A médium de materialização Zulmira Custódia Resende Teixeira da Silva

Yvone do Amaral Pereira relata um caso fantástico de materialização que ela presenciou com a médium Zulmira Custódia Resende Teixeira da Silva. Para ler o caso, clique aqui. Peço aos leitores que morarem em ou próximos à cidade de Lavras em Minas Gerais que tentem pesquisar sobre esta médium e me tragam as informações que acharem, pois só conheço esta referência a ela e seria importantíssimo o resgate dessa personagem à história do espiritismo no Brasil.

15 respostas a “A médium de materialização Zulmira Custódia Resende Teixeira da Silva”

  1. Gorducho Diz:

    De fato: não conhecia essa médium mesmo…
    E só confirma o que digo sempre: IR NÃO atrapalha em nada a formação do ectoplasma. Tanto que se bem me lembro o Crookes tinha o aquecedor (que no mínimo ainda teriam brasas) na cabine (biblioteca dele).
    E é obvio que não precisa de cortinas.

    Então, nada impede a presença das câmaras monitorando real time o fenômeno.

     

     

    de imediato constatei a inexistência da cabine para a médium, assim como a inexistência da cortina para ocultá-la e da escuridão. A médium sentava-se diante da assistência, sempre muito reduzida, e cobria o rosto com uma toalha preta, e escuro também era o roupão que trazia, peça singela que não se fazia acompanhar de nenhuma outra. A luz, mortiça, era conservada no próprio compartimento, sobre uma mesa, e tratava-se de um lampião a querosene

    👍

  2. Mariana Diz:

    Quem são essas duas? Nunca ouvi falar…

  3. Mariana Diz:

    PS. Caso fantástico porque é verdadeiro, ou porque é absurdo? Não li ainda…

  4. Gorducho Diz:

    Não tem nada de absurdo :!:
    Ao contrário, confirma o que eu sempre digo: IR NÃO atrapalha a materialização das almas – e provavelmente por extensão nem aporte de objetos…
    Bem como não tem porque a tal cortina ser necessária.

    O caso é 👍

  5. Phelippe Diz:

    Outra coisa, Gorducho. Esse relato confirma que os espíritos enxergam, escutam nossas conversas e falam. Então podemos fazer o experimento do livro aberto em lugar remoto. Deixamos um livro qualquer num lugar remoto e pedimos ao espírito que vá lá e dite um parágrafo qualquer.

  6. Gorducho Diz:

    20 Mornington Road
    Sexta-feira, 19 de fevereiro de 1875

    a small flickering coal fire still burned on the fireplace
    20:55
    inspeção encerrada, experimentadores atravessam a cortina e se posicionam no laboratório
    20:56
    um sino começa a tocar
     
     

    Prova que IR não atrapalha. Como visto no presente caso.

    se retiram pra trás da cortina

  7. Gorducho Diz:

    se retiram pra trás da cortina

  8. Vinicius Diz:

    “Então podemos fazer o experimento do livro aberto em lugar remoto. ”
     
    Dois colegas nosso do trabalho na FEESP morreram. Os médiuns dizem que eles ainda estão no ambiente, “observando”.
     
    Perguntei a uma delas se teria como um deles dizer como está e ela só respondeu que só os vê… Mas é a mesma que transmite as mensagens do mentor no final do trabalho… Do tal mentor dá e de nosso colega não???
     

  9. Vitor Diz:

    Oi, Mariana
    sobre a Yvonne:
    .
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Yvonne_do_Amaral_Pereira
    .
    Quanto à Zulmira, os únicos informes que temos são da própria Yvonne.
    .
    O relato da Yvonne, se verdadeiro, é bastante fantástico, pois é bem difícil pensar numa fraude.

  10. Gorducho Diz:

    Que tal essa Sr. Administrador :!:
    Nunca tinha me flagrado que é a atual Mornington Terrace :!:
    Por isso ficava sempre pensando como ele chegava no centro naquelas épocas :oops:
    A casa original das séances foi destruída pelo Hitler, não é :?:

  11. Vitor Diz:

    Desconheço se Hitler destruiu a casa original das sessões do Crookes.

  12. Gorducho Diz:

    D. Yvonne psicografou o Memórias
    Vovó era profundamente impressionada ou pelo Memórias ou pelo Martírio (Almerindo Martins de Castro) – ou por ambos os 2…
    Foi um dos 1°s livros que li – só não me lembro se o Memórias (+ provavelmente) ou o Martírio

  13. Gorducho Diz:

    ============================================================
    Os médiuns dizem que eles ainda estão no ambiente, “observando”.
    ============================================================
    E portanto vendo…
    É isso 👍
    Qq. pessoa que conhece o espiritismo sabe que os espíritos enxergam – ao contrário do que às vezes sustentam “alguns” 😡 desconhecedores do métier.

  14. Maruzio Diz:

    Yvonne escreveu o “clássico” Memórias de um Suicida. Me deu calafrios…

  15. Vitor Diz:

    Lembrando que tem indício de plágio em “Memórias”:
    .
    http://obraspsicografadas.org/2014/semelhancas-entre-nosso-lar-1944-memorias-de-um-suicida-1954-e-violetas-na-janela-1993/

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)