Filippo Bottazzi e Seu Método de Registro Gráfico (2018), por Lorenzo Leporiere

Este trabalho investiga e contextualiza a contribuição do fisiologista italiano Filippo Bottazzi (1867-1941) para a pesquisa sobre fenômenos mediúnicos na Europa nos primeiros anos do século XX, com foco em sua investigação dos supostos poderes de Eusápia Palladino, uma famosa médium italiana de efeitos físicos que inspirou a “conversão” de César Lombroso. O trabalho de Bottazzi, realizado entre 1906 e 1909, é comparado com o de colegas na Itália e de outros locais e analisado à luz da metodologia científica que utilizou em sua pesquisa como fisiologista. Este artigo revisará os eventos que levaram Bottazzi a se interessar pela mediunidade, analisará como ele projetou e conduziu seus experimentos e as conclusões que deles extraiu. Uma atenção particular será dada aos métodos e instrumentos científicos que utilizou em sua pesquisa psíquica, que estavam de acordo com sua visão epistemológica positivista, como é mostrado em um ensaio sobre o método científico escrito por ele no mesmo período. Para ler o artigo em português, clique aqui.

61 respostas a “Filippo Bottazzi e Seu Método de Registro Gráfico (2018), por Lorenzo Leporiere”

  1. Marciano Diz:

    It’s about time.
    Atenção senhores tradutores: it’s about time não é sobre tempo e sim “até que enfim”.
     
    Detto ciò, diciamo qualcosa su Lombroso.
     
    Prima di tutto, is suo vero nome era Marco, non Cesare.
    La wikipedia italiana dice di lui:

    Più avanti negli anni Lombroso iniziò ad investigare i fenomeni di medianicità. Sebbene fosse inizialmente scettico, successivamente divenne un credente nello spiritismo.
    Lombroso discusse le sue opinioni sul paranormale e lo spiritismo nel libro Dopo la morte – cosa? (1909) in cui affermo’ di credere negli spiriti e sostenne che la medium Eusapia Palladino fosse genuina. Sul British Medical Journal il 9 novembre 1895 fu pubblicato un articolo intitolato Exit Eusapia!. L’articolo Metteva in discussione la legittimità scientifica della Society for Psychical Research la quale aveva investigato sulla natura di medium della Palladino, CHE AVEVA LA REPUTAZIONE DI ESSERE UNA TRUFFATRICE E UN’IMPOSTORA ED ERA RIMASTA SORPRESA DAL FATTO CHE LOMBROSO FOSSE STATO INGANNATO DALLA DONNA.
    EDWARD CLODD SCRISSE “LOMBROSO SI BEVVE TUTTO, DALLA TAVOLA SPIRITICA ALLA MATERIALIZZAZIONE DEI DEFUNTI, ALLA FOTOGRAFIA SPIRITICA ALLE VOCI DEGLI SPIRITI STESSI; OGNI STORIA, VECCHIA O NUOVA, IRRISPETTIVAMENTE DAL FATTO CHE VENISSE DA FONTI ATTENDIBILI O MENO, LA QUALE CONFERMASSE LA SUA VOGLIA DI CREDERE.”

    La figlia di Lombroso Gina Ferrero scrisse che durante gli ultimi anni della sua vita Lombroso soffriva di arteriosclerosi e che la sua salute mentale e fisica era minata. LO SCETTICO JOSEPH MCCABE SCRISSE CHE A CAUSA DI CIÒ NON ERA SORPRENDENTE CHE LA PALLADINO FOSSE RIUSCITA A FAR CREDERE LOMBROSO ALLO SPIRITISMO USANDO I SUOI TRUCCHI.

     
    Sì, sappiamo già che secondo l’amministrazione wikipedia ha un pregiudizio verso il soprannaturale.
     
    Per quanto riguarda Bottazzi, l’unica cosa che so è che è riconosciuto dal suo lavoro con la fisiologia, non per i suoi interessi in Eusapia.
     
    Sarebbe interessante vedere il suo libro sulla presunta medium, ma non sono riuscito a scaricarlo dalla web.
     
    Con tutta la mia buona volontà darò un’occhiata all’articolo e commenterò, se leggerò qualcosa che ne vale la pena.
    Nonostante ciò, i miei eventuali commenti saranno tutti in italiano e fanculo quelli che non riescono a leggerlo.
     
    È un omaggio a Fillippo e Marco.

  2. Marciano Diz:

    A proposito: nei corsi di deretto studiamo Lombroso e l’unica cosa che dicono su di lui è che è un pazzo che credeva nella frenologia, cioè, credeva di poter dire se qualcuno fosse incline al crimine dal suo viso, una cosa che non ha assolutamente senso oggigiorno.

  3. Marciano Diz:

    Scusate. Diritto.
    Anche in italiano il poltergeist mi insegue.

  4. Marciano Diz:

    Ho cercato alcune informazioni tecniche su Lombroso, solo per illustrare quello che ho detto, e ho trovato questo:
     
    Lombroso sosteneva che esistessero correlazioni fra il comportamento criminale e determinati tratti
    fisici, che vi fosse una connessione tra degenerazione morale e fisica, come sostenuto dagli studi
    della fisiognomica.
     
    L’interpretazione lombrosiana positivistica del fenomeno criminale sosteneva quindi che i criminali soggiacessero a tendenze devianti e indipendenti dalla volontà, stabilendo così un legame diretto e causale tra biologia e crimine. La mostruosità fisica per Lombroso rispecchiava quella morale, per questo motivo si prefiggeva di ricercare nei criminali determinate espressioni fisiche, somatiche e psicologiche, prova dell’esistenza di una ben precisa anomalia congenita, che avrebbe consentito di individuare per tempo i soggetti socialmente pericolosi e di isolarli dalla comunità prima che avessero tempo e modo di commettere dei crimini. I delinquenti avevano dunque una natura antropologica particolare.

     
    L’interpretazione lombrosiana positivistica del fenomeno criminale sosteneva quindi che i criminali soggiacessero a tendenze devianti e indipendenti dalla volontà, stabilendo così un legame diretto e causale tra biologia e crimine. La mostruosità fisica per Lombroso rispecchiava quella morale, per questo motivo si prefiggeva di ricercare nei criminali determinate espressioni fisiche, somatiche e psicologiche, prova dell’esistenza di una ben precisa anomalia congenita, che avrebbe consentito di individuare per tempo i soggetti socialmente pericolosi e di isolarli dalla comunità prima che avessero tempo e modo di commettere dei crimini. I delinquenti avevano dunque una natura antropologica particolare.
     
    Agli occhi di Lombroso, Ted Bundy sarebbe un angelo tra noi.
     
    José Ingenieros, un italiano trasformato in un argentino, e un famoso criminologo, ha detto di lui:
     
    Lombroso es un hombre genial pero no es inteligente.
     
    Ciò che può essere tradotto: Lombroso è um uomo geniale, ma non è intelligente.

  5. Marciano Diz:

    Jose Ingenieros è nato a Palermo, con il nome di Giuseppe Ingegneri, ma la sua famiglia emigrò in Argentina, così cambiò il suo nome, come Napoleone Buonaparte ha cambiato il suo in Napoléon Bonaparte.

  6. Marciano Diz:

    Sembra che Filippo fosse un altro ingenuo scienziato che è stato ingannato da una presunta medium.
    Gli scienziati comprendono la scienza, non i trucchi magici.
    Non un grande affare.

  7. Marciano Diz:

    Dall’articolo:
     
    Dopo aver assistito alle sedute di Eusapia, Bottazzi ha dichiarato di essere “quasi persuaso” che i fenomeni osservati da lui e dai suoi fidati colleghi non erano allucinazioni o soprannaturali, ma reali e biologici, sebbene abbia ammesso che “il suo determinismo ci sfugge”.
     
    Cosa “soprannaturale” significava per Filippo?
     
    Eusapia fingeva di avere poteri soprannaturali, come tutti i maghi circensi di campagna.
    Almeno quelli abbastanza intelligenti da fare un po ‘di fama e fortuna con la magia di salone.
     
    Ho letto abbastanza per sapere che è una perdita di tempo questo Filippo, almeno per quanto riguarda le sue convinzioni in Eusapia.
    Aspetterò che gli altri facciano commenti.
     
    Tornerò.

  8. Marciano Diz:

    Il farmaco sta iniziando a fare effetto, penso che farò meglio a fermarmi ora, prima di scrivere qualcosa di reprensibile.

  9. Marciano Diz:

    Marciano non è più qui tra noi. La sua anima fu presa da Lucifero, il portatore dell ‘Aurora.
    Lucifero (in ebraico הילל o helel, in greco φωσφόρος, in latino lucifer) è il nome classicamente assegnato a Satana dalla tradizione giudaico-cristiana in forza dell’interpretazione prima rabbinica e poi patristica di un passo di Isaia. Più precisamente, Lucifero è considerato essere il nome di Satana prima che diventasse un demone e che, conseguentemente, Dio lo facesse precipitare dal Cielo. Mentre Michele sarebbe il capo delle schiere angeliche, Lucifero/Satana sarebbe il riferimento degli angeli ribelli e precipitati negli Inferi.
    Domani lo spirito di Marciano sarà liberato dal potere delle tenebre e gli sarà permesso di entrare in azione.
    Essere pazientare.

  10. Marciano Diz:

    Marciano è una brava persona, ma per la sua mancanza di credenze è stato costantemente venerato dalle forze oscure.
    Siate gentili con lui e ricordate che egli fa solo cose rimovibili sotto l’influenza del cattivo spirito e la sua abitudine di ricorrere alla droga.

  11. Marciano Diz:

    Siate gentili con lui e ricordate che egli fa solo cose rimovibili sotto l’influenza del cattivo spirito e la sua abitudine di ricorrere alla droga.
    Lancia la prima pietra chelli que non ha peccati.

  12. Marciano Diz:

    Non ricordo di aver fatto gli ultimi tre commenti.
    Qualcuno deve aver usato la mia e-mail.
    Inoltre, non è il mio stile comunque.
    Ci sono alcuni errori che non vorrei fare, come Lucifero parlando di se stesso in terza persona, cheli invece di quelli.
    Non è necessario rimuovere i commenti. Mi piacevano. Nonostante ciò, mi metterò in contatto con l’amministrazione per cambiare la mia e-mail.
    Penso che Grassottello abbia fatto i commenti, perché lui ed io siamo gli unici che sanno scrivere in ebraico e greco qui.

  13. Marciano Diz:

    Se non fosse Grassottello, mi scusi.
    Borges, che è assente al momento attuale, e inoltre, non sa come scrivere in ebraico e greco, è l’unico che ha quello stile.

  14. Marciano Diz:

    Attenzione, signor amministratore, puoi lasciare i commenti. Sono divertenti.

  15. Marciano Diz:

    E prego, singnor amministratore, rimuovi il grassetto negli ultimi 3 commenti, incluso questo, partendo da Marciano Dice:
    27 ABRILE, 2018 A 8:12 AM
    Soltanto il grasseto, il neretto, non i commenti.
    Ho dimenticato di chiuderli.

  16. Marciano Diz:

    “Signor” amministratore. Poltergeist.

  17. Marciano Diz:

    Aprile, non abrile.
    Assuetum relinquere difficile est.

  18. Marciano Diz:

    Sono stato io, Vitor. Ho usato la stessa e-mail in modo che il messaggio venisse pubblicizzato immediatamente, perché ho visto che non hai già cambiato la mia e-mail e volevo correggere l’errore che IO ho fatto, non il poltergeist.
    La frase in latino è un’eccezione. È un detto latino comune, quindi non l’ho tradotto in italiano.
    Ho provato a chiudere il neretto senza successo.

  19. Gorducho Diz:

    Os termos pesquisa metapsíquica e psíquica têm significados ligeiramente diferentes, embora a língua italiana os classifique como sinônimos. Diferentemente do termo pesquisa psíquica, a metapsíquica (metapsichica em italiano) refere-se ao fato de que o fenômeno investigado parece estar fora dos domínios psicológico ou fisiológico.
     
    Me parece que ele está confundindo psíquica com psicológica
    São exatos sinônimos, apenas um anglo e outro o continental.
     
     
    Embora o termo “métapsiquique” tenha sido criado por Charles Richet em 1905, não foi amplamente usado na França ou em qualquer outro lugar.
    :o
    51 rua do Aqueduto.

  20. Gorducho Diz:

    Sr. administrador: fvr. fechar os itálicos nas citações,
    e o bold anterior, claro…

  21. Gorducho Diz:

    Es decitr: só o bold. As quotes estão certas!

  22. Marciano Diz:

    Grazie, Vitor.
    Continuerò a leggere l’articolo e i commenti e cercherò di mantenere la mia “bocca” chiusa per un po’, perché ho già detto troppo.

  23. Gorducho Diz:

    O artigo é interessante por informar sobre um personagem pra mim até agora desconhecido nesse ramo da metapsíquica.
    Bem como boa literatura italiana que vou procurar conferir aos poucos…
    Mas o bom é a gente ver o material proper que ele produziu.
    Interessante…
    Bottazzi abandonou essa linha de pesquisa e se recusou a permitir que seu Fenomeni Medianici fosse reimpresso
    Será que no fim caiu na real :?:

  24. Eu Sou a Universal Diz:

    Senhores, estou sempre lendo, mas não opino por nada entender desse assunto que tanto tomou conta dos debates aqui, mas vejo que agora volta o Espiritismo, mas ainda não é o meu foco, o meu foco são as seitas brasileiras. Muito anseio pra que voltem os temas sobre o Sr Chico Xavier e o Ramatis.

  25. Vitor Diz:

    Espero até agosto satisfazer esse seu desejo, Pastor!

  26. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Vitor, obrigado. O sr tem algo sobre o Ramatis pra postar?

  27. Marciano Diz:

    Ciao, amico mio, Pastore.
    Ho promesso di commentare solo in italiano, ma è sempre un piacere trovarti.
    Desidero anch’io gli articoli che desideri vedere.
    Aspettiamo.

  28. Maruzio Diz:

    “meu foco são as seitas brasileiras.”
    .
    Tipo a IURD?

  29. Vitor Diz:

    Oi, Pastor
    sobre Ramatis nada no momento.

  30. Maruzio Diz:

    Vitor,

    Você, pessoalmente, acredita que os espíritos se comuniquem com os vivos?

  31. Vitor Diz:

    Oi, Maruzio
    De forma um tanto rara, sim.

  32. Maruzio Diz:

    E você acha que Ramatis é uma fraude? Assim como CX? Ou é uma mescla de fantasia e realidade?

  33. Vitor Diz:

    Enquanto eu não tiver provas fidedignas de fenômenos paranormais da parte de Ramatis ou do Chico Xavier, sigo pensando que é tudo fraude ou fantasia (ou mistura de fraude e fantasia…).

  34. Vinicius Diz:

    Eu sigo pensando que é mescla também e com objetivo de ganhar dinheiro e ajudar pessoas. Mesmo sendo “fraude” acreditem: “consola” muita gente…forçoso admitir isso.
    Conheço várias pessoas que foram “consoladas” ou ao menos tranquilizadas. Uma senhora onde o filho foi tragicamente carbonizado em um acidente de carro estava sem chão, talvez a ponto de terminar com a vida e a carta “psicografada” a dissuadiu.

  35. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr:
    Maruzio Diz:
    MAIO 3RD, 2018 ÀS 11:58 AM
    “meu foco são as seitas brasileiras.”
    .
    Tipo a IURD?
    ————————————————————–
    As seitas brasileiras espíritas. Por que a IURD é seita?

  36. Eu Sou a Universal Diz:

    Esse Sr Maruzio mostra-se agressivo sempre para comigo desde o primeiro post que fez aqui se referindo a mim. Respeito é uma coisa boa ainda mais num país democrático. O sr deveria conhecer pessoalmente um regime autoritário para ver como é. Conheci alguns países assim. Medo é uma constante lá. Com um país abençoado como o nosso o sr me ataca gratuitamente sem respeitar opinião ou debater sem ataques pessoais. Como é bom a liberdade que temos aqui. Diga apenas porque discorda e só. Se é para atacar, digo-lhe apenas que gostaria de impor as minhas mãos sobre ti assim como sonho em impor ao Sr Divaldo Franco. Te respondo te abençoando, talvez o sr esteja precisando de paz de espírito, caso esteja, se sinta abençoado e vou colocar seu nome hoje no nosso caderno de orações. Hoje é seção de descarrego e libertação em nossas igrejas. Caso sinta algo após as 19:30h de hoje em que começamos os nossos trabalhos, mantenha-se calmo e em oração.

  37. Vitor Diz:

    Oi, Pastor
    deixemos o passado no passado. Neste tópico não vi agressão do Maruzio. Ele fez apenas uma pergunta. Notei uma ironia na pergunta, sim, mas que faz pensar. Há diferença entre seita, igreja e religião? Fui pesquisar para saber. Achei isso:
    .
    https://www.ufo.com.br/artigos/diferencas-entre-religioes-e-seitas
    .
    Do que li, a diferença é nula ou ínfima. A maior diferença é que igrejas e religiões estão integrados à sociedade, já as seitas não. Mas toda religião ou igreja começa como seita. A partir do momento que a seita é integrada à sociedade, deixa de ser seita e passa a ser uma igreja ou religião.
    .
    Assim, achei o questionamento do Maruzio muito interessante, e não vi uma atitude agressiva da parte dele (ao menos NESTE tópico), embora o tom tenha sido sim, a meu ver, irônico. Mas foi uma ironia inteligente, e que não foi voltada à sua pessoa. Foi um questionamento legítimo.

  38. Orlando Diz:

    Pastor, também fui muito vilipendiado aqui, mas tenha certeza de que Jesus e os bons amigos estão zelando por nós e pelo excelso Planeta Terra.
     
    Divaldo Pereira Franco é uma mente ecumênica Pastor, tenho certeza de que o receberia muito bem e o deixaria abençoar ou impor mãos.

  39. Orlando Diz:

    Mais um médium de retorno à patria espiritual. Vá com Deus caro Gasparetto. Quem sabe em breve nos dê notícias com psicografias ?
    https://veja.abril.com.br/entretenimento/morre-o-apresentador-luiz-gasparetto-aos-68-anos/

  40. Orlando Diz:

    Vitor, uma sugestão: crie um link com regras de respeito e as respectivas penalidades caso não sejam seguidas.
    Em casos graves uma comissão com 3 internautas, tipo Gorducho, Marciano e você e analisar!
    Por exemplo:
    ofensas por xingamentos – 1 a 7 meses de suspensão.
    a duração da pena varia conforme a quantidade e a gravidade das palavras de baixo-calão.
    Juntando 4 penalidades fica sujeito a avaliação da comissão para ser banido do blog.

  41. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Vitor, já viu de perto algum regime ditatorial em outro país (só se o sr viveu as ditaduras do Estado Novo e de 1964 aqui no Brasil, aí desconsidere outro país) e foi ameaçado por alguma guarda do regime? Eu já. O jeito como ele me tratou no outro tópico foi um tanto raso. Num país democrático ser tratado assim é dose. Agora, seria bom se ele dissesse a qual religião pertence para analisarmos o caso dele. Todos aqui tem posição definida, até mesmo o Duplo Sr Orlando. Só criticar sem se expor é fácil. Por que ele não diz em que crê para poder debatermos?

  42. Vitor Diz:

    Pastor, eu não lembro mais como foi a discussão no outro tópico. Nem quero lembrar. Como eu disse, deixemos o passado no passado. Tentemos um bom convívio daqui para a frente, ok? O Maruzio também não precisa expor o que ele acredita ou deixa de acreditar. Só se ele quiser.

  43. Maruzio Diz:

    Quem não sabe brincar não desce no play. É assim q se falava na minha época.
    .
    Estou com meu acesso a internet bem limitado. Em casa respondo.

  44. Eu Sou a Universal Diz:

    Melhor assim, se vai responder, poderemos debater decentemente.

  45. Maruzio Diz:

    Sugestão de procedimento para julgar e admoestar foristas:
    1- materializemos o espírito de Florence Cook é Emanuel no templo de Salomão.
    2- através de telepatia, mandamos uma mensagem todos pedindo boas vibrações aos amigos do além é do aquém.
    3- dada a sentença, pessamos a S. Ex. Edir Morcego que unja o nome do cramunhão perturbador do fórum.
    4- depoisnsonqueimar eternamente nos braços fortes e viria de satanás no Vale dos tatuados.

  46. Maruzio Diz:

    É só brincadeira viu?

  47. Maruzio Diz:

    Eu já disse que acredito que sejam fenômenos anímicos. Ao menos na umbanda é assim. Mas posso estar errado…

  48. Orlando Diz:

    Nem todos são anímicos Maruzio. O médium capta as informações e decodifica, as vezes conteúdo dele é impregnado nas mensagens, como no caso do Chico

  49. Maruzio Diz:

    Impregnado?

  50. Orlando Diz:

    Sim, quando lemos mensagens de Chico em algumas delas temos a impressão de ler conforme seu vocabulário e não do morto.
    Mas isso não é em todo o livro ou mensagem.
    Leia o Há dois mil anos, Paulo e Estevão, Renúncia e Ave Cristo !

  51. Maruzio Diz:

    Já li todos. Não me convencem. Acho que tem uma mensagem subliminar de revitimização que eu abomino.

  52. Maruzio Diz:

    É não é que fique impregnado e por isso a mensagem incorpore o modo textual do medium. É assim pq é uma fenômeno anímico.

  53. Maruzio Diz:

    De todos esse livros o pior é Alcione… francamente

  54. Gorducho Diz:

    Vejam as cartinhas de CX canalizando pilotos (de aeroplanos) falecidos (em desastres aeronáuticos, claro…) :evil:

  55. Maruzio Diz:

    Gorducho, onde encontro essas cartas?

  56. Gorducho Diz:

    Espírito de aluno de aeroclube (tirando PP no caso…).
     
    Não sei até hoje por que manobras o aparelho nos desobedeceu. Vi nos olhos do instrutor [nome no instrutor também falecido] aquela expressão de espanto que me contagiava, mas isso não durou muito tempo. A queda era verdadeira e a perda do corpo não menos certa.
     
    Imagine uma pessoa do ramo (ainda que ainda aluno…) falando assim…
    Chamando a aeronave de aparelho;
    Não sabia a manobra que estavam fazendo :?:
    Pro aparelho “não obedecer os comandos” e “cair” IMAGINO que pudesse ser entrada em parafuso (treino de recuparação ou entrada acidental :?: ).
    A grande meioria das aeronaves de instrução cá no Brasil era em tandem…
    Pra poder olhar nos olhos do companheiro só lado-a-lado. Asimismo quem numa situação dessas vai olhar pro companheiro ao invés de instintivamente se concentrar em tentar controlar a situação :?:
     
     
    Espírito de piloto PC/IFR/multimotor
    Aparentemente, cruzando mau tempo com forte chuva, fez uma redução (autorizada) de altitude tentando sair da camada e bateu numa serra.
     
    Tempo de chuva, com a famosa cerração enganando os mais experimentados viajantes do ar. Fizemos o possível para que o dever fosse cumprido, mas o resultado não foi o previsto.
    Painel tranqüilo e segurança total. Um leve movimento da máquina e o choque apareceu, inevitável. Duvido que alguém por mais informado, nas condições em que nos achávamos, consiga historiar nas palavras do mundo a ocorrência de que fomos vítimas.
    Não creio que o fenômeno possa ser anatomizado com todos os rigores da técnica, até mesmo em nos reportando às caixas de informação nos instantes mais graves. Em mim o acontecimento adquiriu as proporções de uma bomba que me alcançasse, arrasando-nos.
    Experimentei por dentro de mim aquela ansiedade de socorrer os viajores amigos, ou melhor, os companheiros que me faziam presença, mas nem de muito leve, consegui atuar com o meu intento
    .
     
    “Cerração” com forte chuva :?:
    Outro piloto – experiente, com todas carteiras – chama a aeronave de máquina</i< também…
    Anatomizar o fenomeno… cujo ao que tudo indica tenha sido o conhecido erro altimétrico.
    Chamar os passageiros de viajores :?:
    Que piloto fala assim :?:

  57. Gorducho Diz:

    ERRATA
    chama a aeronave de máquinatambém
     
    O aluno chamou de aparelho não máquina.
     
     
    [1° caso] se tenha sido uma entrada em parafuso poderia ter rebentado o cabo do leme pro aparelho “não obedecer” e “cair”…

  58. Maruzio Diz:

    Tem q ter muita fé para acreditar nisso…

  59. Maruzio Diz:

    Mas se os kardecista acreditam que o espírito se #impregnou# pelo medium, no mínimo admitem que há animismo na mensagem, em parte ou no todo.

  60. Maruzio Diz:

    Vou fazer uma confissão. Já conversei mentalmente com uma entidade.

  61. Marciano Diz:

    Ho accompagnato i commenti e sono consapevole di ciò che è stato detto, ma non ho tempo per commentare.
    Non ho nemmeno finito di leggere l’articolo e l’argomento è giunto alla fine.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)