aceitem que nada sabemos ainda. Somos ainda vermes a chafundar na lama do conhecimento universal.

    Luz, paz, amor e esclarecimento a todos.

  59. Rabello Diz:

    “A Coisa mais nobre que podemos experimentar é o mistério. Ele é a emoção fundamental paralela ao berço da verdadeira ciência.
    Aquele que não o conhece, que não mais pode cogitar, que não mais sente admiração, está praticamente morto…

    Albert Einstein”

  60. Carlos Magno Diz:

    Perdão, Rabello, eu não vim do macaco; isso posso afirmar-lhe com toda a convicção, e nem os meus ancestrais. Viemos da epigenesis do Criador que é bem diferente da teórica acadêmica!
    *
    Os céticos sim, com absoluta certeza (deles), vieram do macaco, do chipanzé, do babuíno, do mico prego, do orangotango, do australopitecus, do neanderthalensis e do cromagnon e afirmam isso com toda a conecção com seus atavismos, segundo provas antropológicas.
    *
    E têm razão, sabe por quê? Porque o idealizador da genesis da bíblia evolucionista – o Charles Darwin – assim afirmara. E tinha a fisionomia símia, já reparou nisso? Identidade inequívoca; logo terão eles todas as razões para pregar aos quatro ventos que são macacos modernos!
    *
    Em assim sendo adoram, esses cético parentes das espécies macacóides por auto-escolha, nivelar-se com o reino animal rastejante, instintivo e salivante; adoram dizer-se que antes foram amebas, bactérias, ou unicelulares gosmentos nadando num universo aquático, porque assim garante a ciência dos homens.
    *
    E os alienados somos nós, espíritas, místicos e esotéricos.

  61. Roberto Passos Diz:

    É patológica a necessidade individual e de movimentos e agrupamentos humanos em geral, da criação de mitos.
    São mitos de todas as espécies; jogadores de futebol, astros da música, artes em geral, de religiosos, etc…
    Essa tendencia, que leva a cegueira, impede de ver as coisas com clareza, gerando preconceitos de toda ordem.
    Desmitificando, observaremos quanta bobagem é produzida pela mente humana. Não existem “Seres intocáveis ” Os movimentos religiosos de todos os teores estão cheios dessas figuras e a inteligencia esta aí para avaliar tudo isso.
    “Desmitificar já” !
    Abraços

  62. Carlos Magno Diz:

    Roberto Campos:
    -
    Concordo plenamente com você, acerca da desmitificação de mitos através da inteligente observação e senso de proporção. Porém, na sua relação faltou a ênfase às ciências; tais como a arqueologia e suas ramificações, como a antropologia e a paleontologia. E, consequentemente, por derivação, a história.
    -
    Não nos esqueçamos de que esses ramos se sustentam da montagem dos achados fósseis, mas muitíssimo da imaginação. Por isso o darwinismo não sai do patamar da Teoria da Evolução – adicionando sempre um novo remendo – o que é humilhante para o orgulhoso racionalismo cético das ciências. E cada vez recua mais num pretenso tempo da origem do homem ou de uma origem verdadeira, apagando suas anteriores afirmações categóricas.
    -
    E se você acompanha as investigações da genética constatará que nada conseguem provar daquilo que os arautos dos hominídios endeusam (como aos craques do futebol), senão cada vez mais afastar a possibilidade de o homem ter vindo do macaco, mas concluir agora de um ancestral comum que nunca foi encontrado.

  63. Carlos Magno Diz:

    Corrigindo, você é o Roberto Passos, desculpe o erro.

  64. Roberto Passos Diz:

    Bom dia Carlos Magno!
    Bem lembrado, deixei de colocar; a ciência também está cheio destas figuras miticas. Porém penso que a metodologia cientifica, não falo somente de ciência convencional, na tentativa de explicar a realidade, abre novos horizontes, estimulando a criação de novas sinapses.
    Abraços

  65. Carlos Magno Diz:

    Ok, acho que concordamos.

    Abraços.

  66. Lázaro Mélo Diz:

    Bom dia , os comentários : será + uma oportunidade para os que quer saber sobre os icaros da criação do criador de almas e do amor. Todos os espiritos são da verdade , porem nem todos diz a verdade , observai se as entidade fala a verdade porque , na casa do pai a varias moradas e nestas , estamos a procura dela ( verdade ).
    São 2 icaros da criação de DEUS.

  67. Manoel Carlos Diz:

    Eu só digo uma coisa… de tudo isso…
    “QUANDO VOCÊS MORREREM FICARÃO SABENDO O QUE REALMENTE ACONTECE” isso é a única experiência individual que o homem tem que fazer: A MORTE!

  68. Ricardo RJ Diz:

    Vítor,rapaz dessa vez você se superou,jogar no mesmo balaio Emmanuel e Asthar Sheran,foi forte demais!COM TODO O RESPEITO AOS SEGUIDORES DE ASTHAR,NUNCA LEMOS NADA DE EMMANUEL FALANDO COMO EXTRATERRESTRE,EM TOM MESSIÂNICO OU NOS ALERTANDO DE CATACLISMOS PRÓXIMOS.SUAS COMUNICAÇÕES SÃO DE TOM MORALIZANTE E CONSOLADOR.LEIA OS LIVROS DE EMMANUEL E VEJA,NÃO VOU ENTRAR NO MÉRITO DAS MENSAGENS DA UFOLOGIA ESOTÉRICA.MAS PARA MIM EMMANUEL NÃO É UM MITO.

  69. Ivan Diz:

    Na leitura dos comentários pareceu-me que alguns comentaristas partiram para o ataque querendo provar na marra seus conhecimentos, até a grafia foi observada quando o importante seria apenas a exposição da ideia. Há muito pouco tempo sou espírita e adoro os ensinamentos de Emmanuel, sei tambem, segundo o que já tive a oportunidade de ler, que os espiritos mais evoluidos, todos tem um papel importante em algum setor da administração e desenvolvimento do cosmo, e que por sserem tao superiores e manterem tanta humildade, nao saem por aí dizendo que possuem um cargo elevado ou uma patente ou mesmo dão seus nomes, alguns espiritos embusteiros sim, se dão ao prazer de antecipar seus nomes, patentes e importancia do grau que possuem. Por isso é muito importante sempre se observar: “prestai atenção e ouvis todos os espiritos, mas observai se são espiritos de Deus”.

  70. Marlon Ferreira de Souza Diz:

    Gostaria de desafiar, digo, convidar, os ilustres leitores a “estudarem” repito, “estudarem” (com honestidade) o livro de Frederick Nietzsche intitulado “O Anticristo” (Peguem de graça neste endereço: http://www.universia.com.br/entretenimento/cultvox.jsp), e também “Lavagem Cerebral” ou “Técnicas de conversão religiosa”
    (www.iupe.org.br/nws/men/men-040222-a_batalha_pela_sua_mente.htm)
    Depois (de estudarem) gostaria de me deleitar com vossos comentários.
    Em tempo: O desafio, digo, convite, vale tanto para Céticos quanto para Espíritas, budistas, ou Crentes de qualquer espécie.

  71. Paulo Diz:

    Estudos já mostraram que há DNA chinês em índios brasileiros.
    http://pib.socioambiental.org/c/noticias?id=6080
    Esse e só um dos exemplos. Isso pode ou não confirmar as teorias da américa e china serem juntas. Mas o fato é que de alguma forma perto eram a ponto de haver miscigenação, seja a teoria do estreito de bering ou por outra.

    Extraterrestre ou não, não faz diferença, todos somos espíritos e a Terra é só um dos lugares por onde (já)passamos.

    abraços.

  72. Sonia N. Diz:

    Francamente! Achar que Emmanuel e Ashtar Sheran se assemelham é tão absurdo quanto comparar Einstein ao Professor Aloprado, personagem criado por Jerry Lewis.
    Vários questionamentos deste site, têm algo em comum:
    suposições de fraudes mediúnicas.
    Á frente, sempre Chico Xavier e os SUPOSTOS espíritos mais constantes em seu trabalho (Emmanuel e André Luis) lado a lado com outros médiuns e seus respectivos e SUPOSTOS guias espirituais.
    O que parece que ninguém percebe é que o Chico Xavier foi o pioneiro em todas essas SUPOSTAS empreitadas. TODOS OS OUTROS citados vieram bem depois dele. Foi por isso que ele alertou o Divaldo quanto ao plágio. O Chico nunca plagiou e nem inventou cois alguma. Datas não mentem. Chico Xavier nasceu em 1910. Em 1927 lançou seu primeiro livro psicografado “Parnaso de Além Túmulo”; contando apenas 17 anos. André luis começou a escrever através de sua mediunidade em 1937, avalisado por Emmanuel, que já se comunicava há muitos anos através de Chico Xavier. O tal comandante Ashtar apareceu em 1969, na época do frisson extra-terrestre. Emmanuel escreveu centenas de livros, estimulando o ser humano no desenvolvimento de suas virtudes e talentos; a prática da caridade, da fraternidade, do perdão e da solidariedade com tudo e com todos. Enalteceu o trabalho como fonte, não apenas de sobrevivência, mas de alegria, sendo o antídoto contra qualquer perturbação emocional. Apresentou-se sempre de maneira sóbria e simples, orientando o Chico na mesma conduta. O Centro Espírita onde Chico Xavier trabalhou foi simples do começo ao fim de sua vida. Jamais foi orientando por Emmanuel ou qualquer entidade a reformar, melhorar ou aumentar o tamanho do Centro, em razão do grande nú mero de pessoas que o procuravam. Chico compreendia perfeitamente quando Emmanuel dizia que, quanto ao trabalho mediúnico, quando os interesses materiais entram por uma porta, o trabalho sério e verdadeiro sai por outra. Ou se serve bem a Deus, ou se serve bem a Mamon.

  73. Sonia N. Diz:

    Deu um problema enquanto eu estava postando. Sumiu tudo e quando voltou já estava publicado, antes que eu terminasse o meu pensamento.
    Continuando… pois bem, as diferenças são muito grandes. Em fins da década de 80, lembro-me bem, surgiu uma fita-cassete na qual, uma voz rouca e inaudível,afirmava ser o comandante Ashtar, com a incumbência de proteger o nosso planeta. Ninguém sabia precisar qual a procedência daquela fita, mas todo mundo tinha uma. Cheguei a ouví-la (com dificuldade, porque a gravação era péssima), porque naquela época eu participava de um grupo de estudos (espíritas). Meses depois comecei a cuidar da correspondência de uma pessoa conhecida no meio espírita. A cada três ou quatro meses, recebíamos uma carta de um grupo de estudos do Comandante Ashtar, fazendo promessas de que na próxima semana, toda a sua esquadra de naves interplanetárias pousaria em determinada cidade ou praça, para que todo o mundo pudesse ver que eles existiam mesmo e que fariam contato direto com os governantes da Terra, para proteger-nos. Pena eu não ter guardado aquelas “pérolas”. Aliás, não guardei porque nunca levei a sério. Quem gosta desse tipo de situação, vamos dizer assim, são os esotéricos. Porque dão muito valor às aparências e às fantasias. Compare o desenho do rosto de Emmanuel e o do Ashtar. Perdoem-me os crédulos e seguidores, mas o Ashtar parece o príncipe dos desenhos da Barbie. Se acaso existe qualquer semelhança entre os escritos, é plágio do Ashtar e de quem o recebe ou contata, porque veio bem depois de Emmanuel. E não há como comparar, porque um não tem nada a ver com o outro.
    Os casos do Divaldo e do Waldo Vieira são as mesmas coisas.
    O Vitor está sempre questionando e perseguindo o Chico Xavier, que foi o pioneiro e o principal mediador do plano espiritual, depois, da codificação kardequiana. Os que vieram depois, foram só se espelhando e copiando. Para não ficar idêntico, acrescentam dados criados por suas mentes fantasiosas, bem ao gosto da maioria. Porque o povo religioso, seja de qualquer religião, gosta de alegorias: água fluidificada, arruda, cristais, fitinhas, velas, incensos, mandalas, pontos riscados, sementes, patuás, símbolos, medalhas, pulseiras, rituais, reza pronta, palavras mágicas, oráculos, tarôs, mapas astrais, beija-mão, enfim, tudo que abstraia o pensamento a cerca de si mesmo.
    Por hoje é só
    Abraços.

  74. Vitor Diz:

    O Chico plagiou sim, Sonia. Veja os primeiros artigos desse blog para conferir os plágios.

    Um abraço.

  75. Sonia N. Diz:

    Vitor, meu querido, você deve ser a reencarnação de Javert, obstinado ainda num único pensamento: a prisão de Jean Valjean.
    É uma brincadeira, é claro! Você é muito estimulante!
    Você me aconselhou a ler tudo sobre o Chico desde o começo. Tudo bem!
    Mas, onde começa? Quero me informar melhor…
    Abraços afetuosos.

  76. Vitor Diz:

    Os posts estão em ordem cronológica, Sonia. São os primeiros. Há uma divisão dos artigos por data (mês e ano). Acesse de quando o blog começou.

    Um abraço.

  77. werks Diz:

    SEM DUVIDA TANTO EMANUEL QUANTO ASTHAR são o mesmo ser o mesmo que esta ilustrado no livro Patriarcas e Profetas Lucifer , satanas , a brilhante estrela da manhã que caiu o grande dragão , antiga serpente ,acusador sedutor ,diabo , sabe ele tem muitos nomes e engana a vcs ,com falsas teorias de amor , este ser tem milhoes de anos e vcs apenas decadas , estudem conheçam a verdade em JESUS o CRISTO e seja LIBERTO POIS ESTE SER NADA PODE NO NOME DE JESUS ,ele sabe que seus dias estão contados dai o desespero em enganar a todos de um jeito ou de outro leiam (2 corinthios 11:14) e não sejas enganado vitor .

  78. Nilton Jr. Diz:

    Acho que o q talvez dê a pouca legitimidade a Ashtar Sheran é a aura meio sci-fi que ele carrega. Já o Emmanuel tem toda um suposto “embasamento histórico”. além do que, o chico Xavier era uma pessoa que, mesmo que hoje se questione a autenticidade de alguns fenômenos, ninguém questiona a idoneidade dele. Quanto a semelhança, acho relativamente previsível algumas delas.

  79. Juliano Diz:

    Vitor

    Interessante o teu “post” (como sempre). E ele é esclarecedor. Pensa um pouco. Segundo a ciência, os continentes foram unidos na terra no período Cetáceo, entre 150 a 65 MILHÕES de anos atrás. Então, não foi na semana passada (…) 30.000 anos atrás que em termos de Terra não é nada, que já seria muito em termos humanos. A pessoas simplesmente esquecem esses pequenos detalhes técnicos.
    Sobre essa conversa de Lemúria e Atlântida. Se tivessem existido, seria a quanto tempo atrás? Vamos dizer que fosse a 15.000 anos atrás. No mínimo alguma coisa iria existir ainda, 15.000 anos não é nada em termos de Terra. Com o avanço tecnológico atual alguma coisa já teria sido descoberto atualmente. Raciocina.
    Então. Voltamos ao início do “post”: Emmanuel (O Legionário Bonitão) e Ashtar Sheran (O Darth Vader do bem). (…) Pra mim, fica claro que o Chico Xavier criou a figura do galã global. E nos últimos tempos alguém aproveitou e criou o Darth Vader do bem. O Comandante Interplanetário.
    A coisa vai mais ou menos na linha de vida inteligente e desenvolvida em Marte. Eu vejo nisso tudo, cada vez mais, um novelo de lã do lado mais carente e infantil do ser humano. Claramente. E o negócio dá muito dinheiro, “status” e debates acalorados.
    Por fim, pra voltarmos a ser criança. Vamos propor a tese, e criar uma explicação minimamente racional, não precisa grande coisa, que Papail Noel de fato existe, ou existiu e morreu e acabou não deixando herdeiros. Basta um pouco de marketing e efeitos especiais que logo logo também emplacamos.

  80. alexandre Diz:

    porque e tao dificil acreditar em um deus + q hi tec nos somos robos biologicos com um programa, para que o espirito possa realizar suas provas. na epoca q o chico realisava suas pisicografias a humanidade nao etava preparada para os nossos irmaos do espaço. o cristo disse ha muitas moradas na casa de meu pai, meu reino nao e deste mundo, e muito + acontece q a encarnaçao e uma prova de amor tenham paciencia com os ceticos o que eles nao comprendem hoje certamente compreenderao amanha. se ahtar e emanuel tem o discurso parecido e que eles tem a mesma frequencia de raciocinio, se eles dizem isso ou aquilo deixa q falem q digam q pensem louvado seja deus por eles ja estarem nesta fase e lembren;se os sinais virao dos ceus.

  81. Walter Ice Diz:

    Ninguém precisa de Ashtar Sheran nem de Emmanuel, nem de Jesus, de Krishna ou de Buda para ser bom. O ser humano conscientizado das coisas ao seu redor é bom na medida do possível, por natureza, não precisa dessas pataquadas esquematizadas por loucos – e o que é pior, que não podem ser provadas.
    Eu também vi uma luz quando era jovem e tembém vi um japonês baixinho usando roupa de astronauta e uma luz corde rosa no capacete (projeção 3D do futuro?).
    Também ouvi a voz de Chico Xavier me dizendo que estava do outro lado. Também sonhei que estava sentado numa grande mesa em pleno espaço com Gasparetto e Chico Xavier ao lado de uma grande parede feita de luz, e ele disse que já era época de ser desacreditado, que isso seria necessário. Também viajei mentalmente para o futuro no ano 2215 e lá havia uma cidadelas fechadas, as pessoas utilizavam uma nave de teletransporte para se movimentar, o mundo lá fora estava coberto por uma vegetação vermelha ou um pó vermelho, era sempre escuro por causa dos escudos refletores espaciais – e eu tive uma conversa telepática sob uma luz mortiça de leds azuis (eletricidade biológica) com um negro assaltante de banco vestindo um macacão da Star Trek e ele me disse que Obama foi (já que estávamos no futuro) um presidente que resolveu muita coisa apesar de quase ter explodido o Oriente Médio com um arsenal atômico sediado no Iraque. Mas eu posso provar isso? Não. Então sou louco, e tudo bem.

  82. thadeu Diz:

    Quanto ao comentário do Sr. Gilberto setembro de 2008, embora atrasado gostaria de dizer algumas simples palavras:
    Existem muitas pessoas na internet colocando opiniões sobre espiritismo sobre Kardec, espíritos,mediunidade, reencarnações, sem sequer ler e estudar as obras de Kardec o cientista do invisivel, costumeiramente se ateem a frases vou repetir FRASES, sem estudar se atrevem a falar dizendo muitas infantilidades procurem ler Bozano e ver quanto tempo e o que ele estudou para ser espírita, entendam que para a Terra não ser o centro do universo, levou-se 350 anos oficialmente para Galileu, e Pasteus quando na Sourbone discursou oficialmente sobre os tais bichinhos voadores invisiveis, recebeu sonoras gargalhadas até por não ser cientista ou médico no entanto hoje voces que se atribuem saber para fazer comentários eu dúvido que tenham dado o braço a seringa ou as nadegas, após terem constatados algum virus, bascilos, acaros, etc.
    Por isso estudem os livros que são motivos de suas análises para que nós que ralamos a vista, escutamos espíritos, construimos uma experiência,analisamos suas mensagens possamos entrar nessa conversa de modo que seja útil para o aprendizado de todos.
    Assim sendo sugiro O livro dos Espíritos, O livro dos Médiuns (que é para todos seguimentos) e o livro O que é fenomeno mediúnico de Herminio C. Miranda
    Obrigado pela atenção

  83. alexandre Diz:

    e isso ai thadeu.

  84. Thadeu Diz:

    Sr. Vitor Moura
    Estava a ponto de elogiar sua iniciativa sobre o debate do assunto em tela, mas quanto vejo que retirou minha sugestão de: ao se vomitar reencarnação, Kardec, sic Chines se comunicando, que espiritismo não é ciência, ETC, colocações de uma infantilidade terrível, sugeri a atualização das idéias com leitura (capa a capa) de tres livros visando elevar o debate das idéias, até para se FALAR do assunto proposto por V.Sas; sem o lixo da bateia, mas notamos a alergia ao “antigo” e à verdade, preferindo estar sentado na platéia, ombreando aqueles que caçoaram do Sr. Pasteur, sobre os tais bichichos voadores que seus olhos ainda não viram cujo medo fala mais alto que o preconceito. Assim só me resta lamentar a oportunidade perdida por pessoas cultas e potencializadas a sentirem a luz mas no escuro tateiam procurando o interruptor. Seu gesto, porem me alegra, pois me da a dimensão, HOJE, da envergadura assombrosa do bruxo francês e seus conterrâneos que sustentaram suas idéias afrontando o exílio materialista a que muitos com medo não o sufragaram. Que pena!
    Saudações fraternas

  85. Chico Xavier: Charlatanismo que vira filme | reEvolução.net Diz:

    [...] Emmanuel e Ashtar Sheran: semelhanças entre um espírito e um alienígena: Um ótimo comparativo entre o Emmanuel e um espírito alienígena. Eles são tão parecidos vai ver que são primos. [...]

  86. Jorge Erasmo Diz:

    Gente, não é porque alguns admitem a existência de Emmanuel e outros não, não é porque alguns admitem a existência de Ashtar Sheran, não é porque alguns acreditam que ambos são um só ou acreditan que são duas personalidades distintas, que a verdade será mudada ao bel prazer de uns e de outros. Essa discussão não leva a lugar algum. Procurem alguma coisa prática para fazer; visitem uma instituição de caridade, levem alguma ajuda, visitem um presidiário, doem suas roupas usadas para os necessitados, aí sim, vocês poderam, com certeza, achar o caminho, a verdade e a vida, que é o que todos procuramos. Muita paz a todos(as).

  87. MARCOS BEZERRA DE OLIVEIRA Diz:

    LER É O MELHOR REMÉDIO PARA A IGNORÊNCIA. EXILADOS DE CAPELA, ERAM OS DEUSES ASTRONALTAS A BÍBLIA, SÃO PEQUENAS DEIXAS PARA QUE SE CRUZEM INFORMAÇÕES, ENTRE OUTRAS OBRAS DE CUNHO CIENTIFICO, PARA QUE SE SAIAM DO ACHISMO. DEUS EXISTE, A MAIOR PROVA DA EXISTÊNCIA DE DEUS É VOCÊ, A NATUREZA, TUDO AQUILO QUE O HOMEM NÃO PODE FAZER, FALO DA VIDA, DO COSMO, ETC. PORÉM O MELHOR QUE SE DEVER FAZER É O QUE FOI POSTO PELO AMIGO JORGE ERASMO:PROCUREM ALGUMA COISA PRÁTICA PARA FAZER… TEM MUITA GENTE ESPERANDO PELO TEU SUPÉRFLUO, AME A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E O PRÓXIMO COMO A TI MESMO, QUAL SEJA A TUA RELIGIÃO OU AINDA QUE NÃO A TENHAS FAZES O BEM , LEMBRA-TE DA PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO.

  88. Lidiane Diz:

    Ao Sr. Carlos Magno

    Querido, Carlos.
    Mto me admira, vcs como espírita, ter perdido a paciência com gente ignorante ‘neste’ assunto.
    Sabe mto bem q deveria apenas argumentar e contra-argumentar, porém não ofender nem atacar… ninguém.
    Qdo fez isso, tirou (sem perceber) nossa razão de ser, estar e acreditar.
    Nós espíritas, aceitamos todas as pessoas e crenças como são. Não podemos argumentar dessa maneira, com pessoas q só acham q sabem alguma coisa.
    ESSA É A NOSSA CRENÇA, NÃO A DELES.

    Deixe-os com sua própria verdade.
    Nós temos a nossa, e cada seguidor – seja ele: católico, evangélico, protestante, batista… -, tem a sua.

    Não podemos impor q a nossa verdade é a única… pois, sabes mto bem, q não gostamos qdo isso acontece conosco.
    Todos têm direito de acreditar no q quiserem. E nós temos o dever de aceitar.
    Já q, em tese, nos consideramos mais conscientes e desenvolvidos, ajamos então, com tais. E deixemos q cada um pense como quiser, qdo, verificado q é inútil e impossível tal debate argumentativo.

    Preocupante foi, – ao meu ver -, seu desperdício de energia para com alguém q não crê na mesma coisa q vc. Ele tb não tinha o direito de lhe ofender, porém, “a cada qual será dado o q merece”.
    O que ele fez pra vc… na verdade… fez pra ele mesmo, e vice-versa.

    Faça por merecer. Ilumine-se.
    Cuide da sua energia e não a desperdice com coisas e pessoas imutáveis.
    Seja além!

    Atenciosamente,

    LIDIANE LEME
    (Espírita Kardecista e crente na existência de Ashtar Sheran)

    [email protected]

  89. Carlos Diz:

    Saudações;

    Antes de tudo, peço que meu e-mail não seja divulgado.

    Venho aqui, buscar um consolo para meu inconformismo e angústia na presente reencarnação, pois em minha última existência fui membro de uma organização voltada para o extermínio de judeos.

    Apesar de ter nascido com boa situação financeira, adquiri determinadas mazelas que atrapalharam em muito minha vida, pois como consequência, hoje sou alguém sem família, sem amigos, não tive sorte em termos afetivos e atraio inimizadas com muita facilidade.

    Atualmente, anseio pelo meu desencarne, porque não vejo motivação nesta vida, contudo por ser espírita, vivo por viver. Confesso que tenho dificuldades por não consiguir ser portador de pensamentos humanistas e humanitários. Não sei se é um vício do passado, ou um trauma de minha atual existência.

    Em minha infância e juventude, conheci a humilhação, o desprezo e a falta de amor. Por isso, em minha vida atual, por exemplo, sou rigoroso profissionalmente, não tenho compaixão ou piedade, pois analiso tudo de forma racional e lógica. Conheço os ensinamentos espíritas, mas não consigo pô-los em prática na minha vida.

    Sou alguém que quase sempre está de mau humor.

  90. J.R.Pereira Diz:

    Vocês são todos loucos.

  91. Ivone Vebber Diz:

    o que a ciência fez de bom?
    tortura diariamente animais para seus remedios, vacinas
    que não curam apenas remedeiam…
    vacinas que geraram aids pra matar africanos, eles morrem que nem moscas
    produtos quimicos cancerígenos que estão na nossa comida, na água , no ar
    energia nuclear que pode matar a todos…
    bomba de hiroximam que até hoje causa dor
    devdo radiações
    o petroleo que polui tudo
    hormonios sinteticos causadores de miomas,anemias
    hemorragias, cancer…
    agrotoxicos que nos matam aos poucos…
    que moral tem a ciência pra duvidar
    de extraterrestres, naves espaciais, salto quantico,
    cultura racional, viver de luz-prana, etc…
    é preciso se aprofundar, deixar o ego de lado,
    buscar siolução urgente pra salvar a terra
    com ajuda dos extraterrestres
    para de mentir, esconder informações
    cultivar discernimento
    pois há alienigenas do mal ou exus
    que chupam cabra, fazem experiencias
    com terrestres
    outros vem de planos inferiores, os zetas…
    e tem os superiores como Asthar Sheram
    e muitos outros
    se tivessemos desenvolvido raciocínio
    poderíamos todos contatar com esses irmãos elevados
    por isso aconselho , estudem cultura racional,
    se aprofundem no seu interior está todas respostas…

  92. Xupão Diz:

    Para quem acusa a ciência: não é a ciência a culpada pelos males do mundo. Pelo contrário, é o mau uso dela pela ganância do ser humano. Se não fosse pela ciência estaríamos ainda sofrendo o misticismo, tortura e morte da Igreja. As religiões deterioram o mundo e além disso são hipócritas, falam mal da ciência, mas usam as ondas de rádio e tv para se divulgarem, usam microfone em seu cultos, lâmpadas nas suas cerimônias e prédios, automóveis etc. Precisam de mais exemplos? Infelizmente o misticismo ainda existe provocando vômitos em uma civilização que precisa da lógica, raciocínio e amor. Enquanto tiverem se baseando em religiões ou num Deus imaginário e destruindo o planeta, a Natureza se voltará contra, pois ela é a verdadeira dona do universo. Haja vista as catástrofes das enchentes etc. Mais hipócrita ainda é o internauta falando mal da ciência, quando antigamente só tinha uma máquina de escrever para que suas mensagens domésticas fossem lidas. Que piada.

  93. Nilvana RS Diz:

    A verdade existe e está sempre lá, independente de vermos com nossos próprios olhos, aceitemos isso, ou não. Quando o assunto em pauta for a defesa do Amor incondicional e tudo aquilo que Deus, Jesus, Ashtar Sheran, etc TENTA nos ensinar (cada um com sua crença) , ou mesmo, aquilo que o bom senso dos céticos aponta, aí sim estaremos prontos pra sabermos a resposta de tudo aquilo que a nossa ignorância e/ou limitação científica não comporta.

  94. Carlos Magno Diz:

    ….

  95. Ivone Vebber Diz:

    Tanto Emannuel quanto Ashtar Sheran são do bem
    Seres que já ascencionaram na luz,não precisam mais reencarnar na matéria…
    Ciencia é estar ciente, sabedoria,
    infelizmente a ciencia terrestre é ignorante das energias
    que formam o cosmo, a natureza, destroi, polui, tortura animais,nossos irmãos nos laboratórios para remedios que não curam pois não chegam ás causas, apenas sintomas..
    Ciencia da terra serviu apenas para criar sofrimento
    assim servindo pra lapidação e despertar interior
    pois o homem ainda não sabe evoluir através do amor
    A bela imagem de Ashtar é apenas projeção que ele faz ,pois ele não tem mais um corpo como nós…mas com a evolução chegaremos lá
    http://www.amorporgaia.blogspot.com

  96. Matheus Dutra Milagre Diz:

    Olá, resolvi atravessar aqui já que a discussão está tão acalorada… Gosto disso. Li o tópico e inicialmente tive uma leve perturbação sobre as conclusões “científicas” de que Lemúria não pode ser. Alguém já viu a Terra mudar de casca igual uma cobra? Isso acontece a cada 26000 anos! Será que o leito do oceano não sedimentou e escondeu os detalhes que o autor procura? Quanto as entidades “espirituais” em questão, a não ser que comecem a fomentar o medo o que acho improvável pois são muito caltelosos, não sinto falta de provar quem são. Eu por mim já tinha invadido essa bagaça e lançado rios de fogo sobre os infiéis impuros. Além disso muita gente não ia merecer tal prova objetiva (não agora)(Inicialmente pensei que Ashtar poderia ser um produto da mídia da superioridade ariana por causa do desenho – como foram as imagens européias difundidadas pelo mundo de anjos loiros e tal)…tá eu sei, isso é muuuuuito idiota. Mas tomando CIÊNCIA dos dois lados, senti conforto pelos espíritas estarem amparados por forças assim, concretas e para o bem. A ciência dos fenômenos pode perfeitamente caminhar junto da fé. Os ciêntistas não tem que ter fé que o ar aí está!? para descobrir depois que o ar é um gás com N, O e CO2? E se uma “entidade” disser isso antes? Aí a CIÊNCIA como ferramenta que é, deve continuar funcionando mesmo assim, pois em si é apenas coleta de dados. A ciência é de Aristóteles e a fé, de Platão e o homem uniu as duas coisas e isso é maravilhoso! Somos a interface entre o certo e o incerto, sistemas simpático e parassimpático, hemisférios direito e esquerdo, razão e loucura… Além do mais o mistério apimenta a relação :D

  97. Felippe Costa Diz:

    Olá amigos, resolvi pesquisar um pouco mais sobre entidades extraterrestres e acabei achando esse site!
    Gostei muito dos assuntos abordados e os comentários feitos nele.
    Amigos, como poderiamos dizer que o nosso planeta é o uníco em todo sistema solar com vida inteligênte? A ciência nos ajuda muito, com estudos, descobertas e etc, mas ao mesmo tempo que ela nos orienta, ela tambem nos cega! Como provariamos que entidades como Emmanuel, Ashtar Sheran, Lyra, Dtr. Fritz, Pai João, Seu Trancarua entre outras não existem?
    Será que a ciência consegue provar tal coisa?
    Meus caros, não podemos ser ignorantes, todos nois sabemos que tudo nesse universo, é composto por moléculas e que tem energía, inclusive a gente.
    Chico Xavier era um canalizador de energías, todas as mensagens e textos filosóficos escritos por ele foram supostamente ditado por Emmanuel. O maior objetivo de Emmanuel era que atravez de seu canal, ele conseguiria passar mensagens para tentar elevar o pensamento da humanidade. Como Chico seria capaz de trazer mensagens de pessoas falecidas para os seus respectivos parentes? Esse é o tipo de coisa que a ciência não pode questionar.
    Ashtar Sheran, o seu maior objetivo é expandir paz e amor para todas as galáxias. Ele fala muito sobre, que o homem terreno vive ligado a matéria, fala sobre “Sananda”(Jesus) e tambem fala sobre a o modo como exploramos recursos do planeta e que estamos levando-lhe a destruição.
    Ashtar e Emmanuel são energía de pura luz e que possuem o mesmo propósito, que é de tentar levar para a humanidade o verdadeiro amor que nosso pai nos deixou!
    Na minha opinião a Ciência e a Religião podem andar lado a lado, mas oquê acaba impedindo essa harmonia é que a Ciência utiliza muito da razão e a Religião utiliza muito da emoção, e o que todas essas entidades querem passar para a gente é nada mais nada menos que o equilibrio da matéria e do espírito, e assim afastariamos a nosssa ignorância.

    Quero deixar uma coisa bem clara, eu achei muito legal e produtivo todos os comentários deixados no site e que todos noís devemos respeitar as distintas opiniões!

  98. Denis Diz:

    Olá à todos;

    Sou cristão, e em primeiro lugar gostaria de deixar bem claro que em primeiro lugar eu acredito na Bíblia.

    A princípio, qual foi o PRIMEIRO livro da história a se referir sobre a existência de Deus, Jesus, Espítiro Santo, Lúcifer, Homem, etc ? a Bíblia !

    A BÍBLIA em nenhum momento se refere sobre a existência de “Ashtar Sheran”, “Emmanuel”, ou qualquer outro tipo de espírito mencionado pelos médiuns.

    De fato, creio que algumas pessoas (médiuns) realmente tenham recebido estes espíritos, para “auxiliá-los” em psicografia, obras, etc ..

    Porém, com toda a certeza estes espíritos são espíritos enganadores, vejam o que a Bíblia diz em Deuteronômio 18:10-12:

    “Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.”

    Caso queiram saber mais à respeito, acessem:

    http://cristoestavoltando.blogspot.com/2009/08/espiritos-enganadores.html

    Que Deus abençõe à todos !

  99. Maria do Socorro Diz:

    Enquanto cada um de nós permanecer olhando para baixo, não será possível ver a verdade que está, além, mais elevada: acima das conveniências humanas, acima das separatividades humanas, acima das contingências humanas, das interpretações partidárias etc… Basta um olhar um pouco mais elevado, com amor a todos os seres, pequenos e minúsculos, grandes e gigantes para compreender a irmandade universal. Quem ainda se detém na discussão de quem está certo e quem está errado, não tem altura mental para compreender uma verdade tão simples pregada por eles: O amor universal de um Deus único. Jesus disse que, ouvisse quem tivesse ouvidos para ouvir e olhos para enxergar. Ouvir é compreender com profundidade e enxergar é ver além do limite, no infinito…

  100. Jones Diz:

    Com todo respeito, vou dizer o que acho. Ashtar Sheran é a mais nova “modelo-franquia” para espíritos pseudocientíficos e zombeteiros, fala sério! Sou um cara de mente aberta para assimiliar qualquer novo conhecimento espiritual, mas Ashtar Sheran foi demais. Quem já leu as mensagens “dele” e tudo relacionado a esse “espírito”, sabe o quanto rídiculo é o mesmo.

  101. Mauricio Diz:

    Carlos Magno, você que parece um estudioso em vários assuntos, inclusive os espíritas, lhe pergunto, Chico Xavier foi uma pessoa frequentemente estudada por vários tipos de pesquisadores, dentre eles jornalistas, que como você deve saber tentaram aplicar-lhe um golpe e se surpreenderam com revelações sobre suas vidas. Chico através de Emmanuel nunca se furtaram a levar conhecimento e amor aonde e a quem quer que fosse, sempre sendo estudados e confrontados com o conhecimento da ciência atual, sem se contradizer ou calar-se.
    Chico Xavier não tinha conhecimento suficiente para mostrar coisas das quais falava e acertava.
    Tenho uma pergunta para você. Se a ciência não pode provar ainda quer dizer que está errado ou não existe? Certamente que não senão, a Teoria da Relatividade, não poderia ter sido amplamente aplicada como foi.
    Admiro sua inteligência e conhecimento, mas o caso do espiritísmo não seria esse, ainda não sabemos como elaborar equações para comprovar, somente podemos observar os fenômenos, assim como os buracos negros e etc?

  102. henrique Diz:

    Temas sugestivos, discussões as vezes acirradas,tudo isso nos traz sempre interesse pelo conhecimento. Nunca nos esqueçamos nossos estágios de evolução, conhecimento e até a própria idade, influem na compreensão sobre temas tão relevantes. Fiquei feliz por ter-me acrescido mais conhecimentos.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)