Arquivo ‘Artigos Publicados’ Categoria

CASO IMPRESSIONANTE DE MATERIALIZAÇÃO – O RELATÓRIO G (1975)

quinta-feira, junho 28th, 2018

Para ler sobre este caso impressionante, clique aqui.

Chico Xavier se Comunicava com os Mortos? por Carlos Orsi (2015)

terça-feira, junho 26th, 2018

Excelente artigo escrito por Carlos Orsi sobre o caso Jair Presente publicado na revista Explore. Para lê-lo, clique aqui.

As Evidências Experimentais dos Fenômenos Parapsicológicos: Uma Revisão (2018)

quarta-feira, maio 30th, 2018

Este artigo, que acaba de ser publicado em uma revista do mainstream de altíssimo fator de impacto, a American Psychologist, joga uma pá de cal em todas as críticas dos céticos referentes aos fenômenos psi. Fica claro que os céticos que negam a existência de psi ou são completamente desinformados, ou são simplesmente intolerantes e preconceituosos no que se refere ao paranormal. Para ler o artigo em português, clique aqui.

Filippo Bottazzi e Seu Método de Registro Gráfico (2018), por Lorenzo Leporiere

quinta-feira, abril 26th, 2018

Este trabalho investiga e contextualiza a contribuição do fisiologista italiano Filippo Bottazzi (1867-1941) para a pesquisa sobre fenômenos mediúnicos na Europa nos primeiros anos do século XX, com foco em sua investigação dos supostos poderes de Eusápia Palladino, uma famosa médium italiana de efeitos físicos que inspirou a “conversão” de César Lombroso. O trabalho de Bottazzi, realizado entre 1906 e 1909, é comparado com o de colegas na Itália e de outros locais e analisado à luz da metodologia científica que utilizou em sua pesquisa como fisiologista. Este artigo revisará os eventos que levaram Bottazzi a se interessar pela mediunidade, analisará como ele projetou e conduziu seus experimentos e as conclusões que deles extraiu. Uma atenção particular será dada aos métodos e instrumentos científicos que utilizou em sua pesquisa psíquica, que estavam de acordo com sua visão epistemológica positivista, como é mostrado em um ensaio sobre o método científico escrito por ele no mesmo período. Para ler o artigo em português, clique aqui.

A Resposta de Hyslop a Tanner (1911)

sexta-feira, março 9th, 2018

A chegada do artigo traduzido com a resposta de Hyslop a Tanner referente às pesquisas com a médium Piper obrigou-me a interromper minhas férias por um dia. A tradução custou 5.600 reais e foi paga com o auxílio do Guilherme, do Jandir, do Arduin, do Márcio e do Massa. Muito agradeço a eles! Para baixar a tradução, clique aqui. Para baixar o artigo original, clique aqui.

Percepção Extrassensorial de Partículas Subatômicas I. Evidências Históricas (1995), por STEPHEN M. PHILLIPS

quinta-feira, fevereiro 15th, 2018

E se um psíquico afirmasse ver objetos tão microscópicos que a ciência da época não soubesse nada sobre eles nem possuísse a capacidade tecnológica de estudá-los? Suponha que, mais tarde, a ciência verificasse muitas de suas observações a ponto de descartar que seu sucesso na descrição desses objetos fosse devido apenas ao acaso? Se protocolos suficientemente rigorosos foram aplicados ou se o psíquico ou o pesquisador fraudaram não seria algo pertinente para os crentes e os céticos discutirem, porque a ausência de informações científicas sobre as coisas que o psíquico afirmou ver obviamente fariam a fraude impossível em princípio. O fato de suas observações não terem sido feitas em condições cegas ou duplo-cegas seria irrelevante. Adquirir informações sobre o mundo paranormalmente, confirmadas pelos avanços da ciência muitos anos depois é, sem dúvida, o tipo mais convincente de PES, porque tais circunstâncias não dão ao cético espaço para dúvidas ou explicações racionais se as correlações entre fatos científicos e as observações psíquicas são tão numerosas que deixam a adivinhação fortuita extremamente implausível. Este artigo examinará um caso muito raro em que descrições paranormais de partículas subatômicas publicadas há mais de 100 anos foram confirmadas por fatos da física nuclear e de partículas e consistentes com algumas ideias ou teorias científicas ainda não testadas. Para ler o artigo em português, clique aqui. Em inglês, aqui.

Ernesto Bozzano sobre os Fenômenos de Bilocação (2005), por Carlos Alvarado

quarta-feira, fevereiro 7th, 2018

O pesquisador psíquico italiano Ernesto Bozzano (1862-1943) foi um famoso investigador dos fenômenos parapsicológicos e um forte defensor do conceito de sobrevivência à morte do corpo. Este artigo inclui um trecho do que Bozzano se referiu como fenômenos de bilocação, um termo usado para as sensações de membros fantasmas experienciadas por amputados, experiências de autoscopia, fora-do-corpo e de quase-morte (EFCs e EQMs), e uma variedade de emanações luminosas semelhantes a nuvens que os clarividentes alegavam deixar o corpo no momento da morte. Ele acreditava que tais fenômenos indicavam a existência de um corpo sutil capaz de se exteriorizar durante a vida, bem como no momento da morte. Para ler o artigo em português, clique aqui. Para conferir a versão em inglês, clique aqui.

RELATÓRIO SOBRE O CONTROLE-HODGSON DE MRS. PIPER (1909), por William James

quinta-feira, fevereiro 1st, 2018

Importantíssimo artigo sobre a Sra. Piper, com mais exemplos de conhecimento paranormal. James, falando sobre as sessões com o Prof. Newbold, diz: “Algumas pessoas parecem ser melhores consulentes que outras, e o Prof. Newbold está evidentemente entre os melhores. As duas sessões efetuadas por ele, e donde eu tirei as minhas citações, são mais naturais e contêm talvez menos coisas supérfluas que outras. Se o R. H. que apareceu então não é mais que uma ficção do eu subconsciente de Mrs. Piper a «representar», então temos de pôr na conta desse eu um autêntico gênio para acumular os traços apropriados e não se desviar da linha da personalidade verdadeira. Quase não houve nas sessões pormenores certamente errados, e a grande maioria era seguramente exata. Se se pudessem ter publicado duas das comunicações omitidas, o efeito de verdade produzido teria sido com isso consideravelmente aumentado.” Para ler o artigo em português, clique aqui. Para ler em inglês, clique aqui.

SWAN ON A BLACK SEA: O QUANTO A SRTA. CUMMINS PODERIA TER SABIDO? (1966), por M. R. Barrington

quarta-feira, janeiro 31st, 2018

Mary Rose Barrington faz uma análise minuciosa do livro “Swan on a Black Sea”, psicografado pela Srta. Geraldine Cummins. A suposta comunicadora é Winifred (Sra. Willet/Coombe-Tennant). Para ler a tradução, clique aqui. Para o original em inglês, clique aqui.

Prevendo o imprevisível: análise crítica e implicações práticas da atividade antecipatória preditiva (2014)

segunda-feira, janeiro 29th, 2018

O artigo traz evidências e explicações teóricas para o fenômeno do pressentimento (ou atividade antecipatória preditiva), bem como refutações às críticas, e elabora possíveis aplicações práticas. Esse artigo, só lembrando, é anterior ao recém-postado, de 2018, em que houve a inclusão de novos estudos na meta-análise de pressentimento referida no artigo, confirmando-a ainda mais. Para ler o artigo, clique aqui.

Entradas (RSS)