Arquivo ‘Artigos Publicados’ Categoria

O Caso de Lorde Dufferin

quarta-feira, fevereiro 26th, 2020

Este caso se tornou famoso por sua publicação pela ótima Reader’s Digest. Geralmente os casos descritos por essa revista são excelentes, bem investigados, mas… não foi o caso dessa vez. Mesmo as melhores revistas possuem suas falhas. Pus comentários após a descrição do caso que comprovam sua quase falsidade completa. Para ler, clique aqui.

“OS DADOS SÃO IRRELEVANTES”. RESPOSTA A REBER E ALCOCK (2020), por Cardeña

quarta-feira, fevereiro 5th, 2020

Segue a ótima resposta de Cardenã aos artigos dos céticos, publicada no Journal of Scientific Exploration em vez de na American Psychologist por motivos que ele mesmo explica. Para ler a resposta, clique aqui.

Por que as alegações da Parapsicologia não podem ser verdadeiras? (2019) por Arthur S. Reber e James E. Alcock

terça-feira, fevereiro 4th, 2020

Este artigo é, grosso modo, uma versão resumida do artigo anterior, dessa vez publicado na Skeptical Inquirer. Para ler o artigo, clique aqui.

Buscando pelo impossível: A busca ilusória da Parapsicologia (2019), por Arthur S. Reber e James E. Alcock

segunda-feira, fevereiro 3rd, 2020

Neste artigo, céticos apresentam uma ampla crítica de todo o empreendimento parapsicológico, baseados em um artigo pró-psi publicado em uma revista de alto fator de impacto já disponível no blog aqui. Para ler a crítica (publicada na mesma revista de alto fator de impacto), clique aqui.

Uma Mulher que Falou com os Mortos, de MURRAY TEIGH BLOOM

quarta-feira, janeiro 15th, 2020

A médium Leonora Piper sempre terá espaço neste blog, por sua dedicação extrema à nascente pesquisa psíquica! Iniciamos 2020 com um artigo sobre sua vida publicado na Reader’s Digest e feito pelo famoso jornalista e autor Murray Teigh Bloom. O artigo foi escrito quando a médium ainda estava viva, pouco antes de partir… Para lê-lo, clique aqui.

Racionalizando o Irracional (2019), de N. J. Lowe

segunda-feira, novembro 25th, 2019

Capítulo de livro que aborda a participação de E. R. Dodds na pesquisa psíquica. Para ler o capítulo, clique aqui.

Sem Solução! POR Jacopo della Quercia E Lauren Cahn (2019)

quinta-feira, novembro 21st, 2019

Durante anos, estes sete mistérios desconcertantes obcecaram detetives, estudiosos e exploradores. As respostas estarão por aí? Para ler o artigo, clique aqui.

A morte e a vida póstuma de Tom Sawyer: um estudo de caso de aparente comunicação após a morte (2008), de Kenneth Ring

quinta-feira, novembro 14th, 2019

Caso bem interessante, em que uma mulher cética passou a se comunicar com o espírito de Tom Sawyer, e nesse processo chegou a pensar estar ficando louca. Para ler o artigo, clique aqui.

Testando a Precognição e Estados Alterados de Consciência com Participantes Selecionados no Ganzfeld. Um Estudo Pré-Registrado (2018)

segunda-feira, outubro 14th, 2019

Os estudos ganzfeld, comprovadores de psi, superaram o último obstáculo imposto pelos céticos: que o estudo fosse pré-registrado. Isso em tese evitaria a prática de uma série de condutas questionáveis. Além disso, é importante lembrar que os próprios céticos obtiveram resultados positivos, e que, até o momento, sempre que a população ganzfeld foi selecionada, obtiveram-se resultados altamente significativos (100% de replicação, melhor impossível). Para ler o artigo, clique aqui.

A arte de saborear maçãs ácidas: a recepção de fenômenos incomuns pelos pioneiros da Psicanálise (2019)

sexta-feira, setembro 20th, 2019

Uma incursão aos primórdios da psicanálise com o objetivo de estabelecer recortes históricos a respeito da recepção de fenômenos incomuns como telepatia, mediunidade e, experiências de quase-morte em alguns pioneiros da psicanálise. Entre estes, destaca-se a atitude cuidadosa e reticente de Freud a respeito da telepatia, a curiosidade de Ferenczi para com a premonição e mediunidade, e os estudos de Oskar Pfister sobre experiências de quase-morte. Embora afirmados como campos separados, mostra-se que não deixaram de influenciar as teorizações, especialmente da comunicação inconsciente e da empatia. Destaca-se ainda a afirmação pioneira da interdisciplina para compreensão mais profunda desses fenômenos, antecipatória do atual quadro epistemológico para tais estudos. Para ler o artigo, clique aqui.

Entradas (RSS)