Quatro Casos de Comunicações ou Referências Inesperadas na Mediunidade de Chico Xavier: Uma Análise (2016)

Quatro casos de comunicações ou referências inesperadas na mediunidade de Chico Xavier são analisados. A análise revelou um padrão já detectado por outros pesquisadores condizente com a fraude. Para ler o artigo, clique aqui. Para quem quiser ouvir o áudio em que o próprio Divaldo Pereira Franco narra a história de Maria Domingas Bispo, clique aqui.

96 respostas a “Quatro Casos de Comunicações ou Referências Inesperadas na Mediunidade de Chico Xavier: Uma Análise (2016)”

  1. Gorducho Diz:

    Alguns vinham com frases em hebraico
     
    Pois é… onde está isso?
    O que eu consegui ver até agora são dísticos isolados, não integrados à frase, e escritos em latin* :?:
     
     
    Divaldo forneceu muitas informações sobre a encarnação passada dele e vocês (seu grupo científico) ¿não se interessa em investigar?

  2. Vitor Diz:

    01 – “Pois é… onde está isso?”
    .
    No livro A VIDA TRIUNFA, caso nº 33. Entre as expressões estão: ‘Baruch Dajan Emét’ (1) e ‘Leshaná Habaá bi-Yeru-shalayim’ (2), em que 1 – Abençoado Seja o Juiz da Verdade, e 2 – Ano Que Vem em Jerusalém.
    .
    02 – Quanto à vida passada do Divaldo, eu de minha parte não vejo como um campo fértil, nem para confirmar, nem para refutar. Não sei quanto aos outros.
    .
    Gostou do artigo?

  3. Gorducho Diz:

    Sim.
     
    Certes… certes… mas é isso mesmo o único que vi.
    ¿Isso é frase (minhas dificuldades c/ortografia & gramática devem ser notórias…)?
     
    E charset =” latin*” certo :?:
    ¿Onde se encontra a mensagem original?; visto que o falecido não iria aprender hebraico em latim, certo :?:
     
     
    Veja o alfinatamento na rubrica anterior…

  4. Vitor Diz:

    Coloquei o livro aqui: https://app.box.com/s/2dcdkcx8abd2yclbi61jzr2tj7sxest8
    .
    Caso 33. Tem a mensagem completa.

  5. Gorducho Diz:

    Quando me buscou para encontrar outros amigos no recinto dedicado à oração, no amplo educandário-hospital, chorei de emoção ao observar que formosa turma de pessoas amigas que eu não conhecia pronunciava as palavras: ‘Boi Beshalom’. Em seguida cantaram, esses novos companheiros, o hino ‘Shalom, Aleishem’. Terminando o cântico, meu avô Moysés achegou-se a mim e assinalando-me com o ‘Maguem David’falou abençoando-me
     
     
    Pois é isso que conheço. Isso não são frases coerentes. São dísticos judaicos – certamente constantes em qualquer almanaque – romanizados, inseridos em frases escritas em português, ¿certo?
    Isso não é psicografar em hebraico.

  6. Vitor Diz:

    Sobre o hebraico do Chico falo aqui:
    .
    http://obraspsicografadas.org/2010/revelaes-da-superinteressante-sobre-chico-xavier/

  7. Gorducho Diz:

    Fala mas fala mal.
    A resposta é que ele sabia.
     
    Não! Ele não sabia se formos tomar como parâmetro as psicografias em tela!
    Citar expressões populares isoladas e romanizadas não é saber hebraico.
    Bem como ele não sabia nem latim nem grego… Pois que ¿como é o poema que o Lentulus escreveu pra Lívia?

  8. Vitor Diz:

    O Contra e o Phelippe vivem pedindo por Chico Xavier, quando eu coloco, ninguém comenta nada… é o fim da picada isso… :D

  9. Marciano Diz:

    Conforme citei em outra rubrica, acho que as expressões foram grafadas transliteradas.
     

    Marciano Diz:

    julho 2nd, 2016 às 2:59 PM

    GORDUCHO, eu acho que a psicografia em hebraico de cx não foi em hebraico impresso nem manuscrito, mas transliterado.
    O que me leva a assim pensar é a transcrição da psicografia, fornecida aqui:
     
    PSICOGRAFIA

     
    Se não der certo, just in case, aqui vai o link original:
     
    http://cartasdechicoxavier.blogspot.com.br/2011/08/carta-de-roberto-muszkat.html
     
     
    A “psicografia inicia-se, como sempre, com as palavras:
     

    Querida Mãezinha Sonia, meu querido Pai e irmãos sempre amados, a Bênção da Paz permaneça conosco.
    Estou emocionado. Uma festa diferente num ambiente novo. Celebração dos vinte novembros na Terra. Não sei como escrever o que sinto. Ficaria contente se pudesse usar minhas próprias lágrimas de alegria para configurarem palavras o júbilo de que me sinto possuído.
     
    (…)
     
    Percebi, intuitivamente que me deslocava do corpo, embora permanecesse vinculado a ele, quando em meio do esforço para definir o que sentia para a análise de meu próprio raciocínio, ouvi nitidamente sobre mim a voz inesquecível de alguém pronunciando as santas palavras: “Baruch Dayan Emet” e reconheci que a frase não partia dos nossos de casa…
    (…)
    oi quando tomado de estranha sensação de bem-estar, escutei ainda as palavras: “Leshaná Habaá bi-Yerushalayim”.

     
    E por aí vai…
     
    O pior de tudo é que o falecido não sabia hebraico, nem moderno nem antigo, nem grafia original nem transliteração.
     
    Quando confrontado com o fato, cx saiu-se pela tangente, com a explicação de que o decesso estava aprendendo hebraico no além (PLOT HOLE DETECTADO!), olvidando o fato de que os espíritos não usam órgãos de fonação para se comunicarem no além e de que ninguém aprende línguas no além e já nasce falando-as.
     
    Foi a mesma coisa com o inglês canhestro de EmmÂnuel.
     
    O fato já foi discutido aqui no blog.
    http://obraspsicografadas.org/2010/revelaes-da-superinteressante-sobre-chico-xavier/
     
    Vai pelo método tradicional mesmo, para não encher o comentário de links, o que faz bloqueá-lo automaticamente.

     
     
    Eu estou sem tempo, mas adorei a iniciativa de voltar com cx.
    Bravo!

  10. Marciano Diz:

    COC, PHELIPPE, quando voltarem as matérias sobre parapsicologia, vocês não poderão reclamar.

  11. Larissa Diz:

    Eu estou lendo!

  12. Vinicius Diz:

    Com relação ao DPF e a mensagem de sua mãe psicografada por CX tenho por hipótese, após tudo que tenho lido sobre essa famosa e criativa dupla que DPF sabia desde o início que tudo era um engodo mas percebeu que haveria algum ganho em realizar todo esse “teatro” de uma “falsa autenticação” da mensagem fazendo com que as pessoas que estavam a sua volta ficassem mais curiosos com o espiritismo e ganhasse mais adeptos não importando os meios utilizados. DPF e CX arquitetam cenas, sugerem iniciativas, pedem para ir autenticar algo qur eles já sabiam de antemão que estava autenticado… Tudo para os crédulos continuarem cada vez maos crédulos. Agora uma curiosidade: esses irmãos de Dpf PRIMEIRA vez que ouço falar neles: são espíritas também? Percebi que não deram crédito à mensagem ou Divaldo quis passar Essa imagem de que não estavam crentes no inicio para que, de novo, a curiosidade fosse aguçada…assim como fazem com kardec sempre repetindo aquela frase de que dito cujo era incrédulo no início e só acreditaria ao ver as mesas com nervos etc etc

  13. Marciano Diz:

    Esse negócio de alfabetizar-se no além, de aprender línguas, é um plot hole, pois que não há qualquer objetivo em o “espírito” alfabetizar-se, se a comunicação no além não é por escrito nem fala.
    Ademais, quando o cara renasce, não vai nascer alfabetizado ou falando qualquer língua.

     
    E esses casos são malandragem mesmo, para que todos vejam como a psicografia é f(ogo).
     
    Ótimo trabalho, VITOR!
     
    Ainda vou ler tudo com calma, fiz uma “leitura dinâmica”, pelo adiantado da hora.

  14. Marciano Diz:

    Aos cinco anos, Chico perdeu a mãe, e o pai, desorientado, distribuiu os filhos entre famílias amigas. Chico foi entregue à sua madrinha, mulher rude e de coração duro. Obsediada, segundo os espíritos; doente mental? Segundo várias referências, espancava-o brutalmente, chegando ao ponto de espetar-lhe um garfo na barriga, o que provocou uma chaga que se manteve aberta .por muito tempo.
    Por causa da ferida, eu só podia usar roupa de menina. Uma camisola comprida, que a gente chamava mandrião, feita com tecido de saco de farinha pintado de azul. Brincaram uma vez comigo dizendo que, por isso, eu fui o precursor da “linha saco”…

     
    Confessado por cx que ele era, ao menos, crossdresser.
     
    Eu já havia lido isto em algum lugar, mas não lembro onde.
     
    Mais acima, temos outra pérola:
     
    O almoço é na cozinha e Chico se porta como autêntica dona de casa. Determina os lugares na mesa, explica os pratos e serve os convidados, um a um. Segundo amigos íntimos, Chico é ótimo cozinheiro, especialmente elogiado quando faz doces e gelatinas.
     
    - Eu estava trabalhando, quando vi entrarem dois espíritos perturbados, que já vinham há vários dias me fazendo ameaças. Um deles estava armado de revólver e, depois de me dirigir vários desaforos, disse que ia me matar. Dito e feito: apertou o gatilho e a bala atingiu meu ombro, mas só de raspão, porque eu ainda tive tempo de desviar o corpo. Meu companheiro não viu nem ouviu nada, mas tanto o tiro foi real, que eu fiquei oito dias com o ombro dolorido.
     
    Também conhecia essa.
    Esses espíritos são mesmo perigosos. E nem precisam se materializar, como no caso do Frei Luiz.

  15. Vinicius Diz:

    ” Um deles estava armado de revólver e, depois de me dirigir vários desaforos, disse que ia me matar. Dito e feito: apertou o gatilho e a bala atingiu meu ombro, mas só de raspão”
     
    Emmanuel intuiu Chico a desviar da bala pois ainda havia muitas psicografias para fazer. Era um contrato, não tinha como fugir…
     
    Os espíritos do bem não podem atirar nos bandidos encarnados :mrgreen: ? Daí nenhum encarnado vai responder por isso…

  16. Gorducho Diz:

    Por essas e por outras digo que ele sofria de esquizofrenia – ou outro mal do setor dentro de detalhes técnicos os quais não tenho qualificação, claro!
    Então que ele enxergava coisas enxergava.
    Agora onde termina o limite do que ele enxergava e do que era conscientemente inventado com o fim “útil” de promover o retorno dos cristãos ao tempo das catacumbas e disseminar essa crença, nunca se saberá.
    As cartinhas certamente se enquadram nesta última opção, tendo como benefício suplementar – dentro dessa concepção ética, claro – consolar os familiares.

  17. Vinicius Diz:

    “Então que ele enxergava coisas enxergava”.
     
    Ao tocar nesse assunto sempre lembro caso de minha mãe que toma remédios tarja preta e tudo isso “some” (os efeitos colaterais são empecilho para ela, mas fazer o quê???).
     
    Ela já pulou do 1º andar de onde morávamos alegando ter ouvido uma “voz” ordenando que se atirasse
     
    “As cartinhas certamente se enquadram nesta última opção, tendo como benefício suplementar – dentro dessa concepção ética, claro – consolar os familiares.”
     
    Há um livro e o próprio WV que diz os parentes quase “imploravam” para que o médium falasse algo do ente querido.

  18. Vinicius Diz:

    Vitor/Gorducho
     
    “No ano de 1972, no dia 15 de fevereiro, desencarnou em Salvador a Sra. Anna Alves Franco.
     
    “Dez anos depois, estando seu filho, Divaldo Franco, em visita a Francisco Cândido Xavier, em Uberaba, o Chico Xavier confiou ao médium e tribuno baiano que a Sra. Anna Franco gostaria de lhe transmitir, naquele momento, mensagem ditada pelo seu coração saudoso de mãe abnegada.”
     
    “Divaldo estranhou, pois que sua mãezinha era analfabeta, e, quando ele lhe lia o “Evangelho Segundo o Espiritismo”, nos cultos familiares, ela revelava muita dificuldade em compreender as palavras que não fossem do seu vocabulário habitual.”
     
    “Chico psicografou, em 42 páginas, mensagem de Anna Franco ”
     
    Não sabia que CX “psicografou” a mãe do Divaldo. Foi uma única vez isso? Onde a encontro na integra?
     

  19. Vitor Diz:

    Não está na internet, que eu saiba. É quase certo que está na Mansão do Caminho. e sim, que eu saiba foi só uma vez.

  20. Vinicius Diz:

    Pode haver a possibilidade de não haver essas 42 páginas? Isto é, para “aumentar” a notícia de que eram muitas páginas , uma “superprodução” etc etc.
     
    Ou de fato há essa comunicação?
     
    Não fizeram com ela o mesmo com a MEIMEI ou a própria mãe de CX…

  21. Vitor Diz:

    Bem, temos o relato gravado do Divaldo que houve tal comunicação. No áudio do Divaldo ouço ele dizer 82 páginas, e não 42. Ou estou ouvindo mal, ou talvez tenha havido uma confusão entre página e folha. Cada folha tem 2 páginas.
    .
    Agora, se tal comunicação ainda existe, não posso afiançar.

  22. Gorducho Diz:

    Segundo já me explicaram psiquiatras – t(i || e)v(e || nho) 2 na família, 1 já falecido – o doente enxerga e escuta de fato esses seres.
    Aliás tenho presenciado de certa distância um fato c/1 menino de família conhecida. Ele diz diretamente que está escutando 1 vozinha – agora está sendo medicado por especialistas de renome, claro…
    Então que CX tinha algo assim tinha. E os espíritas botaram pilha de sorte que “naturalizaram” o problema.
    Então nunca se saberá onde estava a fronteira do que ele tinha consciência ou não.
    Agora, essas dos caras estarem a estudar idiomas – e aliás mal-e-porcamente porque ninguém vai aprender hebraico com dísticos isolados (não me ocorre agora o nome exato disso…) e em latin*.
    Então aí tão tem como se supor que ele não se apercebesse. Porque quando convinha ele conseguia bem ficar dentro da casinha…
    :oops:

  23. Gorducho Diz:

    t(i || e)v(e || nho) tive 2 e tenho 1

  24. Borges Diz:

    As sacolinhas plásticas foram introduzidas no mercado no século XX, em torno da década de setenta; até então, a embalagem preferida era constituída por folhas de jornais devido a seu baixo custo. Não fica difícil deduzir que pedaços de jornais de diversas origens circulavam facilmente pela extensa área do território brasileiro; uma pequena nota de falecimento perdida em um cantinho de uma folha passava despercebida pela maioria da população, porém, não para os olhos atentos de CX, que poderia ver nela uma oportunidade para uma futura “referência inesperada”.
    Louva-se o destaque com asterisco do Vitor, evidenciando a intenção de CX em dar notoriedade ao fato. Penso que um espírito desejaria se comunicar para enviar uma mensagem a seus parentes, para tanto, apresentaria um endereço e os nomes dos mesmos, para que o próprio CX enviasse uma correspondência sem alardes.
    Um abraço

  25. Vinicius Diz:

    “Bem, temos o relato gravado do Divaldo que houve tal comunicação. No áudio do Divaldo ouço ele dizer 82 páginas, e não 42. Ou estou ouvindo mal, ou talvez tenha havido uma confusão entre página e folha. Cada folha tem 2 páginas.”
     
    E Divaldo não publicou em nenhum livro?
     
    Divaldo é suspeito para concluir se a comunicação é verídica ou não: se ele invalidasse a suposta comunicação seria um ponto negativo ao seu “concorrente fraternal” .
     
    Os irmãos de DPF ainda vivem? Fazem parte do movimento espírita?

  26. Vitor Diz:

    Se o Divaldo tem algum livro em que narra a psicografia da mensagem de sua mãe pelo Chico, desconheço. Mas saiu meio que recente uma biografia do Divaldo por Ana Landi, talvez tenha alguma coisa lá. Não sei de seus familiares.

  27. Vitor Diz:

    Valeu, Borges!

  28. Gorducho Diz:

    Complementando o dito pelo ABo, CX era jornaleiro, visto os cadernos de colagens.
    Tenho o livro da Srª Magali Oliveira Fernandes onde um é descrito em detalhes, não sendo difícil depreender (tentando ser erudito como o chiquismo…) que houvesse outros.

  29. Gorducho Diz:

    Claro: impensável.
    Ainda mais depois da querela acerca do plágio que abalou bastante o fraternalismo…

  30. Vinicius Diz:

    “Ainda mais depois da querela acerca do plágio que abalou bastante o fraternalismo…”
     
    E isso veio a tona depois da morte do CX, antes nunca tinha ouvido falar nisso. Até no Fantástico foi parar…

  31. Gorducho Diz:

    S/Pessoa é ainda do tempo do papel almaço, Analista Borges :?:
    Nada pode ser pior e mais horrível que as sacolas plásticas.
    Me faz lembrar dos mitos dos deuses que ensinaram os terrícolas a fazerem o que não deviam.
     
    Srs. cariocas: ¿lembram da excelente Spaghetillândia?
    Sim, sei que ainda tem, só que duvido que seja como era. Quando puder irei comer pra checar…
    O spaghetti lhes era fornecido – duma indústria – em embalagens dum papel azul indigo, se bem me lembro…

  32. Vinicius Diz:

    Gorducho, esse livro da Magali é tendencioso ao espiritismo como vários ou mostra as duas faces da moeda?

  33. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Penso que um espírito desejaria se comunicar para enviar uma mensagem a seus parentes, para tanto, apresentaria um endereço e os nomes dos mesmos, para que o próprio CX enviasse uma correspondência sem alardes.
    ===============================================================
    Perfeito :!:
    O que prova ser um circo com fins de proselitismo religioso. Se o propósito alardeado é nada ganhar com a mediunidade, mas apenas ajudar desinteressadamente de alguma forma as pessoas, esse seria o procedimento obvio.

  34. Vinicius Diz:

    “Para tanto, apresentaria um endereço e os nomes dos mesmos”
     
    Disse tudo: os médiuns dizem muitas vezes que os espíritos (“amigos ou obssessores”) rondam as casas de seus queridos ou inimigos, bastaria informar o endereço mesmo, afinal de contas foram e continuam sendo alfabetizados…

  35. Eu Sou a Universal Diz:

    Vinicius Diz:
    JULHO 12TH, 2016 ÀS 9:36 AM
    .
    ???).

    Ela já pulou do 1º andar de onde morávamos alegando ter ouvido uma “voz” ordenando que se atirasse
    .
    .
    Sr Vinicius, respeitosamente peço que leva a sua querida mãe a um templo evangélico de sua confiança, pois ela tem um caso, típico de ação de espíritos imundos querendo acabar com a vida dela. Agrava-se ainda mais o caso visto que ela é adepta do Espiritismo.

  36. Eu Sou a Universal Diz:

    Gorducho Diz:
    JULHO 12TH, 2016 ÀS 10:27 AM
    Segundo já me explicaram psiquiatras – t(i || e)v(e || nho) 2 na família, 1 já falecido – o doente enxerga e escuta de fato esses seres.
    Aliás tenho presenciado de certa distância um fato c/1 menino de família conhecida. Ele diz diretamente que está escutando 1 vozinha – agora está sendo medicado por especialistas de renome, claro…
    Então que CX tinha algo assim tinha. E os espíritas botaram pilha de sorte que “naturalizaram” o problema.
    Então nunca se saberá onde estava a fronteira do que ele tinha consciência ou não.
    =
    Sr Gorducho, tudo isso é apenas ação demoníaca na vida desse sr Chico Chico Xavier. Não existem espíritos de pessoas que tiveram vida aqui na terra. Existem demônios que imitam a letra ou o jeito de falar do familiar falecido.

  37. Vinicius Diz:

    “Sr Vinicius, respeitosamente peço que leva a sua querida mãe a um templo evangélico de sua confiança, pois ela tem um caso, típico de ação de espíritos imundos querendo acabar com a vida dela.”
     
    Ela já foi caro Pastor em templo evangélico mas com ela não funcionou.
    Ela não é e nunca foi espírita.
    A melhor resposta agora foram os remédios embora os efeitos colaterais.

  38. Vitor Diz:

    Oi, Pastor
    me diga uma coisa, se uma mulher grávida está pensando seriamente em abortar, e tal mulher muda de ideia porque sonhou que um espírito lhe diz para ela não abortar porque ele é o seu pai que faleceu com um tiro no coração quando ela era criança e está agora retornando para ela, isso é o demônio também? O demônio evitou que a mulher abortasse, então fez uma coisa boa, ainda é demônio? mesmo propagando a crença na reencarnação, o fato de salvar o feto não é um bem muito maior?

  39. Eu Sou a Universal Diz:

    Essas linhas de Espiritismo fora dos cultos africanos são tristes mesmo. Lembro que atendi um rapaz que via discos voadores e seres verdes na casa dele, ele nos contou que era leitor e que foi no templo do Ramatismo muitas vezes no Rio de Janeiro. Aí descobri aqui com a ajuda dos senhores que o Ramatismo mexe com a crença em ovnis e que o espírito guia é um extra terrestre. Os demônios se disfarçam mesmo nessa linha de Kardecistas, Chiquistas, Ramatistas, entre outras. Nos culto afros eles se identificam logo e fica fácil expulsar. Nesses não afros, eles não se manifestam ou não existem. Mas se disfarçam muito bem como esse preto velho que vira um médico que aqui viveu.

  40. Eu Sou a Universal Diz:

    Amigo Marciano, o sr tem certeza da sua convicção de ateu? Já foi em alguma igreja evangélica? Uma oração forte com imposição de mãos na sua cabeça talvez afastasse essa escuridão do ateísmo que o amigo se encontra mergulhado. Não sei, mas fui inspirado a dizer isso ao amigo. Sabes que não faço proselitismo e nem pregações aqui. Mas hoje me veio uma inspiração para lhe dizer isso. Socialmente, temos padrões de certo e errado, mas esses padrões tem como uma de suas características a relatividade desse certo e errado. Que cada caso é um caso. Que cada um é cada um. Nem todo político é ladrão, nem todo favelado é bandido, nem todo religioso é fundamentalista. A razão é difícil de ser utilizada, não é fácil ser racional, não é fácil dizer não para algo que o amigo gostaria de dizer sim, não é fácil dizer sim para algo que você gostaria de dizer não. Usando os termos ofensivos, compartilhando frases ofensivas às crenças, apontando o dedo pra algo tão abstrato e dizendo que esse algo é simplesmente errado, você não estaria sendo dogmático? Reflita amigo Marciano.

  41. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Vitor, se uma mulher acredita na reencarnação e é espírita, ela jamais vai abortar. Se for evangélica jamais vai abortar também ainda mais que ela sabe que espíritos de falecidos que viveram aqui na Terra não estão absolutamente cônscios de nada como diz a Escritura Sagrada. Se for uma mulher atéia, aí é que ela vai abortar mesmo. Ela abortará ou não a depender da sua crença.

  42. Eu Sou a Universal Diz:

    Entendido sr Vinícius. Antes de tudo se deve procurar o médico, como está funcionando bem assim, tudo bem. Nem tudo é caso espiritual.

  43. Vinicius Diz:

    ” Se for uma mulher atéia, aí é que ela vai abortar mesmo”
     
    Acho toda generalização injusta:uma atéia poderá não abortar pensando assim: já que fizemos sexo e o filho apareceu, é dever nosso criá-lo.

  44. Vitor Diz:

    PASTOR DISSE: “Sr Vitor, se uma mulher acredita na reencarnação e é espírita, ela jamais vai abortar.”
    .
    Dois pontos:
    .
    a) Faço minhas as palavras do cumpadi Washington: “Sabe de nada, inocente”. :D
    .
    b) Aguarde o próximo artigo… conto com sua participação quando ocorrer a publicação. Deverá ser amanhã.

  45. Vinicius Diz:

    “Lembro que atendi um rapaz que via discos voadores e seres verdes na casa dele, ele nos contou que era leitor e que foi no templo do Ramatismo muitas vezes no Rio de Janeiro”
     
    Chico Xavier já viu vacas sendo levadas por ETs Pastor ! Veja:
    &nbsp.
    “”Senti um medo instintivo e roguei ao Senhor que nos afastasse daquele cálice de amarguras, que pressentia com o auxílio de Emmanuel.
     
    “Subitamente, a entidade parou e desistiu de nós, retornando para a sua nave. Depois o veículo interplanetário elevou-se do solo e eu vi perfeitamente uma vaca sendo levada até o seu interior como se levitasse até lá. “
     
    “Em seguida, a nave desapareceu de nossas vistas com velocidade espantosa. O espírito de Emmanuel me revelou então que esses irmãos infelizmente não eram vinculados ao bem e ao amor, eram sociedades que pilhavam planetas em busca de experiências genéticas estranhas. De vez em quando, abduzem homens e animais para suas aventuras laboratoriais.”
     
    “Segundo Emmanuel, somente não fazem mais porque Nosso Senhor Jesus estabeleceu normas e guardiães para proteger a humanidade terrestre ainda tão ignorante quanto às realidades siderais, em sua infância planetária. “
     
    “Então, meu filho, se você avistar alguma entidade com as características que eu lhe dei, 3 metros de altura e corpo humanoide esquelético, corra, Geraldinho… Pernas pra que te quero!!!”

  46. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, vou ler sim. E postar outra música com falas em ‘português’ a noite. Concordo em parte com o Pastor. Não existem ‘espiritos’ de pessoas falecidas, nem de demônios.
    ..

    ;
    ;
    Vinicius, que inveja do cx! Ele viu uma abdução! Como eu queria ao menos ver um ovnizinho que fosse…
    ..
    .
    E passei pra deixar aqui uma imagem de um ‘FALCÃO’ materializado do reino dos peixes…
    .;;
    ..
    .

    http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/peixe-assustador-aparece-na-costa-leste-dos-eua.ghtml
    ;;

    ;
    Gorducho, faz um cover bass de ‘Quanta Luz’ (obra prima chiquista cantada na hora dos passes) e posta lá pra gente.
    ;
    ;;
    Vinícius, vc sente tremenda vergonha ao lembrar que cantava ‘quanta luz’ com toda fé ‘recebendo do mais alto’ os fluídos que iam te dar uma boa semana e equilíbrio da saúde né… confessa :mrgreen:

  47. Contra o chiquismo Diz:

    E as pessoas cantavam xoxas, com altíssimo desânimo, pior que as Testemunhas de Jeová cantando. (Sim já fui em reunião do Salão do Reino e na hora de cantarem é um desânimo só). Quuuaaaaaanta luuuuuz nesse ambieeeeente… argh!!

  48. Vinicius Diz:

    Vinícius, vc sente tremenda vergonha ao lembrar que cantava ‘quanta luz’
     
    Achava chata desde aquele tempo, mas não falava
     
    :mrgreen:
     
    Mas cantavámos MUITO MUITO os hinos dos aprendizes do evangelho e uma outra prece das fraternidades (que parece uma novena).
     
    http://www.gruponoel.org.br/doutrina-espirita/prece-das-fraternidades-1
     
    https://www.youtube.com/watch?v=zjtZ0z6-TkM
     
    Tenho saudade do pessoal, vou ver se dou uma passada pra tomar um café e perguntar as novidades do patrono da Casa Dr. Bezerra e o comandante Edgard Armond. A última novidade foi a “reformatação do sistema de passes”. Houve até brigas kkkk

  49. Vinicius Diz:

    “E as pessoas cantavam xoxas, com altíssimo desânimo, pior que as Testemunhas de Jeová cantando.”
    Disse tudo, um clima de desânimo, pouca alegria, rostos fechados, parece que estavamos caminhando para alguma ponte do rio umbralino.

  50. Gorducho Diz:

    Que vem a ser essa reformatação :?:

  51. Vinicius Diz:

    Anteriormente os passes, padronizados pelo Comandante EDGARD ARMOND , sob assinatura e carimbo de Ismael e claro Dr. Bezerra as mãos se movimentava passadas mais vezes no corpo da pessoa, davam mais voltas em sentido longitudinal e rotatórios.
     
    Há cerca de 3 anos mudaram os passes apenas mão sobre a cabeça, percorrendo a peitoral e parte das pernas.
     
    Antes levava 3 minutos, hoje menos de 1 e os cursos de passes são mais rápidos e menos reprovados.
     
    Os mais antigos da Casa, especialmente os fãs de Armond ficaram contrariados e a eles foi dito que o espirito de Armond concordou dizendo que tudo evolue incluindo passes e alguns Armondistas julgaram fraudulentas as comunicações pois segundo eles Armond , Bezerra e Ismael fizeram verdadeiros tratados sobre os passes, consultando até mesmo Espírito Pasteur.

  52. Vinicius Diz:

    aqui fala algo sobre Pasteur e a FEESP. Há um livro sobre ele também
    http://www.gemb.com.br/louis_pasteur.pdf

  53. Gorducho Diz:

    Claro que têm razão os antigos.
    O passe tem que ser bem aplicado, dando tempo dos fluídos atuarem sobre todo organismo; e em particular se for desejada alguma zona em particular que esteja afetada d’alguma forma.
    E sim: têm que serem feitos movimentos rotativos porque assim energiza o fluído [alô alô CoC:
    STRAKES ]
     
     
    Incrível! Estão com preguiça até de darem passe! Qualquer dia vão passar a oferecer passes virtuais via INTERNET
    :(

  54. Vinicius Diz:

    E Médiuns já viram intrigas de legiões desencarnadas nessa história toda! Até espírita invigilante desencarnado encontra-se em calabouços. É uma loucura inacreditável.
    Nos livros já encontramos bobagem, no boca a boca é a mesma coisa.

  55. Marciano Diz:

    ===============================================================
    Penso que um espírito desejaria se comunicar para enviar uma mensagem a seus parentes, para tanto, apresentaria um endereço e os nomes dos mesmos, para que o próprio CX enviasse uma correspondência sem alardes.
    ===============================================================
     
    Brilhante, BORGES!
    Quando você quer, mostra uma lucidez invejável.
     
    Por que um espírito mandaria uma mensagem para desconhecidos, com poucas probabilidades de que esta viesse a ser entendida por quem a si fosse destinada :?:
     
    Se o “espírito” fizesse o esperado, não haveria propaganda do chiquismo e, principalmente, de cx, que adorava um holofote.
     
    ===============================================================
    Mas saiu meio que recente uma biografia do Divaldo por Ana Landi …
    ===============================================================

     
    Acho um disparate esse negócio de biografia de pessoas vivas.
    No caso de DPF, que já está com passagem só de ida comprada, com visto no passaporte, etc., vá lá que seja.
     
    ===============================================================
    Srs. cariocas: ¿lembram da excelente Spaghetillândia?
    Sim, sei que ainda tem, só que duvido que seja como era.
    ===============================================================
     
    Sim, fica na Álvaro Alvim. Believe it, or not, I never ate there.
    I think I’ll try, one of these days.
     
     
    Salve, PASTOR!
    Estava com saudades de você.
     
    Não lhe ocorre que os espíritos imundos teriam mais interesse em acabar com a vida do VINICIUS do que com a da mãe dele?
    Afinal, ele esteve sob o domínio desses espíritos e recentemente os abandonou.
     
     
    ===============================================================
    Sr Gorducho, tudo isso é apenas ação demoníaca na vida desse sr Chico Chico Xavier. Não existem espíritos de pessoas que tiveram vida aqui na terra. Existem demônios que imitam a letra ou o jeito de falar do familiar falecido.
    ===============================================================
     
    Nesse caso, esses demônios são uns incompetentes.
    Imitam mal e porcamente, haja visto a imitação barata e cheia de loose endings feita por DPF, quando imita Bezerra. Quer dizer, imita o Dr. Bezerra, moribundo no além, não que ele faça : béé-éé-éé!
    Se bem que, pelo que me lembro, bezerra mas muuuuuu.
     
    Outra coisa, PASTOR, como explica o fato de que os remédios ajam sobre os espíritos imundos?
    Faço esses questionamentos com todo o respeito à sua pessoa, não à sua crença, obviamente.
     
    AMIGO PASTOR, vejo agora sua pergunta sobre meu “ateísmo”.
    O amigo não deve ter visto meus pronunciamentos anteriores a respeito da questão.
    Não me considero ateu.
    Resumindo, lembro que, como já disse reiteradas vezes, alinho-me com Sam Harris e outros.
     
     
    “In fact, “atheism” is a term that should not even exist. No one ever needs to identify himself as a “non-astrologer” or a “non-alchemist.” We do not have words for people who doubt that Elvis is still alive or that aliens have traversed the galaxy only to molest ranchers and their cattle. Atheism is nothing more than the noises reasonable people make in the presence of unjustified religious beliefs.”

    Sam Harris, Letter to a Christian Nation
     
    “I contend we are both atheists, I just believe in one fewer god than you do. When you understand why you dismiss all the other possible gods, you will understand why I dismiss yours.”
    …Stephen F Roberts
     
    “We are all atheists about most of the gods that humanity has ever believed in. Some of us just go one god further.”
    ? Richard Dawkins, The God Delusion
     
    Na verdade, ateísmo é um termo que nem deveria existir. Ninguém precisa se identificar como não-astrólogo ou não-alquimista. Não temos palavras para pessoas que duvidem de que Elvis ainda está vivo ou que alienígenas cruzaram a galáxia apenas para molestar rancheiros e seu gado. Ateísmo não é mais do que esperneio que pessoas sensatas fazem na presença de crenças religiosas injustificáveis.
    Sam Harris.
     
    Eu sustento que nós dois somos ateus. Eu apenas acredito em um deus a menos do que você. Quando você entender por que rejeita todos os outros deuses possíveis, entenderá por que rejeito o seu.
    Stephen F Roberts
     
    Nós somos todos ateus com relação à maioria dos deuses em que a humanidade já acreditou. Alguns de nós só vai um deus mais além.
    Richard Dawkins
     
    Em outras palavras, sou tão ateísta quanto sou alobisomista.
     
     
    Respondendo às suas demais questões, tenho parentes e amigos das mais diversas denominações cristãs e até amigos judeus.
    Já fui a um monte de igrejas e templos assemelhados.
     
    Não estou sendo dogmático porque dogmas são coisas tidas como coisas certas e indiscutíveis por definição, assim como as convicções da religião, ao ponto que todas as minhas convicções são produto da razão, da reflexão, e estou pronto a mudar de pensamento no momento em que tiver uma demonstração inequívoca e racional em contrário.
    No mais, folgo em vê-lo gozando de plena saúde física emental, digo, e mental; emmental é um queijo gosto pra caramba.

  56. Marciano Diz:

    O poltergeist comeu algumas letras, trocou outras, mas nada que impeça que o alto nível intelectual dos participantes conserte o que for necessário ao perfeito entendimento.

  57. Larissa Diz:

    Através da Universal eu passei a crer no demônio….ele vive se manifestando lá. Deus que é bom, nada….

  58. Larissa Diz:

    Li o artigo…. será que alguém teria a cara-de-pau de ir a registros público para fingir se comunicar com os mortos? Quanta doença!

  59. Gorducho Diz:

    Acho que era pelos obituários de jornal, basicamente.

  60. Borges Diz:

    “S/Pessoa é ainda do tempo do papel almaço, Analista Borges ”
    .
    Cansei de fazer requerimentos e trabalhos escolares em papel almaço.
    Um abraço Gorducho.

  61. Borges Diz:

    “Brilhante, BORGES!
    Quando você quer, mostra uma lucidez invejável.”
    .
    O trabalho de CX está repleto de inconsistências, facilmente percebidas por qualquer pessoa de inteligência mediana. Assim, causa indignação, a cegueira de expoentes do espiritismo, que apesar de cultos, inteligentes, conhecedores de vários idiomas e senhores de uma oratória invejável, insistem em manter vivo um mito que não mais se sustenta.
    Um abraço Marciano
    Em tempo: Já chegamos em Júpiter; para os” jupiterianos” somos “ETs”, melhor dizendo, “EJs”.

  62. Larissa Diz:

    Olhem q livro maravilhoso
    http://deusesehomens.com.br/ultimas-noticias/item/92-famoso-pastor-anuncia-que-se-tornou-ateu-e-publicara-livro-contando-sua-desconversao

  63. Contra o chiquismo Diz:

    Gorducho, fantástico o straker!!
    .
    Borges!! Saudades do amigo. Criticar cx como fez é grande passo para crer no que te digo: “espiritos” não existem Borges.
    .
    Falar no diabo ele sempre aparece. Mas por milagre o TROLL orlando não apareceu logo após o Pastor. Falo mais não se não o capiroto aparece…

  64. Contra o chiquismo Diz:

    Larissa Diz:
    JULHO 12TH, 2016 ÀS 5:37 PM
    Através da Universal eu passei a crer no demônio….ele vive se manifestando lá. Deus que é bom, nada….
    .
    .
    Ainda defendo que eles (Não só a Universal, todas as pentecostais) tem uma ILUSÃO melhor que a chiquista. O chiquismo é todo de conformismo.

  65. Contra o chiquismo Diz:

    Marciano, escute aos 0:48 o Stephen Bishop dizer “vou pedir licença, Lorena mulata”
    .
    E… aos 1:54 ele fala “gata”
    .
    .
    https://www.youtube.com/watch?v=ljuJnUYozUg
    .
    .
    Lorena mulata é uma gata. Rimou e tudo he he he :mrgreen:

  66. Contra o chiquismo Diz:

    Vitor, muito bom. É um refino da técnica usada de colher informações dos falecidos ainda na fila… Mas que tal tentar descobrir como era o truque do éter que toda vez que a ‘irmã scheila’ vinha na frente do dr bezerra ‘derramava-o’ no ambiente? E o truque do dr bezerra que ficava o ambiente cheirando a rosas toda vez que ele ‘descia’? E esse truque do “. “Em uma das sessões de psicografia, um cheiro delicioso de gardênias invadiu a sala.” como está no seu texto? É sabido da bombinha de perfume debaixo da mesa… será o mesmo truque com éter, e essência rosas e de gardênia ?

  67. Contra o chiquismo Diz:

    E o dr bezerra? É ‘psicografia’ exclusiva de quem? Quem começou “psicografando” os ditados dele? Cx, divaldo, manoel p. miranda? Não conseguiram deixar ele exclusivo de algum ‘medium’ assim como emmanuel e andreluiz eram exclusivos de cx e jona de angelis do divaldo?

  68. Vinicius Diz:

    COC, talvez tenha sido IFrederico Pereira o primeiro a psicografar Bezerra.
     
    “A estreita afinidade entre Bezerra de Menezes e Frederico Júnior facilitou, inclusive, que o inesquecível presidente da Federação Espírita Brasileira, 24 horas depois da sua desencarnação, utilizasse o referido medianeiro para, em reunião do Grupo Ismael, trazer suas impressões do retorno ao plano espiritual, consolando e incentivando os companheiros encarnados:”
     
    http://www.souleitorespirita.com.br/reformador/destaque/frederico-pereira-da-silva-junior/

  69. Vinicius Diz:

    Achei a mensagem
    http://centroespiritadrbezerra.blogspot.com.br/2014/08/mensagem-dada-por-bezerra-apos-24-horas.html

  70. Gorducho Diz:

    Não foi esse o autor da história da Celina?
     
    Se sim, quer dizer que ele canalizou depois Dr. Bezerra?

  71. Gorducho Diz:

    Filgueiras, enternecido ante tais manifestações de carinho, não pode conter as lágrimas da comoção, e de sua boca saíram apenas essas palavras, simples como ele: “Eu não tenho o que dizer… Não fiz nada… Não fiz nada”.

  72. Contra o chiquismo Diz:

    “Na noite de 12 de abril de 1900 (após 24 horas de seu falecimento), houve a habitual sessão na Federação Espírita Brasileira. Então todos os que dela participavam ouviram, pela…”
    .
    .
    Como será que era o ‘espiritismo’ pré-chiquista no Brasil? Não havia psicografia pelo jeito né? E não eram kardecistas ortodoxos né?

  73. Contra o chiquismo Diz:

    Gorducho/Marciano, pra vcs o inventor do avião foi o Dumont ou Os Irmãos Wright ?

  74. Espirita SP Orlando Diz:

    Natural Dr.Bezerra dar sua mensagem 24 horas depois. Evoluidissimo, já sabia antecipadamente sobre o mundo espiritual e com toda humildade agradeceu a todos e conclamou que se unam sempre.
    Amigos, sobre esse post alguém tem o conteúdo da mensagem do Dr.Bezerra que Chico pediu ao Divaldo ler?

  75. Espirita SP Orlando Diz:

    Claro que havia psicografias Contra. A do Frederico Junior, Ivonne, Zilda Gama e outros. Chico foi o que mais psicografou com a ajuda de Waldo Vieira e revisão de Porto Carreiro Neto.

  76. Espirita SP Orlando Diz:

    Sabia Vinicius, que magos negros estão dominando a cidade de São Paulo?
    As energias colhidas e armazenadas nas manifestações pacíficas ocorridas na Avenida Paulista, no dia 13 de março de 2016, e em outros locais do país foram empregadas pelos guardiões em tarefas últimas junto ao povo brasileiro… Naquele dia memorável, a nave dos guardiões sobrevoou a Avenida Paulista, absorvendo as energias emanadas da multidão e as armazenando em seu bojo para as usarem oportunamente. Torres de captação das irradiações mentais e emocionais foram erguidas pelos especialistas e pelos técnicos do astral… era possível captar e reter emanações que seriam essenciais, mais tarde, para enfrentarem as milícias das sombras aquarteladas no Congresso Nacional.”

    Magos negros” formando artilharia contra Brasília, influenciando as pessoas a praticar corrupções e arbitrariedades, além de induzi-las a falar mentiras de todo tipo.
    Livro O partido.

  77. Contra o chiquismo Diz:

    Pqp! Ontem mesmo falei do capiroto aparecer e ei-lo aqui! Tomara que os ‘MAGOS NEGROS’ junto com os ‘FALCÕES’ joguem pixe fluídico com arsênico na sua alma! Ainda hoje o RACISMO – ‘MAGOS NEGROS’!! E vc TROLL ROSA!

  78. Vinicius Diz:

    Sim Orlando, é um “lançamento” do Robson Pinheiro. Como disse o Contra, mais RACISMO! E ainda colocam como marionetes as pessoas, colocando a culpa nos “espíritos” pelas maldades, como se as pessoas fossem “santas”. R$ 40,00 essa porcaria. Melhor comprar uma coleção do Mario Sérgio Cortella ou algum livro de encarnados. Só compraria se fosse para detoná-la!
    Pior que Robson Pinheiro vende horrores. No metrô e ônibus muita gente o lê (claro, além da Zibia e Monica de Castro).

  79. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Como será que era o ‘espiritismo’ pré-chiquista no Brasil? Não havia psicografia pelo jeito né? E não eram kardecistas ortodoxos né?
    ===============================================================
    Está se dedicando só ao estudo do coreano, de música, e de aviação, e está descurando a Doutrina :(
    Mas não sei se o dilúvio e o Newton (o de Vênus, claro…) foram psicografias ou fonias (?)

  80. Larissa Diz:

    Magos negros” formando artilharia contra Brasília, influenciando as pessoas a praticar corrupções e arbitrariedades, além de induzi-las a falar mentiras de todo tipo.
    .
    Q coisa preconceituosa de se dizer. Quer dizer q o Brasil todo rouba e só Brasília toma chumbo?

  81. Gorducho Diz:

    ATENÇÃO PARA QUEM DESEJE SE APROFUNDAR NA DOUTRINA
    O Reformador está digitalizado até 1905, com algumas naturais lacunas.
     
    Sr. administrador: tentei conferir aquele caso de ’33 mas justo esse ano falta nos ’30.
    Sem teorias de conspiração cá, bien entendu…

  82. Gorducho Diz:

    Alô alô @CoC – janeiro 1905 (publicado na revista de 1° fevereiro)
     
    N’este sentido exortativo, foi recebida em uma das ultimas sessões da escola de médiuns, mantida pela nossa sociedade, uma communicação que julgamos da maior opportunidade divulgar n’estas columnas, para conhecimento dos espíritas d’esta capital, como os de todo Brazil, a quem possa chegar a nossa folha. Dictou-a o próprio guia do médium por cujo lápis foi transmitida, e os sábios e prudentes conceitos que encerra nos parecem dignos de meditação da parte de todos.
    [...]
    Eis a palavra do bom guia:
    «Filhinhos. Ateia-se o fogo á fogueira; desenvolvem-se nos homens as paixões, os ódios e as duvidas
    ; blah blah blah

  83. Contra o chiquismo Diz:

    Legal Gorducho, pensei que era coisa do chiquismo e ficava-se na incorporação somente…

  84. Vinicius Diz:

    “Gorducho Diz: julho 13th, 2016 às 2:33 PM Não foi esse o autor da história da Celina? Se sim, quer dizer que ele canalizou depois Dr. Bezerra?”
     
    Sim, o próprio e canalizou o Dr.Bezerra 24 horas depois da morte do dito-cujo!!! Mas observe (kkkkk) que a mensagem é super ultra genérica, todos ali conheciam a devoção dele pela Virgem Maria.

  85. Vinicius Diz:

    “Baixai vossos olhos sobre os meus amigos, ó Virgem Gloriosa!
     
    “São também vossos filhinhos, como eu, que AFLITO GEMI E PADECI NA TERRA, SEMPRE COM OS OLHOS CRAVADOS EM VÓS.”
     
    “Vocês, espíritas, meus companheiros, que falam a todo o momento comigo, têm saudades e choram! Eu também choro a minha fraqueza. OH! DEUS, OH! JESUS – CRISTO!
     
    Olha aí a razão do DPF ficar encurvado, rouco e afplito quando “baixa” o Dr; Bezerra
     
    :mrgreen:
     
    Essa mensagem do Dr.Bezerra 24 horas depois é lamentação pura, todos chorando. Bezerra nem fala como foi o seu “desligamento”, quem veio cortar o “cordão fluídico”, se ele encontrou algum vovô ou vovó etc etc.(a história de encontrar vovôs veio com CX certo???)
     
    Se ele foi direto para algum lugar celeste enfim…

  86. Gorducho Diz:

    O cara não se compromete com nada…

  87. Gorducho Diz:

    Assim como o espírito do Dr. também não…

  88. sensaboria Diz:

    +
    Prezados senhores. Há tempos acompanho as postagens aqui feitas. Gosto da manifestação de quase todos, cada qual dentro de sua forma de pronunciamento. Entretanto, mantenho o silêncio, apesar de às vezes sentir vontade de participar dos produtivos debates: por absoluta falta de tempo.
    +
    Agora decidi, desculpem-me pelo atrevimento, dar uma síntese de minhas concepções a respeito dos principais assuntos postados. Falo da mediunidade, psi e reencarnação.
    +
    Observo que a ideologia do site é favorável à mediunidade, à paranormalidade e pró-reencarnação. De minha parte não vejo problema em alguém abraçar essas suposições como realidade. Importante cotejar se as evidências dadas para ratificar a validade das crenças são suficientes.
    +
    Eu penso como alguns cá se pronunciam: que não se confirma a veridicidade de qualquer alegação mística pelo acúmulo de depoimentos favoráveis. Essa posição não é científica. Desse modo, haver grande número de pessoas que atestam receber informes de espíritos não garante que haja espírito em comunicação. Quase desnecessário dizer isso, pois vários aqui já o disseram, porém importante para a exposição do que tenciono expor.
    +
    Comecemos com a mediunidade. Vejo vizinho meu, feliz, a brandir carta que teria recebido de parente falecido. O recado serviu para consolar o coração saudoso daquela pessoa: respeita-se que esteja certo fosse o falecido em visita. Pena ser a alegria do enlutado incapaz de garantir a realidade da comunicação.
    +
    Qual a comprovação concreta, ou seja, a evidência firme, de que dispõe aquela alma gratificada de que seu morto se apresentou? Nenhuma, apenas a garantia de quem se intitula médium. Mesmo que a carta contenha informações que, se diga, somente o morto sabia, tal não dá força a suposição de falecido agindo. Múltiplos fatores podem ter intervido a resultar numa epístola pseudamente probatória.
    +
    Durante bom tempo de minha vida busquei a melhor religião a que me filiar. Estive entre budistas, messiânicos, adventistas do sétimo dia, pentecostal, espiritismo, umbanda. Na pentecostal, de início, me impressionei com os milagres, com as manifestações do espírito santo e a luta contra o demônio. Contudo, logo percebi que era teatro, tipo dar ao povo o que o povo gosta. Igual sensação tive no espiritismo e umbanda.
    +
    Acompanhei sessões de mediunidade, vi mães e pais chorando num misto de angústia e satisfação, querendo acreditar que haviam firmado contato com quem partiu. Visitei médiuns de consultas, aqueles que permitem que se façam indagações ao espírito, nenhum me convenceu. De início parecia aceitável, na continuidade percebia-se a simulação.
    +
    Diante das frustrações com o mundo além, eu ficava a me perguntar como acharia algo que confirmasse a ação de ser invisível, fosse o espírito santo, almas de mortos, anjos, ou mesmo demônio. Foi aqui, nesse espaço, que encontrei o que me pareceu melhor sugestão: a de que se faz necessário provar que mortos comunicam antes se de aceitar que psicografias vêm do outro mundo. Quer dizer, dispor de evidência firme de que há mortos presentes para, só então, aceitar as supostas comunicações como legítimas.
    +
    Isso tanto se aplica a mediunidade passiva (aquela praticada normalmente entre os espíritas kardecistas) e a mediunidade responsiva (na qual ao consulente é facultado perguntar ao morto).
    +
    Para minha admiração, os que defendem o intercâmbio comunicacional entre mortos e vivos parecem não levar a sério essa proposta que, se fosse satisfeita, daria cunho científico à investigação da espiritualidade.
    +
    Desse modo, comungo a opinião do grupo cético: sem provas de espírito presente não se pode falar em legítima comunicação.
    +
    Dos demais itens vou tirar tempo para falar.
    .
    Obrigado aos que leram.

  89. Gorducho Diz:

    Essa deixou o Administrador :oops:
     
    Vê como os leitores anônimos percebem :?:

  90. Vitor Diz:

    Até parece que eu não sei quem é o “anônimo” que está falando :D

  91. Gorducho Diz:

    Sim, logo vi, mas como S/pessoa vê o endereço, pensei que deverá ter usado d’algum plano pra enganá-lo…
    ¿Está ele fora daí das redondezas do RJ?

  92. sensaboria Diz:

    +++
    Bem, meus amigos, acabou-se meu dolce far niente, breve embarco em voo para Recife a recomeçar a lida rotineira…
    +
    Tentarei nessas horas que restam fechar minha apreciação, pois não sei quando terei nova satisfação de comungar com os senhores, embora nem sempre iguais ideias.
    +
    O que dizer de psi? Vejo nesse grupo duas linhas opinativas conflitantes: quem acredite firmemente na existência de poderes paranormais em oposição a quem negue com firmeza.
    +
    Como bom budista que quase fui, situo-me no “caminho do meio”. Pelo que tenho lido aqui, considerando os pontos de vista dos debatedores, e outras leituras, entendo que, no atual nível das pesquisas, é problemático tanto declarar real quanto negar. Acredito, mas posso estar equivocado, que os experimentos ganzfeld produzem bons indícios de que a telepatia exista.
    +
    No meu entender, a paranormalidade pode ser habilidade humana, contudo rara: do mesmo modo que há pessoas com capacidades incomuns. Por exemplo, encontramos quem seja contorcionista, quem corra a milha em menos de quatro minutos, que erga duzentos quilos acima da cabeça, quem possua memória eidética, etc.
    +
    Entretanto, diferentemente das habilidades incomuns, a paranormalidade seria capacidade apartada da consciência, algo a ocorrer em nível subconsciente. Esta não é propriamente opinião inédita, pois vários pesquisadores do paranormal dizem isso.
    +
    O desafio diante dos que estudam o assunto, dentre outros, seria definir qual a função da paranormalidade em termos evolucionistas: se é capacidade em declínio ou competência recente, a indicar novo patamar evolucionário para a humanidade.
    +
    Infelizmente, meu tempo se esgotou. Gostaria de continuar essa reflexão: havendo oportunidade darei seguimento e exporei o que penso da reencarnação.
    +
    Mais uma vez grato.

  93. Gorducho Diz:

    Lhe informo que em Recife já pega INTERNET.
    Em lá retornando contacte seu provedor de telefonia fixa e/ou TV a cabo e informe-se…
    :mrgreen:

  94. Vinicius Diz:

    Foi um assessor do espirito Montalvão que se manifestou?
    “Desse modo, comungo a opinião do grupo cético: sem provas de espírito presente não se pode falar em legítima comunicação.”
    Pelo teor da comunicação…

  95. Larissa Diz:

    http://www.curtoecurioso.com/2015/10/cidade-flutuante-no-ceu-da-china-existe-uma-explicacao.html
    .
    Espíritas diriam q é uma cidade espiritual…

  96. Phelippe Diz:

    Oi, Vitor, li agora o artigo. Muito bom mesmo. Contudo, as dúvidas sobre como as informações foram obtidas permanece. Será que o CX não as conseguiu por algum informante amigo/a das famílias? Será que esses familiares não foram entrevistados pelo CX e não soltaram algo? Quem garante que os familiares não estavam mentindo? Além disso essas pessoas podem ter ido ao CX várias vezes, esperando receber uma carta, passaram por entrevista, o CX teve tempo de levantar informações, e o resultado são essas cartas. Aliás muito estranho CX mandar a pessoa “confirmar” os dados. Confirmar? Ele não confia no próprio taco? Dúvidas, dúvidas e mais dúvidas.
    Isso para não dizer das declarações do Waldo Vieira sobre psicografia.
    Só passarei a confiar em psicografia quando eu receber uma carta de um meu ancestral, onde ele declare nome completo, idade, como e onde morreu, o que fazia em vida, e que passe informações que ninguém mais saiba, nem eu, mas que eu ainda possa confirmar por documentos.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)