Localizando Saddam Hussein: Um Estudo em Visão Remota Aplicada (2018)

Em 9 de abril de 2003, pouco depois da invasão americana do Iraque, Saddam Hussein, que havia sido presidente daquela nação a partir de 16 de julho de 1979, foi deposto e se escondeu. Nos meses seguintes, apesar de uma das mais intensas caçadas na história, seu paradeiro permaneceu desconhecido. Em 3 de novembro de 2003, um experimento de visão remota aplicado foi realizado com o propósito explícito de localizar e descrever as circunstâncias e condições do paradeiro de Saddam Hussein. O experimento aconteceu na sede da organização Edgar Cayce em Virginia Beach. Para ler o artigo, clique aqui.

60 respostas a “Localizando Saddam Hussein: Um Estudo em Visão Remota Aplicada (2018)”

  1. Mariana Diz:

    Bacana Vitor! Mas eu sempre fico me perguntando porque diabos esses povo não enviou pelo correio para as forças armadas americanas, por exemplo, uma cópia desses dados, antes do Saddam ser capturado, de modo a servir como um registro mais rigoroso? ..vários experimentos esquecem parece de fazer validações desse tipo…é uma pena, porque são experimentos tão interessantes e poderiam ficar bem mais comprovadores assim.

  2. Gorducho Diz:

    DEVEM ter enviado Srª… até pq. inclusive tinha militares no simpósio 👍

  3. Marciano Diz:

    Doravante não existirão mais foragidos. Viva a visão remota! Batisti que se cuide. A PG e a Interpol já estão com suas equipes de psíquicos de olho remoto neles.

  4. Marciano Diz:

    Battisti.

  5. mrh Diz:

    kkk

  6. Marciano Diz:

    laksdjf é um fenômeno ainda não estudado.
    Sinônimo de a;sldkfj.
    https://www.youtube.com/watch?v=BaqJ5Cuxiak

  7. MONTALVÃO Diz:

    Cestão desinformados! Hussein foi descoberto por vidente brasileiro, a quem o Vitor admirou em tempos idos: Jucelino da Nóbrega! E, para provar provadinho que fez o feito, ele tem cópias das cartas registradas que despachou às autoridades dos Estados Unidos!
    .
    Tanto o fato é baseado em fatos reais que o dito processou o governo americano por não ter lhe pagado os 25 mijones de dólares a que tinha direito! Mandaram Nóbrega lamber sabão! Gente má…
    .
    Duvide-o-dó que a fundação Cayce (ou o que seja) tenha cartas, nem um coringa…

  8. Gorducho Diz:

    E aí Sr. Administrador: pronuncie-se…
    Quem descobriu o SH afinal❓

  9. Vitor Diz:

    “a quem o Vitor admirou em tempos idos”
    .
    Nunca validei nem admirei esse sujeito. Quem eu valido e admiro é Piper, essa sim.

  10. Vitor Diz:

    “Quem descobriu o SH afinal?”
    .
    O Jucelino certamente NÃO foi.

  11. Marciano Diz:

    Mas o Jucelino tem provas. Cartas registradas.

  12. Marciano Diz:

    RECURSO ORDINÁRIO Nº 39 – MG (2004/0088522-2)

    RELATÓRIO

    O Exmo. Sr. Ministro JORGE SCARTEZZINI (Relator): Infere-se dos autos que JUCELINO NÓBREGA DA LUZ ajuizou Ação Ordinária contra ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA – EUA, objetivando o recebimento, a título de recompensa, do importe equivalente a US$ 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de dólares norte-americanos), publicamente prometido pelo Estado réu, nos idos de 2003, ao informante do paradeiro do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein, finalmente capturado aos 14.12.2003 (fls. 03/09).

    Aduzindo prognosticar eventos futuros em sonhos premonitórios, narrou que, desde antes da deflagração do conflito bélico entre EUA e Iraque, havia endereçado missivas a diversas autoridades norte-americanas (fls. 11/15 e versos: à embaixatriz dos EUA no Brasil, aos 13.09.2001 – carta com AR; ao Presidente dos EUA, George W. Bush, aos 01.10.2001 – carta sem AR; ao Presidente do Senado dos EUA, aos 24.06.2002 – carta sem AR), nas quais indicava precisamente o esconderijo de Saddam Hussein, consoante se infere dos seguintes excertos extraídos da carta remetida ao próprio Presidente dos EUA:

    “Você terá duas guerras para enfrentar nos próximos anos, uma contra o Afeganistão e uma outra contra o Iraque. Mas irei dizer adiantado onde você (V. Sª.) irá encontrar Saddam Hussein, pois ele irá fugir quando as forças americanas vencerem o Iraque.

    Ele estará escondido em: ‘Ad Dawr’, próximo a ‘Tikrit’ – lá você encontrará um pôster da Arca de Noé, ele estará escondido num buraco com 1,8 m de comprimento e 65 cm de largura, coberto com gravetos e um tapete de borracha num sítio na costa do rio Tigre. Haverá tijolos, lama (barro) e lixo para disfarçar a entrada.” (fl. 05)

  13. Marciano Diz:

    Outrossim, asseverou, não obtendo quaisquer respostas às missivas e iniciada a guerra entre EUA e Iraque, procedeu à remessa de novas cartas, reiterando as informações acerca do paradeiro de Saddam Hussein e, uma vez divulgada a promessa de recompensa pelo Governo norte-americano, solicitando a percepção do respectivo numerário (fls. 16/20 e versos: ao Cônsul dos EUA na cidade de São Paulo, Brasil, aos 05.06.2003 – carta com AR; ao Diretor da Polícia Federal Americana – FBI, aos 17.07.2003 – carta sem AR; novamente ao Presidente dos EUA, George W. Bush, aos 25.08.2003 – carta sem AR).

    Por derradeiro, acerca de seus prognósticos, alegou ser previamente conhecido pelas autoridades norte-americanas, bem como brasileiras e espanholas, porquanto também havia previsto e fartamente relatado às mesmas o atentado terrorista de 11.09.2001 (fls. 21/43 e versos: aos Ex-Presidentes dos EUA, George Bush, aos 26.09.1989, e Bill Clinton, aos 28.10.1998; ao Encarregado da Unidade de Pesquisa Pública da Organização das Nações Unidas – ONU, Hasan Ferdous, aos 28.10.1998, 09.08.2000 e 21.05.2001; ao Embaixador da Espanha no Brasil, aos 10.09.1999; ao Ex-Presidente brasileiro, Fernando Henrique Cardoso, aos 03.08.2000; todas sem AR, obtendo resposta somente às enviadas ao Embaixador espanhol e aos Srs. Hasan Ferdous e Fernando Henrique Cardoso).

    O d. Juízo Federal da 5ª Vara da Seção Judiciária de Minas Gerais extinguiu o processo sem julgamento de mérito, por extrapolar a causa os limites da jurisdição pátria, haja vista não se enquadrar a pretensão deduzida nas hipóteses de competência internacional previstas nos arts. 88 e 89 do CPC, rechaçando, ademais, com fulcro no art. 9º, caput, e § 2º, da LICC, a incidência, in casu, da legislação brasileira, porquanto, em se tratando de ato unilateral de vontade (promessa de recompensa), de rigor a aplicação da lei vigente no país onde constituída a obrigação, é dizer, onde residente o promitente (fls. 46/53):

    “Entrementes, nem todo litígio pode ser aforado no Brasil e submetido à jurisdição brasileira.

    Assim é que o vigorante Código de Processo Civil pátrio delimita a jurisdição, fixando o competência da autoridade judiciária brasileira nas situações elencadas nos arts. 88 (competência concorrente) e 89 (competência exclusiva). (…).

    Pelo que se assimila, a partir das normas supratranscritas, o Réu não poderia ser demandado no Brasil para o fim proposto pelo Autor. A um, porque não tem domicílio no País (sendo certo que representação diplomática não se confunde com agência, filial ou sucursal). A dois, máxime, porque os fatos que teriam dado origem à ação não ocorreram no País. (…).

    Em prolepse, afaste-se o argumento de que a obrigação de pagar recompensa teria que ser cumprida no Brasil. Careceria de juridicidade tal adução. (…).

    Pretende o Autor, com base na lei nacional, compelir o Réu a cumprir aventada obrigação. Invoca o Requerente os preceitos dos arts. 854 e 855 do vigente Código Civil brasileiro, (…).

  14. Marciano Diz:

    O voto é muito longo. Vamos direto para a decisão:

    Por derradeiro, ressalve-se a possibilidade de, ao revés da citação do Estado estrangeiro, optar o d. Magistrado pela respectiva notificação, conforme já decidido pelo e. Ministro CELSO DE MELLO (STF, ACO nº 575/DF, DJU 18.09.2000):

    “Sendo assim, e considerando-se a natureza do fato ensejador do ajuizamento da presente ação, parece viável a instauração desta causa perante o Supremo Tribunal Federal (CF, art. 102, I, ‘e’). Antes de ordenar a citação, no entanto – e atento às implicações que desse ato podem resultar, em face do que dispõem os Artigos 22 e 30 da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas (…) – determino que se transmita o inteiro teor do presente despacho ao Senhor Ministro de Estado das Relações Exteriores, para que Sua Excelência inste a República de Camarões a pronunciar-se, por intermédio de sua Missão Diplomática, sobre a sua eventual submissão à jurisdição do Poder Judiciário brasileiro.”

    Por tais fundamentos, conheço e dou provimento ao presente Recurso Ordinário para, reconhecendo a competência concorrente da autoridade judiciária brasileira, nos termos do art. 88, III, do CPC e, simultaneamente, as imunidades de jurisdição e execução ao Estado estrangeiro, determinar o prosseguimento do feito, notificando-se ou citando-se o demandado, ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, a fim de que exerça o direito à imunidade jurisdicional ou submeta-se voluntariamente à jurisdição pátria.

    É o voto.

    Se até o Poder Judiciário reconheceu as provas de Jucelino…

  15. Mariana Diz:

    Como o Jucelino fazia essas cartas registradas que nunca entendi?

  16. Vitor Diz:

    Recebi a seguinte pergunta do “Senhor dos Anéis”:
    .
    “Alguém sabe se Missionários da Luz (1945), atribuído a André Luiz, tem trechos plagiados do livro “Manual de Anatomia Humana”, de Benjamin Baptista e Alfredo Monteiro, originalmente lançado em 1922? Creio que é a partir desse livro que foram copiadas noções sobre glândula pineal, que o “movimento espírita” festeja como suposto triunfo profético de Chico Xavier”
    .
    Alguém tem esse livro para a gente conferir?

  17. Vitor Diz:

    Mariana,

    “A presença de carimbos oficiais na carta não é garantia da sua autenticidade! Quando um cartório reconhece firma de um documento, na verdade, ele está validando apenas a assinatura (ou assinaturas) contida(s) nesse papel. O cartório não tem nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo contido nos documentos cuja a firma foi reconhecida. Conteúdo esse que pode ser até complementado posteriormente…”
    .
    http://www.e-farsas.com/jucelino-da-luz-previu-a-morte-de-cristiano-araujo.html

  18. Marciano Diz:

    O caso examinado no e-farsas não é o do SADDAM.
    O fato de um médium ter fraudado em UM ou mais casos não implica que ele sempre fraude. Isto já foi exaustivamente explicado aqui, pela própria ADMINISTRAÇÃO do sítio.
    Além disto, sempre há quem negue os fenômenos paranormais. Inclusive da Piper. Sempre tem quem diz que não foi beeeeem assim.
    Jucelino tem o aval da JUSTIÇA.

  19. Marciano Diz:

    Não estou tem entendendo, Vitor. Você vem mostrando para nós, da bancada cética, que a paranormalidade é real e importante. Quando finalmente acreditamos, eu, Gorducho e Montalvão, você se empenha em dizer que aquilo em que finalmente cremos não é verdade.

  20. Gorducho Diz:

    Me diga uma coisa…
    uma promessa de recompensa feita espontaneamente lá na America – independentemente de ter sido estatal a promessa, claro – cabe ajuizar cá o pedido❓
    Não teria que pegar uma banca lá (notarizando, e consularizando os docs comprobatórios, claro 👍)❓

  21. Gorducho Diz:

    Pois é… nada pode ser + bizarro.
    Ele passou 11 anos (o Sítio abriu em 2007, certo❓) tentando mostrar que Ψ existe e é útil…
    Quando aparecem não apenas 1 mas 2 casos bem convincentes – porque no caso não vem ao caso qual leitura veio antes de qual, pois são trabalhos independentes – ele fica botando pedrinha 😡

  22. Gorducho Diz:

    Palos en la rueda como dizem nossos irmãos argentinos…

  23. Marciano Diz:

    Gorducho, eu concordo com o juiz de primeiro grau. Até você, que é leigo em direito, mas é inteligente, sabe que é ridículo, ou preposterous, como devem ter dito os americanos, que uma nação soberana abdique de sua imunidade jurisdicional para submeter-se, voluntariamente, à jurisdição de um país estrangeiro. Mas direito é assim mesmo, sempre tem opiniões em contrário a qualquer coisa que se argumente, por mais absurdo que seja.
    A verdade, no direito, é muito elástica. Não é uma ciência, como a parapsicologia, a física, a química.

  24. Marciano Diz:

    Os americanos foram muito desonestos. Só conseguiram encontrar Saddam por causa dos psíquicos, um corroborando o outro. São tão ingratos que não reconheceram publicamente o fato.
    E claro que ambos os casos são bastante convincentes e fartamente provados. Só um pseudo-cético empedernido pode duvidar. Não é o meu caso.

  25. Marciano Diz:

    NOTA BENE: Eu acho absurdo que se imagine que um Estado soberano vá abdicar de sua soberania para submeter-se à jurisdição de um Estado estrangeiro. Quanto ao acerto dos psíquicos americanos e de Jucelino, não tenho a menor dúvida. Fatos comprovados!

  26. Gorducho Diz:

    Claro… claro…
    👍
    Mas supondo uma promessa de recompensa financeira feita por uma pessoa física – say um milionário excêntrico…&#!50; (lá na America, claro), teria cabimento ajuizar o pedido de recebimento cá❗
    Não teria que ser ajuizado lá na jurisdição onde ela foi feita❓
    Seria um contrato implícito sem menção do foro p/dirimir querelas, certo❓

  27. Gorducho Diz:

    ERRATA
    teria cabimento ajuizar o pedido de recebimento cá❓
    [pergunta, claro]

  28. Marciano Diz:

    Trata-se, no caso, de promessa de recompensa, regulado aqui pelo art. 854 e seguintes, do CC.
    O problema é que a justiça de qualquer país só tem jurisdição em seu território. A pessoa física poderia ser processada aqui, mas a sentença não poderia ser executada lá, portanto, seria inútil.
    Existem tratados internacionais regulando a matéria, mas há muitos anos que não trabalho com isso. Estou desatualizado. Uma coisa, porém, é certa: não adianta nada! Se quiser receber alguma coisa, tem que processar lá.

  29. Marciano Diz:

    A meu ver, o juiz do primeiro grau julgou corretamente. Quem quis aparecer foi o julgador do segundo grau. Gostaria de saber o resultado, mas o Estado americano deve ter ignorado completamente a tal notificação.

  30. Marciano Diz:

    A propósito: o ministro relator (Scartezzini) passou desta para pior, há mais ou menos um ano atrás.

  31. Marciano Diz:

    A esta altura, já deve estar sabendo muita coisa sobre vida após a morte.

  32. Marciano Diz:

    Sirvo-me da oportunidade para disponibilizar as previsões de Jucelino para o ano corrente, retiradas do seu sítio:
    https://www.jucelinodaluz.com.br/previsoes

  33. Marciano Diz:

    A maioria das previsões de Jucelino para o ano que se inicia é de coisas esperadas, que se repetem todos os anos, mas as de número 81 a 84 são bastante específicas, como devem ser. Vamos aguardar até o final do ano.
    Especialmente as de número 82 e 84. Se se concretizarem, serão provas inequívocas da paranormalidade de Jucelino.

  34. Marciano Diz:

    Claro que, mesmo acertando na mosca, haverá algum pseudo-cético que dirá que Jucelino pagou Kasuhiro Kusakabe para promover o atentado, pagou o piloto do R44 PR-RMZ para derrubar a aeronave na esquina das ruas mencionadas por ele. Como sustenta o Professor, quem é crente na descrença faz de tudo para justificar suas descrenças, digo, crenças.

  35. Marciano Diz:

    Haverá até quem diga que Jucelino, como bom profeta, previu várias coisas prováveis de acontecer, apostando que algumas delas fatalmente acontecerão e as erradas serão esquecidas. Que fez as previsões específicas apenas para mascarar as outras, sabendo que não ocorrerão, etc.
    Esses pseudo-céticos não têm jeito. Tsc, tsc, tsc.

  36. Mariana Diz:

    Gente…nunca tinha entrado no site do Jucelino…tudo aquilo são previsões pra janeiro? Rsrs :O

  37. Vinicius Diz:

    “Que fez as previsões específicas apenas para mascarar as outras, sabendo que não ocorrerão, etc”
     
    Já ouvi a explicação de que quando não ocorrem é porque a espiritualidade reavaliou a situação , os “débitos envolvidos” e que não há mais necessidade da ocorrência”
     
    Exemplo: avião vai cair dia 09/1/19 sobre algum museu e matar as 200 pessoas que estavam lá dentro.
    Só que em 15/11/18 havia sido feita reunião entre Dr.Bezerra, Celina, Dr. Márcio Thomaz Bastos e reavaliaram a situação das 200. Várias delas passaram a amar mais, fazer o bem, distribuir sopa, etc etc, e a partir daí não morrerão mais de forma trágica.
     
    Há casos em que a prova coletiva é adiada.

  38. Vinicius Diz:

    como sempre nas previsões : desgraças e tragédias.

  39. Vinicius Diz:

    Caramba!
     
    “5- O novo Presidente Bolsonaro deverá ter cuidado porque ainda corre risco de vida e em suas visitas pelo Brasil ;”

  40. Vinicius Diz:

    Vitor, tem alguns sebos que tem esse livro, ele tem mais de 600 páginas.
     
    ““Alguém sabe se Missionários da Luz (1945), atribuído a André Luiz, tem trechos plagiados do livro “Manual de Anatomia Humana”, de Benjamin Baptista e Alfredo Monteiro, originalmente lançado em 1922? ”
     
    https://www.estantevirtual.com.br/livros/benjamin-baptista-alfredo-monteiro/manual-de-anatomia-humana/1335727197

  41. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    Me diga uma coisa…
    uma promessa de recompensa feita espontaneamente lá na America – independentemente de ter sido estatal a promessa, claro – cabe ajuizar cá o pedido?
    Não teria que pegar uma banca lá (notarizando, e consularizando os docs comprobatórios, claro
    /
    CONSIDERAÇÃO: foi isso o que o juiz de primeira instância inferiu, ao recusar a ação, sem exame do mérito: a incompetência jurisdicional…
    .
    Mas Jucelino é arretado: recorreu e o STJ deu-lhe ganho de causa:
    /
    ====================
    STJ DÁ VITÓRIA A VIDENTE QUE PEDE US$ 25 MI A EUA
    .
    07 de outubro de 2005 • 09h38 • atualizado às 09h47
    .

    A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a Justiça brasileira é competente para julgar o pedido de recompensa no valor de US$ 25 milhões, apresentado pelo paranormal Jucelino Nóbrega da Luz contra os EUA. A decisão do STJ permite o prosseguimento do processo iniciado na 5ª Vara da Seção Judiciária de Minas Gerais por Luz, que alega ter provas de ter comunicado ao governo americano, com anos de antecedência, o local onde o ex-presidente do Iraque seria encontrado após a invasão de seu país.
    .
    • Paranormal pede US$ 25 milhões por informações de Saddam
    .
    Por isso, teria direito aos US$ 25 milhões de recompensa oferecidos pelo presidente dos EUA, George W. Bush, para quem apontasse informações sobre o paradeiro do ex-líder iraquiano.
    .
    O STJ ainda afirma que a citação aos EUA deve ser dirigida, por vias diplomáticas, ao Ministério das Relações Exteriores dos EUA, que providenciará a respectiva comunicação ao destinatário, o governo americano.
    .
    A ação original não foi julgada pela Justiça federal porque esta entendeu que não era cabível tal pedido, que não seria de competência da Justiça brasileira. Contra essa alegação, os advogados de Luz recorreram ao STJ.
    .
    Luz diz que teria encaminhado cartas à embaixada dos EUA, ao presidente Bush, ao Senado americano, ao cônsul dos EUA em São Paulo e ao diretor do FBI comunicando e reiterando, entre 13 de setembro de 2001 – quase dois anos antes da invasão do Iraque pela coalizão militar liderada pelos EUA – e 17 de julho de 2003, que aquele governo iria enfrentar e vencer duas guerras.
    .
    “A primeira será contra o Afeganistão e a segunda será contra o Iraque e essa vocês irão vencer e derrubar Saddam Hussein, que fugirá e esconderá em “Ad Dawr”, próximo de Tikrit – lá encontrarão um pôster da Arca de Noé, ele estará escondido num buraco com 1,8 de comprimento e 65 centímetro de largura, coberto com gravetos e um tapete de borracha num sítio da costa do rio Tigre. Haverá tijolos, lama (barro) e lixo para disfarçar a entrada. Mas, na época, seu braço direito lhes dará mais informações e estará escondido na França. Essa informação passarei ao FBI e ao Presidente da República dos EUA”, assinala a primeira correspondência, enviada à embaixatriz americana à época e cujo teor repete-se de forma aproximada nas posteriores.
    .
    Os advogados alegam ainda que os EUA não poderiam deixar de dar credibilidade às informações prestadas pelo autor da ação, que não seria um simples desconhecido àquele governo. Isso porque “o lamentável incidente de 11 de setembro de 2001 (a derrubada das Torres Gêmeas em Nova York) já havia sido informado por ele, em cartas enviadas ao então presidente George Bush (pai do atual presidente dos EUA), em 26 de setembro de 1989; a Bill Clinton, em 28 de outubro de 1998 e à ONU, na pessoa do Sr. Hasan Ferdous, também em outubro de 1998″.
    .
    Sobre esse atentado, Luz teria alertado também o então presidente Fernando Henrique Cardoso. E o paranormal também afirma ter notificado o embaixador da Espanha, em 10 de setembro de 1999, sobre o ataque terrorista ocorrido em Madrid em 11 de março de 2004. O pedido conclui ressaltando que pouco importa o fato de ser o autor paranormal ou não. “O que importa é que prestou ao governo dos Estados Unidos da América a informação por ele pretendida, e pela mesma é merecedor e deverá receber a recompensa oferecida por aquele país”, ressalva.
    .
    Os advogados de Luz afirmam ainda que as cartas referidas foram enviadas com avisos de recebimento – os quais não foram confirmados pelos Correios, fato questionado pelo autor por “pedidos de informação” à empresa – e só não foram anexados os originais por razões de segurança.
    .
    http://noticias.terra.com.br/popular/noticias/0,,OI698488-EI1141,00-STJ+da+vitoria+a+vidente+que+pede+US+mi+a+EUA.html

  42. MONTALVÃO Diz:

    /
    O de Marte já havia esclarecido a pendenga da jurisdição, mas estou dando minha cooperativa…

  43. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    .
    “a quem o Vitor admirou em tempos idos”
    .
    VITOR: Nunca validei nem admirei esse sujeito. Quem eu valido e admiro é Piper, essa sim.
    /
    CONSIDERAÇÃO: DIRETO DO TÚNEL DO TEMPO…
    .
    ===================
    From: “VITOR MOURA”
    To: “Fórum Virtual de Pesquisa Psi”
    Sent: Friday, August 19, 2005 12:57 PM
    Subject: [PesquisaPSI] Premonicao documentada?
    /
    Parece que o juscelino nobrega DEU MAIS UMA PREVISAO ACERTADA, E MOSTRA OS DOCUMENTOS. Vejam com relacao ao roubo de 150.000.000 o documento:
    .
    http://www.cepua.hpg.ig.com.br/doc0001.htm
    .
    ELE DEU INCLUSIVE A DATA DO ROUBO, QUATRO ANOS DEPOIS, E O VALOR.
    .
    Alguem tem algo a dizer? Ronaldo? Alguma investigaçao sobre isso para saber
    a validade do documento?
    .
    Acho que agora dá para checar a história.
    .
    Abraço,

    ==========================
    /
    Quanto a Piper, sabemos: é seu bastião inexpugnável. Atirem-se-lhe quaisquer petardos que que os grossos muros da crença resistirão…

  44. Vitor Diz:

    E onde você viu admiração aí, Montalvão?

  45. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    ,
    E onde você viu admiração aí, Montalvão?
    /
    CONSIDERAÇÃO: tem que desenhar?
    .
    “Parece” que Jucelino deu mais uma acertada… Foi o que disse, quer dizer, está considerando que ele tenha acertado antes e no caso que aponta, a seu ver, haveria indicativos de acerto!
    .
    Além disso, a declaração é positiva e expressa admiração. Fosse o Gorducho, o de Marte… eu entenderia como ironia, no seu caso não…
    .
    Vou lhe explicar o que sucede, enquanto seu guru não autorizado.
    .
    Na época em que prolatou o encômio, 2005, gozava os trinta. Jovem, garoto zona sul, cheio de energia e de crenças, ainda não achara direcionamento para a energia mística da qual é possuído. Acreditava indistintamente em nacionais e alienígenas.
    .
    Aos poucos foi percebendo que os daqui são facilmente desnudados pelos avaliadores, daí decidiu fixar a força acreditativa nos estrangeiros, notadamente ingleses e americanos (islandeses também, franceses jamais: eles são aparentados com os daqui).
    .
    Agora, adentrado nos “enta”, fixou-se nesse segmento paranormal/mediúnico, de onde extrai os tesouros de certeza que acalenta, tanto da força psi quanto da ação de espíritos entre os vivos. Desse forte será difícil derribá-lo, pois entrar no enta convicto é praticamente sinônimo de cabeça feita.
    .
    Falando em “enta”, eu que já tenho experiência na área, vou lhe explicar, gratuitamente, o processo. Quem invade o universo dos da caminhada inexorável à vetustice passa por vários estádios. No primeiro, no qual se encontra, vivencia um misto de saudade do que passou e angústia pelo que vem. Nesta fase, tem dez anos para planejar o projeto final e, ao mesmo tempo, gozar o que restou da velha energia.
    .
    Chegado no segundo estádio, quando cinquentão, aí, meu jovem, só lhe resta rezar a santa Piper para que tenha feito os investimentos corretos e possa ainda dar cambalhotas por um bom tempo. Caso contrário, sifu…
    .
    A próxima consulta será acrescida de 20% de contribuição para o albergue…

  46. MONTALVÃO Diz:

    /
    From: “VITOR MOURA”
    To: “Fórum Virtual de Pesquisa Psi”
    Sent: Friday, August 19, 2005
    /
    Numa fatídica sexta-feira de agosto…

  47. Vitor Diz:

    Montalvão, vc viu que o título é uma pergunta? Você disse:
    .
    “Foi o que disse, quer dizer, está considerando que ele tenha acertado antes e no caso que aponta, a seu ver, haveria indicativos de acerto!”
    .
    Estou considerando A POSSIBILIDADE que ele tenha acertado antes…
    .
    MONTALVÃO DISSE: “a declaração é positiva e expressa admiração.”
    .
    Expressa curiosidade… note o “Alguem tem algo a dizer? Ronaldo? Alguma investigação sobre isso para saber a validade do documento? Acho que agora dá para checar a história.”

  48. MONTALVÃO Diz:

    /
    QUEVEDO SE FOI…
    .
    https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/morre-aos-88-anos-o-padre-quevedo/ar-BBS0Uzy?ocid=spartandhp

  49. Vitor Diz:

    Fiz um tópico específico pro Quevedo, obrigado, Montalvão.

  50. Phelippe Diz:

    Ia falar do Quevedo, mas já o fizeram. Li os livros dele. Bons. Excelentes.

  51. MONTALVÃO Diz:

    /
    Pra quem quiser… MAIS JUCELINO…
    .
    Em 2014… Montalvão dizia:
    .
    Prezado J.
    .
    Jucelino é rematado vigarista. A regra do paranormal, segundo a conjetura de Moi, diz: a “força” psi, se existente, é incontrolada, esporádica, tênue e sem aplicação prática. Basta utilizá-la para perceber que Jucelino não se enquadra. Mas pode haver quem ache que “pode ser que seja”, neste caso, para queimar etapas, é só estudar o que o homem já fez e os resultados.
    .
    Como age o Jucelino? Ele arruma formulários de cartórios, com carimbos em datas antigas (anteriores à atual) e quando uma tragédia acontece, preenche o papel com o que bem entende e brande a carta como prova. O cara garante ter previsto o assalto ao Banco Central (aquele que arrombou 150 milhões), ter “visto” terremotos, tsunamis, acidentes aéreos. Tudo aparece depois do fato ocorrido. Por que, antes de Campos se esmigalhar no chão, ele não apresentou a carta que o alertara, “só para lembrar”, caso o presidenciável houvesse esquecido do aviso. Nada, esperou o sujeito morrer para então é só então aparecer. Jucelino é realmente um autêntico prevedor do… passado…
    .
    Em 2007 fiz levantamento do trabalho preditivo de Jucelino, se lhe interessar conferir, segue a seguir (os comentários de minha autoria são desse ano (2007), ou anteriores):
    .
    __________________________
    .
    Agosto 2007
    .
    Oi pessoal,
    .
    Investigar o Juscelino constitui o melhor caminho de aquilatar sua propalada vidência. A idéia de averiguar em cartórios é boa, mas se ele for o que se supõe, já estará resguardado ante essa possibilidade. De qualquer modo, se o investigador puder pesquisar detalhadamente poderá descobrir se as cartas de fato são registradas nas datas alegadas.

    .
    O melhor caminho, a meu ver, é acompanhar as premonições que ainda estão para se realizar. As cartas apresentadas após as tragédias não valem, pois podem facilmente ser montadas.
    .
    Para quem se interessar existem diversas notícias das previsões, cuja realização estão com data marcada para os próximos meses, ou os próximos anos. Uma delas é a do acidente aéreo anotado para outubro. Acompanhem e poderão aferir se o individuo é o que se diz, ou se trata de um farsante.

    .
    A tática de Juscelino é publicar previsões aos borbotões, ele sabe que tem chance de acertar em algumas (a mesma chance que qualquer um de nós teríamos se fizessemos o mesmo que ele). Depois, basta fazer alarde dos acertos e esquecer as falhas. Pronto, temos um vidente autenticado.
    .
    Para subsidiar os interessados, noticio algumas da previsões que tenho colecionado. Os comentários entre colchetes [ ] são de minha autoria.

    .
    PREVISÕES PASSADAS E PARA OS PRÓXIMOS MESES:
    .
    [O que viria por aí, segundo Jucelino]
    .
    “Nas conversas com Viva!, Jucelino elencou algumas catástrofes. Veja algumas:
    .
    -Neste mês, um ciclone atingirá algumas cidades do Paraná e de Santa Catarina, causando grandes danos materiais.
    [nov.2005] [NÃO ACONTECEU!]
    .
    -O papa Bento XVI sofrerá um atentado no dia 16 de março de 2006.
    [NÃO ACONTECEU. (Juscelino afirma ter enviado uma carta ao papa, que cancelou o compromisso para a data, evitando o atentado)]
    .
    -Em 16 de julho de 2006, um tufão passará no sul do Brasil.
    [Jamais poderia um tufão passar pelo sul do Brasil. No Atlântico não se formam tufões, só furacões. Pode-se dizer que seria uma questão de nomes, de qualquer modo a previsão, seja com furacão, seja com tufão, não se realizou]
    .
    -Um tornado atingirá as cidades de Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Rezende (RJ) em 19 de outubro de 2007.
    [Outra previsão para ser acompanhada. Um bom teste para o Juscelino. Este humilde vidente que vos escreve já adianta: não acontecerá nada do que ele diz. Confiram, quando a data chegar]
    .
    -No dia 13 de setembro de 2008, um grande terremoto sacudirá a China, matando mais de 1 milhão de pessoas.
    [muito bom para ser agendado e verificar se vai dar certo.]
    .
    -A cidade de Santos, no litoral de São Paulo, sofrerá imensamente com a subida das marés. Talvez chegue a sumir até 2013, assim como Recife (PE).
    [está meio distante a data, mas também pode ser agendada]
    .
    -Um avião se chocará contra um edifício em plena avenida Paulista, em São Paulo, no dia 26 de novembro de 2014.
    [aguardemos para confirmar]
    .

    PREVISÕES EXTRAÍDAS DO SITE DO JUSCELINO, em 1995
    [meus comentários em vermelho são daquele ano, em azul atuais]
    [Obs. Atual, como bem sabemos, no Obras não aparecem cores, portanto... então, pus o comentário antigo em cima, o mais recente embaixo, quer dizer, antigo numa linha, mais novo noutra]
    http://www.jucelinodaluz.com.br/
    .
    (se alguém for ao site do Juscelino e não encontrar o registro de algumas dessas previsões, não se admire, pois ele periodicamente faz uma faxina na página e retira aquilo que representa testemunho negativo à sua vidência)
    .

    - Tsunami na Ásia – 26/12/2004 – Entre os anos de 1996 e 1998, Jucelino teria escrito várias cartas sobre o tsunami que desvastou a Ásia em dezembro de 2004. Uma delas foi enviada à Embaixada da Indonésia.

    [O que ele não explica é porque essas cartas só apareceram depois dos fatos acontecidos. Deveria divulgá-las antes das desgraças ocorrerem!]
    .
    2006 – O Candidato Geraldo Alckmin ganha as eleições para presidente do Brasil. O Professor Jucelino ressaltou que Alckmin será o melhor presidente dos últimos tempos e que ele é a melhor opção para o Brasil neste momento.
    [Atenção a essa previsão: provavelmente será uma falhança sem tamanho! –
    (hoje sabemos que Juscelino errou feio!)]
    .

    2006 – A candidata Denise Frossard ganha as eleições para governadora do Rio de Janeiro
    [mais uma que não deve dar certo, apesar de eu desejar que acontecesse. Tem umas denúncias contra Sérgio Cabral que preocupam... –
    (novamente Juscelino se deu mal...)]
    .

    2006 – Setembro, Outubro e Novembro – Atos extremos de violência no Rio de Janeiro
    [não diz nada que já não saibamos. Violência no Rio acontece todo o tempo. Esse tipo de previsão meu cachorro também faz.]
    .
    2006 – 10 de outubro a 6 de Dezembro – 4 ou 5 tufões passarão pelos EUA com a mesma intensidade dos últimos, Rita e Katrina.
    [aqui ele joga com as possibilidades estatísticas. Mas, provavelmente vai errar de novo, aparentam ser muitos tufões para um período curto, contudo não sou especialista em tufões... Só que o nobre profeta já começou errando: tufões não acontecem nos Estados Unidos, o que passa por lá são furacões -
    (outra grande falhança do “vidente”, os “tufões” não apareceram)]
    .
    2006 – 23 de Dezembro – Atentados e ataques do PCC com rebeliões no Rio de Janeiro e São Paulo
    [pode ser... tem até data certa. Vamos aguardar pra conferir...
    (nada disso ocorreu)]
    .
    -continua-

  52. MONTALVÃO Diz:

    /
    Phelippe Diz:
    .
    Ia falar do Quevedo, mas já o fizeram. Li os livros dele. Bons. Excelentes.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Quevedo tem um livro muito bom “Antes que os Demônios Voltem”, os demais trazem informações interessantes, citam muitos autores, mas pecam num ponto crucial: expressam a exacerbada crença do padre no paranormal.
    .
    Quevedo conseguiu ser mais crédulo que o Vitor! Ele era adepto da paranormalidade forte, pujante (coitado, não conhecia a Conjetura de Moi); Acreditava, por exemplo, que pensar exaustivamente em alguma coisa pode fazer com que numa foto apareça traços dessa concentração; defendia a realidade de aportes, bilocação; propunha que o poltergeist fosse oriundo do psiquismo exacerbado, ou descontrolado, o que geraria manifestações psi atabalhoadas; postulava ser real a ectoplasmia… etc.
    .
    Agora vai dar aulas de psi no reino celeste, que Deus o tenha…

  53. Marciano Diz:

    ===============================================================
    A tática de Juscelino é publicar previsões aos borbotões, ele sabe que tem chance de acertar em algumas (a mesma chance que qualquer um de nós teríamos se fizessemos o mesmo que ele). Depois, basta fazer alarde dos acertos e esquecer as falhas. Pronto, temos um vidente autenticado.
    ===============================================================
    Já eu sou infalível em minhas predições. Tanto é verdade que bem antes de Montalvão esculachar o Jucelino, eu previ:
     
    ===============================================================
    Marciano Diz:
    JANEIRO 8TH, 2019 ÀS 6:59 PM
    Haverá até quem diga que Jucelino, como bom profeta, previu várias coisas prováveis de acontecer, apostando que algumas delas fatalmente acontecerão e as erradas serão esquecidas. Que fez as previsões específicas apenas para mascarar as outras, sabendo que não ocorrerão, etc.
    Esses pseudo-céticos não têm jeito. Tsc, tsc, tsc.

    ===============================================================
     
    Ora, direis, por certo que os comentários do Montalvão são de 2007, anteriores à previsão de Ares; e eu vos direi, no entanto, que eu nunca vira antes tais comentários do Montalvão. ASQ.
     
    Ainda que os houvesse visto em 2007, não me lembraria. Não me lembro nem do que comi hoje no almoço.

  54. Gorducho Diz:


    Ele deveras aparentava de fato ser até + credulo que a Administração .

  55. Gorducho Diz:

    O Pe. Quevedo, claro 👍

  56. Marciano Diz:

    O tópico do Pe. Quevedo é outro.

  57. Marciano Diz:

    Este tópico é de visão remota, como esta , por exemplo.

  58. Marciano Diz:

    O mais belo exemplo de visão remota que já vi. Bota remota nisso. Remota no tempo e no espaço.

  59. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    Este tópico é de visão remota, como esta , por exemplo.
    -/
    CONSIDERAÇÃO: meu planeta natal aparece nessa foto…

  60. Marciano Diz:

    Vens de muito longe. E enxergas bem.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)