Livro gratuito! “Além da Realidade”, de Scott Rogo (1990)

O livro aborda diversos assuntos, entre eles a reencarnação e o fenômeno OVNI em especial. Entre as páginas 66 e 70 há interessantes estudos conduzidos pelo dr. Elmer Green com um iogue (Swami Rama) aparentemente capaz de controlar seu ritmo cardíaco e de produzir fenômenos psicocinéticos (embora este último registro caiba uma explicação normal, um tanto improvável, segundo Rogo). Para baixar o livro, clique aqui.

50 respostas a “Livro gratuito! “Além da Realidade”, de Scott Rogo (1990)”

  1. Contra o chiquismo Diz:

    Esse papo de controlar ritmo cardíaco é conversa! Vai a quantas B.P.M. a F.C. dele? ‘Medicina quântica’ é o que esse dr elmer pratica, que nada mais é do que uma PSEUDOCIÊNCIA. Aí o iogue para o coração e o pseudo cientista atesta como uma coisa fantástica. Será que ele atesta isso na “Journal of the American College of Cardiology” ? O dr elmer americano que é pode escrever facilmente a experiência dele nesse periódico. Mas por enquanto pra mim, merdicina quantica e biofeedback são as ciências que tratam do boi tatá em vez da Veterinária.

  2. Contra o chiquismo Diz:

    E a cara de medo dele Gorducho?
    .
    .
    https://g1.globo.com/mundo/noticia/coreia-do-norte-e-uma-ameaca-que-exige-acao-mundial-diz-trump-em-visita-a-coreia-do-sul.ghtml

  3. Contra o chiquismo Diz:

    http://www.onlinejacc.org/
    .
    .
    “há interessantes estudos conduzidos pelo dr. Elmer Green com um iogue (Swami Rama) aparentemente capaz de controlar seu ritmo cardíaco …”
    .
    .
    Vou vasculhar pra ver se acho coisa parecida ou mais impressionante que o iogue aí em cima nesse jornal.

  4. Vitor Diz:

    Era bom ter a fonte original em mãos, mas achei isso:
    .
    Swami Rama gave to Dr. Elmer a demonstration of control over the artery in his wrist. It was at this demonstration to two spots on Swami’s palm. It warmed him a spot on his palm while he cooled simultaneously elsewhere. Both places were only seven centimeters apart. Between both places Swami reached a temperature difference of 9 degrees Fahrenheit. Swami also slowed his heart rate of 70 to 52 beats per minute. It took less than 1 minute in order to bring about the change in his body.
    .
    Heartbeat shutdown
    .
    For the sake of the experiment and to demonstrate what he could achieve through yoga training, Swami Rama suggested that his heart beats for 3 to 4 minutes to allow full stop. Dr. Elmer said cardiac arrest of 10 seconds would yield sufficient evidence. Swami responded promptly, but extended that period to 17 seconds. This caused some panic among some observers.
    .
    The yogic sleep
    .
    Swami Rama also demonstrated what he called the “yogic sleep”. He fell into a deep sleep and snoring gently. The connected equipment gave heavy ‘delta waves, which are characteristic of a mental state of total oblivion. Every five minutes, a laboratory assistant in a soft voice a statement. When the agreed time of 25 minutes elapsed, Swami Rama stood up and repeated word for word any statement which did the assistant. It was like Swami while asleep and had been awake.

    .
    A fonte original seria essa:
    .
    https://www.esalen.org/ctr/scholarly-resources/article/2917
    .
    Mas não está disponível. Entretanto, achei outra fonte, escrita pelo próprio Dr. Green, que confirma completamente o que foi dito acima:
    .
    http://journals.sfu.ca/seemj/index.php/seemj/article/download/265/228 (ver página 48)

  5. Contra o chiquismo Diz:

    Mas o dr elmer é crente. Não vale.

  6. Contra o chiquismo Diz:

    Esalen — Center for Theory & Research (CTR)
    .
    .
    Ah, uma entidade que não é médica?

  7. Vitor Diz:

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Esalen_Institute
    .
    Instituto Esalen é uma organização sem fins lucrativos, situada em Big Sur, Califórnia, Estados Unidos. É um Centro Educacional multidisciplinar. Seu foco é em disciplinas “alternativas”, negligenciadas ou desfavorecidas por outros Centros de Estudos tradicionais tais como Meditação, Massagem, Yoga, Espiritualidade, Ecologia, Psicologia, Artes, Música, entre outras.
    .
    A wikipédia americana dá mais insumos, muito mais relevantes:
    .
    The Institute played a key role in the Human Potential Movement beginning in the 1960s. Its innovative use of encounter groups, a focus on the mind-body connection, and their ongoing experimentation in personal awareness introduced many ideas that later became mainstream….
    .
    Entre os professores que por lá passaram estão Richard Feynman, J. B. Rhine, Aldous Huxley etc. Parece um instituto minimamente respeitável. Não vi ataques na wikipédia americana, o que é bom sinal.

  8. Gorducho Diz:

    É umas termas não é :?:

  9. Vinicius Diz:

    Xi!
     
    Mais um portador da senha alfanumérica do CX ( tem gente que o chama de “google do além” acreditem :!: )
    se foi, desencaixotou…
     
    https://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/noticia/amigo-de-chico-xavier-medico-euripedes-tahan-vieira-morre-em-hospital-de-uberaba.ghtml
     
    “Ele era um dos ‘guardiões’ de um código deixado pelo médium. Eurípedes estava internado no Hospital Doutor Hélio Angotti e morreu na madrugada desta terça (17).”

  10. Gorducho Diz:

    Agora só ficou o próprio filho dele c/a senha, não :?:

  11. Vinicius Diz:

    Agora só ficou o próprio filho dele c/a senha, não :?:
     
    Sim, isso mesmo. Ah não ser que ele resolva (ou resolveu sei lá) repassar a senha para alguém de confiança.
     
    Este é o médico que recebeu um telefonema inusitado do além (só 1 telefonema, os fenomenos nao se repetem :mrgreen: )

  12. Marciano Diz:

    E nos UFO’s, não vai nada?
    Todo mundo, crentes ou descrentes, nada disse sobre os OVNIS, assunto tratado com igual “seriedade” no livro.
    Segundo me lembro, aqui nem os crentes acreditam em ETs, ou estarei enganado?
    Se um livro fala sobre fenômenos paranormais, fenômenos químicos e eletromagnéticos, mas também fala de espinhela caída e de saci pererê, acho que tem algo de errado com o livro (em respeito a todos, nada direi sobre os leitores).

  13. Marciano Diz:

    “Além da Realidade” só existe a fantasia, a imaginação.

  14. Gorducho Diz:

    ============================================================
    Entre os professores que por lá passaram estão Richard Feynman
    ============================================================
    Proponho traduzirmos o que ele contou da visita dele lá…
    Que diz :?:

  15. Vitor Diz:

    Mas onde tem esse material?

  16. Vitor Diz:

    ““Além da Realidade” só existe a fantasia, a imaginação.”
    .
    Tipo os números imaginários, que são extremamente úteis, né? E os números reais estão dentro dos números imaginários…

  17. Gorducho Diz:

    ============================================================
    E os números reais estão dentro dos números imaginários
    ============================================================
    :o
    Não estudaram álgebra (corpos) :?:
    S/Pessoa não é engenheiro :?:
     
     
    … refiro-me à massagem no dedão do pé…
    Aquele outro cara que falou sobre a reencarnação do filho não me lembro de foi naquelas termas…
    :?:

  18. Gorducho Diz:

    Ele vacila sem saber como puxar assunto c/a pomba – pelada com eles na piscina, claro – e o outro cara se adianta com a história que tava estudando massagem.

  19. Vitor Diz:

    Gorducho, não tenho a mínima ideia do que vc está falando sobre termas, pomba, piscina, massagem. Pra mim está um papo de doido!

  20. Gorducho Diz:

    ESALEN não são termas (sabe a que me refiro? – – Poços de Caldas como vcs, chamam aí?) :?:
     
    O que ele fez lá :?:

  21. Vitor Diz:

    Ou deve ter dado uma palestra ou deu aula. Não sei. Também não sei o significado de esalen.

  22. Gorducho Diz:

    ============================================================
    Também não sei o significado de esalen
    ============================================================
    Instituto Esalen é uma organização sem fins lucrativos, situada em Big Sur, Califórnia
     
     
    :o
    :?:

  23. Gorducho Diz:

    Feche o ictalico…

  24. Gorducho Diz:

    Es decir: feche o ictalico da quote mas mantenha-o na resposta que é citação DA S/PESSOA :!:
    :oops:

  25. Marciano Diz:

    Vitor é engenheiro de produção, portanto, sabe perfeitamente o que são números imaginários.
    Não dá para comparar a raiz par de um número negativo com saci pererê, espinhela caída e OVNIS.

  26. Marciano Diz:

    Tudo bem que ele não exerça a profissão, mas não precisa.
    Está só tentando aplicar, pois argumenta como ninguém.

  27. Marciano Diz:

    Se vier mais alguma resposta falaciosa, só poderei retornar amanhã. Então, respondo.

  28. Marciano Diz:

    Melhor seria “responderei”.
    Bye.

  29. Vitor Diz:

    MARCIANO DISSE: “E nos UFO’s, não vai nada? Todo mundo, crentes ou descrentes, nada disse sobre os OVNIS, assunto tratado com igual “seriedade” no livro. Segundo me lembro, aqui nem os crentes acreditam em ETs, ou estarei enganado?”
    .
    Mas o que você viu de condenável na abordagem do Rogo do fenômeno OVNI? Ele diz nas páginas 170-171:
    .
    quanto mais trabalhava com essas pessoas, tanto mais desconfortável eu me sentia com a hipótese dos extraterrestres, i.é, de que os OVNls viriam de algum lugar do espaço exterior. Encontrei freqüentemente em seus cenários referências simbólicas que pareciam ligar suas experiências com os conflitos inconscientes, mesmo que essas experiências parecessem reais

  30. Vitor Diz:

    Instituto Esalen é uma organização sem fins lucrativos, situada em Big Sur, Califórnia
    .
    Eeeeeee? Eu disse que não sei o que a palavra esalen significa, agora o que faz o instituto, o que é, sim.

  31. Vitor Diz:

    MARCIANO DISSE: “Não dá para comparar a raiz par de um número negativo com saci pererê, espinhela caída e OVNIS.”
    .
    Mas onde fiz essa comparação? Apenas lhe alertei para não desprezar o mundo da imaginação, porque às vezes ele se revela a base da realidade…

  32. Gorducho Diz:

    Ah! Talvez tenha querido dizer então: e os números reais estão dentro dos números imaginários complexos
    Foi isso :?:
     
    Cá temos m/tradução – sinta-se à vontade pra alfinetar…
     
     
    Cargo Cult Science
    by RICHARD P. FEYNMAN
    Some remarks on science, pseudoscience, and learning how to not fool yourself. Caltech’s 1974 commencement address.
    [...]

    Muitas pessoas acreditam em tantas maravilhas que decidi investigar por que. E o que tem sido taxada como minha curiosidade investigativa me levou a uma dificuldade pois achei tanto lixo sobre que falar que não dá nesta palestra. Estou saturado. Primeiro comecei investigando várias ideias de misticismo, e experiências místicas. Fui a tanques de isolação (são escuros e quietos e você flutua em sais Epson) e tive muitas horas de alucinações, daí entendo um pouco disso.
    Então fui a Esalen, que é um point pra esse tipo de mentalidade (um lugar maravilhoso; deveriam visitar). Então fiquei saturado. Não tinha me flagrado quanto tinha.
    Estava sentado, por exemplo, num banho quente e tinha outro cara e uma moça no banho. Ele diz pra moça, “Estou aprendendo massagem e pensando se poderia praticar contigo?” Ela diz OK, e saem pruma mesa onde ele começa pelo pé dela – manipulando o dedão. Então se dirige aparentemente pra sua instrutora, e diz, “Sinto como que um dente. É a pituitária?” E ela diz: “Não, não é assim que se sente ela.” Eu digo, “Vocês tão muito longe da pituitária, homem.” E todos me olharam – vejam que eu tinha me desmascarado – e ela disse, “É reflexologia.” Então fechei os olhos parecendo meditar.

  33. Gorducho Diz:

    [...]

  34. mrh Diz:

    Às vezes o presente lança luz sobre o passado, que por vezes a gente tende a pensar que é mais respeitável… hoje o pessoal doidão assumiu que tudo é “quântico”… aqui na cidade há terapias quânticas, experimentos quânticos e por aí nem se fala.
    .
    Assisti esses dias a vários documentários sobre magnetismo e eletromagnetismo, as experiências básicas, os principais cientistas e descobertas. NADA parece ter a ver com o que Kardec e os mesmeristas praticavam.
    .
    Ou seja, estes simplesmente surfavam no esforço da ciência. Se a tecnologia dava ao público o telégrafo, os espíritos se manifestavam com pancadas nas mesas. Se o rádio ou o telefone tornava-se disponível, então vinham as alegações de que as antenas de capturar espíritos ou as máquinas de falar nos ligariam diretamente aos defuntos. Aparece a fotografia e nem se fala. Ou seja, hoje como dantes.

  35. Gorducho Diz:

    O Sobrenatural “científico” segue aquele princípio da roda-gigante: a cada momento tem a da vez que está por cima.
    Atualmente me parece ser aquela história de botar as bolinhas de ping-pong pintadas de vermelho nos óio…
     
     
    De saco-pra-mala: motivado por um comentário lá no CC estou estudando a influência do martinismo maçom (acho eu que é…) como fonte pro espiritismo.
    O momento em que o mesmerismo passou a ser associado à possibilidade de recuperar o estado da alma humana pré-queda adâmica, i.e., poder voltar a interagir com o mundo espiritual.
    Ou seja: uma reinterpretação do mesmerismo que originalmente era puramente naturalístico com fins medicinais, iniciada basicamente pelo marquês de Puységur. Isso antes da Revolução, portanto 60+ anos antes das meninas…
    Lí o livro americano de George Bush (de 1847) Mesmer e Swedenborg,
    or, a relação dos desdobramentos do mesmerismo com as doutrinas e revelações de Swedenborg
    .
    Isso, claro, já 50+ anos depois dos martinistas basicamente centrados em Lyon.
    Daí quiçá houve uma pré jornada Europa America preparando o terreno pro Davis e depois as meninas…
    Bem interessante pra quem gosta da história do espiritismo.
    onde ele conclui que se o mesmerismo é real taambém onde ele

  36. Gorducho Diz:

    onde ele conclui que se o mesmerismo é real taambém onde ele
     
     
    Tem um livro que deve ser muito bom:
    L’Au-delà et les Lyonnais,
    mages, médiums et Francs-Maçons du XVIIIe au XXe siècle

    por Christine Bergé.
    Vou ver se tem na Amazon francesa…
    Também vou começar a pesquisar as leituras das médiuns Jeanne-Gilberte-Rosalie Rochette e Madame de Vallière (nom de plume), anotadas pelo martinista Jean-Baptiste Willermoz .
    Isso 50+ anos antes da grande Adéle Maginot :!:

  37. Marciano Diz:

    Meu caro Vitor e demais amigos, estou com uma costela quebrada e com uma luxação na mão esquerda, o que me dificulta digitar.
    Além da dificuldade de tempo que me é peculiar, agravada pelos problemas físicos, que ainda tomais mais tempo, tentarei entrar aqui uma vez ao dia, quando tiver oportunidade.
     
     

    ===============================================================
    Mas o que você viu de condenável na abordagem do Rogo do fenômeno OVNI? Ele diz nas páginas 170-171:
    .
    quanto mais trabalhava com essas pessoas, tanto mais desconfortável eu me sentia com a hipótese dos extraterrestres, i.é, de que os OVNls viriam de algum lugar do espaço exterior. Encontrei freqüentemente em seus cenários referências simbólicas que pareciam ligar suas experiências com os conflitos inconscientes, mesmo que essas experiências parecessem reais

    ===============================================================
     
    O que eu vi de condenável é o fato de um pesquisador que deveria ocupar-se de coisas sérias perder tempo estudando a possiblidade de existência de discos voadores e ETs.
    Se alguém acha que uma coisa dessas pode ser objeto de pesquisa, como levá-la a sério?
     
     
    ===============================================================
    MARCIANO DISSE: “Não dá para comparar a raiz par de um número negativo com saci pererê, espinhela caída e OVNIS.”
    .
    Mas onde fiz essa comparação? Apenas lhe alertei para não desprezar o mundo da imaginação, porque às vezes ele se revela a base da realidade…

    ===============================================================
     
    Você, como bom conhecedor da matemática superior (curso de engenharia), conhece melhor ainda a matemática de nível médio. Sabe que comparar números imaginários, um conceito matemático (muito útil) com qualquer loucura que se imagine, é a mesma coisa que praticar a falácia da falsa analogia.
     
    Matéria escura foi o nome que deram ao que se supõe que seja matéria não identificada, que justificaria o comportamento das galáxias, mas que não se localizou. Comparar isto com qualquer coisa de cor escura não tem nada a ver.
    É apelação. Mero jogo de palavras.
    Diga-se o mesmo de números imaginários e de coisas imaginárias, como NSFG, por exemplo.
     
    GORDUCHO, você, que é engenheiro mecânico, e tem tempo e mãos em bom estado (assim como a brilhante mente), explique melhor, por favor.
     
     
    Agora tenho uma sessão de fisioterapia, em razão da qual tive de desmarcar audiências.
    Peço licença aos cavalheiros, mas terei de me retirar temporariamente, só voltando, com muito esforço, amanhã.

  38. Vitor Diz:

    Melhoras, Marciano! Comentando:
    .
    01 – “O que eu vi de condenável é o fato de um pesquisador que deveria ocupar-se de coisas sérias perder tempo estudando a possiblidade de existência de discos voadores e ETs. Se alguém acha que uma coisa dessas pode ser objeto de pesquisa, como levá-la a sério?”
    .
    Puxa, aí você detona até o Sagan com seu programa SETI, que “promoveu a busca por inteligência extraterrestre” e “instituiu o envio de mensagens a bordo de sondas espaciais, destinados a informar possíveis civilizações extraterrestres sobre a existência humana”.

  39. Gorducho Diz:

    Que se lhe sucedeu :?:

  40. Gorducho Diz:

    Bom, mas frigindo os ovos e falando em vernáculo plano sem jargõesismos, a tese dele fica sendo que OVNIs são mesmo produto da imaginação, conflitos psicológicos & assemelhados, certo :?:
    Então, se é como parece ser, ele acaba dando razão pro Analista Mariano :mrgreen:

  41. Gorducho Diz:

    ERRATA
    Analista Marciano

  42. Marciano Diz:

    ===============================================================
    Vitor Diz:
    NOVEMBRO 10TH, 2017 ÀS 2:58 PM
    Melhoras, Marciano!

    ===============================================================
     
    Obrigado.
     
    Quanto a Sagan e SETI, eu sempre achei este lado dele bem ridículo. Equação de Drake, etc.
    Sagan tinha VONTADE de encontrar sinais de vida fora da Terra. Morreu tentando.
     
     
    ===============================================================
    Gorducho Diz:
    NOVEMBRO 10TH, 2017 ÀS 3:27 PM
    Que se lhe sucedeu :?:

    ===============================================================
     
    Levei duas joelhadas nas costelas, do lado esquerdo. Quebrei a décima costela. Continuei lutando, apesar da dor. Achei que não tinha quebrado, pois já quebrei dois outros ossos e não doeu tanto.
    O médico me alertou para o fato de que se a costela (a décima) tivesse se deslocado, poderia ter perfurado o pulmão esquerdo, e aí seria pneumotórax com provável óbito.
    As paredes dos pulmões colam uma na outra, é como soprar bola furada, sem contar a hemorragia interna.
    Dei sorte. Continuei treinando vários dias, sentindo dor, até que resolvi ir a um ortopedista.
     
    A mão, também esquerda, foi uma estourada de pegada. Eu segurei firme na manga do adversário, ele estourou a pegada. Como estava firme, causou uma entorse (eu tinha dito que foi luxação, mas foi entorse).
     
    Estou fora de forma e ficando velho.
     
     
    Analista Mariano foi boa :lol:

  43. Borges Diz:

    “O que eu vi de condenável é o fato de um pesquisador que deveria ocupar-se de coisas sérias perder tempo estudando a possiblidade de existência de discos voadores e ETs.
    Se alguém acha que uma coisa dessas pode ser objeto de pesquisa, como levá-la a sério?”
    .
    Oi Marciano: espero que esteja bom e sem faixas.
    Acho que a dor na costela empanou o brilho de sua memória, pois não se lembrou do “Projeto Livro Azul”.
    Um abraço não muito apertado.

  44. Marciano Diz:

    Oi, Borges.
    Espero que ainda esteja de olho.
    A dor na costela está brava, mas não empanou nada. Você é que parece estar meio enferrujado, pois esqueceu-se de que o tal projeto não deu em nada.
    Só para lembrá-lo, veja este resumo da wikipedia (se quiser, posto três capítulos de livros):
     
    “Segundo o capitão Edward J. Ruppelt, vários generais de alto posto muito influentes da USAF estavam tão descontentes com o estado das investigações sobre óvnis da Força Aérea, que desmantelaram o Novo Projeto Rancor e o substituíram pelo Projeto Livro Azul em março de 1952. Durante a sua existência – até o final, em 1970 -, foram recolhidos 12.618 indícios. Ao final, concluiu-se que a maioria deles eram interpretações equivocadas de fenômenos naturais (nuvens, estrelas, etc) ou aviões convencionais. Muitos foram considerados fraudes. Ao todo, 701 casos – aproximadamente 6 por cento – foram classificados como inexplicáveis. As informações foram arquivadas e estão disponíveis sob a Lei de Liberdade de Informação, mas os nomes dos testemunhos e outras informações pessoais foram eliminados.
     
     
    Quanto ao mais, obrigado pela lembrança e um abraço bem solto, pois tá doendo mesmo.

  45. Borges Diz:

    Oi Marciano:
    “aproximadamente 6 por cento – foram classificados como inexplicáveis”.
    .
    Um leve abraço

  46. Marciano Diz:

    Borges, estou me recuperando. Por enquanto, os abraços devem ser folgados, bem leves mesmo.
    Voltando ao assunto, 6% de casos inexplicáveis são isso mesmo, não foram explicados.
    Não interprete “inexplicável” como “explicado pela teoria dos discos voadores”.
    Mais de oitenta por cento dos homicídios cometidos no Brasil restam sem autoria determinada. Será que devemos achar que foram cometidos por ETs?
    Acho que não.
    Um leve abraço.

  47. Borges Diz:

    Significa que há espaço para pesquisas e não é pouco.
    Um abraço – ah! moderado.

  48. Marciano Diz:

    Você acha que há espaço para pesquisas (e não é pouco). Já os responsáveis pelo projeto discordaram.
    Veja:
     
    In response to the Condon Committee’s conclusions, Secretary of the Air Force Robert C. Seamans, Jr. announced that Blue Book would soon be closed, because further funding “CANNOT BE JUSTIFIED EITHER ON THE GROUNDS OF NATIONAL SECURITY OR IN THE INTEREST OF SCIENCE.”
     
    É uma questão de opinião, mas os responsáveis pelo projeto têm opinião diferente da sua.
    Como você não faz nem nunca fez parte do Comitê, case closed.

  49. Marciano Diz:

    Um abraço fantasmagórico (daqueles que parecem até uma brisa).

  50. Borges Diz:

    Extraído do site “MUNDOBIT”.
    5. Há ainda informações a serem descobertas sobre óvnis
    Embora Greenewald tenha acumulado um arsenal de documentos do governo, ele diz haver muitos outros a que nem ele nem o público tiveram acesso.
    Um pedido feito à Agência de Segurança Nacional rendeu centenas de páginas – mas as revelações estavam tão editadas que apenas algumas palavras apareciam em cada página, diz.
    Outras entidades do governo americano – incluindo a CIA e a agência de inteligência de defesa – também realizaram investigações sobre óvnis que não foram divulgadas, diz Greenewald.
    “Eu acho que o Projeto Livro Azul é apenas a ponta do iceberg”, diz ele, acrescentando que vai continuar a pedir mais informações ao governo dos EUA
    .
    Case closed ? Só oficialmente.
    Um abraço alienígena.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)