DESCOBRINDO A MEDIUNIDADE DE PALLADINO. OTERO ACEVEDO, LOMBROSO E A BUSCA PELA AUTORIDADE (2016), por Andrea Graus.

Em 1888, o espírita Ercole Chiaia desafiou César Lombroso para ir a Nápoles e estudar uma médium brilhante embora ainda desconhecida: Eusapia Palladino. Naquela época Lombroso rejeitou o desafio. No entanto, em 1891, ele ficou fascinado pelos fenômenos da médium. Apesar da abundante literatura sobre Palladino, ainda há um episódio que precisa ser explorado: em 1888, o médico espanhol Manuel Otero Acevedo aceitou o desafio rejeitado por Lombroso, passou três meses em Nápoles estudando a médium e convidou o psiquiatra italiano para participar de suas investigações. Este episódio inexplorado serve para examinar o papel da autoridade científica, do testemunho e das provas materiais na legitimação dos fenômenos mediúnicos. O uso que Otero Acevedo fez das provas obtidas em Nápoles revela seu desejo de proclamar-se uma autoridade na pesquisa psíquica antes de outros especialistas, como Lombroso, Richet, e Aksakof. Para ler e baixar o artigo, clique aqui.

229 respostas a “DESCOBRINDO A MEDIUNIDADE DE PALLADINO. OTERO ACEVEDO, LOMBROSO E A BUSCA PELA AUTORIDADE (2016), por Andrea Graus.”

  1. Gorducho Diz:

    Os espíritos deviam ser d’alguma falange como essa
    http://2.bp.blogspot.com/-XS3665MQYvo/VhEqQFwW_JI/AAAAAAAABSQ/sI5urI5ZOlI/s1600/IMG_0999.JPG
     
     
    E seria sou grata, não?

  2. Vitor Diz:

    Verdade, já atualizei e fiz o upload, grato.

  3. Vinicius Diz:

    “ FOTOGRAFIAS PSEUDOESPÍRITAS. Dr. Otero dorme e seu espírito mostra-lhe a doença da qual ele morrerá” Otero Acevedo (1892, p. 112), “
     
    O espírito DR. Otero saiu de seu próprio corpo e viu de qual doença morreria , é isso? Caramba que tecnologia essa!!!
     
    To vendo que não aprendi a fazer nada no curso de Médiuns…

  4. Vitor Diz:

    Vinicius,
    vc pagou alguma coisa por esse curso??!

  5. Vinicius Diz:

    Paguei em forma de dias e horas, pleno sabadão de sol… rs rs
     
    To brincando: não paguei e nem fui obrigado a fazer…
     
    O fato é que , com toda sinceridade, não vi nada que pudesse comprovar vida após a morte… as manifestações poderiam muito bem ser fruto da mente do “médium”.

  6. Vinicius Diz:

    Algumas vezes fazíamos exercícios de “psicografar” a mensagem do mentor de um aluno para o outro:
     
    mensagens: “vá em frente Irmão, Jesus lhe abençoe sempre”.
     
    Nunca veio mensagem do tipo: “vinicius, acredite mais, estamos aqui do seu lado, eu seu mentor vi o que você fez em tal data para fulano de tal e achamos sua conduta equivocada etc etc etc…”

  7. Vinicius Diz:

    mas em cursos pagos eu ia exigir mais!!! nada de mensagens como essas! Senão ia procurar o PROCON

  8. Gorducho Diz:

    É… justo o pagamento é que caracteriza uma obrigação.
    No UK a Associação dos Trabalhadores Espirituais oferece um modelo de ressalva e orienta acerca das
    proteções ao consumidor e práticas comerciais desonestas: simplificadamente, tão logo dinheiro ou presentes trocam de mãos se estabelece um contrato entre você e a pessoa que pagou o dinheiro ou as mercadorias. Mesmo tendo sido um donativo, então você fica enquadrado nas novas Consumer Protection Regulations.

  9. Gorducho Diz:

    que substituíram a lei dos médiuns fraudulentos p/se harmonizar com a legislação da EU.

  10. Vinicius Diz:

    detalhe: salas com 60 ou mais médiuns, cada um lia essa mensagem em voz alta: nada daquela emoção das reuniões do “Bacelli” ou “Xavier” :mrgreen:

  11. Marciano Diz:

    É assim mesmo, VINICIUS. Sempre que a “mensagem” é endereçada a alguém em particular, é muito vaga, como “vá em frente, Jesus qualquer coisa”. Se for para um grupo de pessoas, é uma isca, que qualquer um pode abocanhar; quanto mais pessoas na plateia, melhor, como “eu sei o que você fez no verão passado”.
     
    Num grupo de 500 pessoas, sempre tem alguém que fez algo em segredo no verão passado.
     
    Vá em frente e jesus te ama a gente pode dizer pra qualquer um, até para uma pedra, pois se ela rolar, irá em frente, e jesus certamente a ama.
     
    Eu acreditaria que existe alguma coisa inexplicável se um espírito, demônio, ET, ou similar, me dissesse algo definido, como, por exemplo, “eu sei que você deu uma olhadinha de soslaio no traseiro daquela sua prima Fulana, quando não tinha ninguém olhando, nem câmeras ou espelhos por perto, e você pensou que ninguém ia saber”.
     
    Melhor ainda se dissesse: “sei que você ficou wondering se ela se depila ou se deixa uns pelinhos”, pois não tem câmera, pessoa escondida em armário ou espelho que seja capaz de obter uma informação dessas, que só eu saberia.
     
    Em toda a minha existência, até agora, sempre que se me apresentou a ocasião, sempre ofereci pensamentos para que um médium paranormal pudesse dizer:
    – Eu sei que você está pensando isto agora!
     
    Variei de futilidades a coisas bem sérias e até ofensivas, mas nunca alguém captou meus pensamentos.

  12. Marciano Diz:

    Já tirei serviço no Arsenal do Caju e fiquei, várias vezes, de um posto no alto de uma favela (morro) olhando para o grupo de cemitérios que tem lá embaixo, nunca vi nem um vigia.
    Nem um ladrão de túmulos ou um cracudo eu vi.

  13. Marciano Diz:

    Ninguém pode dizer que nunca dei chances ao sobrenatural.
    Em certa época da vida, eu ficava madrugadas inteiras observando planetas, aglomerados estelares, etc., com uma potente luneta astronômica, e nunca vi um disco voador ou algo semelhante.
    No máximo, um meteoro.
    ETs e espíritos se escondem de mim, não sei por que, uma vez que são tão exibicionistas, como se pode constatar de relatos de crentes.

  14. Vinicius Diz:

    MARCIANO, olha o que encontrei:
     
    “Moisés: extraordinário médium de efeitos físicos e inteligentes (praga dos piolhos, rãs, gafanhotos, o maná)
     
    “Jesus-As curas – levitação – transfiguração”
     
    “mEDIUNIDADE-desenvolvimento normal das glândulas cerebrais
     
    FUNDO MEDIÚNICO –Forçamento por entidades inferiores por um desenvolvimento das glândulas cerebrais”
     
    http://docslide.com.br/documents/aee-apostila-para-dirigente-de-curso-de-mediuns-2a-parte.html

  15. Vinicius Diz:

    Vejam a figura da página 59. Santo Afonso em 2 lugares: bicorporeidade.

  16. Marciano Diz:

    VINICIUS, que apostila estranha essa que você encontrou!
    Apostila para dirigente de curso de médiuns.
    Acredito que não sejam médiuns chiquistas, pois fala em natureza demoníaca, batismo do espírito santo.
    Pelo que sei, chiquistas não adotam batismo nem crêem em demônios.
     
    Ainda tem os elementais, os cascões astrais, glândulas cerebrais (que são passíveis de desenvolvimento), ligação direta com deus (mesmo em tempos de sistemas de segurança ligados à ignição eletrônica), levitação.
     
     
    Selecionei um trecho, para ver os os demais se interessam na apostila gratuita:
     

    O mentor espiritual responsável pela preparação do fenômeno da
    audiência aproxima-se do médium e lhe aplica forças magnéticas sobre o
    chacra coronário, sensibilizando e ativando a glândula pineal
    , o que faz com
    que ela produz um hormônio denominado melatonina.

    A melatonina é direcionada para o centro coclear, isolando-o
    momentaneamente do nervo auditivo, que é responsável pela condução dos
    sons ao cérebro. Como o nervo auditivo não receberá qualquer tipo de som, o
    médium perderá temporariamente a audição física.

    Em seguida, o mentor através de processos fluídicos, aumenta a tela
    fluídica do chacra frontal, permitindo que os sons captados pelos ouvidos
    perispirituais do médium cheguem até o nervo auditivo físico e, por intermédio
    deste, sejam conduzidas até o cérebro físico
    , na parte do córtex cerebral
    responsável pela audição. Desta forma, o médium passa a ouvir as coisas do
    mundo espiritual.

    Nesse processo fluídico, o mentor envia seus fluídos de ligação ao chacra
    frontal do médium e, em seguia, ao cérebro físico
    , onde, por desativação da
    audição física, chagam ao córtex cerebral os sons vindos do perispírito em
    dimensões até então inaudíveis.

     
     
    Tem até foto do Mirabelli volitando, quero dizer, levitando. Se bem que não sei direito qual a diferença, uma vez que ambas as coisas são gozação com os crentes.
     
    Quem quiser ver as fotos da levitação e do algodão no nariz, digo, ectoplasma, vá direto à página 58.
     
     
    Convém observar que os interessados podem fazer o curso assis sur son derrière, avec les bras croisés.

  17. Gorducho Diz:

    Então CoC, tá parecendo que a coisa dos médicos é brasileira mesmo.
    No espiritismo filipino parece que não tem os médicos (alemães ou não…).
     
    Eleutério Terte – não era espírita mas em ’25 casou com uma. Na época das bodas estava muito doente e os médicos não acertavam. Rezou c/fé e 2 anjos apareceram-lhe:
    – Irmão Terte, se aceitares o dom de curar e te dispuseres a ajudar os outros só por caridade, de manhã estarás curado.
    Durante a guerra (invasão japonesa) ele serviu e parou. Quando a guerra terminou, ele adoeceu seriamente de novo e de novo apareceram-lhe anjos (não sei se os mesmos); e ele retomou e curou até o fim da vida.
    Mas não consta que canalizasse médicos ou enfermeiros falecidos.
     
    Amanhã vou ver se acho sobre o Tony Agpaoa.

  18. Marciano Diz:

    Tem até cromoterapia, a partir da página 82.
    Na wikipedia consta, sobre Mirabelli:
    Mirabelli fundou o Centro Espírita São Luiz, em 25 de agosto de 1917.
    Mirabelli atravessou quatro casamentos:
    com Carmem Guerreiro, tiveram dois filhos, Diva Cristina Mirabelli e Luiz Mirabelli;
    com Edméa de Paiva Magalhães, não teviram filhos;
    com Maria do Carmo Pinto Pacca, tiveram Regene Pacca Mirabelli; e
    com a Prof. Amélia Loureiro, tiveram César Augusto Mirabelli.
    O médium foi encarcerado várias vezes acusado de exercício ilegal da Medicina, furto e também por perseguições políticas, mas mesmo detido, envolvia as pessoas com seus dons e sua generosidade. Era considerado muito eloquente e comunicativo, apreciava a natureza e gostava de fumar charutos e cachimbos.
    Mirabelli era portador de diabetes. Por muitos anos, só conseguiu dormir em quartos iluminados, uma vez que temia a ocorrência de fenômenos desagradáveis enquanto dormia.
    Ele poderia ter curado o diabetes com a cor vermelho azulado.

  19. Marciano Diz:

    UM CAUSO DE MIRABELLI
     
    O fato que vamos narrar foi publicado no Jornal Vanguarda, de fevereiro de 1933.
    Uma senhora de nome Adelina Lago, descrente dos fenômenos mediúnicos, dirigiu-se a São Paulo e procurou o médium para observar de perto aquilo que ela tanto duvidava. Quando lá chegou, espantada, ouviu-o dizer: “Eu já a esperava”, mostrando-lhe um caderninho no qual se encontravam, escritos, todos os fatos de sua vida que, segundo o médium, tinham sido transmitidos por seu pai, que possuía afinidades com ela. Em seguida, a visitante foi convidada para assistir a uma sessão na casa de Mirabelli.
    A reunião teve início na hora marcada. Nada acontecia, até que o médium entrou em estado de transe e começou a chamar pelo progenitor: “Vem! Vem!”. Tudo isso acontecia em uma sala fortemente iluminada, sem qualquer possibilidade de truque.
    “Minutos depois – narra Adelina – uma mancha branca foi se condensando como se fosse de neve, até tomar a forma de um vulto humano, uma imagem que tenho visto várias vezes em quadros bentos e em santuários, como sendo a de São Francisco de Assis.
    Esta visão era de uma nitidez incrível. Viva. Palpitante. Uma expressão calma, embora fosse branca como um mármore. Mas eu bem o via, perto, como estava à luz clara da lâmpada de alta voltagem, que ele parecia ser de carne e osso.
    Mirabelli disse: ‘Aproxime. São Francisco tem umas flores pra você’.
    Olhei e não vi nada, pois Mirabelli tinha os braços cruzados. Mas, lentamente, quando me aproximei mais, deixou cair um grande ramalhete de rosas.
    Respire, São Francisco! Respire forte para que ela veja, para que ela creia que estás vivo’ – dizia Mirabelli.
    As narinas palpitavam, os olhos brilhavam mansamente e um sorriso cotejava os lábios da figura então materializada.
    Depois, devagarzinho, foi se desmaterializando, sob meus olhos, perdendo sua densidade, diminuindo de altura, até desaparecer, sob minhas vistas. As luzes continuavam acesas – tudo estava claro. Não havia biombo, nem cortina. O médium não saiu um segundo da visão dos assistentes da sessão.
    A sessão continuou e outros fenômenos foram registrados.”
    Fonte:
    http://www.correiofraterno.com.br/index.php?Itemid=37&id=97&option=com_content&task=view

  20. Marciano Diz:

    Mais, sobre o prodigioso Mirabelli:
     

    Mirabelli foi certamente um médium muito poderoso. Ele conseguiu produzir textos por escrita automática em mais de trinta línguas vivas e mortas; mediunizado, falava em numerosos idiomas (xenoglossia); era capaz de materializar diversos tipos de objetos e até mesmo pessoas; transportava qualquer coisa de um lugar para outro, fosse o que fosse de ramalhetes de flores a móveis pesados e grandes; levitava mesmo quando, em virtude das condições de controle experimental estava amarrado em uma cadeira; costumava produzir impressões de espíritos em bandeja de farinha de trigo ou em baldes de cera; por fim, era capaz de materializar objetos dentro de uma gaveta fechada e, o mais fantástico: conseguia desmaterializar o próprio corpo.

    Além de todas essas coisas fantásticas, Mirabelli, segundo o testemunho de muitas pessoas, conseguia entrar em contato com espíritos desencarnados e pintar-lhes os retratos, estes que eram confirmados pelos parentes do morto. Em estado de transe profundo, tocava piano ou violino com a habilidade de um grande mestre, posto que não tivesse talento musical e nem formação especifica. Escrevia longa e substancial mensagem de várias páginas em poucos minutos, ao mesmo tempo em que conversava em uma língua diferente daquela que era usada na escrita que estava fazendo.

    Uma das críticas que se costuma fazer aos médiuns de efeitos físicos é que eles trabalham na escuridão ou semiobscuridade, o que facilitaria os seus truques. Mirabelli não pode ser acusado disto, uma vez que fazia seus fenômenos em plena luz do dia ou em recintos muito bem iluminados e, em muitos casos, perante a mais de 500 testemunhas. Jamais deixou de se submeter aos mais variados tipos de controle: não tinha objeções a que lhe revistassem a roupa ou a casa, que o algemassem ou o amarrassem como bem o entendessem.

    Uma das pessoas que conviveu com Mirabelli e testemunhou alguns de seus espetaculares fenômenos foi Eurico de Góes, um homem de notável cultura, que foi o organizador da primeira biblioteca do Estado de São Paulo.

    O vínculo de Mirabelli e Eurico de Góes foi criado do seguinte modo. Eurico havia sido casado com uma bela mulher que desencarnara bastante jovem, deixando-o desalentado. Eurico, então, procurou Mirabelli para tentar um contato com a esposa falecida. O médium conseguiu a materialização parcial do espírito. Embora não fosse total a materialização, Eurico não tinha duvidas de que era a sua esposa que estava ali à sua frente.

    Em razão disto, Mirabelli e Eurico se tornaram amigos. Entre muitas coisas escritas sobre este médium, o texto mais completo e melhor documentado, neste caso, foi o de Eurico, que se intitula Prodígios da Biopsíquica com o Médium Mirabelli, com cerca de 470 páginas. Este livro foi publicado em São Paulo, em 1937. Há também, sobre Mirabelli, um livro de Lamartine Palhano, publicado pelo CELD (Editora E Léon Denis).

  21. Marciano Diz:

    Aí, GORDUCHO, pena que não tenhamos sido contemporâneos de Mirabelli.
    O cara fazia tudo às claras, sem escuridão, sem truques, do jeito que nós gostamos.
    Será que não existem mais médiuns como Mirabelli?
    Será que daqui a uns setenta anos não dirão que cx levitava à luz do dia, acorrentado a pesadas bigornas, materializava farinha de trigo espiritual, transformava ouro em chumbo (chumbo em ouro, qualquer um transforma).

  22. Marciano Diz:

    PSICOGRAFIA DE UM TEXTO FUTURO, A SER PUBLICADO EM UM TELEMAGNETOSCÓPIO, INSTRUMENTO AINDA POR SER INVENTADO.
     
    chico xavier foi certamente um médium muito poderoso. Ele conseguiu produzir textos por escrita automática em mais de trinta línguas vivas e mortas; mediunizado, falava em numerosos idiomas (xenoglossia); era capaz de materializar diversos tipos de objetos e até mesmo pessoas; transportava qualquer coisa de um lugar para outro, fosse o que fosse de ramalhetes de flores a móveis pesados e grandes; levitava mesmo quando, em virtude das condições de controle experimental estava amarrado em uma cadeira; costumava produzir impressões de espíritos em bandeja de farinha de trigo ou em baldes de cera; por fim, era capaz de materializar objetos dentro de uma gaveta fechada e, o mais fantástico: conseguia desmaterializar o próprio corpo.
     

    Além de todas essas coisas fantásticas, chico xavier, segundo o testemunho de muitas pessoas, conseguia entrar em contato com espíritos desencarnados e pintar-lhes os retratos, estes que eram confirmados pelos parentes do morto. Em estado de transe profundo, tocava piano ou violino com a habilidade de um grande mestre, posto que não tivesse talento musical e nem formação especifica. Escrevia longa e substancial mensagem de várias páginas em poucos minutos, ao mesmo tempo em que conversava em uma língua diferente daquela que era usada na escrita que estava fazendo.
     

    Uma das críticas que se costuma fazer aos médiuns de efeitos físicos é que eles trabalham na escuridão ou semiobscuridade, o que facilitaria os seus truques. chico xavier não pode ser acusado disto, uma vez que fazia seus fenômenos em plena luz do dia ou em recintos muito bem iluminados e, em muitos casos, perante a mais de 500 testemunhas. Jamais deixou de se submeter aos mais variados tipos de controle: não tinha objeções a que lhe revistassem a roupa ou a casa, que o algemassem ou o amarrassem como bem o entendessem.
     
    Uma das pessoas que conviveu com chico xavier e testemunhou alguns de seus espetaculares fenômenos foi Marciano de Góes, um homem de notável cultura, que foi o organizador da primeira biblioteca do Estado de Santo Agripino.
    O vínculo de chico xavier e Marciano de Góes foi criado do seguinte modo: Marciano havia sido casado com uma bela mulher que desencarnara bastante jovem, deixando-o desalentado. Marciano, então, procurou chico xavier para tentar um contato com a esposa falecida. O médium conseguiu a materialização parcial do espírito. Embora não fosse total a materialização, Marciano não tinha duvidas de que era a sua esposa que estava ali à sua frente (principalmente devido ao fato de que a parte materializada era aquela de que Marciano mais gostava.
    Em razão disto, chico xavier e Marciano se tornaram amigos.

  23. Marciano Diz:

    Observação:
    O Estado de Santo Agripino ainda vai ser criado, em uma futura Constituição Brasileira.
    Quem viver, verá!

  24. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    pena que não tenhamos sido contemporâneos de Mirabelli.
    O cara fazia tudo às claras, sem escuridão, sem truques, do jeito que nós gostamos.
    Será que não existem mais médiuns como Mirabelli
    ?
    ===============================================================
    Bons tempos aqueles… corbeilles toupies escreviam sozinhas tratados de moral; mesas giravam; médiuns levitavam; almas se materializavam; objetos voavam pelas casas até pondo em risco a integridade dos circunstantes.
    Hoje só temos o alcatruzado espírito do caroável Bezerra dissertando sobre o Evangelho e a regeneração da humanidade a se completar em 2057…
    :(

  25. Vitor Diz:

    Só pra contrariar o Gorducho:
    .
    http://felixcircle.blogspot.com.br/2016/05/felix-circles-full-form-materialization.html

  26. Gorducho Diz:

    De novo aqueles caras do Felix…
    Mas que coisa; e olhe que não tenho lhe provocado ultimamente :( :( :( :(

  27. Gorducho Diz:

    Tony Agpaoa também foi iniciado na cura via experiencia visionaria que tuvo a los nueve años, cuando se le apareció el espíritu de un difunto al que Agpaoa llamaba Tata (Papai no vernáculo nosso), quien le daba las instrucciones para curar.
    http://www.dios.com.ar/notas1/biografias/charlatanes/AGPAOA_TONY/agpaoa_tony.htm
     
    E segundo consta Tata proibiu-o de fazer maiores revelações. Mas aparentemente também não fora médico cá na crosta, muito menos alemão.
     
     
    Então concluo que essa paixão pelos médicos é brasileira, visto não se verificar no 2° país espírita, ACoC.

  28. Gorducho Diz:

    Veja essa também Sr. Administrador :!:
    http://felixcircle.blogspot.com.br/2008/09/ectoplasm-and-full-form.html

  29. Marciano Diz:

    Gostei desse blog.
    Vi as fotos que conheci aqui e mais algumas que não tinha visto ainda.
    Dá para ter uma ideia do que as pessoas pensam, quando não conhecem as coisas de perto.
    Vale a pena ler o primeiro comentário:
     
    Kommentare:
    Anonym hat gesagt…
    Dear Kai,
     
    These photos of materialisations are very known between brazilian spiritists. Otilia Diogo’s materialisations are a polemic episode in brazilian spiritist history, where many journalists believe that Otilia was a fraud, against many spiritists that claim she was authentic. Unfortunately, no scientific approach was made with Peixotinho’s or Otilia’s mediumship. Only many personal testimones.
    About Frei Luiz seances, until now we heared about the full form materialisations that many people claim to occur in this place. A journalist published two books about the alleged german doctor that materialise himself to make surgery. But no one evidence is known from these seances, like that obtained years and years ago.
    24. Oktober 2008 um 02:26
     
    Não entendi a mistura de alemão com inglês.

  30. Marciano Diz:

    De longe, todos os gatos são belos.
    Já não se fazem mais gatos como antigamente (livremente adaptado de “À noite, todos os gatos são pardos”).

  31. Marciano Diz:

    Não sei se vocês já repararam como a grama do vizinho é mais verde e como as coisas antigas são sempre melhores.

  32. Marciano Diz:

    O mundo idealizado é sempre muito melhor do que o mundo real.
    Quando comparamos o que é com o que poderia ser, o que poderia ser sempre leva vantagem.
    Quando imaginamos o passado, sempre o imaginamos melhor do que realmente era.
    Quando conhecemos alguma coisa de longe ou superficialmente, essa coisa sempre parece melhor do que quando a conhecemos de perto ou profundamente.

  33. Marciano Diz:

    Notaram como o Mirabelli era poderoso?
    Imaginaram o que dirão de cx no futuro?

  34. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Não entendi a mistura de alemão com inglês.
    ===============================================================
    Certamente p/atrair um público universal – que pela “lógica” da FEB deveria então ser em esperanto…
    Mas no campo de data que se tem nos editores de texto ou relatórios preenche c/a data do sistema da computadora onde é gerado, bem como as labels doutros botões de controle.
    Gostei que eles tentam recuperar o espiritismo de verdade, o original, que os parapsicólogos e “alguns” outros adeptos avacalharam com a estatística.

  35. Gorducho Diz:

    S/Pessoa e eu reclamávamos da falta de produções ectoplasmáticas – bem como dos outros fenômenos, claro – e agora temos atual, a plena luz do dia. Bloquearam gloriosamente nossos dedos [fotos 4 et seq.] :!:
     
    http://felixcircle.blogspot.com.br/2012/02/spontaneous-trance-state-produces.html

  36. Vinicius Diz:

    Marciano: ‘Imaginaram o que dirão de cx no futuro?” Falta traduzir para Inglês e Esperanto.
     
    CX foi um poderoso médium ou profeta que viveu entre 1910 e 2002. Seu maior prodígio foi ter previsto a própria morte no dia em que o time de futebol do Brasil fosse campeão da Copa do Mundo . Pessoas mais próximas, dos arredores de Uberaba, asseguram que o “Chico Bondade” desencarnou neste exato momento: https://www.youtube.com/watch?v=bQ-XPH-nqy4 .
     
    Outra façanha, maior que a multiplicações dos pães por Jesus : ele , juntamente com o espírito Puro Dr. Bezerra de Menezes conseguiram diversos caminhões de mantimentos e artigos de higiene e limpeza aos famintos sem a necessidade de investir um centavo de réis, zimbo, cruzeiro, cruzeiro novo, cruzeiro, cruzado novo etc…
     
    Além disso “inspira” prêmios até hoje:
     
    http://www.camara.sp.gov.br/blog/premio-chico-xavier-reconhece-atitudes-de-fraternidade/
     
    E claro, foi o “maior brasileiro” : https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Maior_Brasileiro_de_Todos_os_Tempos

  37. Vinicius Diz:

    “Bons tempos aqueles… corbeilles toupies escreviam sozinhas tratados de moral; mesas giravam; médiuns levitavam; almas se materializavam…
     
    ” Enfim, para encerrarmos esta matéria à guisa de reflexão do por quê essas reuniões praticamente desapareceram dos Centros Espíritas, ouçamos a constatação do Benfeitor Espiritual André Luiz:
     
    “ …Alguns encarnados, como habitualmente acontece, não tomam a sério as responsabilidades do assunto e trazem consigo, para as seções de materialização, emanações tóxicas, oriundas do abuso de nicotina, carne e aperitivos, além das formas-pensamentos menos adequadas à tarefa que o grupo deve realizar. Infelizmente essa é a razão!””
     
    http://www.correioespirita.org.br/categoria-de-materias/mediunidade-espiritismo/1290-por-que-desapareceram-as-reunioes-de-materializacao

  38. Gorducho Diz:

    Pois é… só que não me consta que no tempo do Crookes e do Richet não fumassem e/ou não bebessem alcoólicas.
    Só no espiritismo brasileiro; assim como só aqui tem os médicos alemãs atendendo…
    Se o que os espíritas dizem fosse verdade, é de se presumir que nas Filipinas fosse igual que cá e em Cuba, não :?:

  39. Vitor Diz:

    Braude sugere um fator psicológico, que os fenômenos tais como a materialização podem ter diminuído porque passou-se a acreditar que os fenômenos não eram mais causados por espíritos, e sim pelo próprio médium ou psíquico, consequentemente não havia mais uma ‘força sobrenatural’ para realizar fenômenos extraordinários.

  40. Contra o chiquismo Diz:

    Legal Gorducho, aqui uma lista de ‘médicos falangeiros’ de todas as correntes… tem até o Exu Curador, Seu Maramael.

    http://perdido.co/2015/07/a-falange-dos-medicos-do-astral/

  41. Gorducho Diz:

    Típica explicação dum adolescente – viu como ele se comportava quando eles balançavam a mesa? – que desconhece o assunto.
    Dentre os chiquistas ou filipinistas – já que kardecistas praticamente não mais existem…- a crença permanece mas os “fenômenos” não ocorrem.
    Quem adotou outra crença foi a turma da parapsicologia.

  42. Contra o chiquismo Diz:

    Olha que legal:
    .
    .
    No livro “Evolução em Dois Mundos”, página 213, encontra-se uma questão respondida pelo espírito André Luiz, onde comenta a ação da Medicina no mundo dos Espíritos.
    -
    -
    Pergunta – Quais os principais métodos usados na Espiritualidade para o tratamento das lesões do corpo espiritual?
    -
    -

    Resposta – Na Espiritualidade, os servidores da medicina penetram, com mais segurança, na história do enfermo para estudar, com êxito possível, os mecanismos da doença que lhe são particulares.

    Aí os exames nos tecidos psicossomáticos com aparelhos de precisão, correspondendo às inspeções instrumentais e laboratoriais em voga na Terra, podem ser enriquecidos com a ficha cármica do paciente, a qual determina quanto à reversibilidade ou irreversibilidade da moléstia, antes da nova reencarnação, motivo por que numerosos doentes são tratáveis, mas somente curáveis mediante longas ou curtas internações no campo físico, a fim de que as causas profundas do mal sejam extirpadas da mente pelo contato direto com as lutas em que se configuram”.

  43. Contra o chiquismo Diz:

    “Aí os exames nos tecidos psicossomáticos com aparelhos de precisão…”
    .
    .
    Poxa, nem pra CX dizer o nome de um desses aparelhos…

  44. Gorducho Diz:

    Pois é, CoC… mas aí até é compatível. O Tata também era um ancestral pelo que entendi.
    Só que não são médicos, o que prova sua conjectura que é invenção brasileira.
     
    O estudo do espiritismo filipino é bem difícil porque quase não há literatura nas línguas nossas, e tem 99% de lixo americano na INTERNET.

  45. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    nem pra CX dizer o nome de um desses aparelhos
    ===============================================================
    Nem CX nem o “médico” falecido sabe os nomes dos equipamentos da profissão deles!
    Dr. Manoel Philomeno também não sabe nada, se pasma com tudo, e chora por qualquer coisa. Imagine um médico de plantão H24 aí no Souza Aguiar choramingando por qualquer coisa.
    E veja nas cartinhas a maneira como os jovens falecidos descrevem as motos ou carros deles, e como se deu o acidente fatal…

  46. Gorducho Diz:

    Que pena que a gente não pode assistir, não Analista Marciano :?:
    Quem sabe ano-que-vem se tiver… que acha da ideia?
     
    http://www.bpv.ch/referenten/deepakchopra

  47. Marciano Diz:

    Gorducho Diz:
    ===============================================================
    Gorducho Diz:
    MAIO 18TH, 2016 ÀS 8:20 AM
    S/Pessoa e eu reclamávamos da falta de produções ectoplasmáticas – bem como dos outros fenômenos, claro – e agora temos atual, a plena luz do dia. Bloquearam gloriosamente nossos dedos [fotos 4 et seq.] :!:

    ===============================================================

     
    Realmente, está provado que os fenômenos ainda são produzidos e que podem ser produzidos em ambientes iluminados.
    Pena que seja tão longe.
    Será que tem alguém escarrando ou vomitando ectoplasma mais perto de nós :?:
     
    VINICIUS, não tenha dúvida de que essas façanhas xaverianas que você descreveu serão multiplicadas por fatores superlativos e exponenciais no futuro.
    Foi o que aconteceu com o Mirabelli.
     
    GORDUCHO, o Brasil está cada dia mais parecido com Cuba.
     
    COC, legal a pergunta sobre o protocolo médico nossolarino, mas para entender a “resposta” eu preciso que sejam definidas as seguintes expressões, dela constantes:
     
    Tecidos psicossomáticos – ficha cármica.
     
    Imagino que os nomes dos aparelhos sejam igualmente indecifráveis.
     
    É, GORDUCHO.
    Vinte e um dias meditando com Deepak, fim de semana com Deepak…
    Tomara que tenha de novo, no ano que vem.
    Acho a ideia esplêndida.
    Aprenderemos muita coisa útil.
    Enquanto não rola, vou ler os mais de 80 livros que escreveu.

  48. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano Diz:
    MAIO 18TH, 2016 ÀS 12:53 PM
    .
    .
    .
    eu preciso que sejam definidas as seguintes expressões, dela constantes:

    1Tecidos psicossomáticos – 2ficha cármica.
    .
    .
    1- Equivalente ao algodão da nareba dos ‘mediuns’ de materialização aqui da Terra.
    .
    2 – As merdas feitas aqui na Terra (se bebeu muito, farras sem fim, opressão aos menos favorecidos, libertinagem…).

  49. Vinicius Diz:

    será que ainda vão colocar obras do Dr.Miranda nas faculdades de medicina? :mrgreen:
     
    “Objeto deste livro – Feito de painéis que retratam obsessões, este livro procura demonstrar como ao lado do desequilíbrio emocional, causado pelos perturbadores do além-túmulo, a tuberculose mais facilmente se manifesta em razão do bombardeio sofrido pelos macrófagos — degenerados pela contínua ação mental leviana do próprio paciente e pela intoxicação por sucessivas ondas mentais desagregadoras do seu perseguidor –, o que favorece a instalação e virulência do bacilo de Koch. (p. 13 a 16)”
     
    “A crença racional e o conhecimento ajudam muito, quando o indivíduo se resolve honestamente a vivê-los. Mas não representam recurso de imunização, se aquele que conhece não aplica, na vivência, as informações que possui. Dr. Bezerra de Menezes, em mensagem psicografada por Chico Xavier, assevera que os painéis da obsessão pintados por Manoel P. de Miranda assemelham-se a chapas radiográficas revelando largos traços da doença espiritual de todos os séculos — a obsessão, enfermidade quase sempre oculta nos escaninhos do ser. Divulgar esses painéis, pela feição de aviso e socorro que expressam — afirma Dr. Bezerra — “é para nós um nobre dever”. (p. 13 a 16)”

  50. Vinicius Diz:

    Essa moça estava com medo de chifrar o marido (esse Dr.Miranda é um fofoqueiro do além)
     
    Embora espírita, recolhia-se na capela do Hospital em homéricos solilóquios de prece, nos quais granjeava as forças necessárias para enfrentar as penas morais e físicas que a pungiam. E’ que, além da enfermidade do marido, ÁUREA VIU-SE MUITA VEZ ASSALTADA POR GALANTEIOS VULGARES E ASSEDIADA POR PESSOAS LEVIANAS que equiparavam o comportamento alheio ao seu próprio, de nível moral inferior. Não tendo a quem apresentar os conflitos que a dominavam, confiava no Cristo e recorria aos Bons Espíritos, suplicando apoio e socorro para o esposo. (24 a 25)

  51. Marciano Diz:

    VINICIUS pergunta se as obras do Dr. Miranda ainda serão adotadas nas faculdades de medicina terrícolas.
    Acho bastante plausível, pois a USP já oferece HOMEOPATIA.
     
    http://www2.fm.usp.br/homeopatia/

    QUADRO DE AVISOS

    Disciplina Optativa “Fundamentos da Homeopatia” (MCM0773):

    Início das Aulas: 13/04/2016.

    Local das Aulas (1º Semestre de 2016 – Turma B): Faculdade de Medicina da USP, 1º andar, Anfiteatro Anatomia Fundos (sala 1366).

    Horário das Aulas: Quarta-Feira, das 08:00 às 12:00 horas.

     
    Quando será que os lobisomens começarão a se transformar à luz do dia, sem esse negócio de lua cheia?

  52. Vinicius Diz:

    Para quem não quiser gastar dinheiro com livros espíritas.
    Segue link com 1.100 livros.
    http://www.inexistentman.net/2012/05/mais-de-1100-livros-espiritas-para-download-gratis/

  53. Marciano Diz:

    Acho engraçado essa moça de família, sendo espírita, sentir-se tentada a chifrar o marido ao ser “ASSALTADA POR GALANTEIOS VULGARES E ASSEDIADA POR PESSOAS LEVIANAS que equiparavam o comportamento alheio ao seu próprio, de nível moral inferior.”
     
    Por que essa piranha ficava em conflito e precisava recorrer aos bons espíritos?
     
    Por que as suas glândulas de Bartholin ficavam lubrificando suas partes pudendas (para ficar no nível do blog), se ela era uma cristã espírita pudica?

  54. Vinicius Diz:

    Olhem só, mais um livro “consolador”, chama-se “FORRÓ NO UMBRAL” . Pelo que entendi um lugar cheio de “líderes espíritas” derrotados. E pelo visto uma “leve discriminação” ao ritmo Forró:
     
    “Anastácio cambaleia nos sofrimentos de um enfarte. Aperta o peito com as mãos. Cai, estrebuchando nas angústias do desencarne e, finalmente, fica imóvel. Sente-se arrastado, não sabe para onde. Aos poucos, começa a ouvir gemidos, gargalhadas e uivos distantes, que vão se aproximando. Reflexos de luzes alaranjadas e avermelhadas de uma fogueira dão ao ambiente um tom umbralino. Figuras grotescas, suadas e com as roupas em desalinho, arrastam-se ao som de uma sanfona desafinada e estridente, que toca música de forró. A um canto, um homem observa. É Jerônimo, administrador daquele núcleo”
    &nbsp
    “Jerônimo se aproxima. O tom da voz denota piedade, quando diz:”
    &nbsp
    “– Passou a vida inteira em centro espírita e não percebe que já desencarnou…”
     
    “– Então é assim?… Uma vida inteira votada ao Espiritismo… e termino num horrível e asqueroso forró?… Olha na direção do núcleo do forró e conclui:”
     
    “– Que situação! E eu que achava que seria recebido em Nosso Lar, quando desencarnasse. Tantos anos dedicado à causa. Que ironia! Em vez de Nosso Lar, ESTE HORRÍVEL FORRÓ. No lugar do Ministro Clarêncio vir me receber, ENCONTRO UM BANDO DE ESTROPIADOS E ATÉ UM ABORTADO! É demais! Não dá para aguentar”
     

  55. Contra o chiquismo Diz:

    Já vi médico encarnado (óbvio) atender em ‘centro espirita’ e este não receitava passes e nem preces, tinha uma sacola cheia de remédios fabricados por laboratórios como a Medley, Roche, etc. Sacava seu bloco, receitava e carimbava. E já vi um médico encarnado (óbvio de novo) atender em centro na sessão de passes receitar homeopáticos.

  56. Marciano Diz:

    Causa-me espanto que uma moça de família, casada, pundonorosa, fique excitada sexualmente ao ser assediada por pessoas levianas, com galanteios vulgares, ao ponto de precisar socorrer-se dos bons espíritos eunucos.
    Se não fosse pelo temos das punições morais e físicas, ela seria capaz de vulgaridades que o nível do sítio não permite que eu descreva, mas que vocês podem imaginar.
    Será que todo religioso é hipócrita assim?

  57. Vinicius Diz:

    não havia citado o livro: “Um Forró no Umbral (Saara Nousiainen)”
     
    –Mas você é o Jerônimo. Você foi diretor da área doutrinária do centro. Como é que veio parar aqui?
    Esfrega os olhos, o rosto, como a querer libertar-se de um pesadelo”
     
    AQUI O ESPIRITO QUASE SE DÁ CONTA QUE O ESPIRITISMO É UMA MENTIRA :mrgreen:
    “Como? Então o espiritismo é mentira? Tudo aquilo que aprendemos é mentira?
    – Não, meu amigo. A mentira estava em nós mesmos.”
    NOSSA, O S.E.X.O. é tema frequente nessas obras não:
     
    “Você, na verdade, bem que merece estar aqui, porque nunca foi um espírita decente. Além de irresponsável, sempre foi devasso. Pensa que não sabíamos?
    Chegou ao cúmulo de seduzir uma jovem da Mocidade… e o que foi que fez?…Hein?”

  58. Marciano Diz:

    &nbsp
    “– Passou a vida inteira em centro espírita e não percebe que já desencarnou…”

    “– Então é assim?… Uma vida inteira votada ao Espiritismo… e termino num horrível e asqueroso forró?… Olha na direção do núcleo do forró e conclui:”

    “– Que situação! E eu que achava que seria recebido em Nosso Lar, quando desencarnasse. Tantos anos dedicado à causa. Que ironia! Em vez de Nosso Lar, ESTE HORRÍVEL FORRÓ. No lugar do Ministro Clarêncio vir me receber, ENCONTRO UM BANDO DE ESTROPIADOS E ATÉ UM ABORTADO! É demais! Não dá para aguentar”
     
     
    Versão espírita chiquista de “Apartai-vos de mim, pois não vos conheço!”.
     
    COC, isso aí não é nada!
    Já vi médicos desencarnados (também óbvio, para quem acredita em tolices) examinando o perispírito ectoplasmático de encarnados, e prescrevendo a extirpação da mente espiritual, através de ondas ultra-quânticas geradas por um aparelho indescritível em linguagem terrícola, o qual age nos centros dos xacras psicossomáticos, desde que a ficha cármica do defunto o permita (também óbvio).
     
     
    VINICIUS, esse pessoal é muito reprimido sexualmente, são cheios de recalques, por isso a exagerada preocupação com sexo.

  59. Contra o chiquismo Diz:

    Quase todo ‘centro espirita’ tem um ‘médico’ como ‘patrono’… e uma equipe de médicos ‘desencarnados’ que assistem aos fiéis…
    .
    .
    Ainda não descobri o truque da irmã scheila quando ela chega e fica cheiro de éter no ambiente.

  60. Marciano Diz:

    É bem interessante que o sítio que hospeda os 1.100 livros espíritas seja chamado de inexistentman.
    Mil e cem livros de graça deixam até uma moça casada e sexualmente reprimida tentada, mas eu não tenho tanto interesse.
    Talvez um dia desses, em que eu estiver morrendo de tédio.

  61. Marciano Diz:

    Uma médium extraordinária, residente na cidade de
    Alagoinhas, a querida Mãe Helena, já desencarnada, em uma sessão experimental conosco, manifestara uma série de perfumes variados, uns suaves, outros mais fortes, provocados, segundo consta, pelo Espírito Irmã Scheilla. Daniel Dunglas Home, um dos médiuns mais investigados da Europa, tinha o poder de extrair os perfumes das flores, espargindo-o, depois, sobre os que participavam da sessão. Outros fenômenos surpreendentes foram provocados por D. D. Home: usando um maço de flores, separou seu perfume em duas partes distintas. Um
    tinha um cheiro de terra; a outra era adocicada. Mas, nem sempre os odores eram agradáveis. Às vezes, se tomavam insuportáveis. Stainton Moses solicitava aos assistentes que não olhassem para cima quando perfumes acres caiam do teto. Uma senhora desobedecendo à
    recomendação do médium, foi atingida pelo um jato deste tipo de perfume, provocando-lhe séria conjuntivite.

  62. Marciano Diz:

    Uma vez, eu estava em um centro espírita, recebendo passes, quando senti um forte cheiro de flato.
    Pela minha inexperiência em laboratórios de química, imaginei tratar-se de sulfeto de hidrogênio e enxofre livre, exalados pelo passista.
    Como os passes eram levados a efeito em uma minúscula sala escura, só me restou prender a respiração por uns dois minutos, o máximo que consegui.
    Quando voltei a respirar, o odor desagradável ao meu sentido olfativo já havia se dispersado o suficiente para que eu pudesse recuperar o fôlego e, deus seja louvado, o passe já estava terminando.
     
    Claro que o fato narrado acima é mentiroso, mas vivemos em uma democracia, embora o PT não acredite. Se todos têm direito de mentir, esse direito não pode ser-me cerceado, sob pena de ofensa à Constituição da República, o que pode ser garantido pelo Supremo Tribunal Fedoral.

  63. Marciano Diz:

    O poltergeist trocou uma letra, de novo.
    O que eu quis escrever foi Supremo Tribunal Fedoral.

  64. Marciano Diz:

    De novo!
    Desisto!
    1 x 0 para o poltergeist.

  65. Contra o chiquismo Diz:

    Imagina o cheiro quando evocarem o Bob Marley numa sessão…
    ..
    .
    Don’t worry about a thing,
    ‘Cause every little thing is gonna be alright…

  66. Gorducho Diz:

    Olha aí Sr. Administrador: ¿não lhes ocorre abrir uma instituição semelhante aí ou em SAO?
    ¿Que acha? Sem os ranços sectários religiosos que caracterizam o “espiritismo” brasileiro?
    Não lhe agrada:
    materializações!
    curas!
    mesas girantes!
    cursos de cura quântica ministrados pelo Deepak Chopra!
    telecineses!
    SEM ESTATÍSTICAS (até eu me entusiasmei) :!:
     
     
    A BPV promove aulas, demonstrações, consultas particulares, seminários, workshops e treinamentos no âmbito da parapsicologia, esoterismo e espiritualidade. Oferece também consultas com renomados curandeiros e sensitivos de todo o mundo. Atualmente temos mais de 1800 membros de Basel, do restante da Suíça e de países vizinhos.
    A filiação é aberta a qualquer pessoa interessada nas ditas áreas. Não se exige conhecimentos nem participação ativa. A associação é política e confessionalmente neutra
    .

  67. Marciano Diz:

    A partir de “Nosso Lar”, em 1943, a nossa concepção de Mundo Espiritual se amplia, consideravelmente, com a revelação da existência de diversas “Esferas Espirituais” que o constituem. Há, inclusive, um estudo muito interessante a respeito, num dos livros editados pela FEB, intitulado “As Sete Esferas da Terra”, de Mário Frigéri, todo ele calcado em André Luiz. Aliás, a referida publicação, em grande parte, se baseia ainda em “Cidade no Além”, publicado pelo IDE, de Araras, através dos médiuns Chico Xavier e Heigorina Cunha, pelos espíritos André Luiz e Lucius, este último, segundo informação de Chico Xavier, pseudônimo de Camille Flammarion.
     
    O que Allan Kardec, genericamente, denomina de Mundo Espiritual, e André Luiz de “Esferas Espirituais”, a Física Quântica vem chamando de “Hiperespaço”. Em “Os Mensageiros”, cap. 15, encontramos na palavra de Aniceto:
    “Há, porém, André, outros mundos sutis, dentro dos mundos grosseiros, maravilhosas esferas que se interpenetram. O olho humano sofre variadas limitações e todas as lentes físicas reunidas não conseguiriam surpreender o campo da alma, que exige o desenvolvimento das faculdades espirituais para tornar-se perceptível. A eletricidade e o magnetismo são duas correntes poderosas que começam a descortinar aos nossos irmãos encarnados alguma coisa dos infinitos potenciais do Invisível, mas ainda é cedo para cogitarmos do êxito completo.”
     
    Nas considerações constantes do livro “Cidade no Além”, no cap. IV, “Localização de ‘Nosso Lar’ – Esferas Espirituais”, nos deparamos com preciosa elucidação: “O TRÂNSITO ENTRE AS ESFERAS SE FAZ POR MANEIRAS DIVERSAS. POR ‘ESTRADAS DE LUZ’, REFERIDAS PELOS ESPÍRITOS COMO CAMINHOS ESPECIAIS, DESTINADOS A TRANSPORTE MAIS IMPORTANTE. ATRAVÉS DOS CHAMADOS ‘CAMPOS DE SAÍDA’ QUE SÃO PONTOS NOS QUAIS AS DUAS ESFERAS PRÓXIMAS SE TOCAM. PELAS ÁGUAS, DE SE SUPOR AS QUE CIRCUNDAM OS CONTINENTES” (OCEANOS).
     
    Vejamos agora o que transcrevemos da obra intitulada “Hiperespaço”, de Michio Kaku, professor de Física Teórica no City College da Universidade de Nova York. Graduou-se em Harvard e recebeu o título de doutor em Berkeley: “NOSSO UNIVERSO, PORTANTO, NÃO ESTARIA SOZINHO, MAS SERIA UM DE MUITOS MUNDOS PARALELOS POSSÍVEIS. SERES INTELIGENTES PODERIAM HABITAR ALGUNS DESSES PLANETAS, IGNORANDO POR COMPLETO A EXISTÊNCIA DE OUTROS.” “(…) NORMALMENTE, A VIDA EM CADA UM DESSES PLANOS PARALELOS PROSSEGUE INDEPENDENTEMENTE DO QUE SE PASSA NOS OUTROS. EM RARAS OCASIÕES, NO ENTANTO, OS PLANOS PODEM SE CRUZAR E, POR UM BREVE MOMENTO, RASGAR O PRÓPRIO TECIDO DO ESPAÇO, O QUE ABRE UM BURACO – OU PASSAGEM – ENTRE ESSES DOIS UNIVERSOS. (…) ESSAS PASSAGENS TORNAM POSSÍVEL A VIAGEM ENTRE ESSES MUNDOS, COMO UMA PONTE CÓSMICA QUE LIGASSE DOIS UNIVERSOS DIFERENTES OU DOIS PONTOS DO MESMO UNIVERSO”.
     
    No livro “Voltei”, de Irmão Jacob, igualmente psicografado por Chico Xavier (obra de leitura obrigatória para os espíritas!), no capítulo “Incidente em Viagem”, há interessante narrativa que Mário Frigéri sintetiza em “As Sete Esferas da Terra”:
    “Havia uma ponte luminosa assinalando a passagem das regiões de treva para as de luz. Um desencarnado do grupo que volitava sob a supervisão e sustentação fluídica de Bezerra de Menezes e do Irmão Andrade, se desequilibrou ante a visão magnífica da nova região e, recordando seus antigos deslizes na carne, passou a gritar:
    - Não! não! não posso! eu matei na Terra! Não mereço a luz divina! sou um assassino, um assassino!
    Quando seus brados ressoaram lúgubres pelas quebradas sombrias abaixo, outras vozes, parecendo provir de maltas de feras ao pé da ponte, esbravejaram, horríveis:
    - Vigiemos a ponte! Assassinos não passam, não passam!”.

    Corroborando este rápido estudo, atentemos para a palavra lúcida de EmmÂnuel, em carta dirigida a César Burnier, em 2 de abril de 1938, recentemente inserida na obra “Um Amor – Muitas Vidas”, de Jorge Damas Martins, da Editora “Lachâtre”:
    “Não podereis compreender, de pronto, o nosso esforço. Tendes de reconhecer, primeiramente, que o Além não é uma região, e sim um estado imperceptível para a vossa potencialidade sensorial. E entendereis que igualmente nós somos ainda relativos, sem nenhum característico absoluto, irmãos de vossa posição espiritual, em caminho para as outras realizações e conquistas, como vós outros”. (grifamos)
     
    Em suma, a vasta obra que EmmÂnuel e André Luiz realizaram através de Chico Xavier, em complemento ao Pentateuco, estão a requisitar de nós, espíritas, uma releitura, à luz das modernas conquistas da Ciência, para que possamos mais bem assimilar as inúmeras informações que contêm, muitas vezes em textos que necessitam ser cotejados entre si, à espera de que disponhamos de maturidade espiritual a fim de compreendê-los em sua profundidade reveladora.
     
    Porque permanecem na superfície da palavra, sem visão mais ampla desta ou daquela abordagem, muitos não conseguem atinar com o caráter progressivo da Doutrina, opondo-se, de maneira sistemática, ao que, por outros autores, encarnados ou desencarnados, lhes soa como novidade ou mesmo contrário aos princípios básicos da Terceira Revelação.
     
     
    Artigo extraído do site:
    http://www.baccelli.com.br/artigos.htm

  68. Marciano Diz:

    Qual é mesmo a diferença entre cx, Michio Kaku e Bacelli?
    Ah, o do meio, o japa, é “cientista”. Tem até documentários apresentados por ele no pseudoHistory.

  69. Marciano Diz:

    E a gente pensando que o chiquismo substituiu o kardecismo.
    Nada disto! Apenas o complementou. Michio Kaku é prova disso.

  70. Gorducho Diz:

    Por isso mencionei as notórias dificuldades de viajar desde a 4ª esfera e cá a crosta. Não é a moleza de sentar num A330 aí, jantar minusculamente, ver uns videoclips, ter desjejum, e passar pela imigração em Roissy.
    Daí, fazerem um médico falecido fazer inúmeras vezes essa viajem pro cara ditar um compêndio de física pop mal e porcamente copiado de outras obras pops cá da crosta…
     
    Como se qualifica o cérebro de quem acredita nisso :?:

  71. Vinicius Diz:

    Mais um livros para médiuns psicografarem.
    Agora, os espíritos desse voo ditarem se foi ataque terrorista ou outra coisa, precisa de autorização do Dr.Bezerra, depois de Dr.Miranda preencher 66 formulários , entregar ao Dr.André Luiz conferir, depois Dr.Inácio consultar as fichas do Sanatório Espiritual de Uberaba etc etc. ENFIM, eis a dificuldade em se falar com espirito atualmente. é uma “caixa preta” dificil de funcionar…
     
    http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/05/1772852-aviao-da-egyptair-pode-ter-caido-por-ataque-terrorista-diz-ministro-egipcio.shtml

  72. Vinicius Diz:

    MARCIANO, já estão falando que CX está nos infernos.
     
    PASTOR, seus irmãos da BATISTA dizem que CX foi aos infernos. O que a UNIVERSAL fala ? Concorda com eles? :mrgreen:
     
    “ficou famoso como o médium mais notável e o maior divulgador da doutrina espírita no Brasil. Dizem que ele “psicografou” mais de quatrocentos livros, recebeu mensagens vindas do além da parte de personagens famosos já falecidos (afirmam que seu contato com os mortos começou aos quatro anos de idade!), realizou grandes obras assistenciais e usou o dinheiro procedente da venda de seus livros para ajudar pessoas pobres. Tão grande foi o impacto de Chico sobre a mentalidade religiosa brasileira que recentemente fizeram até um filme sobre ele!”
     
    “Qualquer que seja, porém, a influência de Chico Xavier ou o grau de admiração que sua figura provoque, o triste fato é que, à luz da Bíblia, ele foi um homem sem Deus, cuja alma, agora, longe de estar num plano mais elevado ou reencarnada em alguma criança, está sofrendo no inferno, sem qualquer possibilidade de livramento.”
     
    Em segundo lugar, Chico realizou a abominável prática de consultar mortos, sendo ele próprio um médium. Nesse aspecto, a Bíblia não deixa dúvidas de que quem age assim é inimigo de Deus e está sob a sua ira. De fato, três passagens condenam diretamente essa conduta: Deuteronômio 18.9-13; 1Crônicas 10.13,14; e Isaías 8.19,20. Ora, conforme já dito, Chico foi considerado o maior médium do Brasil. Portanto, ao contrário do que pensam, aos olhos de Deus ele é um dos brasileiros mais condenáveis que já existiram (2Ts 1.8-9).”
     
    http://www.igrejaredencao.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=266:chico-xavier-foi-para-o-inferno&catid=17:pastoral&Itemid=114

  73. Vinicius Diz:

    “Portanto, por mais triste que seja, a dura verdade é que a alma de Chico Xavier, de acordo com a Bíblia, está hoje sofrendo o juízo de Deus. O autor de Hebreus afirmou que “ao homem está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo” (Hb 9.27). Esse texto, tão desprezado pelos espíritas, talvez seja hoje relembrado pelo angustiado espírito de Chico que, bem distante dos lugares elevados, sofre nas chamas do inferno, anelando, ao lado do rico mencionado na parábola (Lc 16.19-31), por uma gota de água, sem qualquer esperança de alívio.
     
    Que os cristãos de verdade alertem as pessoas sobre essas coisas, mostrando, com a Bíblia em punho, que quem crê como Chico, vive como Chico e ensina como Chico, conhecerá as chamas eternas assim como Chico, situadas no fim do enganoso e triste caminho palmilhado por Chico.

  74. Vinicius Diz:

    “quem crê como Chico, vive como Chico e ensina como Chico, ”
    Em suma, não copiem “textos” , não façam plágios!

  75. Vinicius Diz:

    mais uma , paro por aqui kkkk
    http://pryonarasanto.blogspot.com.br/p/lideres-no-inferno.html

  76. Marciano Diz:

    VINICIUS, esse deus batista é impiedoso.
    Só porque cx deixou-se enganar pelo capeta, o cara manda-o para o inferno, sem qualquer possibilidade de livramento
     
    Esse tal de deus trata maus quem ele considera inimigo.
    Sujeitinho ciumento, perverso e vingativo, esse tal de deus.
    Desprezível!
     
    ===============================================================
    Que os cristãos de verdade alertem as pessoas sobre essas coisas, mostrando, com a Bíblia em punho, que quem crê como Chico, vive como Chico e ensina como Chico, conhecerá as chamas eternas assim como Chico, situadas no fim do enganoso e triste caminho palmilhado por Chico.
    ===============================================================
     
    Tenho dúvidas sobre quem é cristão de verdade, pois um monte de cristãos vive brandindo a bíblia e discordando entre si.
    Pensei em apelar para o islamismo e o corão, mas é a mesma coisa.
    Pensei no talmud, na torah, mas tem judeu hassídico, ortodoxo, de todo tipo também.
    Pensei em outras religiões, mas é tudo a mesma mercadoria (o poltergeist trocou a palavra por outra parecida).

  77. Vinicius Diz:

    “Pensei em outras religiões, mas é tudo a mesma mercadoria (o poltergeist trocou a palavra por outra parecida)”
     
    Sim, e depois que morrermos parentes vão dizer que fomos para o céu, os de outra denominação religiosa dirão que fomos para o inferno, outros vão nos “psicografar”, outros vão nos levar a reuniões desobssessivas, outros vão nos transformar em poetas ou médicos enfim…
     
    mas atualmente estou ferrenho ao espiritismo por conta de que o mesmo se auto intitula “consolador”. E a gota foi esse livro “forró no umbral” uma palhaçada e esse “médium” é meio que famosa em Centros…

  78. Vinicius Diz:

    o ser humano é ao mesmo tempo hilário e triste…
    http://www.nordesteagora.com.br/materia/noticias/bahia/14200/A+gente+n%C3%A3o+pode+prender+o+diabo,+diz+delegado

  79. Marciano Diz:

    VINICIUS, sugestão de leitura para você:
     
     
    https://ceticosblog.wordpress.com/2014/11/26/alexander-comprova-o-espiritismo-novamente/
     
    https://ceticosblog.wordpress.com/2013/10/17/mente-cerebro-e-alma/

  80. Vinicius Diz:

    comprova novamente com o mesmo Jair Presente de 1974 com o presente de 2016??? Realmente, falta pouco para colocarem Jair Presente ao lado de Bezerra e Celina …
     
    Fico pensando nos familiares que não são ouvidos nessas pesquisas: alguém da familia Presente não está viva no Presente? Não sabem daquele história de que as primeiras cartinhas eram “evangélicas” e depois de algumas reclamações Jair “voltou a falar com girias” ???

  81. Vinicius Diz:

    MARCIANO, deve conhecer o caso da menina que foi jogada da janela e os fatos culminam na culpa dos pai e madastra.
    Veja que há um laudo depois de 8 anos dizendo que o as marcas no pescoço da menina “não são feitos de mãos humanas”. Ou seja, como conversamos várias vezes, “provas” existem aos montes… (desde crimes, religiões, corrupções, se houve penalti ou não etc etc)
     
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/03/apos-8-anos-defesa-quer-anular-juri-do-caso-isabella-avo-e-investigado.html
     

  82. Marciano Diz:

    Conheço o caso, VINICIUS.
    Eu também acho que o avô teve participação, não no assassinato da menina, mas na ocultação de provas.
     
    Sou advogado, mas sou obrigado a admitir que essa profissão tem um monte de safados, prostitutos, que se prestam a qualquer coisa por dinheiro ou fama (que traz dinheiro, no final das contas).
     
    Você tem toda a razão. “Provas” existem para tudo. E não são apenas judiciais. Provas “científicas” da eficácia da homeopatia, por exemplo.

  83. Gorducho Diz:

    No caso do JP, além da Irmã Elvira, eu acho genial o
    – Cumé quié, e o Fulano?
     
    ¿Como é que é? eu até uso, mas como uma dúvida ou algo que não se escutou direito. Mas numa pergunta acerca d’alguém, usam aí em SAO/SP, Analista Vinícius?
    O CX escrevendo gírias era um peixe fora d’água. E o rapaz, com 25 anos 4° de MechE (eu comecei a estagiar no fim do 3°), ter um vocabulário c/tanta gíria?

  84. Marciano Diz:

    Esse foi um dos muitos fiascos de cx varridos para debaixo do tapete, um daqueles em que a emenda saiu pior do que o soneto, como o caso do ingrêis do EmmÂnuel.

  85. Marciano Diz:

    cx psicografando gírias é igual ao seu mentor falando inglês, língua que aprendi no NL, certamente ensinada por um brasileiro que só conhecia os rudimentos do inglês, e não para quê, uma vez que linguagem falada não serviria para espíritos, nem ajudaria no caso de nascer em país de língua inglesa, pois nunca vi um bebê nascer falando.

  86. Marciano Diz:

    Saiu truncado:
    língua que (ele) aprendeU no NL, e não sei PARA quê.

  87. Marciano Diz:

    Oi, Gente! Vocês aí, vocês mesmo, entocados nos bancos. Papai, minha mãe, Sueli, Carlos, Sérgio, Wilson e conexos.
    Não coloquem a imagem desta mensagem no gibi de ensinar; isso é conversa de casa, fora da prensa de imprensa. Se eu não garanto já o jamegão aqui deste modo, vocês estarão aí de olho cumprido e de espírito jururu. É duro isto, mas não fiquem matutando, encucados na idéia de que vou continuar assim; gíria não dá para nós, os que varamos o rio da mudança. Pedi favor para escrever assim, só para mostrar prá vocês que estou vivo, vivinho mesmo.
    E quero dizer a meu pai que não fique de pensamento vidrado nas águas se dei uma de peixe foi para nadar melhor. Fico abilolado quando meu pai começa a embarafustar na lembrança de Praia Azul. Papai tenha paciência. Voltei como vim. Não sabemos como é isso, não. Vamos deixar isso prá lá. Deus sabe tudo e em nossa moringa cabe somente alguma coisa. Estou bem, estou melhorando, mas vou largar esse negócio de palavras giradas. Já saí da bananosa, começo a compreender que preciso educar meus impulsos. Educar impulsos é qualquer coisa de progresso. Não me lembro de haver dito isso, apesar dos livrocas que andei consultando. Isso quer dizer que já não me vejo com trutas que largam os deveres de mão para alfinetar o tempo e acabar com as horas.
     
     
    Pego na mentira, cx precisava usar gírias. Exagerou e errou feio, pois suas gírias não têm nada a ver com as que Jair usava.
     
     
    My dear and generous friends of the fraternity’s doctrine.

    Good health and peace in God, our Father!

    Let us learn the life in the love’s law, from the instructions of Jesus Christ; Except this work almost always in the earthly world represent the struggle and studies of the vanity and from the darkness of the little men’s science.

    Your brother,

    EmmÂanuel”
     
     
    Novamente pego na mentira, cx apelou para o curso de ingrêis que EmmÂanuel fazia no além, curso esse desnecessário, pois segundo a crença dos chiquistas e kardecistas, espíritos não se comunicam através de línguas terrícolas, nem espírito que falava outra língua aprendida quando fez curso no além já nasce falando a língua lá aprendida.
    Faltou explicar o porquê de EmmÂanuel fazer curso de inglês no além, além de ter um professor brasileiro, visto que os erros são característicos de quem mistura gramática portuguesa à moda brasileira com palavras inglesas.
     
    Acabo de psicografar EmmÂanuel (o que prova que ele ainda não reencarnou) :
     
    I’m gonna take my horse out of the rain.
    I’m gonna take my team out of the field.
    I’m gonna leak (não no sentido de mijar, mas de ir embora – não confundir com take a leak).

  88. Marciano Diz:

    Gírias sem sentido e inglês com menos ainda eram a especialidade de cx, quando pego na mentira.

  89. Vinicius Diz:

    Gorducho, realmente é muito esquisita essa linguagem do CX. Aqui quem mente o pessoal fala: “ qualé Chicão, tá querendo “meter o loco Mano”, se liga Mané!!!”
     
    “Não coloquem a imagem desta mensagem no gibi de ensinar”
    CX era tão “rancoroso “(não sei se o termo está adequado) que acabou “dando uma bronca” , querendo dizer que isso não fará parte das suas ricas enciclopédias…
    “isso é conversa de casa, fora da prensa de imprensa. Se eu não garanto já o jamegão aqui deste modo, vocês estarão aí de olho cumprido e de espírito jururu. É duro isto, mas não fiquem matutando, encucados na idéia de que vou continuar assim; gíria não dá para nós, os que varamos o rio da mudança. Pedi favor para escrever assim, só para mostrar prá vocês que estou vivo, vivinho mesmo”
     
    “Estou bem, estou melhorando, mas vou largar esse negócio de palavras giradas”
     
    Nestes trechos CX prepara o terreno para largar as gírias, algo que ele, ou talvez seus próximos não levaram jeito … tentando sair pela tangente.
    Não me recordo agora, os familiares se convenceram (é que não estou podendo pesquisar) agora? Ou continuaram discordando desse JP?
     
    Sabiam que JP passou a assinar poesias em livros de CX???

  90. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, seria uma “provocação” de CX aos que protestaram poesias e ensinamentos morais de JP?
    Como estas do link?
     
    http://www.correioespirita.org.br/poesias/95-jair-presente
     
    Percebo também nas obras “espíritas” que costumam “alfinetar” bastante dirigentes, membros de Centros e Federativas, é uma confusão danada.

  91. Gorducho Diz:

    Sim, isso já foi analisado cá. Os que conheceram JP reclamaram que ele não era ele.
    Aparentemente ele era um cara brincalhão, com vocabulário descontraído, e aí eles não reconheceram o “espírito”.
    Agora, não vejo como um homem de 25 anos – que já não é mais “jovem” segundo a ONU (24), quartanista de MechE, fosse ter aquele vocabulário que CX usou. Não tem como.
    Temos vários jovens no entorno, cursando diversos cursos e estagiando ou trabalhando proper. Falam descontraidamente claro, vão a festas, falam gírias, não não tanto. Claro: ainda desconsidero as diferenças dessas pelas épocas, o que é obvio…
     
     
    Educar impulsos é qualquer coisa de progresso. Não me lembro de haver dito isso, apesar dos livrocas que andei consultando. Isso quer dizer que já não me vejo com trutas que largam os deveres de mão para alfinetar o tempo e acabar com as horas.
     
    Pra mim é completamente incompreensível :?:
    ¿Será que livrocas que andei consultando não foi ato falho de CX?

  92. Gorducho Diz:

    LOCALIZE A ANÁLISE DO CASO JP P/AVi SR. ADMINISTRADOR
    Principalmente o caso da irmã Elvira.

  93. Vitor Diz:

    a) http://obraspsicografadas.org/2014/investigando-o-acerto-e-a-preciso-da-alegada-escrita-medinica-um-estudo-de-caso-das-cartas-de-chico-xavier-2014/
    .
    b) http://obraspsicografadas.org/2009/chico-xavier-especialista-em-leitura-fria/

  94. Gorducho Diz:

    Não! Esse e o dos chiquistas! Digo aquele onde se fala no Grameiro e na irmã Elvira!

  95. Gorducho Diz:

    O 2° artigo citado sim, Analista Vinícius; foi a 1ª análise cá feita pelo AMo.

  96. Eu Sou a Universal Diz:

    Caro senhor Vinícius o sr disse assim: Vinicius Diz:
    MAIO 19TH, 2016 ÀS 3:01 PM
    MARCIANO, já estão falando que CX está nos infernos.

    PASTOR, seus irmãos da BATISTA dizem que CX foi aos infernos. O que a UNIVERSAL fala ? Concorda com eles? :mrgreen:
    R) Qualquer um que seja protestante e pregue o Evangelho concorda em número , gênero e grau que o falecido sr Chico Xavier está no inferno no tormento eterno e este seguiu bem o mandamento satânico de enganar e desviar o maior número possível de pessoas. Que sirva de alerta para quem segue a mentira do Espiritismo: o caminho que essa estrada leva, é o INFERNO.

  97. Gorducho Diz:

    By the way, o editor dessa revista científica não é aquele dos espíritos mergulhões :?:

  98. Vinicius Diz:

    “Educar impulsos é qualquer coisa de progresso. Não me lembro de haver dito isso, apesar dos livrocas que andei consultando”
     
    não encontrei nada sobre “livrocas” mas pela mensagem o JP estaria recorrendo as bibliotecas do além para retomar sua linguagem girada. Talvez seja um termo diminutivo menosprezando os livros que contenham as tais gírias

  99. Eu Sou a Universal Diz:

    Amigo Marciano falas assim: Marciano Diz:
    MAIO 19TH, 2016 ÀS 3:17 PM
    VINICIUS, esse deus batista é impiedoso.
    Só porque cx deixou-se enganar pelo capeta, o cara manda-o para o inferno, sem qualquer possibilidade de livramento

    Esse tal de deus trata maus quem ele considera inimigo.
    Sujeitinho ciumento, perverso e vingativo, esse tal de deus.
    Desprezível!
    R) O amigo precisa saber que a escolha quem faz somos nós. O Criador não intervém em nossas escolhas e é injusto tratar Ele assim como o amigo fez. O Sr Montalvão por exemplo, conhece a Verdade e está escolhendo o caminho do INFERNO. Depois, uma vez lá no TORMENTO ETERNO, não poderá culpar ao Criador pelo destino que teve.

  100. Vinicius Diz:

    VITOR, eu estou lendo o primeiro post e gostaria de saber se houve uma continuidade de pesquisa sobre uma carta de ente querido mencionada nos comentários:
     
    “10. Vitor Diz: agosto 18th, 2014 às 7:16 AM
    Keko, você poderia reproduzir o conteúdo da carta para a gente? Ou escaneála e enviála ao meu email particular?”

  101. Vinicius Diz:

    ah GORDUCHO falou de outra analise também (não dos chiquititas)

  102. Vitor Diz:

    Vinicius, nunca tive resposta. Enviei um email para ele em 17/08/2014.

  103. Vinicius Diz:

    PASTOR fui espirita 10 anos e hoje não tenho uma filiação religiosa, estou fadado ao inferno eterno? E se eu for só na biblioteca buscar livros e tomar um passe o que vai acontecer ?
     
    E o Sr.Montalvão sumiu!! Não quer mais aparecer aqui, cansou do CX e os paranormais.
     
    Nem estes ele aguenta mais:
    http://gente.ig.com.br/tvenovela/os-magos-e-gurus-das-novelas/n1597065900348.html

  104. Eu Sou a Universal Diz:

    Senhor Contra o Chiquismo, o sr tocou na condição de médicos serem o grande representante dos espíritas. Mas eu te digo: são demônios disfarçados, apenas isso. Se os arquitetos ou oceanógrafos (apenas exemplificando para ilustrar melhor) fossem a profissão de maior prestígio na sociedade brasileira, o Espiritismo lançaria mão dessas duas classes profissionais para dizer que as sua doutrina tem credibilidade. Em vez do preto velho disfarçado de médico Dr Bezerra, teríamos o arquiteto representado pelo exu e o oceanógrafo representado pelo cigano da macumbaria. Esses baixariam nos centros se passando pelas duas profissões citadas como exemplo.

  105. Eu Sou a Universal Diz:

    Senhor Vinícius, não é minha intenção fazer proselitismo e nem pregar aqui, por tanto serei bem breve. Se o sr se libertou da mentira, o que faz lá ainda buscando mais da mentira? O sr estará mais envolto ainda na mentira , mas agora tem um agravante: de forma consciente. O sr está tomando passes de demônios e levando obras demoníacas para o seu lar. Não posso me alongar mais do que isso em respeito aos amigos aqui. Não posso pregar aqui, é uma posição minha desde o início que comecei a participar aqui.

  106. Espírita SP Orlando Diz:

    Pastor. Há uma junta universal de médicos que atua nas colônias espirituais em nível mundial. Doutor Bezerra é o médico líder e mesmo sendo líder sempre com a mão na massa, ajudando todos.
    Há uma grande reforma médica a ser feita até 2019. Isso porque são previstas terríveis hecatombes em todos os pontos do Globo.
    A Dra.Marlene Nobre e o Dr.Inacio estão fazendo um estudo de como os atendimentos serão feitos.

  107. Espírita SP Orlando Diz:

    Deixe o Vinicius tomar passes e ouvir o Evangelho de Jesus. Quem sabe ele volte e tolere os erros de Chico e Divaldo como todo mundo erra!!!
    Eu já fui na Universal junto com amigo médium. Este disse que viu abaixo do tablado vários desencarnados escuros e formatos de seres estranhos. Alguns com cateteres nos narizes do pastor falando. O médium se sentiu mal, tivemos de fazer reuniões dessobssessivas e afasta-lo de sessões.

  108. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    nunca tive resposta. Enviei um email para ele em 17/08/2014
    ===============================================================
    Ele foi uma pessoa muito legal que despertou simpatia em todos. Me parecia consciente que no fundo no fundo era fantasia.
    Deve ter sido por respeito à esposa que não divulgou. Na vida a gente está na prática amarrado às outras pessoas com as quais partilhamos a existência.
     
    A propósito do inferno, meu propósito agora depois de ter deslindado a questão dos médicos no espiritismo filipino, será ver a origem da oposição ao inferno existente no espiritismo.
    Parece ter se originado c/o Swedenborg…
    Vou fazer um esforço de ler o livro dele, que pelo menos não é tão chato quanto o T&C do Jean Reynaud (mas que já é posterior então a inexistência de anjos e de inferno já é herdada…).
    Swedenborg tem anjos, mas esses viveram na Terra, então seriam como os espíritos dos espíritas, só que não têm mais livre arbítrio.
    Ou seja: aparentemente a completa angelitude (que no kardecismo é a desmaterialização) se dá com perca do LA (em Swedenborg).
    Me parece que Kardec se apoia nessa tese p/a #113:
    eles são os mensageiros e os ministros de Deus, cujas ordens executam para manutenção da harmonia universal
    .
    Essas e outras passagens desconfio que possam ter sido baseadas nos famosos 50 cadernos…

  109. Eu Sou a Universal Diz:

    Uma pena Sr Orlando que não foram colocadas as nossas mãos na sua e na cabeça dele para uma oração forte. Os senhores sairiam outras pessoas de lá. O que viram embaixo do Altar, são demônios aos nossos pés. Esses não tem poder e ficam somente abaixo dos nossos pés onde pisamos neles sempre. O bem sempre vence. Muitos deles poderiam estar acompanhando o sr e o sr seu amigo. Na certa, estavam.

  110. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Este disse que viu abaixo do tablado vários desencarnados escuros e formatos de seres estranhos.
    ===============================================================
    Isso são peri-espíritos ovóides colocados ali pela turma do Dr. Bezerra ajudado pelo servil Dr. de Miranda, pra desarmonizar o templo!
    Se tem dúvidas, pergunte pro Administrador que conhece bem o assunto.

  111. Gorducho Diz:

    Sem saber acertou, Pastor :?:
    Eles coletam demônios ovóides e colocam nos ambientes para que exalem miasmas malignos no ambiente.

  112. Gorducho Diz:

    ERRATA
    onde se lê :?:
    leia-se :!:
     
    A Casa apresentou há poucos dias um artigo justo sobre isso!

  113. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, espanta-me a inocência dos Espíritas Kardecistas e Chiquistas. O sr acha que no Brasil temos mais Kardecistas ou Chiquistas? Até hoje ainda não entendi a diferença das duas, pensei que fossem os livros do Sr Chico Xavier de orientação Kardecista, mas ele fez uma doutrina própria com pinceladas de Alan Kardec , é isso? E há quem defenda o Kardecismo puro e não leia as obras do Sr Chico Xavier? Ou quem seja Chiquista e não leia as obras de Alan Kardec? Existe essa divisão Espírita aqui no Brasil?

  114. Gorducho Diz:

    Não existem mais kardecistas; cá são chiquistas, ou, como prefiro dizer mais precisamente: bezerrochiquistas. Pois Dr. Bezerra é o Santo padroeiro deles e foi quem introduziu o Roustaing que nem em França foi nunca levado em consideração.
     
     
    ==============================================================
    mas ele fez uma doutrina própria com pinceladas de Alan Kardec, é isso?
    ==============================================================
    Basicamente sim, só que a “doutrina” dele varia conforme o público a que ele se endereçava. Especificamente: o céu das obras do André Luiz é o céu do espiritismo anglo, com esferas e colônias (nome chiquista p/cidades) entre cá e a Lua; mas o céu das cartinhas consoladoras dos falecidos pras mamães é outro.

  115. Eu Sou a Universal Diz:

    Então eles deixaram o ensino original de Kardec para seguir os ensinos do sr Chico Xavier? E um preto velho disfarçado de médico é o guia deles? Realmente sobre Roustaing lembro vagamente desse nome. Então no chiquismo existem 2 céus? Gostaria de colocar aqui o bonequinho com expressão de espanto mas não sei. Essas cartinhas são aquelas coisas infames do inferno que passou na Rede Globo naquele seriado? É mentira demais.

  116. Gorducho Diz:

    Sim.
     
    Não; o guia deles é aquele senador romano que escreveu pro senado descrevendo Jesus Cristo.
     
    Sim; no chiquismo existe o céu anglo-americano e o céu das cartinhas consoladoras pras mamães.

  117. Gorducho Diz:

    Ficou obscuro… :(
    O guia do CX era o ex-senador; agora ele está c/16 anos, tendo reencarnado no ano 2000 no interior de SP.
    Dr. Bezerra é claro o guia geral, o Santo Padroeiro. Mas não é “preto” velho; é um “branco” velho, bem velho, que aparenta estar prestes a morrer de novo lá no outro mundo.

  118. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, me diga que isso tudo não é piada, que é serio. Um senador romano reencarnou e está agora com 16 anos. 2 céus. Preto branco velho a beira da morte do outro mundo. Ao menos me diga como se faz esse boneco amarelo de espanto. Nem as Testemunhas de Jeová ousam tanto na loucura.

  119. Vinicius Diz:

    Pastor, DR.Bezerra consegue até multiplicar alimentos:
     
    “- “Estou trazendo este caminhão de alimentos mandado pelo Sr. Fulano de Tal, que me deu o endereço do Centro onde deveria entregar a carga, mas tive um problema na estrada, e atrasei-me; quando cheguei, estava tudo fechado. Olhei para os lados e apareceu-me um senhor de idade com barbas brancas, e perguntou o que eu desejava.
     
    - “Estou procurando o Sr. Chico Xavier” – respondi.
     
    - “Pois olhe: dobre ali, vá até uma ponte caída, e diga que fui eu quem o orientou” – respondeu-me.
     
    - “E qual é o seu nome?” – indaguei, e ele respondeu.
     
    - “Bezerra de Menezes”. “

  120. Vinicius Diz:

    PASTOR veja o link
    http://rosa-na-montanha.blogspot.com.br/2009/02/bezerra-de-menezes-aluno-de-matematica.html

  121. Eu Sou a Universal Diz:

    O que sr Vinicius? Alunos que não existem? Dinheiro materializado?

  122. Gorducho Diz:

    Sabe quem foi Dr. Bezerra, Pastor?
    Foi o Zaqueu que subiu na árvore. Ele (Dr. Bezerra) deu o anel de formatura dele pruma mulher necessitada aí no Rio e foi o último resgate dele pra com os que ele explorou na condição de publicano (i.e., a mulher era também quem ele explorou, reencarnada, claro).

  123. Gorducho Diz:

    Aí no Rio não… lá no… :D

  124. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Dinheiro materializado?
    ===============================================================
    Neste caso não, Dr. Bezerra só se materializou pra orientar o caminhoneiro que carregava donativos reais dados por uma pessoa abonada de SAO que comprara-os.
    Mas às vezes sim. Dr. Bezerra estava muito mal de $ enquanto estudante. Daí materializou-se um espírito que contactou-o pedindo umas aulas de matemática, matéria que Dr. Bezerra nada sabia.
    Mas como precisava de $ aceitou dar as aulas e o rapaz (espírito materializado) fez questão de pagar adiantadas várias aulas.
    Dr. Bezerra estudou… estudou… na Biblioteca Nacional preparando aulas, mas o “rapaz” jamais apareceu.

  125. Gorducho Diz:

    Ah! sim. Essa é a história real do aluno + $ materializados.
    Achei que o assunto era o caminhão com donativos.

  126. Gorducho Diz:

    Não consigo achar o comentário que fiz sobre o tema trazido a lume pela Administração, qual seja a da colocação de espíritos ovóides bem como telas bloqueadoras por entidades malignas em centros (e, claro, templos).
    Justo o que ocorreu no templo do Pastor, e enxergado pelo médium que acompanhou Dr. SpOrlando.

  127. Eu Sou a Universal Diz:

    Essa é boa… o preto velho foi o personagem do Evangelho?! Essa da materialização do dinheiro teve testemunhas? Ou foi um conto inventado para dar superpoderes ao preto branco velho quase morto do outro mundo?

  128. Vinicius Diz:

    GORDUCHO/PASTOR/OUTROS
    GORDUCHO, conhece o “Aconteceu na Casa Espírita” ? Trechos:
     
    “Em estranha cidade do plano espiritual inferior, congregavam-se espíritos obsessores com as mais perversas intenções. Reunidos em sombria praça, traçavam diretrizes de perseguição e destruição de respeitável Instituição Espírita. Entidades recém-desencarnadas perambulavam, lunáticas, pela estranha região, semi-escravizadas por mentes maléficas que as transformavam em verdadeiro material humano de desequilíbrio. Estes infelizes permaneciam junto aos obsessores por guardarem compromissos espirituais intensos diante daqueles que se dedicavam à prática do mal. A psicosfera da cidade bizarra era densa, triste, angustiante e depressiva resultado dos pensamentos de seus habitantes”
     
    “— A missão, respondeu o sinistro orador, é de infiltração espiritual! Estamos,
    de longa data, planejando invasão, domínio e destruição de uma grande Casa
    Espírita.”
     
    “Verdadeira falange de adversários da bondade se apresentou diante do líder
    perverso, animando-o na transmissão destas terríveis orientações”

     
    “— E como vamos agir? Perguntou um desordeiro bastante animado. Por acaso, vamos fazer os objetos se movimentarem? Atiraremos pedras contra os eleitos do Senhor? Assassinaremos alguém?”
     
    “Nossa atuação, prosseguiu o planejador das sombras, será na surdina.
    Trabalharemos silenciosamente, ocultamente, no campo dos sentimentos,
    sugerindo pensamentos, estimulando as irritações, o ciúme, a fofoca, a indignação, os melindres, a disputa de cargos, funções, tarefas etc. Temos aí, um vasto campo de atuação junto às inferioridades humanas.”
     
    “Quando Júlio César percebeu que já havia estimulado quantos necessitava,
    para a implantação das suas idéias, entoou este grito de guerra:
    — Avante! Para aquela odiosa Casa Espírita, o momento do apocalipse, do acerto de contas, do juízo final e da destruição chegou!
    Eles próprios se autodestruirão! Terminando o discurso maligno em tom de oratória, o obsessor fanático foi aplaudido, aclamado e carregado pelos comparsas, enquanto a multidão cantava hino exótico, enaltecendo as forças das trevas, ao mesmo tempo em que gritos alucinantes de combate corriam, sinuosos, encontrando eco no coração iludido dos obsessores.
    E sob influência sonora de alucinante marcha hipnótica, que incentivava à
    destruição, a legião dos adversários do bem embrenhou-se pelas ruas estreitas da esquisita cidade, preparando-se para o terrível processo de infiltração.”

  129. Eu Sou a Universal Diz:

    Não conheço sr Vinicius, mas pelo que vi são demônios atacando seguidores (odiosa Casa Espírita) de demônios?

  130. Vinicius Diz:

    PASTOR este trecho, do livro “Aconteceu na Casa Espírita” narra a influência maligna sobre um marido de seita evangélica para atordoar sua esposa espírita resignada e bondosa
    &nsbp;
    “O nome dela é Márcia Boaventura. Identificamos, após dias de observação, que é uma mulher dedicada ao trabalho espírita. Nos últimos cinco anos, dizem os relatórios, nunca faltou nos dias de plantão.
    &nsbp;
    “(…) evita os comentários menos edificantes, está distante das fofocas, trabalhando com espantosa seriedade. Através dela não temos nenhum campo de ação, sem contar a proteção que angariou pelo trabalho tão bem realizado, quase não oferece brecha, limitando a 1% nossa influenciação sobre ela. ENTRETANTO, PARA NOSSA GRANDE ALEGRIA, É CASADA COM UM HOMEM POSSUIDOR DE DENSAS VIBRAÇÕES, O QUE NOS PERMITIU A APROXIMAÇÃO E CONVIVÊNCIA EM SUA PRÓPRIA RESIDÊNCIA; AVESSO AO ESPIRITISMO, O ESPOSO FREQÜENTA RARAMENTE OS CULTOS DE UMA SEITA EVANGÉLICA, CARREGANDO NA MENTE A IDÉIA DE QUE A DOUTRINA ESPÍRITA É COISA DO DIABO.”
    &nsbp;
    “- Isso! Interrompeu o mandante, eis aío nosso homem! INCENTIVE-O A CONTINUAR NA IGREJA, ACOMPANHE-O, ORE COM ELE SE FOR PRECISO! (RISOS)”
    &nsbp;
    “- Vamos atormentá-la, envolveremos de tal forma o infeliz do marido que ele
    fará da vida dela um inferno e, a pretexto de manter a harmonia do lar, ela terá de abandonar as tarefas e aí, adeus à afabilidade e à doçura.”

  131. Vinicius Diz:

    sim, PASTOR, um plano nefasto para acabar com uma grande casa espírita. no trecho anterior diz que os espiritos trevosos farão picuinhas na cabeça de uma mulher que trabalha lá 5 anos sem para mas o marido evangélico passa a atormentá-la…

  132. Eu Sou a Universal Diz:

    Ah, está explicado! Diz a Escritura Sagrada que “se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir”. Por isso o meu espanto na pergunta que fiz acima. Não seria possível o MAL atacar o MAL. Tem um irmão evangélico na jogada. E olha que ele é frequentador de uma vez ou outra e já causa esse incômodo todo nas trevas! Imagina se é um homem santificado mesmo?( O MAL nem chega perto) Então como satanás só engana, diz que o alvo é a mulher espírita, mas na verdade é o irmão protestante marido dela. E reveja esse trecho: “CARREGANDO NA MENTE A IDÉIA DE QUE A DOUTRINA ESPÍRITA É COISA DO DIABO.”
    De Deus é que não é.

  133. Vinicius Diz:

    Cara, esse livro aí parece uma “sucessão de desgraças”. A Casona Espírita é atacada por todos os lados. Parece história em quadrinhos, só que sem quadrinhos claro… E sem o Doutor Bezerra; ficaria mais divertido com ele, como acontece nos livros do Miranda… em que um rabino investe contra outro centro espírita para destruí-lo.

  134. Gorducho Diz:

    Eu perdi cá neste Sítio o artigo onde mostra como demônios capturam espíritos ovóides – que, claro, não conseguem se defender – e colocam pra perturbar o ambiente. Exatamente como o amigo do Dr. viu no templo!
    Também colocam telas anti-mediúnicas.
    Mas não consigo achar essa rubrica de faz pouco…

  135. Contra o chiquismo Diz:

    Amigos que discussão boa foi essa e eu perdi? Só agora vi o papo. E esse orlando troll? Já repararam que ele só aparece quando o Pastor aparece tb? E ele quer converter o Pastor ha ha ha ha… é um mané mesmo.
    .
    .
    Mas é uma verdade que o Pastor falou, os médicos são os mais babados de ovos da sociedade brasileira. Se fossem oceanógrafos ou arquitetos a obra do cx seria toda em cima deles, seriam aqueles mestres de obra do império os baluartes do espiritismo a brasileira, seria o Jacques Custeau o mentor de muita casa espírita….

  136. Vinicius Diz:

    “defender – e colocam pra perturbar o ambiente. Exatamente como o amigo do Dr. viu no templo!”
     
    É um artigo ou está nos comentários? Acho que AL.fala nosnos tais ovóides

  137. Vinicius Diz:

    https://caminheirosdaluz.wordpress.com/2009/12/26/ovoides/

  138. Marciano Diz:

    Parece que eu incendiei isto aqui, o que era a minha intenção.
    Dito isto, vamos lá!
     
     
    AMIGO PASTOR, eu estava me referindo ao deus da igreja batista, não ao deus da IURD.
    Brincadeirinha.
    Na verdade eu não estava falando de deus, no qual o amigo sabe que eu não acredito, estava falando dos batistas, que condenaram cx ao inferno, usurpando a função que seria de deus, o qual, em sua infinita misericórdia, certamente perdoaria o mineirinho endiabrado.
     
    O desterro de MONTALVÃO é lamentável, pois é o mais profícuo da bancada cética, a qual deixou órfã.
    Assume o vice-presidente GORDUCHO e eu espero não ter de assumir a vice-presidência, pois não me sinto à altura do cargo.
    Não por falta de ceticismo, mas por falta verve.
     
     
    PASTOR, uma vez que citou arquitetos, quero lembrá-lo que os maçons chamam deus de G.A.D.U. (grande arquiteto do universo).
     
    O arquiteto do templo de Salomão foi Hiram Abiff, o qual, mesmo submetido a interrogatório sob tortura (ritual repetido na passagem para o terceiro grau, o de Mestre), não revelou os segredos de seu ofício, assim como os maçons não revelam os seus.
     
    Tal como exposto pelo Grão Mestre Robert Ambelain em sua obra O segredo maçônico, “A lenda de Hiram” constitui a alma da maçonaria desde o século XVIII.
    Salomão, filho de Davi recebe de Deus a missão de construir o templo seguindo as instruções deixadas pelo profeta Natan, ao qual o Senhor deu sonhos com as indicações necessárias. Hiram, rei de Tiro, amigo de seu pai, concede ajuda em materiais e trabalhadores. E envia o fundidor Hiram, Um belo dia este ultimo, Hiram se dispõe a efetuar a fundição do mar de bronze, na presença de Salomão e da Rainha de Sabá
    (Balkis), a qual Salomão queria seduzir, a fim de se casar com ela. O povo de Israel assistirá a fundição.
    Benoni, ajudante e fiel discípulo do mestre de obras, surpreendeu, na calada da noite, a três obreiros, Fanor o Sírio, pedreiro, Anru o Fenício, carpinteiro e Metusael o judeu, mineiro, sabotando o molde do futuro mar de bronze. Benoni adverte Salomão sobre a traição dos três cúmplices, mas o rei, enciumado da admiração que Balkis sentia por Hiram, deixa que continuem os preparativos.
    Ao por do sol, Hiram dá a ordem de se iniciar a verter o metal. E o gigantesco molde em que deve fundir-se o mar de bronze, que tinha sido fragilizado se rompe. O metal em fusão verte bruscamente para fora do molde e salpica a multidão horrorizada. Benoni, desesperado por não haver alertado pessoalmente a Hiram, se atira para o metal adentro.
    Pouco depois, sozinho, e abandonado por todos, Hiram suspira diante de sua obra destruída. Naquele momento do metal ainda enrubescido, no meio da noite escura, se levanta uma sombra luminosa. O fantasma avança até Hiram, que o observa estupefato. Seu peito enorme está revestido com uma dalmática sem mangas? aros de ferro adornam seus braços desnudos? sua cabeça bronzeada, envolta por uma barba quadrada, com varias tranças, está coberta por uma mitra com bordas (prata e dourada)? segura
    em uma mão um martelo de ferreiro. Seus olhos grandes e brilhantes olham com doçura para Hiram e com uma voz que parece ser arrancada das profundezas do bronze lhe diz:
    —Reanima a tua alma, levanta-te meu filho, Vem e me segue. Vi os males que assombram a minha raça e me compadeci.
    —Espírito, quem sois?
    —A sombra de teus pais, o antepassado daqueles que trabalham e que sofrem. Venha! Enquanto minha mão estiver a tua frente, respirarás nas chamas. Nada temas. Nenhum mal sofrerá…
    —Onde estou? Qual seu nome? Aonde me levas? Pergunta Hiram.
    —Ao centro da terra, na alma do mundo habitado. Ali se construiu o palácio subterrâneo de Enoch, nosso pai, que no Egito era chamado de Hermes e na Arábia pelo nome de Edris…
    —Poderes imortais! Exclama Hiram. Então é verdade? Vós sois…?
    —Teu antepassado, homem, artista… Teu amo e teu patrono. Eu fui Tubal Caim.
    Conduzindo-o como um sonho às profundezas da terra, TubalCaim instrui a Hiram as bases essenciais da tradição dos Caimitas, ferreiros e donos da forja.
     
    Como dizem os ingleses, to make a long story short, quando Hiram estava deixando o Templo ele foi abordado por três “rufiões”, em sequencia que exigiram que ele desse os segredos imediatamente (sem esperar pela conclusão do Templo). Ele foi abordado
    asperamente pelo primeiro rufião (Jubela), mas escapou.
    Abordado e seguro asperamente pelo segundo rufião (Jubelo), ele se recusou a divulgar os segredos novamente e novamente escapou.
    O terceiro rufião (Jubelum) então o abordou e, quando Hiram recusou-se novamente a divulgar os segredos, ele o matou com um golpe violento na fronte.
    O corpo foi escondido apressadamente debaixo de algum entulho no Templo até a meia-noite quando foi tirado para o topo de uma colina e foi enterrado.
    A sepultura foi marcada por um broto de Acácia (uma árvore perene comum no Oriente Médio), e os três rufiões tentaram escapar do país.
     
    Todo templo maçônico tem uma acácia, que simboliza o renascimento.
     
    Quando morre um maçon, dentre outras coisas, chamam-no pelo nome três vezes, todos os participantes recebem um galhinho de acácia, que depois é devolvido.

  139. Marciano Diz:

    PASTOR, deixe-me apresentá-lo a um pequeno glossário espírita que eu mesmo trouxe a lume em antigo comentário aqui, com o intuito de mostrar o quão ridícula é a crença espírita.

     
    Umbral
    [...] situado entre a Terra e o Céu, [é] dolorosa região de sombras, erguida e cultivada pela mente humana, em geral rebelde e ociosa, desvairada e enfermiça. [...]
    Referência:
    XAVIER, Francisco Cândido. Ação e reação. Pelo Espírito André Luiz. 26a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2004. – cap. 19
    .
    Descascado.
    Um dos pejorativos pelos quais a gíria dos planos inferiores designa os Espíritos desencarnados.
    Referência:
    XAVIER, Francisco Cândido e VIEIRA, Waldo. Sexo e destino. Pelo Espírito André Luiz. 28a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2004. – cap. 13
    .
    VOLITAÇÃO – Capacidade que o espírito tem, em certo nível de adiantamento, de “voar”, não apenas no sentido literal, mas também de maneira mais transcendental. O espírito se transporta para onde quiser ou lhe for determinado, sob a ação e o impulso de sua própria inteligência. Ele viaja na velocidade de seu próprio pensamento, seguindo leis cósmicas da fisiologia do espírito e de suas interações com o meio espiritual e com o éter-cósmico.
     
    Campo de saída.
    A expressão campos de saída define lugares-limites, entre as esferas inferiores e superiores.
    Referência:
    XAVIER, Francisco Cândido. Libertação. Pelo Espírito André Luiz. 29a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. – cap. 3
    .
    Tara familiar.
    [...] é a resultante da conjunção de débitos, situando-nos no plano genético enfermiço que merecemos, à face dos nossos compromissos com o mundo e com a vida. Dessa forma, somos impelidos a padecer o retorno dos nossos reflexos tóxicos através de pessoas de nossa paren tela, que no-los devolvem por aflitivos processos de sofrimento.
    Referência:
    XAVIER, Francisco Cândido. Pensamento e vida. Pelo Espírito Emmanuel. 16a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2006. – cap. 12
    .
    Aeróbus.
    Carro aéreo espiritual para transporte de Espíritos que não podem se locomover. Conforme André Luiz, seria na Terra um grande funicular, isto é, veículo com tração por cabos acionados por motor estacionário e que freqüentemente se utiliza para vencer grandes diferenças de nível – um tipo de teleférico.
    .
    Tem também bônus-hora, zonas de trevas compactas, câmara de retificação, equipe socorrista, reencarnação compulsória, etc.
     
    “Ovóides” são espíritos que estão em um estado de mono-ideismo tão grande, tão fixos em um sentimento negativo, que “esquecem” do seu estado humano e vão gradualmente se deformando até perder a forma perispiritual humanoide; adquirindo uma forma como a de um “ovo” ou “bola de energia” que, de certa forma, representa o círulo vicioso em que ele se comprometeu.
    Estes espíritos se deixam levar por ondas imensamente fortes, e por isso mesmo paralizantes, de ódio, rancor, vingança e sentimentos assim – fixando esta idéia em seu pensamento e criando uma realidade em sua mente onde vivenciam somente aquilo.
    Não percebem o que acontece à sua volta nem o passar dos anos, que podem virar séculos, e cada vez mais vão perdendo a coesão de sua forma perispiritual, assumindo uma nova forma mais em concordância com o seu estado mental.
    Muitos deles são recolhidos por espíritos sofredores e utilizandos para prejudicar encarnados e desencarnados – imantando-os à nossa constituição perispiritual, onde sugarão nossas energias e influenciarão com pensamentos fixos o nosso próprio pensamento.
    Outros são recolhidos por espíritos mais evangelizados e levados a locais de tratamento fluídico, onde iniciarão seu retorno ao caminho evolutivo. Alguns destes espíritos são ligados a fetos que estão destinados a não vingar (abortos espontâneos) de forma ao contato do perispírito da mãe provocar um choque anímico em seus espíritos paralisados e “ligarem” novamente os seus perispíritos à forma humana.
    Podemos ver a ação e definição sobre estes espíritos ovóides no livro “libertação” do espírito André Luiz, e também no livro “evolução em dois mundos” do mesmo autor espiritual.
    Alguns autores como R.A. Ranieri também se referem a estes espíritos em suas obras – “O abismo”/”Aglon e os espíritos do mar”.
    É importante percebermos que assumir a forma ovóide não significa para o espírito um recuo na escalada evolutiva, em absoluto – o espírito não retrograda (LE 118). Ele não perde nada do que conquistou até aquele momento – apenas paralisa suas potencialidades e, como o perispírito é um veículo fluidico comandado pela mente, assume uma forma compatível com seu estado de paralização mental.
    .
    .
    Ectoparasita (ARDUIN) deve conhecer bem esses, já que é doutor em biologia e espírita:
    Realmente encontramos muitos desencarnados que agem como ectoparasitas, ou seja, absorvendo as emanações vitais dos encarnados que com eles se harmonizam, aqui e ali, como são os que se aproximam eventualmente dos fumantes, dos alcoólatras e de todos aqueles que se entregam aos vícios e desregramentos de qualquer espécie.
    Referência:
    SCHUBERT, Suely Caldas. Obsessão/desobsessão: profilaxia e terapêutica espíritas. 16a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2004. – pt. 1, cap. 15
    .
    Hibernação.
    [...] os criminosos e os viciados de toda sorte, com o espírito encarcerado nas grades das próprias obras escravizantes, não encontram prazer nas indagações espirituais de natureza elevada, reclamando a imersão nos fluidos pesados e H H gravitantes da luta expiatória, em que a dor sistemática vai trabalhando a alma, qual o buril milagroso aprimorando a pedra. Para as entidades dessa expressão, impõe-se torpor quase absoluto, logo após o sepulcro, em vista da falta provisória de apelos enobrecedores na consciência iniciante ou delinqüente. Finda a batalha terrena, entram em período de sono pacífico ou de pesadelo torturado, conforme a posição em que se situam, período esse que varia de acordo com o quadro geral de probabilidades de reerguimento moral ou de mais aflitiva queda que os interessados apresentam. [...] essa etapa [...] [é denominada] de hibernação da consciência. [...]
    Referência:
    XAVIER, Francisco Cândido. Voltei. Pelo Espírito Irmão Jacob. 24a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. – cap. 9
    .
    Jogador.
    [...] O jogador é um parasita social que esquece todos os sentimentos nobres, e, às vezes, a sua sede insaciável de ouro leva-o a ponto de sacrificar a família, ou mesmo os semelhantes, à sua paixão.
    Referência:
    SOARES, Sílvio Brito. Páginas de Léon Denis. 3a ed. Rio de Janeiro: FEB, 1991. – O jogo
    .
    MAIORIDADE ESPIRITUAL (esta é tão boa que estou liderando um movimento pela redução da maioridade espiritual em NOSSO LAR).
    [...] a aceitação e a vivência dos princípios morais do Evangelho de Jesus são condições fundamentais a serem cumpridas, a fim de que as Inteligências Superiores outorguem ao homem terrestre o diploma de maioridade espiritual que lhe permitirá o ingresso efetivo no mundo de relações com a comunidade cósmica a que pertence.
    Referência:
    SANT’ANNA, Hernani T. Universo e vida. Pelo Espírito Áureo. 6a ed. Rio de Janeiro: FEB, 2005. – cap. 1
     
     
    1. CONCEITO DE ZOANTROPIA
    A palavra Zoantropia tem origem do latim (zoo= animal e anthropos= homem) e é o fenômeno em que espíritos desencarnados devotados ao mal se tornam visíveis aos homens sob formas de animais, demonstrando assim sua degradação tanto moral, quanto espiritual. Esse processo de transformação também pode se dá através de uma metamorfose perispirítica, processada através de uma indução hipnótica, em que o desencarnado inferiorizado em suas culpas, ganha a forma animalesca. Uma das espécies de Zoantropia é a Licantropia e a Cinantropia que serão tratadas abaixo.
    2. LICANTROPIA
    Licantropia tem origem do vocábulo grego lykanthropía composto por Lykos (lobo) e tropos (forma), o que significa de acordo com o livro Estudando a Mediunidade de Martins Peralva “é o fenômeno pelo qual espíritos, pervertidos no crime, atuam sobre antigos comparsas, encarnados ou desencarnados, fazendo-os assumir atitudes idênticas às de certos animais.” No caso da licantropia o animal seria um lobo e a pessoa que sofre esse processo é chamada de Licantropo, que é uma palavra que tem origem do vocábulo grego lykaánthropos que significa: “ 1. Alienado que sofre de licantropia.. 2. Por extensão, Lobisomen.”
    É um caso de fascinação em que uma ilusão é produzida pela ação do Espírito sobre o pensamento do médium fazendo o acreditar em coisas absurdas e colocando-o em situações constrangedoras. De acordo com o artigo da Revista Cristã de Espiritismo, n° 35, onde o autor aborda a questão da Zoantropia, ele afirma que se trata de um caso de Subjugação, que de acordo com o Livro dos Médiuns (Capítulo XXIII) se trata de “uma constrição que paralisa a vontade daquele que a sofre e o faz agir a seu mau grado” o que não deixa de ser parecido com a fascinação.
    A licantropia pode ser agressiva ou deformante. No primeiro caso, a licantropia se expressa através da violência, da alucinação e pode chegar ao crime. Já o segundo é um caso extremo onde a pessoa imita os costumes, atitudes e posições de vários animais.
    3. CINANTROPIA
    A cinantropia é uma espécie da zoantropia onde o fenômeno em questão é igual a da Licantropia, mas o animal em que a pessoa se transforma é semelhante a um cachorro. Não constam muitos dados na literatura sobre o assunto.
    4. INFLUÊNCIAS MENTAIS
    De acordo com o artigo Corpo Astral da Revista Cristã de Espiritismo uma das características da “matéria espiritual” é o fato dela ser muito dócil à ação plasmatizante do pensamento. Ela sofre a ação do pensamento e se modela de acordo com as sugestões do mesmo. Essas sugestões são conhecidas como sugestões hipnóticas que são capazes de provocar as transformações perispirituais. Elas podem ser observadas sob dois aspectos: primeiro, através da auto-sugestão gerada por um sentimento de culpa, desenvolvidos através dos erros do passado; segundo, pela ação da mente de outro Espírito inferior, com o qual já há uma sintonia que explora os deslizes que o torna praticamente vulnerável.
    O autor Hermínio C. Miranda nos esclarece que “o hipnotizador, ou o magnetizador, não pode moldar, à sua vontade, o perispítio da sua vítima, mas ele sabe como movimentar forças naturais e os dispositivos mentais, de forma que o Espírito, manipulado com perícia, acaba por aceitar as sugestões e promover, no seu corpo perispiritual, as deformações e condicionamentos induzidos pelo operador das trevas que funciona como agente da vigança, por conta própria ou alheia. Nessas condições, a vítima acaba por assumir formas grotescas, perde o uso da palavra, assume as atitudes e as reações típicas dos animais e é segregado, por tempo imprevisível, de todo o convívio com criaturas humanas normais e equilibradas”.
    Então podemos concluir que afinidade e sintonia são elementos básicos para o estabelecimento do “pensamento de aceitação ou adesão”, conforme diz André Luiz no livro Mecanismos da Mediunidade. Através dos nossos comprometimentos com o passado, desenvolvidos por débitos cometidos junto com outros espíritos inferiorizados, com as quais ainda sintonizamos, poderemos ter a nossa vontade submetidas aos impérios hipnotizantes desses espiritos.
    5. CASOS DE ZOANTROPIA NA LITERATURA
    a) Libertação – André Luiz
    No livro Libertação, pelo Espírito André Luiz, no capítulo 5 “Operações seletivas” narra a visita de André Luiz e Gúbio a um edifício onde ocorria julgamentos no qual a função dos juízes era a “de selecionar delinqüentes, a fim de que as penas lavradas pela vontade de cada um sejam devidamente aplicadas em lugar e tempo justos”. Um deles foi de uma mulher que, diante dos juízes, confessou que matou quatro filhinhos inocentes e tenros e combinou o assassinato do próprio marido, entregando-se depois às “bebidas de prazer”, mas nunca pôde fugir da própria consciência. O juiz então fixou sobre ela as irradiações que lhe emanavam do temível olhar, e disse que a sentença foi lavrada por ela mesma e que ela não passava de uma loba. A medida que a afirmação era repetida, a mulher, profundamente influenciável, passou a se modificar, chegando ao resultado final da licantropia. André Luiz constatou, naquela exibição de poder, o efeito do hipnotismo sobre o corpo perispirítico. Segundo explicações espirituais, ela não passaria por essa humilhação se não a merecesse. No entanto, a renovação mental depende única e exclusivamente dela. Deus mantém a senda redentora sempre aberta a seus filhos.
    b) Nos Domínios da Mediunidade
    No capítulo 23, Fascinação, do livro Nos Domínios da Mediunidade, pelo espírito de André Luiz, há um caso de fascinação onde uma senhora é dominada por um obsessor com o qual teve uma ligação antiga em uma outra vida onde ela o induziu ao mal e por ela não corresponder ao seu devotamento, ele passou a persegui-lá. No fato presenciado por André Luiz, o obssesor hipnotiza a mulher, que influenciada, cai e coleia pelo chão, como se fosse uma irracional, quase uivando como uma loba ferida. Diante da situação, foram transmitidos passes e palavras de conforto para o restabelecimento da vítima.
    c) Diálogo com as sombras – Hermínio C. Miranda
    No livro Diálogo com as sombras de Hermínio C. Miranda, há o caso de um médium que se apresentou incorporado de um Espírito que não conseguia dizer nenhuma palavra e como estava totalmente animalizado, somente sabia rosnar e queria morder o Orientador. Mantinha as mãos fechadas como se fossem patas. O grupo conversou com ele tentando convencê-lo de que ele era um ser humano e não um animal. Após muitas preces comovidas e passes, ele começou a ficar mais calmo e pareceu ter readquirido sua forma humana, pois passou a “conferir” seus braços, pés, mãos, etc.
    d) Bíblia
    Há um caso de zoantropia na bíblia em Daniel, capítulo 4, versículo 25 a 34, onde narra a história do rei da Babiblônia, Nabucodonosor, que após sua exaltação onde disse que construiu a Babilônia para fazer dela sua mansão real e para servir à gloria de sua majestade, escutou uma voz que lhe disse “Isto é a ti, ó rei Nabucodonosor, se intima: O teu reino passará de ti a outro possuidor, e lançar-te-ão da companhia dos homens e a tua habitação será com as alimárias e feras: comerás feno como o boi, e sete tempos passarão por cima de ti, até que reconheças que o Excelso tem um poder absoluto sobre os remos dos homens, e que os dá a quem lhe apraz.” Assim, viveu como um animal durante sete anos, findo o período, ele retomou a forma humana, seu reino e o juízo, e reconheceu que o Altíssimo domina sobre a realeza glorificando a Deus e a Sua Justiça e reconheceu que diante Dele nenhum habitante da terra tem importância.
    6. TRATAMENTO ESPIRITUAL
    Os casos de licantropia são os mais dificies de serem resolvidos. De acordo com Áulus no livro Domínios da mediunidade: “Não basta arrancar o joio. É preciso saber até que ponto a raiz dele se entranha no solo com a raiz do trigo, para que não venhamos a esmagar um e outro.”
    O autor Hermínio C. Miranda afirma que: “O trabalho de resgate desses pobres irmãos, que chegam até a perder a consciência da sua própria indentidade, é tão difícil quão doloroso, e jamais poderá ser feito sem a mais ampla cobertura espiritual… eles se voltam contra o grupo mediúnico, que precisa estar preparado, resguardado na prece e em imaculada pureza de intenções”.
    Para revertemos esses casos de deformações do períspirito não são necessários nenhum produto farmacêutico convencional e sim, somente, o humilde arsenal terapêutico da medicina dos espíritos que é a prece, o passe, a cooperação dos irmãos espirituais, a água fluidificada, o amor e principalmente a fé. O perdão também é necessário nos casos em que a vítima se sente culpada pelos seus débitos passados e continuam se sintonizando com aqueles que participaram de seus atos errôneos.
    No caso descrito por Hermínio C. Mirando, no livro Diálogo com as Sombras, ele cita que durante as emissões de passes na vítima e as preces comovidas, eles também conversavam com ele, insistindo que o mesmo era um ser humano e não um animal. Foram ditas palavras amorosas, um tipo de sugestão hipnótica positiva, permitindo assim que ele restituísse sua forma perispiritual de ser humano.
    Com isso concluímos que a melhor forma de favorecer a cura de pessoas que estão sofrendo a atuação desses espíritos inferiores é o estudo diário e incessante do Evangelho e da Doutrina, o trabalho incessante na seara do bem e sempre ter presente no coração, o amor.
    Graças à reencarnação todos os que hoje estão perdidos nos mundos inferiores poderão se redimir e resgatar as suas dividas. Podendo assim, alcançar as bênçãos divinas.

  140. Marciano Diz:

    PASTOR, com todo o respeito que o amigo merece, gostaria que comentasse o seguinte fato:
     
     
    http://blogs.odiario.com/inforgospel/2014/03/10/bispo-macedo-lider-da-universal-diz-os-espiritas-sao-mais-fieis-que-os-evangelicos-assista/
     

  141. Marciano Diz:

    O bispo Macedo revela que já foi seguidor e frequentador da religião Espírita e diz que os espíritas são pessoas mais fiéis aos espíritos que os evangélicos a Jesus, e faz criticas a falta de entrega de alguns crentes.

  142. Marciano Diz:

    Outra fonte para o fato:
    http://noticias.gospelmais.com.br/bispo-macedo-acusado-ensinar-espiritismo-citar-crenca-espirita-28128.html

  143. Marciano Diz:

    O CACP classificava a IURD como movimento contraditório devido à confissão de fé da denominação que, apesar das práticas heterodoxas, era semelhante as demais confissões evangélicas. Acontece que a IURD incorporou em suas práticas ritos católicos como; novenas, ramos, água benta, procissão… E também ritos das religiões afro-brasileiras, como; fita, rosa ungida, peixe orado, sabonete do descarrego, espada de S. Jorge, enxofre, sal grosso, desmanche de trabalhos, invocação de espíritos da umbanda e candomblé (exu, pomba-gira, caboclo, guias, tranca-rua e outros)… Enfim, realmente a IURD é um sincretismo místico da cultura brasileira – é uma igreja 100% mande in Brazil! Pra piorar esse marasmo sincrético, a IURD conseguiu superar todos os movimentos heterodoxos incorporados, ou seja, ela ficou mais estereotipada do que as facções que ela aderiu. Afinal de contas, nenhum desses movimentos incorporados à ela defende a Liberalização do Aborto. Podemos arrazoar com certeza que a IURD é muito mais corrompida teologicamente do que a Macumba e o Catolicismo.
     
    Quando mostro a problemática em que se envolveu a IURD, alguns resolvem sair na sua defesa alegando o exponencial crescimento, tentando assim colocá-la como uma Igreja de Deus. O meu questionamento a essas pessoas giraria em torno das evidências e estatísticas. Será que toda a denominação religiosa que cresce é cristológica ou de acordo com a Bíblia? E o que dizer dos centros espíritas, eles são ajustados com a teologia Protestante? – E por que crescem tanto? E o Kardecismo, que tem se alastrado pelo mundo afora, é um movimento evangélico? E o que dizer do crescimento das religiões orientais como; islamismo, budismo e hinduísmo?Podemos concluir que o conselho de Gamaliel estava equivocado neste aspecto (Cf. At. 5), pois nem tudo que cresce pode ser definido como sendo um movimento evangélico bíblico.

  144. Marciano Diz:

    Para encerrar, por hoje, já que estou só aqui:
     
    FOTO AUTÊNTICA DO BISPO MACEDO DE MÃOS DADAS COM O PRÓPRIO SATANAZ
    http://nosbastidoresdaigrejauniversal.blogspot.com.br/

  145. Marciano Diz:

    SATANÁS.
    Foi o poltergeist.

  146. Marciano Diz:

    Mais uma, para rematar:
    http://www.genizahvirtual.com/2011/12/edir-macedo-assume-o-espiritismo.html

  147. Marciano Diz:

    Não, o remate vai ser este:
     
    A IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS CRÊ QUE UM CRISTÃO PODE SER POSSESSO POR ESPÍRITOS MALIGNOS.
     

    A forma em que o mundo é visto pelos líderes e pregadores da IURD, sua cosmovisão, dá lugar à crença na possessão de crentes por demônios. Este pensamento é claro no livro Orixás, Caboclos & Guias: Deuses ou Demônios[Bispo Macedo, Orixás, Caboclos & Guias: Deuses ou Demônios (Rio de Janeiro: Gráfica e Editora Universal LTDA, 1996) 115-118] no capítulo 15, “Crentes endemoninhados?” Macedo afirma claramente que o capítulo é fruto de sua observação:
     

    “Este capítulo não existira se eu não tivesse visto constantemente pessoas de várias denominações evangélicas caírem endemoninhadas, como se fossem macumbeiras, ao receberem a oração da fé.”[op.cit., pág. 115.]

    Macedo não oferece nenhum texto bíblico argumento para comprovar tal doutrina.
    As Escrituras ensinam que nenhum verdadeiro crente, em quem habita o Espírito Santo, pode ficar endemoninhado; i.e. o Espírito e os demônios nunca poderão habitar no mesmo corpo (ver II Co 6:15, 16). Os demônios podem, no entanto, influenciar os pensamentos, emoções e atos dos crentes que não obedecem aos ditames do Espírito Santo (Mt 16:23; II Co 11:3, 14).
     
     

    A IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS FAZ DA DEMONOLOGIA O ASSUNTO PRINCIPAL DE SUA TEOLOGIA.
     

    Uma outra corrupção prática da IURD decorre da sua doutrina fundamental de que todos os males que acometem as pessoas, a sociedade, a Igreja, e os cristãos individualmente, são produzidos diretamente por demônios, os quais se instalam nas vidas destas pessoas (crentes ou descrentes) e nas estruturas sociais, políticas e econômicas.[ Por exemplo, Macedo considera a Rede Globo de Televisão como “a própria encarnação do diabo”, cf. Veja, 1421, 74-75.] Em decorrência, para a IURD, a estratégia principal da Igreja para ajudar as pessoas é sempre confrontar e expelir essas entidades malignas. Esta visão do mundo e da missão da Igreja é uma característica distintiva da IURD, e de outras igrejas que adotam a “batalha espiritual”.
     

    No pensamento da IURD, em sua ação pastoral, missionária e evangelística, a Igreja deve sempre empregar o método de expulsão de demônios para libertar as pessoas e a sociedade destes males. Concordamos com D. Powlison, em sua crítica ao movimento de “batalha espiritual”, ao afirmar que o que está por detrás dos ministérios de libertação individual é a crença equivocada de que “os demônios do pecado residem dentro do coração humano”.[ David Powlison, Power Encounters (Grand Rapids: Baker Books, 1995) 29.] A característica principal dos modernos movimentos de “libertação”, entre eles a da IURD, é a expulsão de demônios, o que caracteriza uma profunda distorção do ensino bíblico sobre a prática pastoral. O livro de Macedo, Orixás, Caboclos & Guias: Deuses ou Demônios se propõe a esclarecer este “ministério”, ensinando inclusive, como se deve agir na “missão de ajudar as pessoas a se libertarem”.[ Bispo Macedo, Orixás, Caboclos & Guias: Deuses ou Demônios, 170.]
     

    Grande parte da doutrina da “Batalha Espiritual” é centrada num dualismo exagerado entre Deus e o diabo. Como se fosse uma luta de duas forças iguais, o que é inadmissível.
     

    A práxis iurdiana ainda coloca o homem numa posição de “combatente” no qual Deus depende para vencer as atividades malignas. Deus, contudo, é soberano e está no controle de tudo. Ele não precisa da ajuda de ninguém para agir – (I Cr 29:11; Dn 4:35; Sl 115:3; I Tm 6:15; Ef 1:11; Rm 11:36; Sl 39:9).

  148. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    É um artigo ou está nos comentários
    ===============================================================
    Foi um comentário que fiz acerca do conteúdo dum dos livros – que, claro não li – propostos pelo Administrador, desses novos médiuns brasileiros desvinculados da FEB. Até comentei que aretórica de pelo menos um deles segue o modelo Divaldista (a retórica, i.e., a mise-en-scène, não o conteúdo específico).
    Eu achei uma entrevista com o espírito que orientou o livro – não é um ditado literal como nos divaldistas + chiquistas – onde ele explica sobre uma malha que os demônios colocam sobre os médiuns na sessão mediúnica bloqueando a mediunidade; e fala que coletam espíritos-ovos (o que é fácil porque como eles irão se defender?) e os pões também no ambiente do centro – ou templo, claro. Coincide com o que fizeram no do Pastor visto pelo amigo do Dr.!
     
     
    ==============================================================
    Acho que AL fala nos tais ovóides
    ==============================================================
    Sim, os ovos são chiquistas, de sorte que o médium esse está completamente fundamentado.
    Aliás, por falar nisso, sabe que eles podem às vezes se alojarem nos testículos dos terrícolas, não :?:

  149. Vinicius Diz:

    “Aliás, por falar nisso, sabe que eles podem às vezes se alojarem nos testículos dos terrícolas, não :?:
     
    Sim , só não me recordo em que livro(s) consta isso. Talvez do DPF/Miranda.

  150. Gorducho Diz:

    Sr. Administrador
    ¿como é o nome daquele outro médium espírita sem ser o Gimenes, meio que da linha do Robson Pinheiro?
    Acho que foi ele quem recebeu a questão da colocação dos ovos nos centros espíritas p/perturbar o ambiente…

  151. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Eu já fui na Universal junto com amigo médium. Este disse que viu abaixo do tablado vários desencarnados escuros e formatos de seres estranhos.
    ===============================================================
    Cá temos a confirmação empírica dada pelo médium vidente amigo do Dr.
    Note-se especificamente que os ovoides se apresentam efetivamente numa coloração plúmbea [pergunta #2]; ou seja, escuros como o médium os viu no templo.
    http://paradigmaespirita.blogspot.com.br/2011/12/questao-dos-espiritos-ovoides.html

  152. Vinicius Diz:

    “Nem todos espíritas conhecem a fundo as questões relacionadas a ectoplasmas, espíritos ovóides e larvas espirituais. É uma área de estudo mais científica do Espiritismo voltado para essas questões “mais complexas”. ”
     
    Logo no começo já me espantou : “científica” ???
     
    Complexas sim! Entender como um ser espiritual fica no testiculo do cara é muito complicado entender!!! Nem piolho fica lá…(eu acho )

  153. Vinicius Diz:

    “R. Sim, é verdade, eles são vistos por muitos médiuns e descritos por espíritos protetores ou orientadores como André Luiz. Na realidade é o seu corpo espiritual (=perispírito=corpo astral ) que se acha deformado assumindo esta morfologia”
     
    Principalmente depois que se empanturram de leituras chiquistas e divaldistas… passar a ver isso em todo lugar…

  154. Gorducho Diz:

    Mas note que não é exatamente desse artigo que estou falando. É uma entrevista c/o próprio espírito que ditou a obra a qual perdi onde está ( :?: )
    O espírito é bem explícito em citar exatamente o que ocorreu no templo do Pastor…

  155. Eu Sou a Universal Diz:

    Amigo Marciano, obrigado pelo glossário que contribui para o meu conhecimento. Não sabia que o Kardecismo ou Chiquismo tinha tantas particularidades. Quanto ao nosso Líder dizer que os macumbeiros são mais fiéis é sim certo, pois o fiel da macumbaria sabe que se não cumprir a obrigação com a entidade (os demônios na verdade) sua vida vai andar toda para trás. Então por medo eles cumprem os rituais a eles impostos. Quanto ao CACP, não há um movimento religioso que escape deles, mas eles mesmo não se assumem como nada. Fica difícil , pois eles não tem posição nenhuma que afirme que eles estão certos quanto ao que professam. Quanto a foto com o Sr Lula, é por circunstâncias de algum evento. Não o defendo, não gosto de sua política. Quanto a evangélicos possuídos pelo demônio, é possível sim, pois muitos estão ali só de corpo, de vestimenta de evangélico, mas não é uma boa pessoa fora da igreja. Desses que dão brechas, o inimigo se aproveita mesmo. Citando rapidamente uma passagem que representa esses crentes possessos: Mateus 7:21 Nem todo aquele que diz a mim: ‘Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus”.

  156. Gorducho Diz:

    O que é CACP :?:
     
     
    ===============================================================
    O Gospel Prime ouviu o Pastor Armando Taranto Neto, da Assembleia de Deus, sobre as doutrinas cristãs a respeito do espiritismo. “A Bíblia Sagrada deixa claro em vários textos que falar com os mortos é coisa abominável ao Senhor
    ===============================================================
    Certo, mas fica claro que na crença dele os espíritos de mortos (implícito: ex-terrícolas, criados a partir do barro, não de fogo sem fumo…) existem. Só é proibido se comunicar como fez o Saul.

  157. Gorducho Diz:

    Provavelmente o vídeo tenha sido editado, mas na parte que aparece o Bispo fala mesmo que o médium recebe o espírito mesmo que em vida tivessem sido da vovozinha do Crente!
    Só que ele confunde c/o espírito do Dr. Bezerra; porque as vovozinhas chiquistas não se parecem com as vovozinhas terrícolas, como bem cá testemunhou o Dr. Elas só falam em Jesus descrentes e desbocadas.

  158. Gorducho Diz:

    e proferem palavras meigas e consoladoras, mesmo se em vida fossem descrentes e desbocadas.
    O Bispo parece ter em mente o Divaldo incorporando Dr. Bezerra :!:

  159. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, não são espíritos de pessoas falecidas que viveram entre nós. São DEMÔNIOS. E estes imitam os falecidos e tem de seus truques para enganar os espíritas. Ou quem vai buscar consultas com médiuns.

  160. Vinicius Diz:

    e onde os demônios ficam enquanto não são consultados ou chamados, Sr. Pastor?
    ficam “vagando”, aguardando comando de Satanás?

  161. Vinicius Diz:

    dr. Bezerra morreu em 11 de abril de 1900. Segundo o Espitismo os espiritos reencarnam, só que este não mais. Até hoje ele aparece em sessões. São 116 anos ajudando o Brasil junto com Celina (que é assessora da Mãe Maria, padroeira do Brasil).

  162. Vinicius Diz:

    “Quanto a evangélicos possuídos pelo demônio, é possível sim, pois muitos estão ali só de corpo, de vestimenta de evangélico, mas não é uma boa pessoa fora da igreja. Desses que dão brechas, o inimigo se aproveita mesmo. ”
     
    Tem diversos livros “psicografados” narrando que isso também acontece com os espiritas. “Bondosos” dentro do Centro e impiedosos no dia-a-dia. Dizem que são os obsessores : quando o espirita entra no Centro, deixa para fora uma “penca” de obsessores e quando ele sai do Centro eles retornam.
     
    NA FEESP há um batalhão de guardiões que “expulsam” os obssessores para longe do portão. Eles ficam numa esquina aguardando a saída de seus obsediados.
     
    Dr. Orlando já deve ter ouvido falar disso :mrgreen:

  163. Vinicius Diz:

    Esse livro fala da colônia sobre São Paulo
     
    http://magazineparqueoratorio.com/wp-content/uploads/2015/10/O_Instituto_da_Confraternizacao_Universal.pdf
     
    Lembrando, GORDUCHO, da ficha “Kardex”
    “Depois de nos libertarmos dos nossos pontos de vista “terrenos”, fomos novamente convidados a conhecer o Salão da Direita, e, qual não foi a nossa surpresa, ao nos defrontarmos com um enorme fichário, onde milhões de fichas se encontravam destacadas por cores diversas.
    Perguntamos o que, ou melhor, de quem eram aquelas fichas, e os Espíritos Maiores nos disseram que todos aqueles que, através das Escolas de Aprendizes, ou de uma reforma íntima, se tornaram discípulos de Jesus estavam ali fichados, para que fossem acompanhados no seu desenvolvimento terreno.
    Com essa explicação soubemos que todos os anos os Benfeitores responsáveis descem à Terra, para analisar tudo o que fazemos e o que fizemos; eles vêm munidos de um pequeno aparelho filmador; verificam e filmam, através do nosso pensamento, a capacidade que tivemos de servir e de amar. Essa película adquirida vai juntar-se à ficha guardada no Salão da Direita, no Plano Maior.
    À proporção que o trabalhador terreno se aprimora, sua ficha vai ganhando colorido mais luminoso.”

  164. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    não são espíritos de pessoas falecidas que viveram entre nós. São DEMÔNIOS.
    ===============================================================
    Sim, deveria ser. Mas da forma que aparece no vídeo só essa parte parece que ele se refere de fato à vovozinha, como alfinetam os oponentes de vocês.
    Se tiver todo vídeo, seria bom…
    Cá sempre temos o hábito de conferir os originais, como já deve ter percebido.
    E quanto àquele outro pastor citado pelo AMa ele cometeu ato falho! Pois se é proibido se comunicar c/os mortos é porque é possível. Como consumir cocaína/crack é proibido porque essas substâncias existem e tem que as consuma, certo?

  165. Eu Sou a Universal Diz:

    Ficam no inferno sr Vinícius, onde mais? Se são demônios habitam lá nas trevas infernais. E sim, agem sob o comando do satanás.

  166. Vinicius Diz:

    outro trecho desse livro (utilizei esse livro em um curso de uma grande instituição espírita)
     
    Veja o que acha PASTOR
     
    “Seres Pequeninos:Apresentam-se como uma legião de anões, oriundos de diversas partes do Espaço; existem os de tez clara, olhos azuis ou esverdeados; existem os típicos mongóis de olhos amendoados e, ainda, os de origem africana.
     
    “São Espíritos que ainda não desenvolveram a inteligência, a ponto de não modificarem a própria forma, porém, sentindo necessidade de transformação, procuram desenvolver o sentimento da solidariedade.”
     
    “Os orientadores espirituais, principalmente aqueles que dirigem o socorro espiritual às crianças, os utilizam, com frequência, para manterem a higiene nos locais de trabalho; ”
     
    “daí, a confusão de alguns médiuns, que julgavam ver crianças trabalhando”
     
    “Em 50 anos de lides mediúnicas, nunca encontramos Espíritos desencarnados com pouca idade, em tarefa na Terra”
     
    “Quanto aos espíritos-anões, que já tem consciência do Bem e do Mal e sabem que só ajudando é que serão ajudados, são orientados pelos Benfeitores, a prestar colaboração, não só em serviços de higiene, mas também a cuidar de determinadas crianças com mediunidade, brincando com elas, para que não se assustem vendo seres etéreos”….

  167. Gorducho Diz:

    https://www.youtube.com/watch?v=0H8WYMCKAlQ
     
     
    Claro que creio o vídeo esteja maliciosamente truncado. Mas como está, o Bispo não nega a possibilidade da vovó incorporar; aliás ele devia ter em mente o Divaldo incorporando Dr. Bezerra para construir o exemplo.
    Na prática, os espíritos chiquistas são padronizados, não refletindo cada um características individuais dos falecidos. Mas não anula o fato do Bispo, considerado só esse trecho, ter admitido o espiritismo :!:

  168. Vinicius Diz:

    Parece ser uma truncagem GORDUCHO. Edir deve estar explicando que o demônio pode se disfarçar em parentes.
    Veja o tratamento dado ao espírito obsessor e que Dr.ORLANDO não recomenda ser dessa forma:
     
    https://m.youtube.com/watch?v=ghdMByLaYJ4

  169. Vinicius Diz:

    em mente o Divaldo incorporando Dr. Bezerra para construir o exemplo”
    Sim, fala em Jesus que manifesta respladencente e tal e não encurvado como uma senhora :mrgreen:
    Mas financeiramente falando DPF é insignificante a ele, creio que não se refira a ele e sim que os demônio se manifestam como se estivessem sofrendo e agonizando.

  170. Marciano Diz:

    Amigo Pastor,
    Obrigado pela resposta.
    A foto do Macedo com o Lula foi uma brincadeira, pois não estou comparando Lula com o demônio, pois seria injustiça para com este último.
    O amigo sabe que gosto de fazer umas brincadeiras, o que não impede que o conteúdo tenha seriedade, posto que sei que é um homem sério, dedicado à sua religião, mas advirto o amigo para que tenha mais cuidado com o líder de sua igreja, pois o texto de Mateus citado pelo amigo certamente se aplica a Macedo.
     
     
    Gorducho Diz:
    MAIO 23RD, 2016 ÀS 4:13 PM
    O que é CACP
     
     
    http://www.cacp.org.br/

  171. Marciano Diz:

    GORDUCHO talvez se pergunte:
    – O que AMa quer com o CAPC :?:
     
     
    Resposta:
    Temos alguns interesses em comum.
    Por exemplo:
     
    http://www.cacp.org.br/pt-confirma-que-queria-uma-ditadura-no-brasil/

  172. Gorducho Diz:

    Não fazia ideia do que fosse esse CAPC
     
    Não me surpreende porque conheço muito bem as técnicas gramscianas para apropriação hegemônica de poder; e sei que essa gente – menos o Lula que é um político pragmatista – sempre tiveram esse ideário.
    Mas é bom que tenha vindo a lume transparentemente quem eram os verdadeiros golpistas.
    Essa é a fonte origianl – depois procurarei achar o documento do PT em si mesmo (parafraseando o Kant)
    http://oglobo.globo.com/opiniao/pt-confirma-aparelhar-em-nome-do-projeto-19347564
     
    Agora o Maduro vai ter que pedir papel higiênico pro Morales ou então remessas do Granma (não conheço o Ecuador, nem faço ideia de como seja, e não sei se tem papeleiras do segmento lá :( ).

  173. Gorducho Diz:

    DESCULPE SR ADMINISTRADOR
    i) feche;
    ii) e me responda a pergunta que lhe fiz sobre o médium.
    Ficará como paga pela provocação gratuita que me fez acerca da materialização.

  174. Vitor Diz:

    GORDUCHO: “como é o nome daquele outro médium espírita sem ser o Gimenes, meio que da linha do Robson Pinheiro?”
    .
    Agnaldo Paviani?

  175. Gorducho Diz:

    É um que publica a entrevista do guia dele onde ele (guia) descreve exatamente o que o médium vidente amigo do Dr. viu debaixo do altar, i.e., catam ovódes e os colocam nos ambientes p/perturbá-los, claro.
    Também fala numa rede de bloqueio de mediunidade que colocam sobre os membros dos trabalhos; que também se confirmou pelo Dr. de Miranda quando esteve trabalando na Indonesia.
    Vou ver depois se foi este médium.

  176. Vinicius Diz:

    Será que é o Bruno J Gimenez?
     
    http://obraspsicografadas.org/2016/livro-gratuito-ativacoes-espirituais-de-bruno-j-gimenez-2012/

  177. Gorducho Diz:

    Pois é incrível: cá no meu navegador tem um buraco entre maio 6 (Jeanne d’Arc par elle-même) e abril 22 quando AMo desistiu enfurecido pela chatice da série Ψ :!:

  178. ovoide Diz:

    Qual a diferença entre paranormal e médium?

  179. Gorducho Diz:

    Paranormal, segundo a ideologia da Casa, é, literalmente, qualquer coisa: desde um indivíduo que olha pro zimbório da catedral gótica de Metz (diz que… , não conheço!) e cura um indivíduo em NY; até outros que influenciam os resultados do experimento dupla-fenda pensando na fenda (experimento que em breve será cá no Brasil replicado…).
    médiuns são indivíduos que operam via espíritos espíritas, i.e., seres desencarnados com mesma natureza metafísica que nós (diferentemente de anjos & demônios que foram feitos de fogo sem lume).

  180. Gorducho Diz:

    Fogo sem lume é maus, mas na verdade foi sem querer uma boa definição tanto de médiuns quanto de paranormais :mrgreen:
     
    Fogo sem fumo – note que que mantém comércio com anjos ou demônios não é médium, acho.

  181. Gorducho Diz:

    No âmbito da medicina, paranormalidade é quando o indivíduo dotado e.g. desmaterializa – sem a mulher mijar, bien sûr – a água duma barriga d’água da noite pra manhã.
     
    mediunidade é quando o indivíduo, possuído por um médico desencarnado – preferencialmente alemão ou polonês – faz uma incisão e extraio que tem que extrair sem utilizar centros cirúrgicos e toda burocracia associada…

  182. Marciano Diz:

    GORDUCHO, não imagina como estou satisfeito em saber que você conhece o Antonio Gramsci e sua cartilha, o fórum de São Paulo, as milícias petistas disfarçadas de movimentos sociais, etc.
    Não imagina quanta gente bem informada nunca ouviu falar dessas técnicas e é manipulado sem o perceber.
     
    Quem mantém comércio com demônios não é médium, é feiticeiro ou bruxo, acho.

  183. Marciano Diz:

    As mais variadas crenças religiosas ou pseudocientíficas não se constituem em ameça imediata à nossa liberdade, no momento (salvo, talvez, o Islã, que está se associando com o esquerdismo no mundo todo), mas a religião laica chamada de esquerdismo ameça nossa liberdade, nossa economia (do mundo, não do nosso país), ameaça levar-nos de volta no tempo.
     
    Alianças contra um inimigo comum, numa certa conjuntura, são comuns.
    No momento, Islã e esquerda estão se aliando, no passado, CCCP e USA se aliaram contra o nazismo, e eu aceito qualquer cristão que me ajude a combater a esquerda corrupta que está se instalando no Brasil e até nos States e na Europa.
     
     
    Estou curioso para achar seu comentário sobre os ovoides sabotadores de centros, mas também não consigo encontrá-lo.

  184. Gorducho Diz:

    Sou alienado por opção da política, mas não pense que não conheço nada.
    Já trabalhei correlatamente e, se soubesse alguns parentes que tenho, se horrorizaria – nem pode imaginar.
    E paramos na casa deles e tudo…

  185. Gorducho Diz:

    By the way: não lhe deve ter passado desapercebida o homenagem que fiz ao Analista Borges

  186. Marciano Diz:

    GORDUCHO, eu sempre fui apolítico, mas diante do risco que estamos correndo, não posso me dar ao luxo de continuar inerte.
    Ser apolítico, é uma coisa, ser alienado, é outra.
    Apolítico é quem conhece a política, mas não quer se meter nela.
    Alienado é quem nem sabe que está sendo manipulado e acha que sabe o que acontece.
    Eu conheço algumas figuras importantes, também, do bem e do mal, com as quais não convivo atualmente, mas com as quais já tive convívio íntimo.
    Aqui mesmo teve um frequentador que é primo de uma figura importante na política (de forma indireta) no momento.
     
    Voltando ao assunto e tentando esclarecer o ovoide que por cá apareceu, que não se é um novo comentarista ou um antigo, como novo nom de plume.
     
    Os dicionários nem sempre são o melhor meio para nos familiarizarmos com conceitos, mas no caso em tela, acho que são perfeitos.
     
     
    paranormal
    [De par(a)- + normal.]
    Adjetivo de dois gêneros.
    1.Diz-se de pessoa a quem se atribuem grau de experiência e ações incomuns, fora do ordinário da capacidade humana de sentir e fazer.
    2.Que está fora dos limites da experiência normal ou dos fenômenos explicáveis cientificamente:
    “O exame mais aprofundado dos fenômenos paranormais, como a telepatia, a percepção extra-sensória e a telekinesis” (Mário da Silva Brito, O Fantasma sem Castelo, p. 41).
    Substantivo de dois gêneros.
    3.Pessoa paranormal (1).
     
     
    médium
    [Do lat. medium.]
    Substantivo de dois gêneros.
    1.Segundo o espiritismo, o intermediário entre os vivos e a alma dos mortos. [Pl.: médiuns.]
     
     
    paranormal Datação: 1920

    adjetivo de dois gêneros
    1 que não faz parte dos fenômenos ou experiências normais; cientificamente inexplicado ou inexplicável; sobrenatural

    ? substantivo de dois gêneros
    2 pessoa que tem qualidades ou poderes (ger. psíquicos) paranormais

     
     
    médium Datação: 1881

    substantivo de dois gêneros
    1 segundo o espiritismo, pessoa capaz de se comunicar com os espíritos
    2 Derivação: por extensão de sentido.
    pessoa detentora de dons que supostamente lhe permitem conhecer coisas, dados, ocorrências etc. por meios sobrenaturais

  187. Marciano Diz:

    Não passou despercebida. Eu também rendo homenagens ao Borges, volta e meia.
    E o comentário dos ovoides sabotadores?
    Encontrou-o?

  188. Marciano Diz:

    Claro que não sou dono da verdade e minhas opiniões políticas são 50/50.

  189. Vinicius Diz:

    a palavra “médium” foi invenção do Kardec?

  190. Marciano Diz:

    Nem todas as opiniões são igualmente válidas, valem mais as que possuem melhores argumentos a seu favor e as que melhor resistem à prova de fogo do debate com as objeções que lhe são colocadas.
    Existem fatos e existem interpretações, e interpretações não são somente uma questão de opinião.
    Apesar disso, duas opiniões contrárias valem exatamente a mesma coisa, é uma questão de opção.

  191. Marciano Diz:

    A datação da palavra medium com o significado de meio entre supostos espíritos e gente de carne e osso, no Houaiss, é de 1881, em português.
    O LM, do Rivail, foi publicado em 1861.
    Com a conotação de intermediário entre supostos espíritos e gente, não sei quem a criou, mas certamente Rivail popularizou o termo.
    Acho que Rivail inspirou-se nas irmãs FOX, para escrever sua teoria sobre les esprits.
    Essas irmãs eram umas raposas.

  192. Marciano Diz:

    E não eram nem um pouco foxy.

  193. Marciano Diz:

    1575-85; < Latin: the middle, noun use of neuter of medius middle.
    The singular media and its plural medias seem to have originated in the field of advertising over 70 years ago; they are still so used without stigma in that specialized field. In most other applications media is used as a plural of medium. The popularity of the word in references to the agencies of mass communication is leading to the formation of a mass noun, construed as a singular . This use is not as well established as the mass-noun use of data and is likely to incur criticism especially in writing.
    First Known Use: 1589.
    Merriam-Webster.

  194. Marciano Diz:

    Claro que como meio de comunicação entre imaginários espíritos e gente surgiu no século XIX, quando virou moda a comunicação com mortos, prática tão antiga que chega a ser condenada na bíblia.
    Com seu manual na forma de questionário, Rivail popularizou o termo, se não o inventou, com este específico sentido.
     
    A palavra “medium”, no sentido de meio de comunicação entre mortos e vivos, pressupõe a prova da existência de espíritos, que sobreviveriam à morte dos indivíduos, o que nunca foi provado.
    A não ser que consideremos como provas as mesmas que provam o monstro de Loch Ness, UFOs, etc.

  195. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano ou outro… ajuda ae: eu estava vendo algo sobre a Família Adams e eu me amarro no Tropeço. Seu nome original em ingês é “Lurch”. Mas o que significa “Lurch” ? Literalmente no dicionário é guinada; bordos; desamparo; emboscada. Alguém pode ter o apelido ou nome de ‘emboscada’/'guinada’ em inglês?

  196. Marciano Diz:

    A palavra psychic é normalmente empregada com o sentido de paranormal, em português, mas, às vezes, com o sentido de médium, o que engana os incautos, dizendo que ele é capaz de falar com os mortos e você, não.
    A palavra que designa quem é capaz de falar com deus e servir de intermediário entre ele e mortais comuns é “marciano”.
    Por falar nisso, conversei com deus ainda há pouco, e ele me disse que deveria avisá-los de que seus desígnios são de que cada um dos que lerem esse comentário deposite até amanhã mil reais em minha conta.
    Serão recompensados com a vida após a morte, sentados ao lado direito de FG.
    É uma pechincha!
    De brinde, ainda podem ganhar rios de mel, leite e muitas virgens.
    E não se esqueçam de votar em mim, nas próximas eleições presidenciais.

  197. Vinicius Diz:

    ” sentados ao lado direito de FG.”
    Mas se vamos ficar sentados para que virgens???
    Se bem que você não colocou “sentados sempre”…
    cá entre nós, se NL e o céu existissem seria uma chatice danada…
    e os livrinhos de faroeste do DPF então…

  198. Gorducho Diz:

    Não quer dizer bamboleante :?:

  199. Marciano Diz:

    VINICIUS, não se preocupe com detalhes.
    Na primeira vez que você pegar uma virgem, ela deixa de ser virgem.
    Não seja um estraga-prazeres e deposite logo os mil reais.
    COC
    Os dicionários nem sempre são o melhor meio para nos familiarizarmos com conceitos, mas no caso em tela, acho que são perfeitos.
     
     
    paranormal
    [De par(a)- + normal.]
    Adjetivo de dois gêneros.
    1.Diz-se de pessoa a quem se atribuem grau de experiência e ações incomuns, fora do ordinário da capacidade humana de sentir e fazer.
    2.Que está fora dos limites da experiência normal ou dos fenômenos explicáveis cientificamente:
    “O exame mais aprofundado dos fenômenos paranormais, como a telepatia, a percepção extra-sensória e a telekinesis” (Mário da Silva Brito, O Fantasma sem Castelo, p. 41).
    Substantivo de dois gêneros.
    3.Pessoa paranormal (1).
     
     
    médium
    [Do lat. medium.]
    Substantivo de dois gêneros.
    1.Segundo o espiritismo, o intermediário entre os vivos e a alma dos mortos. [Pl.: médiuns.]
     
     
    paranormal Datação: 1920

    ? adjetivo de dois gêneros
    1 que não faz parte dos fenômenos ou experiências normais; cientificamente inexplicado ou inexplicável; sobrenatural

    ? substantivo de dois gêneros
    2 pessoa que tem qualidades ou poderes (ger. psíquicos) paranormais

     
     
    médium Datação: 1881

    ? substantivo de dois gêneros
    1 segundo o espiritismo, pessoa capaz de se comunicar com os espíritos
    2 Derivação: por extensão de sentido.
    pessoa detentora de dons que supostamente lhe permitem conhecer coisas, dados, ocorrências etc. por meios sobrenaturais

    Lurch, como substantivo, significa:
    An unsteady uneven gait;
    A decisive defeat in a game (especially in cribbage);
    Abrupt up-and-down motion (as caused by a ship or other conveyance);
    The act of moving forward suddenly.

     
    Teve um jogador de rugby, australiano, que era apelidade de Lurch (seu nome era John O’Neill).
     
    Nas histórias do Donald Duck tinha um tal de Lurch McDuck.
     
    Tem uma música antiga irlandesa em que o cara canta “left standing in the lurch, at the curch” (deixado ao abandono, na igreja – Alone Again).
     
     
    É tudo o que sei.
    Não sei a razão de o personagem frankensteiniano ter esse apelido.
    A hipótese lipídica é plausível.

  200. Marciano Diz:

    Lurch, como substantivo, significa:
    An unsteady uneven gait;
    A decisive defeat in a game (especially in cribbage);
    Abrupt up-and-down motion (as caused by a ship or other conveyance);
    The act of moving forward suddenly.

  201. Marciano Diz:

    https://en.wikipedia.org/wiki/John_O%27Neill_(rugby_league)
    Lurch McDuck[edit]
    Lurch McDuck, also known as Sheik Beak, is Scrooge’s cousin in the 1968 story “The Doony Desert Dilemma” by Vic Lockman and Tony Strobl. An imposter calling himself Lurch McDuck and claiming to be Scrooge’s long-lost cousin attempts to defraud Scrooge of half his fortune.
    https://en.wikipedia.org/wiki/Clan_McDuck#Lurch_McDuck

  202. Marciano Diz:

    E os ovoides sabotadores :?:
    Ninguém vai dizer mais nada?
    Fiquei curioso.
    Não esperem que eu fique furioso.

  203. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    The act of moving forward suddenly.
    ===============================================================
    Foi isso que me confundiu: um comboio lurks. Mas é no sentido de aparecer inesperadamente alguém ou algo que não era notado.
    Não no sentido de sacolejar ao sair – os antigos trens brasileiros/argentinos…
    Esse mordomo deve ficar meio que na espreita sem ser notado, não?

  204. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    E os ovoides sabotadores :?:
    ===============================================================
    M/navegador está com um buraco entre 22-abr quando AMo se demitiu e 09-mai (o livro do filho do HdeC). Agora nem a Jeanne aparece :!:
    Acho que ficou neste entremeio.
    Mas não tem dada demais exceto que confirma a visão que o cara teve, i.e., espíritos perturbadores coletam esses ovóides (que naturalmente por serem sem pernas nem braços não têm como reagir) e os colocam nos ambientes cuja paz querem perturbar.

  205. Contra o chiquismo Diz:

    Imagino, a porta do Umbral, quando o desencarnado bater e atender o Tropeço ovóide : “Quiéeee”??

  206. Contra o chiquismo Diz:

    Cara, pior que eu tenho um amigo que é igualzinho ao Tropeço, ainda mais que ele é testemunha de Jeová e quando bota o terno pra ir no salão do reino e fica quase igual. Se botar uma maquiagem verde , é o próprio.

  207. Gorducho Diz:

    Da obra O Fantasma no Depósito de Carvão: arquivos autênticos dum(a?) investigador(a?) autônomo(a?)
    por Andrea Mesich:
     
    As the brakeman went to investigate, the sound of another train lurked in the distance. The brakeman frantically tried to help get the stalled train moving and out of the way of the oncoming train.

  208. Gorducho Diz:

    Para S/Pessoas aparece esse intervalo temporal que p/mim se desmaterializou?

  209. Gorducho Diz:

    Tavo confundindo lurk c/lurch – arre anarfa :!:
    Então tá CoC: o aeróbus don’t lurch!

  210. Marciano Diz:

    ===============================================================
    Para mim não aparece o trou noir. Acho que é problema no seu computador.
    ===============================================================
    Nem imagino o que possa ser.
    Isto é um trabalho para a administração.

  211. Gorducho Diz:

    No meu Chrome aparece
    HELLA HAMMID: PSÍQUICA EXCEPCIONAL (2012)
    SEXTA-FEIRA, ABRIL 22ND, 2016
     
    e depois
    LIVRO GRATUITO! “IRMÃO X, MEU PAI” DE HUMBERTO DE CAMPOS FILHO (1997)
    SEGUNDA-FEIRA, MAIO 9TH, 2016
     
     
    Vou ver c/o IE…

  212. Gorducho Diz:

    Idem no I Explorer.
    Curiosíssimo… ¿será Dr. Bezerra me colocando no devido lugar?

  213. Contra o chiquismo Diz:

    Gorducho/outros, sabe(m) se além do aeróbus, outro meio de transporte não terrícola aparece na obra de cx? Ou de outro autor ‘espirita’ ?

  214. Gorducho Diz:

    Aparece uma espécie de ekranoplano no qual eles fazem uma viajem pra cá a crosta. Foi aliás uma das coisas que me fez observar a incoerência que é fazer o espírito do Dr. André ficar viajando só pra ditar aquela porcaria de tratado de física elementar mal compreendida por ele que não era especialista.
     
    O umbralda D. Yvonne, que era um umbral português portanto muito mais organizado que o brasileiro, tinha uma estação de ferrocarril pro ceú, i.e., pro NL deles.
     
    Na obra do Owen que CX consultou tem o transporte público c/carruagens a cavalo (claro…). Só não me lembro se eram peri-cavalos cavalos ou cavalos mecânicos.

  215. Contra o chiquismo Diz:

    Interessante.

  216. Gorducho Diz:

    ==============================================================
    a palavra “médium” foi invenção do Kardec?
    ==============================================================
    Não.
    Ator Charles Young sobre sua consulta c/a Maria Hayden – apesar desse trecho ter sido escrito anos depois pelo folho dele, aparentemente estava a transcrever anotações do pai…:
    “1853, APRIL 19TH. I went up to London this day for the purpose of consulting my lawyers on a subject of some importance to myself, and having heard much of a Mrs. Hayden, an American lady, as a spiritual medium, I resolved, as I was in town, to…judge of her gifts for myself…I was so astounded by the correctness of the answers I received to my inquiries that I told the gentleman who was with me that I wanted particularly to ask a question to the nature of which I did not wish him to be privy, and that I should be obliged to him if he would go into the adjoining room for a few minutes. On his doing so I resumed my dialogue with Mrs. Hayden.”
    &c.

  217. Gorducho Diz:

    The Springfield (Massachusetts) Republican April 7-9, cobrindo a famosa Convenção Espiritualista de Springfield em ’53:
     

    Mr. Finney of Cleveland, Ohio, a noted “speaking medium,” then rose, and stated that in the city of his residence there were 700 mediums in various stages of development, and 5,000 disciples. He stated that as the churches there had opposed the movement, the spirits had taken hold, and made mediums in the churches. Even the school children had spiritual circles. In Cincinnati there were 1,200 mediums. He then gave an instance of the spirits splitting a table all in pieces, in order to convince a company of skeptics. He said that in Cleveland, while the churches were pining for spiritual life, there was growing up around them the church of universal brotherhood, endowed with spiritual life. Thus much he said and more, of similar purport.

  218. ovoide Diz:

    Sr. Gorducho, me perdoe, mas achei sua explicação meio intrincada, continuei sem entender a diferença.
    \
    Sr. Marciano meu nome não é ovoide, esse é o nick que inventei lendo no site. Como vi que todo mundo aqui tem um então inventei o meu. Meu nome é Geovino o que parece meio que apessoado ao nick.
    \
    lendo outras partes dos comentários, acho que entendi a diferença. médium tem a ver com espíritos. paranormal tem a ver com poderes, só que não estou muito acreditando que esses poderes existam, quero dizer que talvez até existam mas deve ser em pouca gente. conheço uma amigo que garante falar em telepatia com outras pessoas, ela conta uns casos interessantes, mas não sei.
    \
    falar com espírito de quem já morreu tenho uma amiga que fala. principalmente quando bebe. mas ela não é do espiritismo de mesa branca, é de umbanda. ela recebe uma entidade e fala coisas das vidas das pessoas.
    \
    tem muita coisa que ainda não entendi. de paranormal li trabalhos do padre quevedo: ele diz muita coisa, em algumas acredito, em outras não acredito. eu acho que telepatia existe, mas só com alguns.
    \
    obrigado pelas informações. vou ler mais e me informar melhor. obrigado.
    \
    esqueci de falar de chico xavier, acho que ele falava de verdade com espíritos, mais não tenho certeza.

  219. Contra o chiquismo Diz:

    Caro Ovóide, nada disso é verificável e nenhum desses ‘paranormais’ ou ‘mediuns’ aceitam se submeter a testes controlados. Cx falava com ele mesmo.

  220. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    mas achei sua explicação meio intrincada, continuei sem entender a diferença.
    ===============================================================
    Mediuns se comunicam ou fazem coisas (movem objetos, produzem materializações, fazem mesas girarem) consorciados com “espíritos”. Esses “espíritos” são de seres como nós. ou seja que de vez em quando encarnam-se uma ou mais vezes – dependendo do tipo de espiritismo – em globos do universo.
    Note que são seres metafisicamente iguais a nós, i.e., foram feitos do barro. Não são demônios, os quais são anjos decaídos feitos de fogo sem fumaça.
    Então os possessos das igrejas evangélicas não são médiuns.
     
    Paranormais são indivíduos que fazem qualquer coisa mas não necessariamente têm comércio com “espíritos”. Para existir paranormalidade não é necessários que existam “espíritos”.
     
    Deixe-me saber se ainda ficou obscuro e não tenha vergonha de perguntar.

  221. Gorducho Diz:

    EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE FIXAÇÃO
     
     
    1) conheço uma amigo que garante falar em telepatia com outras pessoas
    Então ele é paranormal. Perceba que é só ele e a outra pessoa, não tem “espírito” no meio da história.
     
    2) falar com espírito de quem já morreu tenho uma amiga que fala. principalmente quando bebe. mas ela não é do espiritismo de mesa branca, é de umbanda. ela recebe uma entidade e fala coisas das vidas das pessoas.
    Então ela é médium, pois mantém comércio com falecidos ou seres que ainda não tenham encarnado nalgum globo; e que não são metafisicamente demônios.
     
     
    Nessa fase inicial de estudos, não deixe que CoC lhe confunda. O fato de nem médiuns nem paranormais existirem não deve impedi-lo de assimilar os conceitos teóricos.

  222. Marciano Diz:

    ovoide, não precisa nem deve me chamar de Sr. Marciano. Aqui é um espaço onde todos manifestam suas opiniões, sendo que o “senhor” distancia as pessoas, cria um clima de austeridade que dificulta o diálogo.
    O próprio nick que você escolheu, independentemente de qualquer semelhança com seu prenome, já demonstra que tem senso de humor, portanto, vamos pegar mais leve, tá?
     
    As rubricas dos dicionários que citei mais acima explicam bem as diferenças nos conceitos entre ambos os vocábulos, mas eles têm uma relação de identidade: tanto um como o outro são apenas produto da imaginação, não têm existência no mundo real.
     
    Claro que telepatia existe! Se telepatia é comunicação à distância, estamos fazendo isto agora mesmo.
    A telepatia preconizada pelos crentes é que não existe e, se existisse, não serviria para nada, pois dela não precisamos. Só precisamos de um smartphone para nos comunicarmos com qualquer pessoa no mundo.
     
    No mais, endosso as palavras do sábio GORDUCHO, presidente em exercício.
     
     
    GORDUCHO, atente para o fato de que o nick escolhido por nosso confrade é ovoide, não Ovóide.

  223. Marciano Diz:

    ovoide, vc é uma pessoa quase singular.
    Apenas 112 pessoas em todo o Brasil têm o seu prenome, 37 delas no Estado de São Paulo.
    Somente 21 nasceram na década de 1960 e, de lá para cá, o nome tornou-se ainda mais raro.

  224. ovoide Diz:

    sr. Gorducho, agora ficou mais claro. é qe o senhor gosta de falar simbolicamente, agora entendi, deve ser poeta.
    \
    só não entendi que CoC é esse que falou.
    \
    eu vi que tem um pastor, acho que é pastor, pois o nome dele é eu sou auniversal, que também diz que os espíritos das igrejas são demonios, meio confuso isso, no espiritismo dizem que são espíritos que atuam em todos os lugares, já os crentes dizem que são os demonios que atuam.
    \
    vou ler o escrito dessa tal paladino e ver se melhor compreendo mediunidade, depois leio escritos de parapsicologia, que já vi que tem.
    \
    mais uma vez obrigado.

  225. ovoide Diz:

    marciano, vou ter que me acostumar a tirar o senhor pois estou acostumado a falar assim, desculpe.
    \
    concordo, se telepatia existe serve pouco, conheço muita gente e nunca vi ninguem falando por telepatia, só ouço gente falando que falou.
    \
    obrigado por me considerar de bom humor, tem que ser, do jeito que o pais está só tendo humor, pra não chorar.
    \
    o telefone celular deve ter acabado com a telepatia, porque eu li que antigamente acontecia muito, o padre Quevedo comenta bastante a respeito, e tem tambem a hiperestesia que é parecida com a telepatia mas não é.
    \
    será que é tudo mesmo imaginação o tem um pouco de verdade nessa história? tenho que pesquisar melhor para tirar melhor conclusão, agora esse negócio de demonio na igreja e espirito no espiritismo está me encucando.

  226. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    é qe o senhor gosta de falar simbolicamente, agora entendi, deve ser poeta.
    ===============================================================
    Feliz que agora tenha ficado claro.
    Que simbologias usei :?:
    Claro, acho que de cara citei exemplos concretos – não simbologias – mas que só seriam clara p/quem acompanha a discussão e conhece fala o chiquês.
    Como quando eu exemplifiquei c/o indivíduo que mirou o zimbório da catedral na Alemanha e curou outro (indivíduo) em NY.
    Sem usar espíritos, portanto paranormal e não médium.
    Foram esses exemplos que lhe confundiram?
     
    ===============================================================
    só não entendi que CoC é esse que falou.
    ===============================================================
    Analista Contra o Chiquismo. Discordei dele porque é cedo p/lhe contar que não existem médiuns nem paranormais. Primeiro o Sr. tem que assimilar os conceitos teóricos in abstrato.

  227. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    agora esse negócio de demonio na igreja e espirito no espiritismo está me encucando.
    ===============================================================
    Demônios são anjos rebeldes, metafisicamente diferentes de nós porque não foram feitos de barro. E não encarnam, por exemplo.

  228. Marciano Diz:

    Continue pesquisando, ovoide, e constatará você mesmo se tem um pouquinho de verdade nessa história de paranormalidade, espíritos, etc.
    Eu transcrevi um glossário para o Pastor, mais acima, que poderá ser-lhe útil.

  229. ovoide Diz:

    vou investigar, marciano, estou começando nesse assunto e algumas coisas me são um tanto misteriosas.
    \
    Gorducho, posso excluir o Sr?, entendi a diferença metafísica entre almas e demonios, o que não entendo ainda é que um lado aponta espírito outro demonio, quem estaria certo, ou ninguem está certo?
    \
    se for levar em conta a conclusão que apresenta, de que tudo é ilusão, então ambos os lados estão errados, mais eu quero chegar a minha propria conclusão, vejo que vou ter que ler bastante, se tiver tempo farei isso.
    \
    por enquanto em relação a telepatia estou propenso a acreditar que não acredito nisso, vou ver melhor.
    obrigado a todos.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)