Carlos Baccelli e suas psicografias

Sempre me espantou como as mensagens psicografadas de vários médiuns atuantes em Uberaba – o falecido Chico Xavier, os ainda vivos e ativos Celso de Almeida Afonso e Carlos Baccelli, por exemplo – vinham com tantas informações sobre o falecido. No livro “Por Trás do Véu de Ísis”, de Marcel Souto Maior, encontrei uma possível resposta para esta pergunta.

E a resposta é… o médium simplesmente pergunta tudo para a família do morto, obtendo todas as informações necessárias.  

Eis um trecho de um capítulo do livro que esclarece a questão, referente ao médium Carlos Baccelli: 

Pais e mães vindos de todo o país esperam a vez de conversar com Baccelli, antes da sessão, numa saleta miúda localizada ao lado do hall de entrada. 

É ali, atrás de uma mesa de madeira, que Baccelli atende os candidatos a receber uma mensagem do além. Estes encontros se sucedem a partir das cinco da manhã, uma hora e meia antes do início da psicografia. 

Durante as conversas, quase sempre ligeiras, Baccelli pede mais detalhes aos visitantes sobre seus entes queridos e as circunstâncias da morte. Informações como nomes de avôs e avós são anotadas por ele, muitas vezes, em pequenos pedaços de papel, levados mais tarde até a mesa do salão principal, o palco da psicografia. 

Quem organiza a fila é um carteiro aposentado de Uberaba, o seu Paulo, sempre simpático e dedicado. Ele se posiciona em frente à porta da saleta, que se fecha assim que cada visitante entra. 

Neste sábado, ele está preocupado com a família que veio de carro de Florianópolis em busca de uma mensagem do filho morto. Foram dezenove horas de viagem. 

O pai do jovem está na fila e recebe instruções solidárias do seu Paulo: 

— Capricha, hein? Conta tudo pro médium pra você receber sua mensagem. 

O pai entra sozinho na saleta e, para alívio do seu Paulo, fica quase três minutos lá dentro.

— Este deve receber a cartinha — prevê o ex-carteiro, agora encarregado da correspondência entre vivos e mortos. 

O seu Paulo quase nunca erra. 

[...] 

Uma das cartas chama atenção especial pela crise de choro provocada na platéia. Um choro profundo, desesperado, que começa com lágrimas e soluços e termina com berros, gritos de dor e de saudade.

Querido papai Manoel João, querida mamãe Maria Therezinha, Esqueçamos o acidente de que fui vítima. Imaturidade aos 23 anos de idade… 

Os avós são citados, com nomes e sobrenomes, entre detalhes sobre as circunstâncias da morte: um acidente de carro. 

Quando a sessão termina, aproximo-me da mãe, ainda aos prantos, ao lado do marido contido e tenso. 

Demoro a reconhecê-lo. 

É o pai de Florianópolis, instruído pelo solidário seu Paulo. 

Dona Maria Therezinha não tem nenhuma dúvida: o filho dela está vivo. 

O seu Manoel João responde antes que eu tenha tempo de perguntar: 

— Tudo o que está na mensagem eu contei para o médium lá na sala — ele diz. 

Depois disso, Marcel Souto Maior entrevista Baccelli: 

— Por que o senhor… digamos… “entrevista”, antes da sessão, os visitantes que vêm aqui em busca de mensagens? Por que são necessárias tantas informações? 

Baccelli tem uma resposta pronta: 

— O trabalho de psicografia não é só dos espíritos. É do médium também. O médium é parte integrante da equipe espiritual e deve ser o guardião da autenticidade de cada mensagem. 

A coleta de informações antes da sessão teria, segundo o médium, as seguintes funções: facilitar a sintonia com os espíritos e preservar o trabalho de qualquer “fraude maledicente”. 

— Este, Baccelli, é um cenário de dor, fé, esperança e de desconfiança também. Muitos pais duvidam da autenticidade das mensagens quando encontram, nas cartas destinadas a eles, dados já revelados ao senhor — argumento. Baccelli reage com calma: 

— Este não é um problema meu. Não cabe ao médium duvidar. As pessoas duvidam até da existência de Deus, apesar de estarem diante da maior evidência de todas: a criação do mundo. 

A resposta se prolonga: 

— Normalmente as pessoas não querem apenas uma simples mensagem. Elas estão aqui porque querem o filho de volta, e isto as mensagens não conseguem fazer. Cada mensagem é de conforto, de esclarecimento, mas não é de convicção para aquele que não quer crer. A fé é uma conquista individual. Nós não nascemos com fé. A fé, como a paciência, como tudo, é uma conquista. A mensagem é um material de reflexão. 

A conversa se encerra com uma citação de Paulo de Tarso: 

— A profecia não é para os que duvidam, é para os que crêem — diz Baccelli. 

Conclusão 

A menos que Baccelli se submeta a testes controlados, que impeçam o vazamento de informações, não vejo motivo algum para considerar sua mediunidade autêntica. Seu ato de fazer várias perguntas aos familiares sobre o morto e o uso de um assistente (um ex-carteiro) que incentiva as pessoas a passarem informações, são altamente sugestivos de fraude. 

Os demais médiuns de Uberaba ainda vivos deveriam se submeter a testes controlados também, até mesmo para saber o quão confiável é sua mediunidade. Uma pena que não haja ninguém atualmente fazendo pesquisas em laboratório com tais médiuns.  Espero que este artigo chame a atenção para que crentes e céticos se unam no ideal de fazer uma pesquisa que elucide o que se passa em Uberaba: se uma fraude ou um fenômeno genuíno. 

Bibliografia 

Por Trás do Véu de Ísis – Uma investigação sobre a comunicação entre vivos e mortos (2004), de Marcel Souto Maior

102 respostas a “Carlos Baccelli e suas psicografias”

  1. Jorge Diz:

    Vitor,
    O silêncio seria ofensivo a tua inteligencia.
    Nao tive mais tempo de vir aqui, mas continuo com o direito de discordar de algumas coisas. Talvez eu esteja me tornando uma “ovelha”, mesmo.
    “A fé é uma conquista individual…
    — A profecia não é para os que duvidam, é para os que crêem .”
    Veja como a investigação nao pode ser feita através de qualquer psicografia. Ela deve ser feita, a investigaçao, através de pontos específicos, como a análise das obras “históricas” ( que tu começaste a fazer aqui, embora este espaço nao seja propriamente para o aprofundamento, apenas para a divulgaçao – para isso ver o excelente trabalho investigativo de Andre Luis em http://parapsi.blogspot.com/).
    O Chico e o Emmanuel viviam com um baião de dois (pepetindo os mesmos périplos, os mesmos chavoes, as mesmas isotopias), mas até isso nao é demérito, segundo a lógica deles a educaçao moral evita muitas doenças… e repetir e repetir é saudável…
    Continuo achando teu espaço importante, sem ele cairemos no fanatismo estúpido e na veneraçao vazia.
    Abraços

  2. Carlos Magno Diz:

    Vitor,

    Em suas pesquisas você alguma vez encontrou depoimentos de críticos da literatura e comunicação espíritas que atestassem a veracidade das comunicações? Desse tipo de parentes que buscam informações de falecidos.

    Se encontrar mensagens e atuações lídimas, por favor post também, porque até o momento só tenho visto um lado da moeda.

    Assim, creio, poderíamos melhor comparar os casos fraudulentos e execrá-los, bem como enaltecer os legítimos ao invés de ficarmos lançando farpas e xingamentos uns contra os outros. Não seria mais justo assim?

  3. CeticismoAberto notícias » arquivo » “O Segredo”… da mediunidade Diz:

    [...] lendo: Carlos Baccelli e suas psicografias Veja também Exclusivo! Inédito! Bombástico! Revelado o segredo de Chico Xavier O Segredo da [...]

  4. Vitor Diz:

    Carlos,

    evidências a favor da mediunidade vc encontra nesse site: http://br.geocities.com/existem_espiritos/

    Abraço.

  5. Patola Diz:

    Parabéns por esse trabalho revelador e importantíssimo de revelar fraudes de charlatões que abusam da dor e reveses de pessoas ingênuas. Vejo que recebe muitas mensagens iradas – ofensivas, às vezes – de pessoas que vêem suas ilusões serem estraçalhadas, mas não desanime com essas mensagens. Acredito, por meu próprio exemplo (já faz tempo que visito seu blog), que a maioria das pessoas que concorda contigo é simplesmente silenciosa, pois não vê nada mais a acrescentar. Quem se manifesta são somente os trolls e os “céticos sobre o ceticismo”, essas figuras estranhas.

    E aos “céticos sobre o ceticismo”: vocês acham mesmo que fazem algum serviço à humanidade incentivando credulidade e ilusão? Ponham a mão na consciência…

  6. Patola Diz:

    Bom, pela primeira vez eu tentei postar aqui, mas eu não sabia que você fazia pré-moderação dos comentários. Então prefiro que não publique meus comentários, por favor, pois sou radicalmente contra esse tipo de censura e vejo que seu blog não tem realmente estrutura pra “mostrar os dois lados da moeda”, como diz o Carlos Magno. Retiro todos os meus cumprimentos. Me desculpe, mas a pós-moderação é característica de blogs fanáticos e autoritários como o http://www.juliosevero.blogspot.com.

  7. Vitor Diz:

    Patola,

    a pré-moderação eu uso simplesmente para evitar que fiquem me xingando ou a outros internautas. Além disso, serve para eu excluir SPAMS, anúncios pornográficos, esse tipo de coisa. Além disso, o sistema é assim, e não tenho a menor idéia de como retirá-lo, portanto, no momento, está além de minha vontade.

    Deixei seus comentários porque os motivos que vc me pediu para retirá-los não são verdadeiros, ou seja, meu blog não é fanático e nem autoritário :)

    Um abraço.

  8. Carlos Magno Diz:

    Vitor:

    Não só indique, mostre-os e os comente com isenção. Seria muito mais interessante e demonstrariam de fato sua completa neutralidade.

    Abs.

  9. Gilberto Diz:

    Me desculpem, mas o próprio conceito de psicografia é totalmente descabido. Ou será que alguém acha que, se a psicografia fosse aceita como verdadeira, os cientistas, os juristas, os médicos, os professores, enfim, TODO O MUNDO já não estaria utilizando-o como fonte aceitável de conhecimento? Só alguns fanáticos (e o número continua diminuindo assustadoramente) acreditam em tal loucura. Me desculpem, não se discute religião, eu sei, mas considerar a psicografia é de uma ignorância sem limites. Ah, mas as obras são lindas… Então vamos considerá-las obras de ficção, e não escritos “verdadeiros” . Os mecanismos da psicografia são bem manjados (mensagens reveladoras que só o defunto sabia, detalhes secretos que só o finado sabia e estilo de escrita que só o morto possuia) e facilmente explicados por qualquer observador mais atento. Get a life!!

  10. Carlos Magno Diz:

    Tem gente que adora ser o dono da verdade. Pousam de comentaristas de blogs como se fossem conhecedores de todas as coisas. Teóricos e críticos do nada!

    Há gente de todos os tipos em todas as atividades. E como regra, há no meio mediúnico pessoas inteligentes, vencedoras em suas profissões, possuidoras de culturas extraordinárias, alguns de cultura mais abarcante do que muitos postadores daqui juntos.

    E são conhecedores e estudiosos do espiritismo, estão lá “in loco”, participam , pesquisam e dão total credibilidade ao mediunismo. Exceto aos charlatões, claro.

    É essa a questão: Serão todos aqueles homens e mulheres tolos? São milhões os espíritas.

    Ou tolos e ridículos mesmo são os comentaristas que adoram falar do não vivenciaram,que nunca freqüentaram o espiritismo são e vêm fazer ataques gratuitos por puro preconceito, complexo de inferioridade, ou realmente, são míopes, surdos e cegos, assoberbados de conhecedores?

    Acho que Freud explica.

  11. Alex Guedes Diz:

    Conheço médiuns sérios,honestos,acima de qualquer suspeita.
    Embusteiros existem em qualquer atividade,inclusive na que você exerce,você sabe disso,e no espiritismo não é diferente.
    No seu tópico,você já faz um julgamento,colocando todos os médiuns como charlatões.
    Nós,humanos,temos uma inteligência,o que nos diferência dos demais serês da criação,e temos que usa-la colocando em prática o nosso bom senso,analisando aquilo que nos é colocado como verdadeiro.
    Costumo ser como São Tomé,ver para crer,por isso lhe digo isso tudo.
    Vá à campo,analise,estude,investigue.Tenho certeza que depois disso você mostrará o outro lado da moeda.
    Abraços

  12. Gilberto Diz:

    Alguém já ouviu falar da distinção “deceiving” e “self-deceiving”? Esta é toda a questão da diferença entre os embusteiros e os pesquisadores sérios.

  13. Vitor Diz:

    Alex

    não coloquei os médiuns como charlatões, pois até sugeri testes controlados para saber a verdade do fenômeno. Agora, quem seriam estes “médiuns honestos, acima de qualquer suspeita” que vc fala? Onde atuam? Eles aceitariam participar de testes controlados?

    Um abraço.

  14. Carlos Magno Diz:

    Vitor:

    Esses testes controlados são realizados em laboratórios ou nas casas espíritas?

    Fosse eu medium de incorporação jamais me submeteria a uma heresia desse porte. Se os caras estão desconfiados, peçam permissão e vão lá.

    Se a casa espírita aceitá-los estará se inclinando aos céticos, ateus e materialistas, muitos desses desonestos e sempre argumentando contra legítimas evidências e provas.

    Sugiro a esses procurar os candomblés da Bahia, e entrevistar médiuns incorporados de exús e de outras entidades.

    Se saírem correndo de calças borradas, não me surpreenderei.

  15. VALENTINA Diz:

    SÓ VOCÊ É O SABE TUDO!!!!
    ACHO QUE VOCÊ MORRE DE INVEJA E
    SE ACHA!!!!
    VOCÊ NÃO É NADA, OU MELHOR QUE É VOCÊ PARA JULGAR OU FALAR DE QUALQUER PESSOA!!!!!

  16. Vitor Diz:

    Carlso Magno,

    comentando antes uma mensagem já meio antiga:

    01.”Não só indique, mostre-os e os comente com isenção. Seria muito mais interessante e demonstrariam de fato sua completa neutralidade.”
    -
    As pesquisas nesse sentido são grandes demais para serem comentandas no espaço de um blog. Pelo menos eu não tenho esse poder de síntese todo :)

    02.”Esses testes controlados são realizados em laboratórios ou nas casas espíritas?”
    -
    Laboratórios.

    03. “Fosse eu medium de incorporação jamais me submeteria a uma heresia desse porte.”
    -
    Testes científicos não são heresias.

    04.” Se os caras estão desconfiados, peçam permissão e vão lá.”
    -
    A razão para desconfiança é legítima, dado o histórico de fraudes espíritas. E depois, numa casa espírita, em vez de um laboratório, é mais difícil controlar a fraude.

    05.”Se a casa espírita aceitá-los estará se inclinando aos céticos, ateus e materialistas, muitos desses desonestos e sempre argumentando contra legítimas evidências e provas.”
    -
    Se a casa aceitá-los estará mostrando que nada tem a temer. Mas o ideal, repito, é que os médiuns vão para o laboratório.

    06.”Sugiro a esses procurar os candomblés da Bahia, e entrevistar médiuns incorporados de exús e de outras entidades.”
    -
    Cadê a faceta científica do espiritismo?

    07. “Se saírem correndo de calças borradas, não me surpreenderei.”
    -
    Já eu ficarei bem surpreso.

  17. Gilberto Diz:

    Levantaram até a questão do Candomblé? Que estranho nesta página, pois o Espiritismo coloca o Candomblé como algo pouco evoluído, para pessoas de espírito pouco evoluído… É, o misè en scene usado pelos supostos “Exus” é realmente assustador, e tem como objetivo impressionar os crentes, e esses sim é que borram as calças… Os processos que envolvem a suposta “incorporação de espíritos” são mais do que conhecidos por qualquer psicólogo do quarto período da faculdade. Daqui a pouco vão dizer que beber um litro de pinga e não ficar bêbado é prova, ou que desmunhecar sob influência de uma “Pomba-Gira” é prova, ou até mesmo que o fato de uma pessoa adoecer ou até mesmo morrer por um “trabalho feito” não é auto-sugestão e sim uma prova cabal da existência de espíritos. O Haiti é aqui!!!!

  18. Carlos Magno Diz:

    Gilberto:

    Por que não te calas?

  19. Gilberto Diz:

    Carlos Magno:
    É nisso que o Espiritismo se baseia. As pessoas se calam, aceitam tudo sem questionar, e, por “medo” ou “respeito” aos espíritos aceitam tudo o que é dito se estiver com uma roupagem “espírita”. Qualquer sujeito que diga que psicografa Dom Hélder Câmara com certeza é honesto, mas se alguém pergunta: como pode-se comunicar com uma pesoa morta e ela escrever de forma tão inferior de quanto era viva?, essa pessoa é um herege, um cético, uma pessoa que não vê o óbvio: se refutarmos o Espiritismo estamos refutando a “Verdade”. Sei que nos centros Espíritas se acredita em TUDO: marcianos que reencarnam na Terra, a vovó Protestante que vira Católica ao ser psicografada (pois pede para o seu neto rezar Ave-Marias, como aconteceu comigo), a lua é habitada por lunáticos, tem uma cidade-fantasma flutuando sobre o Rio de Janeiro, contacta-se extra-terrestres através de emissoras de TV sem sinal (como é que vai ser agora com a TV de alta-definição?) e, acima de tudo, todo mundo é reencarnação de alguém, geralmente alguém famoso. Mas se não questionarmos as coisas, o verdadeiro conhecimento não se construirá. Daí a importância de um trabalho como este. Ufa, é melhor eu me calar agora…

  20. Carlos Magno Diz:

    Prezado:

    Se não deseja calar, pelo menos use um pouco de bom senso e coerência.

    Você acusa todos os espíritas de compactuar com fraudes e tolices, não será você o tolo achando que todos são uniformemente constituídos, robôs sem massa cinzenta?

    Por favor, tenha respeito por magistrados, médicos, cientistas, e pessoas do povo de diversas outras camadas sociais, que são inteligentes e não formam e nem constituem essa falange de “crentes em tudo” a que você unicamente se apega.

    Há pessoas com larga experiência no meio espírita e que sabem muito bem separar fraudes de originalidades. Por favor, seu radicalismo é intolerante e já ultrapassou as raias do rídiculo!

    Reflita, e veja que se você não está convencido do que é o espiritismo na sua real extensão, você não é paladino de nada, seus argumentos são insôssos, sem base, fundamentados em “ouvi dizer” e “li por aí”.

    Ah! Chega de tantas asneiras e tolices!

  21. Vitor Diz:

    Gilberto,

    gostei muito de sua última mensagem, em que pese as agressões gratuitas do Carlos Magno (se vc quiser, eu deleto as ofensas, ok? Basta me pedir).

    Outra coisa, não foi vc que disse que tinha um amigo que era ghost-writer de uma médium meio famosa? Pode me dar mais detalhes em particular?

    E ainda, pode me informar desse caso de sua avó protestante que pediu para vc rezar ave-marias? Vc ainda tem a carta?

    Um abraço.

  22. Carlos Magno Diz:

    Vitor,

    Faça-me o favor. Onde estão as agressões ao pobre do Gilberto?

    Cite-as, uma a uma. Mas coloque as agressões dele a mim e a todos os espíritas e pessoas honestas e inteligentes militantes do espiritismo.

    O AGRESSOR É ELE, VOCÊ LEU REALMENTE?

    E você precisaria pedir licença ao Gilberto para deletar?

    Mais uma vez você demonstra sua parcialidade e má intenção. Quer agradar ao parceiro, agrade de uma vez, APAGUE TODOS OS MEUS COMENTÁRIOS, OS ANTIGOS, OS ATUAIS E OS FUTUROS!

    Dessa maneira você continuará na sua coerente-incoerência e talvez possa dormir melhor!

    Por acaso você viu as fotos que ele colocou do Chico noutro texto sobre as materializações? Considero aquilo deboche, ofensa e ataques gratuitos, pois não houve sequer um conteúdo para justificar as fotos, bem ao contrário, há risos e fanfarronices. Ele não respeitou a moral e a memória do Francisco Cândido Xavier. Isso não é ofensa não só ao Chico como a todos os espíritas?

    Vai também fingir que não viu? Se manca cara!

  23. Vitor Diz:

    Um exemplo de agressão ao Gilberto, dentre os VÁRIOS que eu poderia citar APENAS NESTE TÓPICO:

    “Ou TOLOS e RIDÍCULOS mesmo são os comentaristas que adoram falar do não vivenciaram,que nunca freqüentaram o espiritismo são e vêm fazer ataques gratuitos por puro PRECONCEITO, COMPLEXO DE INFERIORIDADE, ou realmente, são MÍOPES, SURDOS e CEGOS, assoberbados de conhecedores?”

  24. Carlos Magno Diz:

    Isso é ataque ou resposta à provocação anterior?

    Nele você não “detectou” nada, absolutamente nada? Nem na postagem das fotos? E nem ao ataque aos praticantes dos candomblés, chamando-os de gays (ou viados travestidos de pombas-giras)? Por favor, Vitor!

    Não brinque com a verdade Vitor, não deseje passar atestados de burros aos comentaristas; você mesmo é o maior agressor à memória do Chico e à crença dos espíritas. Não queira que eu recomece a dizer tudo o que eu penso sobre o seu trabalho.

    Creio mesmo que o melhor seria você silenciar.

    Aliás, vou encerrar por aqui, já cansei.

    Feliz natal, Vitor, e ótimo 2008!

  25. Vitor Diz:

    É a resposta à sua pergunta “onde estão as agressões ao Gilberto”. No Gilberto, há sim defeitos, mas muito menores que aqueles em relação à sua pessoa, que volta e meia já xingou todos oou quase todos os que não concordavam com seu pensamento. Sobre as fotos, lembro que a própria médium das materializações, Otília, foi pega em fraude pouco tempo depois. Assim, caem muitas suspeitas sobre Chico sim. Ele não atacou os praticamentes de Candomblé, taxando-os de gays – inclusive vc não encontra essa palavra – simplesmente questionou a validade de uma prova.

  26. Gilberto Diz:

    Amigos, eu já mencionei em outro post que existem os “deceivers” e os “self-deceivers”, ou seja, aqueles que enganam conscientemente e aqueles que se enganam inconscientemente. Taxar todos os espíritas de “deceivers” é uma tolice, e eu não faria isso. Apenas expresso, de forma pungente (me desculpo se isso ofende alguém) o fato de que, havendo “deception” ou “self-deception” , os mecanismos que regem os ditos “fenômenos” espíritas são de relativamente fácil explicação. Só é preciso haver boa vontade e mente aberta. Se formos acreditar em todas as sandices que se ouvem nos meios espíritas, o mundo seria dessa forma: 1. Allan Kardec reencarnou em Alziro Zarur e em Chico Xavier concomitantemente. 2. Jesus Cristo reencarnou em diferentes pessoas em alguns trilhões de mundos no Universo. 3. A lua e todos os plantas do sistema solar (mesmo aqueles que são gasosos ou líquidos) são habitados (originalmente nesta mesma dimensão, mas depois das sondas americanas e russas, em outras dimensões) 4. O Esperanto, que é uma língua criada a partir de diversas línguas existentes, foi adotada pelo mundo dos espíritos e eles falam essa língua. 5. A Física Quântica surpreendentemente explica diversos fenômenos espíritas, dando um aval científico ao Espiritismo. 6. O olhar perdido de um bebê pequeno se deve ao fato de que ele está vendo espíritos e não que está com o cérebro em formação. 7. Os aidéticos são reencarnação dos nazistas que torturavam os judeus na Segunda Guerra Mundial. 8. Gasparetto desenha verdadeiras obras de arte do mundo dos espíritos, pois nenhum dos seus pintores da coleção “Grandes Pintores de Caras” reencarnou. 9. O mágico Kronnus é na verdade um médium evoluído, pois ele “canaliza” pessoas mortas e dá detalhes surpreendentes da vida dos finados (ele mente quando diz que usa a técnica do “cold reading”) e, finalmente, a maior pérola. 10. Segundo Kardec, a raça Hotentote (negra) nem humana é de tão inferior e selvagem (e mal se difere dos macacos), diferente dos Caucasianos (brancos), que são espíritos superiores. Posso não ser tão refinado ou informado quanto o Vitor, mas tenho minhas intuições. Não delete nada, pois estamos vendo um histórico de debates nessa nova forma que é o Blog e que deve ser respeitado e preservado para gerações futuras. É super democrático e não acaba nem em briga nem em pizza, mas acaba com todos aprendendo e crescendo juntos. Suspeito que o caminho para o conhecimento no futuro tenha passagem obrigatória pela Internet, que não deve ser um “hard-disk” de arquivar informações, mas sim algo vivo e pulsante que ajude a humanidade a pensar e a se desenvolver como deve ser feito: aqui na Terra, à duras penas com sangue, suor e bytes.

  27. Evandro Diz:

    Gilberto, dá para ver que você conhece bem pouco sobre o espiritismo, penso que você anda dando ouvidos ao que chamo “espíritas de boteco”, pessoas que lêem 2 livros e imaginam conhecer a doutrina em profundidade. Não escute nem leia coisas desse tipo que você mencionou acima porque isso não faz parte da doutrina, não mesmo…
    Abraços

  28. joel Diz:

    quanta baboseira junto, porque vçs nao ajudam alguem necessitado, visitem hospitais, doem cestas basicas, adote uma criança orfã, amem e perdoem mais, vivam na caridade cristã, e nao façam mais uma guerra religiosa.
    um abraço.

  29. Evandro Diz:

    Pois é que está ocorrendo Joel, agora se cria uma guerra entre os ateus fanáticos x crentes em qualquer coisa e acredite, ateus podem ser tão fanáticos quanto qualquer outro…
    Penso que as conversas deveriam ser conduzidas mais na argumentação, nas perguntas e na humildade de admitir que não conhece sobre o que está falando. O duro é que para quem não leu nada sobre espiritismo acha que o que está escrito é a verdade e acaba por criar “falsos espiritismos”, uma pena.

  30. Gilberto Diz:

    Tá certo, todos me dizem pra pocurar o verdadeiro Espiritismo. E eu pergunto: Onde ele está? Fui a vários centros e só ouço “pérolas”. Me pedem pra ler Kardec, pois a sua obra é “complementação natural da Bíblia”, mas só leio coisas prá lá de ingênuas, preconceituosas, arcaicas e de uma ladainha uníssona. Vejo um programa na TV Cãmara (produzido com dinheiro público?) onde um senhor dito “expert” inolvidável do Espiritismo (desculpem, mas não sei seu nome) explica TUDO, ou seja, os defeitos físicos, o autismo, a síndrome do pânico, a AIDS, etc., têm fácil explicação espírita. Me desculpem os Espíritas, mas são eles mesmos que criaram toda essa mitologia que se desdobra sem parar e engloba todos as áreas do conhecimento humano e do dia-a-dia. Não é o caso de ser ateu, pois não crer no Espiritismo é algo natural compartilhado por 182.5 milhões de Brasileiros (descontando os 1.5 milhão de Espíritas).

  31. Carlos Magno Diz:

    Primeiro: Não acredito absolutamente que você foi a vários centros espíritas. Acho até que você jamais foi a um sequer.
    Segundo: Supondo que você tivesse ido a unzinho somente, mas com olhos críticos e mesmo pensamento obtuso que você bizonhamente expressa aqui, eu nada mais aqui precisaria acrescentar.

    Terceiro: Mas, por supina hipótese, digamos que você conseguiu ir a dois centros espíritas e nada viu nem ouviu de proveitoso.

    O problema, com toda a certeza, não estaria no espiritismo, mas sim nos seus aparelhos ocular e auditivo. Seria bom tratá-los com urgência, pois deformações, disfunções ou cronismos provocam adernamento do raciocínio e conseqüentemente compulsão à critica daquilo que não conseguiu ver e nem ouvir!

    É como alguém dizer: “Bom dia amigo!” E o outro com esses problemas responde mal humorado: “Vai você seu safado!”

  32. Evandro Diz:

    Nem eu acredito que ele foi Carlos! Pois é Gilberto, a “mitologia” está criada cabe a vocês entenderem ela ou não. Ser ateu hoje supostamente quer dizer ser inteligente… e se o o sujeito ainda proferir um monte de coisas em latin, supostamente ele é um intelectual. Que brincadeira! Um bando de copiadores e leitores da Wikipedia, bem triste.

  33. Gilberto Diz:

    Pôxa, Sr. Carlos Magno, magoei. Quanto ao Sr. Evandro, parece-me mais acertado: cabe às pessoas interessadas procurarem saber se a mitologia Espírita é real ou não. Quanto à mim, vou me juntar aos outros 5,5 milhões de pessoas que deixaram de ser espíritas (7 milhões no censo de 1970 e 1,5 milhão no censo de 2000 – que em percentual seria como se hoje 15 milhões de pessoas deixassem de ser espíritas) e não mais postarei neste espaço, mas com certeza continuarei indicá-lo à pessoas de bom senso que, inteligentemente, querem estar por dentro desse fenômeno que é o Espiritismo, que em todo mundo caiu no esquecimento e na vala comum da fraude, dos truques de salão, da filosofia moralista de forte influência Católica, da cultura de almanaque e do curandeirismo de Terceiro Mundo. Obrigado e feliz 2008 ao Vítor e às pessoas que aqui postaram neste ano que finda.

  34. Carlos Magno Diz:

    Gilberto:

    Vou quebrar minha promessa somente para dizer-lhe o seguinte:

    1. Perfeição somente em Deus. Nenhuma religião é perfeita, mas todas são necessárias. E nem todos são tolos. Cabe a cada um descobrir as boas coisas e as inconveniências. Porém, só achar defeitos na devoção alheia sob uma ótica unicamente pessoal e bater como você bate, não é sábio e nem sensato, pois abre chagas e ódio ruminante.

    2. Eu disse antes que ignoraria aos seus comentários. E reconfirmo. Portanto, fique à vontade para expressá-los ‘as pessoas mais bem educadas, mas não se faça agora de vítima.

  35. Antonio Alcantara de Oliveira Diz:

    Eu nunca vi uma nota de 25 reais falsa e tenho certeza que não existe e sabe porque? Simplesmente porque não existe também uma verdadeira. Não pode existir um falso se não tem um verdadeiro, portanto caro amigo, eu acredito que tem muita gente brincando com psicografia e enganando a crentes, mas isso não quer dizer que não existe comunicação entre vivos e mortos. Eu não duvido de nada, mas é muito mais fácil duvidar da existência de Deus do que acreditar que Ele infinitamente justo permitisse que o médio Chico Xavier vivesse quase cem anos sendo enganado e enganando a todos.

  36. Elias Diz:

    Senhores,

    Espiritismo é uma coisa séria.
    E uma coisa que ele mesmo prega é uma Fé Raciocinada, pois já se sabia que o fenômeno mediúnico está sujeito a charlatões, sim. Em épocas passadas e mais ainda em épocas recentes.
    Mas é um ERRO afirmar que tudo é falso. Eu tinha esta posição, tinha teorias que explicavam muita coisa… Estudando para averiguação comecei a notar que não era bem assim, e elas foram caindo por terra.
    Depois de estudar bastante, as engrenagens começaram a encaixar.
    Acho proveitoso mostrar os problemas: mas a GENERALIZAÇÃO é um erro.

    Sou Eng. Eletricista, com mestrado em Tecnologia da Informação. Trabalho como projetista de equipamentos de comunicação (só terrenos, hehehe). Nesta área temos que ter muito senso crítico, análise imparcial, pois senão o mercado faz você fechar a empresa, ainda mais como fabricantes nacionais concorrendo com a China.
    Tive formação católica, e conheci o Espiritismo na época da Faculdade. Há muito o que estudar, mas vou respondendo aos poucos minhas próprias perguntas.

    Até me disponho a debater mais sobre alguns temas específicos, caso os autores do tópico se interessem.

    Tenho muitos colegas que também não acreditam que o Espiritismo é algo sério: entendo eles pois lhes faltam estudo e vivência. Sim, possuem a religião deles, e que tempo vão dedicar pra algo que não acreditam?
    A maior barreira é que tem alguns fatos e tabus históricos que BLOQUEIAM um avanço no entendimento.

    Tenho que respeitar… Não sou o dono da verdade.

  37. Elias Diz:

    Complementando,

    concordo que entrevistar a família antes não faz sentido. Aliás, vai contra a idéia do médium, o qual é apenas um MEIO de comunicação. Ele não tem que ficar sabendo de nada, é só uma ponte.

    Se é uma pessoa correta, não cobrará pelo que faz, materialmente e nem moralmente.
    Eis um artigo interessante: http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/mediunidade/mediuns-profissionais.html

  38. Paloma Diz:

    Meu Avô se foi no dia 05/01/08 queria muito psicografar mas não acredito muito devido as peruntas que fazem , queria aber como ele tá, enfimmmm…..a saudade é grande e eu não aceito ter perdido ele.

  39. Paloma Diz:

    Algo sem nexo, entrevistar a família, não faz parte do medium, ele apens é um intermediário.

  40. Roberto Diz:

    Paloma:

    Não creio que o centro espírita seja o melhor lugar para aplacar sua saudade.

    A sua frase “eu não aceito ter perdido ele” demonstra que existem sentimentos em você que devem ser trabalhados. Provavelmente o tempo te confortará pois a partida ainda é muito recente. A morte é fenômeno da vida e devemos aceita-la independente de credo religioso.

    Acredito que a maior prova de Deus não está em nenhuma escritura, livro ou evento sobrenatural. Mesmo os fenômenos mediúnicos geram polêmicas, podem ser fraudulentos ou sugestionados, conforme podemos averiguar acima.

    A maior prova da divindade está na prece. Ainda que não acredite, tente fazer uma prece sincera, como se pudesse conversar com seu avô e comunicar-lhe todo o Amor que sente por ele. Imagine um abraço apertado, um beijo fraternal. Feche os olhos deixe seus sentimentos fluírem. Estou certo que vai ter a sensação de estar próxima dele, muito perto mesmo. Peça a Deus que o abençoe e o conforte nesta nova fase. Esqueça um pouco de qualquer dogma, materialista ou religioso, e deixe seu coração falar por você, sua alma se expressar.

    A prece é uma potência da natureza.

    Ainda que não acreditemos em Deus e concluirmos que a prece é apenas uma auto-sugestão, obra da nossa psique, o sentimento de paz e tranqüilidade que deriva de uma prece sincera vale a pena ser sentido.

    A origem desta deste conforto pouco importa, se biológico ou divino, pois ele nos toca fundo, fugindo da razão, do espaço-tempo, da causa-efeito, da nossa racionalidade.

    Quem já fez uma prece sincera sabe do sentimento que estou falando.

    Abraços,
    Roberto

  41. Carlos Magno Diz:

    Roberto:

    Uma das coisas que é muito ensinada em centros espírita é a prece.

    Não há nenhuma novidade nos seus efeitos balsâmicos. Mas a prece não resolve tudo, ao contrário do que muitos crêem.

    E não creiam os céticos do espiritismo que a prece esotérica, yogue, evangélica, católica, muçulmana, etc., seja mais eficiente do que a prece espírita.

    Logo, há situações além da prece que o espiritismo também sabe trabalhar.

  42. Gisa Johann Diz:

    Fico me questionando o seguinte: neste mundo somos seres com livre arbítrio, certo? Isto significa que somos livres para seguirmos o nosso caminho e nossas escolhas. Portanto sr. Vitor, busque conhecimento e levante seu ego num assunto o qual o sr. tenha absoluta cereza. Não aponte o dedo onde a sua falta de informação o leve ao infeliz comentário. Para o seu conhecimento, já existem, há anos, estudos que compovam a paranormalidade. Onde eles estão? Ora, busque informação e o encontrará. Assim o fiz, e pude constatar embora eu não precise de provas científica para a minha crença, que existem os médiuns sérios e pesquisados, inclusive com provas, endereço fixo e de muito bom caráter. Isto inclui: fazem caridade, ajudam o próximo, sem precisar atingir ninguém. Infeliz idéia a sua de tentar crescer nesta vida a custo de ironias e apontamentos injustos. Fique com Deus meu caro e encontre o seu próprio caminho para poder alcançar o seu próprio sucesso. Não estamos aqui para julgar. Crê aquele que conhece a sabedoria divina. E para aqueles que não crêem, paciência, ninguém está aqui pedindo nada. A Doutrina espírita não chama, não acusa ninguém. Cada um com suas escolhas. Abraços

  43. Vitor Diz:

    Gisa,

    vc se refere ao Brasil? Quais são esses médiuns sérios e bem pesquisados?

  44. ieda Diz:

    Eu posso dizer que eu era como muitos, isto é, não acreditava em espiritismo. Até o dia em que eu comecei psicografar e escrever temas e assuntos dos quais eu nada entendia. Escrevi livros, mensagens de desencarnados, nas quais revelavam assuntos que somente eles e suas familias tinham conhecimento. E aí, pessoal? E se, algum dia, isto acontecer com vocês? Isto não é nada impossível!

  45. Vitor Diz:

    Ieda,

    gostaria de analisar esse seu caso. Vc guardou algumas das mensagens?

    Um abraço.

  46. Claudio Diz:

    Só um esclarecimento: Chico (in memorian), Divaldo Franco, Raul e outros médiuns sérios, ao receberem mensagens de parentes falecidos não pedem as informações pessoais. pedem apenas o nome completo, a data de nascimento e falecimento… e só.

    “Médiuns” embusteiros e mentirosos, que os temos muitos, e alguns nem médiuns são realmente, é quem pedem toda a “ficha do morto” e as pessoas, na sua ingenuidade as fornecem.

    Quer tirar a prova dos nove? Façam como informado acima.

    No mais, é sempre assim: Chico passou a vida inteira amando o próximo, fazendo o bem, perdoando a todos e nem depois de sua volta á Vida Espiritual o deixam em paz. Fazer o quê?

    Se a Doutrina Espirita tivesse livrado apenas uma pessoa, no mundo todo, de cometer, por exemplo, suicídio, já teria feito muito.

    Eu só fico sentado aqui pensando: quanta decepção esse pessoal vai ter quando a morte bater às suas portas e descobrirem que passaram a vida inteira atirando pedras em telhado de vidro!!

  47. Wagner Luiz Diz:

    Rejeitar-se à submissão de testes controlados, tergiversando e escapulindo desavergonhadamente às verificações, decididamente não abona o trabalho destes psicógrafos e paranormais. Quem não deve, não teme! Quem quer a reputação de ser veraz, que se submeta aos métodos objetivos, claros e simples para o alcance da verdade, e não se oculte em meio às brumas mágicas e encantadas do mistério.

  48. Carlos Magno Diz:

    Wagner Luiz:

    Você anda falando muitas tolices nesse blog. Aposto que você deve ser outro desses críticos teóricos cujo conhecimento apatetado é de leituras de duas obras espíritas, se tanto.

    Quem duvida e é empedernido por suas próprias e pessoais idéias, jamais se convencerá de nada diante de seus olhos.

    Médium que se preza, não deve servir de macaquinho adestrado para experimentos laboratoriais de céticos desavergonhados, que não sabem por que estão nesse mundo e para onde irão pós-mortem.

    Se desejarem se lixar, que se lixem esses céticos obtusos. Que vão, esses vaidosos, ao local onde se realizam trabalhos mediúnicos, encarem as entidades incorporadas e as desafiem pelas supostas fraudes.

    Sugiro ampliar essa atitude corajosa dando um pulo nas Umbandas e Candomblés e dizer ao exú incorporado que ele é um farsante, que deveria se submeter a um teste num polígrafo (detector de mentiras). Se sobreviver, terá passado pela prova da coragem. Se borrar-se todo ou tomar uma demanda pela cara, vai precisar recorrer a um pai-de-santo para livrar-se disso. Aí verá algumas das verdades do mundo espiritual.

    Tens coragem, ó gajo? Então vá ao invés de ficar teorizando, pois espiritismo não são só teorias, mas, principalmente, práticas!

  49. Wagner Luiz Diz:

    Quem afirma que o Espiritismo tem base científica, que possui obras que acrescentam ao cabedal das ciências e que adota e respeita o método científico não deveria, simplesmente, justificar recusas e evasões, objetando que um médium que se preze não pode se sujeitar à “ignomínia sacrílega” de ser alvo de testes e experimentações por parte de céticos “patetas”, “tolos”, “desavergonhados”,”ridículos” e “obtusos”(no dizer de uma pessoa presumivelmente morigerada e “espiritualizada”) . Negar-se à VERIFICAÇÃO, condição tão básica em Ciência, não é algo que se espere ou aceite de algo que se pavoneia como “científico”.

    Dos, com efeito, poucos livros que li, pude notar quão pobre é essa doutrina supostamente científica, que não nos oferece mais que um punhado de obras que nada mais são que resumos feitos em linguagem floreada de manualzinhos de Física (Mecanismos da Mediunidade) ou psitacismos de dados e teorias científicas já ultrapassados e incorretos (as obras de Kardec, as quais, a propósito, nos brindam com diversas idéias e teorias racistas, tão em voga no séc. XIX).

    Se o amigo conhece outras obras que promovam a “despatetização” dos meus conhecimentos espíritas, estou aberto a sugestões.

    Abraços a todos.

  50. Carlos Magno Diz:

    Vou perder meu último tempinho agora para não virem dizer que desprezo tacanhos. Digo tão somente o seguinte: Espiritismo é para quem crê, aprende, e deseja chegar ao saber.

    Quem não acredita não deve se meter naquilo que não sabe, soltar falácias, desprezar aquilo que nem sequer conhece. É buscar sarna, é espirito estúpido que quer encrencas.

    Faria muito melhor:

    1. Seguir minhas sugestões do comentário anterior. Mas sendo covarde não vai mesmo. Logo, vai ficar teorizando e buscando provocar quem está quieto. Típico de pessoas insignificante, sem princípios, a exemplo de chefes de torcida de futebol que vivem de arruaças.

    2. E, sendo covarde, pois é muito fácil desrespeitar e menosprezar o próximo detrás de um teclado e diante de um monitor, jamais saberá o que seja o espiritismo, pois covardes não se expõem.

    3. E já que se diz “da ciência”, está realmente fora da sua praia. Melhor faria, também, levar essas questões aos seus mestres de física, e trocar figurinhas com ele. Afinal céticos ou pseudo-céticos se entendem muito bem.

    Para que vir aqui provocar? Repito. Fique na sua, procure sua turma e dane-se com eles!

  51. Wagner Luiz Diz:

    Pois é! O Espiritismo, como qualquer outra religião, credo ou superstição, deve ser aceito e só pode ser aceito pelo recurso da Fé. Assim, é pela Fé que o Espiritismo alcança a “verdade”, não por processos lógicos ou metodologia científica. Não deve, destarte, o Espiritismo, valer -se de Lógica ou Ciência , mas, tão-somente, da Fé, tanto para atestar suas “verdades”, quanto para rebater seus críticos.

    O amigo deveria saber que uma visita a um hospício é quanto basta para provar que pela Fé nada se prova…

    O que vale pros hospícios também vale para terreiros e casas espíritas, algumas das quais tive sim a oportunidade de visitar. Devo ter freqüentado as mais fraquinhas, haja vista que nada vi dos prodigiosos fenômenos espíritas, como mesas girantes, deslocamento de objetos por forças preternaturais, psicografias, agêneres, materializações ou coisas da natureza. Vi apenas médiuns em demostrações risíveis de psicofonia e ouvi, junto com pequena platéia de fiéis, sermões enfadonhos, como em qualquer igreja. Infelizmente saí sempre de calças limpas…

    Quando o próprio “Livro dos Médiuns”, de Kardec, veta e desaconselha a presença de curiosos e céticos nessas reuniões, racionalizando que os Espíritos não gostam de ser testados e experimentados, por meio de perguntas, tanto se dá que um médium seja analisado em laboratório ou em sua casa de reuniões. Não se terá proveito algum! Gostando, os Espíritos, segundo soube pelo livro já referido, de se ocupar apenas com coisas “úteis” (como romances e mensagens surradas de paz e união…), ficam irritados ao serem alvos de mera curiosidade, logo se afastando, assim que percebem que estão sendo apenas testados. Além disso, estes espíritos, conforme outras justificativas desse mesmo livro, estão a serviço daqueles que crêem, dos honestamente interessados e dos “simples”, uma vez que, como Jesus, é para os “simples” que se mostram os prodígios, e não aos escribas e fariseus. No entanto, para o mesmo Cristo, é para os incréus, escribas, fariseus, céticos e ateus – os doentes, enfim – que Sua palavra principalmente se dirigiria, e que melhor forma de convencer essa “corja” do que executando diante deles milagres e feitos extraordinários, como os tais que os Espíritas supostamente podem fazer?

    Para encerrar, eu, como ateu e cético, c-r-e-i-o estar na minha turma, postando meus comentários “tacanhos”, “falaciosos” e “boçais” onde convém postá-los: num reduto cético. Quem está deslocado, afinal? Além disso, estranha tantas invectivas e palavras que se avizinham do baixo calão serem proferidas por pessoa tão, supostamente, cristã e “espiritualmente” esclarecida. Acho que um cristão espírita tão perspicaz e inteligente quanto você poderia facilmente opôr aos argumentos céticos algo mais que insultos e invectivas, recurso que, o mais das vezes, é o que se vê nos seus comentários.

  52. Carlos Magno Diz:

    Tcháu,

    Busque mariscos no Saara!

  53. Wagner Luiz Diz:

    Em semelhante empreitada, talvez eu tivesse a sorte de encontrar algum fóssil, mas, se fosse médium, encontraria com certeza fantasmas de mariscos, e psicografaria mensagens de paz e amor da hierarquia excelsa dos moluscos da Luz…

  54. Carlos Magno Diz:

    Então, busque coquinhos na Lua.

    Mas fique por lá mesmo, por favor!

  55. Wagner Luiz Diz:

    Obrigado pelos seus retornos e por retrucar esclarecedoramente às dúvidas e questionamentos por mim levantados.

    Quanto ao novo desafio proposto, infelizmente não disponho dos recursos técnicos ou financeiros necessários. Mas, se fosse contar com seus contatos no meio espírita, gente capacitada para travar comunicações por meio de TVs, rádios, PCs ou, simplemente, pelo poder da mente, com as esferas etéreas e multidimensionais do universo, teria maiores chances de encontrar os coquinhos, solicitando informações de algum nativo da Lua que porventura os cultivasse nas suas glebas astrais.

    Também, se fosse abençoado com a dádiva de relizar viagens concientes com meu corpo astral, faria, como muitos espíritas, visitas rotineiras à Lua, Capela, Estrela Vega, Aldebaran e outros sistemas estelares, onde decerto encontraria uma multidão de entidades da fina flor da alta hierarquia dos arcanjos ascensionados prontas para me instruir sobre assuntos como amor ao próximo, paz e união.

  56. Carlos Magno Diz:

    Deixe de ser orelhudo, camarada!

    Capela nem existe mais há milênios! Foi explodida por almas diabólicas que lá habitavam — almas idênticas em natureza a milhões aqui na Terra. E não sendo contidas certamente farão o mesmo com suas mortíferas e super destrutivas armas nucleares e mísseis assombrosamente potentes.

    E os céticos estupidamente intolerantes como você, religiosos fundamentalistas abduzidos, ateus de mórbidos prazeres por mortandades e tantos outros milhões aberrantes e doentios, os incentivam aqui como certamente os incentivaram lá. É final catastrófico e apocalíptico, sem a menor dúvida. A agressividade da natureza já está incontida; esta é a sua resposta, sua reação, e ninguém, nenhum físico ou gênio da ciência materialista irá conseguir mudar o curso dos acontecimentos. Os espiritualistas já sabiam disso há séculos! E lutam com denodo para amenizar os efeitos!

    Pense nisso: a natureza reflete o homem!

    E você vem aqui, sabe-se lá de onde, com quais problemas psicológicos, e deita falação sobre o espiritismo que só prega a união, o amor, o respeito e a reconstrução do homem.

    Imperfeito como você é, por que buscar nos outros a perfeição? Faça sua parte quietinho e busque em si mesmo a perfeição que exige lá fora! Quem pratica o mau espiritismo já está punido, como estão o mau religioso, o mau político, o crítico contundente e injusto e a imensa romaria de seres humanos por todo o planeta, cegos e surdos às mensagens do Alto.

    Olhe, um bom conselho, ao invés de ironizar o espiritismo e o esoterismo sem qualquer base como você fez nesse seu comentário torto e esdrúxulo, aventure-se em obras sociais; aprenda a não se meter com quem está quieto; faça ao próximo o que não quer que lhe façam.

    Fazendo isso, tenho certeza, encontrará todas as explicações de que necessita, sem precisar invadir a seara alheia com asneiras e pseudo conhecimento. Vai por mim, já fui também tolo como você é agora! Mas me encontro vacinado pelo conhecimento espiritual e, principalmente, pelas p-r-á-t-i-c-a-s!

    E não se preocupe mais em replicar. Terminei terminado.

  57. gloria collaroy Diz:

    Entrei aqui por curiosidade e acidentalmente , ja haviam me falado que entre os espiritas existe muita guerra, desavencas, eu nunca acreditei, mas neste momento sinto uma infinita tristeza de comprovar isso, um bate boca de quem nao tem o que fazer. Meus irmaos queridos, porque nao vamos procurar o que fazer de util em nossas vidas, ao invez de ficarmos nesse disse-me disse sem chegar a lugar nenhum?
    Estamos dentro do Espiritismo, mas o Espiritismo nao esta dentro de nos. Jesus espera de nos nos tornarmos em HOMENS DE BEM, esse convite ja nos foi feito ha mais de 2000 anos, ate quando ficaremos nesse atoleiro?
    nos enganando em dizer que somos espiritas? espirita nao faz prozelitismo, nao perde tempo com esse tipo de discursao
    O dia em que aprendermos a amar, praticaremos a verdadeira caridade e nos transformaremos em mensageiros do Cristo, trabalhando em sua Seara, divulgando essa Doutrina linda de amor com os nossos exemplos, praticando os ensinamentos de Jesus, dando de beber a quem tem sede, dando de comer a quem tem fome, vestindo os nus, visitando os que estao nas prisoes e vai por ai, ao invez de estarmos gastando o nosso tempo em dicutir abobrinhas. Aproveitem a reencarnacao de voces, fazendo o maximo que puderem fazer de bem, Essas horas que voces passam aqui discutindo abobrinhas, fara voces verterem lagrimas de arrependimento no plano espiritual. Acordem meus queridos, Cristo nos espera pacientemente.
    Desculpem se entrei aqui nesse mundinho de voces, onde voces etao se agredindo,usando o Espiritismo para expelir os venenos da bilis,
    ninguem deve de julgar ninguem, tachando seus irmaos de charlatoes etc… quanta intolerancia , ninguem e dono da verdade, so DEUS sabe o que e a verdade, com todo o nosso conhecimento, nos nada sabemos, todos os dias descobrimos coisas novas, Ao invez de voces ficarem aqui com essas infantilidades, leiam o EVANGELHO, e disso que precisamos e de pratica-lo.
    Se existe Mediuns charlatoes, sera problema e carma deles, sera que nos ja viramos santos? se olharmos para traz, vamos ver uma cauda bem comprida que ainda arratamos, ja que somos todos imperfeitos
    Desejo a todos voces, que Nosso querido Mesetre Jesus, envolva os coracoes de voces, na luz do conhecimento e na pratica da caridade.
    gloria collaroy

  58. Carlos Magno Diz:

    Dona Gloria,

    Diga, por favor, ao Vitor que existe realmente carma e reencarnação, Jesus existiu e Deus é o único Criador do universo.Ele não acredita em nada disso: é espírita-ateu.

    Peço-lhe, também, dizer-lhe, segundo a linha de seu pensamento catequista e sem abusar de sua paciência, que ele deve mesmo estar certo em detonar a Obra de Allan Kardec, e desmascarar Chico Xavier e Divaldo Franco na internet, nas barbas de todos, pois realmente eles são farsantes e os que não enxergam dessa maneira são todos tolos. E devem mesmo calar-se em nome do espiritismo.

    E também, por favor, diga aos espíritas que eles têm mesmo de ter sangue de barata nas veias, ficar calados e engolir as ofensas a si mesmos e a todos os familiares que seguem o espíritismo, porque o Vitor e certos comentaristas céticos estão assim afirmando.

    Muito se diz que quem cala consente. Jesus não se calava, saía à luta nas praças, nas sinagogas em qualquer lugar. Jesus disse: não vos trouxe a paz, mas a guerra. É certo que a guerra têm amplo significado na parábola, mas se a senhora observar bem, foi a partir de Jesus que a cruz virou espada e açoitou cristãos e não cristãos. E continua açoitando.

    E que dizer de Joana D’Arc, São Jorge, São Sebastião e outros que pelejaram e morreram por amor a Jesus Cristo e hoje enviam mensagens através do espiritismo. Mas, infelizmente, nesse prisma são ainda guerreiros no astral, outro erro porque pelo tempo já deveriam ser bonzinhos e somente perdoar e calar-se.

    Imperfeitos todos somos, sim senhora, mas cauda comprida só têm algumas espécies da fauna, principalmente cães obedientes acostumados a levar pontapés e enfiar os rabinhos entre as pernas. Eu não tenho, absolutamente, nenhum resquício de cauda e olho meus desafetos de frente sem precisar perdoá-los.

    Aliás, gosto muito de um ditado que diz: eu sou de quem me quer!
    Abraços irmã.

  59. gloria collaroy Diz:

    Carlos, meu irmao querido, eu nao vou ficar aqui debatendo, discutindo , perdendo um tempo precioso, porque tenho muito para fazer. Recolho roupas infantis, para enviar ai para o Brazil, roupas masculinas para os sem teto la de Kings Cross , pois, alem de nossa Fundacao, eu dirijo uma Casa Espirita, alem de meus afazeres.
    Nao voltarei mais aqui. Este espaco e para quem nao tem o que fazer como voce que fica preocupado com o Vitor por ser Espirita-”Atoa”, Se voce tem conhecimento do Espiritismo, voce sabe perfeitamente que nao existe nenhum espirita ateu, Se ele nao acredita em Deus, e problema dele e nao seu, voce quer ser a palmatoria do mundo? Se ele tiver capacidade para desmascarar Divaldo e Chico, que va em frente, mostre a capacidade dele, mas ficar aqui de bla bla bla, so mostra falta de conhecimento. Divaldo e Chico, nao estao nem ai para esses disseme disse, eles sao superiores a esses disseminadores de abobrinhas.
    Meu querido, ficar fazendo comparacoes com o Cristo Jesus, creio ser muita pretensao sua, Cristo foi o Cristo e pronto, alem do mais, circula muita mentirinha por ai, pela falta de conhecimento e de estudos, quando se afirma que Jesus saiu acoitando seus irmaos, ele virou as mesas, mais nao bateu em minguem, porque Ele e Amor,
    essa afirmacao e caluniar o proprio Cristo.
    Carlos, nao precisamos maltratar ninguem, nos mostrando irritados com as faltas de nossos proximos, isso e intolerancia, impaciencia, e quem se diz Espirita, faz forca para tolerar, ser paciente, trabalha na sua reforma intima.
    Bem, nao irei mais adiente, te amo meu querido, como irmao de meu coracao, se aceitares o meu conselho , pare de ficar gastando o teu tempo e teu latin , quer ser espirita? procure trabalhar na Seara do Mestree Jesus, que te espera ha mais de 2000 anos, espera que tu te ames em primeiro lugar, pois, quando voce se amar, ai sim voce passara a amar teus irmaos, pregando a Boa-Nova, praticando a caridade, faca isso filho, aproveite o seu tempo que e precioso, gaste-o em favor do Cristo
    Desejo-te 100000000 felicidades e que fiques com a Paz do Cristo Jesus em teu coracao
    gloria collaroy

  60. Carlos Magno Diz:

    Irmã Glória:
    700.000.000 votos de felicidades pra você, sua família e suas crianças.

    Também vou às ruas, às noites, levar provisões aos esquecidos por nossas instituições oficiais. Faço isso com minha esposa e dois ou três amigos. Iniciativa nossa, sem qualquer vínculo com nenhuma organização.

    Doamos, eu e minha esposa, mensalmente, víveres para creches pobres, e também doamos todo o tipo de vestuários e objetos que podemos, – muitos são eletrodomésticos em perfeitas condições, – para a população carente de bairros do Rio de Janeiro.

    Trabalho com correntes de curas num grupo espiritualistas duas vezes por semana. Já atendemos incontável número de pessoas.

    Não vejo nisso nada que me possa enaltecer, bem ao contrário, quanto mais faço essas coisas espontaneamente, mais triste fico, principalmente por constatar o abandono do povo por políticos que somente pensam em si mesmos. E os filósofos estão ocupados somente em filosofar!

    É estranho como a caridade não me alegra e nem me torna melhor. Mas continuarei a fazê-la enquanto puder.

    Abraços irmã. Quem sabe até já nos conheçamos.
    Mas o Vitor precisará ainda me aturar.

  61. Gilberto Diz:

    Ainda bem que existem espíritas que tanto se doam!! Toda essa caridade é exatamente o que faz essa religião digna de respeito!! Parabéns a esses anônimos que tanto fazem pelos menos favorecidos. Obrigados a vocês!!!!!!

  62. Wagner Luiz Diz:

    Glória,

    Parece que o vício interneteiro de certos colegas de crença seus está roubando muito tempo de preciosa obra oblativa e filantrópica…

    Não desconheço essa estória de Capela, Carlos, como não desconheço uma outra estória, um tanto parecida, se bem que 1 trilhão de vezes mais interessante, que dá conta de como os malévolos e diabólicos habitantes de Maldek deram cabo do próprio planeta, esboroando-o em pedacinhos, muitos dos quais constituiriam o atual Cinturão de Asteróides.

    Quer dizer que este mundo (ou mundos) em Capela teria sido explodido com armas atômicas, assim como reza uma versão sobre a destruição de Maldek? Quer dizer também que almas diabólicas atualmente encarnadas na Terra poderão fazer o mesmo a este planeta, caso não sejam contidas? Não sei o que você sabe sobre armamento nuclear, mas sugiro que você dê uma pesquisadinha por aí na Internet mesmo e se informe melhor sobre se o arsenal nuclear hoje na Terra seria realmente capaz ou não de fazer com que o planeta explodisse.

    Se estes espiritualistas já sabiam há tempos o que está sucedendo hoje entre nós, suponho que estes espiritualistas também possam dizer o que irá acontecer num futuro próximo. O que os oráculos nos profetizam para 2009 e 2010, por exemplo? Que têm estes mestres pitônicos a dizer sobre os próximos cataclismos e tragédias?

    O Espiritismo prega , amor, racismo, paz, preconceito, união e pseudociência. O seu rol está incompleto!

  63. Carlos Magno Diz:

    Wagner:

    Foi pesquisar, não? E pesquisou muito mal. Continua sendo um pseudo de pseudo-cientistas da internet?

    Olhe, o arsenal atômico nuclear dos Estados Unidos tem o poder de destruir cinco vezes o planeta Terra. Buuum!! Acabou tudo ou contaminou por milênios!
    A Rússia, possívelmente, detém um arsenal igual ou maior. Alguns países europeus, asiáticos e do Oriente Médio tem arsenais também. Se você somar tudo deve dobrar a capacidade destrutiva que esses homens fanáticos têm nas mãos.

    Ainda bem que não são perigosos, não é mesmo? E é muito bom acreditar quando eles dizem que não têm armas nucleares e suas pesquisas são pacíficas. Ufa, é reconfortante!

    Quanto à Capela, sua noção do que eles foram na sua constelação de origem e quem são atualmente aqui na Terra, é simplesmente risível.

    E pare de chatear com suas esquizofrenias anti-espíritas!

  64. ailton Diz:

    queria saber se era pra discutir o fato abordado…ou se era pra discutir o intelcto das pessoas que estao comentando?

  65. ailton Diz:

    POr que o espiritismo incomoda tanta gente?

  66. Juninho Diz:

    Já li uma obra do Carlos Bacelli, e sinceramente, achei muitas coisas estranhas escritas, do ponto de vista filosófico mesmo, não me alguns comentários que não tem nada a ver, algumas narrações de fatos completamente fantasticos, coisas sem sentido, e até conteúdo discriminatório. Por outro lado tem coisas muito belas e reais escritas, Não duvido da idoniedade de ninguêm, só acho que existem pessoas confiaveis tanto aqui quanto no plano espiritual, mais também existem espíritos maus que se apreoveitam do médium para transmitir mensagens de baixo calão e conteúdo moral duvidoso.

  67. Liana Diz:

    Muita paz no coracao de todos

    Eu fico muito triste quando vejo pessoas se aproveitarem da crença alheia. Realmente entrevistar antes de psicografar é estranho mesmo.
    Mas bem que podia ter algum tema aqui a favor do espiritismo.

  68. Wagner Luiz Diz:

    Arsenais atômicos destruiriam, sim, a biosfera do planeta, mas dificilmente seriam capazes de explodi-lo em pedaços… Planetas reduzidos a pedaços por detonações nucleares? Tenho minhas dúvidas…

  69. Rocha Diz:

    Caro irmão, na sua conclusão nada mais foi uns dos intraves da humanidade ,” INVEJA”.

  70. Sandro Diz:

    Esse negócio de entrevistar o parente do falecido antes da pesicografia cheira a charlatanismo puro! Esse Bacelli já se mostrou que não é confiável, pq ele anda espalhando poraí que recebeu uma carta psicografada de Chico Xavier. E isso é a mais pura mentira, pq antes de morrer Chico deixou um código para que quando ele se manifestasse o médium saberia desse código. Essas senhas foram deixadas para o filho dele, para uma amiga, e para o médico dele de muitos anos. Resumindo; Esse Bacelli não falou de código nenhum na suposta carta recebida por Chico Xavier. Isso prova que ele mente!
    Com Chico Xavier era diferente, ele dava nomes, endereços e dizia tudo da vida de quem partiu sem nunca jamais ter tido contato prévio com o parente do desencarnado. Existem inúmeras provas quanto a isso. Só posso chegar a conclusão de que, um em um milhão, são os médiuns que realmente recebem mensagens verdadeiras. Abraço a todos e obrigado por ter cedido este espaço democrático.

  71. luiz Diz:

    Entrevistar a família do desencarnado antes da psicografia e obtendo todas as informações , é claro que é um mestificador com conhecimento de causa e tem que ser banido do espiritismo.

  72. Nazareth Diz:

    Vitor,

    Em 1997, minha mãe esteve em Uberaba em uma das tantas caravanas que para lá vão todos os dias.
    Diferente do que foi narrado, minha mãe não foi entrevistada, apenas pediram para ela deixar nomes dos entes queridos já desencarnados.

    Nessa época, Chico Xavier ainda era vivo. Mesmo com a saúde muito debilitada, ele fazia questão de estar próximo ao Carlos Bacceli no momento das psicografias.

    Minha mãe recebeu uma msg extensa e rica de informações do meu irmão que havia desencarnado recentemente e, que ela não falou para ninguém, nem mesmo para os companheiros de viagem.

    Nomes da familia inteira foi mencionado, inclusive do filho que também havia desencarnado e que não teve possibilidade de enviar noticias.

    Não sei hoje, como é o método de triagem feito por eles. Mas, posso garantir, que pela assinatura na msg e nas informações lá contidas, uma coisa que com certeza não existe é FRAUDE.

    “Homens de pouca fé!”…. Sabe quem falou isso????

  73. Chico Science Diz:

    Prezados, raciocinem comigo: “não seria muito mais fácil à humanidade se os espíritos provassem finalmente sua existência, ao invés de ficarem se esgueirando pela fresta da incerteza?” Jesus provou seus poderes divinos (apesar disso ter ocorrido há 2,000 anos, quando ainda não existia as câmeras de TV infra-vermelho e o método científico). Mas que ele tentou provar, isso tentou. E o próprio Hippolyte Leon Denizard Rivail, para muitos espíritas que não o conhecem, dizia que o espiritismo “é uma filosofia, com bases científicas e consequências religiosas”. Ora, para quem não conhece Karl Popper, digo que quando uma alegada teoria escapa à falseabilidade (ou seja, não participa ao método da prova controlada), ela se torna uma pseudociência. Se o espiritismo quer se afimar, e é isso que vocês, espíritas, tentam o tempo todo, pregando e convencendo, precisa passar por testes controlados. Vocês citam as “Irmãs Fox”, Croppler, Alan Poe e Chico Xavier, mas todos viviam em uma época em que a ciência era parca e perigosamente incorreta. Materializações de Uberaba? Levitações de Mirabelli? Por que não recriam em laboratório, diante de situações controladas? Os espíritos são tímidos e se sentem desconfortáveis nos laboratórios? Então, amigos, sem contestação e prova científica, o Espiritismo nunca deixará de ser uma pseudociência, vocês, espíritas, queiram ou não!

  74. warner abreu vanderlei Diz:

    Mortos sao compostos de material em decomposição isso e uma verdade irrefutavel. A teoria da existensia de espiritos nao foi comprovada, e so acreditam nela quem precisa de um consolo, par a nossa miseravel condição humana.

  75. Antonio Carlos Diz:

    Estive em Uberaba neste final de semana. Não conhecia o Carlos Baccelli e confesso que só fui ao centro para acompanhar a minha esposa. Mas, garanto, o meu passeio foi excelente! Agora eu acredito em psicografias! Claro, devem existir também as falsas… Sobre o caso discutido neste blog, afirmo:

    1- Realmente, QUEM QUISER falar com o Carlos Baccelli poderá enfrentar uma fila imensa e, talvez o consiga. Entretanto, cumpre-me ressaltar que ninguém é convidado a falar com ele antes da reunião onde acontecerá a psicografia!

    2- Conversei com muitas pessoas que falaram com o Baccelli. Todas elas afirmam que ele nada perguntou sobre os motivos que as levaram à Uberaba. Simplesmente, essas pessoas desejavam abraçá-lo!

    3- Permaneci exatamente à frente do Baccelli durante todo o tempo em que ele psicografava. Garanto que em momento algum ele parou para ler quaisquer anotações prévias. Pelo contrário, por duas horas e meia ele não tirou a mão dos olhos e não parou de escrever por um instante siquer!

    4- Por melhor que fosse a sua memória, não seria possivel guardar tantas informações sobre tantos casos, tão diferentes entre sí, como nomes, apelidos, situações etc.

    Portanto, acho que seria melhor que as pessoas investigassem muito bem antes de proferir comentários desabonantes como os que aqui acabo de ler! EU VÍ, falei com as pessoas, portanto, julgo-me capacitado a discordar dos que aqui estão faltando com a verdade!

  76. Maridásio Martins Diz:

    Vitor,
    Recomendo-lhe amigo, desistir dessa funesta empreitada, pelo fato mesmo,de vc carecer, do mínimo conhecimento pata tanto.
    Sinceramente, percebe-se em vc, o simples prazer da maldade e da inveja, ante o conhecimento do espiritismo.
    “Conhecereis a verdade e ela vos libertará”, nos asseverou o Mestre Jesus, como condição, de nos livrar da ignorância, do preconceito, do orgulho e da presunção, sentimentos esses que até o agora, estão muito presentes em sua personalidade. Cuide de outras coisas, onde vc possa ter a autoridade do conhecimento. De Espiritismo, deixe para os estudiosos; conheça de profundidade Kardec e saia desse festival de asneiras e sandices, meu amigo.
    De coração,
    Receba meu sincero abraço,
    Maridásio Martins

  77. Maridásio Martins Diz:

    Retificando: !…ante o crescimento do Espiritismo.

  78. Alexandro Diz:

    Sou espírita, e estou participando de um trabalho de psicografia em Curitiba, ajudando a entregar os CDs com mensagens para as pessoas, e posteriormente transcrever as mensagens. Tenho acesso ao médium, às fichas de entrevista (que uso para não errar os sobrenomes nas transcrições), à casa espírita, e a muitos familiares que receberam mensagens.

    Existem fatos interessantes que não podem ser explicados pela teoria apresentada pelo autor desse tópico:

    * Algumas mensagens contém assinaturas que podem ser comparadas com a da carteira de identidade.
    * Há mais nomes nas mensagens do que nas fichas de entrevista. Em conversa com os famíliares esses nomes não foram jamais citados para o médium, que também não conhecia a família.
    * O médium não leva nenhuma ficha ou anotação para a mesa de psicografia.
    * Em alguns casos a família informa o nome e sobrenome, e na mensagem vem escrito também os nomes do meio.
    * Há nomes de parentes vivos que não foram citados em nenhum momento.
    * Há a citação de comportamentos e fatos da vida individual, tanto do comunicante, quanto de seus familiares ou amigos.
    * Para famílias com nível cultural menor, deduzido pela forma de escrita nas fichas, as mensagens usam um vocabulário mais pobre, e com alguns erros de concordância. Já para famílias teoricamente mais cultas, o vocabulário é mais bem elaborado e sem erros de concordância. De forma geral deduz-se que em famílias mais cultas, todos os familiares tem cultura similar, ou pelo menos hábitos de escrita similares.
    * Em várias mensagens existem gírias ou formas de tratamento particulares do comunicante.
    * Em uma mensagem recente, o médium psicografou um desenho de uma criança de 6 anos, em folha inteira e com muitos detalhes, que pôde ser identificado pela família.

    Outra consideração importante:
    * Nem o médium, nem a casa espírita, nem nenhum trabalhador da casa, obtém nenhum tipo de vantagem, portanto não existe nenhum tipo de interesse a não ser o de ajudar as pessoas. Todas os trabalhadores são voluntários, e dedicam seu tempo, e muitas vezes dinheiro, sem esperar ou receber nada em troca.

    Certamente devem existir fraudes em alguns casos que não cabe à mim julgar. Mas o que importante é que o fenômeno é real, não há como negar pelos fatos. Embora eu tenha também a convicção religiosa, estou falando isso baseado em fatos concretos, e não simplesmente em fé.

  79. Rogério Diz:

    Este livro “Por de tráz do véu de Ísis”, foi o maior fiasco do jornalista Marcel Souto Maior, cheio de erros de citações equivocadas, porque eu estava lá no dia das entrevistas. O referido Sr. Paulo citado por ele, é um Senhor de quase 80 anos, simples e humilde, que fica na torcida daqueles que sofrem na fila. Já estive por mais de 50 vezes em Uberaba e no dia em que o referido jornalista se encontrava lá, eu também estava, quem sabe no futuro se preciso for podemos confrontar as gafes e contradições do jornalista que se precipitou. Não vou me referir a nenhuma delas agora no momento, porque isto pode prejudicar uma pesquisa mais aprofundada de futuro, demonstrando o quanto o jornalista foi infeliz e maledicente. Vamos esperar pelo futuro. Carlos Baccelli não é perfeito, como aqui na terra não conhecemos ninguém, mais é um homem sério e idoneo, de carater, transparente, diferente de muitos que eu conheço em nosso movimento, quem o conhece de perto sabe do que estou falando. Na verdade o caro jornalista não conhece mediunidade e não conhece o espírito, o livro que deu maior publicidade a seu nome, “As vidas de Chico Xavier”, que na verdade se trata de uma compilação de todos os biografos de Chico Xavier, inclusive do próprio Baccelli. (Só peço atenção dos caros internautas para um dado curioso, no malfadado livro “Por de tráz…..” o jornalista não conseguiu uma comprovação, que estava procurando, termina o livro, enchendo a bola de uma Senhora espiritualista que não tem conhecimento do espiritismo como ele, e que também não forneceu a ele o que procurava, e ele a colocou no altar nas suas pesquisas. Então por aí vocês tirem as suas próprias conclusões. Um abraço a todos.

  80. Francisco Amado Diz:

    Onde não houver questionamento e crítica, onde não houver debate transparente, certamente haverá dominação, ignorância, apatia e graves entraves à autonomia da razão humana e ao desenvolvimento espiritual da humanidade.

    Vou postar em meu blog este artigo.
    Se quiser que eu retire me envie um e-mail.

  81. Roberto Passos Diz:

    Caro Rogério, acho que se você colocar aqui quais as contradições e gafes do Souto maior no livro citado, teríamos uma grande oportunidade de confrontar e no meu entender não prejudica nenhuma pesquisa, pelo contrário.
    Afinal, este blog é para isso.
    Abraço

  82. Roberto Passos Diz:

    Estou vendo certo exagero e alguma imaturidade em determinadas declarações neste blog. Por um lado esta se tornando evidente a critica pela critica, coisa de teóricos e que nunca experimentaram nada de paranormalidade/mediunidade, sem nenhuma sensibilidade, e por isso fica impossível diminuir o conteúdo de bobagens ditas. Maus elementos existem em todos os setores da vida, e vemos isso com frequência na mídia. Agora colocar todos no mesmo nível é um absurdo. Experimentem, e será mais razoável o entedimento de determinados fenômenos. No crítico foraz, assim como no religioso fanático, os quais também não são raros neste blog, a razão desaparece, e toma a ponta a figura do recalcado.
    Abraços a todos

  83. NAPOLEÃO BONAPARTE Diz:

    Desconfio que esse mala do C. Magno é um Lâmpada-Queimada Espião (um espírito-sem-luz infiltrado secretamente) nesse ótimo e necessário site. Vejo também (sim, tenho poderes…) que na sua última encarnação (ai…) o cidadão foi um boneco de ventríloquo chamado Carlitolino Bilú. Na penúltima, um repolho. E, láááá no começo (sei lá quando…), uma ameba. Saudações céticas e científicas…SEMPRE!!!

  84. Rogerio Araujo Diz:

    O autor deste texto não possui nenhum conhecimento sobre mediunidade. Menos mal, muitos espíritas também não levam a sério o estudo de O Livro dos Médiuns, de Alan Kardec, como seria recomendável. Não estou interessado em defender os médiuns citados, porque só os conheço de nome, mas é complicado opinar sobre o que não se conhece, principalmente tratando o Espiritismo com prepotência, como se seu corpo filosófico e científico, muito rico e denso, não merecesse sequer um estudo superficial. O suposto cético é como muitos outros supostos céticos que jamais põem em dúvida a sua fé aparentemente cética. São mestres da Retórica.

  85. ELCIO Diz:

    CAROS AMIGOS, AQUELES QUE DIZEM QUE PSICOGRAFIA É UMA BOBAGEM APENAS REVELAM SUA IGNORÂNCIA ABISSAL DOS ASSUNTOS DO ESPÍRITO. MATERIALISTAS UNS, RELIGIOSISTAS OUTROS, QUEREM ATACAR O ESPIRITISMO ATRAVÉS DE MÉDIUNS E DAS COMUNICAÇÕES POR ELES ENVIADAS. DIZER QUE BACELLI GUARDA NA CABEÇA DETALHES DAS PESSOAS E DEPOIS PSICOGRAFIA É CHAMÁ-LO DE ENGANADOR E ACHO LAMENTÁVEL TAL FATO. NA PSICOPICTOGRAFIA, AS PINTURAS MEDIÚNICAS SAO ASSINADAS AO CONTRÁRIO E ESTUDIOSOS DAS ARTES, PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS ISENTOS E SÉRIOS, RECONHECEM O ESTILO DO ARTISTA E SUA ASSINATURA. POR FAVOR, ESTUDEM A OBRA DE ERNESTO BOZZANO. GRATO.

  86. jaylson Diz:

    Acredito na doutrina espírita, mas infelizmente não tenho como acreditar em todos q a praticam…
    No longíquo ano de 1993 estive em Uberaba na ânsia de conseguir uma msg através do Chico Xavier e fui barrado pelo tal “filho adotivo” q só permitia a entrada, pelo menos naquela noite, dos q chegavam em possantes Mercedes e BMW’s, enqto eu fiquei lá fora chorando angustiado e me perguntando onde estava Emanuel naquele momento q não avisava ao Chico q eu precisava falar-lhe tanto qto os q já haviam entrado e cuja dor não era maior q a minha. Anos depois, assistindo ao programa “Fantástico” vi uma reportagem sobre as agressões q o suposto filho adotivo andava praticando contra o Chico, inclusive sendo alvo de investigação no Ministério Público e mais uma vez me perguntei onde estava Emanuel nessas horas e conclui q ele estava trabalhando p q o “filho adotivo” fosse desmascarado, como realmente foi.
    Ainda sobre a minha ida a Uberaba, na impossibilidade de falar com o Chico, tive contatos c o Carlos Bacelli e c o Celso de Almeida Afonso, pelos quais fui atendido, inclusive sendo tb entrevistado p ambos antes das reuniões de psicografia, nas quais n fui contemplado com nenhuma msg, mas vi muitas mães o serem e sairem de lá aliviadas. Anos mais tarde, já em 2009, fui a uma palestra do Bacelli em Fortaleza, conversei c ele ao final, relembrei minha ida a Uberaba, contei-lhe do modo discricionário usado pelo suposto “filho adotivo” na seleção das pessoas q podiam adentrar à casa de Chico quando o mesmo ainda era encarnado e dei-lhe novamente os dados da pessoa d quem eu ansiava a msg, pedi q me enviasse a posteriori se acaso essa msg chegasse e ainda aguardo até hoje.
    Ante todo o exposto, confesso q não percebi nada de malicioso nos médiuns acima citados,c os quais contactei, mas tb acho estranho o fato de q p receber msgs os infelizes q as buscam precisem ser entrevistados antes pelo médium.
    Como não mais retornei a Uberaba, soube q o tal “filho adotivo” transformou a casa de Chico em museu e livraria e gostaria q alguém de lá me informasse qto ele está cobrando pelo ingresso na entrada para q na próxima vez eu esteja prevenido.

  87. Simone Diz:

    Bem, provavelmente meu post não será publicado, se for talvez seja ignorado mas vou tentar. Mesmo assim, pretendo não entrar mais neste blog e postar.
    Entrei aqui esperando esclarecimentos e realmente me decepcionei. Não era para ter me decepcionado, pois afinal o ser humano é falível, não é Deus. Mas a vida é assim mesmo!
    O que li até agora só me deixou estarrecida e um tanto triste ao perceber preconceitos e fanatismos religiosos, deboches, ironias, sarcasmo e nenhum esclarecimento. Talvez eu seja uma inocente inútil que ainda acredita que possa haver diálogo sadio entre as pessoas sem agressões veladas e agressões escancaradas
    De tudo o que li, achei o comentário de Jaylson muito pertinente. Eu já conhecia essa história. Mas nem por vou generalizar todos os centros espíritas, todos os espíritas. Também tenho minhas dúvidas. Mas não vou atacar qualquer religião de maneira injusta com base em preconceitos.
    Eu já li vários livros espíritas. Porém não sou espírita. Algumas coisas eu concordo, outras discordo e outras simplesmente não tenho como explicar, simplesmente digo não sei. Realmente não tenho como dizer se todos os livros que li eram falsos ou todos verdadeiros. Alguns me parecem verdadeiros, outros nem tanto.
    O que realmente importa nas religiões é seu conteúdo moral e ético, que faz pessoas fazerem o bem ao próximo, doando alimentos, roupas e tempo para fazer algo em prol do mundo. Gosto desse aspecto das religiões, seja ela o Espiritismo, Budismo, as Igrejas Católica e protestantes, o Judaísmo, Islamismo e todas as outras que não postarei aqui por falta de espaço.
    Não sei se o que postei terá alguma relevância para alguém. Estou escrevendo sem esperar muito pois a expectativa está sempre muito além da realidade.
    Desejo com sinceridade que as pessoas (incluindo eu mesma) aprendam a conviver com civilidade, tolerância e respeito pelo próximo. Pelo jeito, o aprendizado é longo e dificil.
    Mas quem sabe chegaremos lá?

  88. Cleusa Carvalho Costa Diz:

    A preciosidade do tempo.
    O nosso tempo é precioso,por demais,para passarmos de caras feias,amarradas,mal humorados….Já vistes como somos egoístas o bastante.Como perdemos tempo,com coisas desnecessárias.Fazendo assimcom que percamos horas com questões ninuscúlas e desnecessárias…Já parastes para observarem que quando estamos bem alegres,com as pessoas que amamos,nos lugares que gostamos,com pessoas queridas e que admiramos.como deixamos a nossas guardas abertas,para as coisas ruins,para as más energias.Nós devemos aprendermosao máximo nos educarmos e prepararmos para as coisas boas da vida.Evitando abrirmos as portas de entradas,brechas,oportunidades das más energias…
    Nada melhor para evitarmos esas energias,do que estarmos alegres,dispostos,a vontades,quando não felizes de verdades,porque problemas sempre teremos..Sempre que sairmos de casa,sairmos com a conciência tranqüila,com um sorriso nos lábios,com bons pensamentos.Deixando assim então os que não vão,com um não diria adeus ,porque é um tanto pesado mas com um sorriso ,um beijo,um gesto de alegria um tchau,até logo,até breve,já volto,até outra vez,saindo assim,sem magoás,angustias,ressentimentos,remorsos.
    Nada mais triste e agoniante do que partirmos para nossa viagem,nosso embarque,partida com a mente conturbada,pertubada em desespero por causa dos problemas pendentes.Quando se parte assim,o espírito fica inquieto,insatisfeito,magoado e presos a coisas,pessoas e lugares…
    Da vida meus irmãos,não levamos nada em nossas viagem,em nosso embarque,apenas as roupas que vestem nossos espíritos.Essas roupas meus caros,sãoas vestes que vestem o espírito.Essas roupas não são roupas matérias, nem de tecidos que o dinheiro,classe ou poder compram. São apenas meus caros irmãos,a vestimentas espirituais,que são as satisfações,as realizações,os deveres cumpridos aqui na terra,da nossas missões e compromisssos assumidos lá na pátria espiritual.Nada mais importante do que a satisfação do espírito,dá certeza de que aqui ele fez trudo o que prometeu e o que veio fazer.Nada melhor do que podr embarcar,partir,seguir, com a ceteza do dever cumprido,do compromisso realizado,nada melhor do que a conciência tranqüila,sem ódio,rancores,remorsos,inquietudes e insatisfações…
    Voltando a preciosidade do tempo,a nossa vida terrena,além de passageira,que sabemos que o é mesmo,e muito corrida,pois temos vários afazeres,e o tempo como se diz um belo cantor não para.Nem poderá claro.Imaginem só se ele parasse,ficaríamos estacionados, isso nunca jamais.Então já observastes como não damos a mera,ou mínima importância para esse tempo tão curto,valido e precioso,deixando boa parte dele dele passar em branco desapercebido,sem percebe –lo quanta das vezes estamos com pessoas queridas,que amamos,e não o abraçamos,nem o dizemos o quanto elas são importantes para nós,ou até mesmo que elas são tudo para nós.Quantas vezes perdemos de convivermos,,conversarmos conhecermos e participarmos das vidas dessas pessoas. Quantas vezes não somos capazes de olharmos no rosto dos nossos companheiros nem à noite ao deitarmos e levantarmos, quantas das vezes não conseguimos abraçarmos nossos filhos e filhas e dizer que o amamos. Isso é importante de cada um de dia ou de noite façamos uma auto analise dos dias que passamos, do que fazemos, do que falamos, ou não falamos. E que depois, dessa analise, todos nossos façamos uma auto reflexão e, que mesmo antes de sairmos, dormimos, estamos nos com as mentes e os corações, vazios, livres de ressentimentos e de mágoas. Que abraçamos ou ao menos um falso sorriso deixemos desabrochar a nossa face, que nos aproximemos, que diga o quanto esse ser, essa pessoa é importante para nós. Que peçamos desculpas, que o desalpamos-nos.
    Mas portanto meus irmãos vos peço que façais isso sempre que possível. Esse exercício enobrece a alma e alivia as mentes e os corações pertubados. Nada mais horrível do que em embarque em uma viagem sem rtanquilidade, inseguro, insatisfeito, porque é isso meu irmão o que acontece com muitos, com vários, que chegam aqui na pátria celestial, sem preparo. E claro que essa viagem muitos não preferem fazer, não embarcarem, por isso são pegos desprevinidos. Mas a realidade é que quem foi um dia tem que voltar, e para voltarmos satisfeitos temos que propagarmos essa danada, mesmo que o destino não seje o mais esperado, nem o momento prefácio.
    Resolva cada detalhe, com antecedência, organize-se, pleneje-se. Porque quando for chegada a hora, a única opção é o embarque.
    Digo mais meus irmãos, de nada adianta verem sem bagagem. São muitos os que vem com malas enormes quando as abrem estão elas vazias, ou na maioria da vezes, trazem tanto enquanto não nos era necessário tão pouco. Tem ainda os que nada trazem, mas que apenas trouxeram o básico. Quando saímos para uma longa viagem, não sabemos ao certo o clima de lá, então enchemos nossas malas, levamos de tudo um pouco, pois com as condições climáticas adversas depois dessa agressão do homem ao meio ambiente. Não sabemos mais ao certo quando é inverno ou verão, pois tudo anda tão mudado, que chove e faz frio no verão, e faz calor no inverno. Nada mais comum depois de tantas agressões, de repente, por isso a natureza resolveu ao seu modo falar, mas como o homem é insensível, ela resolveu reagir. Se olharmos e observarmos mais veremos que é isso, a natureza reage, o homem só colhe o que planta. O homem se envaidece diante das descobertas,vamos só ver se ele consegue calar a furia do mar, da natureza, e se consegue criar um novo mundo. O homem e a ciencia podem até estudar, pesquisarem, e inventarem Mas nunca criar o big-bang. Tudo é único, é exclusivo, nada é igual, tudo é diferente, embora possa até ser semelhante. Mas cada coisa e ser são únicos. Mas é
    isso para o nosso embarque regresso e chegada de onde um dia partimos sem precisarmos das vestes espirituais, essas que cobrem além do corpo carnal, além da matéria.As vestes espirituais, as coisas boas, as boas ações, as melhoras, os conhecimentos, os aprendizados e os ensinamentos. Isso é tudo além da consciência tranqüila de dever cumprido, da justiça feita. Caso contrário ficamos aqui nos condenandos pelas ocasiões, pelas oportunidades que perdemos.Sabe por isso vós digo,o mundo não para,o tempo muito menos.Temos que aproveitarmos e apreciarmos cada momentos em nossas vidas ,cada ser,ocasiões e lugares,pessoas como se eles todos fossem únicos e inesquecíveis,pois afinal os são.Pois nada é por acaso,tudo tem um porque. Mesmo que não gostamos,admiramos ou suportamos um lugar,um momento, uma pessoa. Temos que sermos relevantes com os mesmos,aproveitando os ao máximo,Pois as vezes é necessários que estejamos nós,naquele,lugar,naquele dia,naquele momento,com aquelas pessoas,passando por isso,ou aquilo,vós digo meus irmãos nada é por acaso.as vezes é preciso estarmos nesses,locais,com esas pessoas,passando por determinadas situações,para aperfeiçoarmos nossos conhecimentos,testarmos nossas caridades,nossas fé,conhecimentos e até mesmo estarmos sendo testados e observados pelos benfeitores espirituais,para o ganho de bônus ou até mesmo por provas e espiações.Cada momento,cada ocasião e pessoas nos contribuem para o nosso crescimento,fazendo assim,para que nos descubramos quem realmente somos e do que somos capazescomo v´s disse nada é por acaso.se somos o que somos,somos o que queremos e porque precizamos ser quem somos.
    Quando criança sofri muito,minha mãe morreu,desencarnou cedo, e eu fui morar com minha madrasta,a qual não dava a mínima por mim,e que mal notará minha presença,acho que mal me suportava,sofri minha exist~encia só era notada por ela apenas para o serviço,mas eu graças a deus e a minha mãe suportei tudo com sabedoria e resignação. tinha momentos que era difícil,chorava escondido,afinal era um muleque.Sempre a noite conversava com a minha mãe,sempre doce a me acalentar,via me chorando e tristes pelos cantos e vinha em meus ouvidos sussurar palavras que me acalentavam,,,,Até que fui obrigado a passar pela minha maior prova. Eu como sempre muleque bem novo ainda,com apego enorme a mãe,não suportava ver outra no lugar da minha mãe,tendo a certeza dos mal tratos,fraco,sofrido….Mas porém sábio e bem instruído,desde pequeno saberá embora não falasse,pressentia que a vida vai além do túmulo.No momento da partida dela foi um choque um baque claro.Mas depois me conformará,e todas as noites em pensamentos pedia em forma de prece que me assistisse e protegesse,e como sempre ela vinha ,eu a via e pressentia,a sua presença era forte,sentia uma áurea boa,um perfume uma brisa e eu conversava com ela numa naturalidade só, como se ela estivesse ali,viva digo encarnada.Como ela sabia de tudo o que acontecia por ali nada eu o contava. Passei por uns bom bocados mas não reclamava e só obdecia.Minha mã numa noite quando eu ainda não dormia,chegou e em meus ouvidos sussurrou.Não diga nada meu filho apenas o faça.O filho da tal mulher da madastra,tinha uma ferida quase incurável em sua perna,nada o curava e ele e ela sofria com aquilo,até que ela procurou uma curandeira a qual,mandou que o filho do marido dela eu,o lambeçe a tal ferida para curar.Minha mãe na noite antes sussurrou filho não diga nada,não discuta nem desobedeça,apenas o faça.dai chegou a hora da minha libertação do meu reconhecimento.Chegou o tal dia lembrei da mãe,se bem que a vontade era dizer não .Mas fui obdiente e fiz como ela a madastra mandou,chico vc deve lamber esa tal ferida sete vezes e eu como minha mãe pediu o fiz,lambi a tal ferida naquela perna com nojo,contrangido,fiz mesmo sem querer.Não sabia se aquela ferida eu curaria e se aquela mulher satisfeita eu deixaria mas a certeza em meu eu eu tinha que o reino ,a pátria eu garantiria.como vós disse meus caros irmãos nada é por acaso.sabem se lá o porque eu perdi a minha mãe tão jovem,e porque meu pai com aquela mulher se ajuntaria e eu a tudo aquilo me submetia sem lamentos e reclamações.nada é por acaso nem para sempre,aprecie,aproveite viva cada momento,cada pessoa,cada lugar,e por mais que a situação sej adversa a que vc sonhou,alegra-te e prepares te para o dia da partida,do embarque.
    Para que possas viajares tranqüilos e com a certeza dos devers e missões cumpridos.Nada é por acaso e tudo nos faz crescermos e evoluirmos.Fui o que fui,fiz o que fiz,hoje sei que nada foi ao acaso e que faria tudo outra vez.As vezes é necessário um simles gesto,um ato,um olhar…Para que possamos ter a certeza do regresso a pátria maior e para que entendemos a nossa missão.Cada um de nós somos dotados de dons especiais.eu fiz a minha parte façam vocês as suas.
    Lembrem nos,nada é por acaso,ninguém está com quem está,ou onde está,por acaso ou coincidência do destino.
    Vocês podem salvar vidas ou apenas derrota-las,ou destrui-las
    O poder está em tuas mãos.Façam,tranformem,modifiquem…..sejem vocês.
    Fiquem todos com a paz do cristo,meus irmãos.
    olá acredito em vida após a morte.sempre psicografo algumas coisas embora eu jogue fora ou rasgo,ou não dou valor,mas a poucos dias me deu uma vontade de escrever eu psicografei isso ai,até enviei para uma casa espirita em que eu frequentei a tempos atrás para ver o que eles acham.até hoje não me disseram nada.tenho quase certeza que é do chico.sei que sou médium,psicografo,recebo entidades embora não queira,em goste e dificil de aceitar.analizem e me de um retorno,tenho também uma psicografia que fala do filme chico,embora não assisti o chico psicografei um tema sobre o filmeum abraço.cleusa

  89. Francisco Dantas Diz:

    O Espirita é ser verdadeiro, amo-me primeiro para poder
    amar o meu proximo, encarnação e reencarnação é a jus_
    tiça de Deus, sinto-me bem em ser Espirita e passo a verdade para outrem, só que esta verdade, terá o livre arbitrio de acreditar ou não, faço a minha parte, e esta parte boa quero semear em todos os corações-Ser Espirita,é ser humilde,caridoso, ter a consciencia que
    a sua colheita vai depender do que voce plantou, tudo na vida há ação e reação, o que voce faz, voce paga, não existe nada de arrependimento que exaura voce do seu debito, voce está tendo oportunidade de saldar um
    pouco, aproveite, oportunidade impar, voce tem quando encarnado, não queira nada pra o seu irmão que não seja bom pra voce, procuro ser bem claro, para que seja bem entendido pelos meus irmãos, sejamos humildes, caridosos, faça a sua lição bem feita, para que seja aprovado, na aproxima reencarnação, voce terá uma nova lição de vida, de superioridade Espiritual, não perda seu tempo que é muito precioso -A caridade é o caminho do nosso progresso Espiritual -Obrigado

  90. Odair Diz:

    Ceticismo estúpido! O pior cego é aquele que não quer ver. Cedo ou tarde terão a oportunidade de se confrontarem com a realidade maior, quando então perceberam que em vez de trabalharem à favor do discenirmento e da luz, empenharam suas míseras existências a obscuridade e às trevas.

  91. Ieda Maria Maia Diz:

    Olá caro irmão de jornada evolutiva.Muitos serão aqueles que sem se conhecerem a si próprio, se sentirão aptos a julgarem seus semelhantes.Quanto mais falamos de alguém sobre suas qualidades ou imperfeições,estamos falando de nós mesmos, afinal só enxergamos nos outros aquilo que está em nós.Continue firme em seu propósito de crescimento espiritual e confie em Jesus.Quanto as obras do Dr.Inácio, acredito que um ser humano que atuou tanto em benefícios de seus pacientes,jamais seria capaz de nos propiciar notícias do Outro lado da Vida inverídicas.Nós ainda estamos na infância da escala evolutiva,digo mesmo apesar de tantas obras,principalmente as obras de Kardec que tanto nos elucidam,ainda nada sabemos de nós mesmo.”Conheça a ti mesmo” e isso ainda está muito distante de nós,ainda não temos capacidade de tudo saber a respeito das Infinitas Moradas que o Pai com seu Amor Incondicional criou para seus filhos bem amados. Então siga em frente e que Jesus continue perfumando, iluminando e colorindo a sua vida,seus sonhos,seus caminhos,seus ideais nobres e, seus passos e seu coração…
    Abraços fraternos…

  92. Um amigo espiritual Diz:

    Entendo que todos querem uma resposta objetiva e rapída.Nao sei se a tenho mas que preencha as lacunas de todas as duvidas e questões a serem abordadas, sobre o arcabouço das informações e conhecimentos transmitidos pelos espiritos ao medium.Sei que ainda é muito cedo para denotar tais informações à ciencia atual, uma vez que ela nao ve nem enxerga alem do materialismo.Mas penso que “…chegará um dia em que o homem se erguerá das sombras e se harmonizará com as outras criaturas do universo…” nos diz Emmanuel através da mediunidade de chico xavier.E assim, a par de todas as considerações e contendas so posso de minha parte de desencarnado deixar claro a todos voces que a flama espirita tremula em longos haustos nos ceus do Brasil.Onde vim morar a alguns seculos.E mesmo que espere as tormentas da dicessao dos abutres da falsa idealidade so peço a Deus que me de paciencia e sapiencia para ver que degenerem a si proprios no pensamento e amanha de atacadores do Espiritismo sejam fagulho-grao colhendo a incredulidade de si proprios e sem “amante” ou uma paixão e espirito de pseudociencia que remete ao derrotismo e ao engano.Uma vez mais os convido ao estudo do espiritismo, o cristianismo redivivo, e se alonguem em perguntas e pensamentos criticos.Para mais nada valem os ataques pois so significam falta de preparação, fé raciocinada e empenho em saber as verdades que nos incubem a sermos melhores o quanto mais.

    No mais, Jesus nos abençoe sempre.

    Um amigo espiritual.

  93. Bule Voador » A farsa da psicografia feita pelos médiuns Diz:

    [...] mas aqui vou frisar um trecho que me interessa, onde o jornalista Marcel Souto Maior nos mostra o que ocorre ANTES das sessões de psicografia: É ali, atrás de uma mesa de madeira, que Baccelli [médium] atende os candidatos a receber uma [...]

  94. Urbano Diz:

    Simples e ótimo artigo. Há uma ânsia em se querer acreditar. Contestar, duvidar e pôr à prova são, infelizmente ainda hj, vistos como “algo errado” ao invés de incentivado. Uma esquisita inversão de valores.

    Parabéns pelo artigo. Estou divulgando. Abs!

  95. marciana Diz:

    Nao deu pra ver todos os comentarios,mas vi o que fala dos medium de uberaba,posso te garanti,que la estive,e vi algo diferente,no medim en questao,passei com ele,e somente me perguntou o nome e data de nascimento e falecimento,nao recebi a psicografia com ele,poren obtive com outra,a qual passei ate mais informaçao,,,poren a psicografia que obtive,veio com conteudo que somente eu sabia,palavras e problemas que ja mais tinha relatado,como certas discordia que estava acontecendo,,,detalhe o dia que foi internado,eu nao citei,,tudo bem que pela data do falecimento dava pra saber o dia da semana que ele faleceu,(apezar que nao tinha como ela ver isso en calendario,pois la nao tinha nen um,muito menos de 2 anos atraz,e data que internei ele,nen eu lembrava tive q ver depois,pra minha certificaçao,como tambem nao relatei,o que estava ocorrendo com meus pais.

  96. Neire Diz:

    Em dezembro de 2011 meu único filho cometeu o suicídio. No meu desespero tenho procurado médiuns para as cartas psicografadas. As duas primeiras mensagens foram psicografadas por Rogério Leite, de Lorena (SP), que para minha tristeza e decepção escreveu o que eu tinha falado na consulta e outras informações errôneas veiculadas pela internet, visto que conversei muito com ele um dia antes da psicografia. Depois disso estive em Uberaba com mais 3 médiuns, a primeira eu não disse nada e não recebi nada, a Barcelli falei da farsa que o Rogério Leite fez e que estava insegura quanto as psicografias, também não recebi nada, o terceiro e último desabei, chorei muito, contei tudo, passei várias informações, desse eu recebi a carta. Não agir premeditadamente, apenas sou uma mãe que sofre pela morte de seu único filho e que vem comprovando a farsa das mensagens mediúnicas.

  97. tomé Diz:

    Estudo a Doutrina Espírita há 35 anos. Acredito nas cartas consoladoras de Chico Xavier, porque foram milhares, com detalhes incríveis. Atualmente algumas pessoas estão quase conseguindo estragar o trabalho daquele grande médium.
    Estive em reuniões dos “médiuns” Rogério Leite e esposa e constatei que se trata de uma técnica que eles desenvolveram para a redação das cartas. Na maioria dos casos de mortes por assassinato ou de acidentes de carro, tudo leva a crer que alguém da Polícia repassa detalhes para que seja colocado nas mensagens, até o nº da chapa do carro acidentado apareceu em uma carta! Ele chegou a pedir cópia do RG do falecido para uma mãe alegando precisar de autorização para publicar a história em um livro e depois na carta havia assinatura quase igual ao documento. Em outro caso chegou a aparecer na carta um detalhe que alguém mencionou até sem querer, por exemplo, o nome do gatinho da família. São várias artimanhas. Então as pessoas acabam acreditando por verem que as mensagens das outras pessoas contém detalhes supostamente psicografados. Fraude! Contudo, constatei que algumas pessoas saem da reunião consoladas… Se não for morte violenta: suicídio, homicídio, acidente e desejar mensagem de algum parente que faleceu por idade, desista, com muita sorte sairá de lá com um recado que obviamente foi escrito pelo “médium”. Chico Xavier foi o psicógrafo por excelência, neste não havia fraude.

  98. Marcelo Pereira Diz:

    Existe mediunidade honesta, assim como existe a falsa. Mas vamos lembrar também que até mesmo na mediunidade autêntica existe espíritos charlatães que se manifestam com identidade alterada e mensagens enganadoras para conquistar os mais crédulos. É deste tipo a maioria das mensagens recebidas por Xavier, muitas dessa, não verificadas, viraram livros e comandam a doutrina até hoje, infelizmente.

  99. Mari Diz:

    Olá pessoal. Só posso falar do que experimentei. Tive muitas PROVAS concretas de que os espiritos existem. Não discuto isto. Mas, frequentei dois centros espíritas onde eu vivia recebendo mensagem de meu pai e meu ex padrasto atravéz dos médiuns de psicofonia. Após uns 20 anos tive uma grande surpresa: descobri que ambos estavam vivos!!!!!!!!!!!! Um médium me disse uma vez que o meu ex padrasto estava encostado em mim, me obssediando. Voltei no centro e falei para o médium: Sabe o meu ex padrasto que sempre falava c vc, ele está vivo. O médium empalideceu. Bem, não sou cética, como eu disse, tive várias provas ao longo de minha vida sobre a existencia dos espíritos, mas isto aí para mim foi um alerta! Não acreditar em todo mundo. Até missa eu mandei rezar para o meu pai, e ele tb está vivíssimo………… Ai, ai. Socorro.

  100. Jose Geraldo Diz:

    Convivi com o Chico e conheci Carlos Bacelli. Do Chico não preciso falar, sua obra, sua vida, sua missão falam por si mesmos. Carlos Bacelli sempre foi uma pessoa séria, durante anos psicografou ao lado do Chico, com uma transparência e coerência tal qual a de Chico Xavier. Honesto, de ilibada reputação, de família de posses, Odontólogo e culto, jamais se prestaria a perder tempo com invencionices. Não cabe discussão sobre a veracidade dos fenômenos espíritas, ou seja: Não se dá pérola aos porcos. Apenas tranquilizo os iniciantes e veteranos espíritas que não tenham tido a oportunidade de conhecer de perto Carlos Bacelli. Ele é um médium extraordinário, com um exemplo de vida cristão, o que pressuponha falte em alguns dos signatários acima.

  101. Jose Geraldo Diz:

    Gostaria de me contactar com a Sra. Neire que se manifestou acima. Meu email é jose.geraldo. melo@hotmail.com – Me toquei com o sofrimento de mãe pelo filho suicida. Por favor Sra. Neire, entre em contacto comigo pelo email.

    JG

  102. Emerson Diz:

    E há pouco tempo – alguns dias, na verdade – a coroação deste embuste em particular aconteceu. A defesa do réu, Juarez Guide da Veiga – acusado de matar o bicheiro João Eurípedes Rosa, o “Joãozinho Bicheiro” – usou uma carta (antiga) supostamente psicografada pelo Baccelli para livrá-lo. Aparentemente a publicação do livro sequer serviu para alertar posteriormente o ministério público sobre a possível falsidade da carta e este acabou encampando a tese de legítima defesa arguida pelo advogado de defesa do réu:
    “O advogado de defesa, Rondon Fernandes de Lima, considerou que somado a outras provas, o depoimento pós-morte teve importância na decisão.
    O promotor Raphael Soares Moreira Cesar Borba, representante da acusação, não comentou a sentença, mas assim que quatro dos sete jurados votaram a favor do réu, reconheceu a tese de legítima defesa e pediu a absolvição.”
    http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,acusado-de-matar-bicheiro-usa-carta-psicografada-da-vitima-e-e-absolvido,1143604,0.htm
    Ocorre que o crime ocorreu em Uberaba. Alguém dizer que a carta em nada influenciou a decisão dos jurados – mesmo vinte anos depois – é não querer ver a realidade.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)