Discussão do caso de EQM do paciente com a mão atrofiada

Este caso de EQM é talvez o mais forte já obtido em um estudo prospectivo, recendo 20 pontos de um total possível de 32. A enfermeira Penny Sartori divulgou o caso em duas revistas – na Christian Parapsychologist (2004) e no Journal of Near Death Studies (2006) – e em sua tese de Ph.D. (2008). Uma discussão foi iniciada com Michael J. Rush em 2013 no Journal of Near Death Studies. Disponibilizo:

a) O artigo de Sartori (2006): link

b) O artigo crítico de Rush (2013a): link

c) A resposta de Sartori (2013b): link

d) A réplica de Rush (2013c): link

Todos os artigos estão formatados exatamente como foram publicados. Aqueles que desejarem os artigos originais em inglês para conferirem a tradução enviarei por email, bastando citar o email nos comentários.

38 respostas a “Discussão do caso de EQM do paciente com a mão atrofiada”

  1. Gorducho Diz:

    Parece NDE indiana; o cara parecido c/JC seria o que no céu da India consulta o livro…
     
    … could hear this chap telling my father, ‘‘Sorry, he isn’t ready yet; he’s got to go back.’’ I looked up and Mam said a few words and Dad. Eventually, I felt myself coming slowly back into my body.

  2. Vinicius Diz:

    Olhem só, pesquisei e não sabia. Já houve processo em ambito juridico sobre os textos racistas. Vejam no site
    http://www.prba.mpf.mp.br/paraocidadao/pecas-juridicas/termos-de-ajustamento-de-conduta/arquivamento-pa-allan-kardec.pdf

  3. Gorducho Diz:

    Puxa! EQM pode ter efeitos terapêuticos (talvez seja até mais eficaz que homeopatia….) :o
     
    Por toda a minha vida, durante 60 anos, o meu braço sempre foi assim; eu nunca pude abri-lo. Meu pai costumava dizer “Você está destinado a viver desse jeito.” Agora eu posso abri-lo.
    Disseram-me que os meus rins não estavam funcionando corretamente e que agora eles estão funcionando perfeitamente, mas eu não sei qual era o problema. Eu também sei que perdi muito peso. Meus tornozelos costumavam ficar muito inchados e agora são como os tornozelos de um bebê de dois anos de idade; são finos. Até a minha irmã ficou surpresa ao ver a minha mão. Eu tenho paralisia cerebral e minha mão era para ser assim [apertada e torcida para baixo]; agora eu posso abri-la. Ela parece estar bem fechada, mas eu consigo
    abri-la
    .

  4. Vitor Diz:

    A literatura médica tem uma vasta literatura de curas aparentemente milagrosas. O próprio Rush cita alguma bibliografia em seu artigo.
    .
    a) Ransom, M. R., & Alicke, M. D. (2012). It’s a miracle: Separating the miraculous from the mundane. Archive for the Psychology of Religion, 34(2), 243-275.
    .
    b) Rose, L. (1954). Some aspects of paranormal healing. British Medical Journal, 2(4900), 1329-1332.
    .
    c) Zanni, G. R., & Wick, J. Y. (2005). Physiological and psychological factors may be involved in remarkable recovery. Consultant Pharmacist, 20(8), 634-6, 638, 644-9.

  5. Gorducho Diz:

    Lobriguei a e me pareceu um artigo sério, i.e., eles não dizem que curas Sobrenaturais existem. Fazem um estudo sobre a psicologia dos terrícolas e em quais circunstâncias creem alguns se tratar de milagre.
    Os outros ainda não vi-os…

  6. Gorducho Diz:

    Rose, L. (1954). Some aspects of paranormal healing. British Medical Journal, 2(4900), 1329-1332.
    About a hundred cases, all claimed to have received full or partial benefit from a healer, have been followed up.
    No single case revealed conclusively that the healer’s intervention alone resulted in improvement or cure of a measurable organic disability.
    Three cases sowed marked improvement or cure of such a condition after the intervention of a healer, but the healer’s case can be explained away in terms of orthodox medical experience
    .
     
    Perfeito.

  7. Borges Diz:

    Penso que ao assumir posições radicais sobre determinado assunto, um crítico sente dificuldade em analisa-lo em toda a sua plenitude por dois motivos: primeiramente porque necessita satisfazer seu ego e depois porque tem que dar satisfação a seus seguidores. Um crítico cético provavelmente se expõe a esta situação ao não admitir a existência de espíritos. Assim, é forçado a encontrar explicações que podem flertar com o absurdo.
    Um exemplo desta situação é considerar que um paciente com tremenda desvantagem física e tendo os olhos fechados possa enxergar igual ou até melhor do que uma pessoa saudável que está com os olhos abertos. Há cerca de quatro anos fui submetido a uma ureterolitotripsia; o procedimento durou aproximadamente uma hora; durante todo o tempo eu estava consciente e com os olhos abertos, acompanhando pelo monitor. Se fosse questionado sobre a quantidade de profissionais envolvidos naquele evento eu não saberia responder, tão pouco conseguiria identificar o anestesista que ficou o tempo todo ao meu lado.
    Outro exemplo que posso destacar e que também se aproxima do impensável é a crítica feita ao livro RAYMOND. Desconsiderar as evidências, alegando fraude por parte dos médiuns, é aceitar que uma equipe de pessoas simples, reúnem condições para formar uma quadrilha, capaz de manipular fatos e pessoas com uma maestria jamais vista, tendo ainda como vítimas, cientistas e gente de muita cultura.
    Se estes médiuns são assim tão eficientes para fraudar, porque foram se enrolar nos fios do bigode do avô W.
    Obrigado.

  8. Marciano Diz:

    Este tópico está (-_-).

  9. Gorducho Diz:

    QUEREMOS ESPIRITISMO!
    QUEREMOS MESAS GIRANTES!
    QUEREMOS CX!
    QUEREMOS GLÂNDULA PINEAL!
    QUEREMOS DR BEZERRA!
    QUEREMOS PSICOGRAFIAS EM FRANCÊS INVERTIDO!
    QUEREMOS MEDICINA & ESPIRITUALIDADE!
    QUEREMOS MATERIALIZAÇÕES!
     
    & by the way: afinal foram mesmo espíritos materializados que cometeram o crime aí?
    O que apuraram afinal?

  10. Antonio G. - POA Diz:

    É mesmo, Marciano. Tá meio parado.
    Que tal uns exercícios de detratação da mediunidade do Chico ou Divaldo? Ou, quem sabe, especularmos sobre como andam as materializações de lixo da Dona Ederlazil? Ou o espetáculo das cirurgias espirituais do João de Deus?
    São assuntos que me divertem bastante. Não os supostos “fenômenos” em si, pois que são farsas, mas o efeito que eles causam nos incautos. Seria muito cômico, se não fosse trágico…

  11. Antonio G. - POA Diz:

    Gorducho, estamos sintonizados. Eu ainda digitava e você já postava um comentário na mesma linha de pensamento.

  12. Antonio G. - POA Diz:

    Podíamos transgredir um pouquinho e falar dos “milagres” católicos…?
    .
    Não, acho que não…

  13. Gorducho Diz:

    Registre-se que reclamei Parecer do Sr. JCFF acerca do médium católico – fato a m/ver mui pertinentemente posto a lume não me lembro por quem…
    Mas ele parece ser monotemático, e depois que repeliu brilhantemente a contraofensiva dos chiquistas…

  14. Marciano Diz:

    GORDUCHO, ASAIK, está tudo dependendo do resultado da perícia, o que não deverá ser fácil, pois os peritos não estão acostumados a investigar indícios de crimes cometidos por entidades materializadas.
    Seria necessária a colaboração de psychic detectives.
    Vou ver se descubro alguma novidade no noticiário.
    .
    .
    ANTONIO, eu voto no DPF, o qual ainda não foi devidamente explorado aqui.
    A Ederlazil já rendeu duas matérias, uma retirada e outra que ainda está aí, porém, como acredito que esse assunto já deu o que tinha que dar, prefiro DPF ou o assassinato praticado pelos espíritos materializados, que finalmente conseguiram seu objetivo, já tentado outras vezes.
    .
    .
    A finalidade aqui é espiritismo e derivados, mas eu topo discutir catolicismo, se a Administração permitir.
    Parece que também estou sintonizado.
    .
    .
    JCFF parece o telefone de cx. Só toca quando quer e de lá pra cá.

  15. Marciano Diz:

    Segunda-feira, 27 de Julho de 2015
    Médium assassinado no Rio pode retornar materializado, revela estudioso – vídeo

    O assassinato do médium Gilberto Arruda, do Lar de Frei Luiz, no Rio, em 19 de junho, ainda continua gerando discussões, debates e polêmicas nos bastidores. Provavelmente vítima de assaltantes, Gilberto Arruda era considerado uma das principais expressões do centro kardecista. Lá, há décadas desenvolvia uma das mais controversas manifestações espirituais do universo espírita: a materialização. Na prática, é como se o espírito desenvolvesse uma matéria sutil e com ela pudesse ser visto, caminhar, conversar e até tocar e ser tocado pelos mortais. E, de acordo com um dos principais pesquisadores do fenômeno na atualidade, o jornalista e escritor Ronie Lima, Arruda poderá mesmo retornar em forma de espírito materializado para confirmar a principal proposta do kardecismo: provar que há vida após a morte.

    O depoimento de Ronie Lima, que promete gerar ainda mais debates entre kardecistas e outros religiosos, foi feito em forma de vídeo produzido pelo também jornalista e editor Élcio Braga. Em três peças disponibilizadas no Youtube e de forma didática, Ronie faz um passeio histórico pela técnica da materialização desde seus primórdios. Com imagens reais do que seriam espíritos materializados, Élcio ajuda a lançar luz sobre aquilo que o ceticismo humano ou cristão se recusa a acreditar: é possível sim haver contato entre mortos e vivos.
    .
    .
    Não é brincadeira (minha). Aqui está o link:
    .
    http://www.conexaojornalismo.com.br/colunas/astral/religiao/medium-assassinado-no-rio-pode-retornar-materializado,-revela-estudioso-video-63-39967

  16. Marciano Diz:

    O resto da matéria e os vídeos encontram-se no link acima.

  17. Marciano Diz:

    Quando eu digo aqui que não sou ateu, da mesma maneira que não sou alobisomista, deve ter gente que não entende, apesar do elevado nível intelectual dos demais leitores e comentadores.
    .
    Querem novidades?
    Vejam o que existe sobre lobisomens:
    .
    No livro “Eu também acredito em lobisomem” relato os desdobramentos da minha batalha judicial, que perdura há quase 40 anos, e a entrada da Prefeitura de Porto Alegre/RS/Brasil na lide, tolhendo minha vitória. Inspirada na obra “Por que Acredito em Lobisomem”, do advogado gaúcho Serafim Machado, publicada pela Editora Globo em 1975, aponto, mediante documentos, os erros cometidos por cartório de registro de imóveis e a desídia que invade o setor público através do servidor desatento ou omisso. Minha história apresenta um caso bastante interessante não só para advogados e estudantes de Direito, mas também para pessoas que lutam pelo justo, já que narro, ainda, as descobertas de irregularidades nos contratos do Município de Porto Alegre; nas averbações feitas em cartório; nas contradições em processos judiciais, na Câmara de Vereadores e nos pareceres do Ministério Público e do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

    Read more: http://eutambemacreditoemlobisomem.blogspot.com/#ixzz3kftWud00

  18. Marciano Diz:

    Recado aos ex-espíritas do blog (a lista é muito grande para ser reproduzida e ainda não está definida a situação do Arduin e do Vinicius):
    .
    http://www.mundoespirita.net/licantropia-e-zoantropia.html
    .
    LICANTROPIA E ZOANTROPIA
    1. CONCEITO DE ZOANTROPIA
    A palavra Zoantropia tem origem do latim (zoo= animal e anthropos= homem) e é o fenômeno em que espíritos desencarnados devotados ao mal se tornam visíveis aos homens sob formas de animais, demonstrando assim sua degradação tanto moral, quanto espiritual. Esse processo de transformação também pode se dá através de uma metamorfose perispirítica, processada através de uma indução hipnótica, em que o desencarnado inferiorizado em suas culpas, ganha a forma animalesca. Uma das espécies de Zoantropia é a Licantropia e a Cinantropia que serão tratadas abaixo.

    2. LICANTROPIA
    Licantropia tem origem do vocábulo grego lykanthropía composto por Lykos (lobo) e tropos (forma), o que significa de acordo com o livro Estudando a Mediunidade de Martins Peralva “é o fenômeno pelo qual espíritos, pervertidos no crime, atuam sobre antigos comparsas, encarnados ou desencarnados, fazendo-os assumir atitudes idênticas às de certos animais.” No caso da licantropia o animal seria um lobo e a pessoa que sofre esse processo é chamada de Licantropo, que é uma palavra que tem origem do vocábulo grego lykaánthropos que significa: “ 1. Alienado que sofre de licantropia.. 2. Por extensão, Lobisomen.”
    É um caso de fascinação em que uma ilusão é produzida pela ação do Espírito sobre o pensamento do médium fazendo o (sic) acreditar em coisas absurdas e colocando-o em situações constrangedoras. De acordo com o artigo da Revista Cristã de Espiritismo, n° 35, onde o autor aborda a questão da Zoantropia, ele afirma que se trata de um caso de Subjugação, que de acordo com o Livro dos Médiuns (Capítulo XXIII) se trata de “uma constrição que paralisa a vontade daquele que a sofre e o faz agir a seu mau grado” o que não deixa de ser parecido com a fascinação.
    A licantropia pode ser agressiva ou deformante. No primeiro caso, a licantropia se expressa através da violência, da alucinação e pode chegar ao crime. Já o segundo é um caso extremo onde a pessoa imita os costumes, atitudes e posições de vários animais.

    3. CINANTROPIA
    A cinantropia é uma espécie da zoantropia onde o fenômeno em questão é igual a da Licantropia, mas o animal em que a pessoa se transforma é semelhante a um cachorro. Não constam muitos dados na literatura sobre o assunto.

    4. INFLUÊNCIAS MENTAIS
    De acordo com o artigo Corpo Astral da Revista Cristã de Espiritismo uma das características da “matéria espiritual” é o fato dela ser muito dócil à ação plasmatizante do pensamento. Ela sofre a ação do pensamento e se modela de acordo com as sugestões do mesmo. Essas sugestões são conhecidas como sugestões hipnóticas que são capazes de provocar as transformações perispirituais. Elas podem ser observadas sob dois aspectos: primeiro, através da auto-sugestão gerada por um sentimento de culpa, desenvolvidos através dos erros do passado; segundo, pela ação da mente de outro Espírito inferior, com o qual já há uma sintonia que explora os deslizes que o torna praticamente vulnerável.
    O autor Hermínio C. Miranda nos esclarece que “o hipnotizador, ou o magnetizador, não pode moldar, à sua vontade, o perispítio da sua vítima, mas ele sabe como movimentar forças naturais e os dispositivos mentais, de forma que o Espírito, manipulado com perícia, acaba por aceitar as sugestões e promover, no seu corpo perispiritual, as deformações e condicionamentos induzidos pelo operador das trevas que funciona como agente da vigança, por conta própria ou alheia. Nessas condições, a vítima acaba por assumir formas grotescas, perde o uso da palavra, assume as atitudes e as reações típicas dos animais e é segregado, por tempo imprevisível, de todo o convívio com criaturas humanas normais e equilibradas”.
    Então podemos concluir que afinidade e sintonia são elementos básicos para o estabelecimento do “pensamento de aceitação ou adesão”, conforme diz André Luiz no livro Mecanismos da Mediunidade. Através dos nossos comprometimentos com o passado, desenvolvidos por débitos cometidos junto com outros espíritos inferiorizados, com as quais ainda sintonizamos, poderemos ter a nossa vontade submetidas aos impérios hipnotizantes desses espiritos.

    5. CASOS DE ZOANTROPIA NA LITERATURA
    a) Libertação – André Luiz
    No livro Libertação, pelo Espírito André Luiz, no capítulo 5 “Operações seletivas” narra a visita de André Luiz e Gúbio a um edifício onde ocorria julgamentos no qual a função dos juízes era a “de selecionar delinqüentes, a fim de que as penas lavradas pela vontade de cada um sejam devidamente aplicadas em lugar e tempo justos”. Um deles foi de uma mulher que, diante dos juízes, confessou que matou quatro filhinhos inocentes e tenros e combinou o assassinato do próprio marido, entregando-se depois às “bebidas de prazer”, mas nunca pôde fugir da própria consciência. O juiz então fixou sobre ela as irradiações que lhe emanavam do temível olhar, e disse que a sentença foi lavrada por ela mesma e que ela não passava de uma loba. A medida que a afirmação era repetida, a mulher, profundamente influenciável, passou a se modificar, chegando ao resultado final da licantropia. André Luiz constatou, naquela exibição de poder, o efeito do hipnotismo sobre o corpo perispirítico. Segundo explicações espirituais, ela não passaria por essa humilhação se não a merecesse. No entanto, a renovação mental depende única e exclusivamente dela. Deus mantém a senda redentora sempre aberta a seus filhos.

    b) Nos Domínios da Mediunidade
    No capítulo 23, Fascinação, do livro Nos Domínios da Mediunidade, pelo espírito de André Luiz, há um caso de fascinação onde uma senhora é dominada por um obsessor com o qual teve uma ligação antiga em uma outra vida onde ela o induziu ao mal e por ela não corresponder ao seu devotamento, ele passou a persegui-lá. No fato presenciado por André Luiz, o obssesor hipnotiza a mulher, que influenciada, cai e coleia pelo chão, como se fosse uma irracional, quase uivando como uma loba ferida. Diante da situação, foram transmitidos passes e palavras de conforto para o restabelecimento da vítima.

    c) Diálogo com as sombras – Hermínio C. Miranda
    No livro Diálogo com as sombras de Hermínio C. Miranda, há o caso de um médium que se apresentou incorporado de um Espírito que não conseguia dizer nenhuma palavra e como estava totalmente animalizado, somente sabia rosnar e queria morder o Orientador. Mantinha as mãos fechadas como se fossem patas. O grupo conversou com ele tentando convencê-lo de que ele era um ser humano e não um animal. Após muitas preces comovidas e passes, ele começou a ficar mais calmo e pareceu ter readquirido sua forma humana, pois passou a “conferir” seus braços, pés, mãos, etc.

    d) Bíblia
    Há um caso de zoantropia na bíblia em Daniel, capítulo 4, versículo 25 a 34, onde narra a história do rei da Babiblônia, Nabucodonosor, que após sua exaltação onde disse que construiu a Babilônia para fazer dela sua mansão real e para servir à gloria de sua majestade, escutou uma voz que lhe disse “Isto é a ti, ó rei Nabucodonosor, se intima: O teu reino passará de ti a outro possuidor, e lançar-te-ão da companhia dos homens e a tua habitação será com as alimárias e feras: comerás feno como o boi, e sete tempos passarão por cima de ti, até que reconheças que o Excelso tem um poder absoluto sobre os remos dos homens, e que os dá a quem lhe apraz.” Assim, viveu como um animal durante sete anos, findo o período, ele retomou a forma humana, seu reino e o juízo, e reconheceu que o Altíssimo domina sobre a realeza glorificando a Deus e a Sua Justiça e reconheceu que diante Dele nenhum habitante da terra tem importância.

    6. TRATAMENTO ESPIRITUAL
    Os casos de licantropia são os mais dificies de serem resolvidos. De acordo com Áulus no livro Domínios da mediunidade: “Não basta arrancar o joio. É preciso saber até que ponto a raiz dele se entranha no solo com a raiz do trigo, para que não venhamos a esmagar um e outro.”
    O autor Hermínio C. Miranda afirma que: “O trabalho de resgate desses pobres irmãos, que chegam até a perder a consciência da sua própria indentidade, é tão difícil quão doloroso, e jamais poderá ser feito sem a mais ampla cobertura espiritual… eles se voltam contra o grupo mediúnico, que precisa estar preparado, resguardado na prece e em imaculada pureza de intenções”.
    Para revertemos esses casos de deformações do períspirito não são necessários nenhum produto farmacêutico convencional e sim, somente, o humilde arsenal terapêutico da medicina dos espíritos que é a prece, o passe, a cooperação dos irmãos espirituais, a água fluidificada, o amor e principalmente a fé. O perdão também é necessário nos casos em que a vítima se sente culpada pelos seus débitos passados e continuam se sintonizando com aqueles que participaram de seus atos errôneos.
    No caso descrito por Hermínio C. Mirando, no livro Diálogo com as Sombras, ele cita que durante as emissões de passes na vítima e as preces comovidas, eles também conversavam com ele, insistindo que o mesmo era um ser humano e não um animal. Foram ditas palavras amorosas, um tipo de sugestão hipnótica positiva, permitindo assim que ele restituísse sua forma perispiritual de ser humano.
    Com isso concluímos que a melhor forma de favorecer a cura de pessoas que estão sofrendo a atuação desses espíritos inferiores é o estudo diário e incessante do Evangelho e da Doutrina, o trabalho incessante na seara do bem e sempre ter presente no coração, o amor.
    Graças à reencarnação todos os que hoje estão perdidos nos mundos inferiores poderão se redimir e resgatar as suas dividas. Podendo assim, alcançar as bênçãos divinas.

    Pesquisa realizada por Mariana Ferreira Borges Estrela

    7. Obras consultadas

    - Estudando a Mediunidade – Martins Peralva; 26ª Ed., FEB.
    - Nos Domínios da Mediunidade – Francisco Cândido Xavier; 23ª Ed., FEB.
    - Libertação – Francisco Cândido Xavier; 31ª Ed., FEB.
    - Diálogo com as Sombras – Hermínio C. Miranda; 13ª Ed., FEB.
    - Revista Cristã de Espiritismo, n° 35 – Zoantropia.
    - Revista Cristã do Espiritismo, n°, Psicopatologia do Perispírito.
    - Revista Cristã de Espiritismo, n° 25 – Artigo Corpo Astral.

  19. Marciano Diz:

    Deixo a bola com vocês. B2W (back to work).
    BBL (be back later).

  20. Gorducho Diz:

    Pois é… os médiuns são assim mesmo…
    Caso prático, local e atual, onde detectives #&968;quicos são essenciais visto aparentemente o crime ter sido praticado por espíritos, eles não aparecem.
    Lá na América eles são úteis, ajudam o FBI e as policias locais; cá só recitam o Evangelho :(

  21. Gorducho Diz:

    ERRATA
    ψquicos

  22. Vinicius Diz:

    9.Gorducho Diz:
    SETEMBRO 3RD, 2015 ÀS 8:01 AM
    Faltou QUEREMOS DPF!!
    Kkkkk e aí já leu as 400 páginas do BEZERRA VOLUME 3?? Tem ainda o 1 e o 2 hein !!! esses ainda não tenho.

    Entrevista sobre as crianças índigo e o livro do médium que trata sobre isso.
    http://www.divaldofranco.com.br/noticias.php?not=42

    Trechos (ER significa o programa que o entrevistou ESPIRITISMO RESPONDE)

    “ Entrevista de Divaldo Pereira Franco ao Programa Televisivo O Espiritismo Responde, da União Regional Espírita – 7ª Região, Maringá, em 21.03.2007”
    “ Divaldo – Desde os anos 70, aproximadamente, psicólogos, psicoterapeutas e pedagogos começaram a notar a presença de uma GERAÇÃO ESTRANHA, muito peculiar .Tratava-se de crianças rebeldes, hiperativas que foram imediatamente catalogadas como crianças patologicamente necessitadas de apoio médico. Mais tarde, com as observações de outros psicólogos chegou-se à conclusão de que se trata de uma nova geração. Uma geração espiritual e especial, para este momento de grande transição de mundo de provas e de expiações que irá alcançar o nível de mundo de regeneração. As crianças índigo são assim chamadas porque POSSUEM UMA AURA NA TONALIDADE AZUL, aquela tonalidade índigo dos blue jeans (Dra. Nancy Ann Tape).
    COMO FAÇO PARA VER AS AURAS DAS CRIANÇAS?
    “ Desde cedo demonstram estar conscientes de que pertencem a uma GERAÇÃO ESPECIAL. São crianças portadoras de alto nível de inteligência, e que, posteriormente, foram classificadas em quatro grupos: ARTISTAS, HUMANISTAS, CONCEITUAIS E INTERDIMENSIONAIS OU TRANSDIMENSIONAIS.”
    “ A partir dos anos 80, ei-las reencarnando-se em massa, o que tem exigido uma necessária mudança de padrões metodológicos na pedagogia, uma nova psicoterapia a fim de serem atendidas, desde que serão as continuadoras do desenvolvimento intelecto-moral da Humanidade”
    SIM, CLARO, E NOVOS LIVROS $$$$ E CURSOS $$$$ PARA PODER ENTENDER E COMO ATENDER AS TAIS CRIANÇAS E ADULTOS NO FUTURO. QUEM SABE UM PLANO DE SAÚDE ESPECÍFICO $$$$ PARA ESSA NOVA GERAÇÃO ESPECIAL.
    “ ER – Essas crianças não poderiam ser confundidas com as portadoras de transtornos da personalidade, de comportamento, distúrbios da atenção? Como identificá-las com segurança?
    Divaldo – Essa é uma grande dificuldade que os psicólogos têm experimentado, porque normalmente existem as crianças que são portadoras de transtornos da personalidade (DDA) e aquelas que, além dos transtornos da aprendizagem, são também hiperativas (DTAH), mas os estudiosos classificaram em 10 itens as características de uma criança índigo, assim como de uma criança cristal. A criança índigo tem absoluta consciência daquilo que está fazendo, é REBELDE POR TEMPERAMENTO, NÃO FICA EM FILA, NÃO É CAPAZ DE PERMANECER SENTADA DURANTE UM DETERMINADO PERÍODO, NÃO TEME AMEAÇAS”
    “ Aquelas transcendentais, provavelmente serão os grandes e nobres governantes da Humanidade no futuro “
    ESTAMOS ESPERANDO ELAS CRESCEREM PARA INUNDAR O CONGRESSO NACIONAL, O SENADO, O PLANALTO, AS PREFEITURAS..
    “ ER – Com que objetivo estão reencarnando na Terra?
    divaldo – allan kardec, com a sabedoria que lhe era peculiar, no último capítulo do livro a gênese, refere-se à nova geração que viria de uma outra dimensão. da mesma forma que no tempo do pithecanthropus erectus vieram os denominados exilados de capela ou de onde quer que seja, porque há muita resistência de alguns estudiosos a respeito dessa tese, a verdade é que vieram muitos espíritos de uma outra dimensão. Na atualidade, esses lucíferes voltaram. Somente que, neste outro grande momento, estão vindo de Alcione, uma estrela de 3ª. grandeza do grupo das plêiades, constituídas por sete estrelas, conhecidas pelos gregos, pelos chineses antigos e que fazem parte da Constelação de Touro”
    RESISTÊNCIAS DE ALGUNS ESTUDIOSOS A RESPEITO DESSA TESE? QUAL A DE ALCIONE? OU DE TODAS?
    AFF.

  23. Vinicius Diz:

    MARCIANO
    23. Marciano Diz:
    SETEMBRO 3RD, 2015 ÀS 8:29 AM
    Segunda-feira, 27 de Julho de 2015
    Médium assassinado no Rio pode retornar materializado, revela estudioso – vídeo

    “ Se ele vai voltar materializado, já vai poder ajudar a polícia a resolver o mistério, contando o que aconteceu, como eram os caras,se estavam mascarados, o que falaram etc etc “

    Se a moda pega : já não basta os bandidos encarnados, agora espíritos materializados matando os encarnados? Assim não vai ter policia que dê jeito…

  24. Vinicius Diz:

    putz, ainda não li sobre a LICANTROPIA E ZOANTROPIA, mas vou ler. está corrido aqui no mundo real $$$. kkk
    lembro vagamente disso em André Luiz e seu umbral.

    “Recado aos ex-espíritas do blog (a lista é muito grande para ser reproduzida e ainda não está definida a situação do Arduin e do Vinicius)” kkkk é segredo a minha situação atual!!

  25. Gorducho Diz:

    Não: vou lê-lo sequencialmente à noite p/adormecer…
    Como não se tem a pesquisa à qual a gente se acostuma nos .pdf, não vi ainda a passagem racista.
    Proximamente pretendo transcrever o relato sobre os habitantes do Sol.

  26. Vinicius Diz:

    marciano
    ANTONIO, eu voto no DPF, o qual ainda não foi devidamente explorado aqui.

    Já falaram das crianças indigo e cristal? mandei uma entrevista há pouco… mais uma forma de discriminação.
    como se não bastasse cor de pele, forma e tamanho da barriga, terra natal agora também se é indigo, cristal, alcioneideo

  27. Marciano Diz:

    VINICIUS, o assassinato por espíritos materializados foi publicado em livro (as tentativas).
    .
    Eu e GORDUCHO já discorremos sobre as tentativas.
    Tente localizar no blog, no tópico sobre o assassinato.
    .
    .
    .
    .
    Eu já disse várias vezes antes, mas nunca é demais repetir:
    .
    As Plêiades são um aglomerado aberto, com cerca de 500 estrelas jovens (por isto mesmo incapazes de sustentar qualquer tipo de vida), inclusive muito próximas (em média 3 vezes mais do que nas nossas cercanias).
    .
    .
    Alcyone, em particular, é a mais brilhante do grupo de sete visíveis a olho nu, em lugares pouco iluminados e por quem tem boa visão.
    .
    Na realidade, Alcyone é um grupo de pelo menos 4 estrelas gigantes, outro problema para ter planetas que possam abrigar vida.
    .
    .
    Maiores detalhes aqui:
    .
    The Seven Sisters Pose for Spitzer – and for You!
    04.12.07

    The Seven Sisters, also known as the Pleiades, seem to float on a bed of feathers in a new infrared image from NASA’s Spitzer Space Telescope. Clouds of dust sweep around the stars, swaddling them in a cushiony veil.

    The view is quite different from what you might see if you look out to the west shortly after dusk. Right now, the famous family of stars is “stepping out” in the evening skies with a very bright and dazzling Venus. During the period from around April 10 to 13, the Pleiades shine like a cluster of diamonds just above Venus. On April 19, the crescent moon will join the party, sliding between Venus and the Pleiades for a special viewing.

    infrared view of Pleiades Image right: An infrared image of the Pleiades. Image credit: NASA/JPL-Caltech
    + Larger view

    Paparazzi and fans in both the northern and southern hemispheres should grab a pair of binoculars to get the best look at the star-studded event. The Venus-Pleiades encounter will also be visible with the naked eye where skies are dark and clear.

    The Pleiades, located more than 400 light-years away in the Taurus constellation, are the subject of many legends and writings. Greek mythology holds that the flock of stars was transformed into celestial doves by Zeus to save them from a pursuant Orion. The 19th-century poet Alfred Lord Tennyson described them as “glittering like a swarm of fireflies tangled in a silver braid.”

    The star cluster was born when dinosaurs still roamed the Earth, about 100 million years ago. It is significantly younger than our 5-billion-year-old sun. The brightest members of the cluster, also the highest-mass stars, are known in Greek mythology as two parents, Atlas and Pleione, and their seven daughters, Alcyone, Electra, Maia, Merope, Taygeta, Celaeno and Asterope. There are thousands of additional lower-mass members, including many stars like our sun. Some scientists believe that our sun grew up in a crowded region like the Pleiades, before migrating to its present, more isolated home.

    night sky chart Image right: This sky chart illustrates the Venus-Pleiades encounter that reached its closest approach on April 11, 2007. The Pleiades are a tight gem-like cluster of stars that resemble a tiny dipper (but should not be confused with the Little Dipper constellation). Image credit: NASA/JPL-Caltech
    + Larger view

    The new infrared image from Spitzer highlights the “tangled silver braid” mentioned in the poem by Tennyson. This spider-web-like network of filaments, colored yellow, green and red in this view, is made up of dust associated with the cloud through which the cluster is traveling. The densest portion of the cloud appears in yellow and red, and the more diffuse outskirts are shown in green hues. One of the parent stars, Atlas, can be seen at the bottom, while six of the sisters are visible at top. Additional stars in the cluster are sprinkled throughout the picture in blue.

    The Spitzer data also reveal never-before-seen brown dwarfs, or “failed stars,” and disks of planetary debris (not pictured). John Stauffer of NASA’s Spitzer Space Telescope mission says Spitzer’s infrared vision allows astronomers to better study the cooler, lower-mass stars in the region, which are much fainter when viewed in optical light. Stauffer, who admits to being biased because the Pleiades is his favorite astronomical object, says the cluster is the perfect laboratory for understanding the evolution of stars.

    This image is made up of data taken by Spitzer’s multiband imaging photometer and its infrared array camera. Light with a wavelength of 4.5 microns is blue; light of 8 microns is green; and light of 24 microns is red.

    Media contact: Whitney Clavin 818-354-4673
    Jet Propulsion Laboratory, Pasadena, Calif.

    https://www.google.com.br/?gfe_rd=cr&ei=OlroVcD-EYOq8weCw7mgAw&gws_rd=ssl#q=alcyone+star+nasa.gov

    .
    .
    B2W

  28. Vinicius Diz:

    AG: se for a mesma edição que minha veja a página 95. se não achar vou ver em casa o capítulo e o parágrafo ok? (o livro nao está perto)

    ” quando lhe descrevemos a lei da evolução dos Espíritos, mediante as vidas sucessivas e reparadoras pelas quais o SELVAGEM, A RAÇA NEGRA, todas as raças humanas, ORA DISTANCIADAS DA LUZ DA VERDADE, volverão aos centros, onde as receberão. “ trecho extraído da obra “ Espiritismo, estudos filosóficos volume III, editora Fraternidade Assistencial Esperança, pág.95, Agosto/2001”

  29. Gorducho Diz:

    Esse seu argumento sobre as Plêiades não se sustenta cientificamente, visto que o próprio Sol, cujas condições na superfície são muitissíssimo + severas é habitado, fato atestado tanto por Dr. Bezerra quanto pela insuspeita – segundo entre tantos outros o Dr. e a Casa…- médium Mrs. Leonora Piper.

  30. Contra o chiquismo Diz:

    DPF e raul teixeira… tem é coisa aí se revirarmos.

  31. Gorducho Diz:

    Não: o livro está em casa;
    amanhã citarei o pronunciamento sobre os solarícolas.

  32. Marciano Diz:

    Não encontrei no blog, mas aqui está:
    .
    “Mesmo sofrendo ataques terríveis, inclusive contra a própria vida…” (pág. 228).
    .
    .
    Pág. 223
    .
    “Logo depois, foram ouvidos gritos abafados do médium Gilberto Arruda, de dentro da cabine. Abrindo as cortinas vi a situação perigosa em que se encontrava o médium Gilberto. Os espíritos tiraram a fronha do travesseiro no qual repousava sua cabeça. Molharam-na e fizeram com a mesma uma mordaça, tapando seu nariz e sua boca hermeticamente. Com o lençol molhado, fizeram uma corda e amarraram com nó cego os braços do médium para trás”.
    .
    https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&id=gCeb99ndKYYC&q=arruda#v=snippet&q=arruda&f=false

  33. Marciano Diz:

    Estou em horário de almoço e tenho muito trabalho depois.
    Assim que puder eu volto.
    Peço a GORDUCHO que tente resgatar os atentados já aqui relatados, todos descritos no “Médicos do Espaço”, de Ronie Lima, mostrando as tentativas de assassinato de Gilberto Arruda.

  34. Borges Diz:

    Comentário do Sr. Oliver Lodge constante no livro Raymond:
    “Os melhores médiuns são em geral criaturas simples, gente honesta, ansiosa por empregar o dom que os distingue como lenitivo para os sofredores. Ocasionalmente aparecerão indivíduos com pretensão a poderes que na realidade não possuem, ou que os simulam fraudulentamente; mas se são fraudadores, claro que não são médiuns – e é destes que estou falando. Se pessoas inexperientes caem nas mãos de charlatães, dos que se anunciam nas ruas por meio de “homenssanduíches”, claro que merecem o que recebem. Por outro lado, nem sempre encontro as pessoas aflitas bem predispostas à convicção. Algumas o são; outras encaram o problema de modo desleixado e desatento; mas é erro supor que os que realmente procuram convencer-se mostrem-se fáceis à convicção. Ao contrário: sempre os vejo muito alertas, críticos e cautelosos. A ansiedade que sentem fá-los também ansiosos por não se iludirem em matéria de importância assim vital. E mesmo quando conseguem uma boa demonstração de evidência, muitas vezes voltam para trás e recaem no ceticismo. A mim muitos anos de experiência foram necessários para que eu admitisse como finalmente conclusivo o corpo de provas que reuni.”
    Obrigado

  35. Marciano Diz:

    1. Vinicius Diz:
    SETEMBRO 3RD, 2015 ÀS 11:31 AM
    MARCIANO
    23. Marciano Diz:
    SETEMBRO 3RD, 2015 ÀS 8:29 AM
    Segunda-feira, 27 de Julho de 2015
    Médium assassinado no Rio pode retornar materializado, revela estudioso – vídeo
    “ Se ele vai voltar materializado, já vai poder ajudar a polícia a resolver o mistério, contando o que aconteceu, como eram os caras,se estavam mascarados, o que falaram etc etc “
    Se a moda pega : já não basta os bandidos encarnados, agora espíritos materializados matando os encarnados? Assim não vai ter policia que dê jeito…

    .
    .
    Voilà, VINICIUS:
    .
    http://obraspsicografadas.org/2015/livro-gratuito-cumprindo-se-profecias-materializacoes-de-espiritos-em-sao-paulo-por-mario-ferreira-1955/
    .
    1. Marciano Diz:
    JUNHO 20TH, 2015 ÀS 1:10 PM
    Teste:
    https://books.google.com.br/books?id=gCeb99ndKYYC&pg=PA223&lpg=PA223&dq=gilberto+arruda+medium+-assassinado&source=bl&ots=WlVS_42M3R&sig=bHsuCgSKVqctDgXa3mawm4RkUAg&hl=pt-BR&sa=X&ei=54yFVaDxJvLLsATBpZXABg&ved=0CFoQ6AEwDg#v=onepage&q=gilberto%20arruda%20medium%20-assassinado&f=false
    2.
    3. .
    4. Marciano Diz:
    JUNHO 20TH, 2015 ÀS 1:13 PM
    Deu certo!
    Se clicarem no link acima, serão remetidos às páginas do livro “Os Médicos do Espaço”, do jornalista Roni Lima, o qual pode ser lido (quase todo) no google books.
    O link leva a um trecho em que o médium Gilberto Arruda sofreu ataques que espíritos trevosos, fato presenciado por mais de 66 testemunhas, no qual ele sofreu ferimentos e teve risco de perder a vida.
    Se continuarem lendo (é só pressionar seta para baixo), verão que o assassinato foi praticado por essas mesmas forças trevosas.
    Ou então, tudo o que se relata no livro é mentira.
    5.
    6. .
    7. Gorducho Diz:
    JUNHO 20TH, 2015 ÀS 1:40 PM
    Bah! Eu, apesar de dizer ao Dr. que materializações não existem, pra “não dar o braço a torcer” no debate, confesso que, quando CoC divulgou o fato, pensei desde logo na possibilidade de terem sido espíritos materializados!
    E tudo indica então que foi! O mesmo modus operandi, só que agora com consequência trágica :sad:
    Desculpe Dr.; desculpe Sr. Administrador!
    Jogo a toalha: espíritos e médiuns existem!
    8.
    9. .
    10. Larissa Diz:
    JUNHO 20TH, 2015 ÀS 1:48 PM
    Karaka marciano!
    Eu tava lendo esse livro

    .
    Marciano Diz:
    JUNHO 20TH, 2015 ÀS 3:38 PM
    Gorducho, veja o valor da perseverança!
    Após várias tentativas de homicídio frustradas, como narra o livro, as forças espirituais negativas finalmente conseguiram seu intento.
    .

    Eu e o detetive GRASSOUILLET já desvendamos o crime :razz:

  36. Borges Diz:

    Gostaria de destacar outro trecho do livro “Raymond”, trata-se novamente de um comentário do Sr. Lodge:
    “Muita gente acha difícil crer na realidade
    da existência contínua. Também é difícil crer
    ou compreender a existência no que chamamos
    “o outro mundo”; mas se refletirmos
    sobre o ponto, havemos de concordar que é
    igualmente difícil crer na existência neste
    nosso mundo – ou que é difícil crer na existência
    em geral. O problema da existência
    sempre foi motivo de perplexidade. De ne-
    nhum modo pode ser estabelecido a priori.
    Tudo é uma questão de experiência, isto é,
    de evidência. Pela experiência sabemos que
    tais coisas realmente existem; mas não podemos
    saber como surgiram, para que existem
    e o que virão a ser. Não sei das razões
    para admitir que só as coisas que nos são
    familiares tenham existência – salvo declarando
    que não temos experiência de outras. E
    está aqui a questão em debate: temos nós
    prova evidencial, direta ou indireta, de qualquer
    outra forma de existência além da nossa?
    Se a temos, será fútil sugerir a dificuldade
    de crer na realidade de tal existência. Só
    os fatos nos devem guiar.”
    Obrigado

  37. Borges Diz:

    O comentário do Sr. Lodge inspirou-me a fazer as conjecturas que seguem:
    Considerando as informações disponíveis no momento, parece difícil aceitar que uma eternidade pretérita de um “nada absoluto”, anterior ao “BIG BAND” tenha se rompido, dando origem ao universo, que evoluiu de forma fantástica até nossos dias. Igualmente difícil é acreditar que o organismo unicelular tenha surgido em meio a descargas elétricas e combinações químicas e que evoluiu para seres mais complexos, chegando ao ser humano com a sua fantástica consciência, capaz de entender o seu entorno e conjecturar sobre o futuro.
    Sei que é difícil aceitar a sobrevivência desta consciência após a morte do corpo físico, pois até o momento, não temos meios considerados científicos para detectá-la. Porém, esta dificuldade não é maior que as duas outras citadas anteriormente.
    Sabemos que vibrações do ar com frequências abaixo de 16 Hz aproximadamente (infrassons) e acima de 16 KHz aproximadamente (ultrassons), são inaudíveis, nem por isso deixam de existir; sabemos também que vibrações magnéticas (ondas eletromagnéticas) com frequências abaixo de 400 Terahertz e acima de 700 Terahertz não excitam os bastonetes de nossa retina, nem por isso deixam de existir.
    Vamos às conjecturas, (aí reside o perigo):
    Hoje, especula-se sobre a teoria das “CORDAS” para explicar a matéria. Então eu indago, também especulando, será que as cordas dos espíritos não vibram com forma e frequência diferentes das nossas, o que dificultaria a tangibilidade? Creio que no futuro o ser humano encontrará meios para responder a esta pergunta.
    Obrigado

  38. MONTALVÃO Diz:

    /
    /
    “Médium assassinado no Rio pode retornar materializado, revela estudioso – vídeo
    “Se ele vai voltar materializado, já vai poder ajudar a polícia a resolver o mistério, contando o que aconteceu, como eram os caras,se estavam mascarados, o que falaram etc etc”
    /.
    PONDERAÇÃO: não sei porque a admiração com a volta materializada do morto: fato tão comum: desde Crookes está provado que os espíritos, se e quando querem, materializam-se (quem tenha dúvidas fale com o professor Arduin)…
    .
    Depois que os espíritos dos mortos, unanimente, resolveram dar mostras de suas presenças, poucos crimes ficam sem elucidar; poucos desaparecidos deixam de ser achados (o próprio Vitor tem uma coleção de casos que “provam” esses achados); médicos terrenos fazem cirurgias de alto risco com pleno sucesso, pois assessorados por doutores do espaço; as estações de rádio e televisão da espiritualidade transmitem programação rotineira para a Terra; enxadristas disputam partidas com mestres falecidos (e a galera vibra); escritores trocam ideias com confrades idos… Enfim, só questiona quem não reconhece as provas provadoras disponíveis.
    .
    Que Santa Piper nos ilumine…

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)