O Debate Ganzfeld – Replicação e Meta-Análise na Parapsicologia (1991), por Jessica Utts e comentaristas (Parte 2)

Dando prosseguimento à série de artigos sobre Ganzfeld (na medida do possível, em ordem cronológica), temos aqui uma discussão de altíssimo nível (publicada em uma revista do mainstream) entre a estatística Jessica Utts e seus comentaristas, entre eles o cético Ray Hyman. Utts ainda traça um histórico do uso da estatística na Parapsicologia, mostrando que ela já era usada desde os seus primórdios. Eu fiz uma versão resumida, retirando dois comentaristas, devido ao alto número de equações estatísticas e símbolos matemáticos que atrasavam enormemente a tradução já que eu tinha que ficar montando as equações. Além disso, essa dupla de comentaristas aborda questões estatísticas que a meu ver apenas fatigam o leitor não interessado neste aspecto do artigo. Aqueles que ainda assim quiserem conferir, o artigo completo em inglês é facilmente encontrado na internet. Para ler e baixar a versão resumida em português, clique aqui.

415 respostas a “O Debate Ganzfeld – Replicação e Meta-Análise na Parapsicologia (1991), por Jessica Utts e comentaristas (Parte 2)”

  1. Borges Diz:

    Vitor: Encontrei as pinturas identificadas como CRUCIFICAÇÃO (Corpus Hypercubus) e CRISTO DE SÃO JOÃO DA CRUZ, de Salvador Dali. Sabe dizer se o CRISTO CRUCIFICADO do texto é uma delas.
    Obrigado

  2. Vitor Diz:

    Oi, Borges
    é o Cristo de São João da Cruz.

  3. Borges Diz:

    Obrigado Vitor.

  4. Borges Diz:

    http://www.mat.uc.pt/~jaimecs/cliff/esp.html

  5. Borges Diz:

    É um truque de mágica, já matei

  6. Borges Diz:

    Estou inclinado a acreditar que se a presença da “PES” for provada de forma contundente, ainda assim, restará um longo caminho a ser percorrido para associá-la à presença de espíritos de forma definitiva. Digo isto, porque uma das pessoas que mais combate o espiritismo, o Padre Quevedo, deixa entender que acredita em telepatia.
    Um abraço

  7. Gorducho Diz:

    Mas é isso mesmo: são duas interpretações concorrentes para a mesma classe de fenômenos.
    Tudo se resume então em encontra a explicação mais razoável, ou não…
    No nosso experimento das roletas, qual seria a explicação. E se depois de passar no teste, o médium der as informações usuais, tais como quem [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] com quem na família, o nome daquele cachorinho…
    Mas em ciência é assim: em ciência sempre, por definição é possível propor explicações alternativas.
    Aliás por isso mesmo que no nosso experimento ninguém pode saber os números ou qual página do livro será aberta. Então telepatia descarta-se completamente.

  8. Eu Sou a Universal Diz:

    Amigos, estava vendo algo sobre o Sr Alan Kardec e me deparei com uma religião (provavelmente dissidente do Kardecismo ou mesmo uma corrente chiquista ?) chamada de Divinismo. E fala também de um Sr chamado Osvaldo Polidoro, que se diz Alan Kardec reencarnado. Alguém sabe explicar sobre esse ramo do Espiritismo? É aceito ou rejeitado pelos Kardecistas e Chiquistas? Seria algo tipo o Ramatismo? http://divinismo.org/

  9. Gorducho Diz:

    É irrelevante; não perca seu tempo com…

  10. Vinicius Diz:

    vários espíritas dizem que esse OSVALDO é um falsário.
    e há um conflito de reeencarnações:
    corrente que diz que CHICO foi KARDEC
    corrente que diz que OSVALDO foi KARDEC
    corrente que diz que KARDEC está vagando na frança

  11. Gorducho Diz:

    CX não era o Kardec [1:50]
    https://www.youtube.com/watch?v=9hKgZU1lbcw
     
    Quanto a esse Sr. (desconhecido p/mim) Osvaldo Polidoro, qual é a credencial que o habilitaria a ter sido o Kardec?
    É verdade que ele também é da lavra FEESP?

  12. Marciano Diz:

    GORDUCHO:
    “Mas em ciência é assim: em ciência sempre, por definição é possível propor explicações alternativas.
     
    Sim, é verdade, mas para que se possa propor explicações, alternativas ou não, é preciso que ocorra alguma coisa.
    Se a gente joga uma pedra para o alto e ela descreve uma parábola, acelera negativamente até uma certa altura e depois acelera positivamente para o chão, podemos propor várias explicações:
    1-É da natureza das coisas (algumas delas) ficarem no chão, por isso a pedra volta para o chão (se formos filósofos);
    2-É o campo gravitacional causado pela imensa massa da Terra que causa o fenômeno (se formos físicos e matemáticos);
    3-A causa do fenômeno é a curvatura do espaço-tempo criado pela grande massa da Terra (se formos físicos teóricos, uma nova espécie de filósofo metido a cientista);
    4-É maldição ou praga lançada pelo Marciano (se formos loucos comuns).
     
     
    Mas é preciso que aconteça alguma coisa. Se o fenômeno é apenas alegado, se ele nunca acontece de verdade, fica difícil propor qualquer coisa.
    Aí a gente pode dizer que é uma metáfora que está desviando a trajetória da pedra, que é um espírito, que é a metáfora-a-quatro…
     
    Pastor, procure também por racionalismo cristão e Luiz de Mattos.
     
    Rivail (auto apelidado Kardec) está na erraticidade por ele criada.
     
    POLIDORO não pode ser Rivail, pois sou eu o Rivail reencarnado. E nunca me chamei Kardec em nenhuma encarnação. Inventei isso, tentando criar uma nova religião, que não deu certo. Nem no Brasil, onde existe chiquismo, não kardecismo.

  13. Vinicius Diz:

    Ele é um “fundador” de uma nova religião derivada do espiritismo. Não tem a ver com a FEESP.
    Olha só no site dele falam sobre CX :lol:

    COMO PODEMOS TER CERTEZA QUE OSVALDO POLIDORO É ALLAN KARDEC?

    Bastará examinar-se Sua vida e Suas obras, cotejando-as com os personagens enunciados. Em termos de conhecimentos e trabalhos mediúnicos realizados, nenhum o iguala.
    Com todo o respeito que merecem de nossa parte, podemos afirmar, sem rebuços, que são obras de Doutrina de nível muitíssimo superior a todos os respeitáveis irmãos mencionados.
    Apenas para informação: no início da década de 1960, indo em comitiva chefiada pelo general Levino Wischral – então encarnado – espírito respeitadíssimo na cidade de São Paulo – visitar o Chico Xavier, após ser perguntado ao mundo espiritual presente no local, a respeito de Osvaldo Polidoro, foi respondido por intermédio do grande médium de Uberaba: “O Céu manda ficar com Osvaldo Polidoro”. Àqueles que desejarem conferir essa afirmação, bastará dirigirem-se àquele local, e, tentarem localizar algum remanescente dos presentes àquela época.

    NÃO TERIA SIDO CHICO XAVIER?
    Com todo o respeito e admiração que temos pelo notável médium mineiro, ele é isto sim, a reencarnação de dois conhecidos personagens históricos: Dante Alighieri e Danton da Revolução Francesa.

    Fez um trabalho maravilhoso e desencarnou muito bem, mas, doutrinariamente está muito aquém das culminâncias atingidas por Osvaldo Polidoro.
    Que nos perdoem os seus seguidores, mas a Verdade, deve ser colocada em primeiro lugar”.

    POR QUE NEM A FEB OU OUTRA FEDERAÇÃO ESPÍRITA RECONHECEM OSVALDO POLIDORO COMO ENCARNAÇÃO DE ALLAN KARDEC?

    A resposta é simples. Porque não o conheceram bem nesta encarnação.

    Bastará, porém, estudarem melhor Suas obras, para fatalmente mudarem e temos certeza, reverem suas posições. Será uma questão de tempo, e os seus ensinamentos, naturalmente, impor-se-ão por seu profundo conteúdo, em todo o Planeta.”
    http://divinismo.org/faq/index.htm

  14. Marciano Diz:

    Vamos, primeiro, ver se os alegados fenômenos realmente ocorrem, para depois, só então, propormos explicações teóricas?

  15. Gorducho Diz:

    Certo, mas está implícito na minha resposta ao Analista Borges: caso nosso teste resulte positivo, propõe-se modelos explicativos.
    Se os resultados forem negativos (não devemos desestimular o aparecimento de candidatos a “médium”, certo?) nada haverá a modelizar.

  16. Gorducho Diz:

    Na época que o Kardec era vivo, CX estava encarnado em Barcelona ou nas proximidades (se o marido era produtor de vinho devia ser próximo, em zona rural, claro) como Dolores del Sarte Hurquesa Hernandes.
    Deve ter sido órfã ou pobre desassistida quando menina, antes de casar. Lembra Divaldo:
    Havia um senhor espanhol, de Barcelona, que entretecia considerações sobre sua cidade. Chico referiu-se à Santa Casa de Misericórida, sem onde teria estado internado em reencarnação anterior, citou a época e descreveu-a com detalhes, inclusive, a sua localização próxima a Monjuich, hoje cemitério e área onde foram construídos estádio e ginásio para as olimpíadas que ali tiveram lugar há alguns anos.
    Livro De Amigos Para Chico Xavier citado em
    Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/outros-temas/as-diversas-reencarnacoes-de-chico-xavier/15/#ixzz40eVAtj49
     
    El 8 d’octubre de 1802, una Reial Ordre de Carles IV aprovà la fundació la Casa de Caritat, que esdevingué l’hospici públic de la ciutat i assumí la recollida general de pobres. L’antic Real Hospicio y Refugio tornà a denominar-se Casa de Misericòrdia i recuperà el seu perfil assistencial originari, més restringit i especialitzat en l’acolliment de noies menors de dotze anys. Aquesta línia d’actuació que ha perdurat fins als nostres dies.

  17. Marciano Diz:

    Chiquismo em espanhol da Cattaluña ⁉

  18. Gorducho Diz:

    Não, o trecho é do Sítio da Misericórdia, para consubstanciar m/dedução de que ele foi órfão ou desassistido quando infante lá.

  19. Marciano Diz:

    Hò capito. Gia che parliamo di scriventi, Umberto Eco è morto.
    Noi siamo stati la stessa persona in altre incarnazioni, ma dall’ultima siamo stati divisi in due spiriti. È il fenomeno della duplicazione dell’anima.

  20. JP Diz:

    Obrigado por continuar firme Victor. E aqui está legendado em português o excelente documentário This Life, Next Life , abordando bastante Leonora Piper e a parapsicologia desde o seu início, com entrevistas com parapiscólogos renomados como Bruce Greyson, Peter Fenwick e David Fontana. Mas o vídeo está pouco visualizado demais e não tende a ter mais views, então seria excelente se fizesse uma postagem no blog divulgando e comentando, sendo que o Doc. aborda quase tudo o que você defende por aqui. Obrigado e abraço.
    https://www.youtube.com/watch?v=oS2BZrYL7bk

  21. JP Diz:

    *Vitor

  22. MONTALVÃO Diz:

    /
    do artigo de Jessica destaco a sentença:
    .
    JESSICA: “Concluiu-se que a evidência geral indica que existe um efeito anômalo que precisa de uma explicação.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: aos parapsicólogos do pedaço: isso é ou não a quase confirmação da conjetura de Moi?
    .
    2. isso é ou não a confirmação do vimos afirmando: “estatística não prova o paranormal, no máximo aponta algo “anômalo” a ocorrer, sem ter como dizer nada a respeito do que seja”?
    .
    Assunto resolvido…

  23. MONTALVÃO Diz:

    /
    Rapaz, ainda não se disse a respeito do artigo… nobody…

  24. MONTALVÃO Diz:

    /
    only me, mesmo assim só um pouquinho…

  25. MONTALVÃO Diz:

    /
    ainda não se disse NADA a respeito do artigo

  26. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    vários espíritas dizem que esse OSVALDO é um falsário.
    e há um conflito de reeencarnações:
    corrente que diz que CHICO foi KARDEC
    corrente que diz que OSVALDO foi KARDEC
    corrente que diz que KARDEC está vagando na frança
    /.
    UMA CORRENTE, se kardecista ou não não se sabe, afiança que Kardec reencarnou na torre Eiffel, de onde assiste a movimentação de ideias. Na próxima encarnação como gente terá subsídios para reformar o LE. Este é o projeto.

  27. Gorducho Diz:

    Ufa! Que bom que ficou então resolvido…
    Pode ser que assim a estatística dê uma folga e possa se voltar a discutir espiritismo.

  28. Marciano Diz:

    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 21ST, 2016 ÀS 12:39 PM
    /
    Rapaz, ainda não se disse a respeito do artigo… nobody…
     
    Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 21ST, 2016 ÀS 12:51 PM
    Ufa! Que bom que ficou então resolvido…
    Pode ser que assim a estatística dê uma folga e possa se voltar a discutir espiritismo.
     
    Ninguém consegue ficar discutindo estatística num blog chamado “Obras Psicografadas”.
     
     
    Ainda mais, meta-análise.

  29. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Quanto a esse Sr. (desconhecido p/mim) Osvaldo Polidoro, qual é a credencial que o habilitaria a ter sido o Kardec?”
    /
    ======================.
    Movimentos Dissidentes no Espiritismo
    .
    OS ARAUTOS DA QUARTA REVELAÇÃO E OS REFORMADORES
     
    A “religião espírita”, fundada na idéia da “revelação divina”, estimula a eclosão de movimentos que se atribuem a missão de ampliá-la superando o espiritismo para dar lugar a uma sonhada “4ª revelação”, com a presença de um “Allan Kardec reencarnado” e com o anúncio da volta triunfal de Jesus Cristo.
     
    Em todos os países onde detém alguma influência, o espiritismo tem presenciado o surgimento de movimentos, a partir de lideranças messiânicas que, tomando-o como uma revelação de caráter religioso, reconhecem-se como reencarnações de Allan Kardec ou de históricos líderes do cristianismo. Personagens carismáticas fundam, assim, novos movimentos com a suposta missão de suplantar o espiritismo que, para eles, estaria ou desviado de suas finalidades, “tomado pelas trevas”, ou superado em algumas de suas crenças e práticas.
     
    No Brasil, entre outros, três movimentos com origem no meio espírita oferecem esse perfil messiânico- religioso:
     
    LBV e a Religião de Deus
     
    Dentre os movimento surgidos no seio do espiritismo, a Legião da Boa Vontade, fundada em 1949 pelo radialista Alziro Zarur (1914-1974), foi talvez o de maior impacto. Zarur acreditava-se a reencarnação de Allan Kardec. Estimulado pela audiência de seu programa radiofônico “A Hora da Boa Vontade”, onde popularizou a oração do copo d’água, na Rádio Globo do Rio de Janeiro, estruturou a Legião da Boa Vontade, afirmando que, para isso, recebera missão expressa em mensagem mediúnica de São Francisco de Assis.
     
    Roustainguista convicto, Alziro Zarur, a par de consistente obra social que se espalhou por todo o Brasil, terminou também por proclamar o que chamou de “a religião de Deus”, uma proposta ecumênica, partindo da idéia de que, em sua síntese “todas as religiões são cristãs” e que deverão ser reunidas numa única, com “a volta triunfal de Jesus”, por eles chamado “o Cristo estadista”.
     
    A LBV pressupõe a existência de quatro grandes revelações religiosas: a mosaica; a cristã; a dos espíritos, instrumentalizada por Kardec e Roustaing: e, finalmente, a “religião de Deus”, revelada a Alziro Zarur.
     
    Com a morte de Zarur, assumiu a direção da LBV o também radialista e advogado José de Paiva Netto, figura igualmente carismática, dotada de elevado espírito empreendedor e que seria, na interpretação de seus seguidores, a reencarnação do advogado francês Jean Baptiste Roustaing.
     
    Recentemente, a partir de denúncias formuladas pela Rede Globo de Televisão, a LBV passou a ser objeto de investigações, sob a acusação de desvios de recursos da instituição beneficiando alguns de seus dirigentes, especialmente Paiva Netto, que teria acumulado considerável patrimônio, gerindo recursos do movimento que se espalha por vários países da América e alguns da Europa.
     
    O Divinismo de Osvaldo Polidoro
     
    Osvaldo Polidoro (1910-2000), sem ter a mesma expressão de Zarur, e dizendo-se, igualmente, a reencarnação de Kardec (e, antes, de Elias), é o criador de um movimento chamado “Divinismo”.
     
    Polidoro também teve sua formação no meio espírita. Foi um dos fundadores da Federação Espírita do Estado de São Paulo, quando já se anunciava como Kardec reencarnado, “revelação” que havia recebido aos 15 anos de idade. Seus seguidores afirmam que Polidoro deixou o movimento espírita porque, ali, desejavam “dogmatizar sobre Kardec” e porque “não aceitaram a restauração da obra” que ele veio terminar e que fora prevista pelo próprio Kardec em “Obras Póstumas”.
     
    Tais afirmações podem ser vistas no site http://www.divinismo.org , onde também o movimento estruturado por Polidoro descreve-o como alguém que, após sua última encarnação, é hoje um “Espírito, que já completou a sua evolução e encontra-se deificado ou plenamente reintegrado ao Princípio”. Diz que a doutrina por ele deixada, complementando a missão que interrompera no Século 19, com a personalidade de Allan Kardec, “ensina que sobrará apenas um ismo, o único que retrata fielmente a Doutrina do Caminho do Senhor, o “Divinismo”.
     
    O Divinismo sustenta que Jesus deverá voltar, através da reencarnação, neste Século 21, porque é apenas um “espírito a caminho da deificação”, diferentemente de Polidoro (Elias/João Batista/Kardec), que não precisa mais reencarnar por já estar deificado.
     
    Home-page do “Divinismo” sustenta que Polidoro, reencarnação de Kardec, já está “deificado”
     
    O Protestantismo espírita de José Queid
     
    Dirigente de uma dinâmica casa espírita de São José do Rio Preto –SP, (Grupo Espírita Bezerra de Menezes), o piloto aviador José Queid Tufaile Huaixan liderou, na década de 90, o chamado Movimento de Reformas, com propostas de dinamização do movimento e da administração de casas espíritas. Promovendo eventos denominados ENTRADE – Encontro de Trabalhadores da Doutrina Espírita, de sucessivas edições, com ampla participação de dirigentes e trabalhadores espíritas, Queid também editava um jornal denominado “A Voz do Espírito”, com grande circulação no movimento espírita brasileiro. Defensor intransigente da “religião espírita”, nessa mesma época, sustentou, pela imprensa, vários debates com dirigentes da CEPA, criticando seu laicismo, que confundia com materialismo, e concitando-a a deixar o movimento espírita, pois que, segundo ele, as propostas da Confederação Espírita Pan-Americana contrariavam os postulados do “cristianismo redivivo” que é a terceira revelação divina.
     
    A partir do ano 2.000. apoiando-se em mensagens que, dizia, eram recebidas mediunicamente por seu grupo, firmadas por entidades que se apresentam como José de Arimatéia, São Luís, Erasto, Simeão e João Huss, seu site na Internet (www.novavoz.org.br) passou a veicular críticas generalizadas ao movimento espírita. Uma delas, com o título de “Momentos de Decisão” registrou que os espíritas “a cada dia, destoam-se da realidade sem o perceber”.
     
    Fala da decadência do movimento espírita, atribuindo-a à presença de “mescla de católicos, protestantes e livre-pensadores”. E que “pela predominância absoluta dos primeiros (católicos) e vaidade dos derradeiros (livre-pensadores), é natural que os rumos não fossem outros senão o que observais”. A mensagem prevê que “o movimento espírita será sufocado pela aproximação do mundo que se avizinha” e que “quem tem olhos de ver pode perceber que nas casas espíritas pouco se encontra que, em verdade, seja capaz de reformar vidas”. Em tom profético e apocalíptico, a mensagem faz esta exortação àqueles que teriam desviado os rumos da “3ª revelação”: “vós que não temeis ao Pai, nem à Sua justiça, sereis condenados a humilhações tenazes no fim dos tempos”.
     
    A ruptura com o movimento espírita
     
    Nesse mesmo tom, concretizando a ruptura com o movimento espírita, o site do antigo Grupo Bezerra de Menezes informou, em comunicado nele inserido em 1°/01/03, que dali por diante, as instituições adesas à União de Irmãos (nome adotado pelo grupo) formariam um “novo movimento religioso, denominado Renovação Cristã”, deixando, assim “de fazer parte definitiva e completamente do chamado Movimento Espírita que, ao nosso ver, não tem identidade com a proposta evangelizadora de Jesus Cristo, nem com Allan Kardec”.
     
    Com destaque em seu site, expressa o que chama de “Pensamento Reformista”, nesta sentença de Martinho Lutero, fundador do Protestantismo: “Quem não quiser vagar como os cegos deve olhar para além das obras, dos mandamentos ou da doutrina sobre as obras. Antes de mais nada, deve considerar a pessoa e a maneira de ela se tornar justa. Contudo ela só se tornará justa por meio da Palavra de Deus e da fé”.
     
    José Queid lidera o movimento religioso “Renovação Cristã” proveniente do movimento espírita
     
    [...]
    http://www2.fe.usp.br/~cemoroc/page12.htm .

  30. Eu Sou a Universal Diz:

    Poxa, se o Sr Gorducho disse para não perder tempo com o Divinismo, é porque se trata de uma coisa muito ruim mesmo que nem merece uma discussão. O Ramatismo foi de interessante discussão, mas o Divinismo é fraco mesmo. Deve ser restrito a pouquíssimas pessoas. Ainda bem.

  31. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Montalvão, obrigado pela postagem sobre o Divinismo. A LBV já foi postado aqui sobre o satanismo do Sr Zarur. Também nada sei sobre esse José Queid. Ah, Sr Montalvão com essa sua inteligência o Sr seria muito usado na Obra de pregação. Volte meu amigo, volte. A cada dia uma oportunidade para o Sr. O mundo nada tem a lhe oferecer. Lembre-se disso.

  32. Gorducho Diz:

    Insista que ele volta; é uma fruta madura que tem que ser colhida antes que caia no chão e estrague…
     
    Agora, Analista Montalvão, eu tinha falado p/Analista Vinícius que era lavra FEESP, e ele disfarçou, lembra :?: :lol: :lol: :lol: :lol:

  33. Marciano Diz:

    Procurando direitinho, a gente acha interesses monetários no movimento espírita.

  34. Marciano Diz:

    MONTALVÃO, tem comentário endereçado a você no tópico anterior, mas o blog bloqueou, sei lá por que.
    Tento postá-lo aqui:
    MONTALVAO, grato pelo artigo sobre HOMEOPATIA.
     
    Está devendo um sobre ACUPUNTURA, outro sobre MEDICINA ORTOMOLECULAR, outro sobre QUIROPRAXIA, REIKI, AYURVEDA, HIDROTERAPIA nessa, até Darwin acreditou, CROMOTERAPIA, IRIDOLOGIA, MAGNETOTERAPIA, FLORAIS DE BACH, FLORAIS DE BEETHOVEN, FLORAIS DE HAYDN, FLORAIS DE SCHUBERT, FLORAIS DE RIMSKY-KORSAKOV …
     

  35. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, ele sabe o que acontece com quem se desvia. Ele volta sim. Tudo a seu tempo. Deve ter coração ‘mole’ e seria uma grande cabeça a serviço da pregação do Reino. Oro pra que se for orgulho, se desfaça.

  36. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Sr Montalvão, obrigado pela postagem sobre o Divinismo. A LBV já foi postado aqui sobre o satanismo do Sr Zarur. Também nada sei sobre esse José Queid. Ah, Sr Montalvão com essa sua inteligência o Sr seria muito usado na Obra de pregação. Volte meu amigo, volte. A cada dia uma oportunidade para o Sr. O mundo nada tem a lhe oferecer. Lembre-se disso.”
    .
    E o anjo diz:
    “Insista que ele volta; é uma fruta madura que tem que ser colhida antes que caia no chão e estrague…”

    /.
    CONSIDERAÇÃO: Pastor sua pessoa é muito lhana, o que me enternece. Mas, quanto ao assunto “volta ao aprisco” recomendo conversar com meu empresário, o Sr. Marciano Chuminha Rapadura Silva da Silveira, figura bastante conhecida no xoubis e nas estradas da vida, dotado de larga experiência de púlpito…
    /
    Satanismo de Zarur?
    Uai?

  37. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    ========================.
    O BISPO RESPONDE
    ;
    Manoel pergunta:
    Sexo anal é pecado?
    /
    BISPO: o sexo anal é pecado, sim! Porque é contrário à natureza. O diabo torceu a natureza… Paulo fala sobre isto em Romanos, quando diz: “Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si… Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até suas mulheres mudaram o modo natural e duas relações íntimas por outro contrário à natureza; semelhantemente, os homens… (Romanos 1:24-27).
    .
    Do ponto de vista da razão, um lugar feito para expelir os degetos [sic] do corpo nunca poderia servir para introduzir algo ultra-sensível e limpo!
    Folha Universal
    =========================.

  38. Vinicius Diz:

    Rs rs GORDUCHO sério mesmo não sabia da ligação desse Oswaldo Polidoro com a FEESP. :lol: Soube dele uma vez em um artigo fórum de Espiritismo no yahoogrupos por meio do Prof.Carlos de Brito Imbassahy que inclusive o chamou de doido varrido. O Imbassahy filho é obcecado em falar que o espiritismo foi invadido por espíritos jesuitas e nutre forte aversão por Emmanuel e Joana de Angelis. Ele é fisico e ex professor dessa matéria e diz que André Luiz (CX) cometeu uma série de erros terriveis em Fisica e na opinião dele CX deveria ficar somente com os romances e poesias e não se meter na fisica.
    Outra coisa que achei engraçado o que ele falou: certa vez quando eu era bem crente perguntei a ele onde estaria CX no além. Ele respondeu que está em algum lugar expurgando o homossexualismo terreno que ele alimentou tanto tempo.

  39. Vinicius Diz:

    Dizem que Zibia Gasparetto frequentou e fez cursos da FEESP antes de se tornar “famosa” com seu Lucius…

  40. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE: “aos parapsicólogos do pedaço: isso é ou não a quase confirmação da conjetura de Moi?”
    .
    Lembre-se que o artigo é de 1991, até então era permitido pensar assim. Quando da publicação do artigo de Marilyn Schlitz de 1992 em que usou uma população exclusiva de artistas, tal já não era mais permitido. Ficou demonstrado que a explicação da anomalia estatística era psi. Tal demonstração só ficou ainda mais forte com o passar dos anos.
    .
    MONTALVÃO DISSE: “2. isso é ou não a confirmação do vimos afirmando: “estatística não prova o paranormal, no máximo aponta algo “anômalo” a ocorrer, sem ter como dizer nada a respeito do que seja”?”
    .
    Ray Hyman nesse mesmo artigo disse:
    .
    “Se, como Utts sugere, laboratórios independentes puderem produzir resultados semelhantes com as mesmas relações e com a mesma atenção metodológica rigorosa, então a Parapsicologia pode realmente ter finalmente capturado a sua presa elusiva. ”
    .
    E foi exatamente isso que aconteceu, inclusive com replicação por pelo menos dois grupos céticos. Pronto, psi está provada, a própria PA já declarou isso para o mundo todo, ouça quem quiser, assunto resolvido.

  41. Gorducho Diz:

    Quais grupos céticos?
    Quem são os “céticos” (não esqueça que o Kardec se autointitulava “cético” pra passar imagem de credibilidade ao público que ele desejava reconverter ao cristianismo) :?:

  42. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “Quais grupos céticos?”
    .
    a) Delgado-Romero, E., & Howard, G. (2005). Finding and correcting ?awed research literatures. The Humanistic Psychologist, 33(4), 293–303.
    .
    Disponível em http://deanradin.com/evidence/Delgado2005.pdf
    .
    b) Smith, M. D., & Savva, L. (2004). Experimenter effects and Ganzfeld-ESP performance. 28th International Conference of the Society for Psychical Research. West Downs Conference Centre, 3rd – 5th September 2004.
    .
    Disponível em http://drsmorey.org/bibtex/upload/Smith:Savva:2008.pdf
    .
    O primeiro já traduzi, mas vou colocar os artigos sobre ganzfeld em ordem cronológica para que todo mundo possa entender porque em 1991 o “status” de psi era “anomalia que precisa de explicação” e passou a ser (pelo menos oficialmente no site da PA) desde 2015 “telepatia está provada e o mundo precisa saber disso”.

  43. Gorducho Diz:

    Bom, vamos por partes… no primeiro trabalho, antes de checar as credenciais dos autores – p/ver se são céticos mesmo ou Crentes disfarçados tipo o Kardec…- que experimento eles fizeram?
    Depois do to suit me perdi a confiança no meu inglês, então me ajude porque não comprendí :(

  44. Vitor Diz:

    Aguarde eu ir publicando os artigos em ordem cronológica para discutirmos os artigos…

  45. Gorducho Diz:

    inclusive com replicação por pelo menos dois grupos céticos.
     
    No 1° caso o Sr. optou por empurrar o assunto com a barriga; tudo bem…
     
    Matthew has made several television appearances as a Resident Parapsychologist for Living TV’s Most Haunted since 2003.
    O outro “cético” é o parapsicólogo residente dum programa de TV :!:
    Não vou rir porque o riso me induz soluços e a essa hora não posso tê-los. Prefiro neste caso chorar :(

  46. Vinicius Diz:

    “Marciano Diz: FEVEREIRO 21ST, 2016 ÀS 5:49 PM
    Procurando direitinho, a gente acha interesses monetários no movimento espírita.”

    Também acho. Veja o caso Zibia. E ela tem muito público, acho que mais que CX.

    Sim MARCIANO, intenções monetárias. Veja o caso ZIBIA
    “Soberana do romance mediúnico no Brasil, Zibia Gasparetto escreve livros a partir das mensagens que diz ouvir dos espíritos que a acompanham desde os anos 1950. Carinhosa com os fãs e dura nos negócios, a octogenária, que já publica há 55 anos e contabiliza 16 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS, construiu, ao lado dos filhos e netos, um verdadeiro império espírita, com ramificações no rádio, na internet, na televisão e no mercado de palestras (leia quadro na pág. 76).
    “No ramo editorial, ondetudo começou, é ela própria quem comanda a editora e gráfica Vida e Consciência, empresa em franco processo de crescimento. Segundo sua filha e sócia, Silvana Gasparetto, 45 anos, a impressão mensal de livros da empresa, que fechou 2012 com 300 mil unidades, já chegou a 500 mil no primeiro semestre de 2013 e deve bater as 650 mil unidades até o começo de 2014”

    E a psicografia é informatizada:
    ““Tenho consciência absoluta do que está acontecendo, não é um transe”, afirma a PIONEIRA NO USO DO COMPUTADOR PARA PSICOGRAFAR NO BRASIL. “Apenas sinto uma grande alegria, e meus pensamentos e raciocínios passam a ser ágeis e leves.””

    E aqui, por orientação de Lucius, não fazer mais referência a KARDEC:

    “Certo dia, então, o espírito Lucius, segundo a autora, igualmente antenado, deu os primeiros sinais de que mudaria o estilo de suas narrativas. Mas foi só no romance de número 11, intitulado “Pelas Portas do Coração”, de 1995, que a mudança se concretizou. De leitura mais ágil, apoiado em diálogos e QUASE SEM REFERÊNCIAS AO ESPIRITISMO OU A ALLAN KARDEC E COM TRAMA CONTEMPORÂNEA, o título marcou o início de uma segunda, e mais voraz, etapa da produção literária da autora (leia quadro abaixo). “Mudei por orientação dos espíritos”, afirma. “LUCIUS ME DISSE QUE PRECISAVA SAIR DO RÓTULO ESPÍRITA.””

    E foi Luiz Gasparetto quem primeiro aderiu a “ganhar grana com a mediunidade ”

    “Com uma visão completamente diferente do sucesso e, principalmente, do dinheiro, Luiz eLiminou a noção de que o trabalho mediúnico devia ser gratuito, como pregava a Federação Espírita. E ZIBIA ACOLHEU AS ORIENTAÇÕES DO FILHO. FECHOU A “ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE CULTURA ESPÍRITA OS CAMINHEIROS”, um centro espírita clássico fundado em 1969 pela família Gasparetto e mantido com dinheiro das vendas de seus livros, e passou a se dedicar exclusivamente à nascente Vida e Consciência, editora fundada por ela com os filhos Luiz e Silvana.

    http://www.istoe.com.br/reportagens/302900_A%20SENHORA%20DOS%20ESPIRITOS

  47. Vitor Diz:

    Eu não disse que o Matthews era cético. O cético desse grupo é só o Savva.

  48. Gorducho Diz:

    Sim, o Savva me parece sensato…
     
    https://www.youtube.com/watch?v=q4CQN_CYAzo
     

    Evaluating parapsychology as a whole, it seems best described as a house of cards and one whose very foundations are extremely shaky and yet people continue to build on top, regardless. The ultimate motivation, as I have now concluded, seems to be a failure to completely understand the implications of evolution (and thus to some degree parapsychology is a thinly veiled, theistic domain; not interested in finding out the impassionate, scientific reality, but allowing a belief in god, a design and a purpose to influence opinion). Fortunately, science already dismisses those concepts out of hand and thus parapsychology should be too. And with that I promptly left the field (leaving the dream study I had been working on to be carried on without me, although again, despite seeing remarkable coincidences between targets and dreams, I never witnessed any empirical results which required a paranormal explanation).
    Like Susan Blackmore had done a few years before, I left, neither making much noise or difference.
    Finally, I had intended not to write up my PhD, in the light of the fact that there seems no apparent audience. The parapsychologists will continue to ignore null findings (on the basis already discussed) and the sceptics will say ‘so what’. I was finally motivated to finish it, in the hope that I might dissuade others who are interested in the question of the paranormal, from pursuing it any further.
    If, ‘ifs’ and ‘ans’ were pots and pans: but alas, they never were.

  49. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    VINICIUS,
     
    Uma sugestão, nada mais: como você posta textos de um certo tamanho (e de bom conteúdo), para facilitar a leitura dos interessados seria interessante dar espaços entre parágrafos e entre sua fala e a citação.
     
    Então, pode pôr um ou mais pontos entre linhas ou um espaço (o comando em html é &nbsp, com ponto e vírgula após o “p”, assim: &nbsp[;], tirando as aspas).
    .
    Mas é só sugestão, se não achá-la válida desconsidere…

  50. MONTALVÃO Diz:

    /
    Veja exemplo concreto:
    /
    ======================.
    Vinicius Diz:
    “Marciano Diz: FEVEREIRO 21ST, 2016 ÀS 5:49 PM
    Procurando direitinho, a gente acha interesses monetários no movimento espírita.”
     
     
    Também acho. Veja o caso Zibia. E ela tem muito público, acho que mais que CX.
     
    Sim MARCIANO, intenções monetárias. Veja o caso ZIBIA
     
    “Soberana do romance mediúnico no Brasil, Zibia Gasparetto escreve livros a partir das mensagens que diz ouvir dos espíritos que a acompanham desde os anos 1950. Carinhosa com os fãs e dura nos negócios, a octogenária, que já publica há 55 anos e contabiliza 16 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS, construiu, ao lado dos filhos e netos, um verdadeiro império espírita, com ramificações no rádio, na internet, na televisão e no mercado de palestras (leia quadro na pág. 76).
     
    “No ramo editorial, onde tudo começou, é ela própria quem comanda a editora e gráfica Vida e Consciência, empresa em franco processo de crescimento. Segundo sua filha e sócia, Silvana Gasparetto, 45 anos, a impressão mensal de livros da empresa, que fechou 2012 com 300 mil unidades, já chegou a 500 mil no primeiro semestre de 2013 e deve bater as 650 mil unidades até o começo de 2014”
     
    E a psicografia é informatizada:
     
    ““Tenho consciência absoluta do que está acontecendo, não é um transe”, afirma a PIONEIRA NO USO DO COMPUTADOR PARA PSICOGRAFAR NO BRASIL. “Apenas sinto uma grande alegria, e meus pensamentos e raciocínios passam a ser ágeis e leves.””
     
    E aqui, por orientação de Lucius, não fazer mais referência a KARDEC:
     
    “Certo dia, então, o espírito Lucius, segundo a autora, igualmente antenado, deu os primeiros sinais de que mudaria o estilo de suas narrativas. Mas foi só no romance de número 11, intitulado “Pelas Portas do Coração”, de 1995, que a mudança se concretizou. De leitura mais ágil, apoiado em diálogos e QUASE SEM REFERÊNCIAS AO ESPIRITISMO OU A ALLAN KARDEC E COM TRAMA CONTEMPORÂNEA, o título marcou o início de uma segunda, e mais voraz, etapa da produção literária da autora (leia quadro abaixo).
     
    “Mudei por orientação dos espíritos”, afirma. “LUCIUS ME DISSE QUE PRECISAVA SAIR DO RÓTULO ESPÍRITA.””
     
    E foi Luiz Gasparetto quem primeiro aderiu a “ganhar grana com a mediunidade ”
     
    “Com uma visão completamente diferente do sucesso e, principalmente, do dinheiro, Luiz eLiminou a noção de que o trabalho mediúnico devia ser gratuito, como pregava a Federação Espírita. E ZIBIA ACOLHEU AS ORIENTAÇÕES DO FILHO. FECHOU A “ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE CULTURA ESPÍRITA OS CAMINHEIROS”, um centro espírita clássico fundado em 1969 pela família Gasparetto e mantido com dinheiro das vendas de seus livros, e passou a se dedicar exclusivamente à nascente Vida e Consciência, editora fundada por ela com os filhos Luiz e Silvana.
    http://www.istoe.com.br/reportagens/302900_A%20SENHORA%20DOS%20ESPIRITOS

  51. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    MONTALVÃO DISSE: “aos parapsicólogos do pedaço: isso é ou não a quase confirmação da conjetura de Moi?”
    .
    VISONI: Lembre-se que o artigo é de 1991, até então era permitido pensar assim. Quando da publicação do artigo de Marilyn Schlitz de 1992 em que usou uma população exclusiva de artistas, tal já não era mais permitido. Ficou demonstrado que a explicação da anomalia estatística era psi. Tal demonstração só ficou ainda mais forte com o passar dos anos.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: sem adentrar em maiores considerações: se “ficou demonstrado que a explicação da anomalia estatística era psi”, então, explique pra nós, leigos: o que é psi?
    /.
    /
    MONTALVÃO DISSE: “isso é ou não a confirmação do que vimos afirmando: “estatística não prova o paranormal, no máximo aponta algo “anômalo” a ocorrer, sem ter como dizer nada a respeito do que seja”?”
    .
    VISONI: Ray Hyman nesse mesmo artigo disse: “SE, como Utts sugere, laboratórios independentes puderem produzir resultados semelhantes com as mesmas relações e com a mesma atenção metodológica rigorosa, então a Parapsicologia pode realmente ter finalmente capturado a sua presa elusiva. ”
    .
    E foi exatamente isso que aconteceu, inclusive com replicação por pelo menos dois grupos céticos. Pronto, psi está provada, a própria PA já declarou isso para o mundo todo, ouça quem quiser, assunto resolvido.
    /
    CONSIDERAÇÃO: Visoni, seu otimismo é contagiante… então, “dois”(!) grupos céticos replicaram confirmativamente?
     
    Primeiro, e fazendo eco ao Gorducho: seriam mesmo “grupos” céticos?
     
    Segundo, duas replicações são suficientes, considerando que se trata de matéria que, em século de pesquisas, nada de conclusivo produziu?
     
    Mais uma coisinha: Ray Hyman confirmou que o “se” de sua sentença se confirmou? Ou estaria ele a dizer que “a euforia validativa de Utts (qual a do Visoni) é mesmo admirável”?

  52. Gorducho Diz:

    No 1° artigo não entendi quais foram as replicações obtidas. Mas vamos esperar quando ele abrir a rubrica apropriada.
    Aparentemente de fato os 2 psicólogos autores não são comprometidos.
     
    O 2° artigo mostrei os “céticos”; o 2°autor de fato ficou e fez como a Suzan Blackmore: largou porque viu que é tudo fantasia :!:

  53. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “No 1° artigo não entendi quais foram as replicações obtidas.”
    .
    Está escrito: “Em nosso primeiro estudo (Lau et al., 2005), descobrimos que um grupo significativo (45%) de participantes escolheu o alvo correto. No segundo estudo, 40% escolheram a imagem correta, e 20% de escolhas corretas foram feitas em nosso terceiro estudo. Embora a percentagem de acertos nos três estudos (ou seja, 35%) fosse maior do que até mesmo as meta-análises positivas, esse percentual geral não foi significativamente maior do que o acaso. Estes resultados conflitantes nos levaram a realizar mais cinco estudos, obtendo-se percentagens corretas de 30%, 30%, 20%, 35% e 40%. Depois de oito estudos, tivemos uma taxa de sucesso global de 32% (o que concorda com as meta-análises positivas) e, de fato, a nossa taxa de acerto também foi estatisticamente significativa, ?2 (1) = 4,03, p <0,05. Além disso, quando os dados são adicionados à meta-análise de Milton e Wiseman (1999) sobre estudos ganzfeld, o percentual geral de respostas corretas vai de 26% a 27% e este valor está agora muito perto de significativo. Assim, até o momento, mesmo as provas contra os seres humanos possuírem poderes psíquicos estão perigosamente perto de demonstrar que eles o têm. O limite inferior do intervalo de confiança é agora 24,7%, o que está extremamente perto de não incluir o valor de 25%.” (RECADO PARA MONTALVÃO: Note que PELOS AUTORES estatística prova SIM psi!)
    .
    Assim a replicação é o mesmo resultado encontrado nas meta-análises.
    .
    GORDUCHO DISSE: “O 2° artigo mostrei os “céticos”; o 2°autor de fato ficou e fez como a Suzan Blackmore: largou porque viu que é tudo fantasia”
    .
    Ambos abrem exceção para o ganzfeld.

  54. Gorducho Diz:

    Não percebi que era 2° autor em Lau et al.

  55. Vinicius Diz:

    MONTALVÃO “Veja exemplo concreto:” – Thank you!
    &nbsp[;],
    Ótimo MONTALVÃO, fica muito melhor para ler! Grato pelas dicas. Vamos a um pequeno teste.
    //
    &nbsp[;],
    Um Abade coloca que Kardec lucrou com o espiritismo. AK dá uma série de explicações (custos, despesas, etc etc e chega ao tal lucro) :
    &nbsp[;],
    “Quanto ao lucro que pode advir da venda de minhas obras, não tenho que dar explicações de seu montante, nem de seu emprego. Por certo, cabe-me o direito de o utilizar como bem me aprouver; entretanto, não sabem se tal produto tem uma destinação determinada, da qual não pode ser desviado; é o que saberão mais tarde.” (RE 1862).
    &nbsp[;],
    “Por isso deixarei memórias circunstanciadas sobre todas as minhas relações e todos
    os meus negócios, sobretudo no que respeita ao Espiritismo, a fim de poupar aos cronistas futuros os equívocos em que muitas vezes caem, por terem confiado nos boatos dos doidivanas..
    &nbsp[;],
    Naturalmente se o escritor laborou dia e noite para escrever suas obras nada mais justo o dito cujo lucrar alguma coisa com isto e Kardec não estava errado, porém, creio que isso faz com que a lenda de que “os autores nada ganham com o espiritismo” caia por terra.
    &nbsp[;],
    Há um artigo do Alamar Regis em que narra até decepção do Chico com a FEB e segundo ele, CX teria se arrependido de ter doado os direitos autorais a FEB.
    &nbsp[;],
    http://andreluizpf.com.br/decepcao-do-chico-continua/
    &nbsp[;],
    http://www.forumespirita.net/fe/artigos-espiritas/o-arrependimento-e-a-decepcao-de-chico-xavier-(alamar)/
     

  56. Vinicius Diz:

    xiii, os colchetes ficaram!
     
    calma em menos de 1 encarnação eu aprendo!
    :lol:

  57. Gorducho Diz:

    Of our 13 pairs, there were no fours or threes; 1 pair got two correct; 5 pairs had one correct picture; and 7 pairs had no correct responses. These are enormously disappointing data for individuals who believe humans possess psychic powers — especially because the sample had undergone a selection procedure to increase the percentage of Ps in the sample. Due to this last data set, we do not believe that humans possess telepathic powers. Further, the approximately 32% correct figure obtained in an enormous number of psi studies remains perplexing. Perhaps this 7% phenomenon is comparable to Meehl’s (1978) “crud factor,” which suggests that everything is correlated with everything else to a small degree. Meehl cited this as evidence that a null hypothesis is never literally true. Or, perhaps it simply reflects our enduring preference for significant results over studies that obtain nonsignificant findings.

    É bem confuso; me cheira a mais do mesmo: complicar o máximo possível a discussão estatística p/preservar as crenças.
    Mas vamos esperar o Sr. abrir a rubrica…

  58. Gorducho Diz:

    Favor corrija a quotação, Sr. Administrador.

  59. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Montalvão, lhano és tu nobre amigo. A Verdade apenas adormeceu em ti. E faz bem em ler um jornal do qual retirou a postagem que fez. Tem muito jornal bom de se ler, não só o nosso. Mas é uma honra receber tão nobre atenção de sua pessoa ao nosso periódico. E já que é assim, vou perguntar ao seu empresário como faz para a sua volta rs rs rs…

  60. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr. Marciano Chuminha Rapadura Silva da Silveira, na verdade empresário do Sr Montalvão, ele me pediu para se dirigir a ti para tratar da volta dele ao aprisco do qual nunca deveria ter saído. Como fazemos para trazer essa ovelha desgarrada de volta?
    *É uma brincadeirinha apenas.

  61. Gorducho Diz:

    O mote do AMo parecer ser ¿pra que explicar se podemos complicar?, Analista Vinícius.
    Espaço em branco se escreve assim:
     
    &nbsp;

  62. Gorducho Diz:

    Perceba Pastor que ele começou a estudar ontem mesmo! O homem é aplicado e talentoso, como já percebeu. Vale a pena o esforço.

  63. Vinicius Diz:

    “do ponto de vista da razão, um lugar feito para expelir os degetos [sic] do corpo nunca poderia servir para introduzir algo ultra-sensível e limpo!”
    Mas na vagina também sai a urina que é um dejeto e no pênis também sai.. E dedo no nariz nunca mais né?
     
    Como na época do famoso Paulo não havia TV ele ficava a cuidar da vida frente e verso de suas ovelhas…

  64. Gorducho Diz:

    https://www.youtube.com/watch?v=F-GuvKrSd-Q

  65. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Mas na vagina também sai a urina que é um dejeto e no pênis também sai.. E dedo no nariz nunca mais né?”
    /.
    NÃO É BEM ASSIM, do pênis, sim, sai urina, da vagina não…

  66. MONTALVÃO Diz:

    /
    Eu enviara ao bispo comentários concernentes ao pecado anal, que reproduzo, caso haja quem interessado:
    /
    /
    ========================.
    “O bispo apresenta em sua coluna orientações positivas, porém, vez em quando a explanação pede reparos. É o caso do comentário reproduzido acima. O fiel questionou se sexo anal é pecaminoso, o bispo ao responder referiu-se a um excerto do livro de Romanos que fala da idolatria e do homossexualismo. Nada a ver com a indagação do consulente. Vejamos:
     
    Afirma o bispo em sua preleção: o diabo torceu a natureza…Não é isso que diz o texto, leiamos: Deus entregou tais homens à imundícia pelas concupiscências de seu próprio coração para desonrarem seu corpo entre si…Em nenhum ponto do discurso de Paulo é falado que o diabo tenha torcido a natureza, sim que a natureza concupiscente de alguns homens foi a responsável pelo desvio (pela concupiscência de seu próprio coração).
     
    Vamos reproduzir a mensagem com maior amplitude para facilitar o entendimento e consertar alguns erros gráficos no texto do jornal:
     

    “…e mudaram a glória de Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
    Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem seus corpos desonrados entre si;
    Pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
    Semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns com os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmo a devida recompensa do seu erro.”
     
    Comenta-se que na época de Paulo a promiscuidade atingira o ápice. Seu discurso a respeito decadência moral e religiosa é contundente. Ele destacou o homossexualismo provavelmente porque tenha havido completa inversão de valores no procedimento daquelas pessoas: as mulheres preferiam se relacionar sexualmente com outras mulheres, e os homens (semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher…) procediam do mesmo modo, optando por se envolverem com homens.
     
    O que Paulo condena nesta epístola é o homossexualismo, tanto feminino quanto masculino, nenhuma referência é feita ao chamado coito anal praticado entre homem e mulher.
     
    A declaração que mais no causou espanto foi a que encerrou a análise do bispo:
     
    “do ponto de vista da razão, um lugar feito para expelir os degetos do corpo nunca poderia servir para introduzir algo ultra-sensível e limpo!”
     
    (Lembramos que a grafia correta é dejeto e não degeto).
     
    Lamentamos que o bispo tenha chegado a uma conclusão infeliz. A impressão é de que o lugar feito para expelir dejetos é feio e imundo. Por outro lado, a coisa ultra-sensível e limpa é o máximo de beleza e pureza!
     
    Notem bem: ou nenhuma parcela do corpo é imunda, ou nenhuma é limpa! Não há como contemporizar. A idéia de que certas partes têm mais valor que outras é fruto de preconceito ou manifestação poética.
     
    Analisando friamente, nosso corpo é um repositório de bactérias, vírus e outros microorganismos, além de diversas excrescências resultantes do metabolismo. Diversas partes do organismo cuidam de expulsar a todo momento resíduos variados. Os pulmões expelem o gás carbônico, restolho da absorção do oxigênio pelas células e também mucosidades, algumas carregadas de germens patogênicos; a pele elimina diariamente milhares de toxinas; órgãos internos monitoram continuamente o corpo realizando uma faxina interminável e expelindo tudo o que não seja aproveitável. A boca, ao mesmo tempo que é porta de entrada dos alimentos, é saída para várias formas de excreção: os pulmões a utilizam como saída final do gás carbônico e das expectorações; os vômitos são expelidos pela boca. A coisa ultra-sensível e limpa do bispo serve como escoadouro de urina, que, bem sabemos, contém os excrementos provindo do trabalho dos rins.
     
    Considerando seu papel de eliminador de impurezas do organismo, a coisa ultra-sensível e limpa não é tão limpa assim…
     
    Caro bispo: nada há de imundo em nosso corpo, com exceção do pecado que nele habita. A estrutura corporal foi projetada por Deus. O ânus elimina fezes fedorentas, mas isso não faz dele algo imundo, ao contrário, constitui parte vital de nosso organismo. Tape-o e veja o que acontece…
     
    O preconceito que gira em torno de nossas funções fisiológicas, advém do repúdio que os cheiros desagradáveis causam ao homem moderno. Em outras épocas esse aspecto era aceito com mais naturalidade. Diversas civilizações vêem essas coisas sem manifestar surpresa. Em muitas tribos os índios evacuam na frente dos outros sem qualquer inibição. Em boa parte da Idade Média as pessoas realizavam suas necessidades onde lhes desse vontade.
     
    Outra coisa: o cheiro desagradável é mais resultado do regime alimentar do homem moderno. Dietas baseadas em alimentos de fácil digestão produzem excrementos quase inodoros.
     
    Mais uma coisa: as fezes não são tão malditas quanto pensamos. Uma de suas utilidades é servir como adubo, ou seja, transformam-se na comida que amanhã ingeriremos. Equipamentos especiais podem reprocessar as fezes e transformá-las em alimentos. Parece difícil acreditar? Pois saiba que os astronautas usavam roupas que faziam esse profícuo trabalho.
     
    A vida contemporânea nos enche de opiniões errôneas a respeito do corpo. Nós enraizamos essas concepções e não atinamos que nossa verdadeira identidade fica oculta por trás da artificialidade dos tempos modernos. Pergunte a cem pessoas, escolhidas a esmo, o que acham de alguém que não usa desodorante nem pasta de dentes. A resposta será: um grande porcalhão fedorento! Estamos de tal modo ligados a essas coisas que achamos que são parte essencial de nossas vidas. Somos massacrados diariamente pela mensagem de que ninguém pode levar uma vida feliz sem estar com o sovaco cheiroso ou a boca recendendo a creme dental. Findamos por crer que é assim que tem que ser.
     
    Desse modo, acreditamos que a resposta do bispo não foi satisfatória. Deveria voltar a falar do assunto, a fim de orientar adequadamente o moço que lhe fez a indagação.
     
    A pergunta continua no ar: sexo anal é pecado? Aproveitamos para apresentar outras questões: o sexo oral é pecado? A masturbação é pecado? Carícias preliminares são pecaminosas? Sexo é pecado?
     
    Gostaríamos de ver nossas dúvidas respondidas, mesmo que num cantinho humilde desse jornal.
     
    ============================,

  67. Marciano Diz:

    Satanismo de Zarur?
    Uai?
     
    Andou comendo moscas, MONTALVÃO.
    COC postou artigo em que Zarur incitava a orar por Satanás, que é nosso irmão, segundo ele.
     
    O Imbassahy filho é obcecado em falar que o espiritismo foi invadido por espíritos jesuitas e nutre forte aversão por Emmanuel e Joana de Angelis. Ele é fisico e ex professor dessa matéria e diz que André Luiz (CX) cometeu uma série de erros terriveis em Fisica e na opinião dele CX deveria ficar somente com os romances e poesias e não se meter na fisica.
     
    Acaso Imbassahy não sabe que as leis da física das cidades espirituais são diversas? Não sabe que é um universo paralelo?
     
    VINICIUS, eu não sei, mas acho que os espíritas anglo saxônicos cobram sempre por seus serviços mediúnicos, feito a Zíbia e seu filho Gasparzinho, the friendly ghost.
     
    Comenta-se que na época de Paulo a promiscuidade atingira o ápice.
     
    E eu, pensando que o ápice fosse agora.

  68. Gorducho Diz:

    Sim, que eu saiba os médiuns anglo cobram, tanto que tem a associação e os respectivos disclaimers como já várias vezes sublinhei.
     
    Quanto à nova conjectura do AMo, penso que a solução está no significado da última palavra de I Coríntios 6.9: ἀρσενοκοῖται
     
    A tradução da bíblia de Jerusalém é patética, de sorte que cabe a nós mesmo deslindar a proposta do nosso Líder :(

  69. Vinicius Diz:

    E essa história pra boi dormir de que o mentor de Zibia mandou ela escrever livros antigos dela em linguagem modernizada e eliminar referências a Kardec?
    A cada dia que passa mais se confirma que mediuns ou não existem ou inventam demais…
    Essa familia gasparetto conseguiu juntar uma boa grana e bens materiais formidáveis.
    Isso porque o filho dela recomendou fechar o tal centro (acabar com a sopa grátis :lol: ) e juntar uns “cascalhos” com os dons.

  70. Vinicius Diz:

    Escrever=reescrever

  71. Victor Diz:

    Gorducho diz:
    .
    A tradução da bíblia de Jerusalém é patética, de sorte que cabe a nós mesmo deslindar a proposta do nosso Líder :(
    .
    COMENTÁRIO: Isso é piada? Ou está falando sério?
    .
    Não existe melhor tradução e mais fiel em “Equivalência Direta” do que a Bíblia de Jerusalém.
    .
    Pergunte a qualquer exegeta bíblico (católico ou protestante) e ouvirá a mesma resposta.
    .
    Esse segundo lugar vem a Tradução da TEB, principalmente a 2º Edição.
    .
    A do Schokel é boa, mas é mais literária, porém as notas são excelentes, vale a pena pela quantidade de notas.
    .
    A Almeida Revista e Atualizada é muito boa também, (infinitamente melhor que a RC, CR, NVI e etc) mas ainda sim perde para a Jerusalém.
    .

  72. Gorducho Diz:

    É, patética foi exagero, é que achei vaga… talvez não tenha outra solução mesmo…
     
    REI JAMES
    nor abusers of themselues with mankinde
     
    JERUSALÉM
    ni gens de moeurs infâmes

  73. Vinicius Diz:

    Caramba, estava começando a me “simpatizar” com o tal movimento Seicho-no-ie (mesmo com a ressalva feita pelo MARCIANO) mas ontem, no tópico http://obraspsicografadas.org/2011/osproblemasnalgicakardecistaacausadasaflies/
     
    “62. Ana S. Diz:
    setembro 21st, 2011 às 2:54 PM
    Tenho uma conhecida que faz parte da SeichoNoIe, e que portanto acredita em karma, reencarnação, etc. Uma vez ela me mostrou uma revista da SNI que contava a historia de uma menininha que tinha sido estuprada pelo proprio pai, e a explicacao para tal monstruosidade era a de que o pai na realidade era muito bondoso, pois ele mesmo (no “plano espiritual”) tomou a “responsabilidade” de pagar o débito cármico da filha…então, a moral da história era a de que o pai preferiu ser o estuprador da filha do que vêla sofrer nas mãos de um estuprador estranho, já que ela teria que resgatar esta dívida de qq forma… essa minha conhecida tentava me fazer entender essa lógica, dizendo que era algo muito profundo para ser compreendido pela maioria das pessoas, mas que era algo maravilhoso, o resgate cármico feito pelo pai em vez de um estranho era algo bom… Vejam em que absurdos se chega ao defender esse tipo de coisa!
    Parabens pelo trabalho de voces!”
     
    Achei que ela fosse um movimento menos inofensivo e mais sintonizado aos aspectos positivos da vida, mas só pelo comentário dessa moça já caiu por terra minhas deduções. Quando vem essa questão de “karma” os crentes dessa corrente justificam ou tentam justificar todo tipo de barbaridade!
     
    VITOR, você conseguiu cópia dessa revista, pois depois você perguntou a ela sobre a mesma.
     
    “63. Vitor Diz:
    setembro 21st, 2011 às 4:33 PM
    Oi, Ana grato pelo seu depoimento! Você lembra o nome da revista? Em que ano isso se deu?
    64. Ana S. Diz:
    setembro 21st, 2011 às 4:58 PM
    Essa conversa aconteceu em 2004, em março (lembro da data porque eu estava viajando), mas infelizmente eu não me lembro do nome da revista, nem de que mês era. Gostaria muito de ter guardado aquele exemplar comigo! Só me lembro que a revista já estava em formato grande (anteriormente o formato era bem menor)… não sei se foi a “Mundo Ideal” ou a “Fonte de Luz”. As revistas que eles publicam hoje são essas: http://www.sni.org.br/revista.asp Se eu descobrir, avisarei a vocês. A pessoa que me mostrou a revista e que fez esse comentário é preletora, e é adepta da SNI há quase 30 anos, tendo sido espírita antes”
     

  74. Gorducho Diz:

    Alô alô Pastor :!:
    Outra ovelha perdida precisando dum norte…

  75. Gorducho Diz:

    P/mim deu ERRO 404
     
    É um artigo do Sr. JCFF?

  76. Vinicius Diz:

    http://obraspsicografadas.org/2011/os-problemas-na-lgica-kardecista-a-causa-das-aflies/

    Não é do JCFF, vitor em conjunto com Julio Siqueira

  77. Vinicius Diz:

    sabia dessa GORDUCHO?

    http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/2016/02/1512612-dicionario-do-seculo-19-tratava-espiritismo-como-doenca-mental.shtml

  78. Contra o chiquismo Diz:

    De volta! Amigos que bom estar aqui de novo. Pergunto: nesse período que eu tava de férias, alguma prova da existência de ‘espiritos’ – fora o DD HOME – ? Ou só a lenga lenga de crentes?

  79. Contra o chiquismo Diz:

    Montalva! Cheguei a uma conclusão sobre tu: ao passar por sua terra (S Jardim) pela BR 101, eu escutava umas músicas e entre elas a da Ponte Rj x Nichterói e matei a charada!!! Vc é o Marcus Pitter escondido em S Jardim numa fazenda gigante vivendo da renda dos milhões que ganhou no auge da fama! Poxa, faz um show pra gente de novo aqui no RJ… que bom falar com meu ídolo musical!

  80. Contra o chiquismo Diz:

    Gorducho, lembrei de vc… no aeroporto da mediana cidade tinha um Lear Jet parado numa posição remota (aguardando turistas) por dias e um mono motor fazia passagens pela praia. Será que não era vc ? Ou vc tava no Lear Jet como passageiro abastado?

  81. Contra o chiquismo Diz:

    Borges, vc volta agora? Apareça.

  82. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, durante a viagem pegando uma rádio local, escutei uma música do Roupa Nova que pra mim é um plagio danado e lembrei de vc pra analisar: Veja:
    .
    .
    Toto – “Lea” – 1986.
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=e1-PbGynPRE
    .
    Roupa Nova – “A Força do Amor” – 1987.
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=ggn2EzibS3I

  83. Contra o chiquismo Diz:

    Vinicius, vc cada vez mais descobrindo os podres chiquistas! Parabéns!

  84. Contra o chiquismo Diz:

    Pastor, o satanismo do Zarur aqui quando ele chama o demo (não o analista aqui) de brother, parcero, braço e coligado:
    .
    .
    Diz-nos parte do poema do fundador da LBV, Alziro Zarur: “Por que odiarmos nós a Satanás, se ele, também, é criação divina?…Por que não transformar num bom amigo a Satanás, em vez de o combater? Amigos meus, oremos por Satã, amemo-lo de todo coração, e respondamos sempre com o perdão aos males que nos faça, hoje e amanhã. E, um dia, todos nós iremos ver Satanás redimido, a trabalhar por aqueles que veio tresmalhar dos rebanhos de Cristo, e reviver! Porque se assim, amigos, não quiserem aqueles que se chamam “os cristãos”, lavemos, desde já as nossas mãos, ante às iniqüidades que fizeram. Por mim, com honra, eu amo Satanás, meu pobre irmão perdido nos infernos, com este amor dos sentimentos ternos, pra que ele, também receba a paz”. (Mensagem De Jesus Para os Sobreviventes, Poema completo: p.130/132/133)

  85. Contra o chiquismo Diz:

    Demo , será que vc está com a pulga atrás da orelha depois do DD HOME? Será?

  86. Contra o chiquismo Diz:

    Drs Vlad e Orlando:
    .
    .
    Vão tomar cajú!

  87. Vinicius Diz:

    Aee sim, de volta CONTRA ! Sim, muitos podres, só não fede porque ainda não inventaram como transmitir sensações olfativas pelo computador.
    Conta-nos amigos espirituais de diversas falanges que DD HOME ao desencarnar, foi a procura de KARDEC, consolá-lo, pois estava isolado na escuridão, meditabundo, intrigado, arrependido de ter perdido tantos anos “criando” o espiritismo. DD Home, com sua profunda caridade, e com treinamento de levitação desde as mais remotas eras, levantou Kardec , levou-o no colo consigo para o sanatório espiritual dirigido pelo DR. INÁCIO sob a supervisão de Dr. MIRANDA e a direitoria de DR. BEZERRA (detalhe: esse MIRANDA Não faz nada, fica puxando o saco do Dr.BEZERRA para manter seu emprego por longos anos no Umbral).
    DD HOME também foi procurado pelo CX e disse a ele ter se arrependido de doado os direitos autorais dos seus livros e ter usado perfumes veado de ouro ao invés de perfumes franceses nas materializações da Sheila.
    DD HOME atualmente é um grande nome do mundo espiritual, praticamente só ele segura tudo lá. DR. BEZERRA e seus asseclas estão sentido ciúmes disso tudo e estão tramando na surdina, alguma levitação forçada do DD HOME .. DR.BEZERRA está rubro de raiva pois DD HOME foi procurado por CELINA , em segredo total e absoluto, para alguma missão grandiosa na pátria do mensalão.. quem viver verá
    E o racismo de RAMATIS? O doutrininha preconceituosa, nossa !!!! mas DD HOME vai revolucionar tudo!
    Abraço cara

  88. Contra o chiquismo Diz:

    Viva DD HOME!

  89. Vinicius Diz:

    caramba, não conseguem falar com os mortos então inventam hologramas do CX:
    &nsbp;
    “O presidente do Instituto Chico Xavier, Adalberto Pagliaro, destaca que o holograma já tem local definido dentro do memorial, cuja visitação será gratuita. Através de computação gráfica em 3D, a proximidade com a imagem real do médium é apontada como um dos principais atrativos.”

    http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/noticia/2015/04/memorial-tera-holograma-com-mensagem-de-chico-xavier.html

  90. Marciano Diz:

    Welcome home, COC.
    Plágio descarado!
    Eu não trabalho com direitos autorais, mas se algum colega quiser indicação de um perito para atuar como assistente técnico, já sei a quem recorrer.
    Você é uma autoridade na descoberta de plágios musicais.
     
    MONTALVÃO, você, que fica desatento de vez em quando (será por causa do diagnóstico do VITOR?), veja que o COC postou de novo o satanismo de Zarur.
     
    Vinicius Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 3:31 PM
    caramba, não conseguem falar com os mortos então inventam hologramas do CX
     
    Faz parte da preparação do processo de canonização.
    Quando todos tiverem se convencido de que foi um santo (vão até falar num episódio de estigmas), ele vai ser beatificado.
    Estou bestificado com essa impostura.

  91. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, não se esqueça que o Serginho (baterista) do R Nova já havia plagiado os B Gees, já postado aqui.

  92. Vinicius Diz:

    Estou até vendo: a história dos estigmas começariam com as garfadas que ele tomou da madastra :mrgreen:
     
    daí depois basta o “telefone sem fio” entrar em ação e será como a história da multiplicação de pães e peixes e a caminhada sobre as águas.
     
    e daqui a 1500 anos vão construir um terceiro testamento na biblia com os livros do CX anexados.

  93. Gorducho Diz:

    Esses voos se chamam panorâmicos (de bautismo nos países irmãos…) CoC.
     
    E sim, a existência dos espíritos finalmente ficou provada graças à substituição da estatística fisheriana pela baynesiana, como poderá notar nestes e em particular num próximo artigo desta série.

  94. Gorducho Diz:

    O problema não era que os espíritos se escondessem, ACoC, é que usavam estatísticas erradas.

    One can get a good feel for how Bayesian statistics compare with classical statistical techniques from Howard, Maxwell, and Fleming (2000), where multiple data sets are analyzed with Bayesian and classical statistical techniques. Although it is always frustrating to take a step backward, sometimes it is a necessary task for any science. Our hope is that this small step backward will enable psychology to take its next steps forward.
    Finally, these conclusions assume that a natural science approach is flawed but improvable (Howard, 1982, 1986). Some in the human science tradition would see
    the ambition of this series of studies as a “fool’s errand,” because such thinkers believe the natural science approach is inherently flawed. Be that as it may, this line of studies has helped mainstream psychology to recognize a prevalent flaw in the way it uses Fisherian statistics. It holds hope that psychology might someday become a better science of humans.

  95. Marciano Diz:

    Contra o chiquismo Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 4:19 PM
    Marciano, não se esqueça que o Serginho (baterista) do R Nova já havia plagiado os B Gees, já postado aqui.
     
    Atribuem a Lavoisier uma frase que ele nunca teria dito, embora sintetize seu pensamento a respeito do assunto:
    – Na natureza nada se cria, tudo se transforma.
     
    Chacrinha, numa tirada genial, copiou, para provar que “Na televisão nada se cria, tudo se copia.
    Parece que na música, também.
     
    Vinicius Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 4:36 PM
    Estou até vendo: a história dos estigmas começariam com as garfadas que ele tomou da madastra :mrgreen:

    daí depois basta o “telefone sem fio” entrar em ação e será como a história da multiplicação de pães e peixes e a caminhada sobre as águas.
     
    Quando isso acontecer, vou me candidatar ao cargo de advogado do diabo.
    Antigamente, durante o processo de canonização pela Igreja Católica, havia um Promotor da Fé (Latim Promotor Fidei), designado pela própria Igreja, cuja função era encarar com ceticismo o candidato à canonização, procurando lacunas e falhas no processo (por exemplo, inconsistência nas provas dos supostos milagres, etc). Por exercer essa função, oPromotor Fidei era popularmente conhecido como “Advogado do Diabo” (Latim advocatus diaboli). (COPIADO DA WIKIPEDIA)
     
    e daqui a 1500 anos vão construir um terceiro testamento na biblia com os livros do CX anexados.
     
    Se o chiquismo se espraiar…
    Mas parece que não vai rolar.
     
    BEZERRA DE MENEZES, NOS INFORMA QUANDO O ESPIRITISMO SERÁ IMPLANTADO NA TERRA.
     

    No livro (*)Atitude de Amor, Editora Dufaux, Psicografia de Wanderley Soares de Oliveira, Bezerra de Menezes nos esclarece que para o Espiritismo ser implantado na Terra houve um planejamento na espiritualidade (como não poderia deixar de ser), e que a implantação teve uma delimitação de três períodos distintos de 70 anos.
     

    O primeiro período de 70 anos (de 1.857 a 1.927) teve como foco a consolidação do fato de que o Espiritismo não é uma crença fundamentada em idéias humanas, mas, sim, o Espiritismo é a Doutrina dos Espíritos.
     

    O segundo período (de 1.928 a 1.997) teve como objetivos a proliferação dos Centros Espíritas e a difusão do conhecimento espírita.
     

    Foi o período em que ficamos especialistas em fazer belos discursos, sem praticá-los!
    Passamos a ter conhecimento, mas, sem as correspondentes atitudes.
     

    O terceiro e último período de 70 anos (1.998 a 2.067) é o que estamos vivendo neste momento!
     

    O que implica o quão essencial é crermos que nossa atual reencarnação é a mais importante de todas as existências que até hoje tivemos.
    ________________________________________

    Sobre este último período, diz Bezerra de Menezes que é o período das atitudes, isto é, este é o momento de praticarmos o que até agora aprendemos com o Espiritismo.
     
    Texto completo aqui:
     
    http://www.veg11.com.br/site/matematica-da-reencarnacao

  96. Marciano Diz:

    Brasil

    Aproximadamente 191,5 milhões de Encarnados

    Aproximadamente 766 milhões de Desencarnados

    Estado de São Paulo

    Aproximadamente 41 milhões de Encarnados

    Aproximadamente 164 milhões de Desencarnados

    Cidade de São Paulo

    Aproximadamente 11 milhões Espíritos Encarnados

    Aproximadamente 44 milhões Espíritos Desencarnados

    Aproximadamente 11 milhões – Espíritos Evoluídos – trabalham pelo progresso espiritual da cidade de São Paulo e de sua população encarnada

    Aproximadamente 11 milhões – Espíritos que deliberadamente agem no mal

    Aproximadamente 22 milhões – Espíritos em dolorosos processos de reeducação + Espíritos em regeneração

    ________________________________________

    Em uma casa com 5 encarnados

    Provavelmente transitarão 20 desencarnados

    E, se qualquer um te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas.
    Mateus 5;41
    Mesmo sítio.

  97. Demóstenes Diz:

    Como CX (picadinho), vamos por partes;
    /
    “Mas o que é a vida? diga lá meu irmão!” é o vírus? se a vacina é feita com um vírus morto, pressupõe que há o vivo. E a mosca? é viva? tem alma? O cérebro da mosca tem neurônios, se o sensor captou, é energia? Não energia de energia, mas algo que se irradia, pulsa. Essa forma de “energia” pode ser um agregador de matéria.
    .
    Não sei se já contei aqui, mas vi uma água entrar na sala, encher, depois esvaziar. A médium começa a tossir, um espírito que diz ter sido afogado. À água estava junto com ele, evidente, água “pensada”, não física. Se espíritos “ecssistem”, tem um bio-sistema próprio. Talvez, de coisas que muito lhes afetaram ou influenciaram: cheiros, barulhos, roupas, objetos.
    /
    /
    DDHomista Contra CX,
    /
    Vc não esqueceu de deixar um barquim lá pra Iemanjá, né? pelo sim pelo não, faz uma fézinha :-)
    .

  98. Marciano Diz:

    Pelo número de desencarnado somados aos encarnados temos 957,5 milhões de espíritos encarnados no Brasil.
    Evidentemente que a soma é inferior ao número de pessoas que já nasceram no Brasil, posto que soma os que atualmente estão encarnados com os que ATUALMENTE estão desencarnados.
    Se pensarmos que dentre os desencarnados e encarnados atualmente existem vários que já reencarnaram aqui, como existem brasileiros…

  99. Marciano Diz:

    E na conta TAMBÉM não entram os que foram progredidos para planetas superiores (como MARTE, por exemplo) e os que foram exilados em chupões.
    Nem os que reencarnaram em outros países terrícolas ou que estão aguardando reencarnação em outros países.
     
    Eu mesmo já protocolizei requerimento na espiritualidade para que, se for mantido meu exílio na Terra, reencarne em Zurique, pelo menos.

  100. Marciano Diz:

    Não sei se já contei aqui, mas eu fui exilado aqui na Terra, por ter feito umas besteiras em Marte.
    Acho que exageraram na punição, pois não precisava ter nascido na Brasil.
    Até impetrei um recurso, mas antes que fosse julgado, me mandaram pra cá.
    Coisas do SUPREMO TRIBUNAL ESPIRITUAL.

  101. Marciano Diz:

    Na espiritualidade superior eles presumem a culpa do réu, até o trânsito em julgado da sentença.
    E não tem esse negócio de aguardar o julgamento na erraticidade.

  102. Marciano Diz:

    Já cumpri boa parte da minha pena na Terra, esperava uma progressão de regime ao menos para a Suíça, mas meu pedido foi negado.
    Se não conseguir meu retorno a Marte, espero que meu pleito de reencarnar em Zurique seja aceito.

  103. Borges Diz:

    “Contra o chiquismo Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 2:07 PM
    Borges, vc volta agora? Apareça.”
    .

    Confesso que estava prestes a fazer uma intervenção manifestando minha preocupação com o seu sumiço. Conjecturava sobre a possibilidade de abdução ou arrebatamento por algum “ET”. Porém vejo com satisfação que você voltou com “a corda toda”.
    Um abraço

  104. Contra o chiquismo Diz:

    Borges, obrigado pelo alô em OC! Ondas Chiquistas he he he…. vc trabalhou em rádio OC??

  105. Vinicius Diz:

    “Foi o período em que ficamos especialistas em fazer belos discursos, sem praticá-los!”.
    &nsbp;
    De fato belos discursos e milhares de apostilas papagaiando obras ja existentes sobre comunicação com defuntos mas a prática mesmo kkk. falar em discursos a FEESP me enviou emails para participar de uma palestra no domingao sobre o “psicoscopio”.

  106. Vinicius Diz:

    O email está em jpg senão copiava e colava aqui. Ah também vai ser cursos de quarta a sábado sobre as obras de Andre Luiz!!! Não é gozação. Já pensaram? Ao invés de ir numa pós graduação ir todos os dias no tal curso???

  107. Vinicius Diz:

    E eu conheço o diretor do Curso, um japonês Contador e Filósofo chamado Roberto Watanabe. Ele não tem cara que acredita no aerobus mas quem vê cara não ve coração

  108. Gorducho Diz:

    Esse vale a pena… que horário é?
    Será que eles ensinam usar na prática o aparelho?
     
    http://2.bp.blogspot.com/_naMx34MouGk/TGvIPZ4oGdI/AAAAAAAAAAQ/kGzoSxaxzJQ/s1600/psicoscopio2.jpg

  109. Marciano Diz:

    Não posso deixar de observar, mais uma vez, que o véu do esquecimento age aqui e no além.
     
    Vejam que AL esqueceu-se de tudo que tinha acontecido em sua penúltima morte.
    Teve de aprender cada detalhe de como é a vida depois da morte, coisa que ele devia saber de cor e salteado, pois já morrera um incontável número de vezes.
     
    Aulus (sempre esses nomes engraçados) ensina a AL, em “Nos Domínios da Mediunidade”:
     

    “É um aparelho a que intuitivamente se referiu ilustre estudioso da fenomenologia espirítica, em fins do século passado. Destina-se à auscultação da alma, com o poder de definir-lhe as vibrações e com capacidade para efetuar diversas observações em torno da matéria – esclareceu Áulus, com leve sorriso. – Esperamos esteja, mais tarde, entre os homens. Funciona à base de eletricidade e magnetismo, utilizando-se de elementos radiantes, análogos na essência aos raios gama.”

     
    Refere-se ao psicoscópio, naturalmente.
     
    Engraçada é essa fixação com eletricidade e magnetismo, raios gama (FENÔMENOS TOTALMENTE MATERIAIS), na erraticidade, ou seja, na cidade espiritual.

  110. Vinicius Diz:

    Consegui fazer uma colagem GORDUCHO
    Tem o telefono deles também.
     
    Palestra DIA: 28/02/2016 – DOMINGO – 15:00h
     
    Palestra/treinamento exclusiva para colaboradores, alunos e Centros Filiados.
     
    O PSICOSCÓPIO
     
    EQUIPAGEM MEDIÚNICA
     
    Expositora: Maria de Cássia Anselmo
    Local – Salão Bezerra de Menezes Sede Maria Paula – São Paulo – SP
     
    RUA MARIA PAULA, 140 –BELA VISTA –CEP FONE (0XX11) 3115-5544 –FAX (0XX11) 3104-5245 –SÃO PAULO –SP RECONHECIDA DE UTILIDADE PÚBLICA PELOS GOVERNOS: FEDERAL DECRETO Nº 70881/72 –ESTADUAL LEI Nº 4518/57 –MUNICIPAL Nº 7661/68 CNPJ: 61.669.966/0001-00 –INSCRIÇÃO ESTADUAL ISENTA CERTIFICADOS DO CEAS, COMAS E CMDCA

  111. Marciano Diz:

    Aulus continua esperando que nós usemos e psicoscópio, mas em vão, pois ainda não surgiu nenhum.
    A o analista VINICIUS ainda é convidado a usar uma coisa que não existe e que, se existisse, não serviria para nada, dado que almas não existem, nem vibração (com esse sentido vago e propositadamente impreciso que lhe empresta a literatura esotérica).
     
    O que vem a ser vibração?
    Movimentos oscilante da alma?
     
    Esse sorriso leve de Aulus deve ser um sorriso sardônico, com o leitor dessas porcarias.
    O sorriso que cx deve ter dado ao “psicografar” essas palavras, imaginando a cara de besta do futuro leitor.

  112. Marciano Diz:

    Para quê o telefone, VINICIUS?
    A inscrição deveria ser feita por psicofone ou pela INTERPSI, a rede de computadores quântico-espirituais que se usa na erratiCIDADE.

  113. Marciano Diz:

    Deve ser chato pra cacete ter de aprender tudo de novo a cada vez que se morre e a cada vez que se nasce.
    A gente aprende a usar psicoscópio lá, depois aprende a usar smartphone aqui.
    Saco!
     
    O psicofone vem com certificado de garantia?
    Quantos bônus-hora custa um?

  114. Vinicius Diz:

    E esse “leve sorrisso” do Aulus? Será que tava rindo da credulidade e espanto de AL e dos leitores?
    Raios gama.
    https://youtu.be/Ud-64ot_Rfw
    https://youtu.be/6BwVqylAWFU

  115. Marciano Diz:

    Qual a utilidade de um psicoscópio?
     
    https://eudisonleal.files.wordpress.com/2010/03/20071017blog_psicoscopio.jpg

  116. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    MONTALVÃO DISSE: “Então, o “verdadeiro pensamento” de Krippner está no livro (e pode ser que também esteja no artigo). Seria pouco coerente (conquanto coerência e parapsicologia nem sempre conseguem caminhar juntas) que o cidadão tivesse um pensamento para livros e outro para artigos.”
    .
    VISONI: Faça o seguinte, escaneie o livro, conserte os erros do OCR, faça um trabalho bonito e eu publico aqui no blog, ok? Quero ver se suas interpretações do “verdadeiro pensamento de Krippner” batem com as minhas…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: ora, orinhas… que minhas interpretações não batem com as suas é evidente, dispensa-se escaneamentos para constatar. Basta olhar sua advogacia ante declarações constantes do livro, que postei ilustrativamente.
    .
    Veja exemplo:
    STANLEY KRIPNNER: “Esses eventos me inspiraram um senso de deslumbramento. Eles ERAM EVIDÊNCIAS DE UM LEQUE COMPLETO DE CAPACIDADES HUMANAS, INCLUINDO AS QUE SÃO NEGLIGENCIADAS PELA CIÊNCIA OCIDENTAL”.
    /.
    E aí, o que você respondeu?
    .
    VISONI: CONCORDO 100% COM KRIPPNER! Evidências são! Mas… não conclusivas, como ele fala em seu artigo.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: pô, o sujeito tem diante de si um autêntico ladino, isso tá na cara, e ele se atreve a dizer o que disse, sendo festejado pesquisador psi; aí vem você, com o terno amarrotado, tentando amainar o comprometimento de seu cliente.
    .
    Se ele proferisse algo mais ou menos assim: “não posso deixar de registrar que Amiden me impressionou: infelizmente, minha experiência como pesquisador mostra que os que ostentam poderes paranormais intensos, por regra, são simuladores. Falo em termos gerais. Especificamente, no que diz respeito a Amiden, nada de seguro posso afirmar. Necessito de mais experimentações, o quanto suficiente, até obter parecer devidamente fundamentado.”
    .
    Se apresentasse discurso nessa linha, aí sim, seria posição sadia e estaria perdoado pelo deslumbre ingênuo que o dominou: porque, mesmo fascinado, estaria mantendo a prudência cética.
    .
    Do jeito que agiu, ainda que no artigo tenha sido moderado nos arroubos, Krippner prestou tremendo desserviço à inteligência alheia: muitos sites citam o “Fenômeno Magenta” como corroboração da paranormalidade do malandro Amiden.
    .
    Eu até escanearia a obra e a disponibilizaria limpinha, isso se houvesse perspectiva de render discussão produtiva. Porém, pelo que percebo ficaríamos só nós dois trocando ponderações e os demais a dizer que a conversa tá chata pracaramba.
    .
    Observe que o assunto “paranormalidade” desperta miúdo interesse nos analistas que aqui transitam. Note que o assunto “mediunidade” e “chico Xavier” goza de muito mais prestígio, tanto que nesse artigo de Jessica Utts falou-se 97% em espiritismo, Chico e quejandos e o restante foi dedicado ao ganzfeld.
    .
    Em suma: me poupe-me…

  117. Vinicius Diz:

    Montalvão usou psicoscopio em nós :lol:
    :mrgreen:

  118. Vinicius Diz:

    “no Brasil, o delegado e pesquisador João Alberto Fiorini de Oliveira da Polícia Científica do Paraná desenvolveu um aparelho que tem as características apresentadas no livro de André Luiz.

    “O Dr Fiorini explica que a luz da máquina acende graças a energia estática do corpo e seu objetivo é captar as variações eletromagnéticas do meio ambiente e do médium, principalmente às relacionadas com a queda de temperatura no momento da comunicação com o outro mundo.
    Geralmente, quando ocorre a incorporação, a temperatura ambiente esfria cerca de 10 a 15 graus devido à locomoção da entidade de uma esfera superior para a nossa dimensão. O pesquisador, afirma que o fenômeno ocorre, mesmo sem corrente elétrica, em razão do impulso provocado por uma força exterior.”
    http://diariodeumamediuminiciante.blogspot.co.id/2010/08/rio-de-janeiro-18082010.html?m=1

  119. Marciano Diz:

    MONTALVÃO, tu que gostas tanto de estatística quanto o VITOR, tanto que se deu ao trabalho de calcular o percentual de comentários referentes a mediunidade e psi, diga-me:
     
    Sei que tens vários cães, pois de vez em quando fala neles aqui.
    Qual a probabilidade de um deles te dar um tiro?
     
    Achas que estou mais louco ainda?
    Think again, and think fast!
     
    Veja essa notícia de final do ano passado, do Washington Post:
     
    In the past five years, at least six Americans have been shot by dogs
    https://www.washingtonpost.com/news/wonk/wp/2015/10/27/a-dog-shoots-a-person-almost-every-year-in-america/

  120. Marciano Diz:

    Tô quase tendo uma apoplexia de tanto rir, imaginando alguém batendo à porta do céu e se explicando com são pedro:
    – Foi o meu cachorro que me deu um tiro.
    Imaginem a cara do santo.

  121. Marciano Diz:

    VINICIUS diz:
    Geralmente, quando ocorre a incorporação, a temperatura ambiente esfria cerca de 10 a 15 graus devido à locomoção da entidade de uma esfera superior para a nossa dimensão.
     
    Eu sei que é verdade.
    Quando o Pazuzu incorporou na Regan, o quarto ficou uns vinte graus abaixo de zero.
     
    Quem não acredita, que leia “O Exorcista”, ou veja o filme.

  122. Vinicius Diz:

    Se o tiro for fatal em outra pessoa (não no Montalvão ele precisa cumprir sua missão) dá pra psicografar a vítima no tribunal e inocentar o cão.. ?
    Meu cãozinho sapequinha estava brincando no meu quarto e danadinho e futriqueiro remexeu meu bau e encontrou minha AR15. Coitado, achando que o gatilho fosse um osso torrado mordeu o e o tiro foi certeiro. Ele não teve nenhuma culpa. Nem eu

  123. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Andou comendo moscas, MONTALVÃO.
    COC postou artigo em que Zarur incitava a orar por Satanás, que é nosso irmão, segundo ele.”
    /.
    NOT NÃO NECESSARIAMENTE deglutindo dípteros: difícil ver satanismo nas prédicas de Zarur. Creio e também acredito que ele estivesse a defender que Deus é tão bom que perdoaria até o coisa ruim que, talvez, não fosse tão ruim assim. Se orássemos por ele até amoleceríamos melhor o coração divino…
    .
    É o que suponho que penso…

  124. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Comenta-se que na época de Paulo a promiscuidade atingira o ápice.”
    /
    MARTE:E eu, pensando que o ápice fosse agora.
    /.
    CADA ÉPOCA TEM o ápice que merece…

  125. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Quanto à nova conjectura do AMo, penso que a solução está no significado da última palavra de I Coríntios 6.9: ????????????”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: qual nova conjetura?
    /
    “Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os SODOMITAS”
    /.
    É, e qual o significado?

  126. Contra o chiquismo Diz:

    Olha isso Marciano, olha isso!!!!!
    .
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=9XxkzCm-nrY
    .
    .
    Que seleção de som né? :mrgreen:

  127. Vinicius Diz:

    https://m.youtube.com/watch?v=VVjR4YXKXqQ

    MARCIANO olha o FG em desenho animado da FEB.

  128. Contra o chiquismo Diz:

    Ei Montalva Pitter, eu descobri a sua identidade secreta!! Não ‘coma mosca’ como diz o Marciano…

  129. Marciano Diz:

    Sentina é boa em qualquer música.
     
    Todos os ensinamentos de FG estão dentro dos ensinamentos de Rivail?
    E eu pensando que fosse o contrário.
     
    Claro, reencarnação, só sendo fanático, pra ver na bíblia.
     
    Historinhas de cx, também.
    Cada coisa!
    E que vozes chatas!

  130. Gorducho Diz:

    CONSIDERAÇÃO: qual nova conjetura?
     
    Esta: “O que Paulo condena nesta epístola é o homossexualismo, tanto feminino quanto masculino, nenhuma referência é feita ao chamado coito anal praticado entre homem e mulher.”
     
    Cita uma tradução bíblica, da qual negrito o trecho significante: “Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os SODOMITAS
     
     
    E, e qual o significado?
    Não sei, por isso disse que deveremos nos debruçar sobre a tradução.
    Recapitulando o trecho:
    ΟΥΤΕ ΜΑΛΑΚΟΙ ΟΥΤΕ ΑΡΣΕΝΟΚΟΙΤΑΙ
     
    Ora, se traduzirmos, como fez S/Pessoa acima,  ἀρσενοκοῖται 
    por “sodomitas”, então homem com mulher mesmo sobre o tálamo conjugal está incluso na proibição.

  131. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 22ND, 2016 ÀS 3:43 PM
    https://www.youtube.com/watch?v=F-GuvKrSd-Q
    /.
    “todos os sites que consultei dizem que: sexo anal é normal, é prezeroso, há modo certo de praticar, você devia experimentar… todos dizem a mesma coisa” [...]”tudo isso está escrito” [...] “naquela enfermaria havia vinte pacientes, todos homossexuais [...] “em primeiro lugar [...] todos tinham endocardite bacteriana” [...] isso não era decorrente da AIDS, era decorrente do sexo anal[...] A mulher não sente NADA no sexo anal [...] é prática dolorosa, desagradável [...] o ato sexual tem que ser necessariamente violento[...] – (Anete e Guimarães)
    /
    “Carpeta Game Play
    “Essa senhora, Anete Guimarães, jamais foi médica!!!(https://www.facebook.com/…/Anete-Guimar…/232516400206911). É uma oradora espírita que se apresenta, hora como parapsicóloga, hora como médica, hora como psicóloga, hora como filósofa, hora como professora…
    e faz palestras dogmáticas sobre sexualidade e outros temas com falsa propaganda de “comprovação científica”, sendo que não apresenta nenhuma fonte dos dados que apresenta. [...] É preciso ter cuidado com o que se compartilha e com o que se toma como verdade e como informação científica na internet. É sempre bom checar as fontes. Pesquisando no Google, irão encontrar outros videos e referências sobre essa senhora, sem nenhuma comprovação de atuação profissional ou de formação acadêmica.
    - 1º O sexo anal não é normal porque a mídia geral e a mídia pornográfica dizem que é normal. É normal porque é praticado em diferentes partes do mundo e em diferentes culturas desde que o mundo é mundo.
    .
    2º Sim! As mulheres sentem prazer com sexo anal, que não é necessariamente um ato sádico, violento ou humilhante. Nenhuma atividade sexual precisa ser agressiva para proporcionar prazer. Isso varia de acordo com as singularidades de cada pessoa.
    .
    3º Hoje o avanço das ciências da saúde leva a uma visão de homem/mulher para além do ponto de vista biológico: somos seres biopsicossociais e culturais e espirituais…
    A sexualidade é vista tanto do ponto de vista biológico e reprodutivo, como do ponto de vista legítimo do prazer, e também para além dos órgãos genitais: pênis e vagina. É possível sentir prazer de várias formas e a partir de várias partes do corpo. E isso é sexualidade e é natural.
    .
    4º A oradora, diz ter trabalhado numa enfermaria com doentes terminais de AIDS e ter escrito uma monografia sobre as doenças oportunistas em casos de imunodeficiência provocada pelo vírus HIV. A oradora afirma que todos os pacientes da enfermaria eram homossexuais e que todos tinham endocardite bacteriana (infecção cardiovascular), provocada pela suposta migração de bactérias do intestino através de ferimentos causados pela atividade do sexo anal.
    .
    Contudo, como ela mesma cita, na época ainda não existia o coquetel anti-HIV. Nesta época também provavelmente não havia a cultura do uso de preservativos nem de lubrificantes adequados. Hoje, tomando o coquetel anti-HIV regularmente, os soropositivos de HIV não adquirem mais a AIDS, os doentes de AIDS recuperam a imunidade a partir da baixa da carga viral com o uso do coquetel e, portanto, é possível que resistam a infecções tão bem como um não-portador do vírus HIV.
    .
    5º Além disso, na verdade, a endocardite bacteriana pode ser adquirida por qualquer pessoa praticante ou não de sexo anal e pode ser curada com tratamento a base de antibióticos, sendo que, em alguns casos, quando há lesão em alguma válvula do coração é necessário ainda fazer uma cirurgia. Bactérias alojadas na garganta ou em outras partes do corpo podem migrar para o coração. Não há nenhum estudo científico que comprove que sexo anal provoca endocardite bacteriana.
    .
    Para se ter uma ideia, fezes ressecadas em casos de prisão de ventre também causam ferimentos no reto e também no tubo intestinal, também por onde bactérias poderiam entrar na corrente sanguínea e chegar ao coração e isso provavelmente seria mais comum do que com a prática do sexo anal. Também, vivemos rodeados de fatores cancerígenos mais graves do que os possibilitados pela prática do sexo anal.
    .
    6º Hoje se tem conhecimento de várias estratégias e facilidades para a prática mais segura do sexo anal, como a higenização prévia, o uso de gel lubrificante e, claro, o uso de preservativo.
    .

    7º A prática de sexo anal, sim, pode provocar doenças, assim como o sexo convencional, assim como o consumo de açúcar, gordura, álcool e outras drogas, assim como o levar de uma mão suja contaminada com um vírus ou bactéria à boca ou aos olhos, assim como emoções fortes… Enfim, viver provoca doenças e a morte. O adoecimento e a morte fazem parte da vida, assim como os prazeres. A responsabilidade deve estar no uso dos prazeres para promover a saúde, a vida e mais prazeres até que a morte, que é certa, não chegue.”

  132. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Victor Diz: Não existe melhor tradução e mais fiel em “Equivalência Direta” do que a Bíblia de Jerusalém.
    Pergunte a qualquer exegeta bíblico (católico ou protestante) e ouvirá a mesma resposta.
    .
    Esse segundo lugar vem a Tradução da TEB, principalmente a 2º Edição. A do Schokel é boa, mas é mais literária, porém as notas são excelentes, vale a pena pela quantidade de notas.
    .
    A Almeida Revista e Atualizada é muito boa também, (infinitamente melhor que a RC, CR, NVI e etc) mas ainda sim perde para a Jerusalém.
    ./
    CONSIDERAÇÃO: no finalzinho da fila temos a “Versão Novo Mundo das Escrituras Sagradas” que, pensei ocupasse a derradeira posição, contudo há um campeão nessa tabela negativa: Celestino Severino da Silva. Não que ele tenha dado luz a alguma versão por ele titulada, por ora apenas um livro a respeito: “Analisando as Traduções Bíblicas”, mas fala-se que a pretensão desse senhor seja publicar uma tradução completa e, acrescento, horrenda…

  133. MONTALVÃO Diz:

    /
    Contra o chiquismo Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 1:56 PM
    De volta! Amigos que bom estar aqui de novo. Pergunto: nesse período que eu tava de férias, alguma prova da existência de ‘espiritos’ – fora o DD HOME – ? Ou só a lenga lenga de crentes?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: nada, os “espíritos” continuam arredios a mostrarem concretamente suas presenças nos eventos mediúnicos. Nossa esperança é que o Vitor traga provas fresquinhas e verificáveis do que diz ser…

  134. MONTALVÃO Diz:

    /
    Contra o chiquismo Diz:
    Montalva! Cheguei a uma conclusão sobre tu: ao passar por sua terra (S Jardim) pela BR 101, eu escutava umas músicas e entre elas a da Ponte Rj x Nichterói e matei a charada!!! Vc é o Marcus Pitter escondido em S Jardim numa fazenda gigante vivendo da renda dos milhões que ganhou no auge da fama! Poxa, faz um show pra gente de novo aqui no RJ… que bom falar com meu ídolo musical!
    /.
    CONSIDERAÇÃO: pô, e pensei que minha secreta identidade restara salvaguardada…
    Poderia ter dado uma paradinha, em vez de passar direto, e eu lhe cantaria meus sucessos de antanho, com essa voz de corvo asmático com que a natureza me brindou. Aí não lhe restaria resquício de dúvida…
    .
    A fazenda gigante… quase acertou. Quando para cá onde vivo vim, comprei uma, não gigante, queria começar de baixo para chegar em cima, como dita a natura. Então, adquiri uma gleba medindo um terço de um ha. Comprei livros de montão de agricultura e pecuária. Quinze dias depois de iniciada a empreitada queria agropecuária tão longe de mim quanto drácula almeja a cruz de si distante. O terreno continua em minha posse: tô juntando recursos para construir abrigo pro meus cães, mas se quiser ser meu amigo não me chame pra plantar, nem para apascentar rebanhos, tampouco para pescar…
    .
    De pecuária apenazmente me interessa um bifinho de filé mignon quando o bolso tá de boa; de agricultura, bastam-me bananas, para comê-las amassadas com aveia, e uns limoezinhos para chupar que de doce já me basta a vida…

  135. Marciano Diz:

    Não sei como o sexo anal “entrou no blog”, mas parece que entrou para ficar, sair, entrar de novo, tornar a sair…
     
    “CONSIDERAÇÃO: no finalzinho da fila temos a “Versão Novo Mundo das Escrituras Sagradas” que, pensei ocupasse a derradeira posição, contudo há um campeão nessa tabela negativa: Celestino Severino da Silva. Não que ele tenha dado luz a alguma versão por ele titulada, por ora apenas um livro a respeito: “Analisando as Traduções Bíblicas”, mas fala-se que a pretensão desse senhor seja publicar uma tradução completa e, acrescento, horrenda…”
     
    E eu ganhei o “Analisando” de uma das minhas secretárias, a qual pensa que sou espírita, porque NUNCA conversei com ela, que é católica fervorosa, mas dá livros de espiritismo de presente.
     
    Pergunto: nesse período que eu tava de férias, alguma prova da existência de ‘espiritos’ – fora o DD HOME – ? Ou só a lenga lenga de crentes?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: nada, os “espíritos” continuam arredios a mostrarem concretamente suas presenças nos eventos mediúnicos. Nossa esperança é que o Vitor traga provas fresquinhas e verificáveis do que diz ser…
     
    Se por azar o VITOR desencarna prematuramente, vocês, que vivem exigindo provas, estão f [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] s ®
     
    O espírito da Anna Sentina veio me visitar durante essa madrugada, em desdobramento corporal, mas não sei se isso conta.
     

  136. Gorducho Diz:

    Quanto à 1ª parte – i.e., a médica – da sua argumentação, explico que m/intenção foi mostrar ao AVi qual a m/ver foi a linha da raciocínio do bispo ao se referir à saída” &c.
    Pelo que m/lembro – não tenho tempo agora de recuperar para cima o que foi proferido cá.
    Não me interessa se essa pregadora é médica ou não, e não me interessa a medicina; só faço os exames regulamentares quando obrigado.
    De medicina só sei 2 cousas:
    i) a pineal não é uma antena de celular;
    ii) homeopatia tem a mesma eficácia da água benta.
     
    Estamos discutindo Escrituras Sagradas Cristãs, i.e., o Novo Testamento no caso.
     
    Quanto às traduções que recitou do Sr. Victor, já respondi a ele ontem à 1ª hora. Especificamente: a BdeJ me pareceu bem ambígua, e de qualquer sorte não corresponde ao que S/Pessoa apresentou acima.

  137. Marciano Diz:

    Nunca conversei com ela sobre religião, bien entendu.

  138. Marciano Diz:

    Ela pensa que sou espírita porque namoro uma.

  139. Gorducho Diz:

    Não sei como o sexo anal “entrou no blog”
     
    Foi uma consulta acompanhada duma tese que o AMo fez à IURD e reproduziu cá.

  140. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    /
    “MONTALVÃO, você, que fica desatento de vez em quando (será por causa do diagnóstico do VITOR?), veja que o COC postou de novo o satanismo de Zarur.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: pois não, mas continuo a achar que Zarur pensava que até o maninho invisível dele seria beneficiado pela anistia celeste. E o que diz tem “lógica”: se nós que somos criminosos perdoados fomos, por que não o outro irmãozinho?

  141. Gorducho Diz:

    nada, os “espíritos” continuam arredios a mostrarem concretamente suas presenças nos eventos mediúnicos.
     
    Mostraram-se sim quando a estatística fisheriana foi substituída pela baynesiana, como se verá num próximo capítulo da saga…

  142. Gorducho Diz:

    Ocorre que Satanás (Iblis) nunca se arrependerá.
    Não é Pastor :?:

  143. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    Não sei se já contei aqui, mas eu fui exilado aqui na Terra, por ter feito umas besteiras em Marte.
    Acho que exageraram na punição, pois não precisava ter nascido na Brasil.Até impetrei um recurso, mas antes que fosse julgado, me mandaram pra cá.
    Coisas do SUPREMO TRIBUNAL ESPIRITUAL.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: e, como cá continuas espiritualmente pirracento, sabes o que o aguarda do outro lado, não? Longas de prazerosas férias no umbral…

  144. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 6:09 PM
    Já cumpri boa parte da minha pena na Terra, esperava uma progressão de regime ao menos para a Suíça, mas meu pedido foi negado.
    Se não conseguir meu retorno a Marte, espero que meu pleito de reencarnar em Zurique seja aceito.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: consultei médium que tem acesso aos akásicos e a informação não traz alvíssaras: tua próxima está prevista para Marrocos, com possibilidade de cair na Etiópia, caso a cegonha não aguente o peso.

  145. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vinicius Diz:
    E eu conheço o diretor do Curso, um japonês Contador e Filósofo chamado Roberto Watanabe. Ele não tem cara que acredita no aerobus mas quem vê cara não ve coração
    /.
    ESTE NÃO era, é ou foi, lutador de judô?

  146. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Vinicius Diz:
    Montalvão usou psicoscopio em nós
    /.
    CONSIDERAÇÃO: ui…
    /
    /
    “no Brasil, o delegado e pesquisador João Alberto Fiorini de Oliveira da Polícia Científica do Paraná desenvolveu um aparelho que tem as características apresentadas no livro de André Luiz.
    .
    “O Dr Fiorini explica que a luz da máquina acende graças a energia estática do corpo e seu objetivo é captar as variações eletromagnéticas do meio ambiente e do médium, principalmente às relacionadas com a queda de temperatura no momento da comunicação com o outro mundo.
    [...]
    /
    /
    Guilherme Riccioppo disse em 23/09/2008 [noutro site]:
     
    Fiorini,
     
    Interessante. Gostaria de fazer algumas perguntas:
     
    1) Qual o objetivo do psicoscopio?
     
    2) Qual seu mecanismo de acao?
     
    3) O nome tem algo relacionado com o psicoscopio das obras de Andre Luiz?
     
     
    Fiorini disse em 23/09/2008:
     
    Boa tarde querido Guilherme.
     
    1-O objetivo principal é a comunicação com o mundo espiritual, pois há três anos fui convidado para investigar e presenciar um aparelho semelhante em uma casa espírita de São Paulo, capital, que segundo o presidente e os membros daquela casa, o aparato eletrônico acoplado numa parede da sala mediúnica se comunicava acendendo aleatoriamente, mas de maneira inteligente, como duas piscadas para dizer não e uma para dizer sim.
     
    Também através do mecanismo do dimer aumenta vararozamente a luz.
     
    Solicitei a planta, mas ele não me deu muitos detalhes, então desenvolvi um simples, e levei para o centro Fraternidade Mensageiros da Paz em Vila Guilher, São Paulo, e quando o deixei no ponto neutro e fui para outra sala o presidente Osmir Fernande me disse que a aparelho tinha ligado e estava tocando a campaínha, momento em fui lá e constatei isso, desligando-o.
     
    Após procurei o diretor da Fac. Espírita, e me apresentou o Angelo Leithold do laboratório de física e ele ampliou o aparelho, com seus profundos conhecimentos de eletrônica e física, onde trocamos o dimer e ele adaptou um circuito com triac.
     
    2- Seu mecanismo é captar as variações eletromagnéticas do meio ambiente, o que acreditamos que embora não havendo corrente elétrica no ponto neutro, há uma força exteriro e faz o elétron pular de sua última camada ocorrendo a passagem da corrente, talvez quando o elétron pule de órbita ele seja manipulado pelas entidades, tudo leva crer que seja isso.
     
    3- Tem sim tudo a ver, pois li isso na obra do André luiz, psicografado pelo Chico Xavier e esse aparelho era utilizado pelo seu instrutor Aulus, para verificar e estudar a personalidades dos espíritos, parece-me que funcionava com raios gama.

  147. Vitor Diz:

    Montalvão, o ECAE é um grupo FECHADO, assim, solicito que não fique divulgando mensagens dos participantes sem a autorização deles, ok?

  148. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    MONTALVÃO[...] diga-me:
    .
    Sei que tens vários cães, pois de vez em quando fala neles aqui.
    Qual a probabilidade de um deles te dar um tiro?
    .
    CONSIDERAÇÃO: probabilidade remota, a não ser que algum obtenha arma no mercado clandestino, visto que sou desarmado. Não de todo: tenho uma pistola de chumbinho, mas esta para que um deles a use teria de saber “quebrá-la” (para armar o mecanismo de ar comprimido) e saber carregar a munição. Meus cães são inteligentes mas não chegam a esse nível de habilidade.
    ./
    /
    “Achas que estou mais louco ainda?”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: mais? Não…

  149. Gorducho Diz:

    O que vem a ser esse ECAE :?:
     
    Não se preocupem: não pretendo importunar lá…

  150. Gorducho Diz:

    Bom, CX levou tiro dum espírito…

  151. Gorducho Diz:

    Informo que essa troca de mensagens é lobrigável publicamente, Sr. Administrador; não podendo então S/Pessoa alegar divulgação de documentos classificados por parte da nossa liderança.

  152. Marciano Diz:

    Foi uma consulta acompanhada duma tese que o AMo fez à IURD e reproduziu cá.
     
    Ah, sei! A história do jornal da IURD, para provocar o PASTOR.
     
    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 9:40 AM
    /
    /
    /
    “MONTALVÃO, você, que fica desatento de vez em quando (será por causa do diagnóstico do VITOR?), veja que o COC postou de novo o satanismo de Zarur.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: pois não, mas continuo a achar que Zarur pensava que até o maninho invisível dele seria beneficiado pela anistia celeste. E o que diz tem “lógica”: se nós que somos criminosos perdoados fomos, por que não o outro irmãozinho?
     
    Esqueceu-se de que já tinha falado sobre isso?
     
    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 23RD, 2016 ÀS 11:26 PM
    /
    “Andou comendo moscas, MONTALVÃO.
    COC postou artigo em que Zarur incitava a orar por Satanás, que é nosso irmão, segundo ele.”
    /.
    NOT NÃO NECESSARIAMENTE deglutindo dípteros: difícil ver satanismo nas prédicas de Zarur. Creio e também acredito que ele estivesse a defender que Deus é tão bom que perdoaria até o coisa ruim que, talvez, não fosse tão ruim assim. Se orássemos por ele até amoleceríamos melhor o coração divino…
    .
    É o que suponho que penso…
     
    Parece que o caso é mais grave do que supõe o Dr. VITOR.
     
    Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 9:45 AM
    Ocorre que Satanás (Iblis) nunca se arrependerá.
    Não é Pastor :?:
     
    Satanás foi privado do livre-arbítrio?
     
    CONSIDERAÇÃO: e, como cá continuas espiritualmente pirracento, sabes o que o aguarda do outro lado, não? Longas de prazerosas férias no umbral…
     
    E eu, que pensava que o espírito não retrograda.
    Rivail é um mentiroso de primeira!
     
    CONSIDERAÇÃO: consultei médium que tem acesso aos akásicos e a informação não traz alvíssaras: tua próxima está prevista para Marrocos, com possibilidade de cair na Etiópia, caso a cegonha não aguente o peso.
     
    Acho que prefiro o umbral, o qual já foi profetizado mais acima.
     
    ESTE NÃO era, é ou foi, lutador de judô?
     
    27,3287% dos japoneses se chamam Watanabe.
     
    Vitor Diz:
    FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 10:08 AM
    Montalvão, o ECAE é um grupo FECHADO, assim, solicito que não fique divulgando mensagens dos participantes sem a autorização deles, ok?
     
    Fiquei curioso. Quais serão os segredos revelados no ECAE?
    Precisa de padrinho para entrar?
    Tem rito de passagem? Iniciação?

  153. MONTALVÃO Diz:

    /

    =========================.
    “André Luiz cita um aparelho do plano espiritual, o psicoscópio, que “destina-se à auscultação da alma, com o (poder de definir-lhe as vibrações e com capacidade para efetuar diversas observações em torno da matéria [...] a moralidade, o sentimento, a educação e o caráter são claramente perceptíveis, através de ligeira inspeção” (Nos Dominios da Mediunidade, Cap. 2, pág. 21-22).
    =========================.
    CONSIDERAÇÃO: Pena que o site não aceite imagens: tenho uma foto do psicoscópio construído pelo Fiorini, mas não tenho mais o endereço do site onde veiculada… Para que não houvesse dúvidas de que tratava de um, o Fiorini postou no corpo do engenho a palavra “psicoscópio”. Na época apresentei comentários:
    /
    ====================.
    [2009]
    Parece-me que o piscópio apresentado nas fotos tá meio torto, ou é impressão minha? Faz-se importante averiguar o fato, pois ? talvez quem montou a parafernália não saiba ?, “pesiscoscópios” desalinhados atraem emanações psico-espirituais igualmente em desalinho. As conseqüências daí advindas são imprevisíveis, sempre funestas.
     
    Há pouco tempo, líamos comentário de um autor, cujo nome não nos acorre, o qual lamentava não dispor a humanidade de um tal constructo como o descrito por Chico Xavier no livro de sua autoria, “Nos Domínios da Mediunidade”. Acredito que não soubesse, da mesma forma que nós, que o engenho está disponível e, mais, existem outros em utilização há bastante tempo, isso se tomarmos como veraz a informação passada pelo inventor.
     
    Contudo, emerge daí dúvida cruel: o equipamento forjado pela criatividade do médium mineiro em nada se assemelha ao que ora nos é apresentado. O aparelho chicoxaveriano se destinava a “auscultação da alma”, enquanto que a invenção do Fiorini serve para “contatar espíritos”, tarefas grandemente distintas. Além disso, apesar de Chico Xavier não fazer referência a um aparelho eletrônico, visto que, na época em que ele redigiu o livro, não tinha conhecimento das minuaturizações que poucos anos depois se tornariam comuns, ainda assim, a máquina imaginada pelo médium era em tudo superior à do Fiorini. Pode-se dizer que o psicoscópio de Chico era um MP4 espiritual: leve, compacto, com bateria de alta durabilidade; enquanto que o de Fiorini parece mais um tijolão da década de 1960: grandão, pesadão, movido a pilhas Ray-O-Vac não-alcalinas. Mesmo não sendo o psicoscópio fiorínico o que foi apresentado pelo Hilário, é hilário… Vejamos as referências dadas por Chico Xavier, com destaques de nossa autoria:
     
    “Logo após, muniu-se de pequena pasta e, talvez porque nos percebesse a curiosidade, informou, paciente:
    — Temos aqui o nosso psicoscópio, de modo a facilitar-nos exames e estudos, sem o impositivo de acurada concentração mental.
     
    Tomei o enigmático volume, chamando a mim o agradável serviço de transportá-lo, notando, então, que na Terra o minúsculo objeto não pesaria senão alguns gramas.
    Espicaçado tanto quanto eu pela curiosidade, Hilário indagou sem preâmbulos:
     
    — Psicoscópio? que novo engenho vem a ser esse?
     
    — É um aparelho a que intuitivamente se referiu ilustre estudioso da fenomenologia espirítica, em fins do século passado. Destina-se à auscultação da alma, com o poder de definir-lhe as vibrações e com capacidade para efetuar diversas observações em torno da matéria — esclareceu Áulus, com leve sorriso. — Esperamos esteja, mais tarde, entre os homens. Funciona à base de eletricidade e magnetismo, utilizando-se de elementos radiantes, análogos na essência aos raios gama. É constituído por óculos de estudo, com recursos disponíveis para a microfotografia.
    (…)
    Reajustando-se aos nossos objetivos, Hilário acentuou:
     
    — O psicoscópio, só por si, dá margem a preciosas reflexões. Imaginemos uma sociedade humana que pudesse retratar a vida interior dos seus membros… Isso economizaria grandes quotas de tempo na solução de inúmeros problemas psicoló¬gicos.
     
    — Sim — anuiu o mentor, cordial —, o futuro reserva prodígios ao senso do homem comum.
    (Nos Dominios da Mediunidade, Cap. 2).
     
     
    Conclui-se que se tratam de materiais diferentes, com nomes iguais. Será que algum entendedor de psiscoscopia pode explicar o que se oferece sobre o assunto? Tenho outras indagações, mas esperarei pela resposta desta.
     
    /
    CONSIDERAÇÃO (atual): Com o Fiorini tive alguns entreveros. Ele estava bem doente há uns poucos anos, nem sei se ainda vive. Era gente boa. Em termos de ideias, bem crédulo, mas pesquisava (fracamente) e buscava respostas.

  154. Marciano Diz:

    Estabelecido que não temos os originais e que a bíblia de Jerusalém é a melhor tradução, reproduzo o episódio dos bêbados na festa de casamento, ocasião em que FG ainda lhes encheu mais ainda os cornos de vinho:
     
    9. Quand l’ordonnateur du repas eut goûté l’eau changée en vin, -ne sachant d’où venait ce vin, tandis que les serviteurs, qui avaient puisé l’eau, le savaient bien, -il appela l’époux,
    10. et lui dit: Tout homme sert d’abord le bon vin, puis le moins bon après qu’on s’est ENIVRÉ; toi, tu as gardé le bon vin jusqu’à présent.
     
    Por via das dúvidas, posto o mesmo trecho da Vulgata:
     
    9. Ut autem gustavit architriclinus aquam vinum factam et non sciebat unde esset, ministri autem sciebant, qui haurierant aquam, vocat sponsum architriclinus
    10. et dicit ei: Omnis homo primum bonum vinum ponit et, cum INEBRIATI fuerint, id quod deterius est; tu servasti bonum vinum usque adhuc .
     
    puis le moins bon après qu’on s’est ENIVRÉ = então o pior depois que estão EMBRIAGADOS
     
    cum INEBRIATI fuerint = quando estão EMBRIAGADOS
     
    Traduções literais de propósito.
     
    Só para defesa de minha tese de que FG, se tivesse existido, seria um pinguço que gostava de embriagar ainda mais quem já estava embriagado, enquanto seus atuais adoradores evangélicos têm o desplante de dizer que é pecado beber.

  155. Gorducho Diz:

    Parece-me que o piscópio [sic] apresentado nas fotos tá meio torto, ou é impressão minha?
     
    Isso não interessa; interessa que funcione.
    Segundo entendi, domingo pv. às 15:00h na FEESP haverá um curso no qual certamente ensinarão a operá-lo.
    Acho que deve ser entrada livre. Ainda dá tempo p/quem esteja cá no Brasil gerar passagem.
    Quais hotéis seriam convenientes, ou nas redondezas ou com fácil acesso pelo metrô, Analista Vinícius :?:

  156. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    “Montalvão, o ECAE é um grupo FECHADO, assim, solicito que não fique divulgando mensagens dos participantes sem a autorização deles, ok?”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: bem, nunca jurei guardar segredo sobre tudo o que ali se conversava, sob o risco de ter minha garganta cortada, mas em consideração ao seu pedido, quando usar discussão daquele sítio ilustrativamente omitirei o nome dos envolvidos, e, se lhe fizer bem, até mesmo o nome do site.
    .
    Bom assim?

  157. Marciano Diz:

    Fiz uma análise psicoscópica de FG (psicoscopia), pelo plano de saúde espiritual de NL, que desconta mensalmente a módica quantia de 2 bônus-hora.
    O resultado foi que ele era um pinguço que adorava embriagar mais ainda quem já se encontrava embriagado e mandava que bebêssemos em nome dele, pois seria como se estivéssemos bebendo seu sangue.
    Logo mais, vou homenageá-lo.

  158. Gorducho Diz:

    Em termos de ideias, bem crédulo, mas pesquisava (fracamente) e buscava respostas.
     
    Pois é… pelo menos o cara procura(va?) pesquisar, fazer alguma coisa relativa a acontecimentos e coisas supostamente reais.
    Não é como a FEB e seus correlatos que só ficam recitando os evangelhos tentando abocanhar mercado das outras igrejas.
    Pelo menos domingo a FEESP – se entendi bem, bien entendu…- fará algo prático, ensinando a usar o aparelho; que não interessa se é torto ou não. Não vamos encarecer o produto só por marketing!

  159. Marciano Diz:

    “Eu, MARCIANO, juro e promete, de minha livre vontade a por minha honra a pela minha fé, em presença do Grande Arquiteto do Universo e perante esta assembléia de ecaeanos, solene a sinceramente, nunca revelar qualquer dos mistérios do ECAE que me vão ser confiados, senão a um legítimo irmão ou em loja regularmente constituída; nunca os escrever, gravar, imprimir ou empregar outros meios pelos quais possa divulgá-los. Se violar este juramento, seja-me arrancada a língua, o pescoço cortado e meu corpo enterrado na areia do mar, onde o fluxo e o refluxo é das ondas me mergulhem em perpétuo esquecimento, sendo declarado sacrilégio para com Deus e desonrado para os homens. Amém”.

  160. Gorducho Diz:

    https://groups.google.com/forum/#!topic/espiritismo-cientifico/4WzQW4Hmkuc

  161. Borges Diz:

    Contra: Operava no fim da faixa de OM(ondas médias) – 1540 KHz.
    Um abraço

  162. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Marciano Diz:
    Tô quase tendo uma apoplexia de tanto rir, imaginando alguém batendo à porta do céu e se explicando com são pedro:
    – Foi o meu cachorro que me deu um tiro.
    Imaginem a cara do santo.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: soubesses tu das histórias que o santo ouve…
    /.
    Sujeito chega à porta do céu e é atendido por Pedro, o santo.
     
    - que que houve lá embaixo, filho?
     
    - ah, são pedro, eu sou uma besta, sou um irracional! Imagina o senhor que sempre fui ciumento. Então, cheguei em casa e cismei que minha mulher estava com amante. Procurei todos os lugares e nada encontrei, mas não fiquei convencido. Foi aí que tive ataque de fúria e comecei a quebrar tudo. Tão alucinado estava que peguei o freezer e o lancei janela abaixo. Moro no quarto andar e ao olhar lá embaixo vi que o eletrodoméstico tinha caído em cima de uma mulher que parecia morta.
     
    Desesperado dei um tiro na cabeça. Esta é a história.
     
    Constristado, são pedro diz: “vais ter que passar por umas penitências, entre que meu secretário cuidará de ti”
     
    Enquanto o homem segue adiante, batem à porta. Era uma mulher.
     
    - pois não, filha, o que que houve?
     
    - Ah, meu santinho querido, eu tavu passando pela rua quando fui atingida por um freezer…
    - tudo bem, já sei da história, passe direto…
     
    Nisso, outro bate à porta. Pedro comenta: “hoje tá bem movimentado!”, atende o recém-chegado, um homem. “Diga lá, filho, o que aconteceu?”
     
    - Ah, são pedro, não sei explicar bem… a última coisa de que recordo é que estava dentro de um freezer…

  163. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    “qual nova conjetura?”
    /
    FATboy: Esta: “O que Paulo condena nesta epístola é o homossexualismo, tanto feminino quanto masculino, nenhuma referência é feita ao chamado coito anal praticado entre homem e mulher.”
     
    Cita uma tradução bíblica, da qual negrito o trecho significante: “Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os SODOMITAS”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: péra lá: um de nós tá confundido. Condenação ao homossexualismo, de que falei, está no trecho da Carta ao Romanos, quem citou a missiva aos Coríntios foi sua pessoa. Daí a dúvida que me surgiu…
    /
    /
    FATboy: Ora, se traduzirmos, como fez S/Pessoa acima, ???????????? por “sodomitas”, então homem com mulher mesmo sobre o tálamo conjugal está incluso na proibição.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: imagina, euzinho traduzindo do grego? Pelo dito em Coríntios está claro, sodomia é pecado. Já vi quem dissesse que o termo, naqueles tempos, significava “bestialismo”, ou seja, relacionar-se sexualmente com animais. Desse modo, comer bundinha, desde que fosse de gente, podia (claro, nessa interpretação). Por outro lado, há que se averiguar se sodomia, na leitura mais aceita, fosse sinônimo de homossexualismo, o que, se for, mais uma vez libera o sexo anal hétero.

  164. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Gorducho Diz:
    Quanto à 1ª parte – i.e., a médica – da sua argumentação, explico que m/intenção foi mostrar ao AVi qual a m/ver foi a linha da raciocínio do bispo ao se referir à saída” &c.
    Pelo que m/lembro – não tenho tempo agora de recuperar para cima o que foi proferido cá.
    Não me interessa se essa pregadora é médica ou não, e não me interessa a medicina;
    /.
    CONSIDERAÇÃO: a ilustração que postou, da palestra da Anete, foi (como direi?) pertinente e ilustrativa. De qualquer modo, a palestrante é tétrica. Até espíritas a acham radical. Mesmo assim, vale conhecer a quantas andam certas cabeças no meio religioso. Anete execra o sexo anal e faz dele bandeira oratória. Caio Fábio louva os extraterrenos que, no modo dele ver, estão biblicamente entre nós. Malafaia é arauto do evangelho da prosperidade. Macedo (e outros) voltou ao tempo das indulgências…
    /
    /
    “só faço os exames regulamentares quando obrigado.”
    /.
    NÃO ESQUEÇA do de próstata…

  165. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    /
    Ocorre que Satanás (Iblis) nunca se arrependerá.
    Não é Pastor?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: satanás e judas são dados como inarrependíveis… sinto-me penalizado…

  166. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    Montalvão, o ECAE é um grupo FECHADO, assim, solicito que não fique divulgando mensagens dos participantes sem a autorização deles, ok?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: visto não tenho mais acesso ao ECAE, a autorização deles ser-me-á impossível, portanto, a mensagem efetiva é: “estás proibido de fazer referência a conteúdo do ECAE”…

  167. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    O que vem a ser esse ECAE?
    Não se preocupem: não pretendo importunar lá…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: deve ser uma sociedade secreta…

  168. Gorducho Diz:

    http://www2.anac.gov.br/habilitacao/inspecaoSaude.asp
     
    Repito: não estou polemizando quanto á veracidade da palestra; apenas acho que foi essa linha que seguiu o pastor; visto ter AVi se pronunciado logo após, se bem me lembro.
     
    O Sr. fez uma salada-de-frutas com o bispo, misturando Escrituras Sagradas a considerações fisiologias – ou médicas, como queira…

  169. Gorducho Diz:

    O Sr. foi banido dessa entidade :?:
    Era inoportuno :?:
    Discordava dos dogmas constituintes da :?:

  170. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    /
    “MONTALVÃO, você, que fica desatento de vez em quando (será por causa do diagnóstico do VITOR?), veja que o COC postou de novo o satanismo de Zarur.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: pois não, mas continuo a achar que Zarur pensava que até o maninho invisível dele seria beneficiado pela anistia celeste. E o que diz tem “lógica”: se nós que somos criminosos perdoados fomos, por que não o outro irmãozinho?

    MARTE: Esqueceu-se de que já tinha falado sobre isso?
    /.
    CONSIDERAÇÃO: não percebeu que as falas foram diferentes? O doente aqui é quem vos fala…

  171. MONTALVÃO Diz:

    /

    “Parece que o caso é mais grave do que supõe o Dr. VITOR.”
    /.
    OU É CONFORME O Dr. Visoni defende: o mal é contagioso…

  172. MONTALVÃO Diz:

    /

    “Fiquei curioso. Quais serão os segredos revelados no ECAE? Precisa de padrinho para entrar?
    Tem rito de passagem? Iniciação?”
    /.
    “NO MEU TEMPO” bastava se inscrever e torcer para ser aceito. Hoje só sei que nada sei…

  173. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    “Parece-me que o piscópio [sic] apresentado nas fotos tá meio torto, ou é impressão minha?”
    /
    Isso não interessa; interessa que funcione.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: perfeito, que funcione, e funcione corretamente. Quem estudou psicoscopia sabe que o equilíbrio quântico-geométrico é essencial para que o aparato exerça sua função a centos por cento. De outro modo, as leituras não serão confiáveis.

  174. MONTALVÃO Diz:

    /
    Assista a palestra e confirmará.

  175. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE: “ora, orinhas… que minhas interpretações não batem com as suas é evidente, dispensa-se escaneamentos para constatar. Basta olhar sua advogacia ante declarações constantes do livro, que postei ilustrativamente.”
    .
    Sim, mas quero ver se existe algo no livro que possa dar mais substância às suas críticas ao Krippner. Até agora, só vi vc forçando muito a barra no que ele escreveu.
    .
    MONTALVÃO DISSE: “Se ele proferisse algo mais ou menos assim: “não posso deixar de registrar que Amiden me impressionou: infelizmente, minha experiência como pesquisador mostra que os que ostentam poderes paranormais intensos, por regra, são simuladores. Falo em termos gerais. Especificamente, no que diz respeito a Amiden, nada de seguro posso afirmar. Necessito de mais experimentações, o quanto suficiente, até obter parecer devidamente fundamentado.” Se apresentasse discurso nessa linha, aí sim, seria posição sadia e estaria perdoado pelo deslumbre ingênuo que o dominou: porque, mesmo fascinado, estaria mantendo a prudência cética.”
    .
    Na página 113 do livro é dito que o enfoque do 4º relatório é hermenêutico. A hermenêutica “enfatiza a interpretação dos significados como experimentados pelo indivíduo”. A página 114 também é bastante elucidativa sobre tal ponto. Está dito explicitamente que não vão usar o discurso do crítico em oposição ao cultural, e sim a abordagem junguiana. Em suma, vc reclama que o pesquisador não abordou da forma que você queria quando está dito explicitamente que não iam usar tal abordagem. E mesmo assim o livro está cheio de “aparentemente”, “presumivelmente” …
    .
    MONTALVÃO DISSE: “muitos sites citam o “Fenômeno Magenta” como corroboração da paranormalidade do malandro Amiden.”
    .
    Se interpretam mal o livro, paciência.
    .
    MONTALVÃO DISSE: “Eu até escanearia a obra e a disponibilizaria limpinha, isso se houvesse perspectiva de render discussão produtiva.”
    .
    Depois reclamam que não divulgo – ou divulgo pouco – pesquisas feitas no Brasil… anotado!

  176. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 10:45 AM
    https://groups.google.com/forum/#!topic/espiritismo-cientifico/4WzQW4Hmkuc
    /.
    CONSIDERAÇÃO: usted não é mole não! Conseguiu achar: eu nem alembrava mais que fora nesse site. Veja lá se não está meio tortinho (mesmo que sua tese seja a de que “não interessa a torteza desde que a coisa funcione uma beleza”)?
    /
    Psicoscópio, você ainda vai ter um…

  177. Gorducho Diz:

    Assista a palestra e confirmará.
     
    Agora ao ½ acessarei os sítios da Gol TAM Avianca Brasil & Azul pra ver se tem alguma promoção sábado de noite ou domingo cedinho de depois de noite, claro…

  178. Marciano Diz:

    Anete execra o sexo anal e faz dele bandeira oratória.
     
    E a Anna Sentina, alguém sabe qual é a opinião dela?
    Na opinião da Anete não estou interessado.
     
    CONSIDERAÇÃO: satanás e judas são dados como inarrependíveis… sinto-me penalizado…
     
    MATEUS, 27:
    3Quando Judas, que o havia traído, viu que Jesus fora condenado, foi tomado de remorso e devolveu aos chefes dos sacerdotes e aos líderes religiosos as trinta moedas de prata.
    4E disse: “Pequei, pois traí sangue inocente”. E eles retrucaram: “Que nos importa? A responsabilidade é sua”.
    5Então Judas jogou o dinheiro dentro do templo e, saindo, foi e enforcou-se.
     
    Isto não é arrependimento :?:
     
    Não é uma sociedade secreta, é uma sociedade discreta, na qual homens livres e de bons costumes, denominando-se mutuamente de irmãos, cultuam a Liberdade, a Fraternidade e a Igualdade entre os homens. Seus princípios são a Tolerância, a Filantropia e a Justiça. Seu caráter secreto deveu-se a perseguições, a intolerância e a falta de liberdade demonstrada pelos regimes reinantes da época. Hoje, com os ventos democráticos, os ECAEANOS preferem manter-se dentro de uma discreta situação, espalhando-se por todos os países do mundo.
     
    Sendo uma sociedade iniciática, seus membros são aceitos por convite expresso e integrados à irmandade universal, por uma cerimônia denominada iniciação.
     
    Esta forma de ingresso repete-se, através dos séculos, inalterada e possui um belíssimo conteúdo, que obriga o iniciando a meditar profundamente sobre os princípios filosóficos que sempre inquietaram a humanidade.
     
    O neófito ingressa na Ordem com o grau de Aprendiz. Ao receber instruções e ensinamentos, galga ao grau de Companheiro e após período de estudos chega ao grau máximo do Simbolismo, ou seja o Grau de Mestre .

  179. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE: “CONSIDERAÇÃO: visto não tenho mais acesso ao ECAE, a autorização deles ser-me-á impossível”
    .
    Vc teoricamente tem o email de todo mundo. Mas como o Gorduchoi mostrou, aquela mensagem já havia se tornado pública pelo Maurício Mendonça (a quem tb dei um puxão de orelha sobre isso).

  180. Gorducho Diz:

    usted não é mole não!
     
    Desculpe a franquesa: não!
    :mrgreen:
     
    RMK: o Analista Marciano falou que pode, Sr. Administrador; sinta-se à vontade se lhe parecer demasiado picante…

  181. MONTALVÃO Diz:

    /
    Um ponto de curiosidade: na época da discussão a respeito do psicoscópio, creio que o ECAE, nem o Obras existiam e o Visoni cooperava no Espiritismo Científico.

  182. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “Fiquei curioso. Quais serão os segredos revelados no ECAE? Precisa de padrinho para entrar? Tem rito de passagem? Iniciação?”
    .
    Tem que pagar uma prenda, ou comprar e escanear um livro à minha escolha e disponibilizar, ou conseguir algum artigo solicitado (como já temos umas duas pessoas no ECAE que fazem isso, uma terceira não se faz necessária, a menos que tenha acesso a outra base de dados inacessível às outras duas pessoas, que possuem acesso à base CAPES e acho que JSTOR) ou traduzir um artigo. Antigamente bastava ser alguém com artigos bons e importantes publicados no meio, ou se não tivesse nada disso tinha pagar acho que 150 ou 200 reais para cobrir os custos das traduções (quando ainda tínhamos um tradutor melhor que eu….).

  183. MONTALVÃO Diz:

    /
    Admira-me que o Maurício mantenha ponderações que fiz há quase dez anos naquele espaço. Há uns três anos passados ele reformou a sítio e houve necessidade da reinscrição dos participantes, quando mandei a minha a resposta foi: “o site ainda não está preparado para você”…

  184. Gorducho Diz:

    mesmo que sua tese seja a de que “não interessa a torteza desde que a coisa funcione uma beleza
     
    Minha afirmação técnica, não tese, é: não interessa que seja torto desde que funcione direito.

  185. Gorducho Diz:

    É justo aquilo que comentávamos AMa e eu: certas pessoas – aparentemente é o caso então – não querem ter contato com a realidade, com o contraditório. Dessa forma então se auto propiciam a ilusão de que estão certas nas suas fantasias…

  186. MONTALVÃO Diz:

    /
    “O Sr. fez uma salada-de-frutas com o bispo, misturando Escrituras Sagradas a considerações fisiologias – ou médicas, como queira…”
    /.
    NOSSA SENHORA! Minha ilustração pretendia, como disse o Marte, beliscar o pastor e, segundamente, ilustrar (não lustrar) a cabeça do bispo. A crítica bíblica fora ao arrimo que o Macedo achara na Bíblia contra o sexo anal.
    .
    As considerações fisiológicas provieram da palestrante, que não foi por mim recorrida.
    .
    E ainda, não sei como nem porquê, surgiu o texto de I Coríntios. E eis a salada.
    .
    Como estou faminto, vou digeri-la e dar o caso por encerrado, a não ser que surjam novidades que peçam novas considerações.

  187. Marciano Diz:

    Minha afirmação técnica, não tese, é: não interessa que seja torto desde que funcione direito.
     
    E deus psicoscopa certo, por psicoscópios tortos.

  188. Gorducho Diz:

    Só que essa pergunta não foi minha, Sr. Administrador :(
    Só perguntei em que consiste a entidade e garanti – e re-garanto-lhe…- que não tenho intenções de tentar importunar.

  189. Marciano Diz:

    Também terei de me ausentar, e tenho a tarde bastante ocupada.
    Vocês só comentam na hora do trabalho.
    Justamente quando não posso.
    Bis bald!

  190. Marciano Diz:

    O Administrador tinha se esquecido de quem fizera o comentário.
    Um episódio isolado, sem relevância clínica.
    Até mais!

  191. Vitor Diz:

    Página do grupo: http://groups.google.com/group/ecae

    GRUPO CIENTÍFICO DE PESQUISAS sobre os casos que sugerem que a consciência com sua individualidade persiste após a morte do corpo somático, principalmente nas hipóteses que supõem a reencarnação da consciência e as que indicam que indivíduos já falecidos se manifestariam em nosso mundo dando mostras de continuar existindo de forma independente de seu antigo corpo tangível, através de um agente psíquico, denominado médium, como regra.

    OBJETIVOS:

    1. Veiculação de informações de caráter científico sobre questões relacionadas a sobrevivência independente de quais sejam as conclusões.

    2. Tradução de fontes de pesquisa em idiomas estrangeiros, notadamente o inglês.

    3. Discussão dos temas propostos.

    4. Os compromissos assumidos perante o Grupo deverão, em virtude da seriedade aqui exigida, ser cumpridos no prazo, salvo excepcionalidade de caráter pessoal.

  192. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 11:31 AM
    O Sr. foi banido dessa entidade?
    /.
    RESPOSTA: pedi para sair, mas na ótica do Visoni fugi da coça que me davam. Para conferir só acessando o conteúdo do ECAE, e, como o conteúdo do ECAE é vedado aos não iniciados… já viu, né?
    /.
    /
    “Era inoportuno?”
    /.
    RESPOSTA: acho não, mas frequentemente rebatia opiniões lá postadas. Entretanto, havia (e talvez ainda haja) gente bem pé no chão: O Everton, o Vidal, o Guilherme e, em bons momentos, o Julio, e mais um ou outro. O Vitor também tem seus momentos de brilhantismo, seja por algumas ideias saudáveis, seja pelo belo esforço de selecionar material para discussão (Espero não ser acusado de estar a desobedecer as ordens emanadas pelo Racional Superior)
    /
    /
    “Discordava dos dogmas constituintes da?”
    /.
    RESPOSTA: só…

  193. MONTALVÃO Diz:

    /
    MONTALVÃO DISSE: “muitos sites citam o “Fenômeno Magenta” como corroboração da paranormalidade do malandro Amiden.”
    .
    VISONI: Se interpretam mal o livro, paciência.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: deveras, só “interpretarão bem” se fizerem qual faz o Visoni: vista grossa para as grosseiras exaltações a um esperto.
    .

  194. Demóstenes Diz:

    Gorducho,
    /
    Psicoscópio
    /
    Sério? mesmo? Vc quer ir na reunião?
    /

  195. Gorducho Diz:

    Sei que quer encerrar e eu também, mas temos que esclarecer…
     
    CONSIDERAÇÃO: péra lá: um de nós tá confundido. Condenação ao homossexualismo, de que falei, está no trecho da Carta ao Romanos, quem citou a missiva aos Coríntios foi sua pessoa. Daí a dúvida que me surgiu…
    CONSIDERAÇÃO: imagina, euzinho traduzindo do grego? Pelo dito em Coríntios está claro, sodomia é pecado. Já vi quem dissesse que o termo, naqueles tempos, significava “bestialismo”, ou seja, relacionar-se sexualmente com animais. Desse modo, comer bundinha, desde que fosse de gente, podia (claro, nessa interpretação). Por outro lado, há que se averiguar se sodomia, na leitura mais aceita, fosse sinônimo de homossexualismo, o que, se for, mais uma vez libera o sexo anal hétero
    .
     
    Entendeu porque seria necessário se debruçar na tradução? Segundo a que o Sr. apresentou, está claro. Não interessa o que indivíduos disseram ou dizem na INTERNET ou em impressos.
    É isso.

  196. MONTALVÃO Diz:

    /
    MONTALVÃO DISSE: “Eu até escanearia a obra e a disponibilizaria limpinha, isso se houvesse perspectiva de render discussão produtiva.”
    .
    VISONI: Depois reclamam que não divulgo – ou divulgo pouco – pesquisas feitas no Brasil… anotado!
    /.
    CORRETO num ponto, a pretensão em passar a divulgar mais investigamentos nacionais é louvável. Mas… SE o assunto desperta pouco interesse do eleitorado, fazer o quê?
    .
    Também passo por isso quando prego aos quatro ventos a realidade do anãozinho gigante: ninguém dá muita atenção…

  197. Gorducho Diz:

    Se vão ensinar a operar o aparelho sim.
    Quem sabe se não nos conhecemos AVi, o Sr. e eu domingo de tarde na FEESP então?
    Depois tomamos uns chops…

  198. MONTALVÃO Diz:

    /
    CONSIDERAÇÃO: satanás e judas são dados como inarrependíveis… sinto-me penalizado…

    MATEUS, 27:[...]
    Isto não é arrependimento?
    /.
    DESDE QUANDO suicida é arrependido? Nem o espiritismo, nem o cristianismo aceitam.
    Judas fora premido pelo remorso, reação diferente da de arrepender-se.
    .
    (Mas, cá entre nós, bem baixinho: eu acho que ele se arrependeu e ficou tão vexado que não viu saída…)

  199. Gorducho Diz:

    Mas acho que trabalhos feitos cá interessam. O que não interessa é essas coisas da America, India, europa…

  200. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Sendo uma sociedade iniciática, seus membros são aceitos por convite expresso e integrados à irmandade universal, por uma cerimônia denominada iniciação.”
    /.
    QUANTOS CÁ receberam convites? E quantos dos convidados foram iniciados?
    .
    Pesquisa estatística…

  201. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Minha afirmação técnica, não tese, é: não interessa que seja torto desde que funcione direito.”
    /
    ☺ ☻ ☺ ☻ ☺ ☻ ☺ ☻

  202. Demóstenes Diz:

    Gostaria muito, mas infelizmente não disponho de capital.
    Quanto ao tal psicoscópio, lembrei da ficção. De tanto o pessoal da Motorola assistir Spock e capitão Kirk (Startrek), conseguiram inventar o “Startac”.
    .

  203. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Depois tomamos uns chops…” [enquanto psicoscamos as almas passantes com nossos equipamentos recém-adquiridos]

  204. Marciano Diz:

    Chegando do almoço e já saindo de novo, respondo ao Mestre Montalva:
     
    MONTALVÃO pergunta:
    QUANTOS CÁ receberam convites? E quantos dos convidados foram iniciados?
     
    Conversa pública, mantida aqui mesmo, portanto, não secreta:
     
    Marciano disse: Qual o seu grau?
    COMENTÁRIO: Cavaleiro do Real Arco
    Marciano disse: Estás ciente da palavra passada na cadeia da união ou está de quit placet
    COMENTÁRIO: Não estou de quit placet rs
    Marciano disse: De onde vens?
    COMENTÁRIO: Pertenço a GLESP
     
    Na íntegra aqui:
     
    http://obraspsicografadas.org/2014/ainda-lentulo-o-sufeta-resposta-a-nagipe-assuncao/&nbsp;
     
    Já estava no 13º grau, se não progrediu mais um, de lá para cá.
     
    Já eu, sou Cavaleiro Kadosh (18º ), mas só de mentirinha.
     
    Agora, vou para a reunião.
    Hoje vai ser passada a palavra semestral, na cadeia da união (não é xadrez, é cadeia).

  205. MONTALVÃO Diz:

    /
    Pra mim tava encerrado, mas só ilustrativamente:
    /
    ======================.
    Pastora Sarah Sheeva e sua opinião sobre sexo anal
    /
    https://www.youtube.com/watch?v=NCHp-VRCU2U
    /

    Célio Augusto4 meses atrás (editado)
    O termo traduzido como sodomia é “arsenokoitai” e vem da junção das palavras arseno= um homem e koitai= uma cama ou leito (conotação sexual). No caso a palavra sodomia refere-se ao homem que se “deita” com outro homem mesmo que apenas como “ativo”. Veja que quando os anjos chegaram na casa de Ló os homens desejaram estes anjos.
    Sodoma e Gomorra não foi destruída porque casais héteros praticavam sexo anal e sim por causa das orgias e praticas sexuais desenfreadas.
    ==============================.

  206. MONTALVÃO Diz:

    /
    AO CAIO FÁBIO, pergunta-se: “Sexo anal é pecado?”
    .
    Responde o pastor: “NÃO! Só é pecado se o outro não quiser…”
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=M8CxLZ3hX9o
    /
    Bem, morro no assunto aqui, antes que me julguem viciado na “coisa”…
    .
    A intenção é mostrar como ideias e interpretações variam…

  207. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Já eu, sou Cavaleiro Kadosh (18º ), mas só de mentirinha.”
    /.

    JÁ EU, sou da cavalaria desmontada (sem grau)…

  208. Gorducho Diz:

    Sodomia, s.f. Cópula anal.
    Pequeno Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa
    9ª edição
    Inteiramente revisada e consideràvelmente aumentada – sobretudo na parte de brasileirismos – por Aurelio Buarque de Hollanda Ferreira
    Editora Civilização Brasileira S/A
    Rio de janeiro – São Paulo – Bahia
    1951
     
    Como sempre dizemos: por cá pensamos. Não costumamos nem precisamos terceirizar nossos (poucos no meu caso…) neurônios.
    Novamente ressaltando que quem apresentou a tradução, foi o Senhor.

  209. Demóstenes Diz:

    Lendo um artigo sobre Sir Franz Anton Mesmer, lembrei me das palavras do Prof. Waldo Vieira, que sempre falava sobre “Apolônio de Tiana”. Não achei muito coisa, alguém tem notícia do Apolônio?

  210. Gorducho Diz:

    Foi um cara maior que Jesus Cristo…
    Quer saber o que? Onde ele reencarnou?

  211. Contra o chiquismo Diz:

    Montalva Pitter, essa música vai pra vc:
    .
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=cdhW6WpOauw

  212. Gorducho Diz:

    Sir Franz Anton Mesmer
    :o
     
    Vocês já transformaram o Mesmer em nobre :? ;

  213. Gorducho Diz:

    REAL ACADEMIA
     
    sodomía
    Del lat. tardío sodom?a, y este der. de Sod?ma ‘Sodoma’, ciudad que, según la Biblia, fue destruida por Dios a causa de la depravación de sus habitantes.
    1. f. Práctica del coito anal.

  214. Vinicius Diz:

    1. MONTALVÃO Diz:
    ESTE NÃO era, é ou foi, lutador de judô?
     
    acho que não. Lá na FEESP há um curso de filosofia espirita e ele foi um dos expositores e em determinada ocasião um aluno curioso questionou o motivo dele ter feito Filosofia depois de Contabilidade. Foi assim que eu soube que era filosófo formado pela USP.
     
    MARCIANO falou tudo: “27,3287% dos japoneses se chamam Watanabe”.

    ‘”Fiorini disse em 23/09/2008: para investigar e presenciar um aparelho semelhante em uma casa espírita de São Paulo, , o aparato eletrônico acoplado numa parede da sala mediúnica se comunicava acendendo aleatoriamente”
     
    Isso foi depois de lerem e estudarem André Luiz e Martins Peralva, provavelmente. Pena que não foram reproduzidas mais de 1.000 réplicas do aparelho. Se espíritos mexem nesses aparelhos, será que se comunicariam em um aplicativo Android?
    PS: vocês certamente devem saber que diversos médiuns de casas espiritas, antes de se tornarem os tais enchem a cabeça com obras de André Luiz nos cursos, com slides bonitinhos, com fantasminhas se movimentando etc.
     
    “O aparelho chicoxaveriano se destinava a “auscultação da alma”, enquanto que a invenção do Fiorini serve para “contatar espíritos”, tarefas grandemente distintas. Além disso, apesar de Chico Xavier não fazer referência a um aparelho eletrônico, visto que, na época em que ele redigiu o livro, não tinha conhecimento das minuaturizações que poucos anos depois se tornariam comuns, ainda assim, a máquina imaginada pelo médium era em tudo superior à do Fiorini”
    Brilhante, o aparelho do XAVIER é para bisbilhotar (como se não bastasse os encarnados)..
     
    GORDUCHO, tudo isso me lembra as fichas KARDEX daqui de SP!
    “ Imaginemos uma sociedade humana que pudesse retratar a vida interior dos seus membros… Isso economizaria grandes quotas de tempo na solução de inúmeros problemas psicoló¬gicos”
    Olha só a vontade enorme de controlar as outras pessoas não???
    No intimo CX queria poupar tempo e diminuir as filas de seu Centro talvez!
    “Era gente boa. Em termos de ideias, bem crédulo, mas pesquisava (fracamente) e buscava respostas.”
    Curiosidade: ele continua acreditando nesse tal psicoscopio?
     
    GORDUCHO diz “Segundo entendi, domingo pv. às 15:00h na FEESP haverá um curso no qual certamente ensinarão a operá-lo. Acho que deve ser entrada livre”
    A entrada será para alunos, membros de centros espiritas coligados e voluntários da FEESP. Quanto a operação, caro GORDUCHO, o máximo que farão : movimentar slides powerpoint cheios de paisagens bonitas, fotos do suposto AL, desenho do psicoscopio e que isso está na obra do CX. OLHA, sugiro que quem for, comece a fazer perguntas da plateia, quem sabe façam uma demonstração (Já vi algumas palestras parecidas e a plateia cochichando, alguns médiuns videntes dizendo que já viram nas salas dos cursos etc etc ) :mrgreen:
     
    “Marciano Diz: O resultado foi que ele era um pinguço que adorava embriagar mais ainda quem já se encontrava embriagado e mandava que bebêssemos em nome dele,”.
    E qual nome ele adotou lá no NL? Não me diga que é o tal governador???

  215. Contra o chiquismo Diz:

    Vinicius, e esse aparelho vende?? Tb quero um!

  216. Vinicius Diz:

    “Gorducho Diz: FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 11:46 AM Assista a palestra e confirmará.
    Agora ao ½ acessarei os sítios da Gol TAM Avianca Brasil & Azul pra ver se tem alguma promoção sábado de noite ou domingo cedinho de depois de noite, claro…”
    &nsbp;
    Recomendo que só viaje para cá se tiver outros passeios ou compromissos rs rs, não venha por causa da palestra. Haverá um papagaio lá repetindo AL e o tal do MARTINS PERALVA. Mas se vier mesmo, claro, dá uma passadinha lá (eu não vou , domingão, 1 dias depois de meu aniversário e minha irmã vai ter um bebezinho no dia do meu aniversário …).
    Na plateia e corredores o bom mesmo é a troca de conversas profissionais, as vezes até se arruma serviços e tal , é um “lado bom” desses encontros.
    Sabia que há curriculuns vitae que colocam “voluntário da ENTIDADE TAL desde XX/XX/XXXX e isso conta pontos a favor dependendo do recrutador :mrgreen:

  217. Gorducho Diz:

    Ainda bem que não cheguei a gerar o boleto!
     
    Será que já fizeram outros aparelhos, ou só tem aquele torto (mas que deve funcionar…).
     
    Sr. Administrador: vocês testaram o espiritoscópio lá no ECAE?
    Funciona direito :?:

  218. MONTALVÃO Diz:

    /
    Contra o chiquismo Diz:
    Montalva Pitter, essa música vai pra vc:
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=cdhW6WpOauw
    /.
    E ESTA VAI PRA TI…
    https://www.youtube.com/watch?v=1gk4VrbPgoc

  219. Vinicius Diz:

    “Contra o chiquismo Diz: FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 2:16 PM
    Vinicius, e esse aparelho vende?? Tb quero um!”
    Agora o preço despencou, a Universal comprou os royalties :lol:
     
    “A Igreja Universal do Reino de Deus tem um aparelhinho cuja lâmpada mede o grau de possessão demoníaca em fiéis. Uma foto do psicoscópio – esse seria o nome do instrumento – foi exibida ontem em Campo Grande (MS) pela desempregada Sueli Ferreira de Moura (foto), 42, que por sete horas se manteve acorrentada ao portão de um templo em protesto contra a igreja por ter submetido o seu filho de 17 anos à lavagem cerebral.”
     
    Mais absurdos leiam na integra:
    http://www.pulpitocristao.com/2010/05/universal-usa-aparelho-para-medir.html

  220. Vinicius Diz:

    “Gorducho Diz: FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 2:30 PM
    Ainda bem que não cheguei a gerar o boleto!”
    ué, mas e se eu estiver errado? o que eu falei são suposições (dos slides, das flores). Fizeram uma reforma no salão meu caro (em 2001 cadeiras de madeira, ninguem merece, hoje estofadas) .
     
    Dizem alguns mais antigos que há uma “lista interna” de pessoas que não são bem vindas lá… eu acho que é vero, pois alguns somem e aparecem em outros centros ligados a USE ou Aliança.

  221. Marciano Diz:

    Pastora Sarah Sheeva e sua opinião sobre sexo anal
     
    Não é a Baby Consuelo do Brasil?
     
    Sodoma e Gomorra não foi destruída porque casais héteros praticavam sexo anal e sim por causa das orgias e praticas sexuais desenfreadas.
    ==============================.
     
    Não era lá que eles comiam até os anjos do senhor?
     
    GÊNESIS, 1

    1 À tarde chegaram os dois anjos a Sodoma. Ló estava sentado à porta de Sodoma e, vendo-os, levantou-se para os receber; prostrou-se com o rosto em terra,
    2 e disse: Eis agora, meus senhores, entrai, peço-vos em casa de vosso servo, e passai nela a noite, e lavai os pés; de madrugada vos levantareis e ireis vosso caminho. Responderam eles: Não; antes na praça passaremos a noite.
    3 Entretanto, Ló insistiu muito com eles, pelo que foram com ele e entraram em sua casa; e ele lhes deu um banquete, assando-lhes pães ázimos, e eles comeram.
    4 Mas antes que se deitassem, cercaram a casa os homens da cidade, isto é, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados;
    5 e, chamando a Ló, perguntaram-lhe: Onde estão os homens que entraram esta noite em tua casa? Traze-os cá fora a nós, para que os conheçamos.
    6 Então Ló saiu-lhes à porta, fechando-a atrás de si,
    7 e disse: Meus irmãos, rogo-vos que não procedais tão perversamente;
    8 eis aqui, tenho duas filhas que ainda não conheceram varão; eu vo-las trarei para fora, e lhes fareis como bem vos parecer: somente nada façais a estes homens, porquanto entraram debaixo da sombra do meu telhado.
    9 Eles, porém, disseram: Sai daí. Disseram mais: Esse indivíduo, como estrangeiro veio aqui habitar, e quer se arvorar em juiz! Agora te faremos mais mal a ti do que a eles. E arremessaram-se sobre o homem, isto é, sobre Ló, e aproximavam-se para arrombar a porta.

     
    Conhecer, aí, significa enfiar o [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] ® no [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] ® repetidas vezes.
     
    Bem, morro no assunto aqui, antes que me julguem viciado na “coisa”…
     
    Depende de como és viciado. Se é fazendo com as mulheres ou fazendo com homens, ou ainda, deixando que façam contigo.
    Aí, papai do céu não gosta.
     
    De viciado para viado, basta tirar um c e um i.
    E introduzir alguma outra coisa.
     
    VINICIUS pergunta:
    E qual nome ele adotou lá no NL? Não me diga que é o tal governador???
     
    Infelizmente, não tenho contato com ele há quase dois mil anos.
    Acho que não é o governador de NL, tem cargo mais importante, governa o planeta Terra:
     
    Jesus, o Governador Espiritual do nosso planeta
    Amigos,
    A doutrina espírita nos ensina que Jesus é o Governador Espiritual do planeta Terra.
     
    Fonte:
    http://universoespirita.blogspot.com.br/2011/01/jesus-o-governador-espiritual-do-nosso.html
    Existem várias outras fontes.
    P A S T O R :!:
    A IURD plagiou o psicoscópio do cx?
    Pronuncie-se, por favor.
     
    VINICIUS, o psicoscópio não tem patente?

  222. Contra o chiquismo Diz:

    Oh no!!! The Montalva Pitter don’t burn!! Burn it?

  223. Vinicius Diz:

    “VINICIUS, o psicoscópio não tem patente?”
    O Instrutor AULUS iria registrar mas algum corrupto secreto em nosso lar vendeu a muamba pra IURD antes do registro. Ninguém ainda sabe quem é o cara lá. Pode ser até mulher.
    Se lá havia clandestinidade com relação a alimentos, porque não estender aos equipamentos de última geração??
     
    “Tudo isso provocou enormes cisões nos órgãos coletivos de “Nosso Lar”, dando ensejo a perigoso assalto das multidões obscuras do Umbral, que tentaram invadir a cidade, APROVEITANDO BRECHAS NOS SERVIÇOS DE REGENERAÇÃO, ONDE GRANDE NÚMERO DE COLABORADORES ENTRETINHA CERTO INTERCÂMBIO CLANDESTINO”

  224. Marciano Diz:

    PQP:!:
    Tem corrupto até no LAR DELES.
    Será que a MuLLa vai ser governador lá?
    Sem passar pelo umbral?

  225. Marciano Diz:

    Poltergeist maldito :!:

  226. Vinicius Diz:

    e a DILLMA vai tomar o lugar da Ministra Veneranda que está lá há 200 anos sabia?

    “É a entidade com maior número de horas de serviço na colônia e a figura mais antiga do Governo e do Ministério, em geral. Permanece em tarefa ativa, nesta cidade, HÁ MAIS DE DUZENTOS ANOS.”

    E nesse tempo todo não acabou com o intercâmbio clandestino???

     
    “Com exceção do Governador, a Ministra Veneranda é a única entidade, em “NossoLar”, que já viu Jesus nas Esferas Resplandecentes, mas nunca comentou esse fato de sua vida espiritual e esquiva-se à menor informação a tal respeito.”

  227. Gorducho Diz:

    Mas não tem como acabar: corrupção e malandragem sempre vai ter. Ainda mais que o governo lá é intransigente, faz os caras passarem fome tendo comida e tudo.
    É como o cigarro cá; viram a fábrica essa que vai fechar pelos impostos absurdos? Por mais que patrulhem e confisquem, com atitudes absurdas sempre vai vir do Paraguay.
    Como em NY que os muambeiros trazem de carro de estados circundantes onde o imposto de consumo é mais razoável.
     
    Eu não sabia que ela já tinha visto Jesus Cristo!
    Dr. Bezerra pelo jeito nem a Virgem maria viu, só tem acesso à Celina (ex-mãe do Emmânuel, acho).
     
    O Administrador não respondeu se eles testaram o psicoscópio. Deve estar ocupado fazendo uma lista de exercícios de estatística… :(

  228. Demóstenes Diz:

    Gorducho,
    /
    Só estou procurando saber mais a respeito de Apolônio de Tiana, desconheço completamente, em tempos de internet não se pode ler qualquer coisa. Já achei até a história de um mendigo apedrejado, não sei se Apolônio consentiu ou promoveu.
    /
    /
    Vitor,
    /
    Não sei se está na linha de pesquisa do blog, tem conhecimento da pesquisa Bernard Grad (RINDGE, 1983), uma pesquisa sobre cura pelo toque das mãos?
    O Dr. Bernard Grad, bioquímico e pesquisador de geriatria no McGill University’s Allen Memorial Institute, no Canadá.
    .
    fonte:
    .
    http://www.criticaespirita.blogspot.com.br/#!http://criticaespirita.blogspot.com/2012/12/agua-fluidificada-e-passes-curadores-o.html

  229. Marciano Diz:

    “Com exceção do Governador, a Ministra Veneranda é a única entidade, em “NossoLar”, que já viu Jesus nas Esferas Resplandecentes.
     

    Antigamente, ele não era metido assim.
     
    MATEUS, 11
    19 Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um homem comilão e beberrão, amigo dos publicanos e pecadores. Mas a sabedoria é justificada por seus filhos.
     
    MARCOS, 2
     
    Em seguida, pôs-se à mesa na sua casa e muitos cobradores de impostos e pecadores tomaram lugar com ele e seus discípulos; com efeito, eram numerosos os que o seguiam.
    Os escribas, do partido dos fariseus, vendo-o comer com as pessoas de má vida e publicamos, diziam aos seus discípulos: “Ele come com os publicamos e com gente de má vida? ”
    Ouvindo-os, Jesus replicou: “Os sãos não precisam de médico, mas os enfermos; não vim chamar os justos, mas os pecadores.”

    Marcos 2:15-17
     
    Quem te viu e quem te vê.
    O filho do homem já foi mais humilde, antes de virar espírita e GOVERNADOR.

  230. Marciano Diz:

    Da última vez que o vi, ele andava com publicanos, prostitutas, ladrões e cobradores de impostos.
    Agora, só aparece para alguns eleitos.
    Sujeito metido!

  231. Marciano Diz:

    Vejam como ele mudou:
     
    E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
    Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
    E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
    E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
    E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.
    Lucas 23:39-43
     
    Agora, só o Governador do NL e a ministra veneranda.
    Nem o pobre e caquético Bezerra consegue uma audiência.

  232. Gorducho Diz:

    A referência é A Vida de Apollonius de Tyana pelo Philostratus, Analista Demóstenes.
    Cá tem em espanhol (não se ofenda: é por se acaso &c…)
    http://www.venerabilisopus.org/…/243_filostrato-vida-de-apolonio-de-tiana.pdf

  233. Gorducho Diz:

    Saiu mal porque já baixa direto e não sei copiar o caminho; mas é neste Sítio
    http://www.venerabilisopus.org/
    caso tenha dificuldades c/o inglês tem a versão espanhol no canto superior direito da tela. Já baixa a obra completa em .pdf

  234. Gorducho Diz:

    Esse Bernard Grad nada mais é que o bom e velho mesmerismo, Analista Demóstenes. Agora os cientistas espíritas estão redescobrindo-o e repaginando-o como reiki &c.
    Será cômico se depois dos espíritas terem vencido a guerra contra os mesmeristas um pouco antes do Kardec entrar em cena, eles derem a volta por cima e os “espíritos” forem eliminados dos passes :lol: :lol: :lol: :lol:

  235. Gorducho Diz:

    Nos anos 60, o Dr. Bernard Grad essencialmente reproduziu as descobertas de Mesmer que energia curativa da imposição de mãos podiam ser transferidas à água. Grad entretanto foi além mostrando que esta energia sutil podia realmente estimular a taxa de crescimento de plantas, a taxa de cicatrização de feridas em camundongos, e a prevenção do bócio em animais suscetíveis. Os resultados de Grad com curas e cicatrizações aceleradas foram depois reproduzidos noutro laboratório.

    Vibrational Medicine
    The #1 handbook of subtle-energy therapies

    por Por Richard Gerber, M.D.
    3ª edição
    mais de 200000 exemplares vendidos
     
    https://books.google.com.br/books?id=z75rAwAAQBAJ&pg=PT294&lpg=PT294&dq=Bernard+Grad+magnetic+healing&source=bl&ots=izFLDeP-Ho&sig=f6JWgOPKEuPyvBi3izCZSeQo2Tc&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjeptLTrZHLAhUJjpAKHbxHBw0Q6AEINjAD#v=onepage&q=Bernard%20Grad%20magnetic%20healing&f=false

  236. Marciano Diz:

    Preciso escrever alguma besteira assim.
    200.000 exemplares dá uma grana.
    E como tem gente boba pra comprar essas porcarias.
    Vou escrever sobre energia coriônica, a energia do córion, que envolve ovos, placenta, etc.
    É a energia da vida.
    Espero vender 20.000, na primeira semana.
    Conto com todos aqui, na noite de autógrafos.

  237. Marciano Diz:

    Escrever sobre energia elétrica ou energia atômica não dá dinheiro.
    O negócio é escrever sobre energias que não existem, como energia psíquica, energia espiritual, energia sexual (essa deve bombar nas vendas), energia planetária, energia morfogenética…

  238. Vinicius Diz:

    Mas não é garantido que a ministra Veneranda tenha visto Jesus, parece-me fofocas de corredor de hospitais ou templos de NL. Veja que ela “nunca comentou” e se “esquiva”…
    “já viu Jesus nas Esferas Resplandecentes, mas nunca comentou esse fato de sua vida espiritual e esquiva-se à menor informação a tal respeito.”
    Não parece CX e os cientistas? Esquiva-se..
    Lá também mentem sobre as celebridades

  239. Vinicius Diz:

    Marciano eu ia falar para você marcar palestra apresentar seu livro a plateia e autografar, mas daí lembrei que vão querer os direitos autorais pro resto da vida para custear a sopa.
    É melhir fazer noite de autógrafos na Saraiva mesmo

  240. Vitor Diz:

    Oi, Demóstenes
    eu não conheço as pesquisas do Bernard Grad, mas ele publicou artigos em vários jornais científicos, então me parece um sujeito sério. Algumas de suas pesquisas parecem ter tido replicação independente, segundo esse artigo:
    .
    http://www.institutofao.com.br/content/artigos/novos-conceitos-sobre-a-agua-e-possibilidades-de-aplicacoes/novos-conceitos-sobre-agua.pdf

  241. Marciano Diz:

    Uma coisa, eu aprendi com cx: não confiar em espíritas.
    Eles vão exigir que eu doe os direitos para a FEB.
    Tá doido!
    Vou lançar pela Saraiva mesmo.
    O pessoal do blog ganha um exemplar com autógrafo, sem pagar nada, e ainda aproveita o coquetel de lançamento.

  242. Marciano Diz:

    No passado, alguns pesquisadores que estudavam os efeitos do campo magnético muitas vezes os relacionavam com a ação de sensitivos sobre diversos sistemas. No entanto, nas últimas décadas percebeu-se
    que as alterações observadas nesses sistemas deviam-se basicamente à presença de água nos mesmos. Dentre vários processos que podem alterar o comportamento da água líquida estão a ação de campos magnéticos e o processo de diluição sucessiva em soluções aquosas. :?: (homeopatia?) Existem várias evidências de que a água tratada em campos magnéticos possui propriedades diferentes da água não tratada. :?: (evidências?) Esse
    fato se deve ao enfraquecimento ou à quebra das ligações de hidrogênio entre as moléculas de água. (Imagino que moléculas de água são dipolos, com uma carga ligeiramente positiva num lado da molécula e ligeiramente negativa no outro, o que à molécula a propriedade de aglomerar-se com outras, permanecendo na fase líquida. Se não fosse por essa propriedade, se a molécula não tivesse as pontes de hidrogênio, não seria líquida na média da temperatura terrestre, mas gasosa, como acontece com outras moléculas não polares – pelo menos é isto que se ensina nos cursos de química) No processo de dinamização observa-se que soluções diluídas apresentam absorção de luz UV numa faixa de concentração em que o soluto não é mais detectado pelo espectrômetro, o que indica a absorção de luz por possíveis arranjos do solvente a partir das dinamizações.
    :?:
     
     
    Water is a Polar Molecule
     
    Key Concepts
    The water molecule, as a whole, has 10 protons and 10 electrons, so it is neutral.
    In a water molecule, the oxygen atom and hydrogen atoms share electrons in covalent bonds, but the sharing is not equal.
    In the covalent bond between oxygen and hydrogen, the oxygen atom attracts electrons a bit more strongly than the hydrogen atoms.
    The unequal sharing of electrons gives the water molecule a slight negative charge near its oxygen atom and a slight positive charge near its hydrogen atoms.
    When a neutral molecule has a positive area at one end and a negative area at the other, it is a polar molecule.
    Water molecules attract one another based on the attraction between the positive end of one water molecule and the negative end of another.

     
    Objective
    Students will be able to explain, on the molecular level, what makes water a polar molecule. Students will also be able to show in a drawing that the polar nature of water can explain some of water’s interesting characteristics and help explain its evaporation rate compared to a less polar liquid.
     
    http://www.middleschoolchemistry.com/lessonplans/chapter5/lesson1

  243. Marciano Diz:

    Interessante comparar ciência básica, de high school, com a pseudociência.

  244. Marciano Diz:

    Se fosse possível mudar as propriedades da molécula da água, como é sugerido, o que aconteceria é que ela evaporaria a uma temperatura muito baixa.
    Ou isso, ou quero voltar a fazer o vestibular para ser reprovado em química.

  245. Marciano Diz:

    Polar molecules eletrically attract one another and as a result are relatively difficult to separate. In other words, polar molecules can be thought of as being “sticky”, wich is why it takes more energy to separate them and let them enter the gaseous phase.
    For this reason, substances composed of polar molecules typically have higher boiling points than substances composed of nonpolar molecules.
     
    Water boils at 100 degrees C, while carbon dioxide boils at -79 degrees C.
     
    There’s a difference of 179 degrees C, and the carbon dioxide molecule is twice as massive as water molecule.

  246. Marciano Diz:

    Sugiro que nos próximos ENEMs sejam substituídas as matérias física e química por pseudofísica e pseudoquímica.

  247. Marciano Diz:

    Com essa, eu aloprei.
    Vou pegar um livro de química e outro de física e estudar um pouco, antes que eu emburreça de vez.
    Ler essas maluquices emburrece.

  248. Marciano Diz:

    Vejam as verdadeiras propriedades das moléculas da água neste pdf, da UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE:
    http://www.uff.br/ecosed/PropriedadesH2O.pdf
    Vejam se faz algum sentido esse outro pdf, o da replicação da maluquice sem sentido.

  249. Gorducho Diz:

    Que campos magnéticos de verdade (não os imaginários dos espíritas) aplicados a um volume d’água provoquem alterações nos clusters de moléculas não vejo nada de espantoso.
    A questão é: quanto tempo duram essas alterações relativamente a distribuições médias de clusters encontradas n’águas não previamente magnetizadas pela agitação das moléculas (temperatura).
    Que essas modificações possam afetar solubilidade dalgumas substâncias e condutividade elétrica (por quanto tempo após a cessação do campo?) também não vejo nada espantoso.
     
    Só não vejo correlação com imposição de mãos e com as sucussões homeopáticas onde não restam moléculas da tintura mãe.

  250. Marciano Diz:

    A maluquice reside nisto:
    A atração eletrostática entre as cargas positivas parciais dos átomos de
    hidrogênio e a carga negativa parcial do átomo de oxigênio resulta na formação de
    uma ligação denominada “ponte” de hidrogênio. Tais ligações permitem a união
    entre as moléculas de água. Sem as pontes de hidrogênio, a temperatura de
    ebulição da água poderia chegar a -80ºC, existindo na superfície terrestre
    somente na forma gasosa.
    Trecho do pdf que linkei acima.
    Agora vou parar de ler besteiras, antes que emburreça de vez.

  251. Marciano Diz:

    Tenho um monte de livros americanos de física e química, dizendo exatamente a mesma coisa.
    Chega, por hoje!
    Saco tem limite.

  252. Marciano Diz:

    A atração eletrostática entre as cargas positivas parciais dos átomos de
    hidrogênio e a carga negativa parcial do átomo de oxigênio resulta na formação de
    uma ligação denominada “ponte” de hidrogênio. Tais ligações permitem a união
    entre as moléculas de água. Sem as pontes de hidrogênio, a temperatura de
    ebulição da água poderia chegar a -80ºC, existindo na superfície terrestre
    somente na forma gasosa.

  253. Marciano Diz:

    Voltei somente para acrescentar que se fosse possível (e não é!) mudar as propriedades da água, como sugere o “estudo” replicado, nem a osmose seria possível.
    Praticamente não existira vida na Terra.
    Adeus água líquida, adeus tensão superficial.

  254. Gorducho Diz:

    Ou seja, teríamos nas águas “comuns” uma certa distribuição de clusters que poderíamos fazer analogia com os grãos da estrutura cristalográfica da metalurgia.
    Ao aplicar campos magnéticos externos, haveria rearranjo dessa configuração “natural” de clusters, que em princípio deve ser função do campo B(t) incidente sobre o volume de controle.
    Seria como fazer tratamento térmico ou modificar o processo de solidificação nos metais.
    Até aí tudo bem…
    Mas esse rearranjo de clusters persiste após extinto o campo? Por quanto tempo?
     
    E até aí seria física e química. Nada a ver com imposição de mãos ou com preces & métodos correlatos.

  255. Gorducho Diz:

    Que a disposição de clusters moleculares da água
    http://www1.lsbu.ac.uk/water/images/anick_water_clusters.gif
    seja modificada por campos magnéticos – de verdade, não produzidos por preces…- não vejo nada espantoso.
    E que então propriedades físico químicas sejam correspondentemente modificadas também não.
    Nada a ver com cura por imposição de mãos e homeopatias cá…

  256. MONTALVÃO Diz:

    /
    Contra o chiquismo Diz:

    Oh no!!! The Montalva Pitter don’t burn!! Burn it?
    /.
    Sure, don’t burn!
    And you? Burn it?

  257. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    Pastora Sarah Sheeva e sua opinião sobre sexo anal

    Não é a Baby Consuelo do Brasil?
    /.
    NOT, she the daughter…

  258. MONTALVÃO Diz:

    /
    Bem, morro no assunto aqui, antes que me julguem viciado na “coisa”…
    /
    Depende de como és viciado. Se é fazendo com as mulheres ou fazendo com homens, ou ainda, deixando que façam contigo.
    /.
    QUALÉ… e faça a exegese correta: “antes que me julguem viciado”, não que eu o seja, desentendeu?
    /
    Pra ficar claro, atualmente nem com mulheres… com homens? Não me apetece… nada contra quem achegado, mas não fui dotado desse apreciamento. Então, se alguém aqui for dado ao esporte, dou o maior apoio, só não me convide.
    .
    As considerações foram em âmbito filosófico-religioso e quem começou foi o bispo.

  259. Demóstenes Diz:

    Agradeço as respostas e os links, vou ler todos, lembrando que a pesquisa de Bernard Grad não ficou somente na água, pelo que entendi, também o efeito direto da imposição das mãos.
    .
    E o artigo do blog críticaespírita, faz uma crítica à água fluída usada nos centros espíritas.
    “Pode-se, ainda, considerar que o termo água fluidificada seja equivocado, pois a água, como definição física, já é um fluido. O termo surgiu no MEB – Movimento Espírita Brasileiro -, e o entendimento é de que água magnetizada seria aceito, porque a água não é capaz de reter campos magnéticos, mas ela pode ser magnetizada, segundo as pesquisas realizadas.”

  260. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    [citando] “No passado, alguns pesquisadores que estudavam os efeitos do campo magnético muitas vezes os relacionavam com a ação de sensitivos sobre diversos sistemas.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: começou “bem”, se tem ação de “sensitivo” tem caroço no angu…
    /
    Domingo, meus cachorros brigaram e fui apartar. Consequência: tomei uma mordida no dedo, que ficou sensitivo. Será que com ele consigo agir sobre a água fazendo dela qualquer outra coisa igual que não seja diferente?
    /
    /
    “No entanto, nas últimas décadas percebeu-se
    que as alterações observadas nesses sistemas deviam-se basicamente à presença de água nos mesmos.”
    /
    CONSIDERAÇÃO: fato: a presença ou não de água muda tudo…
    /
    /

    “Dentre vários processos que podem alterar o comportamento da água líquida estão a ação de campos magnéticos e o processo de diluição sucessiva em soluções aquosas. :?: (homeopatia?)”
    /
    CONSIDERAÇÃO: aqui me parece um tanto de homeopatia com magnetismoterapia (não confundir com magnetoterapia, que é quase a mesma coisa, mas um dedinho diferente). Só que essa “diluição sucessiva em soluções aquosas” é um trem bem meio esquisito…
    /
    /

    “Existem várias evidências de que a água tratada em campos magnéticos possui propriedades diferentes da água não tratada. :?: (evidências?)
    /
    CONSIDERAÇÃO: pois é: evidências, onde estás que não as vejo?
    /
    /
    “Esse fato se deve ao enfraquecimento ou à quebra das ligações de hidrogênio entre as moléculas de água”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: outra teoria teórica postula que o fato se deve à ação magnética a nível elementar, que se expande ao adentrar no estádio molecular, intensificando o fenômeno de repulsão. Como é sabido, e está cientificamente provado, a face repulsiva do magnetismo é mais intensa em âmbito micro. Assim, expandindo-se os espaços intermoleculares, forma-se a chamada “água gorda”, que possui propriedades terapêuticas que vão desde a decantação até a desopilação.
    /
    Aqui encerramos mais um capítulo de nosso curso de Ceências…

  261. Contra o chiquismo Diz:

    Montalva Pitter: BURN NEVER!!!! Nessa música aos 10 segundos o Kid Moringueira responde por mim:
    .
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=w35ydFZtkc8

  262. Marciano Diz:

    “Esse fato se deve ao enfraquecimento ou à quebra das ligações de hidrogênio entre as moléculas de água”
    /. 
    Se houvesse apolarização das molécuals da água ela ferveria até 80 graus C abaixo de 0;
    Os efeitos gerados por um microondas somente duram enquanto a água aumenta sua energia potencial, girando como pás de ventiladores, e transmitindo energia cinética para outros compostos contidos no forno, mas aessas ligações voltam o normal assim que cessa o campo magnético.
     
     
    Imaginem alguém que vai fazer um ressonância magnética.
    O operador manda tirar relógios, próteses dentÁrias, anéis, objetos metálicos, relógios, e o alto campo magnético muda toda a 70% de água que existe em nossos corpos.
    Nuda alguma coisa?
    Mudam as propriedades físico químicas da água?
    Mudança permanente?

     
    Ainda que fosse, volta tudo ao normal, assim que desligar o aparelho.
     
    Quero fazer um chá com um microondas, o qual bota as moléculas polares da água para girar como um ventilador, por causa do efeito bipolar. Ela choca-se com outras moléculas e lhes transfere a energia cinética. Esquenta.
     
    E depois, conserva alguma propriedade sinistra, de filme de terror B?
     
    O que estão ensinando de diferente da UFF?
     
     
    Se as pontes de hidrogênio deixassem de existir, as moléculas da água seriam apolares e ferveriam a 80 graus abaixo de zero.
    Ficaria difícil fazer fotossíntese, osmose, chuvas não existiriam mais, ciclo das águas.
    Que palhaçada é essa?
    Esses “estudos” são para enganar pessoas com zero de conhecimento de físico química, com alto grau de ingenuidade e de insatisfação com a vida, para nerds que querem descobrir um novo universo onde a gente faz um curso de duas semanas e vira o superhomem.
    Falar de crendices populares aqui diverte, mas falar de pseudociência aborrece demais.
    Para até o DPF, com as crianças índigo e Alcyone.

  263. Marciano Diz:

    Zombar da credulidade pública deveria ter um limite.

  264. Marciano Diz:

    O que acontece com a água (70%) em nossos corpos, quando nos submetemos a uma ressonância magnética, com um campo tão forte?
    Absolutamente nada, desde que você tive o relógio, a prótese dentária, o anel, o piercing e qualquer objeto metálico.
    O que se sente durante o exame?
    Nada.
    A finalidade do exame é de mudar as propriedades físico-químicas da água que compõe quase a totalidade de nossos corpos?

  265. Marciano Diz:

    Experimentem diluir ceras e gorduras com água pura.
    Experimentem pegar um livro velho, que quando estudavam no segundo grau, e releiam tudo sobre matemática, física, química, biologia, com atenção, desta vez.
    Experimentem deixar de ser bobos.

  266. Marciano Diz:

    Leiam o pdf da UFF, sobre propriedades da água, suas propriedades moleculares, suas moléculas bipolares.

  267. Marciano Diz:

    Querem alguma alteração de verdade?
    Bebam água com cianureto de potássio.
    Ou misturem com cicuta.

  268. Gorducho Diz:

    Nesse trabalho
    Investigation of changes in properties of water under the action of a magnetic field por
    PANG XiaoFeng (1,2) & DENG Bo (1)
    1 Institute of Life Science and Technology, University of Electronic Science and Technology of China,
    Chengdu 610054;
    2 International Centre for Materials Physics, Chinese Academy of Sciences, Shenyang 110015
    mostra-se o que eu falei acima. A magnetização da água, i.e., a alteração na configuração dos clusters, terá um período de permanência após a remoção do campo externo.
    Água purificada (MILLIPORE Simplicity) @ 25°C
    4400G (existe a saturação)
    durou 60′, i.e., 1 hora.
    [pg. 1627 do papel]
     
    Bye bye delírios metafisico-religiosos de homeopatas & mesmeristas.
    ——————————————————————————————————————————————–
    By the way, posso me enganar, mas em chineses tenho mais confiança porque pelo menos em instituições oficiais o governo não tolera a interferência de postulados metafísicos na física, acho.

  269. Gorducho Diz:

    Domingo, meus cachorros brigaram e fui apartar. Consequência: tomei uma mordida no dedo
     
    Só tem uma solução pra cachorro manso: balde d’água fluida (fluidificar ela não adianta nada…).
    Pra cachorro brabo só tampar o nariz mas é difícil segurar, ou mangueira d’água (também fluída, também fluidificar não adianta) no nariz se der tempo e ela estiver enxufada na torneira. Se for providenciar tudo isso o outro já era :(

  270. Vinicius Diz:

    “-“155. Gorducho Diz:fevereiro 24th, 2016 às Quais hotéis seriam convenientes, ou nas redondezas ou com fácil acesso pelo metrô, Analista Vinícius”
     
    Não vai mais vir GORDUCHO? Se vier pesquiso os hotéis para você e há um metrô há 10 minutos da FEESP.
    Lembre-se: eu apenas supus que vai ser assim a palestra, pode ser que façam práticas vai saber!
     
    Estaremos em um auditório que cabem 1000 pessoas, não é possível que pelo menos 5 consigam fazer essa coisa funcionar de verdade (não só com respostas “sim” ou “não”, quero aquele do AULUS que detecta tudo: quem comeu quem , quem é malvado, quem é bonzinho e o etc..)
     
    Lá também o patrono é o Dr.Bezerra, quem sabe ele venha ao nosso auxilio operar essa mer…. cadoria.
     

    FEVEREIRO 24TH, 2016 ÀS 12:24 PM
    Quem sabe se não nos conhecemos AVi, o Sr. e eu domingo de tarde na FEESP então?
    Depois tomamos uns chops”.
    Chops e cigarro tem que ser longe da FEESP. Espiritos com psicoscopios lhe deduram aos dirigentes que você bebeu e fumou… e depois ainda fazem registros nas fichas KARDEX.
     
    O DEMOSTENES , quando for presidente de Centro , vai poder manejar o psicoscopio e assim ver quem vai tentar lhe passar a perna antes disso acontecer, aí sim hein?! Em reuniões de conselhos fiscais, doutrinários vai poder saber quem é o JUDAS da turma. OU os JUDAS…

  271. Vinicius Diz:

    “Gorducho Diz: FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 9:13 AM
    Domingo, meus cachorros brigaram e fui apartar. Consequência: tomei uma mordida no dedo”
     
    Será que há centros que dão passes em animais domésticos? Fiquei curioso agora.

  272. Gorducho Diz:

    Não vai mais vir GORDUCHO?
     
    O Sr. disse que eles não vão ensinar usar na prática o aparelho. Isso é o que me interessa; não vou arriscar R$ 2000+, chegar lá e for o padrãozinho das preces e pronunciamento do dr. Bezerra sobre a necessidade de amarmos Jesus.
     
    SR ADMINISTRADOR: AFINAL VOCÊS TESTARAM OU NÃO O PSICOSCÓPIO NAS REUNIÕES CIENTÍFICAS DO EADE :?:
    #ª vez que pergunto…

  273. Vitor Diz:

    Que EADE? É ECAE. Não, ninguém testou o psicoscópio. Acho que só o Fiorini tem um aparelho sim.

  274. Vinicius Diz:

    VITOR, e o ECAE poderia mandar alguns lá na palestra Domingo? Se tiver membros de SP melhor.
    o aparelho do Fiorini tem sido levado para experiências práticas?

  275. Vitor Diz:

    Oi, Vinivius
    há muito que a gente não tem contato com o Fiorini, ele sumiu.

  276. Vinicius Diz:

    Gorducho Diz: FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 9:13 AM
    Domingo, meus cachorros brigaram e fui apartar. Consequência: tomei uma mordida no dedo”
     
    Levem seus cães para ficarem mais tranquilos. Eu vou ver se levo meu aquário de 96 litros para lá, morreram 3 peixes e só sobrou 1 . Não quero que esse 1 morra logo…
     
    Centro espírita de SP que dá passe em animais faz 2.500 atendimentos mensais(..) aos domingos, rua fica lotada de carros e há até fila de espera na calçada.
     
    Como é de praxe no primeiro atendimento no centro, cão e dona acompanharam uma palestra que durou cerca de 15 minutos. Os frequentadores também são convidados a cantar a oração de São Francisco de Assis, padroeiro dos animais.
     
    A veterinária Sandra Denise Calado, de 43 anos, uma das fundadoras e atual presidente do Asseama, diz tratar mais de 18 mil animais a distância por meio de orações nominais e mentalizações.
     
    Após a espera, cão e dona foram encaminhados para o chamado plantão fraterno, onde o animal recebeu o passe – prática de troca de energias espirituais praticado na filosofia kardecista
     
    O retorno semanal é parte importante do tratamento espiritual, segundo Sandra. Além disso, donos e ANIMAIS RECEBEM ÁGUA FLUÍDICA para continuar o tratamento em casa.
     
    Apesar de encontrar solo fértil entre os donos de animais adoentados, A IDEIA DE DAR PASSES EM ANIMAIS ENCONTRA RESISTÊNCIA NO MEIO ESPÍRITA. Segundo Marta Antunes, vice-presidente da Federação Espírita Brasileira (FEB), os animais não têm “razão” e “livre-arbítrio”, não estando aptos a receber os benefícios do passe.
     
    Já a veterinária Tatiana Pelucio, assessora técnica do Conselho de Medicina Veterinária de São Paulo, diz que não existe comprovação cientifica de que os passes podem curar os animais, mas não descarta os benefícios da prática
     
    Existem ESTATÍSTICAS que demonstram que animais submetidos ao passe somado ao tratamento veterinário tiveram uma melhora frente àqueles que só fizeram tratamento físico. MAS NÃO SABEMOS SE A CAUSA DA MELHORA FOI A FÉ DOS DONOS OU SE HÁ DE FATO A QUESTÃO DA ENERGIA. O QUE A GENTE FRISA É QUE NENHUM TRATAMENTO ESPIRITUAL PODE SUBSTITUIR O FÍSICO”, diz.
     
    Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2015-03-10/centro-espirita-de-sp-que-da-passe-em-animais-faz-2500-atendimentos-mensais.html

  277. Gorducho Diz:

    Estatística fisheriana ou baynesiana :?:

  278. Contra o chiquismo Diz:

    Gorducho, não seria mais interessante tentar assistir as sessões de ‘materialização’ do Frei Luiz? (aquele mesmo centro que mataram o ‘medium’ e não foram os ‘espiritos’ que fizeram o serviço) Quando pretende dar o ar da graça aqui no RJ? Tem tb o centro Leon Denis que o ‘médico alemão’ dr hemann (ou o falecido dirigente Altivo – esse sem graça) fala todo sábado as 20h… o ‘médico’ alemão é um barato! “Prrezadoxx irrrmãouxxx em crrrixto, extamuxx vivendu um momentu de grrandex conflitoxxx…”

  279. Gorducho Diz:

    Condição essencial p/experimentos de materialização é eles serem feitos em local neutro, tipo como uma sala comercial com banheiro e pequena cozinha, claro. Pena que o Sítio não comporte imagens, senão postaria fotos dum local como considero apropriado.
     
    A cabine de materialização fica num canto nu e sem aberturas do recinto. Dai vai a cadeira e crucifixo e/ou velas se o médium exigir; mas tudo providenciado por nós céticos.
    Ou seja: tudo que adentrar o local, o é por nosso intermédio.
    As câmaras IR e a central de controle seria instalada por uma empresa de segurança (hoje tudo que é prédio tem de sorte que as há às dezenas).
    O médium veste uma bata hospitalar (tenho conhecidos que as fabricam…) acompanhado por um de nós do mesmo sexo, claro.
    É isso.

  280. Gorducho Diz:

    Será que CX nunca psicofonizou o Emmânuel?
    Porque ele tinha (visto que agora já reencarnou) que ter um sotaque misto de pt_PT com latim :lol: :lol: :lol: :lol:

  281. MONTALVÃO Diz:

    /
    MONTALVÃO DISSE: “Se ele (Krippner) proferisse algo mais ou menos assim: “não posso deixar de registrar que Amiden me impressionou: infelizmente, minha experiência como pesquisador mostra que os que ostentam poderes paranormais intensos, por regra, são simuladores. Falo em termos gerais. Especificamente, no que diz respeito a Amiden, nada de seguro posso afirmar. Necessito de mais experimentações, o quanto suficiente, até obter parecer devidamente fundamentado.”
    Se apresentasse discurso nessa linha, aí sim, seria posição sadia e estaria perdoado pelo deslumbre ingênuo que o dominou: porque, mesmo fascinado, estaria mantendo a prudência cética.”
    /.
    VISONI: Na página 113 do livro é dito que o enfoque do 4º relatório é hermenêutico. A hermenêutica “enfatiza a interpretação dos significados como experimentados pelo indivíduo”. A página 114 também é bastante elucidativa sobre tal ponto. Está dito explicitamente que não vão usar o discurso do crítico em oposição ao cultural, e sim a abordagem junguiana. Em suma, vc reclama que o pesquisador não abordou da forma que você queria quando está dito explicitamente que não iam usar tal abordagem. E mesmo assim o livro está cheio de “aparentemente”, “presumivelmente” …
    /.
    CONSIDERAÇÃO: o pronunciamento que faz explicita quão dificultosa seria discussão produtiva com sua pessoa a respeito das trapalhadas dessa investigação, exemplificativa do que se faz na área. Pra quê envolver o pobre Jung na história (sei, não foi você quem o fez, mas está apoiando o responsável) se o problema está pura e simplesmente em achar na obra indicação de que houve suspeita de ter ocorrido fraude?
    .
    Esforce-se por entender o seguinte: os camaradas, tudo com phd e o cacete em investigação psíquica, lá estiveram a observar o testando, em vinte encontros(!) e nada lhes fez soar o alarme antifraude! Entenda isso e compreenda que o bagulho é muito doido! Não queriam melindrar a figura? Tudo bem, fizessem referências moderadas, não taxativas. Mas, nada, nada, nada: nadica de nadinha.
    .
    Aí vem você defender:
    ===================.
    “não, essa simpliciade que sua ingenuidade postula (falando de minha ingenuidade) não cabe na complexidade do evento: há a hermenêutica que interpreta significados, há Jung que apoia tudo isso: ou vai dizer que nunca ouviu falar em ocorrências síncronas?
    “Essa de ver alguém entortar colheres, fazendo uso da paranormalidade, e logo pensar em fraude é tratar o assunto simploriamente. Tem que considerar o simbolismo envolvido, a arquetipologia adequada, bem assim a significância social de uma pessoa que se sente interface entre a dimensão conhecida e energias inteligentes provindas de outras esferas…”
    ===================.
    .
    Coisas parecidas você já diz sem ter o livro lido, imagina se o lesse? Debater nessa circunstância seria como pôr um vírus da zica a conversar com um vibrião sobre solução para o problema da violência urbana.
    .
    Se o óbvio não lhe penetra, nada mais penetrará…

  282. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Querem alguma alteração de verdade?
    Bebam água com cianureto de potássio.
    Ou misturem com cicuta.
    /
    EXPERIMENTEM também: “água gorda”, “água Velva”, “água inglesa”, “água pancreática”, “água aguada” e até a água liquefeita de H2O… como se pode ver: água não é mole não…

  283. Gorducho Diz:

    Pra nossa bancada nada de novo, todo caso…
     
    http://super.abril.com.br/ciencia/agora-e-oficial-homeopatia-nao-funciona

  284. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Só tem uma solução pra [briga de] cachorro manso: balde d’água fluida (fluidificar ela não adianta nada…).
    Pra cachorro brabo só tampar o nariz mas é difícil segurar, ou mangueira d’água (também fluída, também fluidificar não adianta) no nariz se der tempo e ela estiver enxufada na torneira. Se for providenciar tudo isso o outro já era”
    /.
    COMO DIRIA O VISONI: não é tão simples, e a situação ideal nem sempre está presente, e mesmo que esteja o condutor nem sempre consegue pensar friamente.
    .
    Vinagre também funciona, álcool idem (mas este ofende mais os sentidos do animal); interpor algo sólido entre eles, como um balde, costuma funcionar. Pegar algo barulhento e barulhá-lo junto dos brigões tende resolver.
    .
    Agora visualize a situação. Tenho duas cadelas que começaram a se desentender, então as separei porque estavam se machucando. Domingo resolvi ressocializá-las. Pus uma delas na garagem, fechei a porta que dá acesso a casa e fui buscar a outra, mais o macho: os três iriam naquele passeio (faço quatro viagens).
    .
    Para evitar surpresas, a segunda fêmea pus na guia, igualmente o macho, que é brigão e não pode andar solto na rua.
    .
    Tudo certinho. Antes de abrir a porta deixei as duas se cheirarem pela grade. Rosnaram um pouquinho mas não pareceu nada ameaçador. Abri o portão e fomos para fora.
    .
    Nem pude pensar em Deus e a duas estavam emboladas. Quando conseguia apartar, a que estava solta voltava à luta. E eu estava com a outra mão segurando o macho, pois havia um cão de rua próximo, que costuma vir comer lá em casa, e se o soltasse ele iria atacá-lo.
    .
    DE repente o macho resolve entrar no combate e agora tinha três brigões engalfinhados.
    .
    Como pensar em água, vinagre, álcool… em tal situação?
    .
    Tentei pegar a que estava solta pela coleira, para puxá-la longe da desafeto, mas quando ela sentiu o toque de minha mão deve ter achado que estava sob ataque e reagiu.
    .
    Então o quadro era este: lá estava eu, com o dedo sangrando (deve ter saído uns cinco litros) e com três cães se mordendo sem que nenhum pretendesse desistir da refrega.
    .
    E eu estava sozinho, ninguém próximo que me ajudasse.
    .
    Encrenca, não?

  285. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Será que há centros que dão passes em animais domésticos? Fiquei curioso agora.”
    /
    VEJA EM:

    http://www.asseama.com.br/atividades/assistencia_espiritual_vibracoes_a_distancia.asp

  286. MONTALVÃO Diz:

    /
    Desculpe-me Vinicius, não vi que você já havia achado a Asseama…

  287. Gorducho Diz:

    E depois que brigam nunca mais pode ficar juntos. Vai ter que separá-las dentro de seus domínios territoriais (casa + pátio).
    E depois os outro se metem na briga: fica generalizada.

  288. MONTALVÃO Diz:

    /
    Contra o chiquismo Diz:
    Gorducho, não seria mais interessante tentar assistir as sessões de ‘materialização’ do Frei Luiz? (aquele mesmo centro que mataram o ‘medium’ e não foram os ‘espiritos’ que fizeram o serviço) Quando pretende dar o ar da graça aqui no RJ?
    /.
    PAGO duas mariolas, três rapaduras e um copo de Qsuco para quem conseguir acompanhar sessão de materialização no Frei Luiz.
    Anotem para cobrar quem tiver sucesso…

  289. MONTALVÃO Diz:

    /
    “A cabine de materialização fica num canto nu e sem aberturas do recinto. Dai vai a cadeira e crucifixo e/ou velas se o médium exigir; mas tudo providenciado por nós céticos.”
    /
    PUGNAR PELA eliminação da cabine (que é onde a fraude é perpetrada), ou que se permita a instalação de câmaras em seu interior.

  290. Vinicius Diz:

    “MONTALVÃO Diz: fevereiro 25th, 2016 às 1:58 PM http://www.asseama.com.br/atividades/assistencia_espiritual_vibracoes_a_distancia.asp
     
    Essa é pior que a tal evangelização dos bebezinhos de 0 anos e 1 mês
     
    KKK Montalvão, poupou-me o trabalho de levar meu aquário até lá.
     
    Tem até pinguim ao lado de Kardec!
     
    “Se o tutor (dono) não puder estar em casa em nenhum desses horários, deve deixar as garrafas de água fechadaspróximo ao animal (pode ser apenas no mesmo ambiente, não precisa ser ao lado dele) e realizar o Evangelho no Lar junto com o animal, pela manhã, antes de sair de casa. Dessa forma, estará preparando o ambiente para que a equipe espiritual possa adentrar o lar.

    No caso de acontecer de não poder realizar o Evangelho pela manhã, o tutor deve realizar uma prece (pode ser a oração de Francisco de Assis) com o animal antes de sair de casa, e, ao retornar, realizar o Evangelho no Larimediatamente, juntamente com o animal.

    2. Coloque duas garrafas de água para fluidificar, identificadas, uma com o nome do animal e outra com o nome do tutor (não é necessário destampar)”
     

    Lá se pede um nome para o animal, digamos que eu veja na rua um vira-latas anônimo mancando, como proceder?
     
    Vou levar um papagaio que repete a palavra “mentira” mentira” “mentira” para tomar um passe lá

  291. Marciano Diz:

    Domingo, meus cachorros brigaram e fui apartar. Consequência: tomei uma mordida no dedo
     
    Quando eu tinha cachorros e eles brigavam, eu jogava um balde de água na fase líquida (não fluidificada, nem magnetizada ou benta) e dava certo, na maioria das vezes.
     
    Cachorros têm o hábito malvado de morder o pescoço do outro. Mantém a mordida e sacodem vigorosamente a cabeça, fazendo atrito das patas contra o solo, mostrando, com isso, grande conhecimento de mecânica, necessários para dilacerar o pescoço do oponente.
     
    Quanto mais próxima a água estiver do ponto de fusão ou vaporização, melhor para terminar a briga.
     
    Espiritos com psicoscopios lhe deduram aos dirigentes que você bebeu e fumou…
     
    E o beberrão FG, aquele da festa regada a vinho em Cana?
     
    Este, olhe:
     
    MATEUS, 11
    19 Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um homem comilão e beberrão, amigo dos publicanos e pecadores. Mas a sabedoria é justificada por seus filhos.
     
    Note que é a palavra do senhor que o reconhece como beberrão, além da farra na festa de casamento, a pedido de maria, sua querida mãezinha, como eu já transcrevi aqui e todos devem conhecer.
     
    1. Vinicius Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 9:55 AM
    VITOR, e o ECAE poderia mandar alguns lá na palestra Domingo? Se tiver membros de SP melhor.
    o aparelho do Fiorini tem sido levado para experiências práticas?
     
    Excelente pergunta!
    Se o pessoal do ECAE saísse da teoria e experimentasse em laboratórios, talvez ficassem menos teóricos.
     
    Vitor Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 9:55 AM
    Oi, Vinivius
    há muito que a gente não tem contato com o Fiorini, ele sumiu.
     
    Sem problema! O que não vai faltar na FEESP é psicoscópio e gente que saiba manejá-lo (ou seria espiritá-lo? – afinal, não deve ser com as mãos, deve ser com a projeção perispirítica da pineal).
     
    Levem seus cães para ficarem mais tranquilos. Eu vou ver se levo meu aquário de 96 litros para lá, morreram 3 peixes e só sobrou 1 . Não quero que esse 1 morra logo…
     
    Esses peixes de aquário “vivem” morrendo.
    Eu pensava que fosse algum problema com o magnetismo da água ou sua fluidez, mas mesmo que ela seja convenientemente oxigenada, desmagnetizada e fluidificada, além de benta, eles insistem em morrer cedo.
    Fishes lifespan sucks!
     

    Centro espírita de SP que dá passe em animais faz 2.500 atendimentos mensais(..) aos domingos, rua fica lotada de carros e há até fila de espera na calçada.
     
    Como é de praxe no primeiro atendimento no centro, cão e dona acompanharam uma palestra que durou cerca de 15 minutos. Os frequentadores também são convidados a cantar a oração de São Francisco de Assis, padroeiro dos animais. (Não se esqueça de levar seu violão).
     
    A veterinária Sandra Denise Calado, de 43 anos, uma das fundadoras e atual presidente do Asseama, diz tratar mais de 18 mil animais a distância por meio de orações nominais e mentalizações. (Nem vai precisar sair de casa).
     
    Após a espera, cão e dona foram encaminhados para o chamado plantão fraterno, onde o animal recebeu o passe – prática de troca de energias espirituais praticado na filosofia kardecista (Não sei porque, mas fiquei a pensar em cães jogadores de futebol. Deve ser esse negócio de receber o passe. Se tem cães atiradores, e a matéria do WASHINGTON POST não nos deixa esquecer. MONTALVÃO, algum de seus cães já atirou no outro? Ou eles só atiram nos donos?)
     
    O retorno semanal é parte importante do tratamento espiritual, segundo Sandra. Além disso, donos e ANIMAIS RECEBEM ÁGUA FLUÍDICA para continuar o tratamento em casa. (NÃO FALEI QUE O PROBLEMA ESTAVA NA ÁGUA?)
     
    Apesar de encontrar solo fértil entre os donos de animais adoentados, A IDEIA DE DAR PASSES EM ANIMAIS ENCONTRA RESISTÊNCIA NO MEIO ESPÍRITA. Segundo Marta Antunes, vice-presidente da Federação Espírita Brasileira (FEB), os animais não têm “razão” e “livre-arbítrio”, não estando aptos a receber os benefícios do passe. (Por duzentos mil dólares, qualquer cão futebolista tem passe-livre).
     
    Já a veterinária Tatiana Pelucio, assessora técnica do Conselho de Medicina Veterinária de São Paulo, diz que não existe comprovação cientifica de que os passes podem curar os animais, mas não descarta os benefícios da prática (Legítima malandragem – não nega nem afirma nada, muito ao contrário).
     
    Existem ESTATÍSTICAS (SEMPRE ELAS)que demonstram que animais submetidos ao passe somado ao tratamento veterinário tiveram uma melhora frente àqueles que só fizeram tratamento físico. MAS NÃO SABEMOS SE A CAUSA DA MELHORA FOI A FÉ DOS DONOS OU SE HÁ DE FATO A QUESTÃO DA ENERGIA. O QUE A GENTE FRISA É QUE NENHUM TRATAMENTO ESPIRITUAL PODE SUBSTITUIR O FÍSICO”, diz. (Claro! Desde que se faça tratamento material, o resto pode tudo; depois a gente atribui a solução do problema a santo antonio, aos passes, ao exorcismo…)
     

     
    AÍ, MONTALVÃO!
    SEUS PROBLEMAS ACABARAM! Ou melhor, as brigas de seus cachorros atrasados espiritualmente.
     
    E nem precisa sair de casa.
     
    “Se o óbvio não lhe penetra, nada mais penetrará…”
     
    Experimente um AK-47.
     
    Falando seriamente, MONTALVÃO, viu como o temperamento do homem e os temperamentos dos animais são parecidos?
    Tem uns que são brigões, outros teimosos, outros desconfiados.
     
    Esse elo deve ser bem antigo, na seleção natural.
     
    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 2:04 PM
    /
    Desculpe-me Vinicius, não vi que você já havia achado a Asseama…
     
    É por essas e outras que o Dr. Visoni fez o diagnóstica daquela doença, de cujo nome esqueci-me..
     
    MONTALVÃO, veja se leia os comentários.
     
    Você anda meio distraído. E não quer admitir.

  292. Vinicius Diz:

    Magina, montalvão, é a telepatia a nosso favor.
    sobre os briguentos, olha no site da ASSEAMA diz que eles aceitam lá até pessoas e animais céticos, descrentes ou que não acreditam no espiritismo. Quem sabe eles tranquilizam os bichinhos???
     
    Como se processa o atendimento ao animalzinho?
    O tutor (ou “dono”) do animal comparece ao centro com seu querido companheirinho, seja cão, gato, ave, tartaruga, cobra, etc. e traz duas garrafas de água mineral, para serem fluidificadas.

    Não há necessidade do tutor ser espírita para receber o atendimento. Todos são bem-vindos em nossa casa.

    Recebidos, são acomodados no salão de palestras. Assistem à exposição de um tema do Evangelho, que dura cerca de 15 minutos. Após a palestra, são entrevistados em um plantão fraterno, onde relatam o que se passa com o animal para um trabalhador da casa. Ao final da entrevista recebem um cartão de passes para o animal. Retornam então ao salão, onde aguardam serem chamados para o passe. Encaminhados, então, à câmara de passes, são devidamente acomodados e recebem o passe por imposição de mãos”
    :mrgreen:

  293. Marciano Diz:

    VINICIUS, fiz pequenos comentários (entre parênteses) ao artigo que você postou, da ASSEAMA.
    No meio do meu comentário anterior, destacado, para facilitar a leitura.
    Este aviso é mais indicado ao MONTALVÃO, que anda meio distraído.

  294. vinicius Diz:

    “Claro! Desde que se faça tratamento material, o resto pode tudo; depois a gente atribui a solução do problema a santo antonio, aos passes, ao exorcismo…”
     
    Certa vez uma crente da Igreja Universal me viu usando a bombinha DUOVENT contra crises asmáticas e me diagnosticou na hora: você tem essas crises porque não aceitou Jesus como seu salvador pessoal… Ela sabia que eu era espirita e me alfinetava quando havia brechas…
    Falei pra ela cuidar da vida dela e de seu amigo Jesus.
    Nunca mais me encheu…
     
    Imagina a cena desse centro espirita cheio de animais diversos: cobras, lagartos, chimpanzés, jacaré e a plateia tremendo de medo…
     
    Não sabia desse centro dos animais! soube hoje!

  295. vinicius Diz:

    Poderiam levar um recipiente cheio de AEDES para que eles não transmitam mais vírus

  296. Contra o chiquismo Diz:

    Falando em cachorros, este é um sonho de consumo meu:

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-731269034-repelente-eletrnico-ultrassnico-espanta-ces-dog-repeller-_JM

  297. Demóstenes Diz:

    Boa, se pode dar passe em cachorro e em arroz:
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=g_u3q1vDR6E
    .
    Vou dar um passe aqui no meu pé de uva que ta sofrendo com Antracnose e míldio.

  298. Gorducho Diz:

    ou que se permita a instalação de câmaras em seu interior.
     
    Claro que tem as câmaras lá, pelo menso 3: detalhando as mãos; os pés; e um panorâmica da cabine.
    Sem todas câmaras que quisermos sem experimentos.

  299. Marciano Diz:

    Não sabia desse centro dos animais! soube hoje!
     
    Nem eu. Você e o COC descobrem cada coisa!
     
    vinicius Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 2:54 PM
    Poderiam levar um recipiente cheio de AEDES para que eles não transmitam mais vírus
     
    Ou poderiam levar somente os vírus, para que eles arranjem outro modo de se replicar, sem danificar células hospedeiras.
     
    Contra o chiquismo Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 3:04 PM
    Falando em cachorros, este é um sonho de consumo meu:
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-731269034-repelente-eletrnico-ultrassnico-espanta-ces-dog-repeller-_JM
     
    Um truque que já usei algumas vezes e que deu certo, quando um cachorro louco me importuna na rua, ameaçando morder meus dedos e minhas canelas, é fingir que pego uma pedra e ameaçar atirar a pedra invisível.
    Eles ficam com medo, geralmente.
    Não pego pedras de verdade, nunca precisei.
    Se precisar e se houver alguma disponível, eu uso, antes ele (o cachorro) do que eu. Mas só em legítima defesa canina.
     
    Se algum desses cães do WASHINGTON POST tentar atirar em mim, eu passo fogo neles.
     
    De Antracnose e míldio e nunca ouvira falar (ou lera).
    Sei que o inseto filoxera quase acabou com a Vitis vinifera na Europa, mas de fungos, nada sei.
     
    Às vezes, é até bom.
    Conhece a podridão nobre?
    http://www.sobrevinho.net/elaboracao/o-que-e-botrytis-cinerea
     
    Não sabia que és viticultor, DEMÓSTENES.
    Dá uva que preste aí no Centro-Oeste?

  300. Gorducho Diz:

    A seca seguida de chuvas deve favorecer a viticultura lá. O que não pode é chover quando não tem que; por isso não conseguem produzir vinhos consistentemente no RS.

  301. Demóstenes Diz:

    Sim, Marciano,
    /
    As uvas de mesa, como a uva italia, red glob, niagara rosada e as minhas que são a uva Isabel. As uvas para vinho estão em fase de implantação.

  302. Marciano Diz:

    Por falar de uvas e vida espiritual, algum de vocês, especialmente os que tenham feito TVP, lembra-se de já ter sido uma grenache e depois ter virado um Châteauneuf-du-Pape?
     
    Pergunto, porque
     
    Sabe-se que o princípio espiritual é criado simples e ignorante, sem complexidade, de forma que estagiará milhões de anos nos reinos inferiores da criação (mineral, vegetal e animal), onde desenvolverá funções mais complexas e conquistará a individualidade, habilitando-se para o despertar da inteligência e do senso moral.
     
    A benfeitora Joanna de Ângelis, na obra “Iluminação Interior”, na primeira lição (A Divina Presença), assevera que: ”… Manifestando-se em sono profundo nos minerais através dos milhões de milênios, germina, mediante processo de modificação estrutural, transferindo-se para o reino vegetal…”.
     
    Nesse mesmo sentido, EmmÂnuel, na obra “O Consolador”, diz que: “A escala do progresso é sublime e infinita. No quadro exíguo dos vossos conhecimentos, busquemos uma figura que nos convoque ao sentimento de solidariedade e de amor que deve imperar em todos os departamentos da natureza visível e invisível. O mineral é atração. O vegetal é sensação. O animal é instinto. O homem é razão. O anjo é divindade”. (Obra citada, questão nº 79.)
     
    O sábio deve estar se referindo ao “reino hominal”, que sucede ao reino animal. Depois, vêm o reino angelical e o reino divinal, o que abrange a miríade de deuses que a imaginação humana já criou.
     
    A questão nº 607-A está inserida no capítulo XI, da 2ª parte de O Livro dos Espíritos, que trata dos reinos inferiores (mineral, vegetal e animal), portanto, quando os Espíritos superiores aduzem que é nesses seres inferiores da criação que o princípio inteligente se elabora e individualiza-se, incluem, obviamente, o reino mineral.
     
    Na escalada evolutiva, após estagiar no reino mineral, que apenas servirá para questões estruturais do princípio espiritual, este irá para o reino vegetal, onde começará a desenvolver funções mais complexas, pois já começará a experimentar as sensações rudimentares, a respiração, a alimentação, a sensibilidade e terá um sistema nervoso ainda embrionário, portanto, estará submetido a uma vida mais organizada, onde estará presente a vitalidade.
     
    Espiritismo também é loucura, ops, quero dizer, cultura.

  303. Gorducho Diz:

    O Sr. vai fazer vinho caseiro c/Isabel?

  304. Marciano Diz:

    Obrigado pela resposta, DEMÓSTENES.
    O vinho está se espalhando para todo lado.
    Eu prefiro franceses e italianos (no geral), mas bebo qualquer vinho bom.
    No ano passado, bebi um feito no Nordeste, e não é que era relativamente bom?
    Eu achei até que fosse piada, na primeira vez em que ouvi falar em vinho do Nordeste, mas é melhor do que qualquer vinho brasileiro que eu já tenha experimentado.
     
    Os vinhos da Califórnia e da África do Sul são exemplos de como a cultura vinífera pode atingir os lugares mais inesperados.

  305. Marciano Diz:

    Com Isabel, não dá, GORDUCHO.
    Só serve para ser consumida in naturam.

  306. Marciano Diz:

    Como eu disse no comentário algumas linhas acima, com Grenache se faz um Châteauneuf-du-Pape, mas Isabel, só para comer mesmo (ou chupar, como preferem alguns).

  307. Marciano Diz:

    Juro que não estava pensando em duplo sentido.
    Foi o poltergeist.
    Só depois que li o comentário é que vi que ficou estranho.

  308. Gorducho Diz:

    Essa é a famosa #540, uma das questões mais importantes do LE:
     
    É assim que tudo serve, que tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo.
    Admirável lei de harmonia, que o vosso acanhado espírito
    ainda não pode apreender em seu conjunto
    !

  309. Gorducho Diz:

    Por isso que eu disse caseiro. Tem gente que fá-lo p/consumo familiar.
     
    http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612000000100022

  310. Gorducho Diz:

    Os vinhos irrigados são mais consistentes pois como disse o essencial é não chover quando não pode. Por isso no RS não conseguem produzir bem, porque as chuvas são doidas, i.e., quando a uva está quasi pronta chove e avacalha com tudo.
    Por isso a Argentina perto dos Andes, Chile, California, SA, Libano, Australia…
    Por isso o NE talvez possa sr – não sei o excessivo calor…- e em Goias perto de Brasília onde é relativamente fresco…
    Na Europa justo é menos ingrato que no RS mas também a chuva causa variabilidade. Por isso as safras do ano tal &c.

  311. Marciano Diz:

    Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 5:00 PM
    Essa é a famosa #540, uma das questões mais importantes do LE:

    É assim que tudo serve, que tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo.
    Admirável lei de harmonia, que o vosso acanhado espírito
    ainda não pode apreender em seu conjunto!
     
    Mais uma demonstração de que os tais espíritos não existiam.
    Naquele tempo Rivail e seus auxiliares não sabiam que os átomos são formados por prótons e nêutrons, cercados de elétrons, todos esses formados por vários tipos de quarks, etc.
     
    Segundo os físicos (para mim, são mais filósofos do que físiscos, estes), a nucleossíntese ocorreu em cerca de 100s após o big bang.
     
    Então, não começou por ser átomo.
     
    E os átomos não evoluíram para porcaria alguma; apenas foram formando moléculas, por afinidade química.
     
    Espiritismo é o c[CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] ® :!:
     
    Quanto ao néctar dos deuses, não é só uma questão de clima, sol e chuva, etc.
    É uma série de fatores, incluindo clima, solo, até microclimas.
     
    A técnica também é importante.
     
    Tem muita frescura, muito mito, também.
     
    Safra só faz diferença em vinho de grande qualidade.
    Vinhos, geralmente, de guarda.
    Vinhos jovens não costumam variar de safra para safra, justamente porque não são preparados para envelhecer, não têm as qualidades necessárias para tanto e costumam ser pord+ industrializados.
     
    http://revistaadega.uol.com.br/artigo/voce-sabe-o-que-e-terroir_2655.html

  312. Marciano Diz:

    Why Grapes Matter
     
    Grapes are the starting point of every wine, and therefore they are largely responsible for the style and personality of each wine. The grapes that make
    a particular wine dictate the genetic structure of that wine and how it will respond to everything that the winemaker does to it.
     
    Think back to the last wine you drank. What color was it? If it was white, the odds are that’s because it came from white grapes; if it was pink or red, that’s because the wine came from red grapes. Not always, of course. The red color occurs when the colorless juice of red grapes stays in contact with the dark grape skins during fermentation and absorbs the skins’ color.
    Did it smell herbal or earthy or fruity? Whichever, those aromas came mainly from the grapes. Was it firm and tannic or soft and voluptuous? Thank the grapes — with a nod to Mother Nature and the winemaker.
     
    The specific grape variety (or varieties) that makes any given wine is largely responsible for the sensory characteristics the wine offers — from its appearance to its aromas, its flavors, and its alcohol–tannin–acid profile. How the grapes grow — the amount of sunshine and moisture they get, for example, and how ripe they are when they’re harvested — can emphasize certain of
    their characteristics rather than others. So can winemaking processes such as oak aging. Each grape variety reacts in its own way to the farming and winemaking techniques that it faces.
    By grape variety, we mean the fruit of a specific type of grapevine: the fruit of the Cabernet Sauvignon vine, for example, or of the Chardonnay vine.
     
    The term variety actually has specific meaning in scientific circles. A variety is a subdivision of a species. Most of the world’s wines are made from grape
    varieties that belong to the species vinifera — itself a subdivision of the genus Vitis. This species originated in Europe and western Asia; other distinct species of Vitis are native to North America.
     
    Grapes of other species can also make wine; for example, the Concord grape, which makes Concord wine as well as grape juice and jelly, belongs to the native American species Vitis labrusca. But the grapes of this species have a very different flavor from vinifera grapes — foxy is the word used to describe that taste. The number of non-vinifera wines is small because their flavor is less popular in wine.

  313. MONTALVÃO Diz:

    /
    Cachorros têm o hábito malvado de morder o pescoço do outro. Mantém a mordida e sacodem vigorosamente a cabeça, fazendo atrito das patas contra o solo, mostrando, com isso, grande conhecimento de mecânica, necessários para dilacerar o pescoço do oponente.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: não deixe que o amigo do Visoni, o Sheldrake, ouça isso, senão irá provar cientificamente que os cães, além de telepatas são experts em física…
    /
    /
    “Quanto mais próxima a água estiver do ponto de fusão ou vaporização, melhor para terminar a briga.”
    /.
    CONSIDERAÇÃO: só que a ideia é evitar que mais se machuquem…ou se queimem…
    /
    /
    “Desculpe-me Vinicius, não vi que você já havia achado a Asseama…”

    MARTE: É por essas e outras que o Dr. Visoni fez o diagnóstica daquela doença, de cujo nome esqueci-me… MONTALVÃO, veja se leia os comentários.
    /
    CONSIDERAÇÃO: se meus próprios amigos dão munição ao “inimigo” que mais me falta para ser feliz?
    .
    Meu jovem vou explicar-lho o que sucede e, esperancio que, depois do explicamento melhor será seu entendimento. Nada perco se tentar, além de tempo e do tormento.
    /
    Ocorre d’eu ficar um tempo relativamente longo sem examinar as postagens, quando atualizo a leitura comento na medida em que surgem ponderações que me sensibilizam. Então, às vezes, opino a respeito de algo que adiante alguém já esclareceu melhor. Se examinar minha indicação da Asseama verá que veio antes de o Vinícius apresentar o texto que dela falava. Quando vi que ele já houvera chegado ao site, emiti o requerimento de desculpas.
    .
    Entonces, meu caro, dói-me a cárdia ter que devolver-lhe a reprimenda: “examine o escrito antes de declarar-me proscrito”. Cioso de que está ciente, repriso o havido:
    .
    /
    Vinicius Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 9:25 AM
    “Será que há centros que dão passes em animais domésticos? Fiquei curioso agora.”
    /
    [Montalvão responde:] VEJA EM:
    http://www.asseama.com.br/atividades/assistencia_espiritual_vibracoes_a_distancia.asp
    /.
    VEJA: após responder, comentários adiante, observei que o nobre Vinícius falava da Asseama, por isso o rogo por perdoamento.
    /.
    Viu o que dá faltar às aulas de sintomatologia? Diagnósticos errôneos…

  314. Gorducho Diz:

    Se chover quando a uva estiver quasi a ponto de colher XXXX tudo, pois que aí não adquire o % adequado de açucares, nem matura direito – fica como tomate longa vida que não serve p/fazer molho: apodrece mas não madurece. O fundamental fundamental é não chover.
    Claro que o solo é importante, i.e., bom que seja ordinário, pedregoso; bem como particularmente boa insolação também.

  315. Contra o chiquismo Diz:

    Alguém aí sabe que UVAS são essas que aparecem nos prolegrômenos do livro dos ‘espiritos’ ??
    .
    .
    http://2.bp.blogspot.com/_drBmMuPF5hA/StEqGPqWpsI/AAAAAAAAANU/R8RQoUlINeI/s320/cepa1.jpg
    .
    .
    http://canalespiritismo.com.sapo.pt/Historia/Historia/Simbolo_files/Imagem%209.jpg

  316. Marciano Diz:

    CONSIDERAÇÃO: se meus próprios amigos dão munição ao “inimigo” que mais me falta para ser feliz?
     
    Brincadeirinha, MONTALVÃO.
    Só me dei tal liberdade porque sei que tens espírito superior, pele cascuda, invulnerável a alfinetes.
    E, principalmente, por seu elevado e refinado humor.
     
    Ocorre d’eu ficar um tempo relativamente longo sem examinar as postagens, quando atualizo a leitura comento na medida em que surgem ponderações que me sensibilizam. Então, às vezes, opino a respeito de algo que adiante alguém já esclareceu melhor. Se examinar minha indicação da Asseama verá que veio antes de o Vinícius apresentar o texto que dela falava. Quando vi que ele já houvera chegado ao site, emiti o requerimento de desculpas.
     
    E acha que ignoro isto?
    Eu tenho o mesmo hábito, aposto que muitos aqui o cultivam também.
    É que o alfinete estava na posição certa, então não quis perder a oportunidade.
     
    Ademais, se o Dr. Visoni tivesse acertado o diagnóstico (normalmente, só se descobre com certeza do que se tratava com necropsia – botam tudo na conta do Alois, mas são várias as doenças degenerativas que causam sintomas semelhantes e o diagnóstico é feito por exclusão), seria uma prova irrefutável de telediagnóstico, pois ele não o examinou, não prescreveu exames, o diagnóstico clínico não é confiável e, last, but not least, ele não é médico neurologista (nem médico homeopata é).
     
    Pela análise de seus escritos, percebemos que seu intelecto está tinindo nos cascos, tudo nos conformes, além da experiência que alguns anos de vida te proporcionaram.
     
    Não sabe brincar mais?
     
    Eu eu só tive aulas de medicina legal, que é até legal, mas não é medicina.
     
    No curso de direito tem dois anos de medicina legal, matéria na qual estudamos tanatologia, doenças do trabalho, aborto, teratologia, um monte de coisas assim, mas nada de diagnóstico.
    Só lidamos com feridos ou com cadáveres.
    Tem um pouco de psicologia forense, para entender testemunhas e seus depoimentos, mas nada muito além disso.
     
    Não obstante minha ignorância em termos de medicina, posso assegurar que seu intelecto está igual ao do Émile Coué: tous les jours, a tous point de vue, il va de mieux en mieux.
     
    Gorducho Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 6:24 PM
    Se chover quando a uva estiver quasi a ponto de colher XXXX tudo
     
    Se não vai usar sua marca registrada, vou me apropriar dela.
    Se chover quando a uva estiver quasi a ponto de colher f [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] ® tudo.

    Contra o chiquismo Diz:
    FEVEREIRO 25TH, 2016 ÀS 6:30 PM
    Alguém aí sabe que UVAS são essas que aparecem nos prolegrômenos do livro dos ‘espiritos’ ??
    .
    Chute:
    Cabernet sauvingnon?
    http://www.vivendoavida.net/wp-content/uploads/2011/05/050911_1350_OsmelhoresC14.jpg

  317. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, não são as ‘uvas’ do baile funk…
    .
    Aliás esses bailes só tem uva mesmo. Maravilhas. Só gostosas!

  318. Marciano Diz:

    Um exercício para os analistas do blog.
     
    Imaginem um cientista de renome enviando um e-mail para outro cientista famoso, dizendo o seguinte:
     
    “The rapid Progress true Science now makes, occasions my Regretting sometimes that I was born so soon. It is impossible to imagine the Height to which may be carried in a 1000 Years the Power of Man over Matter. We may perhaps learn to deprive large Masses of their Gravity & give them absolute Levity, for the sake of easy Transport. Agriculture may diminish its Labour & double its Produce. All Diseases may by sure means be prevented or cured, not excepting even that of Old Age, and our Lives lengthened at pleasure even beyond the antediluvian Standard.”
     
    Bem, não se trata de um e-mail, mas de uma carta de Benjamin Franklin, aquele da eletricidade, que também era político, a Joseph Priestley, datada de
     
    08 de fevereiro de 1780 (não se passaram mil anos ainda, mas lá se foram 236).
     
    Nessa mesma época, eu, em outra encarnação, claro, disse a um amigo:
     
    – Com o progresso da ciência, daqui a uns 200 anos não existirá mais religião!
     
    Quebrei os cornos!
     
    Esta foi a causa da morte. Ou desencarne, como preferirem.
     
    Engraçado que Franklin, nessa época, era embaixador americano na França, e a América estava no meio de uma revolução contra a Inglaterra, país de Priestley, mas isto não abalou a amizade de ambos.

  319. MONTALVÃO Diz:

    /
    Ademais, se o Dr. Visoni tivesse acertado o diagnóstico [...] seria uma prova irrefutável de telediagnóstico, pois ele não o examinou, não prescreveu exames, o diagnóstico clínico não é confiável e, last, but not least, ele não é médico neurologista (nem médico homeopata é).
    /.
    O PIOR É que o diagnóstico foi telepático e, para complicar, ele não acompanha o cliente-doente, não indica terapêuticas, não diz se há esperança, não conversa co’o paciente, tudo o que faz é dizer “não esqueça de seus remedinhos”…
    .
    Por isso é que não melhoro…

  320. MONTALVÃO Diz:

    /
    “posso assegurar que seu intelecto está igual ao do Émile Coué: tous les jours, a tous point de vue, il va de mieux en mieux.”
    /
    Todos os dias, sob todos os pontos de vista, vou cada vez melhor…
    /
    Repita 20 vezes pela manhã, 17 à tarde e 58 ao deitar: vai melhorar!

  321. Vinicius Diz:

    Montalvão o que acha então de evocarmos 3 médicos espíritas famosos dos livros Cx E dpf?
    Esqueci o nome deles mas diz que um é o bam bam bam do universo em meteorologia, construção de canhões e laboratórios itinerantes
    Eles vão dizer o que tomar para melhorar

  322. Vinicius Diz:

    Contra, gostei do afastador de cães. Só não afasta 10% deles. É preciso ser azarado para entrar na estatística daqueles que não conseguiram fugir de um pitbull sedento em fazer picadinho.
    Precisam inventar o “desviador de balas de bandidos”. Será um instrumento acoplado a um psicoscopio Aulus(tm) para ver se a bala está vindo de um bandido ou mocinho.

  323. Marciano Diz:

    Médico irado, esse!
    Médico, meteorologista (atmosfera de qualquer planeta ou satélite que a tenha), engenheiro militar e físico/químico/biólogo (qualquer forma de vida, terrestre ou extraterrestre).
    Só tem gente f [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] ® no além.
     
    Quando criança, eu aspirava ser piloto de aviões ou físico, quando crescesse.
    Pois agora, pretendo ser médico quando morrer, mas só aceito fazer residência com esses f [CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] ® udelões do além.

  324. Marciano Diz:

    E vocês, o que almejam ser quando morrerem?

  325. Marciano Diz:

    Médico é a profissão mais importante do além.
    Pra tratar da saúde dos espíritos.
    Eles têm um organismo delicado.

  326. Marciano Diz:

    Acho que não existe plano de saúde espiritual no além.
    Vou patentear a ideia e fundar o primeiro, quando morrer.
    Vou ficar rico de bônus-hora.

  327. Marciano Diz:

    De que os habitantes de “Nosso Lar” se alimentam?
    R.: Suprimento de substâncias alimentícias que lembram a Terra só existe em dois ministérios: os da Regeneração e do Auxílio, onde há sempre grande número de necessitados. Nos outros há somente o indispensável, isto é, o serviço de alimentação obedece a inexcedível sobriedade, em que a utilização da água e a absorção de princípios vitais da atmosfera têm grande importância.(Nosso Lar, cap. 9, pág. 57.)
     
    Ficamos, assim, sabendo que existe atmosfera no NOSSO LAR. Meteorologia deve ser uma profissão importante para quem não consegue ser médico lá.
    Vejam que nem AL conseguiu exercer a medicina.
    É preciso pensar em alternativas.
     
    Acho que se eu já existisse na época em que cx publicou essa afronta à inteligência dos crentes, teria ficado pasmo com a audácia dele.
     
    Eu imaginaria que isso seria o fim do “medium”. Ao contrário, parece que o livro alavancou o sucesso dele, pois vieram mais um monte de livros, da série AL.
     
    O Governador agiu energicamente: fechou o Ministério da Comunicação, isolou os recalcitrantes, advertiu o Ministério do Esclarecimento, cujas impertinências suportou por mais de 30 anos consecutivos, proibiu temporariamente os auxílios às regiões inferiores e mandou ligar as baterias elétricas das muralhas da cidade, para a defesa comum. “Por mais de seis meses, os serviços de alimentação, em “Nosso Lar”, foram reduzidos à inalação de princípios vitais da atmosfera, através da respiração, e água misturada a elementos solares, elétricos e magnéticos.” A colônia ficou sabendo, então, o que vem a ser a indignação do espírito manso e justo. Mas, findo o período mais agudo, a Governadoria estava vitoriosa e o próprio Ministério do Esclarecimento reconheceu o erro e cooperou nos trabalhos de reajustamento. Desde então, só existe maior suprimento de substâncias alimentícias que lembram a Terra nos Ministérios da Regeneração e do Auxílio, onde há sempre grande número de necessitados. Nos demais há somente o indispensável, isto é, o serviço de alimentação obedece a inexcedível sobriedade, reconhecendo todos que a suposta impertinência do Governador representou medida de elevado alcance para a libertação espiritual da própria colônia. (Cap. 9, pág. 57)
     
    Quem pode ler uma coisa dessas e levar a sério?
     
    Valendo-se da pausa, Judite acrescentou:
    - Aprendemos em “Nosso Lar” que a vida terrestre se equilibra no amor, sem que a maior parte dos homens se aperceba. Almas gêmeas, almas irmãs, almas afins, constituem pares e grupos numerosos. Unindo-se
    umas às outras, amparando-se mutuamente, conseguem equilíbrio no plano de redenção. Quando, porém, faltam companheiros, a criatura menos forte costuma sucumbir em meio da jornada.
    - Como vê, meu amigo – objetou Lísias contente -, ainda aqui é possível relembrar o Evangelho do Cristo. “Nem só de pão vive o homem.” (Quando FG repeliu a sugestão metafórica para que transformasse pedras em pães).
    Antes, porém, de se alinharem novas considerações, tiniu a campainha fortemente. (Eles usam campainhas no além)
    Levantou-se o enfermeiro para atender.
    Dois rapazes de fino trato entraram na sala. (Lá também tem dessas coisas?)
    - Aqui tem – disse Lísias, dirigindo-se a mim gentilmente – nossos irmãos Polidoro e Estácio (sempre esses nomes estranhos), companheiros de serviço no Ministério do Esclarecimento.
    Saudações, abraços, alegria.
    Decorridos momentos, a senhora Laura falou sorridente:
    - Todos vocês trabalharam muito, hoje. Utilizaram o dia com proveito.
    Não estraguem o programa afetivo, por nossa causa. Não esqueçam a excursão ao Campo da Música.
    Notando a preocupação de Lísias, advertiu a palavra materna:
    - Vai, meu filho. Não faças Lascínia (não falei dos nomes esquisitos?) esperar tanto. Nosso irmão ficará em minha companhia, até que te possa acompanhar nesses entretenimentos.
     
     
    Dá pra ler isto e continuar crente ⁉

  328. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vinicius Diz:
    Montalvão o que acha então de evocarmos 3 médicos espíritas famosos dos livros Cx E dpf?
    /.
    SABE, temo o que venham a receitar, posso até tentar, mas acho melhor evitar, porém não vá pensar, que estou a ignorar, que só em NOSSO LAR, é que podem me ajudar…

  329. MONTALVÃO Diz:

    /
    “E vocês, o que almejam ser quando morrerem?”
    /
    ALMEJO ser um morto bem mortinho.

  330. MONTALVÃO Diz:

    /
    “De que os habitantes de “Nosso Lar” se alimentam?
    R.: Suprimento de substâncias alimentícias que lembram a Terra só existe em dois ministérios: os da Regeneração e do Auxílio, onde há sempre grande número de necessitados. Nos outros há somente o indispensável, isto é, o serviço de alimentação obedece a inexcedível sobriedade, em que a utilização da água e a absorção de princípios vitais da atmosfera têm grande importância.(Nosso Lar, cap. 9, pág. 57.)”
    /.
    NÃO É DE HOJE desconfio houvesse quem de Nosso Lar vivesse clandestinamente na Terra do Brasil. Agora sei sim…
    /
    =====================.
    Vivendo de luz
     
    São 21 dias sem comer nada. A primeira semana é “a seco”, ou seja, sem qualquer tipo de ingestão – inclusive de água. Depois, alimentos sólidos continuam restritos, mas água e suco são liberados.
     
    O mineiro Oberom, escritor, professor de ioga, ativista dos direitos dos animais e adepto da prática do “Processo dos 21 Dias”, explica que a alimentação prânica, também conhecida como “viver de luz”, parece loucura, mas serve para trabalhar o ego.
     
    “É um trabalho de autoconhecimento. Radical, intenso. Não envolve nenhuma ritualística, nenhuma religião. Nada. É só você observando você.”
     
    O método ficou conhecido nos anos 90 depois que a esotérica australiana Jasmuheen lançou o livro “Viver de Luz – A Fonte de Alimento Para o Novo Milênio”. Ter em mãos o procedimento de jejum extremo recorrente na vida de mestres espirituais e iogues respeitados parece algo grandioso para qualquer entusiasta da felicidade e da completude espiritual.
     
    O livro foi traduzido para diversas línguas, virou best-seller e acabou chamando a atenção de “aventureiros”, classifica Oberom. “É um processo que envolve um monte de detalhes espirituais. E a galera nem aí”, lamenta. Na publicação, Jasmuheen afirma que, depois de palestrar em alguns lugares sobre o “processo”, muita gente tentava realizá-lo sem instrução alguma.
     
    “O propósito desse livro é dar o maior número possível de informações para ajudar as pessoas a fazerem essa viagem da maneira mais fácil que puderem”, diz a autora no prefácio.
     
    Mas, talvez, não tenha sido o suficiente para todos que tentaram viver de luz. Investigações apontam que algumas pessoas tiveram suas mortes relacionadas ao método, como a da australiana Verity Linn, cujo corpo foi encontrado em casa próximo ao livro de Jasmuheen e um diário em que ela relatava a rotina dos 21 dias.
     
    Até hoje, a consagrada guru do jejum segue se alimentando de prana (energia cósmica que nutre, segundo seus seguidores), publicando livros e dando palestras. Há também quem chame os adeptos de “respiratorianos”, já que teoricamente se alimentam basicamente de luz e ar.
    http://www1.folha.uol.com.br/vice/2015/05/1630389-vivendo-de-luz.shtml

  331. Vinicius Diz:

    E esta aqui também se alimenta de luz e ar:

    http://www.e-farsas.com/respiratorianismo-barbie-humana-vive-apenas-de-luz-e-ar.html

  332. Marciano Diz:

    Bom dia!
    Estou, desde ontem, sem alimentação alguma, nem luz.
     
    MONTALVÃO:
    “Vivendo de luz”
     
    “São 21 dias sem comer nada. A primeira semana é “a seco”, ou seja, sem qualquer tipo de ingestão – inclusive de água. Depois, alimentos sólidos continuam restritos, mas água e suco são liberados.”
     
    Isso é molinho!
    FG passou 40 dias sem comer nada. Depois, o diabo tentou-0 a transformar alimentos sólidos, no caso, pedras, em pães, mas ele respondeu que nem só de pão vive o homem.
     
    “O mineiro Oberom, escritor, professor de ioga, ativista dos direitos dos animais e adepto da prática do “Processo dos 21 Dias”, explica que a alimentação prânica, também conhecida como “viver de luz”, parece loucura, mas serve para trabalhar o ego.”
     
    Deve ser por isso que eu tenho uma samambaia que vive há dez anos só de luz (e água), a qual tem um ego insuportável. Está trabalhado demais.
     
    ? “1° dia de jejum: Ellen nem parece se abater. Passou o dia todo sem comer nada!
    ? 2° dia: A escritora já mostrava sintomas de desidratação aguda, estresse e pressão arterial elevada.
    ? 3° dia: Jasmuheen já havia perdido mais de £ 14 (cerca de 6 quilos) de seu peso.
    ? 4 º dia: Os produtores pararam o experimento! O Dr. Berris Wink, presidente da filial de Queensland da Associação Médica Australiana, pediu a Jasmuheen que interrompesse o teste. De acordo com o médico, as pupilas da mulher estavam dilatadas, sua fala estava lenta, ela já estava muito desidratada e sua pulsação tinha dobrado de frequência!
    Ao invés de admitir que sua dieta de luz é uma farsa total e que é impossível se viver sem água e comida, Ellen Greve fez o que todo charlatão faz quando falha ao ser colocada à prova: Coloca a culpa em um terceiro. Na época, Greve disse ao 60 Minutes que o ar poluído da cidade havia interferido nos testes. Como ela teoricamente se alimenta de ar, o ambiente poluído da cidade não lhe oferecia os nutrientes necessários… Tá bom, então!”

     
    É isso que dar, passar do papo-furado para os experimentos.
     
    Percebem porque eles fogem tanto dos testes?

  333. Gorducho Diz:

    No caso dos espíritas, as desculpas correspondentes são:
     
    a plastificação do pensamento cético em miasmas deletérios ao acoplamento psíquico médium-espírito;
     
    espíritos não respondem questões e tolas – apesar de que quando se manifestam só dizem abobrinhas.
     
    Boa analogia: alegar mediunidade é o mesmo que alegar alimentação só por água (fluidificada ou não) + luz.

  334. Marciano Diz:

    E tem gente que acredita.

  335. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    E tem gente que acredita [que é possível viver de luz].
    /.
    POIS EU ACREDITO! Não só acredito como creio firmemente que se pode viver de luz, sem água e xisburguer.
    /
    A dieta é válida por, no máximo, cinco dias…com exceção de NSJC, para quem vale por uma quarentena de diárias.
    /.
    Quem não vive da luz, vive nas trevas…
    Só não acredita quem não conhece NL.

  336. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, veja se o Ivan Lins plagiou o Cat Stevens… po, a introdução é quase a mesma!
    .
    .
    Cat Stevens – “Morning has boken” – 1971
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=e0TInLOJuUM
    .
    .
    Ivan Lins – ” Cofre” – 1972:
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=j1BfwVNzc8I

    *
    *
    *
    A do Ivan Lins é a 1ª faixa do disco, não tem ela separada, só disco todo, mas é logo a 1ª faixa.

  337. Contra o chiquismo Diz:

    Montalva Pitter, o Ivan Lins fala na música acima a linda frase:
    .
    .
    ” VC PRECISA DA LUZ ACESA, DEIXA A TREVA PROS MORCEGOS”

  338. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, na verdade o Ivan Lins pra mim nessa música ” Cofre” mistura 2 músicas do Cat Stevens: ‘Morning has borken’ e ‘Father and son’. Plagiosinho chato esse…

  339. Contra o chiquismo Diz:

    O Taiguara (amigo do Ivan Lins – grande chance do Ivan plagiar ele, já que o amigo curtia pra caramba o C Stevens) fez mais bonito, cantou Wild World do Cat Stevens ao vivo. Sem plágio, e ainda elogiou o som do gringo. Ouça que versão doida e legal:
    .
    .
    http://www.youtube.com/watch?v=cLLdZvhe_UQ

  340. Contra o chiquismo Diz:

    Contra o chiquismo Diz:
    FEVEREIRO 26TH, 2016 ÀS 11:11 AM
    Montalva Pitter, o Ivan Lins fala na música acima a linda frase:
    .
    .
    ” VC PRECISA DA LUZ ACESA, DEIXA A TREVA PROS MORCEGOS”
    .
    .
    Será que o Ivan Lins fez uma música pra uma GÓTICA ou uma EMO (já existiam os EMOS em 1972????) ?
    .
    Acho que seres depressivos e que gostam do escuro sempre existiram, mas viviam no ‘armário da treva’ mas se assumiram como GÓTICOS ou EMOS nos últimos anos e exteriorizam ao mundo o que são.

  341. Vinicius Diz:

    Adivinha quem retira miasmas deleterios???
    ” Ao chegarem ao Centro conversaram demoradamente com o médium e sentaram-se à mesa para melhor receber os fluidos espirituais. O Dr. Bezerra de Menezes atendeu-os retirando os miasmas enegrecidos e distribuindo aos irmãos fluidos benéficos que permaneceriam durante vários dias em seus corpos.” Jagunços e Colonos (http://www.cebezerrademenezes.com/pt/index.php?option=com_content&view=article&id=255:capitulo-45-retorno-ao-centro&catid=29:livro-jaguncos-e-colonos&Itemid=40)

  342. Gorducho Diz:

    Por que terá surgido esse n° 40?
     
    40 anos no deserto
    quarentenas sanitárias
    os finados muçulmanos são interrogados pelo Nakir e pelo Munkar depois que o último presente no enterro se afastar 40 passos
    &c…
    :?:

  343. Marciano Diz:

    A do Cat Stevens eu conhecia. A do Ivan Lins, não.
    O verdadeiro nome do Stevens é Steven Demetre Georgiou, pois é filho de um grego e de uma sueca.
    Converteu-se ao islamismo e adotou o nome de Yusuf Islam.
     
    O piano, na introdução, é bem parecido, mas a versão de Stevens é mais bonita e mais difícil de executar.
    O restante da música não parece.
    Acho que não caracteriza plágio.
    Digamos que foi uma inspiração, talvez não consciente.
     
    Também não conhecia essa versão do Taiguara, também gringo (nasceu no Uruguai), que passou desta pra nenhuma e agora canta no “Campo da Música”.
     
    Quer dizer que Bezerra ainda acredita em “miasma” :?:
     
    GORDUCHO, não é só 40.
    Tem o 7, número místico, e o famoso 666, que aparece na bíblia em
     
    I, Reis, 10:14 Ora, o peso do ouro que se trazia a Salomão cada ano era de seiscentos e sessenta e seis talentos de ouro,
    15 além do que vinha dos vendedores ambulantes, e do tráfico dos negociantes, e de todos as reis da Arábia, e dos governadores do país.
     
    II, Crônicas, 9:13 Ora, o peso do ouro que se trazia cada ano a Salomão era de seiscentos e sessenta e seis talentos,
    14 afora o que os mercadores e negociantes traziam; também todos os reis da Arábia, e os governadores do país traziam a Salomão ouro e prata.
     
    Esdras, 2:13 Os filhos de Adonicão, seiscentos e sessenta e seis.
     
    E, finalmente,
     
    Revelações, 13:18 18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.
     
    Já a razão dessa fixação de crentes com números, não sei dizer.
    Pergunte ao espírito de Pitágoras, se ele não estiver encarnado em outro planeta.
     
    Veja que FG, MONTALVÃO (Moisés) e Elias jejuaram 40 dias, apesar de nunca terem existido.
     
    Choveu 40 dias e 40 noites no dilúvio.
     
    A peregrinação no deserto durou 40 dias.
     
    FG ascendeu aos céus 40 dias depois da ressureição (quaresma).
     
    Deuteronômio, 25:3, fala em 40 chicotadas.
     
    FINALMENTE,
    II, Coríntios, 11:24
    24 dos judeus cinco vezes recebi quarenta açoites menos um.
     
    Não me pergunte o porquê de 40-1, em vez de 39.
     
     
    Agora, vou almoçar, porque não estamos no Ramadã.

  344. Gorducho Diz:

    Aparentemente tem a ver com um calendário perpétuo novenial (babilônicos :?: )…
    A contagem de dias é perpétua; a cada 40 não conta o 40°
    portanto são excluídos 2,5% dos dias do ano em média.
     
    Em 9 anos são contados então 3204 dias;
    então existe um dia de renovação universal que é somado
    ficando 3205 dias nos 9 anos.
     
    2,5% * 365,24219 [dia/ano] ≅ 82,17994275 dias não contados.
     
    3205 + 82,17949275 = 3287,17949275 dias
     
    9 anos tropicais têm 365,24219 * 9 = 3287,17971 dias;
     
    Diferença entre o n° de dias tropicais e a contagem perpétua: 0,17949 – 0,17971 = 0,00022 dia
     
    0,00022 * 86400 = 19 s
     
    I.e., a contagem tem uma precisão de 19s em 9 anos.
     
     
    As 40 -1 chibatadas talvez seja em referência a esse dia que fica de fora, especulo

  345. MONTALVÃO Diz:

    /
    Montalva Pitter, o Ivan Lins fala na música acima a linda frase:
    .
    “VC PRECISA DA LUZ ACESA, DEIXA A TREVA PROS MORCEGOS”
    /.
    CONTRA, seu “feeling” musical é sensacional, quiçá fenomenal. Lins é prova viva de que você ouve mesmo as canções.
    Marciano precisa ouvir isso…

  346. Marciano Diz:

    Mas eu ouço! Só não sou muito chegado no Ivan Lins.
    Cat Stevens, é comigo mesmo.
    O fato de ele ter se convertido ao Islã não muda nada pra mim.

  347. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    Por que terá surgido esse n° 40?
    /.
    O PORQUE deve haver quem saiba, não serei eu, porém, o 40 simboliza tempo de tribulação, ou um tempo de afastamento para purificação, pode, ainda, ser entendido como período que precede mudanças, exemplos: o dilúvio se fez por 40 dias e 40 noites (Gen. 7:12); os israelitas estiveram no deserto 40 anos (Ex. 16:35; Nm 32:13); Moisés escreveu os mandamentos em quarenta dias, sem comer nem beber (Ex. 34:28; Dt 9:9); Jesus jejuou 40 dias (Mt 4:12; Mc 1:13)

  348. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Mas eu ouço! Só não sou muito chegado no Ivan Lins.
    Cat Stevens, é comigo mesmo.
    O fato de ele ter se convertido ao Islã não muda nada pra mim.”
    /
    NÃO FUI CLARO: “ouvir isso” refere-se à frase…

  349. MONTALVÃO Diz:

    /
    Chiiii, agora é que me ferrei geral: respondi ao FatBoy sobre o 40 e achei, “postes” adiante o de Marte falando o mesmo…
    Cacete, vão querer me internar…
    Foi bom tê-los conhecido. ✈

  350. Gorducho Diz:

    o 40 simboliza tempo de tribulação, ou um tempo de afastamento para purificação, pode, ainda, ser entendido como período que precede mudanças, &c.
     
    O Sr. começa pelo fim, tipo como o Emmânuel escrevendo de trás pra diante
    http://logicareencarnacao.xpg.uol.com.br/images/psicografia1.gif
     
    O que eu quero saber é por que esses escritores elegeram 40 para ser o tempo de &c.
    Acho que já me auto-respondi acima, talvez…
    I.e., 40 seria um ciclo, um período completo, perfeito.

  351. Vinicius Diz:

    Marciano uma curiosidade
    Voce falou que tem namorada espírita.
    Ela já está ao par das loucuras(ou ao menos algumas) que conhecemos?
    É como você falou em comentário anterior: é dificil continuar sendo crente depois de ler coisas desse tipo.
    O máximo que dá pra fazer é continuar indo de vez em quando e nas brechas alfinetar o espiritismo lá na instituição…

  352. Marciano Diz:

    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 26TH, 2016 ÀS 5:47 PM
    /
    Chiiii, agora é que me ferrei geral: respondi ao FatBoy sobre o 40 e achei, “postes” adiante o de Marte falando o mesmo…
    Cacete, vão querer me internar…
    Foi bom tê-los conhecido. ✈
     
    Calma, MONTALVÃO!
    Você continua sendo nosso amado presidente de bancada.
    Nós sabemos que você (eu também) vai lendo e respondendo.
    Isso só prova sua capacidade de adivinhar o futuro do pretérito.
     
    VINICIUS, já discuti muito com minha namorada a respeito disso.
    Ela não tem jeito. Arranja explicação pra tudo, igual a testemunhas de jeová.
    Sabe como resolvi a situação?
    Dei razão a ela e não falo mais no assunto, evito.
     
    Chato é quando ela me chama para ir ao centro. Mas sempre dou um jeito de não ir, sem chamá-la de louca.
     
    E ela já quase não vai. Acho que estou, aos poucos, desconvertendo-a.
    Ela lia um monte de livros espíritas, essa xaropada toda de série AL, agora já começa a dizer que falta tempo.
    Acho que só não entregou os pontos para não me dar razão, para não se dar por vencida.

  353. Vinicius Diz:

    No meu trabalho há um colega no mesmo setor que é chiquista. Ontem ele falou pra mim: to indo lá na FEESP cara? Eu respondi: ah tá bom vai kkk e aleguei falta de tempo também. Já falei a ele meio que por cima dos plagios do CX ele só falou que devem ser obsessores que pegaram o chico.

  354. Marciano Diz:

    Gênesis, 18:29 Continuou Abraão ainda a falar-lhe, e disse: Se porventura se acharem ali quarenta? Mais uma vez assentiu: Por causa dos quarenta não o farei.
     
    GÊNESIS
    [25]
    20 e Isaque tinha quarenta anos quando tomou por mulher a Rebeca, filha de Betuel, arameu de Padã-Arã, e irmã de Labão, arameu.
     
    Gênesis, 26, 34 Ora, quando Esaú tinha quarenta anos, tomou por mulher a Judite, filha de Beeri, o heteu e a Basemate, filha de Elom, o heteu.
     
    GÊNESIS
    [32]
    13 Passou ali aquela noite; e do que tinha tomou um presente para seu irmão Esaú:
    14 duzentas cabras e vinte bodes, duzentas ovelhas e vinte carneiros,
    15 trinta camelas de leite com suas crias, quarenta vacas e dez touros, vinte jumentas e dez jumentinhos.
     
    GÊNESIS
    [50]
    3 Cumpriram-se-lhe quarenta dias, porque assim se cumprem os dias de embalsamação; e os egípcios o choraram setenta dias.
     
    Êxodo, 16, 35 Ora, os filhos de Israel comeram o maná quarenta anos, até que chegaram a uma terra habitada; comeram o maná até que chegaram aos termos da terra de Canaã.
     
    ÊXODO
    [26]
    19 Farás também quarenta bases de prata debaixo das vinte tábuas; duas bases debaixo de uma tábua, para as suas duas couceiras, e duas bases debaixo de outra, para as duas couceiras dela.
     
    NÚMEROS
    [13]
    25 Ao fim de quarenta dias voltaram de espiar a terra.
     
    DEUTERONÔMIO
    [25]
    3 Até quarenta açoites lhe poderá dar, não mais; para que, porventura, se lhe der mais açoites do que estes, teu irmão não fique envilecido aos teus olhos.
     
    Vou parar por aqui, porque o número 40 aparece na bíblia a toda hora.
     
    Deu pra ter uma ideia.

  355. Marciano Diz:

    VINICIUS, o que é chato na vida é que muitas vezes temos de ir a centros chiquistas, igrejas católicas, igrejas pentecostais, por causa de compromissos sociais.
    Volta e meia tenho de ir a uma missa de casamento.
    Já fui a casamento em igreja do Malafaia.
    Já fui até convidado a ser padrinho, mas declinei, alegando não ser católico (é verdade), mas omitindo o fato de que sou totalmente descrente.
    Essa não é uma ocasião para declarar-se descrente, a pessoa não entende, se ofende.
    Não escondo de ninguém minha descrença, mas não faço alarde.
    Quando surge o assunto e tenho intimidade, mostro minha descrença e questiono a crença de quem diz acreditar. O resultado é esse que você vê aqui.
     
     
    Também fico calado, quando não tenho intimidade, e a pessoa fala de reiki, homeopatia, acupuntura…
    Na semana passada, uma amiga, com a qual tenho intimidade, falou que estava se tratando com medicina ortomolecular. Desci a lenha nela.
     
    Quando é alguém com quem tenho pouca intimidade, desconverso, falo até de futebol, coisa de que não gosto.
    Falta de intimidade faz a gente falar que anda chovendo muito, ou pouco, que está fazendo calor ou frio.
    Intimidade faz a gente falar demais.

  356. Marciano Diz:

    Não sei o que é pior. Conversa de elevador ou debates acalorados sobre política e religião.
    Tem um ditado latino que diz: De gustibus et coloribus, non est disputandum.
    Quando eu era criança, ouvia dizerem que política, religião e futebol não se discute.
     
    Moral da história: quando a gente não tem nenhuma intimidade, fica com conversa de elevador; quando tem muita intimidade, discussões veementes; quando se está no meio, conversa fiada.
     
    No dia a dia, com colegas de trabalho, etc., o melhor que fazemos é ficar na conversa fiada.

  357. Marciano Diz:

    Esqueceu-me o itálico.

  358. Marciano Diz:

    Antes que alguém diga que eu é que me esqueci do itálico, não ele de mim, peço socorro ao Aurélio:
    Verbo transitivo indireto.
    8.Sair da lembrança:
    Esqueceram-lhe os dias felizes;
    “Esquece-me o seu nome; apenas me recordo de que era ainda novo.” (Mário de Sá-Carneiro, A Confissão de Lúcio, p. 154); “Era… Também o mês esquece agora / À infiel memória minha!” (Alberto de Oliveira, Poesias, 2a série, p. 271); “Nunca me há de esquecer …. a santa velha da tia Jerônima.” (Alexandre Herculano, Lendas e Narrativas, II, p. 127).

  359. Marciano Diz:

    Há variantes sinstráticas e sincrônicas aceitas pela NGB: esqueci o livro; esqueci-me do livro; esqueceu-me o livro.

  360. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Chato é quando ela me chama para ir ao centro. Mas sempre dou um jeito de não ir, sem chamá-la de louca.”
    /.
    ORA, que purtunidade d’ouro estás a dispensar: vá e, gentilmente, cobre das autoridades demonstração objetiva de espíritos presentes, conquanto, pelo que sei, em reuniões comuns são só palestras e orações, médiuns em ação mediúnica só em sessões específicas…
    .
    Então… sei lá…

  361. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Há variantes sinstráticas e sincrônicas aceitas pela NGB: esqueci o livro; esqueci-me do livro; esqueceu-me o livro.”
    /.
    /
    Aquele 24 anos sabia-me a néctar dos deuses, tão voluptuoso o sabor que esqueceu-se-me o ponto da leitura que realizava nas postagens do Obras, ocasionando bulha entre meus confrades, que julgaram-se enrabado por moléstia lesadora de memória, de cujo nome ora me foge da retenção recordativa.

  362. Gorducho Diz:

    No meu tempo tinha “todos” dias – 2ª 4ª 6ª – depois do sermão os passes que eram dados por médiuns incorporados. Hoje pelo que se nota já estão tendendo a retornar ao mesmerismo puro, i.e., então dispensarem os espíritos, como se viu na “descoberta” feita pelo Analista Demóstenes.
    Os fiéis escolhiam na medida do possível com quem iriam tomar os passes pois confiavam mais nuns médiuns que noutros :lol:
     
    Depois, 6ªs tinha sessão mediúnica onde sentavam os médiuns ou candidatos a (“em desenvolvimento”) e aí recebiam suas mensagens psicografica ou psicofonicamente. Alguns médiuns videntes eventualmente viam espíritos.
    No nosso centro não tinha desobsessão propriamente dita. Claro que às vezes incorporava algum espírito que estava nas trevas, mas sem grandes comícios. Nunca apareceu um obsidiado que eu me lembre.
     
    Essa sala de passes e mediúnica era iluminada por um bico verde creio que duns 40W.

  363. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Vou parar por aqui, porque o número 40 aparece na bíblia a toda hora.”
    /.
    Mais de quarenta vezes…

  364. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Fiz um cursinho de psicologia prática com um mestre doidão, muito chegado à parapsicologia e ocultismo, onde? Em Duque de Caxias, RJ. Ao final das aulas o dito confessou ter tido o registro cassado pelo Conselho devido as ideias inortodoxas que apregoava… Mesmo assim era camarada bacana, até testes com baralho Zener fez conosco, a fim de medir o nível de PES de cada.
     
    Narrou-nos, dentre outras, que sempre ao passar próximo de Igreja Universal parava a moto e ficava a contemplar o dístico: “Jesus Cristo é o Senhor”. Até que algum obreiro se aproximava e o convidava para entrar. Às vezes ia, às vezes não, mas questionava: “aquela frase…”, ao que o crente, gentilmente, explicava: “ah sim, significa que Jesus é o Senhor de todos nós”.
     
    Entretanto, retrucava sentir que havia algo além, e manteve a atitude por certo tempo: ao topar o dizer detinha-se meditabundo.
     
    Até que certo momento veio-lhe a iluminação e, ao ser abordado pelo servidor, clamou feliz: “não preciso mais acompanhar seus trabalhos, agora sei!”, o sujeito o olhou pasmado… “?!”
    “Agora sei: Jesus Cristo é o Senhor!”, e apontava para o obreiro assustado, repetindo enfáticamente: “Jesus Cristo é o Senhor!”
     
    O outro tentava explicar, “não, o senhor não entendeu…”, ao que foi aparteado: “entendi sim! Jesus Cristo é o Senhor! Jesus Cristo sou eu, você, todos nós! Cada um é Jesus! Muito obrigado, não preciso mais parar em porta de igreja, agora eu sei!” E seguiu caminho a cantarolar uma modinha.
     
    A alegria que externava, ao narrar a aventura, era tão intensa que contagiava toda a turma.
     
    Em tempo: meu nivel de PES ficou abaixo da média… acho estava com a bateria psíquica descarregada…

  365. Marciano Diz:

    MONTALVÃO, o máximo que conheço de centros são palestras, o máximo que conheço de igrejas, são missas ou cultos evangélicos. E nem consigo prestar atenção. Fico pensando na vida, meditando, planejando coisas.
    Isto, quando não dá para se esquivar.
     
    Se fosse o caso de questionar, eu seria linchado.
    Imagine um padre celebrando um casamento e eu questionando, publicamente, a existência de NSFG.
     
    “Aquele 24 anos sabia-me a néctar dos deuses, tão voluptuoso o sabor que esqueceu-se-me o ponto da leitura que realizava nas postagens do Obras, ocasionando bulha entre meus confrades, que julgaram-se enrabado por moléstia lesadora de memória, de cujo nome ora me foge da retenção recordativa.”
     
    Esplêndido!
    Não sei por que, lembrei-me até de Castro Alves, apesar de ser prosa.
     
    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 27TH, 2016 ÀS 11:33 AM
    /
    “Vou parar por aqui, porque o número 40 aparece na bíblia a toda hora.”
    /.
    Mais de quarenta vezes…
     
    Não quarenta nem quatrocentas vezes, mas quatrocentas vezes quarenta.
     
    “Narrou-nos, dentre outras, que sempre ao passar próximo de Igreja Universal parava a moto e ficava a contemplar o dístico: “Jesus Cristo é o Senhor”. Até que algum obreiro se aproximava e o convidava para entrar. Às vezes ia, às vezes não, mas questionava: “aquela frase…”, ao que o crente, gentilmente, explicava: “ah sim, significa que Jesus é o Senhor de todos nós”.

     
    Ufa! Que alívio!
     
    O PASTOR QUE ME PERDÔE, mas eu também tinha o hábito do “psicólogo zener”.
    Parava diante do templo e ficava a divagar sobre o frase.
    “Jesus Cristo é o Senhor”. “Jesus Cristo é o Senhor”.
     
    E eu, indagando de meu íntimo: — Como eles podem saber? Nunca contei isto pra ninguém…
     
    Agora está explicado, não estavam se dirigindo só a mim.
    Estavam se dirigindo a todos que lessem a frase.
    Pobres dos analfabetos. Não são Jesus Cristo.
     
    MONTALVÃO, tu já fizeste curso de psicologia zener, curso de hipnose, curso de batista, quase faz curso de testemunha de jeová.
    Por ter ficado a perder tempo com questiúnculas como essas é que hoje não sabes resolver um probleminha simples de mecânica, como aquele que passei pra você.
    Lembra-se?
     
    Ops! Esqueceu-se-me o fato de que sua memória recente está prejudicada, só se lembra de coisas antigas.
     
    Foi este aqui:
     
    Um cilindro oco, cuja geratriz mede 5 m, tem as bases paralelas e gira em torno de seu eixo disposto horizontalmente.
    Seu movimento é uniforme, efetuando 120 rpm.
    Um projétil lançado através desse cilindro, paralelamente ao seu eixo, perfura as duas bases em dois pontos: a base A num ponto 1 e a base B num ponto 2, antes de o cilindro completar uma volta.
    O ângulo formado pelos dois raios que passam por esses pontos 1 e 2, desde quando o projétil perfura a base A até emergir em B, é Δ φ = π /2 rad. (rad = radiano – unidade de medida do ângulo central φ que determina na circunferência um arco s de comprimento igual ao raio R; corresponde ao ângulo central subtendido por um arco de circunferência cujo comprimento seja igual ao raio desta mesma circunferência, – lembraram?)
    Supondo que o movimento do projétil no interior do cilindro seja retilíneo e uniforme, calcule a sua velocidade.
     
     
    Vou repor as baterias e folgarei em vê-los exultantes, lépidos e fagueiros, ao retornar.

  366. Demóstenes Diz:

    Já ouviram falar de Prahlad Jani? Não é loira, mas tem um brinco “lindo”, o Sr. Prahlad, um asseta, diz que está a 70 anos sem comer. Diz a lenda que Sidharta (buda) também jejuou muitos anos, quando alcançou a “luz”, passou a pregar o caminho do meio e não mutilação do corpo.
    /
    Inglish:
    .
    http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/india/7645857/Man-claims-to-have-had-no-food-or-drink-for-70-years.html
    .
    Portuguese
    http://www.megacurioso.com.br/bizarro/37493-homem-diz-que-esta-sem-comer-ha-70-anos-sera-que-e-verdade-.htm
    /
    /
    /
    Montalvão,
    /
    Vc não entendeu, a frase é pra ser dita quando o “irmão”, Ex: Contra CX, estiver na frente do Didir Macedo: “Jesus Cristo é o Senhor”

  367. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Não sei por que, lembrei-me até de Castro Alves, apesar de ser prosa.”
    /.
    REENCARNAÇÃO?

  368. MONTALVÃO Diz:

    /
    “E eu, indagando de meu íntimo: — Como eles podem saber? Nunca contei isto pra ninguém…”
    /.
    TELEPATIA, superpsi?

  369. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Por ter ficado a perder tempo com questiúnculas como essas é que hoje não sabes resolver um probleminha simples de mecânica, como aquele que passei pra você.
    Lembra-se?”
    /.
    LEMBRA que ando esquecido?
    Lembra que, ao meu modo, o resolvi? E quem poderá garantir que meu modo não é “o modo”?
    /
    /

    “Ops! Esqueceu-se-me o fato de que sua memória recente está prejudicada, só se lembra de coisas antigas.”
    /
    DEVERAS, frequentemente lembro de você, do Gorducho, do Contra… só coisas antigas…
    /
    /
    “Foi este aqui: [...]”
    /
    VAI DIZER que quer que eu o resolva novamente de novo? Fique sabendo que a cada nova resolução nova resposta… versatilidade é isso, e é assim que a física progrede!

  370. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Vc não entendeu, a frase é pra ser dita quando o “irmão”, Ex: Contra CX, estiver na frente do Didir Macedo: “Jesus Cristo é o Senhor”
    /.
    TAÍ, uma visão alternativa interessante, mas você não entendeu, quem interpretou o declarativo não foi minha pessoa, sim meu mestre (mestre ao menos naquela louc, digo, singular matéria)…
    .
    Entendeu?

  371. Marciano Diz:

    MONTALVÃO Diz:
    FEVEREIRO 27TH, 2016 ÀS 2:53 PM
    /
    “Não sei por que, lembrei-me até de Castro Alves, apesar de ser prosa.”
    /.
    REENCARNAÇÃO?
     
    Pode ser.
    Escreva uns versos, pra gente conferir os estilos.
     
    Buda é outro mito que nunca existiu em carne e osso.
     
     
    Tenho um bisavô que morreu na guerra e está sem comer desde então, mais de setenta anos.
     
     
    É que ele recusa a sopinha do NL.

  372. Marciano Diz:

    Vamos escolher em que doideira queremos acreditar.
    Que alguém de carne e osso passa setenta anos sem comer nada, ou que alguém que já morreu coma alguma coisa (NL).
    Ninguém, até hoje, me disse como é o sistema de esgotos do NL.

  373. Marciano Diz:

    Cap 9 – Problema de alimentação – Preciosas informações quanto ao abastecimento alimentar: em “Nosso Lar”, no passado, houve demandas; após, a alimentação passou a ser por inalação de princípios vitais da atmosfera e água misturada a elementos solares, elétricos e magnéti-cos. Só entre os mais necessitados é que há alimentos que lembram os da Terra.
     
     
    Mentira!
    A comida no NOSSO LAR é boa.
    Eles até tem delivery.
    Confiram:
    http://www.pedidosja.com.br/restaurantes/sao-paulo/jardim-nosso-lar/comida-saudavel-delivery

  374. Marciano Diz:

    Pra quem gosta de comida japa, NL entrega a domicílio:
    http://www.pedidosja.com.br/restaurantes/sao-paulo/jardim-nosso-lar/comida-japonesa-delivery

  375. Marciano Diz:

    Check a pizza de NL:
    http://www.pedidosja.com.br/comidas/pizzas?pycat=googledisplay&cmp=dis_reach_BR_NationWide_Keywords&ag=Pizza_Banners&kwd=&mt=&net=d&dev=c&gclid=CP7QjtfWmMsCFYyAkQodUeYP9A

  376. Marciano Diz:

    —Claro, não mudam de gosto só porque desencarnaram. O Educandário é agradável, mas a ordem impera. Todos na Colônia são convidados a se educar. A disciplina com amor educa. Procuramos atendê-los dentro do limite justo. Muitos querem um brinquedo preferido, isto é fácil, os instrutores plasmam e eles têm seu brinquedo. Balas e sorvetes são distribuídos, mas na medida certa, assim aprendem que devemos nos nutrir de alimentos sadios, tudo equilibrado.
     
    —E os jovens também? Muitos gostavam de refrigerantes, podem tê-los?
    —Patrícia, você tem vontade? Aqui, quis tomar um refrigerante?
    —Não.
    —Assim é com a maioria deles. Vontade está no desejo. E devemos educar nossa vontade. Se algum jovem quiser, pode ter seu refrigerante, mas nunca bebidas alcoólicas.
     
    MATEUS
    [11]
    19 Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um comilão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores. Entretanto a sabedoria é justificada pelas suas obras.
     
    O beberrão FG não iria gostar desse veto ao vinho nas colônias espirituais, nem eu.
     
     
    XX
    NO CENTRO ESPÍRITA
    Quando estava para começar a reunião, Maurício veio me buscar e fomos para o salão. Ficamos na parte direita de quem entra e sentamos. Este espaço é reservado a visitantes desencarnados. Sentamos em cadeira plasmada acima do solo material e não nas cadeiras dos encarnados.
     
    Que um espírito “plasme” uma cadeira, eu até tento entender, mas a necessidade se sentar-se?
    Seria para não cansar as “pernas”?
     
    Tudo isso tá no Violetas.
     
     
    XXVII
    PREPARANDO PARA ESTUDAR
    Cada vez mais ansiava por aprender e ser útil. Dormia poucas horas como também me alimentava pouquíssimo, aprendi a absorver a alimentação da atmosfera e tomava pouca água. Dias antes do Natal, concluí o curso de como me alimentar, foi muito proveitoso. A água aqui é diferente, magnetizada, sinto-a perfumada. Sempre gostei muito de tomar banho, no curso aprendi a plasmar limpeza tanto do corpo como das roupas que usava, a limpar-me, higienizar-me pela mente. Não comer dá uma enorme vantagem. Não necessita usar o banheiro.
     
    De novo, se vê que quem toma sorvete plasmado caga um plasma no banheiro da colônia espiritual.
     
    Como fica o sistema de esgotos?
    Quem trabalha nele? Médicos incompetentes, como AL?
     
    Viram a água magnetizada?
    Aquela cujas moléculas não têm pontes de hidrogênio e que vaporizam a 180 graus abaixo de zero.
     
    Vejam a apostila da UFF, mais acima.

  377. Marciano Diz:

    Que quem nunca estudou física, matemática, química, engula essas porcarias, eu também entendo.
    Acontece que tudo isso é matéria de ensino médio.
    Pelamordedeus.

  378. Marciano Diz:

    MONTALVÃO, se você conseguisse despolarizar as moléculas da água, elas entrariam na fase gasosa a 180 graus abaixo de zero (veja matéria acima).
    Daí, você poderia jogá-la nos cachorros brigões.
    Logo depois, você gritaria para eles:
    Freeze!

  379. Marciano Diz:

    Água magnetizada é o c[CENSURADO DEVIDO AO ALTO NÍVEL DO SÍTIO] s ® :!:
    Leiam o pdf da UFF.

  380. Marciano Diz:

    A polaridade da água
     
    A água tem uma estrutura molecular simples. Ela é composta de um átomo
    de oxigênio e dois átomos de hidrogênio. Cada átomo de hidrogênio liga-se
    covalentemente ao átomo de oxigênio, compartilhando com ele um par de
    elétrons. O oxigênio também tem um par de elétrons não compartilhados. Assim, há 4 pares de elétrons em torno do átomo de oxigênio, dois deles envolvidos nas ligações covalentes com o hidrogênio e dois pares não-compartilhados no outro lado do átomo de oxigênio.
     
    A água é uma molécula “polar”, o que quer dizer que ela tem uma distribuição desigual da densidade de elétrons. A água tem uma carga negativa
    parcial junto ao átomo de oxigênio por causa dos pares de elétrons não compartilhados, e tem cargas positivas parciais junto aos átomos de hidrogênio.

     
    A atração eletrostática entre as cargas positivas parciais dos átomos de
    hidrogênio e a carga negativa parcial do átomo de oxigênio resulta na formação de uma ligação denominada “ponte” de hidrogênio. Tais ligações permitem a união entre as moléculas de água. Sem as pontes de hidrogênio, a temperatura de ebulição da água poderia chegar a -80ºC, existindo na superfície terrestre somente na forma gasosa.
     
    Compostos similares ocorrem na natureza sob a forma de gases, com
    temperaturas de fusão e ebulição bem abaixo de 0ºC. A água é única porque
    ocorre nos três estados da matéria – sólido, líquido e gasoso – sob condições atmosféricas bastante restritas.
     
     
    Várias propriedades peculiares da água são devidas às ligações de
    hidrogênio. A flutuação do gelo pode ser citada como exemplo, uma vez que tais ligações mantêm as moléculas de água mais afastadas no sólido do que no
    líquido, onde há uma ligação hidrogênio a menos por molécula. Também é devido às ligações de hidrogênio o elevado calor de vaporização, a forte tensão
    superficial, o alto calor específico e as propriedades solventes quase universais.
    Em função da natureza química de sua molécula, as propriedades físicas e
    químicas da água diferem muito das de qualquer outra substância, o que a
    caracteriza como constituinte fundamental da matéria viva e do meio que a condiciona.

     
    Capacidade térmica da água (calor específico)
    A capacidade térmica é definida pela quantidade de calor necessária para
    elevar a temperatura de 1g (grama) de uma determinada substância, e a unidade de medida utilizada é a caloria. A capacidade térmica da água é bem elevada (1 cal/ºC), quando comparada com a maioria das substâncias conhecidas (< 1 cal/ºC). Em outras palavras, a água é capaz de adquirir ou perder muito mais calor que outras substâncias comuns, quando submetida à mesma temperatura.
     
    Esta propriedade da água é sempre relacionada com a presença das
    pontes de hidrogênio.
    A energia térmica, considerada como medida de movimentação molecular, é utilizada para quebrar as ligações intermoleculares,
    permitindo que as moléculas se movam mais rapidamente, fato que resulta mudança de estado físico das substâncias.
     
    Porque a capacidade térmica da água é muito grande e considerando que
    71 % da superfície do globo é coberta por água, pode-se concluir que a energia de origem solar causa, apenas, pequenas alterações na temperatura do planeta.
    Assim, os oceanos controlam o aquecimento ou o arrefecimento do planeta e
    proporcionam todas as condições fundamentais para tornar possível à vida na
    Terra. O calor é armazenado pelos oceanos durante o verão e é libertado de volta para a atmosfera no inverno. Assim, os oceanos moderam o clima através da redução das diferenças de temperatura entre as estações do ano.
     
     
    Pela própria natureza da ligação química dos átomos da água, vemos que é impossível (graças a deus) mudar sua natureza de molécula polar.
     
    Não fossem as pontes de hidrogênio, não seria possível a vida na Terra, pelo menos da forma que a conhecemos.
     
    E quem são os idiotas que dizem que “magnetizam’ a água.
     
    O que significa magnetizá-la?
     
    Será que seria mudar sua molécula, deixá-la sem polaridade?
     
    O que poderia mudar as ligações atômicas, para mudar a forma como se ligam os átomos?
     
    Quais seriam as consequências disso?
     
     

    A água só tem as propriedades físico-químicas que tem por causa do modo como seus átomos se unem nas moléculas, fazendo com que elas se aglutinem e permitindo que permaneçam na fase líquida acima dos 80 abaixo de zero até os cem acima.
    São 180 graus C de diferença.
     
    Essa peculiaridade torna possível a existência de água líquida na Terra, a osmose nas células, a tensão superficial, as chuvas, o diabo-a-quatro.

  381. Marciano Diz:

    Unequal sharing of electrons makes water a polar molecule.
    Tell students that the oxygen atom attracts electrons a little more strongly than hydrogen does. So even though the electrons from each atom are attracted by both the oxygen and the hydrogen, the electrons are a bit more attracted to the oxygen. This means that electrons spend a bit more time at the oxygen end of the molecule. This makes the oxygen end of the molecule slightly negative. Since the electrons are not near the hydrogen end as much, that end is slightly positive. When a covalently bonded molecule has more electrons in one area than another, it is called a polar molecule.
     
    Deixo vocês com uma aulinha de química do ensino médio e vou pra farra daqui a pouco.
    Vou fazer umas experiências com alguns solutos em água, dentre eles, C₂H₆O.
    Volto amanhã. Bons estudos:
    http://www.middleschoolchemistry.com/multimedia/chapter5/lesson1#attraction

  382. Gorducho Diz:

    O que significa magnetizá-la?
    Um campo magnético de até 4400G supostamente rearranjaria clusters de moléculas d’água. Ou seja essas moléculas formariam arranjos com tipo O – H ••• O – H
    i.e., Hs parcialmente atraídos por Os de outras moléculas.
    Seria semelhante às estruturas cristalinas, digamos assim.
     
    Será que seria mudar sua molécula, deixá-la sem polaridade?
    Não.
     
    O que poderia mudar as ligações atômicas, para mudar a forma como se ligam os átomos?
    Não é isso. É (supostamente, se forem verdadeiras as teorias…) mudar a forma como se configuram clusters de moléculas no sistema (i.e., no volume de controle, ou seja no vasilhame que esteja sendo ensaiado).
     
    Quais seriam as consequências disso?
    Os chineses aqueles dizem no artigo. O que eles ensaiaram, claro que podem haver outras.

  383. Vinicius Diz:

    A marca “nosso lar”… http://www.nossolarmb.com.br/servicos-prestados-pela-casa-de-repouso-nosso-lar-mb-araraquara.html
     
    http://www.hospitalnossolar.com.br/site/
    Eis um pequeno plágio http://www.redenossobar.com.br/
     

  384. MONTALVÃO Diz:

    REENCARNAÇÃO?
    /
    “Pode ser.
    Escreva uns versos, pra gente conferir os estilos.”
    /.
    Pois não.
    =================.
    Ó Deus, onde estás que não arrespondes
    Em que complexo
    do Alemão
    Tu te escondes?
    /
    /
    Todos cantam sua terra, também vou cantar gatinhas
    Vou jogar-lhes meu charme e fazê-las minhas rainhas,
    Correi da enchente no sul
    Debaixo da canícula de Abril
    Encontrareis gente em Santa Cruz e até no Brasil
    Da minha infância querida, sofrida, dorida
    Porque as aves que aqui gorjeiam não me deixam dormir em paz
    Depois digo mais visto que vem gente atrás…

  385. MONTALVÃO Diz:

    /
    “A água tem uma estrutura biológica simples. Ela é composta de um átomo e mais dois átomos, formando três átomos sexualmente interligados. Cada átomo comunica por meio de alelos ao seu vizinho compartilhando com ele um par de membranas de DNA. O oxigênio também tem um par e meio de garrículas, porém não compartilhadas. Assim, há 4 pares de alelos e seus antípodas girando em torno de um eixo comum, dois deles descansam enquanto os outros evoluem em circunvoluções alternadas colapsando com o hidrogênio líquido e o nitrogênio sólido. Ao final, basta encher o copo e beber dessedentando-se.
    .
    Simples assim.”
    /.
    9ª aula de ceências.

  386. Marciano Diz:

    A noite não é mais uma criança, nem eu.
    Acabo de chegar e vim tomar minha cachacinha.
    É o vício do blog.
     
    Agora, lendo os versos, não tenho mais dúvida: MONTALVÃO é o Castro Alves reencarnado.

     
    Fiz os cálculos e conferi, mas, por via das dúvidas, mandarei para o GORDUCHO revisar.
     
    Castro Alves, em sua penúltima reencarnação, escrevia assim:
     
    Que importa do nauta o berço,
    Donde é filho, qual seu lar?
    Ama a cadência do verso
    Que lhe ensina o velho mar!
    Cantai! que a morte é divina!
    Resvala o brigue à bolina
    Como golfinho veloz.
    Presa ao mastro da mezena
    Saudosa bandeira acena
    As vagas que deixa após.

    Do Espanhol as cantilenas
    Requebradas de langor,
    Lembram as moças morenas,
    As andaluzas em flor!
    Da Itália o filho indolente
    Canta Veneza dormente,
    — Terra de amor e traição,
    Ou do golfo no regaço
    Relembra os versos de Tasso,
    Junto às lavas do vulcão!

    O Inglês — marinheiro frio,
    Que ao nascer no mar se achou,
    (Porque a Inglaterra é um navio,
    Que Deus na Mancha ancorou),
    Rijo entoa pátrias glórias,
    Lembrando, orgulhoso, histórias
    De Nelson e de Aboukir.. .
    O Francês — predestinado —
    Canta os louros do passado
    E os loureiros do porvir!

    Os marinheiros Helenos,
    Que a vaga jônia criou,
    Belos piratas morenos
    Do mar que Ulisses cortou,
    Homens que Fídias talhara,
    Vão cantando em noite clara
    Versos que Homero gemeu …
    Nautas de todas as plagas,
    Vós sabeis achar nas vagas
    As melodias do céu! …
     
     
    Depois, desencarnado, pela pena de cx, caiu para:
     
    Há mistérios peregrinos

    No mistério dos destinos

    Que nos mandam renascer;

    Da luz do Criador nascemos,

    Múltiplas vidas vivemos,

    Para à mesma luz volver.

    Buscamos na Humanidade

    As verdades da Verdade,

    Sedentos de paz e amor;

    E em meio dos mortos-vivos

    Somos míseros cativos

    Da iniqüidade e da dor.
     
     
    Agora, reencarnado como MONTALVÃO, caiu exatamente para:
     
    Todos cantam sua terra, também vou cantar gatinhas
    Vou jogar-lhes meu charme e fazê-las minhas rainhas,
    Correi da enchente no sul
    Debaixo da canícula de Abril
    Encontrareis gente em Santa Cruz e até no Brasil
    Da minha infância querida, sofrida, dorida
    Porque as aves que aqui gorjeiam não me deixam dormir em paz
    Depois digo mais visto que vem gente atrás…
     
     

    Percebe-se claramente os termos de uma progressão geométrica de razão -2 (menos dois), ao analisar os poemas.
     
    Como se sabe, os espíritos, ao desencarnar, perdem as habilidades e a arte, na razão de -2; reencarnando, continuam involuindo na mesma razão.
     
    Meus cálculos mostram que os versos de Castro, cx e MONTALVÃO obedecem exatamente a esta proporção, portanto, só pode ser o baiano reencarnado.
     
    E MONTALVÃO guarda memórias de sua passagem pelo NOSSO LAR, como se vê da 9ª aula de ceências por ele transcrita.
    Esta é a verdadeira natureza da molécula da água.
     
    Uma inestimável lição de bio-físico-química, digna de um nossolarino.
     
    As garrículas não compartilhadas do oxigênio, com os alelos colapsados no hidrogênio líquido e do nitrogênio sólido mostram o gênio da ceência nossolarina.
     
    MONTALVÃO captou com perfeição as vibrações emanadas dos ceentistas nossolarinos, o que prova que foi um deles quando por lá passou.
     
    Visto por essa ótima, realmente é muito simples.
    É disso que o espiritismo precisa! De gente estudiosa e genial, movida a oxigênio, nitrogênio, hidrogênio, estrogênio, fibrinogênio, halogênio, glicogênio, tripsinogênio e outros gênios.
     
    MONTALVÃO só esqueceu-se de mencionar o psicogênio, o elemento fundamental da atmosfera nossolarina, de onde provém a alimentação dos comilões de luz que lá habitam.
    Esta é a chave da nutrição não-calórica de septuagenários como (como, não, estou de dieta) o Senhor PRAHLAD BAGDÁ, que não come desde que nasceu (há setenta anos).
     
     
    Volto assim que Allah permitir.
    Dominus vobiscum!

  387. Marciano Diz:

    Desta feita, não foi o poltergeist, foi o C?H?O.
    Onde se lê “Visto por essa ótima”, leia-se “Visto por essa ótiCa”.

  388. Marciano Diz:

    Onde se lê
    C?H?O
    leia-se
    C₂H₆O.

  389. Gorducho Diz:

    O Emmânuel em latim
    compunha assim:

    Alma gêmea de minh’alma
    Flor de luz de minha vida
    Sublime estrela caída
    Das belezas da amplidão.
    Quando eu errava no mundo
    Triste e só, no meu caminho,
    Chegaste, devagarinho,
    E encheste-me o coração.
    Vinhas na benção das flores
    Da divina claridade,
    Tecer-me a felicidade
    Em sorrisos de esplendor!
    És meu tesouro infinito.
    Juro-te eterna aliança
    Porque sou tua esperança,
    Como és todo meu amor!
    Alma gêmea de minha alma
    Se eu te perder algum dia…
    Serei tua escura agonia,
    Da saudade nos seus véus…
    Se um dia me abandonares
    Luz terna dos meus amores,
    Hei de esperar-te , entre as flores
    Da claridade dos céus.

    Agora com 16 anos em SP será que ele compõe já em português :?:

  390. Vinicius Diz:

    Teve um rapaz que teve postar vídeos no YouTube falando que não é a reencarnação de Emmanuel. Provavelmente os chiquistas estavam em seu pé e colocando abobrinhas na cabeça do rapaz:
     
    https://m.youtube.com/watch?v=8zokhs_YmK4

  391. Gorducho Diz:

    Quando eu era latifundiário vitivinicultor em Pompéia lembro que escrevi esse poema pra minha querida esposa Παχουλα (nobre da parte grega do império – a mesma, claro… porque somos almas gêmeas :mrgreen: )
     
     
    Vivamos, Pachoula minha, e amemos
    Pra língua dos invejosos
    Caguemos e andemos.
     
    O Sol morre no ocidente
    Pra renascer no oriente
    Mas pra nossa luz quando extinta
    Negra noite eterna pinta.
     
    Dá-me pois mil, depois cem bejos
    E façamos mil, depois cem gracejos
    E quando muitos miles completemos
    A conta apagaremos
    Pra ciume não gerarmos
    Das delícias que gozarmos
    Vivamos, Pachoula minha, e amemos.

  392. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Castro Alves, em sua penúltima reencarnação, escrevia assim:[...]”
    /.
    SUPÕES ENTONCEs que migo, enquanto reencarnação do vate, escrevinhasse qual escrevinhava em antanho despertaria atenção de qualquer cidadão? Nestes tempos de zap-zap claramente não…
    /
    Temos de nos adequar às pústulas culturais de cada época: isso é lidado enquanto, na erraticidade, planejamos o próximo encarne. Procure pesquisar a ação dos mestres ascensos, entenderás.
    /
    Moi, submestre da esfera azul dos raios dourados.

  393. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Teve um rapaz que teve postar vídeos no YouTube falando que não é a reencarnação de Emmanuel. Provavelmente os chiquistas estavam em seu pé e colocando abobrinhas na cabeça do rapaz:”
    .
    https://m.youtube.com/watch?v=8zokhs_YmK4
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Lembro de quando ele, mais jovem, foi paparicado no programa da Ana Maria Braga. Nos comentários ao vídeo, postei o seguinte:
    /
    “Este rapaz, sendo médium equilibrado, seria excelente elemento para se testar a real presença de espíritos em evento mediúnico. Até hoje dizem que os mortos falam com vivos, mas nenhum deles consegue comprovar legitimante estar presente. Será que os mestres desse moço seriam capazes de produzir tais provas?”

  394. MONTALVÃO Diz:

    /
    Gorducho Diz:
    Quando eu era latifundiário vitivinicultor em Pompéia lembro que escrevi esse poema
    /.
    ORA, POIS, POIS, és um bardo reencarnado de primeira categoria! Quero agora ver quem duvidará da evolução cármica…

  395. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Castro Alves, em sua penúltima reencarnação, escrevia assim: [...]
    Agora, reencarnado como MONTALVÃO, caiu exatamente para:
    /

    O bardo canta quando em terra,
    Também vou cantar, gatinhas
    Por vós irei a guerra, de vós farei rainhas,
    As saudades que tenho
    D’orora de minha infância
    Quando corria em ânsia
    Do dono do goiabal
    Pulava cercas farpidas
    Em fuga descabida
    Mas não perdoava as cabritas
    Soltas no matagal
    A vós que sois guerreiros
    Não vou vos engrupir
    Já frequentei terreiros
    É verdade, não sei mentir
    E quando tarde a casa chegava
    Mamãe, sempre fula, perguntava
    “Filho, que estivestes a fazer?”
    “Mãe, estava no pomar, lá atrás”
    “A comer pitanga, coisa boa demais”
    A genitora com voz de zanga
    Punha-se a reclamar
    “Falei-te mil vezes, pára com essa fruta
    Pois bem não te fará”
    Mal ela terminava
    Na porta alguém chamava
    “Quem vem lá? Indagava”
    E a voz, doce, retrucava
    “É Pitanga, Dona Vavá, venho cá a perguntar
    Se o Dodô poderá
    Hoje comigo brincar”…
    /
    /
    De fato, já não mais reencarnam Castros Alves como antigamente…

  396. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    O mancebo de Marte tem pela hipnose as mais severas restrições, considera-a, se bem o entendi, apenas uma representação, espécie de teatro, levado a efeito pelas partes. Para ele o hipnotismo é um nada de valor.
    .
    Concordo um tanto com o pensamento do extraterreno, porém discordo que a hipnose não tenha aplicação produtiva, embora, nunca é demais frisar, não seja o “poder mágico” que o vulgo imagina. Ninguém se transforma em superman se receber sugestão para tal. Uma jovem casta não se prostituirá sob comando hipnótico; ninguém levita estando hipnotizado, etc. Por outro lado, o hipnotismo induz a mente a formular fantasias recebida sob indução, até o limite que lhe seja possível. Por isso, por exemplo, se vê gente “recordando” vidas passadas: se a sugestão é acatada, o cérebro se esforçará por encontrar vivência pretérita na vida do sonhador.
    .
    A suposição de que a sugestão hipnótica seja mais do que pode é herança de Anton Mesmer. Conquanto Mesmer não tivesse ideia de que os resultados terapêuticos que obtinha provinham de mentes sugestionadas, essa explicação já era aventada por sábios que, naquela época, estudaram a “medicina” que praticava. A partir de então, o hipnotismo seguiu duas vertentes: de um lado a visão supersticiosa de que a hipnose seja algo assemelhado a uma fórmula mágica (e que vigora em certos nichos até a atualidade); de outro o estudo sério dessa técnica, com aplicações profícuas em várias áreas.
    .
    Desse modo, quando se ouve quem a dizer que sujeito hipnotizado lembrou ser um grande imperador romano, ou uma cortesã na Grécia antiga, que foi capaz de parar os batimentos cardíacos, que desenvolveu força extraordinária, ou que provocou em si mesmo os estigmas de Cristo, acendam-se todas as luzes da chamada à prudência, pois, certamente, se está a ouvir falcatruagem.
    .
    Pois bem, chegamos aos estigmas, que quero comentar.
    .
    Em conversa com o crédulo Visoni, este, ao defender a qualidade investigativa de Stanley Krippner (e, de certa forma, e por tabela, da equipe que avaliou Amir Amyden), postou declaração do mesmo Kripnner em que este afirma ser possível, sob hipnose, alguns se tornarem estigmatas, ou seja, fazer aparecer no corpo feridas diversas, quase sempre ligadas às dores do Nazareno.
    .
    Ora, é claro que isso é um despautério, mas o mais alucinante é a referência que o Visoni trouxe, a fim de fundamentar a alegação.
    .
    E, ainda admirado, quase pasmado, fiquei eu ao perceber que a ilustração sequer sensibilizou o Marciano, considerando ser adversário figadal de qualquer suposta eficácia da arte hipnótica: não deu uma palavra! Ou não viu, visto que o texto veio no fechamento do primeiro artigo do debate Ganzfeld (eu mesmo por pouco não passei por ele batido), ou fica claro que o tema “paranormalidade” desperta diminuto interesse nas cabeças pensantes mais ativas deste espaço.
    .
    Dito isto, repriso os acontecimentos para que interessados se situem.
    /
    =============================.
    MONTALVÃO DISSE: Fala-se que hipnose é capaz de produzir essas chagas, acho muito, mas muito difícil mesmo, do verbo impossível. Krippner cita um caso? Humm, cada vez mais enrolado. Seu outro amigo, Scott Rogo, também deve conhecer exemplos…
    .
    Interessante é que ninguém quase fala em fraude, consciente ou não, mas seria essa a explicação para boa parcela dos eventos [os demais seriam ilusões, fantasiações, ouvir dizer].
    .
    Cite o caso de Krippner, em que alguém hipnotizado produziu, fiscalizadamente, chagas do crucificado, quero ver se isso é possível…
    /
    /
    Vitor Diz:
    Esse é o caso de estigmas gerados por hipnose citado por Krippner: [tradução livre ao final]
    .
    Hypnotically-Suggested Stigmata
    .
    The work of a German physician, Alfred Lechler (1933), supports this perspective. Lechler experimentally induced bleeding stigmata by hypnotic suggestions in a 29-year-old peasant woman who demonstrated high hypnotic susceptibility. Somewhat earlier, she had seen a film about Christ’s crucifixion that left her with pains in her hands and feet. Lecher hypnotized the girl and suggested that she had been pierced by nails in the manner of the crucifixion. After several sessions, the peasant woman produced the markings of a “crown of thorns” on her forehead, an inflamed shoulder condition related to her imaginary carrying of the cross, and bloody tears similar to those shed by the celebrated mystic, Theresa Neumann. Lechler photographed these manifestations (Lechler, 1933). The “crown of thorns” was not a customary part of Roman crucifixion practices and, if the account is accurate, it might have been produced for Jesus, mocking his appellation as “King of the Jews.”
    .
    The woman responded that she could feel the nails being driven into her hands and feet. Lechler and at least one nurse carefully observed her prior to, during, and after she received the suggestions. Wilson (1989) commented, “The significance of all this is profound. Effectively, Lechler can be said to have established more authoritatively than anyone before or since that spontaneous bleedings of the type attributed to stigmatics during the last seven centuries really do happen, and that these can be demonstrated under properly controlled conditions. He can also be said to have established that a fundamental key to the phenomena is hypnosis, and that the stigmatic, even without having been formally hypnotized seems to be, during his or her bleedings, in a mental and physical state effectively indistinguishable from hypnosis” (p. 97).

    “A really riveting feature is the extraordinary precision of the mechanism’s conformity to the visualization that triggered it. Stigmata have been precisely positioned to conform with the wounds of a stigmatic’s favorite crucifix. Or a wound may have taken on an exact shape such as a cross. Most dramatic of all, the mechanism seems able to mould the flesh into a feature resembling the head and bent-over point of an iron nail. It is as if something within the body has re-programmed it into a new form” (p. 126).
    /
    Stigmata hipnoticamente Sugestionado
    .
    O trabalho de um médico alemão, Alfred Lechler (1933), apoia esta perspectiva. Lechler induzira experimentalmente estigmas por sugestões hipnóticas em camponesa de 29 anos de idade, que demonstrou alta suscetibilidade hipnótica. Um pouco antes, ela tinha assistido filme sobre a crucificação de Cristo, que a deixou com feridas em suas mãos e pés. Lecher hipnotizou a moça e sugeriu que ela tinha sido perfurada por pregos à maneira de um crucificado. Depois de várias sessões, a camponesa produziu marcas de uma “coroa de espinhos” na sua testa, uma esquisita inflamação no ombro relacionada com o peso imaginário da cruz, e lágrimas de sangue semelhantes às derramado pela celebrada mística Theresa Neumann. Lechler fotografou esses eventos (Lechler, 1933).
    .
    A “coroa de espinhos” não era parte habitual da prática da crucificação romana e, se o relato for correto, ela teria sido produzida para Jesus, em zombaria ao título “Rei dos Judeus”.
    .
    A mulher respondeu que podia sentir unhas arranhando suas mãos e pés. Lechler e pelo menos um enfermeiro cuidadosamente observaram que isso se deu durante e depois que ela recebeu as sugestões. Wilson (1989), comentou: “O significado de tudo isso é profundo”. Efetivamente, Lechler, pode-se dizer, que estabeleceu com mais autoridade que qualquer outro que sangramentos espontâneos, acontecidos durante os últimos sete séculos em estigmatizados, realmente aconteceram, e que foi demonstrado sob condições adequadamente controladas. Pode, ainda, ser dito que que a chave fundamental para o fenômeno é a hipnose, e que os estigmatizados (mesmo sem ter perceberam) estão formalmente hipnotizados, pois, durante as hemorragias, o estado mental e físico deles é efetivamente indistinguível do da hipnose” (p. 97)
    .
    Uma característica realmente fascinante é a precisão extraordinária do mecanismo de conformidade para a visualização que se desencadeou. O Stigmata precisamente posicionou suas feridas de acordo com as feridas de seu crucifixo favorito. Ou a ferida podia assumir forma exata, qual uma cruz. Mais dramático de tudo, parece que o mecanismo é capaz de moldar a carne em uma característica equivalente a que fosse batida por pregos de ferro. É como se algo no corpo pudesse reprograma-lo em uma nova forma”(p. 126).

    .
    E bem possivelmente é isso a que Krippner se refere quando disse “LEQUE COMPLETO DE CAPACIDADES HUMANAS, INCLUINDO AS QUE SÃO NEGLIGENCIADAS PELA CIÊNCIA OCIDENTAL”
    =============================.

    CONSIDERAÇÃO: vou deixar para comentar melhor adiante. Primeiramente, destaco a asseveração do Visoni: os estigmas produzidos por Amiden teriam induzido Krippner a proferir a bobajada acima. Vamos saber quem é esse Dr. Alfred Lechler que, em 1933, “comprovou” que hipnotizados produzem estigmas. Dele achei declaração a seguir reproduzida:
    .
    ===========================.
    “O DR. ALFRED LECHLER, com experiência psiquiátrica, diz que, apesar de não ser fácil descrever exatamente os sinais característicos da escravidão do Demônio,
    .
    ‘em muitos casos, a opressão demoníaca é claramente delineada e os sintomas, na maioria das vezes, tornam-se manifestos na vida psíquica da pessoa’. ‘Uma explicação psicológica só será possível com grande dificuldade, ou, então, será extremamente artificial. Às vezes nem é possível explicar.’ (Ocultismo e cristianismo – Paulo Cesar da Silva)
    ===========================.
    .
    Então vejam: foi nesse “psiquiatra”, que “manja horrores” de possessão demoníaca, em quem Krippner e Visoni se escudaram para “comprovar” que estigmas ocorrem em hipnotizados (ao menos em alguns, enquanto eu afirmo que em nenhum).
    .
    Como está meio tarde e o sono se anuncia, deixo essa parte para reflexão de quem se interesse. Depois falo melhor.
    .
    Estou postando nesta rubrica, embora a conversa seja de outro artigo, porque está dentro da sequência e lá onde seria o local certo já não mais há visitas e, mesmo aqui, poucas…

  397. Marciano Diz:

    Castro Alves já era. Agora é banda calypso:
    Pra me conquistar você tem que dançar,
    Pra me conquistar você tem que balançar,
    Pra me conquistar você tem que suar,
    Pra me conquistar você tem que rebolar.(x2)

  398. Marciano Diz:

    Foi o Suassuna que butô, pras nóis vê.
    https://www.youtube.com/watch?v=APeIWKVCLek

  399. Marciano Diz:

    Aqui só tem poderosos:
    http://www.sc33.com.br/

  400. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    Aqui só tem poderosos:
    http://www.sc33.com.br/
    /.
    Hummmm, então esta é sua meta, hem? Precisas admitir a realidade do GADU…

  401. MONTALVÃO Diz:

    /
    Marciano Diz:
    Castro Alves já era. Agora é banda calypso:
    Pra me conquistar você tem que dançar,
    Pra me conquistar você tem que balançar,
    Pra me conquistar você tem que suar,
    Pra me conquistar você tem que rebolar.(x2)
    /.
    ENTÃO VESSÓ: que que uma reencarnação castroalvânica faria num mundo em que calypso e quejandos dominam,a não ser aderir?
    .
    Tentei trazer cultura,
    Formar mente fecunda,
    Mas o que consegui
    Foi tomar na cabeça.
    .
    Ando meio fraco de rima…

  402. Vitor Diz:

    MONTALVÃO DISSE: “Em conversa com o crédulo Visoni, este, ao defender a qualidade investigativa de Stanley Krippner ”
    .
    O que estou fazendo é expor a ruindade das suas críticas. Por exemplo, um crítico que se preze não precisa inventar que Krippner defende que casos de stigmata só ocorrem em santos, quando ele mesmo cita casos que ocorrem em pessoas sob hipnose.
    .
    MONTALVÃO DISSE: “Ora, é claro que isso é um despautério, mas o mais alucinante é a referência que o Visoni trouxe, a fim de fundamentar a alegação.”
    .
    Falando assim até parece alguém que entende do assunto! :D
    .
    MONTALVÃO DISSE: ““O DR. ALFRED LECHLER, com experiência psiquiátrica, diz que, apesar de não ser fácil descrever exatamente os sinais característicos da escravidão do Demônio, ‘em muitos casos, a opressão demoníaca é claramente delineada e os sintomas, na maioria das vezes, tornam-se manifestos na vida psíquica da pessoa’. ‘Uma explicação psicológica só será possível com grande dificuldade, ou, então, será extremamente artificial. Às vezes nem é possível explicar.’ (Ocultismo e cristianismo – Paulo Cesar da Silva)”
    .
    E o que isso tem a ver com os estigmatas que ele estudou?…
    .
    MONTALVÃO DISSE: “Então vejam: foi nesse “psiquiatra”, que “manja horrores” de possessão demoníaca, em quem Krippner e Visoni se escudaram para “comprovar” que estigmas ocorrem em hipnotizados (ao menos em alguns, enquanto eu afirmo que em nenhum).”
    .
    Além dele, é informado que Robert Moody em 1964 conduziu uma série de experimentos similar à de Lechter, reproduzindo marcas sob hipnose (embora tais marcas nada tivessem a ver com as feridas de Cristo).
    .
    http://journals.ateneo.edu/ojs/index.php/landas/article/download/1252/1282

  403. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    MONTALVÃO DISSE: “Em conversa com o crédulo Visoni, este, ao defender a qualidade investigativa de Stanley Krippner ”
    .
    VISONI: O que estou fazendo é expor a ruindade das suas críticas. Por exemplo, um crítico que se preze não precisa inventar que Krippner defende que casos de stigmata só ocorrem em santos, quando ele mesmo cita casos que ocorrem em pessoas sob hipnose.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: nada, o que está fazendo é confirmar que és, de fato, crédulo. Tá bom que Krippner não só defenda estigmatismos em santos, e no que isso ajuda a melhorar o fato de que o sujeito está a proferir asnices? Um “experimento” havido no tempo da vovó candonga, muito mal documentado, muito mal replicado (aliás, sem nada que se possa chamar decentemente de replicação), e o que é pior, você, Visoni, ainda tem coragem de citá-lo com exemplo de quê? Se isso não for crendice e se isso não testifica “em favor” da asnice não entendo mais nada…
    /
    /
    .
    MONTALVÃO DISSE: “Ora, é claro que isso é um despautério, mas o mais alucinante é a referência que o Visoni trouxe, a fim de fundamentar a alegação.”
    .
    VISONI: Falando assim até parece alguém que entende do assunto!
    /
    CONSIDERAÇÃO: vai ver que não entendo mesmo do assunto, mas, certamento entendo mais do que certas pessoas que têm a ousadia de citar essas coisas como legitimação do que quer que seja…
    ./
    /
    MONTALVÃO DISSE: ““O DR. ALFRED LECHLER, com experiência psiquiátrica, diz que, apesar de não ser fácil descrever exatamente os sinais característicos da escravidão do Demônio, ‘em muitos casos, a opressão demoníaca é claramente delineada e os sintomas, na maioria das vezes, tornam-se manifestos na vida psíquica da pessoa’. ‘Uma explicação psicológica só será possível com grande dificuldade, ou, então, será extremamente artificial. Às vezes nem é possível explicar.’ (Ocultismo e cristianismo – Paulo Cesar da Silva)”
    .
    VISONI: E o que isso tem a ver com os estigmatas que ele estudou?…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Nossa mãe do céu! Tem tudo a ver! Dá a medida da qualidade dos estudos desse sujeito! Sugestão, fique com seu ídolo Dean Radin e com as besteiradas que apregoa: estavas menos ruim na foto quando se fiava em “pesquisadores” como ele…
    ./
    /
    MONTALVÃO DISSE: “Então vejam: foi nesse “psiquiatra”, que “manja horrores” de possessão demoníaca, em quem Krippner e Visoni se escudaram para “comprovar” que estigmas ocorrem em hipnotizados (ao menos em alguns, enquanto eu afirmo que em nenhum).”
    .
    VISONI: Além dele, é informado que Robert Moody em 1964 conduziu uma série de experimentos similar à de Lechter, reproduzindo marcas sob hipnose (embora tais marcas nada tivessem a ver com as feridas de Cristo).
    .
    http://journals.ateneo.edu/ojs/index.php/landas/article/download/1252/1282
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Ah sim, então isso muda tudo, pois não? Traga relatos de experimentos com controles seguros e devidamente replicados e poderemos voltar a falar do assunto. Agora, se chama de replicação aberração que um alucinado diz ter conseguido em 1933 e outro não-se-sabe-o-quê afirma ter confirmado em 1964, então, meu chapa, a conversa resta improdutiva.
    .
    Sorry.

  404. Vitor Diz:

    Montalvão,
    .
    01 – “Tá bom que Krippner não só defenda estigmatismos em santos, e no que isso ajuda a melhorar o fato de que o sujeito está a proferir asnices?”
    .
    Isso é algo que você ainda precisa provar… já vimos que seu entendimento das palavras de Krippner é altamente enviesado e errado.
    .
    02 – “Um “experimento” havido no tempo da vovó candonga, muito mal documentado,”
    .
    Você tem o relatório original dele para dizer que foi mal documentado?!
    .
    03 – “e o que é pior, você, Visoni, ainda tem coragem de citá-lo com exemplo de quê?”
    .
    Como exemplo de um cientista que observou o mesmo fenômeno. Não só ele, como a enfermeira da paciente.
    .
    04 – “Se isso não for crendice”
    .
    Isso é “revisão da literatura”. Eu não sei se você sabe, mas qualquer cientista que se preze cita a literatura sobre o assunto que veio antes dele, seja ela boa ou ruim.
    .
    05 – “Nossa mãe do céu! Tem tudo a ver! Dá a medida da qualidade dos estudos desse sujeito!”
    .
    É mesmo?! Então como Nikola Tesla acreditava ter recebido mensagens de rádio vindas de marcianos, você descarta toda a pesquisa dele? Então você vai ter que jogar fora muita coisa, inclusive tudo que funciona por corrente alternada. Bem vindo à idade do fogo! Mas vc pode tentar bancar o Edison e transformar tudo em corrente contínua… :D
    .
    06 – “Traga relatos de experimentos com controles seguros e devidamente replicados e poderemos voltar a falar do assunto.”
    .
    Quem sabe quando você apontar os problemas nos dois estudos citados…

  405. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Vitor Diz: .
    01 – “Tá bom que Krippner não só defenda estigmatismos em santos, e no que isso ajuda a melhorar o fato de que o sujeito está a proferir asnices?”
    .
    VISONI: Isso é algo que você ainda precisa provar… JÁ VIMOS que seu entendimento das palavras de Krippner é altamente enviesado e errado.
    /
    CONSIDERAÇÃO: “já vimos” quem, cara-pálida? Não confunda seu olhar com o meu. Quem tem que mostrar que Krippner, ao defender a realidade de estigmas (inda mais os imaginados causados por hipnose), não diz asneiras é advogado que o defende. Desafiei-o a apresentar experimentos, fiscalizados, e adequadamente replicados, que comprovem essa aberração. Se não os tem, sua pífia argumentação irá se somar às demais tolices que apregoa, quais humanos em levitação, espíritos a comunicar com vivos, EQMs como viagens ao transcendental, telepatias salvacionistas, etc.
    ./
    /
    02 – “Um “experimento” havido no tempo da vovó candonga, muito mal documentado,”
    .
    VISONI: Você tem o relatório original dele para dizer que foi mal documentado?!
    /.
    CONSIDERAÇÃO: não, não o tenho, mas suponho que você tenha, então não o esconda, mostre-o para que analisemos em conjunto. Falo que está mal documentado porque o relatório que Krippner dá é insatisfatório, e como…
    /
    ./
    03 – “e o que é pior, você, Visoni, ainda tem coragem de citá-lo com exemplo de quê?”
    .
    VISONI: Como exemplo de um cientista que observou o mesmo fenômeno. Não só ele, como a enfermeira da paciente.
    /
    CONSIDERAÇÃO: meu jovem, sei-o mais inteligente do que sua declaração dá a entender… Vai querer afirmar que o depoimento do sujeito, de que viu a coisa, somando ao testemunho da enfermeira, seja hábil? Mesmo que tenham visto, nada obsta que tenham sido logrados. Ontem eu vi e conversei com Deus, posso lhe dizer coisas que ele me falou, inclusive a respeito de sua crença no paranormal. Quero vê-lo provar que meu testemunho tenha menos valor que o do louc, digo, psiquiatra dos estigmas…
    ./
    /
    04 – “Se isso não for crendice”
    .
    VISONI: Isso é “revisão da literatura”. Eu não sei se você sabe, mas qualquer cientista que se preze cita a literatura sobre o assunto que veio antes dele, seja ela boa ou ruim.
    ./
    CONSIDERAÇÃO: fala sério… A não ser que seja para mostrar dramáticos desvios que eventualmente ocorrem nas investigações da ciência, algum pesquisador referir-se, por exemplo, as lucubrações de Fritjot Kapra e Amyr Goswami dando-as como estudos de mecânica quântica só mesmo em sanatório para doentes mentais…
    .
    E que revisão de literatura doidona é essa de estudo científico de estigmas, considerando que não há nada de científico (que eu saiba) da parte de Krippner nessa área? Observe que lhe solicitei citar estudos sérios, conferíveis, que tenham sido realizados e sua resposta foi só sambarilove…
    /
    /
    05 – “Nossa mãe do céu! Tem tudo a ver! Dá a medida da qualidade dos estudos desse sujeito!”
    .
    VISONI: É mesmo?! Então como Nikola Tesla acreditava ter recebido mensagens de rádio vindas de marcianos, você descarta toda a pesquisa dele? Então você vai ter que jogar fora muita coisa, inclusive tudo que funciona por corrente alternada. Bem vindo à idade do fogo! Mas vc pode tentar bancar o Edison e transformar tudo em corrente contínua…
    .
    CONSIDERAÇÃO: ah sim, bem pertinente a analogia… então vai querer pôr em minhas cordas declarativos nelas não vibrados… se fosse por aí, diria eu (na cabeça visônica) que as invenções de Thomas Edison são falsas porque ele projetou engenho para falar com espíritos; que o conhecimento de Goswami de física é ilegal porque o sujeito crê em reencarnação; ou que Conan Doyle fosse péssimo literato porque acreditava que mortos falam com vivos. Pô, tá doido ou fumou?
    .
    Sei que sabe, mas vou explicar assim mesmo: psiquiatra que ao contemplar paciente em crise o diagnostica dominado por demônio é mais alienado que o doente. Não surpreende, portanto, que seja facilmente iludido por simulação de hipnose a produzir estigmas, visto serem áreas parelhas.
    .
    O que de melhor se pode dizer a respeito da vigarist, digo, moça estudada pelo Dr. Lechler, é que estivesse iludida pela crença de que fosse capaz de fazer o infazível. Há caso filmado de fanático que, enquanto dormia, machucava-se nos locais desejados (mãos, testa) e não tinha consciência de que as feridas que atribuía à ação divina provinham dessa ação. Porém, pelo que li do caso dessa sujeita, os sinais estilizados que lhe apareciam sugerem fortemente o uso de produtos químicos, que queimam superficialmente a pele, a simular que fosse efeito da hipnose.
    /
    /
    06 – “Traga relatos de experimentos com controles seguros e devidamente replicados e poderemos voltar a falar do assunto.”
    .
    VISONI: Quem sabe quando você apontar os problemas nos dois estudos citados…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: prezado, o fato de alguém citar “esses estudos” já é problema. Porém, não estou aqui por dono da verdade, se deles tem documentação que faculte avaliação condizente estou disposto a examiná-la e mudar meu ponto de vista, se for o caso…

  406. Vitor Diz:

    06 – “já vimos” quem, cara-pálida? Não confunda seu olhar com o meu.”
    .
    O único confuso aqui é você, cujo olhar já viu até topete no Daryl Bem que é careca. Minha vista vai bem , obrigado.
    .
    07 – “Quem tem que mostrar que Krippner, ao defender a realidade de estigmas (inda mais os imaginados causados por hipnose), não diz asneiras é advogado que o defende. Desafiei-o a apresentar experimentos, fiscalizados, e adequadamente replicados, que comprovem essa aberração. Se não os tem, sua pífia argumentação irá se somar às demais tolices que apregoa, quais humanos em levitação, espíritos a comunicar com vivos, EQMs como viagens ao transcendental, telepatias salvacionistas, etc.”
    .
    1974) http://archpsyc.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=491079
    .
    Cases of religious stigmatization are extremely rare in the medical literature. We recently observed a 10½-year-old black Baptist girl who experienced religious stigmata periodically over a three-week period immediately preceding Easter Sunday 1972. Closest possible scrutiny made it unlikely that these lesions were self-induced. The child, who is intensely religious, comes from a large, lower-middle class family in a large city. Her physical examination results were entirely normal. We were unable to detect psychopathology except within the range of her religious experience, ie, indifference toward the bleeding and auditory hallucinations of a religious nature. Since no extensive psychological examination was possible, only the most general psychodynamic speculations are given. The recently described entity, psychogenic purpura, strikingly demonstrates the reality of mentally induced bleeding.
    .
    Note que não trata de um caso por hipnose, entretanto. Mas também não houve qualquer evidência de fraude, o escrutínio dos pesquisadores fazendo a fraude parecer improvável. Krippner cita tal caso em seu artigo.
    .
    1999) http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.558.4470&rep=rep1&type=pdf
    .
    The case presented is a several-month study of the stigmatization of a 70-year old woman, Anna Maria T. Stigmatization, the spontaneous appearance on a person’s body of Christ’s wounds on the Cross, is a wellknown phenomenon among Catholics, while in this century it has also appeared in Protestants. The phenomenon has long been considered mysterious and miraculous. After first excluding the possibility of fraud, several elements of Anna Maria’s stigmata were verified in an effort to sustain the hypothesis of a psychogenic genesis. The author made a study of the form, dimensions, localization and anatomo-pathological features of the stigma, and tests were carried out on the autonomical nervous activity of Anna Maria’s hands. The results indicated a very circumscribed vasomotor increased activity in the area where the stigmata lay. Anna Maria T. also underwent a psycodiagnostic evaluation to assess her mental state and from the
    results of the basic tests ( i.e., MMPI and Rorshach) no elements were found that could indicate any psycho-pathological problem. Combining these elements with the circumstances in which the stigmatic marks manifested themselves the first time and reappear each month, no elements were found that could indicate with which mechanisms a mental image (i.e., the figure of Christ on the Cross) could be transferred to Anna Maria’s body, i.e., no elements able to demonstrate the psychosomatic hypothesis of stigmata

    .
    Há fotos, descrições detalhadas, tudo que lhe permita fazer uma boa análise.
    .
    08 – “Mesmo que tenham visto, nada obsta que tenham sido logrados. Ontem eu vi e conversei com Deus, posso lhe dizer coisas que ele me falou, inclusive a respeito de sua crença no paranormal. Quero vê-lo provar que meu testemunho tenha menos valor que o do louc, digo, psiquiatra dos estigmas…”
    .
    Depois de você achar topete no Daryl Bem, o valor do seu testemunho de qualquer coisa ficou reduzido a zero. :D
    .
    09 – “A não ser que seja para mostrar dramáticos desvios que eventualmente ocorrem nas investigações da ciência, algum pesquisador referir-se, por exemplo, as lucubrações de Fritjot Kapra e Amyr Goswami dando-as como estudos de mecânica quântica só mesmo em sanatório para doentes mentais…”
    .
    Ali são interpretações da mecânica quântica, algo que, apesar de ter tido sua época de rejeição, hoje é bem aceita. Não confunda com estudos empíricos de um fenômeno bem raro e pouco compreendido. A citação por Krippner dos estudos passados faz-se obrigatória, ao menos se quiser fazer um trabalho bem feito.
    .
    10 – “psiquiatra que ao contemplar paciente em crise o diagnostica dominado por demônio é mais alienado que o doente.”
    .
    Nem Sagan considerou John Mack, psiquiatra da Universidade de Harvard que validou os relatos de abdução por extraterrestres de seus pacientes, mais alienado que seus pacientes.
    .
    11 – “Porém, não estou aqui por dono da verdade, se deles tem documentação que faculte avaliação condizente estou disposto a examiná-la e mudar meu ponto de vista, se for o caso…”
    .
    Feito em 7. Boa leitura!

  407. MONTALVÃO Diz:

    /
    Vitor Diz:
    06 – “já vimos” quem, cara-pálida? Não confunda seu olhar com o meu.”
    .
    VISONI: O único confuso aqui é você, cujo olhar já viu até topete no Daryl Bem que é careca. MINHA VISTA VAI BEM, obrigado.
    /
    CONSIDERAÇÃO: Já o “olhar interno”…
    ./
    /
    07 – “Quem tem que mostrar que Krippner, ao defender a realidade de estigmas (inda mais os imaginados causados por hipnose), não diz asneiras é advogado que o defende. Desafiei-o a apresentar experimentos, fiscalizados, e adequadamente replicados, que comprovem essa aberração. Se não os tem, sua pífia argumentação irá se somar às demais tolices que apregoa, quais humanos em levitação, espíritos a comunicar com vivos, EQMs como viagens ao transcendental, telepatias salvacionistas, etc.”
    .
    VISONI: 1974) http://archpsyc.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=491079
    .
    Cases of religious stigmatization are extremely rare in the medical literature. We recently observed a 10½-year-old black Baptist girl who experienced religious stigmata periodically over a three-week period immediately preceding Easter Sunday 1972. Closest possible scrutiny made it unlikely that these lesions were self-induced. The child, who is intensely religious, comes from a large, lower-middle class family in a large city. Her physical examination results were entirely normal. We were unable to detect psychopathology except within the range of her religious experience, ie, indifference toward the bleeding and auditory hallucinations of a religious nature. Since no extensive psychological examination was possible, only the most general psychodynamic speculations are given. The recently described entity, psychogenic purpura, strikingly demonstrates the reality of mentally induced bleeding.
    .
    VISONI: Note que não trata de um caso por hipnose, entretanto. Mas também não houve qualquer evidência de fraude, o escrutínio dos pesquisadores fazendo a fraude parecer improvável. Krippner cita tal caso em seu artigo.
    .
    1999) http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.558.4470&rep=rep1&type=pdf
    .
    [MONTALVÃO: ao buscar o artigo tive o retorno: “The requested page could not be found.”]
    /.
    CONSIDERAÇÃO: putzgrilo! Confesse logo que não conhece “experimentos, fiscalizados, e adequadamente replicados, que comprovem essa aberração”… Fica apresentando depoimentos tipo Krippner-louvando-Amiden, como se isso suprisse a exigência de relatar boa averiguação que, ao menos, desse a esperança de que estigmas em hipnose sejam realidade. Para mais se complicar relata caso que nada tem a ver com hipnose: ainda sequer conseguiu dar indício seguro (nem falo de evidência) de que talvez (do verbo “é possível”) que alguém pudesse, apenas pela concentração mental induzida hipnoticamente, provocar feridas no corpo, já me sai com outra historieta, da qual só dispõe do abstract (por que não “Buy this article” pra ver se não acha algo que o ajude a achar o que certamente não vai achar?). E mais, precisamos saber qual a linha de pensamento dos autores (Loretta F. Early, MD; Joseph E. Lifschutz, MD), pra conferir se não são da mesma confraria desvairada do Dr. Lechler (ainda que não sejam, os investigadores admitem que não foi possível um exame extenso na menina e prometem apresentar no artigo as especulações que acham aplicáveis) … doideira sô!

    .
    The case presented is a several-month study of the stigmatization of a 70-year old woman, Anna Maria T. Stigmatization, the spontaneous appearance on a person’s body of Christ’s wounds on the Cross, is a wellknown phenomenon among Catholics, while in this century it has also appeared in Protestants. The phenomenon has long been considered mysterious and miraculous. After first excluding the possibility of fraud, several elements of Anna Maria’s stigmata were verified in an effort to sustain the hypothesis of a psychogenic genesis. The author made a study of the form, dimensions, localization and anatomo-pathological features of the stigma, and tests were carried out on the autonomical nervous activity of Anna Maria’s hands. The results indicated a very circumscribed vasomotor increased activity in the area where the stigmata lay. Anna Maria T. also underwent a psycodiagnostic evaluation to assess her mental state and from the results of the basic tests ( i.e., MMPI and Rorshach) no elements were found that could indicate any psycho-pathological problem. Combining these elements with the circumstances in which the stigmatic marks manifested themselves the first time and reappear each month, no elements were found that could indicate with which mechanisms a mental image (i.e., the figure of Christ on the Cross) could be transferred to Anna Maria’s body, i.e., no elements able to demonstrate the psychosomatic hypothesis of stigmata
    .
    VISONI: Há fotos, descrições detalhadas, tudo que lhe permita fazer uma boa análise.
    /
    CONSIDERAÇÃO: onde que há tudo isso? No artigo posto à venda? E desde quando fotos e “descrições detalhadas”, em eventos tais, são suficientes? Se fosse assim, o ectoplasma estaria comprovado de há muito, pois dele não faltam fotos, nem descrições detalhadas…
    .
    Esse Visoni…
    ./
    /
    08 – “Mesmo que tenham visto, nada obsta que tenham sido logrados. Ontem eu vi e conversei com Deus, posso lhe dizer coisas que ele me falou, inclusive a respeito de sua crença no paranormal. Quero vê-lo provar que meu testemunho tenha menos valor que o do louc, digo, psiquiatra dos estigmas…”
    .
    VISONI: Depois de você achar topete no Daryl Bem, o valor do seu testemunho de qualquer coisa ficou reduzido a zero.
    /
    CONSIDERAÇÃO: declaração dessa natureza tão somente demonstra o quanto recorre a sofismas no desespero de validar suas loucas cogitações. E pior: num acontecimento em que qualquer pode verificar o havido e constatar a falácia argumentativa, agora imagine quando não tira do baú ocorrências mais antigas e as trabalha como bem entende?
    /
    ./
    09 – “A não ser que seja para mostrar dramáticos desvios que eventualmente ocorrem nas investigações da ciência, algum pesquisador referir-se, por exemplo, as lucubrações de Fritjot Kapra e Amyr Goswami dando-as como estudos de mecânica quântica só mesmo em sanatório para doentes mentais…”
    .
    VISONI: Ali são interpretações da mecânica quântica, algo que, apesar de ter tido sua época de rejeição, hoje é bem aceita. Não confunda com estudos empíricos de um fenômeno bem raro e pouco compreendido. A citação por Krippner dos estudos passados faz-se obrigatória, ao menos se quiser fazer um trabalho bem feito.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: nossa, essa conversa periga ir de muito ruim a desastrosa! Quando foi que as “interpretações” da mecânica quântica, feitas por Capra e Goswami passaram a ser “bem aceitas”? Esses dois, e os que seguem iguais pisadas, realizam leitura mística da física quântica e as divulgam a interessados em sofisticações, os quais acreditam estarem a receber “estudos de vanguarda”, assemelham-se aos fregueses de sua ex-amiga, D. Ederlazil, que oferece carniça mediúnica aos que a procuram e estes acham estar levando filé mignon do além.
    .
    E não venha com desculpas equivalentes a que usa para fugir de admitir que espíritos não comunicam, ao apelar para a simplória saída de recorrer a passado obscuro e inconfirmável. Nada disso se faz necessário se se quer averiguar a realidade desse suposto “raro fenômeno”: basta encontrar estigmatas atuais (não são comuns mas aparecem) e submetê-los a testes controlados e convenientemente replicados. Aliás, há um caminho ainda melhor: lembre que Krippner, seguindo a insânia de Lechler, propõem que bons pacientes hipnóticos seriam hábeis em produzir estigmas, desde que adequadamente sugestionados. Ora, pessoas que conseguem atingir níveis excelentes de relaxamento hipnótico são achadas com relativa facilidade. Portanto, não seria nada difícil confirmar que ninguém consegue produzir estigmas em si mesmo, mesmo que debaixo do mais profundo sono hipnótico. Então, se quer achar provas, procure por aí. Enquanto isso, espero por aqui tomando um uisquinho que ninguém é de ferro…
    ./
    /
    10 – “psiquiatra que ao contemplar paciente em crise o diagnostica dominado por demônio é mais alienado que o doente.”
    .
    VISONI: Nem Sagan considerou John Mack, psiquiatra da Universidade de Harvard que validou os relatos de abdução por extraterrestres de seus pacientes, mais alienado que seus pacientes.
    /
    CONSIDERAÇÃO: rá, rá, rá, é claro, né? Se esta discussão fosse oficial, a ser publicada em circulativos, recebesse publicidade ampla e se eu tivesse o prestigio de Sagan, jamais diria, num encontro dessa categoria, o que digo aqui de Lechler, que é alienado, propagador de ideias insanas, ou, na melhor das hipóteses, um ingênuo fácil de ser logrado, qual acontecia com Drayton Thomaz, em quem Osborne deitava e rolava. Também, pode ser que Sagan não viu em Mack um doidão, talvez achou-o mais pra espertalhão, qual o caso de Ingo Swann, que viu bases extraterrenas na lua, a quem não reputo alucinado, mas malandrão da mais elevada categoria…
    ./
    /
    11 – “Porém, não estou aqui por dono da verdade, se deles tem documentação que faculte avaliação condizente estou disposto a examiná-la e mudar meu ponto de vista, se for o caso…”
    .
    VISONI: Feito em 7. Boa leitura!
    /.
    CONSIDERAÇÃO: seu senso de humor, embora um tanto rústico, é admirável!

  408. Vitor Diz:

    12) “onde que há tudo isso? No artigo posto à venda?”
    .
    No 2º artigo que lhe mostrei, de 1999, gratuito:
    .
    http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.558.4470&rep=rep1&type=pdf
    .
    Veja também, Montalvão, publicado no British Medical Journal, de dezembro de 1984 (bem na época do Natal):
    .
    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1444757/pdf/bmjcred00533-0040.pdf
    .
    The evidence suggests that at least some people’s stigmata are not self induced. [...] There is no reason to suppose that all stigmata have the same aetiology. Despite reports of self induced stigmata it seems unlikely that this is always the case.
    .
    Krippner assim está perfeitamente autorizado a dizer o que disse.
    .
    13) ” Quando foi que as “interpretações” da mecânica quântica, feitas por Capra e Goswami passaram a ser “bem aceitas”?”
    .
    Olha seu péssimo uso das aspas de novo somado à sua péssima interpretação de texto… eu disse “bem aceita”, no SINGULAR. Vc transformou isso no PLURAL. O uso do singular mostra que eu me referia à mecânica quântica, que chegou a ser rejeitada por Einstein. Quando vc colocou no plural, deu a entender que eu me referia que as interpretações dela por Capra/Goswani foram bem aceitas. Note como suas interpretações de texto vão de mal a pior, e seu uso das aspas é lamentável… infelizmente eu tenho que volta e meia chamar sua atenção para isso…
    .
    14) “Também, pode ser que Sagan não viu em Mack um doidão, talvez achou-o mais pra espertalhão, ”
    .
    Sagan afirma que conhecia Mack há anos. Eles eram – e nada dá a entender que enquanto ele era vivo deixaram de ser – amigos.
    .
    15) “qual o caso de Ingo Swann, que viu bases extraterrenas na lua, a quem não reputo alucinado, mas malandrão da mais elevada categoria…”
    .
    E continua sem oferecer evidência alguma para que suas acusações infundadas tenham qualquer base. O Tesla que recebia mensagens de rádio de marcianos era malandrão também?

  409. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    Vitor Diz:
    MARÇO 3RD, 2016 ÀS 10:43 AM
    12) “onde que há tudo isso? No artigo posto à venda?”
    .
    VISONI: No 2º artigo que lhe mostrei, de 1999, gratuito:
    .
    http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.558.4470&rep=rep1&type=pdf
    /.
    CONSIDERAÇÃO: Ah, sei, naquele que quando tento abrir (hoje novamente) retorna: “The requested page could not be found.”
    /.
    /
    VISONI: Veja também, Montalvão, publicado no British Medical Journal, de dezembro de 1984 (bem na época do Natal):
    .
    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1444757/pdf/bmjcred00533-0040.pdf
    .
    The evidence suggests that at least some people’s stigmata are not self induced. [...] There is no reason to suppose that all stigmata have the same aetiology. Despite reports of self induced stigmata it seems unlikely that this is always the case.
    .
    “A evidência, pelo menos sugere que estigmas de algumas pessoas não são auto induzidos. [...] Não há nenhuma razão para supor que todos os estigmas tenham igual etiologia. Apesar dos relatórios de estigmas auto inflingidos parece improvável que este seja sempre o caso.”
    .
    KRIPPNER ASSIM ESTÁ PERFEITAMENTE AUTORIZADO A DIZER O QUE DISSE.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: mesmo que se acate, irressalvadamente, o declarado pelo “British Medical Journal, de dezembro de 1984”, ficam faltando os testes objetivos (condizentemente replicados), em que hipnotizados demonstrem a produção de estigmas em si próprios.
    .
    Krippner está perfeitamente autorizado a dizer o que lhe venha à cabeça de mamão, mas nós não estamos obrigados a aceitar sem questionamentos… eis a questão.
    ./
    /
    13) ” Quando foi que as “interpretações” da mecânica quântica, feitas por Capra e Goswami passaram a ser “bem aceitas”?”
    .
    VISONI: Olha seu péssimo uso das aspas de novo somado à sua péssima interpretação de texto… eu disse “bem aceita”, no SINGULAR. Vc transformou isso no PLURAL. O uso do singular mostra que eu me referia à mecânica quântica, que chegou a ser rejeitada por Einstein. Quando vc colocou no plural, deu a entender que eu me referia que as interpretações dela por Capra/Goswani foram bem aceitas. Note como suas interpretações de texto vão de mal a pior, e seu uso das aspas é lamentável… infelizmente eu tenho que volta e meia chamar sua atenção para isso…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: sabe, em primeiro momento julguei que estivesse a discorrer sobre a mecânica quântica em termos genéricos, a qual, efetivamente, conheceu resistência da parte de físicos para ser aceita. Mas como o acatamento da física quântica não tinha a ver com o que declarei, considerei que tentasse defender os citados. Então, tudo bem, a primeira impressão foi a que valeu. Só que, repito, tal nada a ver com a manifestação por mim emitida, a de que Capra e Goswami (e outros de igual linha) fazem leitura arrevesada da quântica, tentando dar a essa ciência características que não possui, e só confundem cabeças. Em suma, sua confusão acaba por confundir quem se arrisca ao diálogo.
    /
    /
    14) “Também, pode ser que Sagan não viu em Mack um doidão, talvez achou-o mais pra espertalhão, ”
    .
    VISONI: Sagan afirma que conhecia Mack há anos. Eles eram – e nada dá a entender que enquanto ele era vivo deixaram de ser – amigos.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: então tá explicado: ninguém diz a amigo, de forma direta, que tem idéias exóticas na cabeça meio esquisita…
    ./
    /
    15) “qual o caso de Ingo Swann, que viu bases extraterrenas na lua, a quem não reputo alucinado, mas malandrão da mais elevada categoria…”
    .
    VISONI: E continua sem oferecer evidência alguma para que suas acusações infundadas tenham qualquer base. O Tesla que recebia mensagens de rádio de marcianos era malandrão também?
    /.
    VISONI: Tesla, em meu modo de ver, tinha seu lado místico. Desconheço o evento que cita, portanto, não vou arriscar comentários. Mas, se for conforme relata, estaria ele alinhado com seu concorrente Thomas Edison, o qual acreditava ser possível comunicar com mortos, e vários outros. Sabe-se que no último quartel do séc. XIX e parte do XX, cientistas de renome se encantaram com o sobrenatural e julgaram que estivesse acessível à pesquisa e ao contato. Hoje a quantidade dos homens de ciência que assim pensa é irrisória.
    .
    Só que agora bateu-me a curiosidade: você considera que a “visão remota” de Swann contemplou realidade desconhecida, ou seja: há mesmo bases extraterrenas na face oculta da lua? Acha que esse trem de visão remota seja fato? Este último tenho quase certeza de ser certeza sua…mesmo assim ainda tenho esperança de que exista réstia de prudente ceticismo em seus devaneios…
    .
    A forma simples de descobrir safados ou aderidos a fantasias passa por analisar seus discursos. Swann deve ter dito um monte de coisas que deixava alguns de seus investigadores confusos, pois parecia discorrer a respeito do que enxergava a distância (conquanto saibamos que a NASA, ou a CIA, após insistir com ele desistiu, por não achar nada de produtivo no que “via”). A fraude (ou ilusão) se desvela quando o sujeito perde a mão e profere sandices qual a de contemplar seres de outros orbes trabalhando no satélite natural da Terra.
    .
    O que de melhor se pode dizer de Swann é que, em vez de ter sido o malandro-esperto que julgo, fora um autoiludido que iludiu a muitos, incluído o Visoni.
    .
    Bases na lua…
    .
    Saudações lunares.

  410. Vitor Diz:

    16) “: Ah, sei, naquele que quando tento abrir (hoje novamente) retorna: “The requested page could not be found.””
    .
    http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.558.4470&rep=rep1&type=pdf
    .
    Se ainda assim não conseguir, vai no google e digita ENTRE ASPAS: “An Unusual Case of Stigmatization” Vai achar o pdf.
    .
    17) “Krippner está perfeitamente autorizado a dizer o que lhe venha à cabeça de mamão, mas nós não estamos obrigados a aceitar sem questionamentos… eis a questão.”
    .
    O que ele disse em nada difere do que foi dito no British Medical Journal. E não vi você descendo a lenha no autor do artigo publicado em 1984.
    .
    18) ” Em suma, sua confusão acaba por confundir quem se arrisca ao diálogo.”
    .
    Já disse (e repito) que o único confuso aqui é você…
    .
    19) “então tá explicado: ninguém diz a amigo, de forma direta, que tem idéias exóticas na cabeça meio esquisita…”
    .
    Uma coisa são “ideias exóticas”. Outra é ser “alienado” (no sentido de insano). Outra coisa é ser “malandrão” (que envolve desonestidade). O próprio Sagan cita um exemplo em que tira qualquer insinuação de malandragem da parte de Mack (ele foi enganado por um dos pacientes). O conhecimento de anos que Sagan tinha de Mack também descarta a possibilidade que Mack estivesse insano. E Sagan diz diretamente no livro que Mack tinha “ideias perigosas”. Ou seja, Montalvão, você atirou pra todos os lados e conseguiu não acertar nada…
    .
    20) “Tesla, em meu modo de ver, tinha seu lado místico. Desconheço o evento que cita, portanto, não vou arriscar comentários. Mas, se for conforme relata, estaria ele alinhado com seu concorrente Thomas Edison, o qual acreditava ser possível comunicar com mortos, e vários outros. Sabe-se que no último quartel do séc. XIX e parte do XX, cientistas de renome se encantaram com o sobrenatural e julgaram que estivesse acessível à pesquisa e ao contato”
    .
    Ah, mas isso não lhe impediu de descer a lenha no Dr. Aldred Lechler, não é? Ele também faz parte da 1ª metade do século XX. Dois pesos e duas medidas…
    .
    21) “você considera que a “visão remota” de Swann contemplou realidade desconhecida, ou seja: há mesmo bases extraterrenas na face oculta da lua? ”
    .
    Tanto quanto existem os macacos no Sol da Piper. Estou sendo irônico, tá? Só quero lhe mostrar que mesmo tais sandices de forma alguma eliminam que a pessoa tenha poderes paranormais legítimos. Parece que você ainda não entendeu isso…
    .
    22) “O que de melhor se pode dizer de Swann é que, em vez de ter sido o malandro-esperto que julgo, fora um autoiludido que iludiu a muitos, incluído o Visoni.”
    .
    Ele nunca se recusou a qualquer teste. Você continua sem base para dizer que ele iludia as pessoas.

  411. MONTALVÃO Diz:

    /
    “Já via a entrevista com o Amaury, no youtube, mas não encontrei agora.
    Devem ter retirado.”
    /.
    VEJA: https://www.youtube.com/watch?v=U7p_XYWKfjQ

  412. MONTALVÃO Diz:

    /
    https://www.facebook.com/VIPs-Histórias-Reais-de-um-Mentiroso-156415651117473/

  413. MONTALVÃO Diz:

    /
    Please, desconsiderem minhas duas últimas postagens, que eram para serem postadas noutra rubrica.

  414. MONTALVÃO Diz:

    /
    /

    16) “: Ah, sei, naquele que quando tento abrir (hoje novamente) retorna: “The requested page could not be found.””
    .

    VISONI: Se ainda assim não conseguir, vai no google e digita ENTRE ASPAS: “An Unusual Case of Stigmatization” Vai achar o pdf.
    .
    CONSIDERAÇÃO: sucesso! Só que agora vou precisar de um tempo incerto até conseguir mal traduzir o texto. Ficarei, então, com o outro menor “The stigmata, pathology or miracle” que deu para dar uma modesta traduzida.
    .
    Neste texto, vê-se que o autor não propõe solução para o mistério, apenas aponta possíveis causas, arrematando que não haveria fato única a produzir as lesões. O artigo não fala em fraude, mas admite que algumas feridas seriam autoinflingidas. A respeito de estigmas produzidos sob hipnose, nada.

    /
    /

    17) “Krippner está perfeitamente autorizado a dizer o que lhe venha à cabeça de mamão, mas nós não estamos obrigados a aceitar sem questionamentos… eis a questão.”
    .
    VISONI: O que ele disse em nada difere do que foi dito no British Medical Journal. E não vi você descendo a lenha no autor do artigo publicado em 1984.
    .
    CONSIDERAÇÃO: “descer a lenha” não me é esporte de predileção. O artigo do British Medical é melhor focado que as considerações de Krippner e do Dr. Lechle, não merece paulada.
    /
    /
    18) ” Em suma, sua confusão acaba por confundir quem se arrisca ao diálogo.”
    .
    VISONI: Já disse (e repito) que o único confuso aqui é você…
    /.
    CONSIDERAÇÃO: democraticamente, aceito suas divagações, sem, necessariamente, concordar com elas…
    ./
    /
    19) “então tá explicado: ninguém diz a amigo, de forma direta, que tem idéias exóticas na cabeça meio esquisita…”
    .
    VISONI: Uma coisa são “ideias exóticas”. Outra é ser “alienado” (no sentido de insano). Outra coisa é ser “malandrão” (que envolve desonestidade). O próprio Sagan cita um exemplo em que tira qualquer insinuação de malandragem da parte de Mack (ele foi enganado por um dos pacientes). O conhecimento de anos que Sagan tinha de Mack também descarta a possibilidade que Mack estivesse insano. E Sagan diz diretamente no livro que Mack tinha “ideias perigosas”. Ou seja, Montalvão, você atirou pra todos os lados e conseguiu não acertar nada…
    .
    CONSIDERAÇÃO: nada posso afirmar de mais profundo do caso Mack/Sagan, do qual só disponho das miúdas informações que mas deu. Apenas aventei suposições do que possa ter ocorrido. Você tem curiosa mania de inserir casos estranhos à conversa como se com eles resolvesse a encrenca. Ora, estamos a dialogar a respeito de hipnotizados que, imaginadamente, produziriam estigmas, e eis que me aparece com um cidadão que propaga a legitimidade de abduzidos. Se quer conversar sobre maluquices em geral tubo bem, mas ponha-as em fila. É fato que Sagan mui dificilmente entraria no jogo desvairado de seu amigo, já o Visoni temo que ache legitimidade em abduções, considerando que agita para mim a bandeira de autênticos estigmatizados sob hipnose…
    /
    /
    20) “Tesla, em meu modo de ver, tinha seu lado místico. Desconheço o evento que cita, portanto, não vou arriscar comentários. Mas, se for conforme relata, estaria ele alinhado com seu concorrente Thomas Edison, o qual acreditava ser possível comunicar com mortos, e vários outros. Sabe-se que no último quartel do séc. XIX e parte do XX, cientistas de renome se encantaram com o sobrenatural e julgaram que estivesse acessível à pesquisa e ao contato”
    .
    VISONI: Ah, mas isso não lhe impediu de descer a lenha no Dr. Aldred Lechler, não é? Ele também faz parte da 1ª metade do século XX. Dois pesos e duas medidas…
    .
    CONSIDERAÇÃO: dois pesos… comentei Tesla por cortesia, pois nada do que dele citou atine ao assunto em pauta, que é (depois sou eu que sou isso e aquilo): alega Visoni que hipnotizados são capazes de produzir estigmas, conquanto seja incapaz de apresentar caso bem pesquisado, e replicado, que confirme essa insólita conjetura.
    /
    /
    21) “você considera que a “visão remota” de Swann contemplou realidade desconhecida, ou seja: há mesmo bases extraterrenas na face oculta da lua? ”
    .
    VISONI: Tanto quanto existem os macacos no Sol da Piper. Estou sendo irônico, tá? Só quero lhe mostrar que mesmo tais sandices de forma alguma eliminam que a pessoa tenha poderes paranormais legítimos. Parece que você ainda não entendeu isso…
    /.
    VISONI: sua bela pessoa é que ainda não entendeu que superomens só na ficção, na realidade, nenhum devidamente estudado e ratificado (há sim sujeitos habilitados a realizar feitos admiráveis com o corpo e a mente, coisa alguma, contudo, que diga respeito à paranormalidade ou a mediunidade). Sobre Ingo Swann tem um livro que relata os poderes que possui e as diversas experiências (bem sucedidas) a que foi submetido. Do mesmo modo que Uri Geller. O interessante é que, em ambos os casos, as obras foram produzidas pelos próprios “súperes”… Talvez você pense: “como Swann nunca mentiu (não há registro de que tenha feito) então o que ele diz de si mesmo só pode ser pura, cristalina, límpida verdade…”. Deve ser assim que consegue chegar às estapafúrdias certezas de que gente qual Swann tenha algo de paranormalidade.
    ./
    /
    22) “O que de melhor se pode dizer de Swann é que, em vez de ter sido o malandro-esperto que julgo, fora um autoiludido que iludiu a muitos, incluído o Visoni.”
    .
    VISONI: Ele nunca se recusou a qualquer teste. Você continua sem base para dizer que ele iludia as pessoas.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: já lhe expliquei, mas repito: “A forma simples de descobrir safados ou aderidos a fantasias passa por analisar seus discursos. Swann deve ter dito um monte de coisas que deixava alguns de seus investigadores confusos, pois parecia discorrer a respeito do que enxergava a distância (conquanto saibamos que a NASA, ou a CIA, após insistir com ele desistiu, por não achar nada de produtivo no que “via”). A fraude (ou ilusão) se desvela quando o sujeito perde a mão e profere sandices qual a de contemplar seres de outros orbes trabalhando no satélite natural da Terra.”
    /
    Não entendo como você se apega a alegações capengas (lembre-se que já discutimos algumas das experiências feitas com Swann, nas quais indícios de simulações, e lograções de seus experimentadores, são detectados). É muito difícil que Ingo tenha sido submetido a testes seguros, replicados confirmativamente. O que ele topou foi gente ingenuamente crédula que ansiava por demonstrar que os mutantes não estão só nos gibis. Veja só a maluquice: o experimentador manda Swann viajar em visão remota até a lua e fica feliz ao ouvir que o testando contemplava extraterrenos lá em labuta, e isso foi considerado um experiência produtiva. Ora, muito mais simples fazer experimentações tipo pôr objetos numa sala próxima, devidamente fiscalizada, e conferir o que Swann conseguia ver (ou seja, nada). Mas qual o quê, os caras fazem verificações complicadas só para complicar as ilações extraíveis, assim fica “fácil” dar aos crentes o que ele desejam, quero dizer: respostas vagas, incertas, dúbias…
    .
    Pense.

  415. Vitor Diz:

    23) “A respeito de estigmas produzidos sob hipnose, nada.” [...] alega Visoni que hipnotizados são capazes de produzir estigmas, conquanto seja incapaz de apresentar caso bem pesquisado, e replicado, que confirme essa insólita conjetura.
    .
    Além do caso da paciente do Alfred Lechler, não é?
    .
    After his first experiments Lechler realized that he had not kept Elisabeth under surveillance at all times following his suggestions that she develop various symptoms. He could not be positive that she had not, when alone, scratched herself or otherwise caused the various wounds artifactually in compliance with his wishes. Accordingly, he repeated the experiments in which he induced the stigmata of the hands and feet, the bloody tears, and the bleeding from the forehead. In all the later experiments he had Elisabeth under continuous surveillance, either by himself or by nurses from a nearby hospital. In several of these experiments Lechler himself observed the onset of the induced bleeding.
    .
    E bem, já que você quer vários casos de hipnose, replicados, devidamente fiscalizados, ei-los:
    .
    Since the last quarter of the 19th century hypnotists have reported the production of blisters on the skin through hypnotic suggestions. Gauld (1990, 1992), Johnson and Barber (1976), and Pattie (1941) reviewed the published reports of these experiments.
    .
    In the standard experiment of this type the subject is hypnotized and told that he or she will be touched at a particular area by some burning (or extremely hot) object, and the hypnotist states or implies that the subject will develop a burn or blister at the place stimulated. The subject is then usually lightly touched with the object, which is, however, not hot at all. After receiving the suggestion and the stimulation following it, the subject is examined again at intervals of minutes, hours, and days. Some experimenters bandaged or covered with a watch crystal the suggested sites, whereas others did not. Also, some kept the subjects under close surveillance after receiving the suggestion, whereas others did not. Schrenck-Notzing (1896) showed the importance of such precautions. He reported the case of a subject of one of these experiments who, during a period when she was not being observed, had tried to produce a blister by scratching herself with a hairpin at the place where the hypnotist had suggested that a blister should form; this was her way of conforming to the hypnotist’s suggestion. A second experiment with stricter control of this subject gave negative results.
    .
    Since the publication of Schrenck-Notzing’s observations, and even before (Beaunis, 1886), experimenters have usually given particular attention to measures that would prevent the subject from producing blisters by manual manipulation or in any way other than through the psychosomatic effects of suggestion. For example, in the experiments reported by Kohnstamm and Pinner (1908) and by Alrutz (1915) the experimenters covered the area suggested for blister formation with a piece of transparent glass affixed firmly to the subject’s limb. A glass covering would seem to preclude any attempt to scratch the indicated area, such as might occur if it were covered only with a cloth bandage.
    .
    Although Johnson and Barber (1976) expressed dissatisfaction with the controls exercised in many experiments (as well as with some of their other features), Pattie (1941), who gave particular attention to the question of control of the subject during the experiments, did not; the skepticism he expressed mainly derived—he admitted this frankly—from his inability to conjecture any physiological process by which such blisters could be produced. I cannot expect all my readers to study the original reports of these experiments for themselves, as I have done; and I shall therefore summarize the more important ones, giving particular attention to the precautions the experimenters took to eliminate explanations other than suggestion for the results they observed.
    .
    One of the earliest experiments, that reported by Beaunis (1886), included excellent control of the subject, and there were also several competent witnesses to the events. After being hypnotized, the subject was told that a vesicatory (that would produce a blister) was being applied to an area at the back of one shoulder beyond the reach of the subject’s hand. A few postage stamps and a bandage were then placed at the site suggested. After this, the experimenters kept the subject under close surveillance during a day and a night; the following morning the area of the suggested blister was reddened and swollen. Later in the day distinct blisters developed and discharged a serous fluid.
    .
    Jendrássik (1888) was another early reporter of these experiments. During one that he conducted, the subject was watched continuously following the suggestion of blister formation and developed a blister 5 hours later. However, the blister appeared not on the left upper arm (the place suggested for it) but on the right upper arm.
    .
    Rybalkin (1890) kept his subject under surveillance for several hours. The subject developed redness and painful sensitivity to touch in the suggested area (of the arm) within a few minutes of being stimulated (by touching a cold stove that he believed was hot). Three hours later the same area was swollen and exquisitely sensitive to slight touching. The arm was bandaged, and the subject went to sleep (apparently without supervision during the night). The following morning, 14 hours after the stimulation, several blisters and bullae were present at the site stimulated.
    .
    Forel (1898) reported the induction of two blisters (by Wetterstrand) in a 19-year-old subject who was watched continuously after the suggestions were given until he developed blisters (on the hand and thumb) 8 hours later.
    .
    Heller and Schultz (1909) produced with suggestion a blister on the hand of their subject within 6 hours of giving him the suggestion of blister formation. These authors did not specify the control they exercised on the subject between the time of giving him the suggestion and that of removing a bandage they had placed over the area of the suggestion and observing the blister; however, they worked in a dermatology clinic, and from observing the healing and formation of a scar at the site of the blister they were convinced that they had observed genuine epithelial necrosis and not an instance of factitious urticaria.
    .
    Podiapolskii (1909) reported the production of a blister through suggestion in a subject who was kept continuously under observation between the time of receiving the suggestion and that of developing blisters at two sites on her back about 18 hours later. The areas where blisters formed were 1 centimeter and 3 centimeters distant from the sites suggested.
    .
    Ullman (1947) suggested to a hypnotized soldier that he relive a battle experience (which had led to his developing hysterical blindness), and then he gave the further suggestion that a small particle of molten shell metal had touched the back of his hand. At the same time Ullman gently touched the back of the patient’s hand with a small file. After giving this suggestion, Ullman kept his patient under continuous observation for an hour. During this period the patient complained of pain and thought he had perhaps burned himself with a cigarette. At the site suggested an area of pallor surrounded by a ring of erythema developed, and then an early blister appeared. The patient was then allowed to move away from close observation. Approximately 4 hours later, Ullman observed that he had developed a full blister about 1 centimeter in diameter.
    .
    In considering cases in which the subject developed changes in the skin while being watched, I can include Schindler’s (1927) report of the formation of blisters in ecchymoses that he suggested would develop in a patient who suffered from what would now be called psychogenic purpura. Initially, Schindler did not directly suggest blister formation to his patient, but in one experiment he suggested to her that the area indicated for development of an ecchymosis would “burn.” An ecchymosis developed at the site suggested, and it had a blister in its center. This subject later developed blisters at times and at sites suggested by Schindler. Agle, Ratnoff, and Wasman (1967), in similar experiments (which I shall describe in more detail later) with subjects suffering from psychogenic purpura, induced ecchymotic lesions at particular sites where they suggested to the patients these would occur. (Blisters did not occur with the ecchymoses that they induced.)
    .
    Smirnoff (1912) produced blisters with hypnotic suggestions in an unusually short time. In one experiment a blister developed within 30 minutes, and in a second one it developed after about 2 hours. Smirnoff was particularly pleased with his second experiment, when, he stated, the “whole process took place under our eyes.” He had two other persons present as witnesses. (His subject did not develop the blister at exactly the spot stimulated, but in a site nearby.) Kohnstamm (1912) also observed the development of a substantial wheal (not a full blister) within 2 hours of a hypnotic suggestion, during which period the patient was under continuous control. Doswald and Kreibich (1906) reported that they had observed the development of erythema at the place suggested for a blister within 3 minutes; and a blister formed at this site within another 6 minutes. (This case appears to hold the record for the speed with which the blister developed.) In a second subject they found that the skin took longer to change, and, although a redness and edema developed at the suggested site, a blister did not.
    .
    Suggestions of bums have not been the only stimuli used by hypnotists in producing local reactions in the skin. Two Japanese investigators, Ikemi and Nakagawa (1962), demonstrated a powerful effect from suggesting to their subjects that they had been in contact with poisonous leaves. Their subjects were Japanese high school students who were known to be sensitive (in their skins) to the leaves of certain kinds of trees found in Japan. These trees (Rhus venicefera and Rhus succedanea) produce in sensitive persons a skin reaction similar to that produced by poison ivy or poison oak in North America; the more severe reactions to the leaves of these trees include the formation of papules and small vesicles or blisters. Some of the students were given suggestions after a procedure for hypnosis, others without this procedure. The latter group had their eyes covered and could not see with what substances the experimenters touched their skins. The experimenters told them that their skin was being touched by toxic leaves when they were in fact touched with harmless ones. All the subjects responded to this suggestion with erythema and itching at the sites stimulated, although none developed blisters. In 12 of the 13 subjects the reaction occurred within an hour or less, and sometimes within about 10 minutes; in a single subject the reaction only developed 6 hours after the suggestion. In a second part of the experiment the same subjects were told that they were being touched with a harmless leaf when they were in fact touched with one that was toxic. Eleven of the 13 subjects did not show the expected dermatitis in response to this contact with the poisonous leaves.
    .
    A few hypnotists conducting experiments of this type have suggested the appearance in the skin of a particular pattern. Perhaps the first experimenter to do this was Mabille (1885), who induced in his subject (by suggestion during hypnosis) bleeding from the skin of an arm in an area having the form of a V that he (Mabille) had earlier designated. The subject bled from the site indicated, but did not develop a blister. In one of Smirnoff’s (1912) experiments he used a letter C made of copper as the stimulus applied to the skin of a subject who was told that she was being burned. A large blister occurred at the site stimulated, and Smirnoff thought that it had somewhat the form of a letter C. Jendrassik (1888) conducted more successful experiments of the same type. In the experiment I mentioned earlier, he suggested to his patient the production of a burn in the skin in the form of a small ring. As he made this suggestion, he pressed on the patient’s left upper arm a ring having a notch in it. About 5 hours later—the patient having been closely watched during this interval—a blister appeared on the right arm at the site where the left arm had been stimulated. The blister had the shape of the ring with an indication of the notch.
    .
    In another experiment Jendrassik used a metal plate cut in the form of the letter K, which was pressed on the skin of the patient’s left shoulder as she received suggestions that her skin was being touched with a hot iron. She was not allowed to see the K shape of the metal touching her shoulder. After some time — Jendrassik did not state how long — a blister in the definite shape of a K appeared on the patient’s right shoulder; moreover, the blister had the form of a mirror-image of the stimulating metal letter K that Jendrassik had applied to the left shoulder.
    .
    Janet (1889/1919) reported experiments of this type that were equally extraordinary. To his subject Rose, identified by him as hysterical, he made the suggestion during hypnosis of applying a mustard plaster to her abdomen (which he did not do). A few hours later a rectangular area of the abdomen became swollen and dark red. Janet commented to Rose that the area had an odd shape, because the corners seemed cut off. Rose then told him that apparently he (Janet) did not know that the corners of the mustard plasters with which she was familiar were cut off so that they would not hurt the patient. (This was a clear example of the affected area corresponding to an idea in the mind of the subject, not one in that of the hypnotist.) On another occasion, Janet gave Rose the suggestion that the mustard plaster (to be imagined by her as applied to her skin) had the shape of a six-pointed star; and the resulting affected area had just this shape. To another subject, Leonie, Janet gave the suggestion of a mustard plaster in the shape of an S applied to her left chest (for the treatment of “nervous asthma”). The illness was relieved, and the ensuing mark on Leonie’s chest had the shape of an S.
    .
    I believe the evidence shows that in at least some of the experiments for the production of blisters through suggestion the experimenters have included adequate controls against artifactual production of the blisters. Any readers unsatisfied on this point should read the original reports of the experiments or conduct new and better ones themselves.

    .
    Feliz? Vai pedir desculpas pro Krippner agora?
    .
    24) O interessante é que, em ambos os casos, as obras foram produzidas pelos próprios “súperes
    .
    a) http://www.remoteviewed.com/files/stargate/10.8.05/an_ingo_swann_pk_experiment.pdf
    .
    Validado inclusive por Charles Honorton. Não é Swann falando sobre si próprio.
    .
    25) “nada posso afirmar de mais profundo do caso Mack/Sagan, do qual só disponho das miúdas informações que mas deu.”
    .
    Meu Zeus, o livro que conta o caso tá disponível gratuitamente na internet… é o mais famoso de Sagan…
    .
    26) “A forma simples de descobrir safados ou aderidos a fantasias passa por analisar seus discursos. ”
    .
    Safado ou aderido a fantasia? Dá para escolher?
    .
    27) “Ora, muito mais simples fazer experimentações tipo pôr objetos numa sala próxima, devidamente fiscalizada, e conferir o que Swann conseguia ver (ou seja, nada). ”
    .
    Foi exatamente o que fizeram aqui:
    .
    http://www.nrgarchive.gdk.mx/2002-Persinger-Roll-Tiller-Koren-and-Cook-PMS-Remote-viewing-with-the-artist-Ingo-Swann.pdf?ckattempt=1

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)