O Relatório Feilding, por Richard Wiseman, Parte 4: réplica a Barrington (1993)

Para ler a réplica de Wiseman a Mary Rose Barrigton, clique aqui. Para quem quiser ver o artigo em inglês, clique aqui.

13 respostas a “O Relatório Feilding, por Richard Wiseman, Parte 4: réplica a Barrington (1993)”

  1. Gorducho Diz:

    ¿Por que uma tira de papel colada em volta da mesa da sessão impediu – por que impediu de fato, não :?: – ela de fraudar a levitação da mesa?
    :o

  2. Gorducho Diz:

    porque impediu &c…

  3. Vitor Diz:

    SUPONHO que se for uma tira de papel adesiva, se ela aproximasse o pé e encostasse no papel, ele ficaria preso ao pé evidenciando a farsa. Ou se não for uma tira adesiva, poderia arrebentar, também evidenciando a farsa. Talvez o relatório original explique isso melhor.

  4. Gorducho Diz:

    Pois tai uma coisa interessante que emerge desse besta bate-boca (*)
    Onde se vê esse relatório?
    ——————————————————————————————————————————————–
     
    (*) As alegações do Wiseman não me parecem nada realistas. ¿Como é que ele ia mandar serrar a porta ou saber que a séance seria no último andar e/ou mandar um comparsa trepar no sótão do hotel?

  5. Gorducho Diz:

    Sótano não: forro, claro.
    Só se ele soubesse que foi ela quem escolheu o quarto e que era no último andar (aparentemente não existe mais esse prédio…).

  6. Gorducho Diz:

    The Paris experiments, referred to above, show conclusively that the lifting of the table does not involve any modification of the laws of gravity, but that it is produced by some force having its point d’appui in the medium, whose weight as registered in a scale increases by the weight of the table at the moment of lifting.
     
    Descobriram a pólvora mas pelo menso descobriram
    :lol: :lol: :lol: :lol:

  7. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “Onde se vê esse relatório?”
    .
    https://app.box.com/s/qzs168ukiifxkitl329gmq98pdrzaf3u

  8. Gorducho Diz:

    Sempre, sempre, o teorema do AAG.-POA vale nesse ramo… Isso é importante porque lendo ingenuamente esses “trabalhos” surge a crença que eram “cientistas” sérios, compenetrados nos experimentos.
    Infortunado que devido à tagarelice das lavadeiras esqueceram de observar a posição da mão direita da “médium”. [pg. 400]

  9. Gorducho Diz:

    Tenho que ver o que é o stocks apparatus primeiro…

  10. Gorducho Diz:

    Por que será que o stock apparatus facilitava a levitação?
    Será que as patas trancavam nas “botas” das patas ela dando um puxão?

  11. Gorducho Diz:

    Então a quem interessar possa:
    Eles fizeram um dispositivo de sujeição digamos constituído por 2 “botas” digamos bem folgadas tronco piramidais invertidas, de sorte que as 2 patas onde sentava a Eusapia iam dentro dessas bem folgadamente de sorte que a mesa pudesse oscilar e assim telegrafar os ditados do Mundo Maior.
    Na parte inferior dessas, no chão, ia uma tábua fechando as “botas” tronco-piramidais e prolongando-se para o lado de sorte que os cientistas espiritas apoiassem 1 pé de suas cadeiras nessa tábua. Também, em princípio, os pés da Eusapia se apoiariam nessa tábua, entre as “botas.
    Na parte de cima, uma tábua unia as bordas internas dessas “botas”, de sorte que a Eusapia não podia levitar a mesa com os joelhos pois esses seriam bloqueados por esse batente, digamos.

  12. Gorducho Diz:

    É difícil visualizar certas explicações…
     
    a hook under the skirting board that runs round the top of the table [a saia da, acho]. A pull diagonally upwards with a hook so placed would have the effect of steadying the front legs of the table against the stocks [trancaria as 2 patas a certa altura das "botas", acho], and would raise all its 4 legs from the ground.
    :?:

  13. Gorducho Diz:

    as well as the lady controlling on her left
    :o
    Como reza o Teorema de AAG.-POA: no espiritismo nunca é bem assim como contado pros simplórios…
    Mas não eram os 3 cientistas da SPR?
    Dadonde apareceu essa dama a qual participa do controle?

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)