Arquivo ‘Ceticismo’ Categoria

Crimes e Desaparecimentos Resolvidos com a Ajuda de Médiuns ou Psíquicos, Parte 15 (1928)

terça-feira, outubro 3rd, 2017

Neste artigo, um pesquisador altamente cético e crítico buscou averiguar o que havia de verdadeiro nos alegados sucessos de duas irmãs frequentemente utilizadas pela polícia alemã na década de 1920, uma delas dita clarividente. Embora ele tenha feito de tudo para minimizar ou mesmo anular seus acertos, chegando a considerá-las um perigo por levantar falsas suspeitas contra pessoas inocentes, ele foi forçado a recorrer a uma explicação paranormal – telepatia – para explicar alguns de seus sucessos que ele próprio testemunhou. Para ler o artigo, traduzido do alemão (muito agradeço ao Phellipe e ao Márcio por isso!), clique aqui.

Blog ‘Obras Psicografadas’ é citado em Tese (2016)

sexta-feira, setembro 22nd, 2017

Para lerem a tese, chamada “De Allan Kardec a Chico Xavier: Uma Visão Histórica das Poesias e dos Romances Mediúnicos”, de autoria de Denise Adélia Vieira Prata, cliquem aqui. O blog é citado entre as páginas 213 e 216. A tese também compara uma poema de Castro Alves com um psicografado por Chico Xavier. Muito agradeço à Denise pela menção ao blog!

Crimes e Desaparecimentos Resolvidos com a Ajuda de Médiuns ou Psíquicos (Parte 14) [2013]

quinta-feira, setembro 21st, 2017

Neste artigo, o editor adjunto da Skeptical Inquirer analisa um caso recente de descoberta de um corpo por uma suposta psíquica. Para ler o artigo, clique aqui.

Sobre se Tornar um Médium Espírita em uma “Sociedade Racional” (2001), por Charles F. Emmons

segunda-feira, setembro 11th, 2017

O recrutamento e a socialização (enculturação) dos médiuns espíritas nos Estados Unidos são investigados através de entrevistas etnográficas, observação participante e biografias em bibliotecas de Lily Dale, Nova York. A mediunidade espírita, a alegada transferência de informações de almas que já partiram para os vivos através de outro ser humano vivo (o médium) é uma maneira alternativa de conhecimento nessa sociedade. A maioria das crianças com sinais de capacidade mediúnica é desencorajada pela família e pela comunidade. Entrar no papel requer definições positivas e apoio social, como nas turmas da Igreja Espiritualista. Dado o ceticismo geral sobre a intuição na sociedade ocidental, mesmo os próprios médiuns procuram “confirmações” para validar suas comunicações não racionais. Assim, o domínio da racionalidade científica é aceito até certo ponto mesmo por esse grupo que pratica uma maneira alternativa de saber. Para ler o artigo em português, clique aqui. Para lê-lo em inglês, clique aqui.

O IRMÃO MAIS NOVO DE ‘G.P.’: UMA NOTA (1995), por James Munves

sexta-feira, agosto 11th, 2017

‘George Pelham’, cujas comunicações pós-morte como o controle ‘G.P.’ abrangiam a principal evidência de Richard Hodgson para a sobrevivência pessoal, era George Pellew, nascido na Ilha de Wight em 1859 de Henry Pellew e Eliza Jay. A maior parte das comunicações de ‘G.P.’ ocorreu durante os três anos após a morte de George em Nova York em fevereiro de 1892. Como o controle ‘G.P.’ era central ao argumento de Hodgson para a realidade das comunicações espirituais, ele virou o foco dos céticos. Em 1917, vinte anos após o relatório de Hodgson sobre ‘G.P.’, Edwin Clodd escreveu um livro contrário à sobrevivência pessoal em que ele ridicularizou ‘G.P.’ e Hodgson. Para ler o artigo em português, clique aqui. Para ler o original em inglês, clique aqui.

Sonhos Telepáticos Induzidos Experimentalmente: Dois Estudos Usando uma Técnica de Monitoramento EEG-REM (1966), por Krippner, Ullman e Feldstein

quarta-feira, agosto 9th, 2017

Mais um estudo extremamente comprovador da telepatia em sonhos, talvez o melhor deles em termos de resultados. As correspondências foram tão precisas e exatas no 2º estudo experimental, feito com um sujeito e um agente pré-selecionados do 1º estudo, que mesmo o mais duro cético, se tiver o mínimo de honestidade intelectual, ficará muito impressionado. Para ler o artigo traduzido, clique aqui. Muito agradeço a Luis Felipe de Lima Correa Leite pela tradução!

Felícia Parise – Psíquica Excepcional (1993)

terça-feira, junho 27th, 2017

Segue artigo com diversos resultados obtidos com a psíquica Felícia Parise. Felícia foi validada também por um mágico, se destacando tanto em PES como em macro-pk. Nunca foi pega em fraude. A tradução é de Luis Felipe de Lima Correa Leite, a quem agradeço muitíssimo. Para ler o artigo em português, clique aqui.

Algumas Memórias Psíquicas (1920), por John William Brodie-Innes

segunda-feira, junho 19th, 2017

Segue artigo de John William Brodie-Innes, amigo de Charles Darwin (embora Darwin tivesse 39 anos quando Brodie Innes nasceu, o pai de Brodie já era amigo de Darwin). Ele relata diversos fenômenos “sobrenaturais” que presenciou. Não há atas, ou detalhes completos, infelizmente. Ainda assim, vale o registro. Muito agradeço a Luis Felipe de Lima Correa Leite pela tradução! Para ler o artigo, clique aqui.

Hella Hammid – Psíquica Validada pela Polícia (1974)

terça-feira, maio 30th, 2017

O tenente de polícia Walter S. Konar valida a capacidade paranormal da psíquica Hella Hammid (jamais pega em fraude em anos de pesquisas com cientistas e pesquisadores diferentes, inclusive céticos). Para ler, clique aqui.

Você tem medo do escuro? Notas sobre a psicologia da crença em histórias da ciência e o oculto (2016), por Andreas Sommer

quinta-feira, abril 13th, 2017

A visão popular do conflito inerente entre a ciência e o oculto se tornou obsoleta pelos recentes avanços na história da ciência. No entanto, estas revisões historiográficas passaram despercebidas na compreensão pública da ciência e na educação pública em geral. Particularmente, as reconstruções da formação da psicologia moderna e suas ligações com a pesquisa psíquica podem mostrar que a visão padrão da última como motivada por um viés metafísico não resiste a uma análise. Para ler o artigo em português, clique aqui. Para ler o artigo em inglês, clique aqui.

Entradas (RSS)