Notícia: Menino com ‘poder telepático’ chama a atenção de neurocientistas (2015)

Para ler a matéria em português, clique aqui. Para ver uma reportagem em inglês, com vídeo, clique aqui.

91 respostas a “Notícia: Menino com ‘poder telepático’ chama a atenção de neurocientistas (2015)”

  1. Vinicius Diz:

    Vejo que além da telepatia possível caso de memórias reencarnatórias hein?

    Pai do céu, o menino já aprende sete idiomas e outras coisas mais!!!

    “Nyx, de 32 anos, relatou que o menino de 5 anos está aprendendo simultaneamente sete idiomas e é capaz de resolver complicadas equações matemáticas”

    a mãe logo adianta “pode ser o computador”(uma criança de 03 anos pesquisar assuntos complicados para sua idade???)
    “”Eu o ensinei algumas das línguas, mas não tenho ideia de como ele aprendeu partes de hindi, árabe e hebraico quando tinha 3 anos. Deve ter sido com o computador”, comentou a mãe.”

    “Eu o pus numa escola, mas foi um pesadelo. Ele era a única criança na sala que sabia ler. A professora gostava dele no começo, mas depois que Ramses a corrigiu ao soletrar e ao fazer cálculos, ele acabou isolado por ela. EU o tirei da escola e o levei para casa”

    Quanta intolerância desta educadora, ao invés de conversar com o menor com mais profundidade e tentar entender o que houve.

  2. Gorducho Diz:

    Vamos ver céticos de verdade – como digamos o Massimo Polidoro – testando. Aí veremos como se sai o telepata mirim…

  3. Vitor Diz:

    O próprio Massimo Polidoro disse que as melhores pesquisas céticas vieram da SPR.
    .
    some of the best skeptical investigations in early psychical research, for example, were carried out by members of the Society for Psychical Research.
    .
    https://www.cicap.org/new/articolo.php?id=101003

  4. Gorducho Diz:

    :o
    É a SPR que está testando o prodígio :?:

  5. Vitor Diz:

    Não, a Powell é uma contribuinte do Instituto de Ciências Noéticas. Apenas quis mostrar que segundo o próprio Polidoro, já havia céticos de verdade na SPR fazendo pesquisas de extrema qualidade.

  6. Gorducho Diz:

    Até poderia ser mas não souberam desenhar experimentos adequados, conforme n/bancada tem estressado cá.
     
    Esse Instituto é aquele da “movimentação” quântica de “matéria” pela consciência?

  7. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Ramses tem uma forma incomum de autismo, e Diane acredita que a “telepatia” possa ser um método de comunicação desenvolvido por ele para se comunicar com os pais.”
    /.
    PONDERAÇÃO: o menino provavelmente é o que se chamava “idiot savant”, hoje, se não me engano, é apenas savant. Então, ele possui habilidades atípicas e capacidade mental, nalguns setores de atividade, hiperdesenvolvida, noutros é carente.
    .
    Já Diane é apenas doidona. Ela pode acreditar em telepatia à vontade, mas a crença não fará da telepatia realidade.

  8. Gorducho Diz:

    http://www.noetic.org/research/projects/double-slit-experiment

  9. Victor Diz:

    Srs, dêem uma olha na descrição do Instituto “Científico”:
    http://www.noetic.org/about/overview

  10. Victor Diz:

    Será que o garoto vai levar o US$ 1 milhão do Randi???
    Eu aposto cem pratas que não vai rolar…rs

  11. Marciano Diz:

    Uma criança tão pequena que, alegadamente, mostra proficiência no aprendizado de sete línguas estrangeiras (normalmente não saberia falar a própria língua, como muitos adultos falantes nativos, que têm vocabulário paupérrimo e péssima gramática), resolve complicadas equações matemáticas (tipo de 3º grau?), só pode mesmo ser reencarnação.
     
    Pena que só algumas poucas pessoas tenham lembranças de habilidades desenvolvidas em outras vidas.
    O que mais essa criança sabe?
    Na outra ou outras vidas só aprendeu a falar um monte de línguas e um pouco de matemática?
    Mostra algum outro conhecimento?
    Sabe dirigir e andar de moto? Patina no gelo?
    Que memória seletiva!
     
    MONTALVÃO, o politicamente correto retirou o “idiot”, deixando apenas o “savant”, mas os pacientes continuam tão idiotas quanto antes, apenas sem o nome.
    What’s in a name?
    That, wich we call a rose…
    Romeo and Juliet.

  12. Marciano Diz:

    Quem é mais idiota, os savants ou quem acredita em qualquer tolice propalada por embusteiros?
    That is the question!
    Hamlet.

  13. Marciano Diz:

    Estou começando a entender porque os últimos serão os primeiros.
    Fui o último a comentar ontem e sou o primeiro hoje.
     
    Vamos lá, sleepy heads!
    Eu dei uma olhada no noetics institute e vi que é realmente “científico”, como VICTOR referiu.

  14. Marciano Diz:

    Tem mensagens para GORDUCHO, VICTOR, VINICIUS, GORDUCHO de novo, tudo num só comentário, lá no “crise de evidência na época vitoriana”.

  15. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Estou começando a entender porque os últimos serão os primeiros.
    Fui o último a comentar ontem e sou o primeiro hoje.”
    /.
    O QUE PROVA QUE nascestes para a vigília.

  16. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Parece que a paranormalidade está virando balaio de gatos. Não que não fosse antes, mas, ao que parece, a coisa tá se tornando caso de puliça. Já não bastasse Stevenson misturar paranormalidade com reencarnação e possessão, o que, considerando a seriedade do trabalho que conduzia, expõe as fragilidades da base teórica em que se apoiava, agora vêm esses idiots não-savant postularem telepatia onde não cabe. Quando se imaginava que Sheldrake seria o máximo em nível de doidice que viceja no meio, eis que surge uma madame a atiçar o fogo com mirabolias novas.
    .
    As profecias se cumprem, o fim está próximo…

  17. Marciano Diz:

    Bom dia, irmão MONTALVÃO.
    O Senhor Osíris seja convosco.
    Eu dei uma chance à parapsicologia, como já disse antes, lendo alguns livros para ver do que se tratava.
    Naquele tempo, que eu me lembre, não tinha esse negócio de reencarnação, fantasmas, possessões, e coisas tais.
    Eram só alegados fenômenos anômalos “da mente”.
    E não me convenceu.
    Agora que assumiu esse lado pitoresco, acabou de degringolar tudo.

  18. Gorducho Diz:

    Srs., leiam o artigo Cientistas e o Supernormal na revista Novo Cientista de 16 junho 1983, pg. 783…
     
    Essas pessoas sempre têm uma agenda religiosa oculta, e é isso que as torna destituídas de senso crítico, e seus estudos não podem ser levados em consideração se não contarem com a fiscalização de céticos de verdade.
    Em particular veja o que é dito sobre o Rhine e o combate ao comunismo.
    Gostei do artigo porque explicita a agenda oculta da qual eu sempre falo – modéstia à parte não plagiei isso de ninguém…
     
    A parapsicologia nada mais é que o desespero de espíritas confrontados com o fracasso da metapsíquica (espilo SPR + IMI…). Então eles bolaram essa fuga p/a estatística onde podem fingir cientificidade jogando com artifícios estatísticos que desviam a discussão e dão um ar “científico” às crenças religiosas deles.
     
    https://books.google.com.br/books?id=BX7c6gVuyVQC&pg=PA786&lpg=PA786&dq=rhine+spiritualism&source=bl&ots=8OmG0wv1qw&sig=D_2yaDbNCbR2TgKJwrfH2pzyeY4&hl=pt-BR&sa=X&ved=0CCsQ6AEwAmoVChMI94_PkqD-yAIVCoKQCh0TNQhe#v=onepage&q&f=false

  19. Gorducho Diz:

    O DD Home flutuou da janela dum 3°andar em Ashley Place (Victoria) a uma altura de 85’ da calçada.
    É assim…

  20. Marciano Diz:

    Li o trecho, GORDUCHO.
    Their names and reputations are brought out like talismans.
    É a filosofia da casa.
     
    Todos já sabíamos e até já havíamos mencionado: Crookes tinha um “rolo”com a Katie.
    O trecho reforça a conjectura de ANTONIO, de que as coisas nunca são beeem assim.
    O pior é que Rhine não ficou sabendo que os comunistas, hoje, aliam-se com religiosos, como ocorre no Brasil, para obter sustentação política.
    Na Venezuela, Chaves até reencarnou como um passarinho, para dar conselhos a Maduro.
    http://g1.globo.com/mundo/hugo-chavez/noticia/2013/04/maduro-diz-que-chavez-lhe-apareceu-como-passarinho-na-venezuela.html

  21. Gorducho Diz:

    Aliás o Chávez foi homenageado pela FEB no congresso que ela realizou em Cuba…
     
    Segundo eles, foi “um grande espírita que desencarnou” e os participantes pediram “glória ao espírito de Chávez”.
    :( :( :( :(

    http://noticias.terra.com.br/mundo/america-latina/congresso-mundial-de-espiritas-termina-em-cuba,cc672c9d5839d310VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

  22. Marciano Diz:

    Chavez era pior do que o Hitler.
    Por que ele não foi mantido preso em algum planeta distante?

  23. Espírita Sp Orlando Diz:

    Se o Chico estivesse entre nós daria pra saber onde está Chavez…

  24. Espírita Sp Orlando Diz:

    Este vídeo é para ajudar o Carlos e o Contra que ontem se praguejaram mutuamente para cair de cama no hospital.
    Quem estiver com dores também :
    https://m.youtube.com/#/watch?v=5F04gfpDh_k

  25. Contra o chiquismo Diz:

    Espírita Sp Orlando Diz:
    NOVEMBRO 7TH, 2015 ÀS 5:14 PM
    Se o Chico estivesse entre nós daria pra saber onde está Chavez…
    .
    .
    Por que ele não disse onde estava o Boeing da Varig desaparecido em 1979 que vinha de Tóquio pro RJ?

    .
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=lbrxDFTbIm0

  26. Wagner Diz:

    Parece-me que é sempre a mãe quem pergunta à criança quais são os números. E mãe e filho mantêm, a todo tempo, contato visual entre si durante tais testes de “telepatia”.

    A “habilidade” já foi testada usando-se um estranho (alguém que não a mãe) perguntando-lhe sobre os números?

    Parece-me (precipitando-me, reconheço, e já exibindo meu crachá de cético inveterado) que a mãe, através de inflexão da voz e, possivelmente, linguagem corporal, informa à criança que número que deve ser dito por ela.

    Lembrei-me imediatamente do caso do pai e filha que se apresentaram, lá pelos idos dos anos 90, no Domingo Legal. O pai pedia que membros da plateia lhe mostrassem suas identidades, e a garota (devia ter uns 15 anos, pouco mais ou menos) “adivinhava”, sempre corretamente, o nome da pessoa e o seu CPF. O pai, com a carteira de identidade de uma pessoa qualquer em mãos, fazia perguntas do tipo: “Filha, qual o nome dela”? “Filha, a data de nascimento desta senhora”? “O CPF dela, filha, qual é”?

    A dupla, pai e filha, se apresentaram uma ou duas vezes no referido programa, mas logo no domingo posterior à última apresentação se apressaram em informar, no próprio programa, que aquilo se tratava apenas de uma brincadeira, de um truque. Pai e filha costumavam apresentar esse truque/brincadeira nas ruas, aos transeuntes, como forma de promover o Espiritismo, ou pelo menos alguma casa espírita qualquer que eles frequentavam.

  27. Vinicius Diz:

    “Wagner Diz:
    NOVEMBRO 8TH, 2015 ÀS 3:18 PM
    Parece-me que é sempre a mãe quem pergunta à criança quais são os números. E mãe e filho mantêm, a todo tempo, contato visual entre si durante tais testes de “telepatia”.
    A “habilidade” já foi testada usando-se um estranho (alguém que não a mãe) perguntando-lhe sobre os números?
    Parece-me (precipitando-me, reconheço, e já exibindo meu crachá de cético inveterado) que a mãe, através de inflexão da voz e, possivelmente, linguagem corporal, informa à criança que número que deve ser dito por ela.”

    E em que consistia o truque Wagner? essas pessoas da plateia já eram conhecidas? ou pelos trejeitos do rosto e gestos do pai a filha identificava o número e o nome?

  28. Contra o chiquismo Diz:

    Teste :#ac

  29. Contra o chiquismo Diz:

    #ac:

  30. Larissa Diz:

    “Chavez era pior do que o Hitler.”
    .
    ?

  31. Demóstenes Diz:

    Contra CX,
    /
    Por que ele não disse onde estava o Boeing da Varig desaparecido em 1979 que vinha de Tóquio pro RJ?
    /
    /
    Eu respondo essa. Como você vai achar?
    .
    O vidente vai ver o avião, ou os pedaços, mas e a referência? A mente não se localiza por coordenadas. Pensou, tá la. Se vc der os números para a pessoa, ela pode até ter a visão do local, como houve um projeto de médiuns da CIA, durante a guerra fria.
    .
    Pode até ser, em um trabalho mais profundo, de se descobrir as coordenadas, os números aparecerem para o vidente, junto com os destroços do avião. Mas nunca conheço médium GPS.

  32. Gorducho Diz:

    É, CoC teria que saber isso :x
    Lá a navegação é visual de sorte que não tem como especificar a posição de destroços no fundo do oceano sem referências.
    Eu acho que nem sextantes p/localizar por navegação astronômica eles têm lá…
     
    Com efeito, mal terminara o apontamento e sinais algo semelhantes aos do telégrafo de Morse se fizeram notados em curioso aparelho. Druso ligou tomada próxima e vimos um pequeno televisor em ação, sob vigorosa lente, projetando imagens movimentadas
    em tela próxima, cuidadosamente encaixada na parede, a pequena distância.
    Qual se acompanhássemos curta notícia em cinema sonoro, contemplamos, surpreendidos, a paisagem terrestre.
    Sob a crista de serra alcantilada e selvagem, destroços de grande aeronave guardavam consigo as vítimas do acidente. Adivinhava-se que o piloto, certamente enganado pelo traiçoeiro oceano de espessa bruma, não pudera evitar o choque com os picos graníticos que se salientavam na montanha, silenciosos e implacáveis, à maneira de medonhos torreões de fortaleza agressiva
    .

  33. Contra o chiquismo Diz:

    Conheço Gorducho e já postei algumas vezes esse texto aqui. Tem ‘espiritos’ especialistas em resgate é debaixo da água dos desencarnados…

  34. Contra o chiquismo Diz:

    Po demo… s dumont não poderia quebrar o galho pro cx?

  35. Gorducho Diz:

    Mas eles devem mergulhar c/base nalguma referência visual na costa – tipo como os gregos, fenícios & romanos navegavam…
    Acho que o Sr.Demóstenes tem razão: eles desconhecem coordenadas e/ou navegação por instrumentos.
    Então no meio do oceano pacífico como eles iriam repassar as coordenadas do desastre? Só por localização astronômica c/sextante, cronômetro (p/saber a hora local) + cartas celestes. E isso eles não têm la!
    É isso, acho… :(

  36. Vinicius Diz:

    Depois que CX desencarnou então, ficou pior. Somente ele sabia conversar e entender os mecanismos da mediunidade e os funcionamentos ministeriais do Nosso Lar.
    DPF não consegue fazer com que Philomeno de Miranda faça o mesmo, infelizmente!
    Ainda ficaremos muito tempo sem médiuns GPS e espiritos GPS. Talvez a GOOGLE invente algum GOOGLE GLASS espiritual e quem sabe, nós, pobres médiuns de araque possamos conversar com esses espiritos que vem resgatar os irmãos que caem nos desastres aéreos coletivos.
    Vou ver se nos livros da FEESP, naquela colonia das fichas KARDEX tem algo que possa nos ajudar.
    Estudemos sempre!

  37. Vinicius Diz:

    “Contra o chiquismo Diz: NOVEMBRO 9TH, 2015 ÀS 12:25 PM Conheço Gorducho e já postei algumas vezes esse texto aqui. Tem ‘espiritos’ especialistas em resgate é debaixo da água dos desencarnados…”

    Quando desencarna se esquece de tudo, das aulas de geografia, do mapa mundi, dos nomes dos oceanos, das senhas secretas deixadas pros parentes autenticarem psicografias. Os vários espiritos socorristas só vão lá buscar os espiritos que se afogaram no oceano e pronto! Nada de saber onde estão!

  38. Wagner Diz:

    Vinícius,

    Não era nada combinado. As pessoas eram escolhidas aleatoriamente na plateia. Tais pessoas entregavam a carteira de identidade ao pai, e este, então, fazia várias perguntas (às vezes repetindo a mesma pergunta) à filha, até que ela respondesse à questão (número de identidade, data de nascimento e até o nome da pessoa dona da cédula de identidade).

    Tais informações eram passadas à filha por meio de “códigos” de voz, de fala. Inflexões, tons de voz, palavras determinadas que eram sempre usadas nas perguntas, a ordem (posição) que tais palavras eram ditas nas perguntas proferidas pelo pai, enfim, tudo isso permitia que a filha acertasse nomes e números.

  39. Vinicius Diz:

    Nossa Wagner, é cada uma não?
    Como provar vida após a morte se até isso brincam?
    Dificil acreditar em qualquer coisa vinda de nós seres humanos !
    Claro que devemos brincar e nos descontrair, mas as vezes isso toma proporções que nem vale investir $$$ em pesquisas com o além ( e se fraudarem os resultados dos experimentos?)

  40. Gorducho Diz:

    Nosso experimento é bem baratinho: ler um trecho dum livrinho ou fazer 10 roletas eletrônicas – adaptando e barateando uma sugestão do ABo…- no Excel.
     
    O prolema é que os médiuns sumiram da crosta desde 1911 (ano que segundo o Braude Ms. Piper começou a perder s/mediunidade).
    Se alguém conhecer algum médium, avise p/providenciarmos em experimentos.

  41. Vinicius Diz:

    tem muitos causos espirituais a analisar:

    http://www.cvdee.org.br/evangelize/pdf/3_0385.pdf

    http://www.cvdee.org.br/evangelize/pdf/3_0434.pdf

    as crianças já estão se inteirando do mundo espiritual desde cedo aqui na Crosta!

  42. Vinicius Diz:

    Enganei-me. CX participa sim, de eventos sociais aqui na Crosta. ah, gorducho aqui menciona o médico Dr.Euripedes que disse que depois que luz passou pelo hostpital o CX melhorou.

    http://www.folhaespirita.com.br/v2/?q=node/152

    “O Benfeitor (BEZERRA) relata que estivera com Chico Xavier, no Clube Sírio-Libanês, em Uberaba, onde estava acontecendo o evento espírita denominado O Primeiro Encontro dos Amigos de Chico Xavier e sua Obra. Chico quis ir até lá, rever os amigos presentes, e agradecer-lhes a carinhosa homenagem. Permaneceu por um bom tempo no local e, notando não estar presente o dr. Eurípedes Tahan Vieira, seu grande amigo e dedicado médico pessoal, na última encarnação, passou pelo Hospital dr. Hélio Angotti, pelo consultório de nosso doutor. Então, querendo deixar-lhe um agradecimento, um alô, uma mensagem de que a vida continua, acionou telepaticamente o aparelho celular da amiga comum Cárita, para que a indicação da sua visita ficasse registrada! ”

    CX tentou ligar mas não conseguiram atender, é mole???

  43. Gorducho Diz:

    Pois é o que eu disse ao Dr. SpOrlando: esse é o mesmo que esteve envolvido no episódio da Josefa.
     
    https://www.youtube.com/watch?v=LCKrSW-BgRw

  44. Vinicius Diz:

    detalhe: essa amiga comum, Cárita, é médium, porque “macacos me mordam” como dizia Popeye, essa moça não atendeu essa porcaria desse telefone e conversou com CX?
    os espíritas e os não espiritas reclamam que CX não dá mais as caras, mas vejam, não é culpa dele!
    CX acionou via telepatia o celular dessa médium Carita, os poderes da telepatia são impressionantes :lol:

  45. Vinicius Diz:

    e quem publicou não foi nenhum site anti espirita, foi a folha espirita quem veiculou essa noticia.

  46. Gorducho Diz:

    E tinha que ser c/o Dr. Bezerra… ele está em todas!

  47. Marciano Diz:

    Quando vai sair esse smartphone com acionamento telepático?
    Vou dormir na fila.

  48. Espírita Sp Orlando Diz:

    Caramba,meu celular tocou 4 da manhã e não falava quando atendi!!!
    Marciano também quero um, urgente.

  49. Vitor Diz:

    01 – Essas pessoas sempre têm uma agenda religiosa oculta, e é isso que as torna destituídas de senso crítico, e seus estudos não podem ser levados em consideração se não contarem com a fiscalização de céticos de verdade.
    .
    A maior parte dos parapsicólogos está motivada por um desejo, o de aumentar o entendimento fundamental da natureza humana, mas assim também é para a maioria dos outros cientistas. A parapsicologia é uma área de problemas científicos, não um sistema de crenças. Há os parapsicólogos que pensam de que os resultados da investigação psi requererão aceitar alguma forma de dualismo mente-corpo. Outros pensam de que os resultados podem ser acomodados dentro de uma estrutura monista. E há ainda outros que pensam que uma compreensão científica satisfatória dos dados psi terá que esperar desenvolvimentos teóricos em outras áreas, especialmente na física e na neuropsicologia.
    .
    Se quiser dados empíricos:
    .
    https://www.academia.edu/9856727/The_views_of_parapsychologists_A_survey_of_members_of_the_Parapsychological_Association
    .
    as part of the set of items on personal background, the participants were asked to indicate the extent to which their involvement in parapsychology was motivated by broadly ‘spiritual’ interests, that is, “concern about meaning,spirit, connection, and the like”. The distribution of responses was as follows: “strongly” 21%, “moderately” 29%, “slightly” 24%, and “not at all” 26%. Thisalmost perfectly rectangular distribution is a surprising outcome. Several commentators (e.g. Alcock, 1987; Carlton, 1987) have depicted parapsychology as a religious surrogate, and others (e.g. Kennedy, 2009; Tart, 2009) have evenlauded parapsychology for its potential to integrate science and spirituality. On the other hand a survey of PA members by Tart (2003) found approximately half of the sample categorically rejected spirituality as a primary motivation for their interest in parapsychology. The present findings are not as extreme as those of Tart; indeed, the spiritual connotations of parapsychological research seem to play some role for many PA members. This finding may be construed either as a confirmation of sceptics’ criticism that parapsychology flouts a defining quality of science (e.g. see Alcock, 1987) or as a growing sensitivity to a need for science to respect, and indeed incorporate, spiritual values (Tart, 2009).In a similar vein respondents were asked about their views on the survival hypothesis, that is, if they believed that after the death of the physical body some part of the person survives. The distribution of responses was as follows:“strongly disagree” 3%, “disagree” 10%, “somewhat disagree” 1%, “neither agree nor disagree” 36%, “somewhat agree” 16%, “agree” 18%, and “strongly agree” 17%. Thus, while about half of the membership have some belief in post-mortem survival, many are agnostic and a minority reject the belief. These findings also serve to challenge the universality of the view that parapsychologists are surreptitiously seeking support for their religious inclinations (Alcock,1987).

  50. Gorducho Diz:

    Sim, Sr. Administrador: o Kardec também era um “estudioso”, “cético”…
    Cá o Sr. está lidando c/profissionais, pós doutores em espiritismo, então não perca seu tempo. Conte essas historinhas caso seja convidado (quiçá pelo Dr.…) a ministrar alguma palestra na AME; ou no Fórum Espirita.

  51. Vinicius Diz:

    “01 – Essas pessoas sempre têm uma agenda religiosa oculta, e é isso que as torna destituídas de senso crítico, e seus estudos não podem ser levados em consideração se não contarem com a fiscalização de céticos de verdade.”

    A impressão que se dá, com essa expressão, é que religiosos não se preocupam com experiências ou com aval da ciência e que nela só há céticos.
    O que impede de espíritas fazerem suas experimentações?
    O que falta, talvez , é humildade em reconhecer que a experiência possa falhar ou não ter alcançado exito, como o Hernani Guimarães Andrade fez no caso relatado no livro “Renasceu por Amor”. Ele é espírita, poderia muito bem ter colocado o carimbo de “reencarnação autêntica” no caso mas preferiu classificá-la no rol das “não confirmadas mas com fortes evidências”.

  52. Gorducho Diz:

    Parapsychologists ARE surreptitiously seeking support for their religious inclinations.

  53. Gorducho Diz:

    O que impede de espíritas fazerem suas experimentações?
     
    O que impede é que eles no fundo no fundo – ou talvez nem tão no fundo assim…- sabem que os experimentos vão fracassar e portanto em tese comprometeria as crenças religiosas deles.
    E ninguém arrisca submeter a testes a sua religião!

  54. Vinicius Diz:

    “Gorducho Diz: NOVEMBRO 10TH, 2015 ÀS 9:38 AM
    Sim, Sr. Administrador: o Kardec também era um “estudioso”, “cético”…Cá o Sr. está lidando c/profissionais, pós doutores em espiritismo, então não perca seu tempo. Conte essas historinhas caso seja convidado (quiçá pelo Dr.…) a ministrar alguma palestra na AME; ou no Fórum Espirita.”

    Enquanto Rivail ele era desejoso de reformas educacionais e talvez religiosas (tenho um livro dele como Rival chamado um Plano Proposto para Educação Pública).
    Ele aproveitou-se do momento para colocar suas ideias em ação? Percebi que ele tinha uma mania de grandeza colossal colocando a doutrina espirita como mundialmente conhecida e que os espiritos se manifestariam por todos os lados espalhando as ideias de Kardec e que seus conceitos influenciassem inclusive a Igreja Católica.

    No final das contas, o Espiritismo foi exportado pro Brasil e as federações brigando para saber quem é o farol da humanidade. E se olharmos as estatisticas mundiais o Espiritismo mal aparece na lista de religiões.

    Sabia que aqui em SP tem três “federativas” e um independente de todas (complexo andré luiz) que quase não se conversam ?

  55. Vinicius Diz:

    “Gorducho Diz: NOVEMBRO 10TH, 2015 ÀS 9:42 AM
    O que impede de espíritas fazerem suas experimentações? O que impede é que eles no fundo no fundo – ou talvez nem tão no fundo assim…- sabem que os experimentos vão fracassar e portanto em tese comprometeria as crenças religiosas deles.E ninguém arrisca submeter a testes a sua religião!”

    Eu mesmo, naquele questionamento sobre as cartas de entes queridos, que fiz durante o treinamento mediúnico, fui “rechaçado” pela senhora médium. Imagine abrir para a ciência né? Entendo.

  56. Gorducho Diz:

    O Rivail era um menino místico que desde adolescente no internato (imagine um adolescente s epreocupar c/essas cousas… ( ) imaginava uma reforma religiosa. Isso é admitido pelo próprio amigo pessoal dele, o Maurice de la Châtre.
     
    Quanto à educação, esse de fato era o forte dele dentro duma perspectiva séria e socialmente útil, digamos assim.
    Ele foi um dos precursores do que hoje é a ciência a Pedagogia. E também queria libertar o sistema educacional francês do nefasto domínio da Igreja católica, também c/razão, claro.
     
    Eu queria conseguir a famosa apostila com as matérias física, química & astronomia (que naquela época era separada da física!) que ele usava no Liceu Polimático. Daí poderia ter uma ideia do nível de conhecimentos dele fora a gramática – que era bom, claro.
    Mas até agora sem sucesso :(
    O livro sobre aritmética tenho mas é de caráter elementar pela própria proposta, de sorte que não se pode aquilatar algum conhecimento dele na matemática. E a contabilidade naquela época era o tempo dos guarda-livros, totalmente rudimentar, com os lançamentos decorados, como sabe por ser a sua profissão (até autor na área é, não?).

  57. Vinicius Diz:

    Já leu o plano proposto para a educação pública?
    O Rivail era um menino mistico mas não tinha um perfil de um Dr. Bezerra talvez? Nas revistas espirita e até na codificação narra fenômenos com certas reservas, fala diversas vezes em separar o que é “opinião pessoal” e corpos de “constituição da doutrina” e na reencarnação então dedicou um capitulo completo até sugerindo, momentaneamente, abstenção do plano espiritual (por causa da confusão entre haver ou não reencarnação segundo os espiritos):

    Cap.V OLE
    “Examinemos de outro ponto de vista a matéria e, abstraindo de qualquer intervenção dos Espíritos, deixemo-los de lado, por enquanto. Suponhamos que esta teoria nada tenha que ver com eles; suponhamos mesmo que jamais se haja cogitado de Espíritos. Coloquemo-nos, momentaneamente, num terreno neutro, admitindo o mesmo grau de probabilidade para ambas as hipóteses, isto é, a da pluralidade e a da unicidade das existências corpóreas, e vejamos para que lado a razão e o nosso próprio interesse nos
    farão pender”

  58. Gorducho Diz:

    Justo porque pesava nele a consciência, i.e., ele sabia que estava botando na boca de “espíritos” as teses místicas dele!

  59. HENRIQUE Diz:

    TÁ DANDO PROBLEMA PARA ABRIR A MATERIA EM PORTUGUES..SERÁ SÓ COMIGO?

  60. Demóstenes Diz:

    Gorducho,
    /
    “O que impede é que eles no fundo no fundo – ou talvez nem tão no fundo assim…- sabem que os experimentos vão fracassar e portanto em tese comprometeria as crenças religiosas deles.”
    /
    /
    O que impede, falo isso de dentro de um centro espírita kardecista, é a sintonia ou simpatia, digamos assim. Entre os indivíduos, no caso coletivo e mesmo com um único médium, tem que ter simpatia com o pesquisador. Para que o teste ou pesquisa tenha sucesso.
    .
    Lembra do livro Técnicas da Mediunidade – C. Torres Pastorino, na analogia da mesa de reunião com a bateria:
    “A mesa da reunião – Cada criatura constitui um acumulador, capaz de armazenar a
    energia espiritual (eletromagnética) … Cada vez que uma pessoa se aborrece ou irrita, dá “saída” à energia que mantinha acumulada, “descarrega” o acumulador
    de força (ou fluidos), diminui a carga e, portanto, se enfraquece, …
    .
    … Os acumuladores nem sempre possuem carga suficiente de energia para determinado fim. São então reunidos “em série”, formando uma bateria. Na mediunidade, quando um médium não é capaz de fornecer energia suficiente a sós, reúne-se com outros, formando uma “reunião”. Esta é constituída “em série”, (não em paralelo), e por isso é que todos se sentam
    em redor de uma mesa. A bateria assim formada, conserva em si e pode utilizar uma energia
    eletromagnética muito maior. Daí as comunicações em reuniões serem mais eficientes que com um médium isolado, por melhor que seja ele …”
    .
    Mas para que isso aconteça, é preciso que os médiuns estejam relaxados e concentrados, num ambiente de harmonia, literalmente. O que não acontece na prática. Todo grupo tem alguma “picuinha”, entre seus integrantes.
    .
    Outros detalhes:
    - Passou de 6 integrantes, há uma queda drástica nos “efeitos mediúnicos”.
    - O médium, geralmente é condicionado ao ambiente de reunião. luz, cadeira, ventilador, etc. O pesquisador tem que ir ao grupo e evitar o desequilibro ambiental. Se falar que é pesquisa, um médium vai querer aparecer mais que o outro, pode até terminar em fatalidade…
    - “Síndrome das Bruxas”, o médium inteligente sabe que se demonstrar tudo que sabe, vai acabar na fogueira …

  61. contra o chiquismo Diz:

    A palavra/’medium’ e ‘mediunidade’ foi repetida 9 vezes por vc Demo nesse último comentário. Como pode existir isso se ‘espiritos’ não existem? Vou repetir 9 vezes pra vc:
    .
    .
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem
    ‘espiritos’ não existem

  62. Vinicius Diz:

    Demóstenes Diz: “O que impede, falo isso de dentro de um centro espírita kardecista, é a sintonia ou simpatia, digamos assim. Entre os indivíduos, no caso coletivo e mesmo com um único médium, tem que ter simpatia com o pesquisador. Para que o teste ou pesquisa tenha sucesso.”

    Demóstenes, eu também vou ao centro espirita kardecistas e até aceitável o que você fala entretanto, são pesquisas que nós mesmos podemos fazer lá no centro.
    Estou nesse blog há certo tempo, meu “espirito protetor” já deveria ter visto que estou cada vez mais incredulo, qual a razão de até hoje ele não ter procurado o “espirito mentor” dos trabalhos para que eles, caridosos, tranquilizassem meu coração e que eles estão lá presentes sim e que me dessem bronca, falando que sou incrédulo, são tomé etc etc …
    isso não é falta de fé, é saber com quem estou trabalhando!!!

    Estou cada vez mais certo que o Espiritismo é mais uma religião iguais as outras e o Bezerra de Menezes e Chico só não foram canonizados porque não são católicos.

  63. Vinicius Diz:

    Em tempo, não deixo transparecer , Demóstenes, que estou cada vez mais incrédulo, até para favorecer a pesquisa do possibilidade da mediunidade.
    Meu trabalho lá é picotar fichas, ler roteiros de vibrações mas já participei de treinamentos e cursos mediunicos e vi diversos e diversos médiuns. Certa vez estava no curso e cada um tinha que “psicografar” uma mensagem para o outro: o meu colega psicografou assim: “que jesus o abençõe e o ilumine” . Cara, não quero parecer arrogante, mas frases como esse basta eu ir na Igreja.

  64. Gorducho Diz:

    O que impede, falo isso de dentro de um centro espírita kardecista, é a sintonia ou simpatia, digamos assim. Entre os indivíduos, no caso coletivo e mesmo com um único médium, tem que ter simpatia com o pesquisador. Para que o teste ou pesquisa tenha sucesso.
     
    Bela desculpa, mas como disse hoje ao Administrador, aqui está lidando com quem conhece o assunto; então não perca seu tempo recitando as besteiras do Kardec.
    Mas de qualquer maneira nossa bancada vem há tempos propondo experimentos, de sorte que sempre vocês espiritas poderão comprovar as teses de vocês.
     
    Os experimentos deverão obviamente ser realizados num ambiente neutro, mobiliado c/o estritamente necessário ao que for ser testado.
    Em caso de alegadas materializações ou similares o médium vestirá uma bata hospitalar (tenho amigos que fabricam…) sendo a troca de roupas fiscalizada por um da nossa bancada – do mesmo sexo, claro. &c…
    Haverá uma comissão paritária de Cretes (vocês, representantes da FEB, FEESP, parapsicólogos ou seja o que for) e nós.
    Os protocolos serão redigidos de comum acordo.
    Pense no assunto se lhe interessar.

  65. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Wagner Diz: “Parece-me que é sempre a mãe quem pergunta à criança quais são os números. E mãe e filho mantêm, a todo tempo, contato visual entre si durante tais testes de “telepatia”.
    .
    Parece-me (precipitando-me, reconheço, e já exibindo meu crachá de cético inveterado) que a mãe, através de inflexão da voz e, possivelmente, linguagem corporal, informa à criança que número que deve ser dito por ela.
    .
    Lembrei-me imediatamente do caso do pai e filha que se apresentaram, lá pelos idos dos anos 90, no Domingo Legal. O pai pedia que membros da plateia lhe mostrassem suas identidades, e a garota (devia ter uns 15 anos, pouco mais ou menos) “adivinhava”, sempre corretamente, o nome da pessoa e o seu CPF.”
    /.
    PONDERAÇÃO: WAGNER o truque da adivinhação é relativamente conhecido. A mecânica geral é simples. Os envolvidos decoram palavras chaves que significam números e nomes. Se observar com atenção verá que as indagações do pai variavam, por exemplo: “qual é o nome dessa moça loira?”, em outra, “qual a identidade dessa pessoa?”, essas variações eram os códigos que revelavam o conteúdo dos documentos. É um número que quando bem ensaiado permite a “revelação” de detalhes admiráveis, dando a impressão de autêntica telepatia.
    .
    Mas você bem percebeu o mistério: basta pôr um estranho no lugar do indagador e a telepata nada mais revelará. Porém, sempre haverá um deslumbrado a dizer que no caso não houve harmonia de pensamentos, por isso o poder não fluiu.

  66. contra o chiquismo Diz:

    MONTALVÃO Diz:
    NOVEMBRO 10TH, 2015 ÀS 3:26 PM
    /

    .
    Mas você bem percebeu o mistério: basta pôr um estranho no lugar do indagador e a telepata nada mais revelará. Porém, sempre haverá um deslumbrado a dizer que no caso não houve harmonia de pensamentos, por isso o poder não fluiu.
    -
    -

    ‘espiritos’ nunca aparecem quando tem um cético olhando-esperando por eles. Afinal o telefone toca de lá pra cá né…

  67. Marciano Diz:

    Se Rivail achava mesmo que seus livros influenciariam a igreja romana, era muito burro ou muito maluco. Ou nada sabia da ICAR.
     
    Sabia que aqui em SP tem três “federativas” e um independente de todas (complexo andré luiz) que quase não se conversam ?
     
    Eu não sabia, mas sempre soube que crenças (religiosas ou não) tendem a se fragmentarem e se ramificarem.
    Tem sido assim desde tempos imemoriais,
    E olhem que eu sou experiente, pois já tive bilhões de encarnações neste e em outros planetas e lembro-me de todas elas.
     
    Vinicius, volto a recomendar: dê mais atenção ao que dizem sua filha de 8 anos e sua mulher.
     
    MONTALVÃO, eu li sobre esse truque quando ainda era criança.
    Realmente ele impressiona impressionáveis, mas é muito manjado.

  68. Marciano Diz:

    Sabia que aqui em SP tem três “federativas” e um independente de todas (complexo andré luiz) que quase não se conversam ?
     
    Religião não junta pessoas, religião separa pessoas.
    Junta grupos de pessoas, grupos rivais.

  69. Marciano Diz:

    Religião é igual a futebol.
    Dá impressão de que junta pessoas, mas as separa.
    Junta grupos de pessoas que se odeiam.

  70. Marciano Diz:

    O espiritismo caiu para a terceira divisão, mas parece que, aqui no Brasil, está prestes a subir para a segunda.

  71. Marciano Diz:

    Acho que se fizessem uma pesquisa bem feita, o número de ateus seria maior do que o de espíritas.
    Principalmente se contassem como ateus aqueles que não acreditam em divindades, mas acreditam em “alguma coisa”.

  72. Demóstenes Diz:

    Vinicius,
    /
    Gaste o que resta de tua fé. Mude de grupo espírita, procure outro, de preferência mais conservador, um pessoal que admira Herculano Pires.
    Um grupo pequeno, que trabalha juntos a mais tempo e que lhe inspire confiança. Mudei, no centro anterior era médium-enfermeiro-eletricista-encanador-faxineiro-besta, só não era médium-espírita. Não desisti, mudei. Existem “n” fatores, como disse acima, para se ter uma reunião perfeita. Aqui no blog tem críticas, mas também possuem textos aprovando a paranormalidade.
    .
    Faça uma experiência. Na próxima reunião sua, pense em uma situação ou objeto, concentre o máximo que puder. Observe a reação dos médiuns.

  73. Contra o chiquismo Diz:

    Demóstenes Diz:
    NOVEMBRO 10TH, 2015 ÀS 8:28 PM
    Vinicius,
    /
    …só não era médium-espírita. … Aqui no blog tem críticas, mas também possuem textos aprovando a paranormalidade.

    /
    /
    /
    NÃO ERA E NEM O É. ‘ESPIRITOS’ NÃO EXISTEM, TE DISSE 9 VEZES. COMO VC PODE SER ‘MEDIUM’?
    .
    .
    TEM A OPINIÃO DO SR VISONI DONO DO BLOG APROVANDO E SÓ. PARAPSICOLOGIA É PSEUDOCIÊNCIA.

  74. Contra o chiquismo Diz:

    Demo, te desafio. Se vc é ‘medium’, mande o ‘espirito’ soprar no seu ouvido os 3 primeiras dezenas que eu joguei (e não acertei) do concurso 1757 da mega sena. O jogo está aqui em cima da mesa do computador que eu uso pra acessar o blog. Só as 3 primeiras. Chega de papo espiritóide. Prove que não é mentira o que vc crê.

  75. Marciano Diz:

    Prevejo que lá vem novas desculpas esfarrapadas.
    A prova que CoC requer não provaria nada, pois só ele saberia se está certa ou não, espíritos não se prestam a esse tipo de demonstração (só materializações tipo foto-pirulito de Kennedy e gaze saindo da boca e do nariz), isso poderia ser telepatia (cuma?), e outras.

  76. Marciano Diz:

    O que, com certeza absoluta, não vêm, são as dezenas.
    Como tenho certeza?
    Espíritos não existem, consequentemente, mediuns também não.

  77. Marciano Diz:

    Kepler foi um grande cientista que acreditava em deus. Acreditava também que os círculos eram perfeitos e as elipses imperfeitas, porque era o que ditava o zeitgeist.
    Quando descobriu que as órbitas dos planetas não são circulares, mas elípticas (ligeiramente), ficou desapontado, abalado.
    Apesar disso, continuou com suas crenças, mas é compreensível.

  78. Larissa Diz:

    Acho que se fizessem uma pesquisa bem feita, o número de ateus seria maior do que o de espíritas.
    Principalmente se contassem como ateus aqueles que não acreditam em divindades, mas acreditam em “alguma coisa”.
    .
    De acordo…mas acho que o número de agnósticos, e não de ateus, seria esmagadora maioria.

  79. Larissa Diz:

    Vc viram isso?:
    http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/DIREITO-E-JUSTICA/207721-PEC-AUTORIZA-ENTIDADES-RELIGIOSAS-A-PROPOR-ACAO-DE-INCONSTITUCIONALIDADE.html

  80. Borges Diz:

    Larissa:- Se confederação sindical, que papa nosso dinheiro, pode, porque uma confederação de igrejas não poderia, ou também uma de céticos.
    Obrigado

  81. Contra o chiquismo Diz:

    Quanto mais a gente imprensa contra a parede os crentes , mais eles tem fé. Parecem masoquistas. Quando eu vi os erros pulei fora e reneguei tudo. Custa acordar tanto assim pra realidade? Não é feio assumir que está errado.

  82. Marciano Diz:

    CoC, deve ser isto mesmo.
    Veja que o Professor admitiu ser uma questão de conforto e sumiu feito um fantasma.
    Como diria o Raven de Poe, Never more!
    Uma lástima, pois ele argumentava bem.

  83. Contra o chiquismo Diz:

    Acho que o professor se prendia a piper e ao sec 19 e fazia muito malabarismo pra defender a posição dele. Nada me tira da cabeça que ele é como o cx, gosta de ser bajulado. Deve ser convidado a dar palestra em um monte de lugar c tudo pago e por ter um título de dr dá mais credibilidade ao que prega. Só isso justifica, pois apanhar do jeito que apanhou aqui e ser meramente um frequentador de uma casinha ‘espirita’ de esquina como 90% delas são não teria lógica. E como todo ‘espirita’ brasileiro, CHIQUISTA INVETERADO JURAMENTADO! Até o pescoço.

  84. Contra o chiquismo Diz:

    Um se prende a piper e o outro a spr. Não se tem nada de novo de 3 anos pra cá. Outro é chiquista/bipolar, outro iludido e se diz médium ( cadê as 3 dezenas??). Estamos 10 x0.

  85. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Faça uma experiência. Na próxima reunião sua, pense em uma situação ou objeto, concentre o máximo que puder. Observe a reação dos médiuns.”
    /.
    TENHO UMA CONTRAPROPOSTA: na próxima reunião leve um livro em sua mochila e não o mostre para ninguém no centro, nem diga que pretende fazer um teste. Pense no título do livro, concentre-se o máximo que puder, observe se algum médium noticia que você traz o tal livro e que fora o espírito fulano de tal quem o revelara…

  86. MONTALVÃO Diz:

    /
    aliás, todo espírita que se preze deveria realizar testagens desse tipo…

  87. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Espíritos não existem, consequentemente, mediuns também não.”
    /.
    EMBORA EU TENDA A CONCORDAR COM O AFIRMADO, a rigor não se pode demonstrar a inexistência de espíritos, a de médiuns sim, que dizer, demonstrar a inexistência de contatadores de mortos é plenamente viável e realizável.
    .
    O melhor, sugiro, seria fazer extensão da conjetura de Moi, que fala do paranormal, aplicando-a a espíritos: “espíritos, mesmo que existam, não comunicam com os vivos”.
    .
    Assino embaixo…

  88. Marciano Diz:

    “espíritos, mesmo que existam, não comunicam com os vivos”.
     
    Aceito, por ora.
    Em linguagem matemática, ficaria assim:
     
    P(C ∣E) = 0.
    A probabilidade de Comunicação, dado que Espíritos existam, é igual a zero.

  89. Vinicius Diz:

    Montalvão,já fiz essa experiência de me concentrar no seguinte (mais de dez vezes já)
    Algum médium lá da reunião chegar e falar pra todos: tem alguém daqui que é incrédulo, não acredita nos espíritos, questiona Chico e Kardec, e este é o Vinicius. O mentor dos trabalhos me falou isso e disse que isso “desarmoniza” o ambiente.
    Não é muito, mas é uma verificação certo?

  90. Demóstenes Diz:

    Contra CX,
    /
    Até agora nada. Só o 17.

  91. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Vinicius Diz: Montalvão,já fiz essa experiência de me concentrar no seguinte (mais de dez vezes já)
    Algum médium lá da reunião chegar e falar pra todos: tem alguém daqui que é incrédulo, não acredita nos espíritos, questiona Chico e Kardec, e este é o Vinicius. O mentor dos trabalhos me falou isso e disse que isso “desarmoniza” o ambiente.
    Não é muito, mas é uma verificação certo?
    /.
    VINICIUS, NÃO DEIXA DE SER UMA VERIFICAÇÃO, mas é subjetiva, não atende aos reclamos de avaliações concretas. Esse tipo de experiência pode, se tanto, atender a expectativas pessoais, sejam denegatórias ou validativas. Um pensamento negativo, do tipo que sugeriu, poderia ser respondido por um “espírito” da seguinte forma: “há alguém aqui que desarmoniza o ambiente”. Essa declaração tanto poderia ser resposta ao pensamento sobre o qual se concentrava, ou desculpa do médium para justificar algo que não estivesse dando certo.
    .
    Mesmo o teste de que dei ideia seria altamente subjetivo e poderia ser considerado validativo caso o pretenso espírito (por qualquer razão) fizesse referência à mochila do testador, mesmo que nada dissesse do seu conteúdo.
    .
    A forma eficaz de verificar mortos atuando se faz por meios de examinações definidas, em que se possa admitir seguramente presenças invisíveis em ação.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)