Arquivo setembro, 2015

“Uma Abordagem Experimental aos Sonhos e Telepatia: II. Relatório de Três Estudos”, por Montague Ullman e Stanley Krippner. (1970)

terça-feira, setembro 29th, 2015

Este é o 4º artigo publicado em uma revista do mainstream por Stanley Krippner e associados com resultados altamente comprovadores de telepatia.  O 1º artigo foi publicado (em 1966) no Archives of General Psychiatry por Montague Ullman. O 2º artigo foi publicado (em 1969) na Perceptual and Motor Skills  e pode ser lido aqui. O 3º foi publicado (em 1970) no Journal of Nervous and Mental Diseases e pode ser lido aqui. O 4º artigo foi publicado (também em 1970) no prestigiosíssimo  American Journal of Psychiatry e pode ser lido aqui. Houve uma replicação fracassada por outro laboratório publicada na própria Perceptual and Motors Skills em 1971, mas os próprios autores (Edward Belvedere e David Foulkes) admitem que não houve falhas metodológicas nos experimentos de Krippner , e que o fracasso deles na replicação poderia ser devido a diversas mudanças no procedimento em relação ao estudo original, e que nenhuma dessas mudanças pode ser considerada como uma “melhoria” (p. 787). Um estudo que faz um apanhado bastante honesto das pesquisas é o de Irwin, publicado em 1985 na American Psychologist, e que pode ser lido (em inglês) aqui.

3 Cartas Inacreditáveis que Chico Xavier Psicografou (2015) – Matéria da SUPERINTERESSANTE

sexta-feira, setembro 25th, 2015

Para ler a matéria da Superinteressante, clique aqui.

Dissertação de Raquel Marta da Silva sobre Chico Xavier (2002)

sexta-feira, setembro 18th, 2015

A dissertação “CHICO XAVIER: IMAGINÁRIO RELIGIOSO E REPRESENTAÇÕES SIMBÓLICAS NO INTERIOR DAS GERAIS – UBERABA, 1959/2001″ de Raquel Marta da Silva traz à tona diversos rompimentos de Chico Xavier com seus companheiros e como o movimento espírita buscava abafar tudo que pudesse prejudicar sua imagem. E mais, revela que Eurípedes Humberto Higino dos Reis jamais foi filho adotivo de Chico Xavier, e que isso é uma criação da imprensa. Para baixar a dissertação, clique aqui.

Mediunidade no Brasil: aspectos históricos e investigação científica (2015)

sexta-feira, setembro 11th, 2015

Segue um artigo escrito por membros do grupo Inter-Psi sobre mediunidade no Brasil. O artigo será disponibilizado em espanhol no E-BOLETÍN PSI de setembro de 2015, em http://www.alipsi.com.ar/publicaciones_ipp.asp, com fotos. O artigo em português já pode ser encontrado aqui, sem fotos.  Um dos artigos postados neste blog escrito foi citado como referência, o que envolvia o caso Jair Presente. É mais um artigo daqui que ganha os círculos acadêmicos!

O CASO PÉRÉLIGUINE(1890), por Alexander Aksakoff – Um caso de comunicador inesperado

quinta-feira, setembro 3rd, 2015

Este caso envolve uma adolescente de 17 anos chamada Anastasia Péréliguine que se matou por envenenamento por fósforo, morrendo no hospital no dia anterior à sessão espírita realizada, ocorrida em 18/11/1887. Há dois relatórios principais desse caso, um deles publicado no livro Animismo e Espiritismo, de Alexander Aksakoff, o outro publicado nos Proceedings da SPR. Cada um dos relatórios traz informações que não constam no outro. Por exemplo, no livro de Aksakoff não consta quanto tempo as sessões daquele círculo duraram, nem se obtiveram resultados semelhantes com outros espíritos, enquanto que nos Proceedings isso é informado. Em compensação, no livro de Aksakoff os nomes dos locais exatos onde os eventos importantes se sucederam são mencionados, e nos Proceedings eles são omitidos. Há diferenças na tradução também. A suicida na tradução do livro de Aksakoff foi dita tomar meio copo de petróleo, na minha tradução do artigo dos Proceedings coloquei querosene em vez de petróleo (mas o querosene também é chamado petróleo iluminante).  Na tradução do livro, a localidade principal é chamada Tambow, enquanto nos Proceedings é chamada Tambof.

O caso possui uma mistura de manifestações físicas com manifestações inteligentes. No tocante às manifestações físicas, claramente os participantes não conhecem o truque em que um dos assistentes consegue livrar suas mãos e pés do contato com as mãos e pés dos vizinhos, o que é problemático. Se houve fraude, eu tenho minhas suspeitas de quem foi. Vejamos se os demais internautas possuem o mesmo palpite que eu… peço colocarem suas suspeitas nos comentários. Depois revelarei quem seria o possível fraudador na minha opinião (mas é importante frisar que, até onde sei, jamais foi comprovada qualquer fraude no tocante a este caso ou a qualquer um dos participantes!). Abaixo, segue:

a) O relatório do caso nos Proceedings: link

b) O relatório do caso por Aksakoff: link

Entradas (RSS)