Livro Gratuito! Em Nome de Kardec (2015), de Adriano Calsone

Este é mais um livro que ajuda a compreender melhor o período histórico seguinte ao desencarne de Allan Kardec. Para ler o livro, clique aqui.

25 respostas a “Livro Gratuito! Em Nome de Kardec (2015), de Adriano Calsone”

  1. Borges Diz:

    O prefácio, supostamente escrito por Cammille Flammarion, está impregnado de espiritismo religioso; muito longe, portanto, das obras que escreveu quando estava vivo.
    Um abraço

  2. Gorducho Diz:

    Esse trecho resume tudo:
    Enquanto a Teosofia ascendia com força no confuso século 20 que se iniciava, o Espiritismo francês decaia de cabeça para se extinguir de vez no mar secreto das correntes místicas e esotéricas
     
    O Leymarie percebeu que o dogmatismo estreito catolicista do Kardec baseado nos conceitos do socialismo religioso utópico estavam superados.
    Tentou “salvar” ampliando e o leque:
    ♦ experimental (o rei tava nú as pessoas já tinham se apercebido que as tais mesas não giravam…): fotografar os espíritos – nada pode ser mais comprobatório que se ver ao lado da vovó falecida;
    ♦ ampliando o leque mesmo com a nascente Teosofia.
     
    Pra quem não se aperceba: na França obras espíritas ficam nas secções esotéricas das livrarias por motivos óbvios.
     
     
    Eu não sabia que Mme. Vve. Amélia-Gabriela tinha se mudado pro terreno que eles tinham comprado! Fiquei sabendo naquele livro da Srª Berthe.
    Nunca fui no local específico – está na agenda de intenções, claro…

  3. Gorducho Diz:

    Já que a Casa aparentemente é favorável a “traduzir” até unidades de medida, tomei a decisão de “traduzir” nomes próprios…
    :(

  4. Gorducho Diz:

    Fvr. por o travessão, Sr. Administrador.
    Recevez &c.,

  5. Vinicius Diz:

    Como foi o desembarque do espiritismo aqui no Brasil?
    Pelo que entendi já estava se afundando lá na França certo?

  6. Gorducho Diz:

    Pela literatura vinda de lá…
    Note que naquele tempo apesar do Sol nunca se por no Império Britânico, o domínio cultural por cá era francês.
    A língua franca que se aprendia era o francês – usada inclusive na diplomacia onde hoje é o inglês.
    E, claro, o kardecismo era uma tentativa de reforma do catolicismo, então muito mais afim que a matriz protestante do espiritismo anglo.
     
    O Leymarie se apercebera já que o rei tava nú. Note aquele “statement of purposes” que ele pos na Revue logo após a morte do Kardec.
    Desastradamente que foi, ele tentou “salvar” “diversificando” :evil:

  7. Gorducho Diz:

    E some-se a isso o Roustaing apoiado pelo Leymarie, onde a Maria permanecia virgem e o pecado original se mantinha – coisas que caíram bem na mente dos católicos brasileiros.

  8. Vinicius Diz:

    Sim, certamente! Agora a questão do rei tava nú , creio que muitos espíritas já se deram conta disso, se esquivam de “manifestações mediúnicas”, procuram não dar muita ênfase em “pedir psicografias” e focam mais na caridade.

  9. mrh Diz:

    Bom livro, gostei.

  10. Gorducho Diz:

    ¿Não resulta, pois, claramente d’o-que precede que, não tendo as communicações d’além-túmulo tendência alguma a conduzir os homens para o atheismo, não podem ser ellas obra do demonio? E, com effeito, porque modo communicações, que nos induzem á oração, que, como sabem, não é outra cousa d’o que uma elevação d’a alma para Deos, poderiam
    nos-conduzir á negação d’o mesmo Deos ! Porque modo communicações, que nos-recomendam continuadamente a pratica de todas as virtudes christans, e mormente a d’a charidade, poderiam anniquilar em nós a crença
    ‘n-esse mesmo Deos, que nos-é representado como o pae mais terno e summamente misericordioso!

    O ÉCHO D’ALÊM-TUMULO
    MONITOR
    D’O SPIRITISMO ‘N-O BRAZIL
    ANNO Inbsp;nbsp;nbsp;nbsp;N° 3nbsp;nbsp;nbsp;nbsp;NOVEMBRO, 1869

  11. Gorducho Diz:

    ANNO I     N° 3    &nbp;NOVEMBRO, 1869

  12. Gorducho Diz:

    É ‘n-as condições que acabàmos de referir, quando as feições próprias d’o Spiritismo se-têem por toda parte definido e characterisado, que ‘n-uma cidade, eminentemente catholica, vem plantal-o o–Anjo de Deos–Spirito de cathegoria elevadissima, e de cuja preeminencia não nos-é licito à nós de modo algum duvidar; tão positivas, tão cabaes e inconcussas são as provas, que d’esta verdade estâmos de posse.
     
     
    Acho que é esse que depois vira o “Ismael”.
    Já vi em literatura francesa (não espírita) l’ange d’Ismaël se referindo claro àquele que apareceu pra Agar Egípcia.
    Imagino que por essa via francesa tenha se originado uma corruptela, pois desconheço um “anjo Ismael” dentro da literatura católica
    :?:

  13. Gorducho Diz:

    O, que, porém, cumpre ter sempre muito presente, é quo de permeio àos Spiritos, que se-manifestam com uma missào especial e toda divina, não tem faltado Spiritos imperfeitos e máos, que por sua própria conta se-vão esforçando por propalar doutrinas contrarias ào verdadeiro Spiritismo; e bem que o perigo não seja para ser encarecido, pode comtudo arrastar, ào menos temporariamente, à muitos, tanto mais quanto com maior promptidão é acceito o, que mais consentaneo está com o modo de pensar de cada-um: sabem todos como variam os pareceres, ainda ‘n-as cousas mais bem estabelecidas; e, porisso, quantas interpretações diversas acerca d’esses princípios mesmos, à que são todos accordes em considerar verdadeiros!
    Urgia, pois, que houvessem os meios de poderem ser obviados similhantes inconvenientes; porisso
    se-estãbeleceu o Spiritismo ‘n-a Bahia, ‘n-um centro disposto para taes fins, e com cujo ensino facilmente
    se-porão de accordo os, que receberem communicações spiriticas ‘n-os outros ponctos d’o Imperio, vindo assim à ter-se também um meio verificador em todos os casos duvidósos.

  14. Gorducho Diz:

    Pelo menos esse anjo é sincero de deixa claro os reais propósitos originais do espiritismo – reformar o CATOLICISMO.
    Serem aceitos pela ICAR.
    Se deram mal, claro. E muito menos poderiam prever o surgimento dos evangélicos
    :lol: :lol: :lol:
     
     
    ANNO I     N° 1     Julho, 1869
     
    O dia 17 de Septembro de 1865 marcará uma época feliz em nossa vida, e o-deverá também ser ‘n-os fastos d’o Spiritismo ‘n-o Brazil. Foi ás 11 ½ horas d’a noite de 17 de Septembro de 1865 que tivemos a ineffavel felicidade de receber a primeira communicação spiritica;
    [...]
    N-a primeira communicação, que obtivemos, nota-se que o Spirito, que se-manifestou, começou por dar um testemunho não equivoco d’a sublimidade d’a Religião Catholica, porquanto, procurando nós verificar a identidade d’o Spirito, que se-annunciava Anjo de Deos, pedimos que se-dignasse de ractificar o, que declarara ser, jurando em nome de Deos: esse elevado Spirito jurou, immediatamente, pel-o Sagrado nome de Maria Santissima, e por Deos Todo Poderoso, ser, effectivamente, o Anjo de Deos.
    [...]
    Tudo, porêm, fica claro, lendo-se o seguinte período de outra communicação, que já corre impressa: –«Os padres, quando vêem um incredulo, fazem todo o possivel para que elle se baptise; assim também o Spiritismo faz com que todos se cheguem á Religião Catholica, que é a verdadeira religião de Deos
    [Anjo de Deos – Bahia, 1866.)

  15. Gorducho Diz:

    Veja que não Analista Vinícius: em ’65 ele tava no auge lá em França…

  16. sentimento Diz:

    como é falar com espíritos? uma dia visitei um centro e vi a pessoa encorporada e mudando a voz. O espírito entra na pessoa ou fica falando no ouvido? Por que muda a voz? É a voz do morto? E quando escreve, muda a letra?

  17. Vinicius Diz:

    “pedimos que se-dignasse de ractificar o, que declarara ser, jurando em nome de Deos: esse elevado Spirito jurou, immediatamente, pel-o Sagrado nome de Maria Santissima, e por Deos Todo Poderoso, ser, effectivamente, o Anjo de Deos.”
     
    “Jurar por Deus” basta para “veracidade” da comunicação né? :mrgreen:

  18. Vinicius Diz:

    Creio que nessa época o espiritismo era ainda mais Católico! Por isso Bezerra se encantou :!: Era um Mariano Espírita

  19. Marciano Diz:

    Vinicius, não sei por que você exige provas além do juramento por deus. Eu juro por qualquer deus que você escolha que ontem vi um lobisomem pousando um disco voador no meu quintal.
    Você é um homem de pouca fé. Se sua fé fosse do tamanho de um grão de mostarda, não duvidarias, seu tomé hodierno.

  20. Marciano Diz:

    Se seu superior hierárquico o flagra no blog, na hora do batente, aposto como tu juras por qualquer coisa que te peçam que foi por interesse profissional, em razão das matérias contabilísticas que têm sido postadas sobre métodos paranormais de escrituração mercantil e ouvidoria contábil.

  21. Marciano Diz:

    Em nome da concordância gramatical, rogo humildemente que substituas os pronomes “seu” (possessivo) por “teu” e “o” (oblíquo objetivo direto) por “te”.
    Juro por Osíris que nunca mais atentarei contra a gramática portuguesa (ou outra gramática qualquer) neste blog.
    Só em conversas de botequim.

  22. Marciano Diz:

    Ouvidoria contábil = auditoria contábil.
    Quer dizer, favor fazer a troca.
    Ando com ouvidoria na cabeça. Será que é porque o antigo ouvido (agora é orelha) é órgão de audição?
    Claro que não.

  23. sentimento Diz:

    Não entendi essa de espiritismo católico. Espiritismo que sei é receber mensagens de espíritos, através dos médiuns. Na igreja católica, na que frequento, não tem médiuns.

  24. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o Sr Gorducho
    Gorducho Diz:
    OUTUBRO 25TH, 2017 ÀS 6:16 PM
    Pelo menos esse anjo é sincero de deixa claro os reais propósitos originais do espiritismo – reformar o CATOLICISMO.
    Serem aceitos pela ICAR.
    Se deram mal, claro. E muito menos poderiam prever o surgimento dos evangélicos
    :lol: :lol: :lol:
    ——————————————————————
    Sim, estamos aí! Sempre a combater as mentiras do diabo.

  25. Eu Sou a Universal Diz:

    Amigo Marciano, quanto ao post anterior, não resta mais dúvida que o Sr Divaldo não incorpora um preto velho como eu imaginava. É apenas um ator. Percebi a aumentei mais ainda a minha desconfiança quando questionei aqui e descobri que ele não dá consultas ao final da reunião. De que adianta um médium espírita que não dá consulta? Pensei que as pessoas tinham acesso ao médico incorporado e anotavam até receitas médicas. ( na verdade o preto velho disfarçado de médico e enganando os kardecistas) Mas nada disso. Nem receitas, nem conselhos, nem despachos e nem entidade de macumbaria ou do Kardecismo incorporada. Apenas um senhor de idade fazendo um papel desses de fingir incorporar um médico de outros tempos e enganando os seus ouvintes. Lamentável.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)