CASO IMPRESSIONANTE DE MATERIALIZAÇÃO – O RELATÓRIO G (1975)

Para ler sobre este caso impressionante, clique aqui.

96 respostas a “CASO IMPRESSIONANTE DE MATERIALIZAÇÃO – O RELATÓRIO G (1975)”

  1. mrh Diz:

    Cito livro de Hernani Guimarães Andrade, que foi perguntado/objetado com o seguinte:

    “O professor Carlos Chahfi, do departamento de física da
    universidade “Mackenzie”, fez o seguinte cálculo. E= mc2, ou energia (E) é igual à massa(m) vezes a velocidade da luz (c2). Assim, a energia será igual à massa(70k),vezes a velocidade da luz (300.000 quilômetros por segundo) ao quadrado. Feitas as contas, a energia necessária para materializar um homem seria de 1,75 x 1012 KWh; ou o equivalente, numa hidrelétrica como a de Jupiá, ao trabalho de 293 anos, dia e noite, sem parar. Transformada em calor, essa energia seria suficiente para derreter o minério existente na serra dos Carajás que é a maior jazida de ferro mundo”.
    .
    O eminente espírita não contestou.

  2. Gorducho Diz:

    i) Não ficou clara a correlação entre o livro do Dr. Guimarães e essa pergunta…
    QUEM fez pra quem a pergunta?
     
    ii) IMAGINO que a energia provenha da dark que permeia todo cosmo…
    Isso SE os constituintes da “matéria” das almas materializadas for quarks + leptons.
    Pois podem ser outros elementos inda desconhecidos cuja “massa” não responda à equação essa básica da TR.
    Não me lembro se o Crookes chegou a pesar a KK

    Discutimos TANTO o galvanômetro de espelho;

    quantos °s britânicos a luz se mexia na régua;

    a resistividade do sangue, da pele;

    o circuito…

    que não me lembro quanto a balanças – peso dela :P

  3. Gorducho Diz:

    Eles uivam pro plenilúnio sim.
    Não latem: uivam…

  4. mrh Diz:

    Acabei de ler sobre o poltergeist de guarulhos e admito, fiquei surpreso. O caso é forte e o tratamento foi correto.

  5. Phelippe Diz:

    Oi, Mrh, a qual tratamento se refere? As orações? Acha que aquilo foi real?

  6. mrh Diz:

    o tratamento intelectual do caso, a disposição científica dos pesquisadores.

  7. mrh Diz:

    Do caso de Guarulhos não se pode inferir qualquer afinidade entre agressor e agredidos, nem sequer alguma culpa em supostas encarnações anteriores. Seria algo prático: eles são agredidos e tentam se livrar do atacante. Parece uma “predação”…

  8. Marciano Diz:

    O que houve com seu internetês, mrh?
    Que Diana seja louvada, admito. Aquilo não é linguagem compatível com você.

  9. Marciano Diz:

    Gorducho, foi explicado porque eles uivam. Se a explicação está correta ou não, só os cães sabem.

  10. Marciano Diz:

    Einstein plagiou Poincarè.

  11. Phelippe Diz:

    Mrh, supondo que o caso seja verdadeiro, e tirando a hipótese de vingança por atos cometidos em vidas passadas, poderia ser um ataque de espíritos demoníacos? A família era evangélica, se não me engano, e segundo um vidente o ser tinha forma animal.

  12. Marciano Diz:

    Ah! Plagiou Lorentz também.

  13. Marciano Diz:

    Supondo que lobisomens existam, será que bala de prata os matam?
    Supondo que vampiros existam, será que crucifixos os espantam?
    Supondo que ambos existam, será que um consegue matar o outro?
    O grande problema das suposições é que a gente pode supor o que quiser. Materializações (que que?), seres fantásticos, divindades, etc. e tal.
    Supondo que 1 + 2 = 5 pode ser que 5 – 1 = 2.
    Supondo qualquer coisa, podemos imaginar o que quisermos.
    Vamos provar primeiro que espíritos ou coisa que o valha existem, para somente depois tentar ver se podem se comunicar conosco, se materializar, reencarnar, e tudo o mais?
    Diana já foi uma deusa tão real quanto Jeová.
    Podemos supor que crenças bizarras sejam uma espécie de moda?

  14. Marciano Diz:

    Um médico está envolvido com fatos sigilosos (estranho).
    O médico trata de problemas com o corpo bioplasmático (mais estranho).
    O fato sigiloso fica sobre uma mesa, o paciente começa a ler com sofreguidão um relatório sigiloso na frente do guardião do sigilo e este limita-se a adverti-lo de que o relatório é sigiloso (será que é assim na NSA?).
    A história do relatório começa como roteiro de histórias em quadrinhos ou filme da sessão da tarde da Globo.

  15. Marciano Diz:

    “…no questionário enviado a outros pesquisadores figurou uma pergunta estranha sobre que relações que poderiam existir entre paranormalidades e homossexualismo.”
    Pode-se supor que paranormalidade seja pura frescura?
    Seja como for, isto parece coisa daquela franquia, “Atividade Paranormal”, aqueles filmes trash sobre idiotas que ficam filmando fantasmas.

  16. Marciano Diz:

    De 1975 para cá, o que resultou dessa atividade paranormal?
    Quais as novidades quanto ao assunto?
    Por que será que fantasmas e materializações só aparecem para crentes ou falsos céticos (crentes que fingem não o ser, só para propagar sua crença, dizendo que se converteram)?
    Por que nunca vi um fantasma, um disco voador, um lobisomem, um deus, uma materialização, se qualquer um pode ver tudo isto?

  17. Marciano Diz:

    Fotos de fantasmas, de moças levitando…
    O que essas fotos provam?
    O mesmo que estas:
    http://artigosincriveis.com.br/wp-content/uploads/2017/06/fotos-que-s%C3%A3o-fake-1.jpg

  18. Phelippe Diz:

    Ok, Marciano, concordo que esse relatório não convence. O caso do poltergeist de Guarulhos é mais interessante. Também há o poltergeist do Paraguai, se não me falha a memória, onde certo dia um bloco de motor de carro saiu voando. Acho que era isso. Não lembro do Vitor ter tratado desse caso.

  19. Phelippe Diz:

    E do inglês do Emmânuel? Ninguém fala mais nada?

  20. mrh Diz:

    Phelippe, a resposta é sim.
    .
    Pode ser espírito, entidade demoníaca, ser de outra dimensão com acesso a esta etc. No fundo, não há porque preferir uma hipótese em relação a outra.
    .
    Todavia, é preciso perceber q algumas são hipóteses da hipótese, ou ainda mais, o q sempre significa alguma fraqueza teórica.
    .
    Numa entrevista, o pesquisador preferiu acreditar tratar-se de um “elemental”, o que é mais uma hipótese. Se o caso for verdadeiro, a “entidade” (prefiro o genérico, válido universalmente) cortava coisas como se tivesse garras, um possível ponto de contato (valioso e raro) entre as inumeráveis hipóteses e a realidade.
    .
    O caso tocou-me particularmente, pois há anos, um dos meus obsessores (ou todos eles) me arranhava de modo semelhante, um inferno, mas nunca chegou a deixar marcas físicas. Era um fenômeno noturno, era um terror cair no sono, porque eu sentia feras com garras me arranhando até acordar em pânico. Durou anos.
    .
    Outro ponto semelhante é que quanto mais eu tratava do bixo, seja com espiritismo, umbanda, psicoterapia ou psiquiatria, mais agressivo ele se tornava – e é curioso, o bixo tinha horror à religião, como no caso. Quando uma pessoa com sensibilidade tentou intervir, o discurso era o mesmo da suposta entidade do caso de Guarulhos: a pessoa “ouvia” que não era com ela e, se ela parasse o auxílio, ele deixaria de atacá-la (ele também atacou quem tentou me ajudar. Uma pessoa disse ouvir a advertência, q noutra ocasião tb ouvi).
    .
    E o interessante é que morei perto de Guarulhos durante muitos anos, aqueles anos.
    .
    Em mais de uma oportunidade, acreditei que faltou um triz para a entidade(s) que me atacava se materializar, em várias oportunidades eu “senti” que, se jogasse talco no ar, alguma coisa apareceria, tão físicas as coisas pareciam ser.
    .
    Todavia, nunca aconteceu. Nunca vi desmaterialização de objetos ou materializações de figuras; portanto, sempre fui muito cético quanto a isso. Tento só testemunhar o que experimentei.
    .
    Pena não ter lido o caso de Guarulhos antes.
    .
    A intencionalidade é verdadeira. Percebe-se a inteligência e seus planos o tempo todo, tão grudada ela fica da gente. Parece habitar o sistema nervoso central da gente. No caso narrado, ele tentou “entrar” em duas crianças e não conseguiu. Axo q em mim ela entrou, e nunca mais quis sair.
    .
    Por isso prefiro a hipótese espirita.
    .
    Mas um ser de outra dimensão com acesso a esta, que nunca tenha encarnado, também é cogitável.
    .
    Um diabo etc.

  21. Phelippe Diz:

    Interessantíssimo seu relato, Mrh. Obrigado por responder. Curiosamente eu conheço uma pessoa que tem sensibilidade apurada e passa por algo semelhante. O conselho que essa pessoa me deu, ao me conhecer, foi: apenas ore. Não mexa com o oculto. Se mexer, abrirá portais.

  22. Phelippe Diz:

    Sobre a barganha da entidade, sim, é sempre assim. Eles morrem de medo da religião. Não querem que nós procuremos ajuda. Eles precisam de nós para se manter aqui, sei lá o porquê, então sempre fazem essa proposta, não ore que não incomodo mais, ou não incomodo mais do que já estou incomodando. Para quem ñ é muito sensível, afastar-se de coisas relacionadas ao ocultismo, e orar, ajudam bastante.

  23. Marciano Diz:

    Oi, Phelippe. Sua memória o traiu. Não foi o motor, foi o jipe inteiro.
    Veja:

    Não deu outra, dai a instantes todos ouviram um tremendo barulho que assustou as pessoas ali presentes! Saíram munidos de lanterna. Atônitos, verificaram que o enorme jipe havia sido transportado e batera violentamente contra o celeiro, vencendo os 40 metros que o separava daquele deposito. O trajeto era em aclive, e o jipe estava lotado, pesando cerca de 2.500 kg! O mais surpreendente foi o fato de não ter deixado no solo as marcas dos pneus! Como teria transposto aquele caminho em ascensão ate o celeiro? O impacto foi tão violento que uma das pontas do forte pára-choque de aço do veiculo chegou a entortar!

     

    O inglês do EmmÂnuel já foi tratato aqui, mas não está em pauta, no momento.
    ===============================================================
    Não mexa com o oculto. Se mexer, abrirá portais.
    ===============================================================
    Não é verdade. Se fosse, eu tava ferrado. Vivo sacaneando o oculto e até agora não abri portal nenhum. Deve ser porque o oculto não existe, ou porque não existe portal algum para ser aberto, ou ambas as coisas, o que acho mais provável.
     
    Eu não oro nunca, não me afasto de nada e as entidades têm medo de mim.
    Vivo desafiando-as, mas elas é que devem orar para não me encontrarem.
    Entidades cagonas!

  24. Gorducho Diz:

    Pra mim era MATERIALIZAÇÃO, não POLTERGEIST

    A entidade me parece ser a mesma ou semelhante àquela que se materializou pro Kluski (se bem me lembro era ele o médium…).

  25. Gorducho Diz:

    Foi como uma visão – não é a primeira vez que eu vejo, porém estava acordado e de olhos abertos – vi a mão e o braço de fera, de monstro, não de homem. Era muito forte e grande; unhas muito agudas, com 14 a 15cm, curvadas, pretas e lustrosas. O pelo era vermelho, fino, brilhante, assentado como de onça-vermelha. As unhas curvas eram amoladas por cima.
     

     

    Pra mim, tecnicamente isso foi MATERIALIZAÇÃO

  26. Marciano Diz:

    Minha oração predileta para afastar materializações e poltergeists:
    Eu não creio em nenhum deus pai todo-poderoso, criador do céu e da terra de todas as coisas visíveis e invisíveis.

    Não creio em um só senhor, FORREST GUMP, Son of a Bitch, nascido do Ricardão antes de todos os séculos; Deus de Trevas, escuridão da escirudão, deus mentiroso; gerado pela imaginação dos crentes, não criado, consubstancial a coisa alguma.

    Por ele nenhuma das coisas foi feita. E por nós, homens, e para nossa imaginação, foi criado, desceu da zona do crepúsculo e se tornou mais um mito, no seio da Virgem Maria, aquela que só (deixa pra lá) e se fez uma jumenta. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado, embora Pilatos tenha deixado seu registro na história, enquanto que ele, não.

    Ressuscitou ao terceiro dia, conforme é costume com mitos que plagiou, e subiu aos céus, que se acreditava ficar em cima da Terra, na época em que o mito foi plagiado e onde está sentado à direita do ZÉ-Ruela.

    E de novo há de vir, só que nunca chega o dia, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim, pois nunca começou.

    Creio no Espírito Santo, o Estado da Federação Brasileira, que dá boa vida aos políticos de lá, e procede do pai da mentira e do filho da p, digo, enganação; e com o pai e o filho é adorado e glorificado pelos bobos e ingênuos: Ele falou pelos profetas também imaginários.

    Creio na Igreja, una, apesar das dissidências, cismas, etc., santa, apesar das atrocidades e pedofilia, católica e apostólica, por causa do cisma. Professo um só batismo para a remissão dos pecados, criados para assustar os crentelhos. E espero (sentado, para não cansar) a ressurreição dos mortos e vida do mundo que há de vir.

    Amém.

  27. Marciano Diz:

    ███████████████████████████
    ███████▀▀▀░░░░░░░▀▀▀███████
    ████▀░░░░░░░░░░░░░░░░░▀████
    ███│░░░░░░░░░░░░░░░░░░░│███
    ██▌│░░░░░░░░░░░░░░░░░░░│▐██
    ██░└┐░░░░░░░░░░░░░░░░░┌┘░██
    ██░░└┐░░░░░░░░░░░░░░░┌┘░░██
    ██░░┌┘▄▄▄▄▄░░░░░▄▄▄▄▄└┐░░██
    ██▌░│██████▌░░░▐██████│░▐██
    ███░│▐███▀▀░░▄░░▀▀███▌│░███
    ██▀─┘░░░░░░░▐█▌░░░░░░░└─▀██
    ██▄░░░▄▄▄▓░░▀█▀░░▓▄▄▄░░░▄██
    ████▄─┘██▌░░░░░░░▐██└─▄████
    █████░░▐█─┬┬┬┬┬┬┬─█▌░░█████
    ████▌░░░▀┬┼┼┼┼┼┼┼┬▀░░░▐████
    █████▄░░░└┴┴┴┴┴┴┴┘░░░▄█████
    ███████▄░░░░░░░░░░░▄███████
    ██████████▄▄▄▄▄▄▄██████████
    ███████████████████████████

  28. mrh Diz:

    karo victor, vc dispõe de algum estudo ou artigo crítico acerca do caso d guarulhos?

  29. MONTALVÃO Diz:

    /
    E eu hablando sozinho no tópico precedente…
    .
    Melhor dormir e sonhar meu predileto sonho: o sonho de que sonho o sonho de quem sonha que sonho o sonho que sonho!

  30. MONTALVÃO Diz:

    /
    Certas coisas não mudam: “relato IMPRESSIONANTE! Essa nem putzgrila resolve!
    /
    Quase fico pasmo, mas nem a pasmaceira que me acomete permite a agressão.
    .
    MRH tá xou! O sujeito quando quer escreve bem pracaramba! Queria ter um tititinho desse talento! Se não houver recaída haverá esperança para a humanidade…
    .
    E isso, sim, é IMPRESSIONANTE!

  31. Marciano Diz:

    Falando sozinho é o escambau. Erramos o timing, mas eu estive lá. Respondi aos seus comentários sobre o benevolente espirro. Advoguei pro bono para os vírus.

  32. Marciano Diz:

    Pro bono quer dizer que defendi-os gratuitamente. Defendi-os voluntariamente, sem cobrança de honorários, apenas para fazer o bem.

  33. Marciano Diz:

    Quidquid latine dictum sit, altum videtur :mrgreen:

  34. Marciano Diz:

    Brincadeirinha.
    O nosso direito (e o de grande parte do mundo) tem raízes no direito romano, daí as inúmeras citações em latim no mundo jurídico.
    Não se estuda latim em cursos de direito, mas a todo momento a gente se depara com citações em latim, por causa do direito romano. Até no direito inglês e americano o latim é citado a todo momento.

  35. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    .
    Falando sozinho é o escambau. Erramos o timing, mas eu estive lá. Respondi aos seus comentários sobre o benevolente espirro. Advoguei pro bono para os vírus.
    /
    ==========================.
    ASSIM FOI DITO:
    .

    MONTALVÃO: Considerando o alcance terapêutico dos espirros, estou a desenvolver a metatese de que espirrar não implica na mera expelição de toxinas, há, ainda, implicações transcendentais. No âmbito metafísico, quando espirramos lançamos nossos demônios para o éter fundamental.[...]
    /
    MARTE: Do ponto de vista individual, nada mais perfeito. Ocorre que ao espirrar, o indivíduo espalha bilhões de vírus para todos os lados, os quais podem permanecer em perdigotos por vários minutos, viajar a grandes distâncias e espalhar a peste para todos os humanos saudáveis que tiverem a infelicidade de aspirá-los.
    ========================.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: “Talviez” não tenha visto a parte em que separo o efeito biológico, e conhecido, dos espirros da novidade que trago ao conhecimento ocidental, de que há mais num espirro que supõem nossas secreções…
    .
    A epistemologia dos espirros, que descreve, está isenta de reparos, porém não toca na transcendentalidade do caso, que é o mote do manifesto. Obviamente, que os conscientes esforçam-se por espirrarem e tossirem em lecinhos de seda, de algodão, ou mesmo guardanapos de papel. Não lhes interessa dividir o “trash” expelido com a humanidade. O mesmo se aplica ao expelimento de demônios: espirrando-os em contentores podem facilmente ser guardados para sacudimento em áreas onde oferecem pouco perigo.
    .
    Ficasse eu tão somente no foco físico daria norte diverso ao conteúdo. Provavelmente comentaria do uso intenso, durante um tempo, que fiz de rapé, só para ter a satisfação de espirrar a tempo e hora quando bem entendesse, entende? Parei por ficar viciado, pois odeio vícios!
    .
    Já que de espirros falamos, sabia que é impossível espirrar de olhos abertos?
    Sabia que a alegação acima é falsa?
    Difícil é, impossível não…

  36. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    .
    Pro bono quer dizer que defendi-os gratuitamente. Defendi-os voluntariamente, sem cobrança de honorários, apenas para fazer o bem.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: qui nem se fazia na idade média, na Europa, quando humanos processavam outros vivos (p.ex.: cupins) e estes eram representados por causídicos gratuitamente!

  37. MONTALVÃO Diz:

    /
    Comecei a ler o Relatório G. Meu cérebro recusou prosseguir após um certo tempo.
    .
    É abobrinha demais para quem tenha mínima inteligência!
    .
    Procurei referência ao “famoso” CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS, nada…
    .
    O “repórter” foi entrevistar um psiquiatra sobre o “corpo bioplasmático”, matéria que qualquer profissional da área conhece profundamente, pois dela estuda oito semestres na faculdade.
    .
    Casualmente, ou por intervenção espiritual, vai saber, o relatório ultrassecreto estava sobre a mesa do “dotô” que, ainda tentou impedir que o visitante o acessasse, mas repórter a gente sabe como é: não perde uma!
    .
    E o material é forte! Um médium secreto, num lugar secreto, participou de experiências secretas e provou tudo o que ninguém até então provara!
    .
    Assim, fica estabelecido que hipóteses “ceentíficas”, quais ectoplasmia, materializações, alucinações, divagações, engodações e safadezas afins ficam definitivamente comprovadas…
    .
    FALA SÉRIO, PÔ!

  38. Marciano Diz:

    É, Montalvão, vírus à parte, foi por isto que eu disse, mais acima:
     
    Marciano Diz:
    JUNHO 30TH, 2018 ÀS 5:03 PM
    Um médico está envolvido com fatos sigilosos (estranho).
    O médico trata de problemas com o corpo bioplasmático (mais estranho).
    O fato sigiloso fica sobre uma mesa, o paciente começa a ler com sofreguidão um relatório sigiloso na frente do guardião do sigilo e este limita-se a adverti-lo de que o relatório é sigiloso (será que é assim na NSA?).
    A história do relatório começa como roteiro de histórias em quadrinhos ou filme da sessão da tarde da Globo.
     
    Marciano Diz:
    JUNHO 30TH, 2018 ÀS 5:07 PM
    “…no questionário enviado a outros pesquisadores figurou uma pergunta estranha sobre que relações que poderiam existir entre paranormalidades e homossexualismo.”
    Pode-se supor que paranormalidade seja pura frescura?
    Seja como for, isto parece coisa daquela franquia, “Atividade Paranormal”, aqueles filmes trash sobre idiotas que ficam filmando fantasmas.
     
    Marciano Diz:
    JUNHO 30TH, 2018 ÀS 5:11 PM
    De 1975 para cá, o que resultou dessa atividade paranormal?
    Quais as novidades quanto ao assunto?
    Por que será que fantasmas e materializações só aparecem para crentes ou falsos céticos (crentes que fingem não o ser, só para propagar sua crença, dizendo que se converteram)?
    Por que nunca vi um fantasma, um disco voador, um lobisomem, um deus, uma materialização, se qualquer um pode ver tudo isto?
     
    Marciano Diz:
    JUNHO 30TH, 2018 ÀS 5:15 PM
    Fotos de fantasmas, de moças levitando…
    O que essas fotos provam?
    O mesmo que estas:
    http://artigosincriveis.com.br/wp-content/uploads/2017/06/fotos-que-s%C3%A3o-fake-1.jpg
     
     
    Phelippe também concordou que esse tal relatório não serve para nada.
    Mais uma prova de que as provas do sobrenatural não provam nada.

  39. MONTALVÃO Diz:

    /
    A quem acha, ou sente, que tem diabo no corpo, lembro que a fórmula milenar do livramento é eficaz até hoje, lê-se no Livro Santo:
    .
    resisti ao diabo e ele fugirá de vós
    .
    Os coisas-ruins não querem dureza, eles gostam de quem lhes abram as pernas para que penetrem lépidos e faceiros, e ficam num entra-e-sai a perder de vista.
    .
    Contudo, ao menor sinal de resistência partem à procura de acessos fáceis.
    .
    Agregando-se à técnica do espirro, explicitada na rubrica anterior, à da resistência ostensiva, não há obsessor que fique, sai tudo e, o melhor, não volta!

  40. MONTALVÃO Diz:

    /
    “É, Montalvão, vírus à parte, foi por isto que eu disse, mais acima”
    /;
    CONSIDERAÇÃO: de fato, sua crítica foi mais detalhada e apontou várias fraquezas do “relatório secreto”. Se tornar a lê-lo achará outras, e, cada novo exame novos aleijões serão relatados!
    .
    É mesmo IMPRESSIONANTE!

  41. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE NO TÓPICO ANTERIOR: “isso deveria servir para mostrar ao Vitor que nossos médiuns são poderosos e ele perde um rico filão aurífero ao não valorizá-los, preferindo a pirita estrangeira!”
    .
    Aí neste post eu publico sobre um médium brasileiro, e o que ele diz?
    .
    MONTALVÃO NESTE TÓPICO: “Comecei a ler o Relatório G. Meu cérebro recusou prosseguir após um certo tempo.”
    .
    Essas coisas que me tiram do sério…

  42. Espirita SP Orlando Diz:

    “MONTALVÃO NESTE TÓPICO: “Comecei a ler o Relatório G. Meu cérebro recusou prosseguir após um certo tempo.”
    .
    Essas coisas que me tiram do sério…”
    Concordo. É a mesma coisa quando pedem Chico Xavier!
    Saem do debate e passam a falar de outros assuntos, por exemplo, eu mesmo e minha “dupla personalidade”.

  43. Vitor Diz:

    “É a mesma coisa quando pedem Chico Xavier!”
    .
    Pedem e quando tem um material raro para ser ofertado não dão 1 centavo para ajudar.

  44. Marciano Diz:

    Espirita SP Orlando Diz:
    JULHO 2ND, 2018 ÀS 3:40 PM
    “MONTALVÃO NESTE TÓPICO: “Comecei a ler o Relatório G. Meu cérebro recusou prosseguir após um certo tempo.”
    .
    Essas coisas que me tiram do sério…”
    Concordo. É a mesma coisa quando pedem Chico Xavier!
    Saem do debate e passam a falar de outros assuntos, por exemplo, eu mesmo e minha “dupla personalidade”.
     
    Isto não se aplica a mim. Várias vezes falei sobre o tópico, tentei atrair os demais para comentar o assunto, em vão:
     
    Marciano Diz:
    JUNHO 28TH, 2018 ÀS 8:47 PM
    Vou tentar dar uma de VINICIUS e trazer uma novidade para cá.
    Vocês sabiam que o Jair Presente virou escritor espírita depois de morto?
    Não é brincadeira.
    Eis alguns livros dele:
    https://www.mensagemespirita.com.br/livro/1810207/rapidinho-jair-presente-espirito
     
    https://www.mensagemespirita.com.br/livro/1808096/revelacao-jair-presente-espirito
     
    Marciano Diz:
    JUNHO 28TH, 2018 ÀS 8:49 PM
    Vou passar rapidinho o livro de poemas de Jair Presente, de presente para vocês:
    http://falandodeespiritismo.com.br/wp-content/uploads/2017/10/Chico-Xavier-Livro-325-Ano-1989-Rapidinho.pdf
     
    Mais adiante:
     
    E no Jair Presente, não vai nada?
    Já foi dito tudo o que se tinha pra dizer?
    Eu postei os dois livros que cx atribuiu a seu imaginário espírito. Montalvão achou um poema legal, mas eu achei todos um lixo, e acho que foi proposital.
     
    cx esmerou-se para fazer os pastiches de “Parnaso”, mas infantilizou os versos de Presente, para passar mais credibilidade.
    É minha hipótese.
     
    Quanto ao tostão furado, eu disse:
     
    Num país de maioria católica, com 123,2 milhões de pessoas que se declaram católicas, segundo dados do Censo Demográfico divulgado nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acho engraçado que católicos precisem de dinheiro de ateus para escanearem livros católicos.
    Eles deveriam fazer o trabalho de graça e, se quisessem que fosse feito por outras pessoas, deveriam eles mesmos pagarem, ou pedir à riquíssima igreja que pagasse.
     
    Em outras palavras, a carapuça não me serve.

  45. Marciano Diz:

    Sobre o presente tópico, eu disse e repeti. Para não ficar me repetindo, leiam aqui .

  46. Marciano Diz:

    Dei uma olhada na segunda parte do relatório e voltei a me questionar:
    Marciano Diz:
    JUNHO 30TH, 2018 ÀS 5:11 PM
    De 1975 para cá, o que resultou dessa atividade paranormal?
    Quais as novidades quanto ao assunto?
    O RELATÓRIO MORREU NO PASSADO ou resultou em alguma coisa de útil?

  47. Marciano Diz:

    As fotografias do relatório “secreto” foram disponibilizadas para todos. So what?
    Aonde pretendem chegar com esse lero-lero?

  48. Marciano Diz:

    Parece que o caso “impressionante” só impressiona os impressionáveis.
    Também fiquei impressionado com o milagre de Fátima. Fiquei impressionado com o santo sudário e o relatório que disse que ele é real.
    So what?

  49. Marciano Diz:

    Também fiquei impressionado com este caso:

    1ª Carta e Ceticismo
    Na noite de 25 de junho, um dos coordenadores de uma missão anglicana, padre Willian B. Gill, escreveu ao reverendo David Durie, do Colégio Aint Aidans, em Dogura, encaminhando um relato de uma experiência vivida por Stephen Moi, que era professor assistente na missão que ele mantinha:
     
    “Caro David:
     
    Dê uma olhada nessa informação extraordinária. Eu estou convencido sobre a teoria da visitação. Existe um considerável número de relatórios, este mesmo, de testemunhas renomadas. Algo peculiar a respeito desses relatórios mais recentes é que os UFOs parecem estar estacionários em Boianai ou saindo de Boianai. O vizinho monte Pudi parece ser a área de sobrevoo. Eu mesmo observei uma luz branca estacionária na mesma noite de 9 de abril, mas em um lugar diferente no mesmo horário.

    http://www.fenomenum.com.br/ufo/casuistica/1950/boianai
     
    Mais adiante:
     
    1ª Observação e 2ª Carta
     
    Pela carta acima observa-se certo ceticismo no reverendo Gill, porém, no dia seguinte, ele mesmo teve um avistamento significativo que mudaram sua opinião. Em nova carta ao reverendo David Durie ele escreveu:
     
    “Caro David:
     
    A vida é estranha, não é mesmo? Ontem eu escrevi uma carta a você (que eu ainda pretendo enviar a você) expressando opiniões sobre UFOs. Agora, menos de 24 horas depois eu tive uma mudança nas minhas opiniões. Noite passada nós estávamos em Boianai e experimentamos quatro horas de atividades UFO e não há duvidas de que eles são manipulados por seres de algum tipo. Às vezes isso é absolutamente impressionante. Aqui está o relato. Por favor faça circular, mas muito cuidado com ele, pois não tenho outro…”
     
    Também fiquei impressionado. Com os superlativos e adjetivos que têm o poder de transformar qualquer charlatanice em coisas “impressionantes”.

  50. Marciano Diz:

    Mais um caso de “céticos” que se convertem. Big deal!

  51. Vitor Diz:

    O caso do médium de efeitos físicos é em tese mais fácil de ser averiguado, já que as fotos (ainda) existem, bem como os relatórios. Além disso o fenômeno não foi obtido ‘a céu aberto’, como no caso dos UFOs. Foi em laboratório ou na casa dos investigadores.

  52. Gorducho Diz:

    Se esforço é mui apreciável 👍
    mas ao invés de vermos comentários e polêmicas SOBRE o Relatório G seria mais interessante se ver O Relatório G.
    Em tendo sido um trabalho científico, deve estar arquivado n’algum lugar, certo?

  53. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “Em tendo sido um trabalho científico, deve estar arquivado n’algum lugar, certo?”
    .
    Correto.

  54. Marciano Diz:

    Mão à obra.
    Ponha os fatos aqui, para analisarmos.
    Vamos ver as fotos secretas.

  55. Marciano Diz:

    Acabo de materializar uma célula HeLa em meu laboratório.
    Pena que não tenho como provar para vocês.

  56. Vitor Diz:

    Marciano, isso que vc me pede não depende só de mim.

  57. Marciano Diz:

    Tudo bem, já que é assim, vamos continuar a discutir o caso em teoria apenas.
    Eu só lamento que uma prova tão impressionante de uma materialização tenha de ficar escondida das pessoas.
    Fico curioso também de saber como o relatório resistiu ao teste do tempo.
    Será que deu em alguma coisa palpável ou morreu lá pelos idos de 1975?

  58. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Aí neste post eu publico sobre um médium brasileiro, e o que ele diz?”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: como sabe que Mister G é brasileiro? Conseguiu outro documento secreto que revela a identidade do herói?

  59. MONTALVÃO Diz:

    /
    MONTALVÃO NESTE TÓPICO: “Comecei a ler o Relatório G. Meu cérebro recusou prosseguir após um certo tempo.”
    .
    VITOR: Essas coisas que me tiram do sério…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: de fato, é mesmo para tirar do sério: experimente ler com um dedinho de crítica e verá seu cérebro dar um nó de repúdio…

  60. Gorducho Diz:

    Concorda, Sr. Administrador, que PG é MATERIALIZAÇÃO e não Poltergeist ❓

  61. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Pedem e quando tem um material raro para ser ofertado não dão 1 centavo para ajudar.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: se bem entendi, de um grupo de cadernos, descobriu título que o instigou, conquanto não conheça o conteúdo. Aí, para obter o pedaço que interessa sujeita-se a ter que copiar todo acervo… e pagar por isso…
    /
    Não seria muito tiro oneroso no escuro? Inda mais considerando que da obra disponível do autor é possível conhecer direitinho o que pensa do espiritismo e de Chico?
    /
    Não estaria em aí a dificuldade de conseguir sócios?

  62. Gorducho Diz:

    Percebam, agora, os leitores que, se não divulgamos AINDA as constatações que já obtivemos, foi por considera-las AINDA incompletas e desprovidas de um valor que as aquilate como comprovação científica de coisa alguma. Essa é a posição da Ciência Experimental, diante de controvérsias: elege uma hipótese de trabalho e a analisa sob todos os ângulos, até invalida-la ou cristaliza-la como FATO. É preciso, em Ciência –
    não em Imprensa descompromissada e infante – que se exauram todos os pontos apresentados pela primeira hipótese de trabalho, para que se possa passar para a análise experimental de uma segunda hipótese
    de trabalho
    .

    👍

     

     

    Então, como sublinhou AMa, o que interessa mesmo é o follow-up.

  63. MONTALVÃO Diz:

    /
    Espirita SP Orlando Diz:
    .
    “MONTALVÃO NESTE TÓPICO: “Comecei a ler o Relatório G. Meu cérebro recusou prosseguir após um certo tempo.”
    .
    VITOR: Essas coisas que me tiram do sério…”
    .
    SAMPORLANDO: Concordo. É a mesma coisa quando pedem Chico Xavier!
    Saem do debate e passam a falar de outros assuntos, por exemplo, eu mesmo e minha “dupla personalidade”.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Samporlando, não fique triste e não se zangue com tudo o que vou lhe falar: meu caro, és um não-respondedor de primeira! Vários comentam seus comments, inclusive Yo, e você faz-se de porta. Devia sentir-se divaldoneanamente contente pela deferência de ser motivo de considerações e conceder o retorno, como compete a cavalheiros.
    .
    Quanto a Chico, sempre enriquecedor dele falar, no sentido de agregar novas informações, porém, fique certo, Xavier já foi inteiramente desnudado, só os fiéis é que ainda não o veem nu…

  64. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Fico curioso também de saber como o relatório resistiu ao teste do tempo.
    Será que deu em alguma coisa palpável ou morreu lá pelos idos de 1975?”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: morreu e nem fedeu, tão destituído de carnes…

  65. Marciano Diz:

    Vários comentam seus comments, inclusive Yo, e você faz-se de porta. Devia sentir-se divaldoneanamente contente pela deferência de ser motivo de considerações e conceder o retorno, como compete a cavalheiros.
    É verdade. Eu já o indaguei várias vezes sobre a confusão entre o vírus da zika e o mosquito Ædes ægypti.
    Sua resposta? Null!

  66. MONTALVÃO Diz:

    /
    Espirita SP Orlando Diz:
    Concordo. É a mesma coisa quando pedem Chico Xavier!
    Saem do debate e passam a falar de outros assuntos, por exemplo, eu mesmo e minha “dupla personalidade”.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Samporlando, você condena os desvios do assunto, crítica que considero pertinente, mas diga, dos três últimos tópicos (considerando este) que apreciações fez a respeito, que contribuísse para incrementar a conversa?

  67. Marciano Diz:

    CONSIDERAÇÃO: Samporlando, você condena os desvios do assunto, crítica que considero pertinente, mas diga, dos três últimos tópicos (considerando este) que apreciações fez a respeito, que contribuísse para incrementar a conversa?
    Null!
    É por coisas assim que o analista CoC perde a paciência com ele.

  68. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE: “como sabe que Mister G é brasileiro? Conseguiu outro documento secreto que revela a identidade do herói?”
    .
    Nada indica no relatório que seja estrangeiro. Fala português. Ao menos é um caso investigado no Brasil por brasileiros. A identidade do médium é conhecida por alguns. O médium já é falecido.

  69. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE: “experimente ler com um dedinho de crítica e verá seu cérebro dar um nó de repúdio…”
    .
    Eu vou te dizer o que eu li que me deu repúdio:
    .
    a) “Procurei referência ao “famoso” CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS, nada…”
    .
    https://app.box.com/s/2qiy7590dx01r0b0c6op8dwrcxj2itma
    .
    Vê se faz uma busca minimamente decente, sim?

  70. Marciano Diz:

    Procurei por “CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS” no google e encontrei um único resultado:
    https://www.jusbrasil.com.br/diarios/5679273/pg-10-ineditoriais-diario-oficial-do-estado-de-sao-paulo-dosp-de-19-02-1971
    Em seguida, procurei por “mantos amarelos do oriente” e surgiram 246 resultados.
    https://www.google.com/search?source=hp&ei=ybg6W96AIcW7wATc2ZmwCg&q=%22mantos+amarelos+do+oriente%22&oq=%22mantos+amarelos+do+oriente%22&gs_l=psy-ab.13..0i22i30k1l2.1819.6970.0.11191.28.21.0.0.0.0.242.2072.1j10j3.14.0….0…1c.1.64.psy-ab..14.13.1969…0j0i131k1j0i22i10i30k1.0._WuxRPf2uxQ

  71. Marciano Diz:

    O link é grande demais. Recortem e colem “mantos amarelos do oriente”. Depois, façam o mesmo com “centro paulista de pesquisas psicológicas”.

  72. Marciano Diz:

    Digitando “ashtar sheran”, aparecem aproximadamente 400.000 resultados.
    O Presidente é mesmo descuidado com suas pesquisas.

  73. Marciano Diz:

    A título de curiosidade: “obras psicografadas” rende aproximadamente 20.300 resultados.

  74. Marciano Diz:

    Eventuais disléxicos do blog: não procurem por “centro paulista de psicologia”, pois é outra coisa bem diferente.

  75. Marciano Diz:

    Quanto ao paciente que tinha problemas “bioplasmáticos” e ficou lendo o relatório secreto, a quem interessar possa certifico e dou fé de que “corpo bioplasmático” é a mesma coisa que “duplo etérico”, ou seja, coisa nenhuma.
    O corpo físico visível é aquela parte do corpo humano que vemos, tocamos, alimentamos e no qual estamos mais familiarizados. O corpo bioplasmático seria aquele corpo de energia luminosa invisível, que envolveria o corpo visível e se estenderia para além, por cerca de 10 a 15 cm, ou mais, quando, por exemplo, o terapeuta expande sua aura com exercício próprio.
    Coisa muito séria…

  76. Marciano Diz:

    Consta do tal relatório:
    Fui ao consultório psiquiátrico do D. K. M. pedir-lhe uma entrevista sobre o problema do corpo bioplasmático.
    Que problema seria esse?
    Será que está tudo bem com o meu corpo bioplasmático? Como saber? Devo marcar uma consulta?

  77. Vitor Diz:

    MARCIANO DISSE: “Procurei por “CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS” no google e encontrei um único resultado:”
    .
    Pois é, tão simples, e o Montalvão nem isso conseguiu fazer!

  78. Marciano Diz:

    Tentei expandir minha aura, fiz um monte de exercícios
    http://aluzquevemdooriente.blogspot.com/2012/04/exercicio-para-expandir-aura.html
    e não consegui nada.
    Parece que NSFG tinha uma aura maior do que a do kid bengala.

  79. Marciano Diz:

    Esse médico que ostentava o relatório top secret em cima da mesa, ao alcance do paciente doidão, e que não se preocupava com a sôfrega leitura diante de si, apenas se limitava a dizer que o conteúdo era secreto, do qual só se tem iniciais, será que tratou do problema do paciente curioso depois dos fatos narrados no relatório?

  80. Marciano Diz:

    Isto me lembra esses filmes cheios de loose ends. Tem coisas que não ficam explicadas. Foram encaixadas no roteiro apenas para justificar uma cena.
    Tipo a entrevista sobre os problemas com o corpo bioplasmático. Foi só um gancho para apresentar o lero-lero.
    Típico de roteiristas de décima classe, que abundam em Hollywood e aqui.

  81. Marciano Diz:

    Loose end no comentário acima é no sentido de a detail that is left unsettled, unexplained, or incomplete.
    O roteirista procura um meio de apresentar o relatório secreto aos espectadores, mas sua falta de imaginação só o faz pensar num paciente com problemas no corpo bioplasmático que procura um médico não identificado e vê sobre a mesa um relatório secreto, começa a ler com sofreguidão, e por aí vai.
    Que médico descuidado, esse que foi incumbido de zelar pelo segredo do relatório…

  82. Marciano Diz:

    Pois é, Vitor, o Montalvão é preguiçoso mesmo. Eu já disse isto aqui antes.
    Deve ser a idade.
    Agora vou recolher-me à minha insignificância e aguardar pelos comentários dos demais.
    Orlando, Gorducho, Montalvão, Phellipe, Vinicius e quem mais aparecer.

  83. Marciano Diz:

    Orlando tem zikafobia. Sempre que se fala em zika, ele desaparece.
    http://elcajondekrusty.com/2016/05/el-virus-del-zika-y-la-zikafobia-otro-nuevo-temor/

  84. Marciano Diz:

    Para quem não se lembra:
    espirita sp orlando Diz:
    JANEIRO 31ST, 2016 ÀS 7:11 PM
    Sim Gorducho nesses trechos ou ele era racista ou maria vai com as outras. Isto é, ir a favor do assunto do momento que era a tal frenologia.
    É que particularmente acho que ele explica bem a parte de motivos das desgraças no planeta Terra e nas pessoas. Como explicar, por exemplo, uma desgraça de um mosquito chamado zika virus? Um motivo “justo” (não para nós mas para Deus e a espiritualidade).
    Eu defendo a lei de causa e efeito mas repudio aqueles que julgam as desgraças ocorridas. Se Deus colocou a lei do esquecimento é para esquecer tudo e não ficar falando que fulano foi reencarnação de beltrano ou que ciclano foi picado por zika porque na vida passada decapitou alguém…
    Ao que seguiu o comentário:
    http://obraspsicografadas.org/2016/tres-casos-poltergeist-em-sao-paulo-brasil/#comment-58795
    ORLANDO, não faça feio.
    Você é médico.
    Que negócio é esse de
     
    “Como explicar, por exemplo, uma desgraça de um mosquito chamado zika virus?”
     
    Zika é o vírus; o mosquito é o Aedes aegypti
     
    Como pode ignorar isso, sendo médico?
     
    Está tomando Vat 69 em excesso
     
    Será que você NÃO é médico?
     
    Será que, de tanto estudar chiquismo, está perdendo a razão?
     
    Será que eu estou enganado e existe um mosquito chamado zika e o vírus é que é Aedes aegypti
     
    Não estou querendo incorrer nos mesmos deslizes de alguns infelizes que cá aparecem.
     

  85. Marciano Diz:

    Sempre que cobro uma resposta, ele desaparece.
    Mystère et boules de gomme.

  86. MONTALVÃO Diz:

    /
    a) “Procurei referência ao “famoso” CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS, nada…”
    .
    VITOR: https://app.box.com/s/2qiy7590dx01r0b0c6op8dwrcxj2itma
    .
    VITOR: Vê se faz uma busca minimamente decente, sim?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: ter achado o registro da entidade pontua em sua favor, entretanto não significa que minha pesquisa fora indecente…
    .
    Noticiei haver procurado “referências” ao Centro de Pesquisas, não no sentido de conferir se a entidade era legalizada, mas da repercussão do trabalho lá realizado. O que parece não ter havido, nem mesmo em âmbito espiritista.
    .
    Pode agora, se quiser, ganhar um dez com louvor, noticiando a apreciação feita por espíritas e parapsicólogos, nacionais ou não, a respeito das experiências do Centro e até onde foram, e se publicaram alguma coisa.
    .
    Foi isso o que busquei e não tive sucesso…
    .
    Outra coisa, no artigo do Rolim, consta:
    .
    “CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS
    SUCESSOS DO 1º LABORATÓRIO DE PSICOLOGIA DO BRASIL
    FUNDADO EM 1918″.
    .
    Desde 1918 devem ter feito múltiplos estudos e experiências. Não achei nada…
    .
    Vê se consegue realizar pesquisa decente levando em conta esses quesitos. Prometo reconhecer de público a qualidade do trabalho…

  87. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    .
    Procurei por “CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS” no google e encontrei um único resultado:
    https://www.jusbrasil.com.br/diarios/5679273/pg-10-ineditoriais-diario-oficial-do-estado-de-sao-paulo-dosp-de-19-02-1971
    /.
    CONSIDERAÇÃO: isso também fiz e isso também achei, mas nem olhei porque não era o que minha busca pretendia…

  88. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    .
    MARCIANO DISSE: “Procurei por “CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS” no google e encontrei um único resultado:”
    .
    VITOR: Pois é, tão simples, e o Montalvão nem isso conseguiu fazer!
    /.
    CONSIDERAÇÃO: você é que não entendeu a sutil ironia dos de Marte…

  89. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    .
    Digitando “ashtar sheran”, aparecem aproximadamente 400.000 resultados.
    O Presidente é mesmo descuidado com suas pesquisas.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: digitando “Montalvão” aparecem 746.000 resultados (um banho em Sheran!)…
    .
    Digitando “visoni” aparecem 138.000;
    .
    Digitando “marciano” aparecem 26.200.000
    .
    Digitando “espírita sp orlando” (com aspas) aparecem 10 resultados, num deles se lê:
    .
    Espirita sp orlando Diz: janeiro 26th, às 2 05 PM.
    Agora descansar pro treino da tarde. A nova vida do hambúrguer – Diário de Notícias 18 maio.

    .
    Poderia pôr mais mas estou aprendendo a fazer pesquisas decentes…

  90. MONTALVÃO Diz:

    /
    VITOR: Eu vou te dizer o que eu li que me deu repúdio:
    .
    a) “Procurei referência ao “famoso” CENTRO PAULISTA DE PESQUISAS PSICOLÓGICAS, nada…”
    .
    Vê se faz uma busca minimamente decente, sim?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: juízo firme e taxativo, pra Instituto de pesquisa nenhum botar defeito!
    .
    Eu se fosse eu, sabendo pela pesquisa falhada que o ente abjeto não sabe, dir-lhe-ia: “não encontrou, como é que fez a procura? Diga-mo para eu saber-lho orientar-lho com se faz busca decente!”
    .
    Ou, se quisesse ser sarcástico, proferiria: “não achou? Procurou onde? Com os vizinhos?”
    .
    Já numa reação prudente: “o que é que sua pesquisa buscava?”

  91. Espirita SP Orlando Diz:

    “É verdade. Eu já o indaguei várias vezes sobre a confusão entre o vírus da zika e o mosquito Ædes ægypti.
    Sua resposta? Null!”
    Tenho certeza de que respondi que cometi confusão na correria da digitação. Quis dizer sobre a insignificância de um mosquitinho que trasmite algo tão terrível.
    Embora coisas pequenas não signifiquem insignificantes: vejam as pulgas, pernilongos, carrapatos, etc etc.

  92. Espirita SP Orlando Diz:

    Vitor e outros
    Se você fosse dirigente de centro espírita e tomasse conhecimento desses dados sobre CX, Divaldo e outros, o que faria?
    Nota: o Centro tem certificados de assistência social, convênios com entidades profissionalizes e excelentes descontos na indústria alimentícia. Além de, vez ou outra, receber doações de produtos fora de catálogo.

  93. Espirita SP Orlando Diz:

    “Quanto a Chico, sempre enriquecedor dele falar, no sentido de agregar novas informações, porém, fique certo, Xavier já foi inteiramente desnudado, só os fiéis é que ainda não o veem nu…”
    Atualmente eu o vejo de cuecas e óculos rs rs
    Deve ter mais coisas, ESSA obra rara por exemplo.

  94. Gorducho Diz:

    Eu terminaria meu período sem alardes, não me candidataria mais, e iria me afastando discretamente.
    Sem ficar magoando ninguém…
    Claro: nada impede de ajudar a fritar músculos pra sopa;
    em eventos ou campanhas, &c…
    Se mantém as amizades. NUNCA se deve vincular amizades a crenças ou ideologias.

  95. Gorducho Diz:

    O que não tem jeito de imediato mesmo são as sessões mediúnicas.
    A partir do momento em que percebe que a ficha lhe caiu, não pode mais participar e mui menos liderar!
    Mas isso independentemente de mais nada, pois é consequência imediata e automática do foro intimo. Independe de “decisão” ponderada…

    Se não tiver ninguém pra substituir/dar seguimento, então só resta suspender imediatamente.

    Nesta atividade da Casa, não tem “período de transição” possível :(

  96. Gorducho Diz:

    Mas é muito importante deixar-lhe claro: não estou me referindo implícita ou explicitamente a pessoas ou supostos fatos específicos.

    Se trata de quando e se – e aparentemente já está lhe sucedendo…– lhe cair a ficha em relação a toda crença espírita. Quando e se se tocar que é tudo fantasia na qual em geral as pessoas acreditam genuinamente, então se metendo na cabeça, ou seja, se convencendo psicologicamente que os fenômenos, as canalizações, estão de fato acontecendo desde um ultramundo.
    Que a doutrina kardecista foi uma tentativa de reformar o cristianismo a partir duma ideologia socialista “romântica” então vigente e como reação de mentes religiosas ao materialismo iluminista que andara em moda…

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)