Livro Gratuito! “A Realidade da Percepção Extrassensorial”, de Russell Targ (2012)

Este livro pouco acrescenta em relação ao anterior, “Mente Sem Limites”, sendo praticamente uma cópia. O maior acréscimo seria o capítulo 9, relativo à sobrevivência pós-morte. E ainda assim é muito problemático, mas tem algumas coisas interessantes, por exemplo, saber que o campeão mundial de xadrez Bobby Fischer foi cunhado de Targ e que teria analisado o jogo entre o médium Robert Rollans e o grande mestre Victor Korchnoi, confirmando que o médium jogou com uma habilidade excepcional. O livro também oferece um estudo inédito com Ingo Swann feito por Edwin May, o qual Swann passou. E de novidades, até onde me lembro, seriam só essas mesmo. Para ler o livro, clique aqui.

236 respostas a “Livro Gratuito! “A Realidade da Percepção Extrassensorial”, de Russell Targ (2012)”

  1. Gorducho Diz:

    Não entendi direito…
    A Helen Duncan fez uma fita de chapéu de marinheiro pra materializar o espirito com o nome do Barham sem saber que a Royal Navy não punha mais o nome nas. ¿É isso?

  2. Vitor Diz:

    Punha só o HMS, que quer dizer “Navio de Sua Majestade” [Her/His Majesty's Ship], mas não colocava o nome do navio, que, no caso, era Barham.
    .
    “Hat-band” é “fita de chapéu”?

  3. Gorducho Diz:

    Suponho que seja :P
    Meu negócio é ar, de água quero distancia…
    Então, o fato do cara acreditar piamente diz tudo do estado mental dele, certo :?:

  4. Vitor Diz:

    No caso só diz que ele fez uma pesquisa enviesada (ruim). As atitudes dele frente a David Marks são muito mais prejudiciais…

  5. Vitor Diz:

    Se for julgar o estado mental das pessoas pelo que elas acreditam piamente, você jamais financiaria Nicola Tesla :D

  6. Gorducho Diz:

    Mostra tanto falta de capacidade de discernimento quanto relaxamento metodológico, certo :?:
    Desconte-se então todo trabalho.

  7. Vitor Diz:

    Quase todo. O trabalho com mini e micro-alvos não parece ter sido alvo de críticas dos céticos. E tais experimentos foram feitos após as críticas de Marks. Se Targ e Puthoff cumpriram de fato tudo o que eles disseram no artigo que fizeram, tais experimentos são impecáveis. Mas eu não me surpreenderia se eles não fizeram o que disseram que fizeram…

  8. Gorducho Diz:

    Claro.
    Falando genericamente: se se sabe que alguém é destituído de discernimento, e/ou está a serviço d’alguma agenda de proselitismo religioso disfarçada como “pesquisa científica”, e/ou é metodologicamente displicente, não se pode confiar em nenhum relatório feito por esse tipo de fonte.
    Ignora-se então 100% do que dessa proveniência venha.

  9. Marciano Diz:

    hat band = http://thumbs3.picclick.com/d/l400/pict/182232574146_/HMS-TEMERAIRE-Royal-Navy-Naval-Cap-Tally.jpg

  10. Marciano Diz:

    hat band tupiniquim em manequim:
    http://shop.ronpetersonantiques.com/images/1351556297484-1726902930.jpeg

  11. Vinicius Diz:

    Olhem só, uma das frases de DPF na homenagem. Poderiam levar o colar ao cemitério na França ora bolas!
     
    “Divaldo Pereira Franco disse que estava profundamente emocionado.
     
    “Embora reconheça a homenagem, não a mereço. Por isso, peço licença aos dignos desembargadores para transferir a honraria a Allan Kardec (educador francês que codificou a Doutrina Espírita)”
     
    “agradeceu o professor e conferencista. Durante a cerimônia, ele proferiu uma palestra com o tema “O perdão como instrumento de solução de conflitos”, em que destacou o sentido de reconhecer e perdoar o próximo, sem devolver a ofensa.”

  12. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, sabia que DPF “recebeu” em Agosto/2016 uma mensagem psicografada pelo seu amigo e irmão que ajudou a fundar a mansão do Caminho? Como o estilo é parecido com as ladainhas do Dr.Bezerra :!:
     
    “A Espiritualidade superior convocara-nos a seguir Jesus, recuperando-nos de graves cometimentos que necessitavam de regularização.
     
    “Hediondos crimes que permaneciam desconhecidos impunham a felicidade das vítimas e a reparação dos algozes. Não havia outra alternativa, senão amar-sofrendo e sofrer-servindo.”
     

    “Multiplicaram-se os crimes de todo jaez e o ser humano permanece estúrdio, agitado ou deprimido necessitado de amor.”
     
    http://www.mansaodocaminho.com.br/carta-de-tio-nilson-15-agosto-2016/

  13. Gorducho Diz:

    Irmão figurativamente, não se sangue, certo?
    Então cá até se justifica pois esse senhor tendo tantos anos convivido pode ter assimilado o estilo & linguajares característicos.
    O que não se justifica é os ex-médicos falarem como falam e ficarem se espantando com tudo que vêm.

  14. Gorducho Diz:

    A maior prova pra mim que não é o espírito do Dr. Bezerra, sendo então provavelmente mesmo um demônio como quer o Pastor é que ele nunca toca no fulcro da questão que foi o cavalo-de-batalha do verdadeiro ele e que tanta querela desnecessária produziu e produz: a fantasmicidade ou não de Jesus Cristo.
    Os pronunciamentos são só essas trivialidades sem maior comprometimento…
     
     
    Sr. Administrador (se acaso à espreita…): poderia apontar aquele artigo sobre o(s) demônio(s) aquele(s) do judaísmo pelo Dr. mrh?
    No judaísmo tinham demônios mas eram poucos. Que me lembre só aquele que lutou com o Jacó; depois aquele babilônico se bem me lembro em Tobias… e esse(s). Mas que não ficavam se apossando dos fiéis dentro dos Templos como vem cá ocorrendo ultimamente no cristianismo…
    Será que é de Jesus que os demônios não têm medo :?:

  15. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “se se sabe que alguém é destituído de discernimento, e/ou está a serviço d’alguma agenda de proselitismo religioso disfarçada como “pesquisa científica”, e/ou é metodologicamente displicente, não se pode confiar em nenhum relatório feito por esse tipo de fonte.
    Ignora-se então 100% do que dessa proveniência venha.”
    .
    Se os psíquicos que Targe Puthoff testaram não tivessem passado por pesquisadores independentes, sim, seria o caso de se ignorar 100%. Mas com exceção de Pat Price, que morreu no início da pesquisa, e de Uri Geller, por motivos óbvios, todos os psíquicos que Targ e Puthoff testaram passaram por pesquisadores independentes (ex. Hammid, Swann) e jamais foram pegos em fraude. Daí que não é de se jogar tudo fora. Mas ver com muito cuidado a pesquisa de Targ e Puthoff, ou grande suspeição, sim.

  16. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “Sr. Administrador (se acaso à espreita…): poderia apontar aquele artigo sobre o(s) demônio(s) aquele(s) do judaísmo pelo Dr. mrh?”
    .
    http://obraspsicografadas.org/2014/os-maus-espritos-na-bblia-1890-de-c-h-toy-traduo-de-marcio-rodrigues-horta/

  17. Gorducho Diz:

    Estava me referindo especificamente a essa pessoa e a todos que tenham agenda religiosa oculta.
    O próprio Kardec falana na causa. Ora, quem tem uma “causa” não está interessado em descobrir a realidade como ela é.
    E cá no Brasil sabemos bem dos vários que estão a serviço da religião, tentando indevidamente inseri-la dentro do universo profissional.
    Religião é coisa de foro íntimo, dentro da consciência e dentro do respectivo local de culto. Nem mesmo é casa frequentemente pois pode representar desrespeito para com os demais moradores.

  18. Gorducho Diz:

    Esse no caso não estou dizendo que tivesse agenda religiosa, bien entendu. É que aquele causo do encouraçado mostra como é (é vivo ainda, não?) completamente destituído de discernimento.
    Então nada do que faça ou diga pode ser levado em consideração, certo :?:

  19. Vitor Diz:

    DISCORDO COMPLETAMENTE!
    .
    Nikola Tesla (1856-1943) acreditava ter o dom da telepatia, pelo menos em um certo período de sua vida. E muitos que o conheceram ficaram absolutamente convencidos desse suposto dom.
    .
    Desde sua infância, a mente de Tesla foi bombardeada por clarões e visões, tão nítidos quanto a aparência do mundo considerado real. Ele chegava a empregar essas visões em benefício próprio. Como engenheiro e inventor, Tesla criava mentalmente suas experiências com eletricidade, magnetismo e eletromagnetismo. Para ele era absolutamente indiferente (pelo menos em certas situações) se uma experiência era realizada em laboratório ou apenas mentalmente. As imagens puramente mentais fluíam diante de seus olhos e ele chegava a ajustar seus equipamentos imaginários, para obter melhores resultados.
    .
    Seu concorrente Thomas Edison não contava com este dom. Logo, Edison mais cometia fracassos do que sucessos em seus experimentos e inventos.
    .
    O resultado disso foi muito curioso. O limitado Edison defendia o emprego de corrente contínua, para fins de transmissão de energia a longas distâncias. Tesla, por outro lado, inventou o motor de indução de corrente alternada, sem escovas (algo considerado impossível na época). Isso garantiu a transmissão de corrente elétrica a longas distâncias, com uma perda mínima de energia (em comparação com a corrente contínua). E este é o sistema usado até os dias de hoje, no mundo todo.
    .
    Para combater o invento de Tesla, Edison chegou a eletrocutar publicamente vários cães com corrente alternada. Seu objetivo era mostrar que o invento de Tesla era extremamente perigoso, um devaneio de um irresponsável sonhador. Mais interessante ainda era a maneira como Edison promovia suas demonstrações teatrais. Ele ministrava vários choques elétricos em cães, com sua corrente contínua, a ponto de deixar o animal extremamente machucado mas ainda vivo. Em seguida, ele concluía o processo com uma última e fatal descarga elétrica de corrente alternada. Testemunhas afirmaram que o espetáculo era realmente grotesco.
    .
    Tesla foi um indivíduo que poderia ser facilmente diagnosticado como uma pessoa com tendências a fantasias. Teve centenas de visões, alegou ter sido o responsável pelo grande evento de Tunguska (explosão que dizimou florestas na Sibéria, em 1908, e que foi registrada por sismógrafos no mundo inteiro) e chegou a crer que tinha recebido mensagens de rádio vindas de marcianos. No entanto, o mesmo Tesla foi o responsável pela corrente alternada, por modernos métodos de transmissão de ondas eletromagnéticas sem fio e por demais ideias absolutamente revolucionárias, mas que hoje são muito reais, como a transmissão praticamente instantânea de imagens e sons por todo o planeta e até mesmo aviões militares controlados à distância.
    .
    Creio que psicólogos deveriam focar sua atenção sobre diferentes tipos de mentes com tendências à fantasia. Isso porque algumas delas são as grandes responsáveis pelos mais profundos avanços dos conhecimentos científico e tecnológico. Certas visões fantasiosas de hoje são simplesmente a base da realidade de amanhã.

  20. Vitor Diz:

    E nem preciso dizer que Targ e Puthoff também revolucionaram a tecnologia com o laser.

  21. Gorducho Diz:

    As colagens… as colagens…
    Fale as coisas da sua própria pluma…
     
    Cá estamos comentando é a crença no Sobrenatural. Não estou falando na atividade profissional do indivíduo.
    Justo esse é o ponto: porque alguém seja um bom profissional nas suas atividades ganha-pão essa capacitação não é extrapolável quando esse mesmo indivíduo está no exercício das suas crenças.
    Análogo a isso é o amor. Quantas pessoas em extraordinária posição financeira e bem apessoadas sem dificuldades p/obter parceiros estragam tudo com um assassinato ou ficam doidonas?
    Percebe?
    Nosso tema cá neste Sítio é o Sobrenatural, não as atividades profissionais nossas enquanto viandantes carnais (essa aprendi no Amanhecer acho).
     
     
    Será que mesmo, tem certeza :?:

  22. Vinicius Diz:

    Falar em doidonas e em sobrenatural, a esquizofrenia seria uma “paranormalidade” em níveis desajustados?
     
    Vejam esse fato, o sujeito acreditava ser Jesus ou a mando de Jesus e assassinou a própria mãe aqui em SP
     
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/08/apos-matar-mae-durante-surto-filho-perguntou-policia-se-ela-estava-bem.html
     

  23. Vinicius Diz:

    E olhem esse post religioso que fez pouco antes da atrocidade:
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/08/filho-fez-post-religioso-no-instagram-pouco-antes-de-matar-mae-em-sp.html

  24. Gorducho Diz:

    Será que mesmo, tem certeza :?:
     
    Isso saiu a mais.
     
     
    O espiritismo é herdeiro da possessão demoníaca medieval antes do desenvolvimento da psicologia – aliás no tempo do Kardec isso era considerado como, lembra do subtítulo da Revue? – e psiquiatria.
    Daí os distúrbios mentais são repaginados dentro da obsessão que nada mais é que a possessão medieval, pré medicina moderna.

  25. Vitor Diz:

    GORDUCHO DISSE: “Justo esse é o ponto: porque alguém seja um bom profissional nas suas atividades ganha-pão essa capacitação não é extrapolável quando esse mesmo indivíduo está no exercício das suas crenças.”
    .
    Não é bem assim. Veja que Targ e Puthoff, por exemplo, não validaram a macro-pk de Geller.

  26. Gorducho Diz:

    A atividade profissional não serve como parâmetro p/aferir as atividades relacionadas ao Sobrenatural do indivíduo.
    É isso que eu estou querendo dizer. Isso não significa que o que o indivíduo diz ou conclui acerca dessas coisas (sobrenaturais) não seja verdadeiro.
    O que estou querendo dizer é que tem muito pouca correlação.
    Está tão difícil captar o que estou a colocar, ou estou sendo tão pouco claro assim :?:
    Pode ajudar claro por exemplo ao escrevermos um software pra testar os médiuns. Mas quando lá estivermos bancada de vocês e a nossa estaremos não nas nossas condições profissionais respectivas.
    Entendeu agora o ponto :?:

  27. Gorducho Diz:

    Veja que não precisa ser um perito em LASER pra estudar psicocinese.
    É só saber posicionar câmaras IR ou, na minha proposta, contrataríamos uma empresa de segurança pra fazer isso e enxufar as ligações direitinho nos notebooks e instalar os aplicativos reespectivo. Então os conhecimentos sobre LASER deles têm utilidade zilch.
    Entendeu :?:

  28. Gorducho Diz:

    Nem mesmo na obviedade de que pra estudar psicocinese colocaríamos também 2 telêmetros LASER ajudariam os conhecimentos deles. Pois que se trata só de eleger modelos que fiquem funcionando continuamente e registrem qualquer variação na posição nos eixos x y que seria o tampo da mesa.
    Assunto só técnico de ler o manual ou pedir ajuda pra quem esteja acostumado operar tal aparelho; como salvar e exportar num ficheiro .txt ou proprietário, &c.
    Espero ter sido claro agora.

  29. Marciano Diz:

    Embora, no momento, esteja absolutamente sem tempo de participar de testes, pois estou com atividades extra-profissionais (puro diletantismo), além das obrigações profissionais, que me tomam tempo demasiado, precisando de dias de mais de 24 horas e semanas de mais de 7 dias, esses experimentos ansiados pela bancada cética jamais ocorrerão, acho, por conta da pusilanimidade da bancada crente.
     
    Penso ser mais fácil um fantasma de lobisomem montado numa mula-sem-cabeça descer de disco voador no meu terraço do que a bancada crente topar um teste.
    O negócio deles é somente retórica, logomaquia, vaniloquacidade, não a busca de verdade, o laboratório, o trabalho de campo.
     
    A tibieza deles é > a do diabo frente à cruz.

  30. Marciano Diz:

    … “busca daa verdade”…

  31. Marciano Diz:

    … “da verdade”…
    A única coisa sobrenatural real é o poltergeist do blog, o qual sempre mostra sua presença, ao burilar meus textos e os de vocês.
    Deste, não há que duvidar.

  32. Marciano Diz:

    Antiga entrevista (2012) na Veja, com Michael Shermer:
    Há trinta anos o psicólogo americano Michael Shermer se dedica a combater superstições. Ele criou uma ONG, uma revista (Skeptic Magazine), sites e programas de TV focados em promover o pensamento científico e desmascarar charlatões. Shermer, que chega ao Brasil no fim deste mês para uma série de palestras, é autor de quinze livros. O último, Cérebro e Crença, foi lançado em português na semana passada. Nesta entrevista, publicada na edição de VEJA desta semana, ele diz que a tendência a se iludir com fantasias é própria do processo mental humano e defende o combate à crendice em favor do progresso.
    Por que as pessoas acreditam no inacreditável?
    A evolução fez do cérebro uma espécie de máquina de reconhecimento de padrões na natureza. Às vezes, esses padrões são reais, mas na maioria dos casos são fruto da imaginação. Milhões de anos no passado, ao ouvir um barulho vindo da mata, um hominídeo poderia supor que se tratava de algo inofensivo, como o vento. Se estivesse errado, e fosse um predador, correria o risco de ser devorado. Nosso ancestral poderia, por outro lado, imaginar a presença de uma divindade perigosa no mato e se afastar o mais rápido possível.
    A segunda opção é a que a maioria adota. Imaginar o perigo e fugir garante a sobrevivência, mas também a ignorância. Ir até o mato verificar do que realmente se trata o barulho exige curiosidade e uma batalha contra os instintos. É nessa categoria, a dos homens que não se rendem a narrativas fictícias, que se encaixa o cientista. Os crentes seguem a trilha inversa, a dos que se contentam com suposições sobrenaturais. É um fenômeno que tem a ver com a química do cérebro: a convicção de que o pensamento mágico é o que basta para a compreensão do universo produz uma sensação de prazer. Ficamos felizes em imaginar que seres místicos, sejam eles deuses ou extraterrestres, se preocupam e cuidam de nós. Não nos sentimos sós.
    Como se sabe que o cérebro é propenso a acreditar no fantástico?
    A neurociência identifica padrões de ondas cerebrais distintos que nos levam a criar crendices e a ter prazer na constatação de que temos respostas às nossas dúvidas. Em situações extremas, como as enfrentadas por quem está no limite da resistência física ou próximo à morte, o cérebro reage com a redução da atividade na área responsável pela consciência e o aumento em regiões ligadas à imaginação. Essa reação natural está na origem das alucinações. Não há mistério nesse processo. Os cientistas são capazes de produzir visões ou a sensação de transcendência espiritual com o estímulo artificial de certas áreas do cérebro.
    O senhor foi um cristão evangélico ativo no esforço de atrair fiéis para sua igreja. Como se tornou um cético?
    Somos mais abertos à religião na juventude e na velhice. Naturalmente, no fim da vida é comum procurar por conceitos reconfortantes, ainda que irreais. No meu caso, o apelo da crendice me atingiu na juventude, como uma explicação fácil para tudo o que existe. A religião tem um apelo social enorme. O ambiente alentador de uma comunidade ajuda a afastar as dúvidas até daqueles que não acreditam plenamente no sobrenatural e nos dogmas religiosos. Desvencilhei-me da crença ao entrar para a comunidade científica. O método científico, cujo princípio básico é o de que qualquer afirmação deve ser comprovada em experimentos repetidos, alimenta o ceticismo e favorece o progresso.
    O que faz com que a ciência seja a melhor ferramenta para explicar o mundo?
    A ciência é democrática. Qualquer um pode estudar e chegar a conclusões racionais. Cientistas estão abertos à possibilidade de estarem errados e, por isso, promovem a invenção e a reinvenção de conceitos. É o que garante o avanço do conhecimento. A crendice é intolerante. Fixa uma verdade e não abre espaço para perguntas. Se nos apegássemos apenas ao sobrenatural, nunca teríamos saído da floresta e criado a civilização.
    No mundo moderno, ainda precisamos da crença?
    É impossível deixar de crer. A ciência também depende da nossa capacidade de elaborar crenças. Qualquer experimento nasce com uma premissa baseada no que se acredita ser verdade. Ideologias também precisam da habilidade de crer. Eu acredito no liberalismo, na democracia e nos direitos humanos. Podemos, porém, abandonar o que não pode ser explicado, como deuses e bruxos. Não nos faria falta.
    Há vantagens na crença?
    A evolução nos concedeu a habilidade de acreditar por boas razões. A crença em divindades nos levou a temer o mundo e, com isso, nos ajudou a sobreviver nele. Também contribuiu para a formulação de leis que regiam comunidades primitivas. A moral e a ética nasceram na religião.
    Se a ética tem origem religiosa, por que ela prevalece na sociedade laica?
    As igrejas se tornaram um fator de corrupção, motivo de guerras e perseguições. Por sorte, presenciamos o declínio da crença no sobrenatural. Países do norte europeu, onde apenas um quarto da população segue alguma religião, têm índices de criminalidade, suicídio e doenças sexualmente transmissíveis inferiores aos de estados em que a maioria dos habitantes é de crentes, como os Estados Unidos e o Brasil. Se a religião se declara um bastião da bondade, por que, historicamente, estados teocráticos são mais suscetíveis à criminalidade do que os seculares?
    Apesar de vivermos na era da ciência, cresce a crença no sobrenatural. Por quê?
    É verdade que vivemos num mundo em que a ciência faz parte do dia a dia. Todos gostam de iPhones e admiram as naves que pousam em Marte. Mas poucos abdicam de crenças sobrenaturais e aceitam a ciência como ferramenta para explicar o universo. A maioria só quer aproveitar os produtos da ciência. Quando se trata de responder a dúvidas primordiais, como a origem do universo ou o sentido da existência, preferem explicações irreais, mas convincentes em suas narrativas fictícias.
    Por que o senhor se dá ao trabalho de combater a superstição?
    Sempre me perguntam por que não deixo os crentes em paz. Ocorre que a crença no sobrenatural não é inócua. Ao contrário, é bastante perigosa. Acreditar na dita medicina alternativa é um exemplo. Muita gente morre por substituir o tratamento médico sério por procedimentos supersticiosos, como o consumo de ervas com propriedades supostamente milagrosas.
    Não é possível provar a existência de divindades e criaturas fantásticas. O senhor concorda que também é difícil provar que não existam?
    O fato de não explicarmos um mistério não significa que ele exija explicações sobrenaturais. Só mostra que ainda não há resposta. O ônus da prova cabe aos crentes. O cético só crê no que é provado. Nesse aspecto, a ciência tem feito bom trabalho ao desmascarar mitos. No passado, já se acreditou que a Terra viajava pelo cosmo no lombo de um elefante. Existem 10.000 religiões. Espanta-me a arrogância de quem supõe que só uma crença seja correta em meio a tantas.
    O senhor leva em consideração que pode estar errado?
    Assim como todos, só descobrirei a resposta quando morrer. Como cientista, estou aberto à possibilidade de ter me enganado. Se houver um ou vários deuses, ficarei surpreso. Mas não tenho medo. Se há um Deus, ele me deu um cérebro para pensar. Meu pecado seria usá-lo para raciocinar e buscar explicações? Um ser benevolente não me puniria por utilizar bem as armas que me concedeu.

  33. Marciano Diz:

    A meu ver, o único reparo que merece a entrevista de Shermer é que não se descobre nada ao morrer.
    Com o fim da consciência, o indivíduo volta à inexistência, como antes de nascer, não tendo como saber ou não saber coisa alguma, pelo singelo fato de que não mais existe.
    Se é que ele não estava de picardia, ao responder à última indagação…

  34. Marciano Diz:

    Bem, agora, depois de minha jornada dupla e da conferida no blog, preciso dormir.
    Nem que seja por umas três horas, com sorte, umas quatro.
    Aliás, eu maldigo a insônia, mas ela tem um lado bom: a gente perde muito tempo dormindo. Tempo que poderia ser gasto com estudos, diletantismo, trabalho.
    Uma zebra dorme duas horas por dia, um cavalo dorme três, um gato dorme dezesseis (pingadinhos, um pouquinho por vez) e nós dormimos oito (não eu, que não consigo nem com hipnóticos e benzodiazepínicos misturados com álcool). Que desperdício!
     
    Insônia é maldição por um lado e bênção por outro.
    A gente passa o dia como um zumbi, não rende 100%, mas ganha tempo para refletir, aprender novas coisas, praticar outras, deleitar-se com algum hobby.
    Melhor do que ficar sonhando bobagens.
     
    Pelo menos eu só sonho quando estou dormindo, ao contrário de muitos, que preferem sonhar acordados.
     
    Provavelmente só terei tempo de voltar aqui na segunda-feira, pois também tenho obrigações sociais, como todos.
    Se tiver uma folguinha, passo aqui para acompanhar os debates, mas só me manifestarei se surgir algo novo, interessante, diferente da cantilena de sempre.
    Qualquer hora dessas posso ter um colapso nervoso, como o presidente, que parece estar se recuperando, finalmente, de seu nervous breakdown.
     
    Sofro do mesmo mal de Shermer e de Don Quijote de la Mancha, que é o de combater moinhos de vento, dar murros em ponta de faca.
    Hasta la vista, babies!

  35. Marciano Diz:

    Antes de apagar, uma última palavrinha:
    Existe um mundo real e outros mundos, interiorizados pela representação da realidade na cabeça de cada indivíduo.
    Essa representação é produto, normalmente, do processo de socialização, experimentado na infância, e dependente do meio sócio-cultural em que vive o indivíduo.
    Livrar-se dessa influência é quase impossível.
    Melhor sorte têm os poucos que questionam tudo desde a primeira infância, não aceitando modelos propostos at face value por outros, sejam eles seus próprios pais, seus primeiros amiguinhos, professores, vizinhos.
    Essa descrença é alimentada quando aprendemos sobre outras culturas, outros lugares, outras épocas.
    Um exercício mental de que todos poderiam aproveitar-se aqui é o de se imaginar nascido em outra época ou outro país. Certamente suas crenças seriam outras, como se constata facilmente, observando o que ocorre com outros grupos, em outros países, outros tempos.
    A única coisa que tem sido universal é a ciência, mesmo assim, só depois de conhecimento sedimentado, dado que a ciência, por ser honesta, admite quando erra e procura sempre a verdade, abandonando qualquer conhecimento que venha a mostrar-se inválido.
    É por isso que eu gosto de laboratórios, trabalho de campo, experimentos.
    As hipóteses precisam ser testadas e retestadas.
    Argumentos, produzem-se aos montes, em qualquer sentido, mas não provam nada.
    É por isso de cansei da filosofia.
    Não sou muito chegado nem à física teórica, a qual se presta a especulações que raras vezes são correspondentes à realidade.
     
    Modelos científicos são metáforas criadas para explicar o mundo físico. Funcionam bem, mas volta e meia são modificados, como, por exemplo, o modelo atômico.
    Não se pode levar esses modelos ao pé da letra.
    Física de partículas não se aplica ao macrocosmo, como querem fazer crer os charlatões de plantão.
     
    Agora vou me deitar e ficar pensando na vida, até que o sono chegue (assim espero).

  36. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    esses experimentos ansiados pela bancada cética jamais ocorrerão, acho, por conta da pusilanimidade da bancada crente.
    ===============================================================
    O Administrador já concordou :!:
    Fiz, à revelia do Presidente que ainda convalesce, e visto que estamos em época de política, algumas concessões e ele finalmente apos o de acordo do draft!
     
    ■ Repaginamos o médium como ψquico.
    ■ Como os Crédulos adoram julgamentos de mensagens, eles julgarão as leituras e se quiserem poderão até consultar o ψquico pra saber o que de fato ele quis dizer.
    ■ Como os Crédulos adoram estatística, vai ter a estatística da MIL (inspeção por atributos) ou a de alguma outra norma que venha a ser acordada no documento final.
    ■ O ψquico poderá usar qualquer método parapsicológico que quiser.
    Claro que agora não se ficará sabendo se espíritos existem, mas pelo menos saberemos se Ψ existe. Já será um avanço, acho.
     
     
    Quando falo em busca pela verdade tenho em mente claro que modelos descritores do mundo real segundo ele se nos apresenta.
    E encaro toda Física assim: são modelos.
    Física Teórica é isso: modelos – cale a boca e calcule.
    Sou um fenomenologista, so to say. Ontologias não são m/praia.
    Então, quando alguém como o Kardec fala n’a [nossa] Causa, está sinalizando que não existe intenção de modelizar o comportamento do mundo real, mas de impor [suas] Crenças seja por qual motivo for.

  37. montalvão Diz:

    /
    /
    Gorducho, dando uma passadinha cá na área vi seu manifesto. Ainda não compreendi integralmente o teste que almeja, mas nas linhas gerais me parece boa proposta, embora eu tenha sérias dúvidas se a administração, e o grupo crente que a segue, aceitará, mesmo que, em tese, diga que sim. Se eles sequer consideram pedir a espírito que leia livro oculto (ou nomeie imagens escondidas), coisa que qualquer zérruela defunto realizaria, imagina se vão se submeter a verificações mais técnicas?
    /
    /
    “Claro que agora não se ficará sabendo se espíritos existem, mas pelo menos saberemos se ? existe. Já será um avanço, acho.”
    /
    CONSIDERAÇÃO: creio inaplicável experimento que demonstre a inexistência de espíritos, ou a categórica irrealidade do paranormal, mas é factível experimentação que demonstre a não comunicação entre vivos e mortos e, no tangente ao paranormal, que comprove a conjetura de Moi.
    \
    É certo que se pode postular (indutivamente) a inexistência de psi (caso em que a conjetura de Moi perderia a aplicabilidade), desde que, nos espécimes submetidos a experimentação, psi não se manifeste (coisa que Randi fez durante alguns anos com seu desafio). Só que, neste caso, vão aparecer trezentos parapsicólogos alegando ter realizado experiências em que indícios da “força” foram achados, confirmando a conjetura de Moi…
    \
    Em síntese: ou psi é fantasia ou a conjetura de Moi resta confirmada…

  38. Gorducho Diz:

    Como o Sítio mudou de propósito, e agora o foco é o sobrenatural genérico, e considerando;
    i) a paixão pela estatística dos Crédulos;
    ii) a paixão por julgamentos dos Crédulos;
    iii) é época de política e politica implica concessões;
    resolvi amalgamar tudo isso numa proposta que então será não teste de mediunidade mas teste de paranormalidade genérica.
    Na prática: ao invés dum “médium” pedir prum espírito olhar as telinhas, agora um “paranormal” pode usar qualquer método Sobrenatural pra dizer o que tem nelas.
    Então eles terão estatística pois as tabelas das normas de inspeção por atributos evidentemente são feitas usando estatística (binomial, Poisson…).
    E eles poderão ter o juri que tanto amam.

    Mas então o que se concede em generalidade perde-se em especificidade – mais ou menos igual à incerteza da QM -: não se saberá se o testado é “médium” especificamente e se foi um espírito que lhe passou as imagens. A menos que o próprio testado informe isso, e então o experimento generalizado recai no original espírita.
     
     
    A Administração já concordou com o experimento, então finalmente depois de longo impasse superamos ele (o impasse). Politicamente…
    Mas, claro que S/Pessoa tem toda atribuição p/vetar a proposta e então não se fala mais nisso.
    &nb

  39. Gorducho Diz:

    Perceba que o paranormal nem precisa enxergar as imagens. Pode usar qualquer método, i.e., se ele conseguir captar direto qual imagem foi sorteada pela função que as sorteia (uma das alegações da Ciência Parapsicológica é que os geradores randonicos são influenciáveis…), ele pode informar simplesmente esses números (visto que as imagens ficam no diretório como n°.jpg).
    Vale qualquer método parapsicológico e não só visão remota.

  40. Vinicius Diz:

    “Claro que agora não se ficará sabendo se espíritos existem, mas pelo menos saberemos se ? existe. Já será um avanço, acho.”
     
    Por enquanto, somente “holograma do CX na mesa” . Comunicações dele com senhas, necas …
     
    http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/noticia/2016/09/memorial-chico-xavier-recebe-primeiros-visitantes-em-uberaba.html

  41. Gorducho Diz:

    Aquela coisa das senhas foi genial.
    O CX só vai poder se manifestar depois que falecerem todos 3 conhecedores dela(s?) :!:
    A Srª já faleceu, não foi :?:

  42. Vinicius Diz:

    sim, falta só o médico Eurípedes :mrgreen:
     
    é aquele mencionado em uma situação INUSITADA em 2008 :!:
     
    GORDUCHO, pela história narrada CX e o famoso ADOLFO tentaram ligar para o celular e não conseguiram (foi isso que entendi)…
     
    ” E o desejado esclarecimento vem por meio de uma mensagem psicografada, assinada pelo dr. Adolfo Bezerra de Menezes. ”
     
    “O Benfeitor relata que estivera com Chico Xavier, no Clube Sírio-Libanês, em Uberaba, onde estava acontecendo o evento espírita denominado O Primeiro Encontro dos Amigos de Chico Xavier e sua Obra. ”
     
    “Chico quis ir até lá, rever os amigos presentes, e agradecer-lhes a carinhosa homenagem. Permaneceu por um bom tempo no local e, notando não estar presente o dr. Eurípedes Tahan Vieira, seu grande amigo e dedicado médico pessoal, na última encarnação, passou pelo Hospital dr. Hélio Angotti, pelo consultório de nosso doutor.”
     
    “Então, querendo deixar-lhe um agradecimento, um alô, uma mensagem de que a vida continua, acionou telepaticamente o aparelho celular da amiga comum Cárita, para que a indicação da sua visita ficasse registrada! ”
     
    http://www.folhaespirita.com.br/v2/?q=node/152

  43. Vinicius Diz:

    ah , mais uma coisa dessa história: CX e BEZERRA não entenderam porque Dr.Euripedes, médico pessoal de CX, não estava em um evento tão importante! Foi uma desfeita da parte dos encarnados. CX e BEZERRA tentaram puxar o pé deles mas o máximo que conseguiram foi uma ligação que caiu rapidinho.

  44. Espirita Sp Orlando Diz:

    realizaram um evento em uberaba reunindo amigos de Chico Xavier e o dr. EURÍPIDES Tahan era mais que um médico pessoal:era um amigo, seguidor e admirador. Pois bem, a espiritualidade participou desse encontro e lá estavam Chico, Bezerra e muitos outros. O plano espiritual notou algum tempo depois que faltava o Dr. EURÍPIDES nessa festa. Lógico que não houve uma obsessão em massa nos presentes pois Chico é um homem de bem. Apenas usou dos recursos terrenos celulares, assim como funciona nas TCI. Imagina eu dar uma festa e não convidar meu melhor amigo e alguém lá da minha festa telefonar para esse amigo e “de durar” tudo?

  45. Marciano Diz:

    Esse pessoal não desiste facilmente. Talvez sequer esperem pelo desenlace de Erípedes. Sempre dão um jeito de contornar probleminhas, como senhas.
    O gado encarnado aceita tudo.

  46. Marciano Diz:

    Eurípes, claro.

  47. Marciano Diz:

    Não, maldito poltergeist, não entrego os pontos: Eurípedes.

  48. Gorducho Diz:

    Tem uma história dum indivíduo recentemente enviuvado e vai numa reunião ou festinha e uma espírita se achega (com futuras 2ªs intenções ¿quiçá?)…
    Não me lembro se o “médium” era a própria ou só alegou que a mensagem fora obtida na Casa que ela frequentava.
     
    Fulana S/esposa está bem, manda dizer que está com saudades, pra que se cuide blah blah blah…
     
    Só que ela se deu mal; o cara é ateu materialista.
    Blz! Aliás tem uma senha dela – aí também não me lembro se era de celular ou do que…- então ma faça o favor se ela se comunicar pergunte!
     
    A mulher saiu c/o rabo-entre-as-pernas e pouco depois abandonou o local :lol:
    É mais ou menos along these lines o fato vero. Mas não consegui localizar ontem na INTERNET o causo.

  49. Vinicius Diz:

    e ai GORDUCHO, o que achou desse “telefonema” dessa médium? Parece que foi alguma “picuinha” por causa desse evento dos amigos não?
    Geralmente os “médiuns” dão alfinetadas e falam que foi o “mentor que mandou falar” sabia?

  50. Vinicius Diz:

    “Lógico que não houve uma obsessão em massa nos presentes pois Chico é um homem de bem.”
     
    Dr.Orlando, que pensamentos violentos são estes? Obsessão em massa??? Estou até imaginando o que quis dizer com isso: já que não convidaram o Dr.Euripedes, CX e BEZERRA convocariam os falcoes para acabar com a festa, azedar os doces e dulcificar os salgados! E fazer quebrar saltos das mulheres. Os espiritos chiquistas conseguem fazer de tudo.

  51. Gorducho Diz:

    Ah! Teria sido então alfinetada dela por não ter sido convidada?
    É isso?
     
    Sim sei bem.
    Mas cá não tinha captado o espírito da coisa…

  52. Vinicius Diz:

    não, alfinetada por não terem convidado o Dr.Euripedes:
     
    “Chico quis ir até lá, rever os amigos presentes, e agradecer-lhes a carinhosa homenagem. Permaneceu por um bom tempo no local e, notando não estar presente o dr. Eurípedes Tahan Vieira, seu grande amigo e dedicado médico pessoal, na última encarnação, passou pelo Hospital dr. Hélio Angotti, pelo consultório de nosso doutor.”
     
    “Então, querendo deixar-lhe um agradecimento, um alô, uma mensagem de que a vida continua, acionou telepaticamente o aparelho celular da amiga comum Cárita, para que a indicação da sua visita ficasse registrada! ”
     
    CX acionou telepaticamente o celular da médium que estava na festa… E no visor apareceu o número do Dr.Euripedes…
     
    Cada história hein… Dificil acreditar que alguem acredita nisso. Que CX opere celulares no além…

  53. Gorducho Diz:

    Ah :!:
    Sim, certo. Já tinha percebido que m/tese tinha o furo de não explicar por que ela ligara pra casa dele quando deveria presumir que ele tava no evento.
    Agora fecha…

  54. Gorducho Diz:

    Lendo a revista do ✈ me deparo com o anúncio desta palestra Analista Vinícius.
    Não é o conteúdo dela que importa porque já cá esteve em tela o Renuncia, mas veja aos [8:30] que o cara diz que a FEB mexeu no Boa Nova.
    Que será :?:
     
    Depois em casa sei que aí não pode, claro!

  55. Gorducho Diz:

    A Maria Santíssima – mãe de Jesus – veio do sistema (claro que não duma das 2 ou 3 estrelas…) Sirius :!:
    [9:45]
    :shock:

  56. Gorducho Diz:

    Espírito do escritor Humberto de Campos:
    O que me espanta dizia Isabel com caricioso sorriso é o temperamento de João,
     
    Espírito do médico André Luiz:
    Algo de leve e imponderável, semelhante a caricioso sopro da Natureza, agitou brandamente a árvore respeitável, balouçando-se os arbustos e a minúscula erva, a se refletirem nas águas muito azuis, docemente encrespadas de instante a
    instante

  57. VINICIUS Diz:

    Eu assisti Gorducho os 8:30 ele fala que mexeram e também já ouvi falar nisso do Sr. CARLOS imbassahy. Vou perguntar pra ele e ver se me responde! Ele ainda fala de alteraçõezinhas e outras Mais complicadas :mrgreen:

  58. Vinicius Diz:

    Se bem que esse Sr.Imbassahy anda bastante irritado quando se fala com ele do “espiritismo brasileiro” rs. rs.
    Ele demonstra uma indignação dizendo que os espiritos jesuitas (emmanuel e joanna de angelis) dominaram e transformaram tudo numa igreja espirita.
     
    Ele se diz espirita ainda, mas anda dizendo para nós deixarmos os mortos bem enterrados pois não ainda remexer mais nessa mer…cadoria…
     
    Uma coisa que ele nos disse é que seu Pai era bastante atuante na FEB, era tradutor, e mais outros cargos que não me lembro agora, ele, Carlos de Brito ainda adolescente presenciou algumas reuniões e nelas ele ouvia coisas sobre adulterações sim, mas parece que era naquele Brasil Coração do Mundo.
     
    Queriam que Roustaing fosse mencionado, algo assim.

  59. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr Gorducho ********** “não é o espírito do Dr. Bezerra, sendo então provavelmente mesmo um demônio como quer o Pastor”********
    ——
    R: Ainda tem dúvida? É um preto velho que se disfarça de um médico que viveu aqui entre nós. Os mortos não estão conscientes de nada como diz a Escritura.

  60. Gorducho Diz:

    Só acho que em este sendo um fórum anteriormente dedicado ao espiritismo – agora dedica-se a fazer propaganda da Parapsicologia :( – não deveria dizer que se trata dum preto velho.
    Es decir, a maioria dos eventuais leitores que tenham formação espírita não vão entender porque S/Pessoa chama este demônio – ou estes já que a manifestação também ocorre via outros médiuns e não se tem motivos pra supor que a entidade seja a mesma! – que se faz passar pelo Dr. Bezerra de preto velhos.
    Pode até parecer preconceito seu.
    Entende meu ponto :?:

  61. espírita SP orlando Diz:

    Pastor, não tenho nada contra nomenclatura preto velho mas dr. Bezerra é “incolor”. Subiu ao patamar dos espíritos puros eleitos do Senhor e faz parte de uma congregação gigantesca de médicos e enfermeiros atuantes na cópia astral terrena. Inácio Ferreira, André Luiz, Manuel Philo menos de Miranda, Ana Nery, Marlene Nobre etc

  62. Espirita sp orlando Diz:

    Em 1950, ocorre no plano espiritual uma reunião para homenagear os 50 anos de sua desencarnação. Chico Xavier um dos convidados, relata que Bezerra achava-se naquele ambiente de luz vivendo com grande emoção aqueles momentos em que recordava dos 69 anos vividos na Terra como o Médico dos Pobres, o Irmão dos sofredores.

    De repente, sob a surpresa dos que compunham a grande assembléia, de mais Alto, uma Estrela luminescente dá presença. Era Celina, a enviada de Maria que chega e lê a sua mensagem, promovendo Bezerra a uma tarefa maior em uma Esfera mais Alta. Ele chora emocionadíssimo e ajoelha-se agradecendo entre lágrimas, a graça recebida, suplicando-lhe, por intermédio de sua enviada sublime, para ficar no seu humilde posto, junto a Terra, a fim de continuar atendendo seus irmãos terrestres que tantas provas lhe dão de estima.

  63. Gorducho Diz:

    A nomenclatura preto velho jamais se aplicaria a um demônio porque dentro do espiritismo brasileiro – não sei se na Santería tem…- é sempre associado a um bom espírito que tem sabedoria e só quer promover o bem.
    Talvez tenha passado pelos enormes sofrimentos e injustiças da escravidão &c.
     
    Concordo com o Pastor que se não for imaginação dos médiuns será um ou vários demônio(s) porque Dr. Bezerra não é.
    Só platitudes; o péssimo estado de saúde; nunca esclarecer o ponto que foi o fulcro da crença do vero Bezerra.
    Mas jamais poderá ser chamado de preto velho.

  64. Gorducho Diz:

    O original dessa história que Dr. lhe contou acima, Pastor é de 1906 e o homenageado foi o grande médium Domingos de Barros Lima Filgueiras vítima de constipação intestinal.
    Quem participou do evento via desdobramento astral foi o não menos dotado Frederico Jr.
     
    De repente uma estrada de flores aparece numa fenda espacial e por ela baixam entre outros os espíritos do Dr. Dias da Cruz e o Filgueiras, Dr. Bezerra, Antônio Luiz Sayão e vários outros (ex-)trabalhadores da FEB.
    Discursam, discursam até que aparece a Celina:
    Sim, aqui mesmo onde soubeste plantar as flores mais odorantes da caridade, aqui mesmo, onde a dor foi sempre apaziguada com o carinho do teu espírito devotado ao bem, aqui onde o infortúnio achou sempre guarida, nesta tenda onde todo faminto encontrou o pão, todo sequioso uma gota d’água, aqui mesmo vieram receber-te os mais altos Espíritos abençoados pelo Senhor, e a mais humilde das servas de Maria. Sim, soubeste compreender tua missão na Terra, atravessando o teu cruciato de dores. Quando a contingência da matéria te levava quase à cegueira, como que a lâmpada sagrada do teu espírito feria as pupilas de teus olhos, e tua alma se irradiava, dando os seus derradeiros lampejos àqueles que precisavam do teu conforto, das inspirações que recebias, para abater o sofrimento. Não chores. É em nome de Maria que eu venho também saudar-te. Ela não pode ser estranha à apoteose que te prepararam neste dia da tua passagem. Anjos do Céu, Espíritos benditos, cantai hosanas! À Terra fica o que à Terra pertence. O Espírito de luz se evola, retempera-se e vai por um pouco descansar das suas fadigas, para começar de novo. Repousa em paz – diz a minha Mãe -, cobra novas forças e volta, mais forte ainda, a fazer da Doutrina de meu Filho uma verdade no mundo que deixaste. Descansa por instantes, abençoado Espírito, no aroma dessas flores da Caridade, do Amor, que tu mesmo plantaste, embalsama todo o teu ser espiritual, e quando o Pai celestial de novo te chamar a nova jornada, que saibas como desta vez, rasgando os pés, escondendo lágrimas, chegar até ao fim, abençoado e cheio de saudades.
     
    O espírito do Filgueiras em meio às lágrimas só consegue balbuciar:
    Eu não tenho o que dizer… Não fiz nada… Não fiz nada.

  65. Gorducho Diz:

    A modificação maior é que no original o Filgueiras vai ter que reencarnar cá na Terra. Aliás me parece que aquele autor da tese desconhecia essa diferença fundamental entre o chiquismo e o kardecismo. No chiquismo ficam sempre reencanando na Terra sem migrarem pros outros globos como postulavam Jean Reynaud e (claro) o Kardec.
    Já Dr. Bezerra não precisa, mas faz questão de ficar por cá na volta. O mais longe que ele foi aparentemente foi perto de Nibiru, mas voltou e vive agora sempre cumprindo agendas na crosta terrícola.

  66. Espirita Sp Orlando Diz:

    Ops… Vamos ver se entendi… Houve uma espécie de festa no mundo espiritual parecida para bezerra e esse senhor Filgueiras (não conseguia). Realmente relatos bem parecidos uns com outros… Será que isso acontece com todos ex-diretores da FEB?
    PODE ser que seja hábito de comemorarem dessa forma não?

  67. Gorducho Diz:

    O Filgueiras foi excelente médium receitista – homeopatias, claro…- incorporando o Dr. Dias da Cruz.
     
    E o Frederico Jr. até onde eu saiba foi quem primeiro começou a canalizar a Celina ( presumo que seja a mãe do Emmânuel… :?: ).
     
     
    E não, a festa não foi parecida c/a do Dr. Bezerra. A do Dr. Bezerra é que foi parecida c/a do Filgueiras porque foi no cinquentenário do passamento dele em 1950 e a do Filgueiras foi poucos dias depois, i.e., no ano ’6.

  68. Gorducho Diz:

    Sabia que o Dr. Bezerra foi o Zaqueu, Dr. :?:

  69. Espirita Sp Orlando Diz:

    Aquele que subiu na árvore para ver Jesus? Não sabia! Que livro está isso?

  70. Espirita Sp Orlando Diz:

    Por curiosidade não há Celina na Bíblia não é? Confesso que não me recordo, nem em relatos católicos (históricos).
    Ismael sei que há no Velho Testamento mas Celina não.

  71. Gorducho Diz:

    Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcante pelos seus serviços foi-te concedido que poderás encarnar em qualquer sistema de alguma galáxia próxima a Terra.
     
    Então ele podia escolher pra reencarnar qualquer planeta da Via Láctea + algum das 50 e poucas outras do entorno dela, conclui-se.
     
     
    Eu não mereço… Se algum crédito tenho,
    suplico à Maria Santíssima continuar nas terras verde
    amarelas do Brasil. Desejaria ali ficar enquanto houver
    uma pessoa chorando, um gemido dos meus irmãos
    brasileiros…

     
    Celina sobe pra consultar a Maria e um coral fica matando tempo… Daí a pouco aparece uma mão alvinitente que escreve no ar (fatosemelhante ocorreu na Babilônia, não foi?):
    Teu pedido foi deferido. Ficarás mais 50 anos nas terras do Brasil.
     
     
    Só que já se passaram 66 e se ele for ficar até o Brasil melhorar um pouco vai ficar muuuiiito tempo :mrgreen:

  72. Gorducho Diz:

    Não. Mas essas pessoas liam muita literatura popular católica em revistas, almanaques – que naquelas épocas sem imagens tinham muito mais textos…
     
    Ismael é da Bíblia mas não é anjo, é o filho do Abraão que deu origem aos árabes.
    Eu já vi nalgum lugar Ange d’Ismaël – no sentido do anjo que falou c/a Agar Egípcia &c.
    Então minha tese é que a partir do tal Anjo do Brasil dos baianos terem perguntado pra ele quem ele era e ele tenha dito que era o anjo de Ismael e daí tenha havido corruptela da terminologia. Mas é só especulação teórica minha.
     
     
    Então a Celina eu especulo que eles imaginassem que fosse a de Laon e daí CX tenha montado a coisa colocando ela como mãe do Emmânuel.
    Porque claro que a Celina é anterior em 30 anos ao CX.
    Mas de novo: só especulação.
     
     
    O Reformador está digitalizado até 1903 e pretendo começar a ler de trás pra diante…
    Deve ter muitas pistas; bem como gosto da linguagem e textos antigos.

  73. Gorducho Diz:

    Inclusive se bem me lembro o anel de formatura que ele deu pra mulher foi o ultimo resgate dos que ele tinha extorquido indevidamente como publicano.
    Ou seja: a mulher era uma reencarnação da pessoa aquela!
    Daí ele zerou essa conta.

  74. Gorducho Diz:

    CX pode ter se encantado com isso. Mas só especulação, enfatizo!
     
    « Le Seigneur a daigné regarder la terre du haut du ciel, afin que toutes les nations du monde publient les merveilles de sa puissance et que les rois tiennent à honneur de le servir : Céline sera mère d’un fils qu’on nommera Remi ; je l’emploierai pour la délivrance de mon peuple. »

  75. Marciano Diz:

    Dr. Bezerra é um incompetente. Ele ficar ou não ficar por aqui não faz a menor diferença.
    É um presunçoso, que acha que pode melhorar a vida dos outros. Se nem o agnus dei, aka NSFG foi capaz de tal proeza. Sacrificou-se estupidamente por nada (isto é, se não era fantasmagórico seu corpo).
    Para que brasileiros deixem de sofrer eu acho que não precisa ninguém ficar aqui. O que realmente é preciso é que se expulse muita gente, nem que seja para o inferno.

  76. Marciano Diz:

    ςάμη νοσηέλε
    (miserere nobis).

  77. Marciano Diz:

    Para quem não entendeu, é ελέησον ημάς de trás para a frente.
    Significa miserere nobis, em linguagem vulgar.

  78. Marciano Diz:

    Tende piedade de nós, que temos de aturar essa turma.
    Se todos fossem mandados para o inferno, o Brasil melhoraria muito.
    Para quem não sabe onde fica o inferno, tem filiais em Cuba, na Venezuela.
    Bezerra deveria ir para lá, para ajudar os pobrezinhos, mais necessitados do que nós.
    Levaria junto a MuLLa, a JumAnta…

  79. Marciano Diz:

    Acabo de receber uma mensagem de um espírito grego, dirigida aos crentes do blog:
    στον κώλο σου
    Como não sei falar grego, peço ao GORDUCHO que traduza, por favor.

  80. Gorducho Diz:

    Sabe que não pode me pedir isso…

  81. Marciano Diz:

    Como posso saber, se não entendi nada do que o falecido grego disse?
    Brincadeirinha, GORDUCHO.
    Eu sei que tu sabes. É que tu és muito σεμνός e eu quis brincar contigo.

  82. Marciano Diz:

    No sentido de κόσμιος, ευπρεπής.

  83. Gorducho Diz:

    Parafraseando o Russell: preferível deixar na obscura decência do próprio grego…
    Σάλτα και γαμήσου 

  84. Gorducho Diz:

    Não é pro Sr., claro :!:
    (às vezes pode gerar um bruto mal entendido :mrgreen: )
    É só a tradução do grego pro próprio grego visto que o pudor me impede ir além :devil:

  85. Marciano Diz:

    Volto quando e se Διόνυσος permitir.
    Neste momento, estou saboreando um vinho, dedicado a ele.

  86. Marciano Diz:

    Entendido, GORDUCHO!
    O espirito que enviou a mensagem foi Διόνυσος .
    Às vezes é melhor deixar essas psicografias no original mesmo.
    Todas as vezes em que bebo um bom vinho (e são muitas) esse Διόνυσος aparece.
    Bem que ele poderia mandar umas bacantes para mim, que sou um devoto fervoroso.

  87. Marciano Diz:

    Deixo um pequeno trecho de uma psicografia de um médico alemão, para que o amigo (se me permite) GORDUCHO vá, aos pouco, se livrando de seu exagerado recato:
    Erst jetzt wurde Bull klar, dass Aishe ihn sich in den Po eingeführt hatte. Sie fickte ihn mit ihrem Arsch. Und sie wollte es genau so. Niemand würde jemals auf die Idee kommen, dass sie Sex vor der Hochzeit hatte. Sie würde als unbeschmutztes Mädchen in die Ehe gehen und in der Hochzeitsnacht würde sie sich blutend entjungfern lassen. Genau wie ihre Cousine, die ihr diesen Tipp gegeben hatte.
     
    Auf Wiederschreiben!

  88. vinicius Diz:

    Dr. Orlando, o Espiritismo é um conjunto de várias roupas cheia de remendos, novos e velhos.
     
    E adoram ligar o Espiritismo à ciência, com certeza já assistiu ou ouviu falar das palestras de “cientistas da FEESP” sempre prontos a fazer “CTRL C + CTRL V” em seus slides power points de coisas que aprendemos na escola secundária.
     
    Lembro-me no curso de Aprendizes o expositor com seus slides contendo “Tabela Periódica” , outro com “equações do segundo grau” etc etc E aquela sobre Jesus ter ajudado a construir o planeta Terra… e o expositor querendo enfiar na cabeça dos “alunos” que Jesus pegou com a “mão” um bloco fervendo” ou algo parecido etc etc :mrgreen:
     

  89. Vinicius Diz:

    “Para que brasileiros deixem de sofrer eu acho que não precisa ninguém ficar aqui. O que realmente é preciso é que se expulse muita gente, nem que seja para o inferno”
     
    Alguns médiuns dizem que vai passar um tal de planeta Chupão e chupar todos os maus para dentro desse globo.
     
    Dr.Bezerra deveria ser sequestrado por um grupo rival ao de Celina e forçado a reencarnar em outro planeta.

  90. Vinicius Diz:

    E pelo visto, essa história de homenagem e coral fez escola. Olha o relato quando CX passava para o lado de lá:
     
    “Os cinco espíritos, que não posso lhes dizer que tenham assumi­do forma propriamente humana, foram sendo identifi­cados por nós: eram Bezerra de Menezes, Emmanuel, Eurípedes Barsanulfo, Veneranda e Celina, a excelsa mensageira de Maria de Nazaré.
     
    Diante da estupenda visão, todos sentimos ímpe­tos de nos ajoelharmos; muitos, efetivamente, se ajoe­lharam, com os olhos banhados de lágrimas.
    Bezerra de Menezes, Emmanuel e Eurípedes Barsanulfo estavam, por assim dizer, mais humanizados, no entanto Veneranda e, especialmente, Celina, nos pareciam dois anjos alados, falenas divinas que se tivessem metamorfoseado apenas para que pudéssemos vê-las…
     
    Eu tinha a impressão de estar participando de um sonho que transcendesse a mais fértil imaginação.
    Adiantando-se aos demais companheiros, Veneranda, que o tempo todo pairava no ar, começou a orar com sentimento que a palavra não consegue tradu­zir:

  91. Vinicius Diz:

    Essa psicografia foi feita por Bacelli

  92. Gorducho Diz:

    O Baccelli também assistiu por projeção astral?
     
    Só que o Frederico Jr. participou ativamente, até discursou.

  93. Vinicius Diz:

    Não, ele psicografou. Quem dita o que está acontecendo é o Espirito Inácio Ferreira no livro “Na Próxima Dimensão”.
     
    até espíritos da coleção andré luiz estavam na “festa”
     
    “— Inácio, estas são as entidades que trabalharam com ele na chamada “Coleção de André Luiz”; são os Mentores das obras que o nosso André reportou para o mundo, no desdobramento do Pentateuco Kardeciano:
    Clarêncio, Aniceto, Calderaro, Áulus e tantos outros…”
     
    Dr. Inácio estranhou a ausência da dona Maria João de Deus e de seu pai Sr. João Cândido:
     
    “— E D. Maria João de Deus?…
     
    — Ao que estou informado — esclareceu Odilon —, encontra-se reencarnada no seio da própria família.
     
    — E seu pai, o Sr. João Cândido?
     
    — Está em processo de reencarnação, seguindo os passos da primeira esposa.
     
    Será que Bacelli esqueceu que Dona Maria está encarnada em Marte? :mrgreen:

  94. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Deixo um pequeno trecho de uma psicografia de um médico alemão, para que o amigo GORDUCHO vá, aos pouco, se livrando de seu exagerado recato
    ===============================================================
    Ah não! Essa do Bulut comigo não violão :D

  95. Gorducho Diz:

    D. Maria nunca esteve encarnada em Marte!
    Ela ganhou não me lembro por que uma excursão praqueles lados até Saturno.
     
    Ah! ok. Porque tanto o Frederico Jr. quanto o Divaldo assistiram pessoalmente por projeção, certo?

  96. Vinicius Diz:

    tens razão, a mãe apenas passou por lá.
    Então há versões que Chico também esteve nessa festa de 50 anos, será que procede?
     
    A FEB/grupo ismael já recebeu mensagens dos apóstolos Pedro e Paulo :!:
    http://www.sistemas.febnet.org.br/acervo/revistas/1921/WebSearch/page.php?pagina=297

  97. Gorducho Diz:

    Sim, CX era um dos convidados.

  98. Gorducho Diz:

    CX ficou tão emocionado que nem conseguiu descrever direito a cena.
    A resposta foi dada por uma mão branca que escreveu – meio que repetindo Daniel 5 só que no ar, certo? – que ele poderia ficar +50 anos…
    Só que na prática já se vão 66 e se ele pedir pra ficar na volta até o Brasil melhorar, vai ficar pra sempre :(
    Então no frigir dos ovos CX acaba tendo razão :!:

  99. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr Gorducho:***** “Gorducho Diz:
    SETEMBRO 30TH, 2016 ÀS 4:51 PM
    Só acho que em este sendo um fórum anteriormente dedicado ao espiritismo – agora dedica-se a fazer propaganda da Parapsicologia :( – não deveria dizer que se trata dum preto velho.
    Es decir, a maioria dos eventuais leitores que tenham formação espírita não vão entender porque S/Pessoa chama este demônio – ou estes já que a manifestação também ocorre via outros médiuns e não se tem motivos pra supor que a entidade seja a mesma! – que se faz passar pelo Dr. Bezerra de preto velhos.
    Pode até parecer preconceito seu.
    Entende meu ponto :?: ” **********
    ——-
    R: Não é preconceito, se ele falasse infantilmente, eu diria que é uma CRIANÇA ou ERÊ, se falasse cheio de gírias e palavrões, eu diria que é um POVO DE RUA ou MALANDRO. Mas como ele fala como um velho doente e cansado, com certeza que é um PRETO VELHO incorporado ali no sr Divaldo enganando os Kardecistas. São as artimanhas satânicas sr Gorducho.

  100. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr espírita SP orlando ****** ”
    SETEMBRO 30TH, 2016 ÀS 6:02 PM
    Pastor, não tenho nada contra nomenclatura preto velho mas dr. Bezerra é “incolor”. Subiu ao patamar dos espíritos puros eleitos do Senhor e faz parte de uma congregação gigantesca de médicos e enfermeiros atuantes na cópia astral terrena. Inácio Ferreira, André Luiz, Manuel Philo menos de Miranda, Ana Nery, Marlene Nobre etc” ********
    —-
    R: O dr Bezerra que foi médico e viveu aqui na Terra está sem consciência de nada. Diz a Escritura:
    ———”Eclesiastes 9:5 Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento.” Por favor, me diga onde está escrito : “espíritos puros eleitos do Senhor”. Onde está isso nas Escrituras? Está no catecismo Kardecista apenas.————- Todos eles que o sr citou (Inácio Ferreira, André Luiz, Manuel Philo menos de Miranda, Ana Nery, Marlene Nobre etc” ) não sabem coisa alguma, estão no esquecimento.

  101. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr Gorducho ************* ”
    SETEMBRO 30TH, 2016 ÀS 8:17 PM
    A nomenclatura preto velho jamais se aplicaria a um demônio porque dentro do espiritismo brasileiro – não sei se na Santería tem…- é sempre associado a um bom espírito que tem sabedoria e só quer promover o bem.
    Talvez tenha passado pelos enormes sofrimentos e injustiças da escravidão &c.
    ———
    R: Isso é o que o sr pensa. Quantos deles recebem oferendas para destruir pessoas, empresas, causar acidentes? É um mito de que o sofrimento traz bondade e sabedoria. Judeus e outros povos que sofreram nos campos de concentração não se tornaram melhores pessoas, generosas ou sábias apenas pelo sofrimento e idade. A sabedoria não está incluída no pacote da velhice, apenas rugas e decrepitude são certas. Quantos velhos ardilosos existem por aí até hoje? Não se engane, tem nada bondoso ali. Podem até dar com uma mão mas tiram com a outra.
    ————–

    Concordo com o Pastor que se não for imaginação dos médiuns será um ou vários demônio(s) porque Dr. Bezerra não é.
    Só platitudes; o péssimo estado de saúde; nunca esclarecer o ponto que foi o fulcro da crença do vero Bezerra.
    Mas jamais poderá ser chamado de preto velho.”
    ——–
    R: Jamais? O sr que conhece a macumbaria, me diga que entidade melhor se aplica ao caso do sr Divaldo que o incorpora? A não ser que o sr Divaldo esteja numa GALHOFA HISTÓRICA ou é doente mental ou um grande artista e há anos engana os Kardecistas. Mas como se trata de Espiritismo em uma de suas formas, ainda sou da opinião de que ele incorpora um preto velho mesmo.

  102. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, me responda por favor: sabe se esse sr Divaldo dá consultas com o preto velho que imita o dr Bezerra? Se depois que acaba aquela palestra ali no palco ele atende ao lado, nos fundos, ou em alguma sala? Acho que não adianta para os Kardecistas terem uma palestra tão importante e depois não tiver como tirar dúvidas ou ter uma consulta. Realmente eu não sei se entidades do Kardecismo dão consultas, pois ainda estou aprendendo dessa religião aqui. Agradeço se puder me esclarecer mais essa.

  103. Vinicius Diz:

    “terem uma palestra tão importante e depois não tiver como tirar dúvidas ou ter uma consulta.”
     
    é uma ótima ideia, pastor, eu nunca vi nem assisti palestras em que depois podiamos tirar dúvidas com o espirito ainda presente. A sensação que sempre tive é que o “espirito” fala e cai fora rapidamente, sempre com pressa, como nos romances chiquistas e divaldistas. Eles não podem se estender , sem delongas, sem me demorar etc etc
     

  104. Vinicius Diz:

    Para você ver como o tempo no além é escasso, o “mala sem alça” do Lísias indiretamente apressou André Luiz no banho (nosso lar e ação e reação)
     
    “ Em seguida, chamou-me Lísias para ver algumas dependências da casa, demorando-me na Sala de Banho, cujas instalações interessantes me maravilharam. “
     
    E nunca demoram , sempre de olho no relógio da Terra:
     
    “Os visitantes, na maioria, cumprimentavam-na, carinhosos, ausentando-se, sem maiores delongas;”
     
    “O Assistente esclareceu, sem demora: – A cruz recorda a todos os visitantes que o Espírito de Nosso Senhor Jesus-Cristo aqui se encontra presente”
     

    ‘Silas refletiu por momentos rápidos e falou resoluto:– É imperioso agir sem demora”
     
    “Druso enlaçou-nos paternalmente e, talvez PORQUE NOS DEMORÁSSEMOS NO ABRAÇO CARINHOSO, tentando definir-lhe o nosso imenso afeto, pousou em nós o olhar, falando comovido:”

    (livro: Voltei)

     
    “Recluso. Na impossibilidade de receber os amigos para conversações e entendimentos mais demorados, em várias ocasiões me vi fora do corpo exausto, buscando aproximar-me deles.”
     

    “Acrescentou que Bezerra e o Irmão Andrade não se demorariam e que a solução do problema
    fora prevista na véspera.”
     

    “Com gentilezas, explicou-me Bezerra que o processo liberatório corria normal, que me não preocupasse com as delongas”
     

    “Explicou Bezerra que os recém-libertos comumente precisam do socorro espiritual dos entes queridos para se desembaraçarem sem delonga dos liames que ainda os prendem à experiência material.”
     
    “Inevitáveis interrogações martelavam-me o cérebro e julguei oportuno valer-me dos préstimos do Irmão Andrade, de modo a formula-las sem delonga.”

  105. Gorducho Diz:

    Bom, eu acho que leitores anônimos cá deste Sítio não entenderão S/Analogia pois dentro do espiritismo brasileiro preto velho é sinônimo duma boa entidade.
    Se entenderem S/figura, good for you.
     
     
    ===============================================================
    O sr que conhece a macumbaria, me diga que entidade melhor se aplica ao caso do sr Divaldo que o incorpora?
    ===============================================================
    Gobelins (nome dado na Normandia) – Bogles (Escócia) – Bogharts (Inglaterra) – Cluricaunes (Irlanda), Pucks (Alemanha)…
    Em suma são espíritos zombeteiros.
    Ou é um (ou vários no caso) demôniomesmo. Veja que não discordo quando S/Pesoa falaque pode ser um demônio. Só discordo é quando associa a um preto velho da Umbanda.
     
     
    Não, ele não responde nada o que é a maior prova de que não é o espírito do Dr. Bezerra. Note que omaior cavalo-de-batalha do vero Dr. Bezerra foi sustentar que Jesus Cristo não era uma pessoa e sim um fantasma.
    Agora depois de falecido e supostamente mantendo relações com a Virgem Maria via a Celina ele nem toca no tema principal cuja obrigação dele seria esclarecer de vez.
    Não toca porque, claro, não sabe porque é algum Gobelin mesmo, ou demônio(s). Mas jamais será algum preto velho.
     
     
    ==============================================================
    Quantos deles recebem oferendas para destruir pessoas, empresas, causar acidentes?
    ==============================================================
    Aparentemente S/Pessoa está se referindo aos despachos. Na Umbanda só existem despachos p/conseguir o bem; benefícios.
    Não são aceitáveis despachos com más intenções, destruir casamentos &c…
    Despachos com fins malignos são doutras linhas e fora da minha praia. M/vó era – mais perfunctoriamente que na prática :( – da Umbanda.

  106. Gorducho Diz:

    Não responde nada nem dá receituário, bien sûr.

  107. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, o problema é que nunca ninguém tentou perguntar nada ! E não acho que as 500 pessoas da plateia acreditam de fato que ele esteja recebendo Bezerra. Eu acho que muitos “engolem” e isso e deixam quieto para evitar confusão…ou constrangimentos…

  108. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Vinicius, nunca vi consulta com Emanuel, André Luiz, Dr Bezerra. Sempre vi placas nos centros Kardecistas com o nome dessas entidades, mas nunca vi uma placa com “CONSULTAS” a elas. Por que os Kardecistas não dão consultas como os adeptos da macumbaria?

  109. Gorducho Diz:

    O Pastorfala em atender depois em separado.
    E tem toda razão. De que adianta fazer vir um espírito desde as colônias pra ele (espírito) recitar só uma platitude padronizada e depois ir embora sem mais…
    Então basta o pregador ler o que está escrito em centenas e centenas de textos de muito melhor qualidade e profundidade filosófica.
    Façam como aquele pregador que se bem me lembro fez uma tradução do Evangelho. Ele fala por ele sem alegar que está canalizando “espíritos” – pelo menos até onde eu posso perceber.
     
     
    Mas claro: o “espírito” Dr. Bezerra nada esclarece por que não é ele, como bem diz o Pastor :!:

  110. Gorducho Diz:

    Não ,não tem Pastor.
    S/Pessoa tem toda razão neste ponto.
    100% de razão :!:

  111. Gorducho Diz:

    E eu não me lembro d’alguma palestra ou texto do Dr. Bezerra tanto vivo quanto agora espírito que fosse além dum nível de estudante duns 12 anos bem dotado intelectualmente e frequentador duma boa escola.
    O vivo nem se fala: pimenteira que subiu um morro no RJ;
    diluvio provocado por anéis semelhantes ao de Saturno;
    Jesus fantasma…

  112. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr Gorducho: ***”Gorducho Diz:
    OUTUBRO 3RD, 2016 ÀS 12:53 PM
    Bom, eu acho que leitores anônimos cá deste Sítio não entenderão S/Analogia pois dentro do espiritismo brasileiro preto velho é sinônimo duma boa entidade.
    Se entenderem S/figura, good for you.
    ——–
    R: Quem disse? Eles fazem o mal, só dar a oferenda que pedem.

    ===============================================================
    O sr que conhece a macumbaria, me diga que entidade melhor se aplica ao caso do sr Divaldo que o incorpora?
    ===============================================================
    Gobelins (nome dado na Normandia) – Bogles (Escócia) – Bogharts (Inglaterra) – Cluricaunes (Irlanda), Pucks (Alemanha)…
    Em suma são espíritos zombeteiros.
    Ou é um (ou vários no caso) demôniomesmo. Veja que não discordo quando S/Pesoa falaque pode ser um demônio. Só discordo é quando associa a um preto velho da Umbanda.
    ———
    R: Sim, existem vários tipos de demônios. Respeitosamente gostaria de lhe perguntar por que defende o preto velho. Se o sr se declarar adepto, compreendo e respeito.

    Não, ele não responde nada o que é a maior prova de que não é o espírito do Dr. Bezerra. Note que omaior cavalo-de-batalha do vero Dr. Bezerra foi sustentar que Jesus Cristo não era uma pessoa e sim um fantasma.
    Agora depois de falecido e supostamente mantendo relações com a Virgem Maria via a Celina ele nem toca no tema principal cuja obrigação dele seria esclarecer de vez.
    Não toca porque, claro, não sabe porque é algum Gobelin mesmo, ou demônio(s). Mas jamais será algum preto velho.
    ——-
    R: Interessante o sr esclarecer junto com o sr Vinicius o fato de eles não responderem dúvidas incorporados e nem darem consulta. Agora, peço que quando for a uma sessão de macumba, repare bem na fala de um preto velho e depois veja no Youtube o sr Divaldo incorporado. Repare se não falam do mesmo jeito. Apenas o sr Divaldo não cospe, não fuma cachimbo e não fala com erros de português que são peculiares a essas entidades da macumbaria. O diabo rebusca o vocabulário para não causar desconfiança na platéia de Kardecistas embriagados com tamanho engano.

    ==============================================================
    Quantos deles recebem oferendas para destruir pessoas, empresas, causar acidentes?
    ==============================================================
    Aparentemente S/Pessoa está se referindo aos despachos. Na Umbanda só existem despachos p/conseguir o bem; benefícios.
    Não são aceitáveis despachos com más intenções, destruir casamentos &c…
    Despachos com fins malignos são doutras linhas e fora da minha praia. M/vó era – mais perfunctoriamente que na prática :( – da Umbanda.********* ”
    ——-
    R: Engano seu. O sr sabe para que é um despacho num pé de uma árvore que está morrendo? O sr sabe o que é um despacho para “queimar” uma pessoa? Despachos nos cemitérios? Tudo ensinado e aprendido nos terreiros.

  113. Eu Sou a Universal Diz:

    Disse o sr Gorducho: ****** “Mas claro: o “espírito” Dr. Bezerra nada esclarece por que não é ele, como bem diz o Pastor :!: *********** ”
    ——
    R: O sr acha que não é um preto velho que o sr Divaldo incorpora. O sr acha que tem a possibilidade dele estar FINGINDO MESMO, SENDO UM ATOR enganando na cara dura as pessoas? Parece que ele já faz isso há uns 50 anos ao menos. Já deve ter decorado todo o roteiro das falas. Assim como o sr Chico Xavier tinha bomba de perfume debaixo da mesa, o sr Divaldo pode não incorporar nada e se um enganador como o sr Chico Xavier? O sr vê como possível essa teoria da enganação sem incorporação alguma?
    ———
    Podem e devem responder também o sr Vinícius e os outros amigos participantes.

  114. Eu Sou a Universal Diz:

    Outra pergunta aos que conhecem mais o Espiritismo Kardecista: mesmo nas reuniões que não aparecem espíritos famosos como André Luiz, Emanuel e Dr Bezerra, os médiuns desconhecidos dão consultas com entidades que não essas famosas? Pode-se obter consultas ou tirar dúvidas com entidades menos badaladas? Devem existir lá reuniões para desenvolver médiuns que nem na macumba. Sabemos que na macumba a entidade incorporada senta no banquinho, fuma, dá passes, joga fumaça, benze e dá a consulta dizendo o que tem a fazer quem foi consultá-la. Ocorre o mesmo no Espiritismo Kardecista? Existe reunião para desenvolver médiuns novatos e nessas o novato consulta a entidade? Os consulentes ou médiuns iniciantes tem algum acesso as entidades Kardecistas incorporadas? Ou estas só incorporam, dão a palestra e vão embora? O kardecismo é só feito de palestras e leitura de livros?

  115. Vinicius Diz:

    Pastor, na casa que frequentei não há consultas explicitas aos espíritos “famosos” e nem perguntas diretas aos espíritos.
     
    Quando um individuo procura a casa, vai para uma entrevista , explica o que está acontecendo. Se alegar estar sentindo presença de espíritos, visões etc é orientado a esperar em uma sala com outras pessoas, seu nome é levado numa ficha para um colegiado acima de 5 médiuns.
     
    Quando ficha volta é indicado se ele deve ir para 12 sessões de palestras de evangelização e durante a palestra cada um entra numa sala, senta numa cadeira dentro de um circulo de médiuns, depois sai da cadeira e volta pra sala de palestra. Não é permitido que ele pergunte quem é o “espirito”, o que

  116. Eu Sou a Universal Diz:

    Estranho, Espiritismo que não se consulta os espíritos?

  117. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Respeitosamente gostaria de lhe perguntar por que defende o preto velho. Se o sr se declarar adepto, compreendo e respeito.
    ===============================================================
    Porque na Umbanda pretos velhos são entidades boas.
    Claro que não sou adepto e já lhe disse que nada disso existe. Mas já fui, confesso humildemente cá sempre, e lhe digo como funciona p/quem crê nisso.
    Que o Sr. ache que essa entidade que Divaldo canaliza seja um demônio faz todo sentido do mundo pra quem acredite que demônios existem.
    Que não é o espírito do Dr. Bezerra também já vimos que não é por todos motivos citados.
    Mas não faz sentido qualificá-lo como preto velho.
     
     
    ==============================================================
    Agora, peço que quando for a uma sessão de macumba, repare bem na fala de um preto velho e depois veja no Youtube o sr Divaldo incorporado. &c.
    ==============================================================
    Quando eu tinha 15 anos m/mãe que era evangelizadora chiquista acabou se tocando que era tudo fantasia e largou o chiquismo.
    Já em terreiros não íamos mais pois m/vó estava bem idosa.
    Então não vou mais há muitissíssimos anos.
    Já lhe disse que entendi S/explicação – sim, claro que a fala dele é a dum
    preto velho.
    Só achoque outros leitores anônimos não entenderão a nanalogia. E repito: se entenderem, good for you.
     
     
    Não, não tem consulta nenhuma. Os espíritos não se comprometem, se é que me entende…
    As falas e mensagens seguem um script que é bem claro p/quem conhece o meio.

  118. Gorducho Diz:

    Registre o trecho ictalizado acima como parte da resposta por erro meu de fechamento.
     
     
    ===============================================================
    Engano seu. O sr sabe para que é um despacho num pé de uma árvore que está morrendo? O sr sabe o que é um despacho para “queimar” uma pessoa? Despachos nos cemitérios? Tudo ensinado e aprendido nos terreiros.
    ================================================================
    Claro que pode mas num terreiro sério as entidades que se manifestam não farão.
    E se um frequentador tentasse seria expulso.
    No meu tempo era assim.
     
     
    ================================================================
    Existe reunião para desenvolver médiuns novatos e nessas o novato consulta a entidade?
    ================================================================
    Existem cursos p/desenvolvimento de mediunidade nos quais os alunos aprendem o que e como – i.e.: tema, vocabulário e estilo – devem escrever ou falar.
    É um rito que deve ser seguido, e se o “médium” sair fora do padrão é porque está incorporandoum espírito das trevas ou falha dele próprio.
    A seguir lhe referirei excelente palestra dum espírita que define perfeitamente como funciona a “mediunidade” no chiquismo/kardecismo.

  119. Vinicius Diz:

    “Estranho, Espiritismo que não se consulta os espíritos?”
     
    Sim, certa vez eu já estava bastante cético e na reunião questionei sobre cartas psicografadas e uma médium, irritada, respondeu : nós não nos preocupamos com as pessoas quando vivas, pra que a preocupação quando mortas? Para bom entendedor: cara, morreu, para que quer psicografia do seu ente querido???
     
    Nem por “leitura fria” conseguiram me pegar: já pensei muitas coisas durante as reuniões e nenhum dos 100 médiuns da sala de aula falou: “este está se voltando contra nós” ou “vamos ajudar nosso irmão Vinicius, que está navegando no mar da dúvida”….
     
    Quero destacar aqui que eu já estava bem “entrosado” para entrar nestes detalhes, isto é, um novato, entrando pela primeira vez não interpela os caras assim entende?
     
    Nos cursos mediúnicos orientam até para substituir palavrões por outras palavras que não mencionem o tal palavrão

  120. Gorducho Diz:

    Uma visão sociológica do movimento espírita
    Veja a partir dos [18:00] Pastor.
    Ocara retrata perfeitamente como funciona a coisa.
     
    Tem um jeito que o espírito tem que chegar. Se não chegar daquele jeito não serve.
    Ele tem que dizer as coisas que a gente já sabe. Se disser alguma coisa diferente não serve
    .
    É uma simples celebração sem novidades e novidades não são aceitáveis.
    Kardec chamava psicografia + psicofonia de mediunidade de efeitos intelectuais; a qual não tem efeitos intelectuais. Se tiver, não serve.
    Só aí o cara se omite porque justo foi o Kardec quem sempre procurou pautar o que os “médiuns” diziam ou escreviam.
    Mas afora isso, a palestra diz perfeitamente como funciona a coisa e é melhor que qualquer outra explicação que quiséssemos lhe dar.

  121. Gorducho Diz:

    Nos Centros e nos Cursos eles aprendem que não têm mais nada a aprender.
    E aprendem o que e como devem psicografar ou psicofonizar.
    Entendeu :?:

  122. Marciano Diz:

    ===============================================================
    Ah não! Essa do Bulut comigo não violão :grin:
    ===============================================================
     
    Foi só uma brincadeira, uma provocação.
    Não leve a sério. Sei que é espada e eu também sou.
     
     
    ===============================================================
    R: O sr acha que não é um preto velho que o sr Divaldo incorpora. O sr acha que tem a possibilidade dele estar FINGINDO MESMO, SENDO UM ATOR enganando na cara dura as pessoas? Parece que ele já faz isso há uns 50 anos ao menos. Já deve ter decorado todo o roteiro das falas. Assim como o sr Chico Xavier tinha bomba de perfume debaixo da mesa, o sr Divaldo pode não incorporar nada e se um enganador como o sr Chico Xavier? O sr vê como possível essa teoria da enganação sem incorporação alguma?
    ———
    Podem e devem responder também o sr Vinícius e os outros amigos participantes.
    ===============================================================
     
    Amigo PASTOR, claro que ele está fingindo. E finge muito mal. É um canastrão. Caricato. Mereceria um prêmio framboesa.
     
     
    ===============================================================
    Nem por “leitura fria” conseguiram me pegar: já pensei muitas coisas durante as reuniões e nenhum dos 100 médiuns da sala de aula falou: “este está se voltando contra nós” ou “vamos ajudar nosso irmão Vinicius, que está navegando no mar da dúvida”….
    ===============================================================
     
    VINICIUS, eu já fiz essa experiência várias vezes, quando criança, e já a recomendei várias vezes aqui no blog.

  123. Vinicius Diz:

    pastor e outros,
     
    seguem “ecursos didáticos para crianças de pais espiritas aprenderem sobre Dr.Bezerra, Chico e DPF:
     
    https://quadrinhoalp.com/paper-toys/bezerra-de-menezes/
     
    https://br.pinterest.com/pin/353673376966469302/

  124. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, lembra-se desta passagem em “Transição” ?
     
    Dr. Silvio livra o médium de levar um tiro de um assaltante e ainda faz com que o ladrão morra de “hipotensão circulatória” :!:
     
    “ Apresentando grave apreensão na face, o bondoso amigo solicitou a aju-da do benfeitor para um dos médiuns abnegados da instituição”
     
    “solicitando a interferência do generoso guia. Tratava-se de um assalto a mão armada, a um trabalhador de Jesus, enontrando-se ele ameaçado de morte por um bandido fortemente drogado”
     
    “O assaltante exigira que lhe fossem entregues o relógio, o telefone celu-lar, o dinheiro, e estava em dúvida se o mataria ou o deixaria no corpo, quando nos acercamos da cena perigosa. A arma oscilava na sua mão trêmu-la, mantendo o dedo no gatilho em posição de disparo”
     
    “Com austeridade, tocou na fronte do assaltante, que se encontrava sob a ação do malfeitor desencarnado, logrando interromper o fluxo da inspiração inferior, enquanto pôs-se a induzi-lo a que interrompesse o que se converte-ria em latrocínio.”
     
    “As descargas de energia do Dr. Sílvio atingiam-lhe os chakras coronário e cerebral, produzindo a liberação momentânea do adversário frio e inclemente, e, de imediato, impôs-lhe uma nova onda de energia vigorosa no centro cardíaco, que teve o efeito de produzir-lhe um grande choque emocional, FAZENDO-O DERRUBAR O REVÓLVER, FAZENDO-O TOMBAR EM SEGUIDA VITIMADO POR UMA HIPOTENSÃO CIRCULATÓRIA…
     
    “Evandro, o médium aturdido, percebeu a interferência do abnegado benfeitor, refez-se do choque, recuperou os seus objetos e, teleguiado pelo guia, afastou-se do local tenebroso em que se encontrava”
     
    Que coisa :mrgreen:

  125. Gorducho Diz:

    Não não vi isso.
    CX não gostaria nada nada de ficar sabendo disso, se é que não ficou seja onde (ninguém sabe…) esteja agora.
    mas aparentemente foi tipo TEASER da polícia na America, i.e., apagou o meliante acidentalmente, não :?:

  126. Vinicius Diz:

    isso foi o Divaldo Gorducho. Este livro é o primeiro(não sei há mais de 2 livros com o rabino…) onde aparece o rabino que quer destruir o espiritismo cristão:
     
    “receberia cuidados especiais a visita à região infernal em que se encontravam o rabino Eliachim ben Sadoch e os seus súditos desvairados…”
     
    “Oportunamente, Dr. Sílvio informou-nos que estava sendo programado um encontro com um antigo rabino judeu vitimado nos já referidos terríveis dias do fim do século XV, na Espanha, quando da expulsão dos não-católicos daquelas terras.”
     
    “Já conhecíamos a sociedade espírita onde deveria ocorrer a atividade do nosso benfeitor com o convidado espiritual Eliachim ben Sadoch, que co-mandava expressivo bando de assaltantes desencarnados, ora dedicados à campanha de extermínio dos discípulos da Terceira Revelação judaico-cristã.”
     
    Nessa obra os espíritos bondosos descobriram que havia um clone desse rabino :!:
     
    “Deixando revelar a emoção de júbilo, nosso mentor explicou-nos:
     
    “— Estava programada essa reação, porquanto, em realidade, não tive-mos aqui, o antigo sacerdote Eliachim ben Sadoch, MAS UM CLONE DELE, um Espírito que lhe assimilou as características com o objetivo de enganar-nos, já que, no seu reduto, ele acompanhou todos os lances do nosso encontro.”
     
    Este Dr.Silvio substituiu Dr.Bezerra!
    O que ocorreu com o rabino na parte 2 desse “romance” Gorducho?

  127. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, eu vi o vídeo. O palestrante falava em cima de uns slides e era um assunto só pra quem é adepto mesmo do Espiritismo. Palestra chata de fazer platéia dormir. Agora entendo por que o sr Divaldo carrega multidões, ele fala com mais entusiasmo, sem figuras de slides, parece que fala de improviso e incorpora o preto velho ou finge descaradamente que incorpora alguma entidade. O povo parece querer isso, show.

  128. Eu Sou a Universal Diz:

    Amigo Marciano, de onde vem a certeza que ele finge, de que ele não é um endemoniado?

  129. Gorducho Diz:

    Lhe disse que era pra ver a partir dos [18:00].
    A palestra mostra exatamente o que é a “mediunidade” exatamente dentro da discussão que S/Pessoa propusera.
    E explica todas suas dúvidas, i.e., o porque de não haver o atendimento por parte dos “espíritos”.
    Se não entendeu, I’m sorry :(

  130. Espirita Sp Orlando Diz:

    estou um pouco balançado com o Espiritismo principalmente depois que soube das palavras menosprezando os negros e amarelos nos livros dele.
    Qual sua dica para uma pessoa que é presidente de Centro e fica chateado com isso?

  131. Gorducho Diz:

    O Sr. já é bem adulto, formado e tudo, certo?
    Então pare de temer ela, fale a verdade e diga francamente que é tudo auto-sugestão + imaginação fértil deles.
    Minha mãe que era evangelizadora chiquista se tocou disso.
     
    Veja que isso não abalará de modo nenhum sua crença no deus abraãmico, Jesus Cristo &c.

  132. Gorducho Diz:

    A questão do racismo só prova que não tem “espírito” nenhum no Espiritismo.
    Capisci?
     
    Exceto os “espíritos” dos vivos que escreveram as obras nas quais o Kardec se baseou ou com quem conversou, claro.
    Mas não tem morto nenhum na jogada.

  133. Gorducho Diz:

    E caso o Presidente seja S/Pessoa – escrevi no pressuposto que seja a Srª S/genitora como sempre disse cá…- aí não faça polêmicas.
    Siga mantendo as aparências, conclua seu período e se retire discretamente.
    Ou se gosta das amizades vá tomar passes, picar músculos &c., mas sem participação ativa e sem armar polêmicas.

  134. Gorducho Diz:

    FIM DO RABINO
    Aquilo que eu me entusiasmei que a vanguarda judaica conseguido entrar no forte (Centro Espírita defendido pelas muralhas…) era uma armadilha do Dr. Bezerra! Só que foi necessário S. Francisco de Assis intervir pessoalmente senão acho que Dr. Bezerra não ia conseguir dar conta do recado…
    Aí ele fecha os portões cortando o contado deles com a retaguarda das tropas. E São Francisco de Assis tinha cooptado D. Sara, a mãe do rabino!
    Então quando eles estão tentando retroceder da armadilha do Dr. Bezerra um cone luminífero envolve o rabino. O Sol de Assis tinha cooptado D. Sara, a mãe dele!
    Para onde segues meu filho?! Que te fizeste a ti mesmo?! Só há um caminho a seguir que é o do amor.
    Ela se peri-materializa (aquela materialização espiritual…) pro Dr. de Miranda, Bezerra e todos outros espíritos combatentes:
    Eliachim, meu filho! Há quanto tempo nos separamos um do outro? Venho buscar-te , porque não há céu para mãe alguma cujo filho padeça nas labaredas da infelicidade. Não compliques mais teu destino. Sou eu, tua mãe Sara, que também foi martirizada contigo, mas perdoou aqueles que nos tentaram aniquilar sem o conseguir.
    Ele cai de joelhos urrando de dor moral…
    Senhora! Sou um desgraçado que Elohim esqueceu. Ninguém me ama, e eu, senhora, fiz do ódio o meu licor de preferência, embriagando-me cada vez mais e esperando a consumpsão.
    Meu filho querido!
     
    Aí o Anjo de Assis se aproxima chorando (claro), e diz que Jesus ama ele blah blah blah…
    Aí vendo o comandante vencido, as tropas começam a se render pros Templários que tavam cercando eles.
    O rabino adormece e é transferido pra uma peça do Centro (depois vejo o que fizeram c/ele).
    A mãe agradece, faz uma prece, entra no tubo e se re-peri-desmaterializa.

  135. Marciano Diz:

    ===============================================================
    Eu Sou a Universal Diz:
    OUTUBRO 4TH, 2016 ÀS 2:48 PM
    Amigo Marciano, de onde vem a certeza que ele finge, de que ele não é um endemoniado?
    ===============================================================
     
    Estimado PASTOR, tenho ao menos duas explicações para minha hipótese.
     
    1. Como não existe diabo nem sobrenatural, ele só pode estar fingindo. Poder-se-ia dizer que ele não sabe que está fingindo, mas a cara de zombaria dele não deixa dúvidas.
     
    Sei que não concorda com esta hipótese, porque acredita no diabo e acha que o DPF está incorporando um.
    Vamos, então, à segunda hipótese.
     

    2. O diabo, se existisse, não seria tão obtuso quanto DPF, não seria tão caricato, não seria tão patético, tão fútil. Espera-se de um diabo, se fosse o caso, claro, que seja mais competente na arte da enganação.

     
     
    ===============================================================
    Espirita Sp Orlando Diz:
    OUTUBRO 4TH, 2016 ÀS 3:36 PM
    estou um pouco balançado com o Espiritismo principalmente depois que soube das palavras menosprezando os negros e amarelos nos livros dele.
    Qual sua dica para uma pessoa que é presidente de Centro e fica chateado com isso?

    ===============================================================
     
    A pergunta não foi dirigida a mim, mas atrevo-me a respondê-la:
    Tire uma licença, quero dizer, afaste-se temporariamente. Avalie tudo o que tem assimilado até agora..
    Pense e repense o assunto, reflita, contraponha fatos que aprendeu e que tem como certos, veja o ponto de vista de outras crenças e de descrentes.
    Quanto ao deus abraâmico e outros deuses possíveis, será uma segunda etapa.

  136. SEDE-SANTOS Diz:

    -
    -
    De SEDE-SANTOS aos senhores debatentes.
    -
    Afastei-me das conversas devido a incumbências profissionais, mas sempre que posso leio os artigos.
    -
    Notei um irmão da Igreja Universal aqui se pronunciando. Fiquei surpreso, pois me parecia que os desse grupo fossem desinteressados em participar das conversas tipo aqui apresentadas.
    -
    Algo que me chama a atenção é que geralmente o assunto pautado é o menos abordado, preferindo os participantes, invariavelmente, comentar o espiritismo e seus personagens. Até o citado IRMÃO assim procede, porém defende que nas organizações espíritas, incluindo cultos afros, estão demônios em atividade.
    -
    Nos poucos pronunciamentos que fiz, deixei claro que, apesar de cristão – presbiteriano e não renovado -, defendo que a ação da espiritualidade na Terra é coisa rara: ocorre por especial concessão de Deus. Isso tanto para anjo quanto para demônio. Afirmo isso, com base em minha experiência de muitos anos acompanhando supostas manifestações de seres de outro mundo, bem assim da convicção de que a Bíblia pode ser compreendida em termos simbólicos quando se refere a esses seres, conquanto alguns casos relatados nas páginas bíblicas possam ser reais.
    -
    Entretanto, não comungo a ideia de alguns que demônios e anjos sejam fantasia. Acredito que existam, entretanto cingidos à esfera em que estão localizados. A observação é lógica: se os que estão na matéria não podem aceder ao mundo espiritual o mesmo se dá com os entes da outra dimensão.
    -
    E por que estou repetindo o que falei anteriormente? É que vejo a veemência com que meu irmão da Universal interpreta as variadas idealizações não cristãs da espiritualidade como manifestação do maligno.
    -
    Nesse site achei a proposta, se não me engano, do Sr. Gorducho e Marciano positiva: realizar provas que indiquem espíritos atuando. A ideia não é inédita, lembro de ter lido publicação da década de 1930 em que médiuns eram desafiados dessa maneira, esses dois revivem a provocação, o que considero válido.
    -
    Vi o padre Quevedo num programa a conversar com supostos demônios em hebraico. Nenhum respondia nessa língua. Mas esperava-se que fossem capazes. Sendo anjos decaídos – entes que vivem há milhares de anos -, rebeladas contra Deus desde antes da criação do homem, possuiriam conhecimentos expressivos dos assuntos humanos. Falar grego e hebraico antigos lhes seria simples.
    -
    Minha proposta ao irmão da Universal é que assim proceda com os demônios que se manifestam nos templos pentecostais: ponha obreiros versados em hebraico e grego a inquirir os manifestados e confira se a conversa progride. Pode ainda apresentar-lhes questões de história, geografia, pois eles teriam que deter conhecimento aprofundado dessas matérias.
    -
    Observe, caro irmão, não tenciono ofendê-lo ao discordar de sua interpretação. Em ambiente religioso evitaria esse discurso, mas como estamos em espaço profano as opiniões ficam mais livres.
    -
    Que Deus abençoe a todos.

  137. Gorducho Diz:

    Sempre lembrando que a proposta dos testes e, principalmente, a forma correta de fazê-los, foi cá inicialmente introduzida pelo presidente na nossa bancada, ora em licença saúde, Analista Montalvão.
    O qual teve um colapso nervoso justo por causa da mudança de finalidades implementada pela Administração do Sítio notada por S/Pessoa, Sr. SEDE-SANTOS.

  138. Gorducho Diz:

    Quanto ao hebraico não será possível porque só tem o bíblico das recitações. Então mesmo que a igreja deles tenha algum intelectual com suficiente farinha-no-saco pra recitar toda bíblia, não conseguirá manter uma conversação. Nem nenhum rabino de NY ou seja daonde…
    Não esqueça que o “hebraico” que se fala hoje em israel é uma língua artificial usando o yiddish e até o árabe.
    E os δαιμόνιος gregos não eram malignos – lembra do do Sócrates? -, i.e., não são esses entes que se apossam dos fiéis nos templos evangélicos brasileiros.

  139. Vinicius Diz:

    “geralmente o assunto pautado é o menos abordado, preferindo os participantes, invariavelmente, comentar o espiritismo e seus personagens. Até o citado IRMÃO assim procede, porém defende que nas organizações espíritas, incluindo cultos afros, estão demônios em atividade.”
     
    De minha parte prefiro os assuntos envolvendo Chico, Divaldo, Xavier, Kardec, Bezerra . No começo foi trágico, afinal era minha crença, hoje até “me divirto” com o que não conseguia enxergar.
     
    Não tinha noção do tamanho da viagem na maionese desses romances “ditados”. Este do rabino parece história em quadrinhos de super-heróis.

  140. Vinicius Diz:

    “FIM DO RABINO Aquilo que eu me entusiasmei que a vanguarda judaica (…) era uma armadilha do Dr. Bezerra!”
     
    Não li os livros todos, tenho-os em PDF, percebi que o rabino Eliachim apareceu pela primeira vez no “Transição” com Dr. Silvio e depois voltou em “amanhecer” com o Dr.Bezerra. Normal mas do ponto vista literário creio que há uma “falta de continuidade” nas histórias.
     
    No “Amanhecer” o rabino volta mas não há nenhum “flash-back” da história anterior e o Dr.Silvio, inexiste, deveria ser ao menos citado como “o trabalhador que ajudou a combater as hostes do mal no momento do tsunami” …

  141. Gorducho Diz:

    O Amanhecer é claramente escrito apressadamente. Aí não sei se por pre$$ão editorial ou se ele se entusiasmou c/a primavera árabe que poderia conter a ascensão da religião muçulmana…
    O prefácio é assinado em Dubai, 4 fevereiro 2012, ou seja, quando ainda haviam esperanças no sucesso da.
    E ele dá sinais que começa a se tocar que as coisas não estão indo pra onde a mitologia chiquista esperava, i.e., que em 2057 os terrícolas vão ser neo-cristãos seguidores da cartilha da FEB.
    Então, sim, há pressa nessas obras, e sem encaixamento.
    O Hermano eu também não conhecia.
     
    E uma provocação aparentemente gratuita contra a religião judaica, que eu até agora não entendi.
    A menos que haja ronhas por baixo dos panos o que duvido :?:

  142. Gorducho Diz:

    O rabino vai ser levado pra colônia aparentemente onde mora o Dr. de Miranda Bezerra (porque se for na do Hermano se perde o personagem…).
    Vão doutrinar ele e soltá-lo pra ele ir no Umbral e converter as tropas atuais dele.
    Daí talvez isso renda alguma continuação :?:

  143. Gorducho Diz:

    Veja como nesse trecho ele dá mostras de que já começa se tocar que as coisas não estão indo conforme reza a cartilha FEB pra 2057 – bold meu, claro:
     
    e que a mim, particularmente, nunca haviam ocorrido, como a expansão da doutrina muçulmana, a habilidade dos imigrantes em conquistar o mundo por meio da proliferação da raça, na reprodução humana, considerando-se a expectativa que mantínhamos em relação ao crescimento da doutrina cristã totalmente renovada e em condições de auxiliar os nautas sofridos na embarcação terrestre.

  144. Gorducho Diz:

    Explica Hermano:
     
    Logo que possível, irá trabalhar [o Eliachim] para libertar as centenas de comparsas que ludibriou e fixou na região infernal onde se homiziou, contribuindo para a mudança de conduta de todos eles, vítimas da própria e da sua insânia.

  145. Vinicius Diz:

    opa, então, pode ter uma continuação hein :mrgreen:
    quando DPF se juntar ao Dr.Miranda e ao Dr.Bezerra quem será o “médium” para continuar com os livro$ ou escrever outro$. Parece-me que a Mansão só conta com DPF não é?

  146. Gorducho Diz:

    Acredito que aí o ciclo dos “grandes médiuns” terá se encerrado e a religião será praticada em formato convencional, so to speak.
    I.e., as obras do CX canonizadas juntamente com o pentateuco e as pregações alegadamente sendo proferidas pelo próprio pregador fazendo a exegese da literatura canônica como nas outras religiões.
    No formato daquele pregador que se bem me lembro fez uma tradução do Evangelho.
    Acho que esse será o formato doravante…
    E mais sensato.

  147. SEDE-SANTOS Diz:

    -
    ********Quanto ao hebraico não será possível porque só tem o bíblico das recitações. Então mesmo que a igreja deles tenha algum intelectual com suficiente farinha-no-saco pra recitar toda bíblia, não conseguirá manter uma conversação. Nem nenhum rabino de NY ou seja daonde…
    Não esqueça que o “hebraico” que se fala hoje em israel é uma língua artificial usando o yiddish e até o árabe.
    E os ????????? gregos não eram malignos************
    ————————————–.
    -
    Sr. Gorducho,
    -
    Realmente o hebraico antigo é língua morta e não há conversação possível na atualidade. A insinuação de conversar nesse idioma foi aproveitamento de gancho do padre Quevedo. Mesmo assim, o pensamento geral me parece aceitável e não foi fruto de minha criatividade, inspirei-me no desafio aos espíritos de se mostrarem, do qual tomei conhecimento nesse site, e tentei adaptá-lo aos demônios.
    -
    Realmente, os daimones gregos não eram malignos, no entanto desafiei o obreiro da Universal a pôr os daimones pentecostais sob verificação, a fim de conferir se há elementos a apoiar que se apossam de corpos humanos. Raciocinei assim: sendo os demônios anjos rebelados deduz-se que possuem conhecimento privilegiado, visto que acompanham o homem desde o início de sua existência como espécie. Destarte, seriam capazes de responder a questões do mais algo gabarito do conhecimento. Mesmo que o grego ou hebraico não sejam aplicáveis outras provas nessa linha creio viáveis.
    -
    Fico na expectativa de como o irmão da Universal dará retorno à questão.
    -
    Abraço fraterno.

  148. Marciano Diz:

    É mais do que sensato, é mandatório, pois religião, com qualquer outro nome, é isso mesmo, religião.
    Não se tem de pretender que religião possa ser tratada como ciência.
    É matéria de fé. Cada um escolhe uma daquelas existentes em sua cultura e a segue, por nela acreditar.
    Se for completamente louco, escolhe uma de outra cultura, mas aí não tem como segui-la, a não ser que seja um cara de pau, como aqueles que se dizem “católicos não-praticantes”.

  149. Marciano Diz:

    O PASTOR é meu amigo, mas tenho de dizer que acredito que está fascinado com o “espiritismo” à brasileira.
    Além disso, parece que levou a sério demais as aulas de demonologia. Vê demônios em todos os lugares.
    Esses “espíritos” que se manifestam através de “médiuns” kardecistas ou umbandistas são ou projeções psíquicas dos “médiuns” que se põem em estado alterado de consciência, ou são puro fingimento mesmo, como acredito que seja na quase totalidade dos casos.

  150. Espirita Sp Orlando Diz:

    Obrigado pelas dicas. Minha mãe é a presidenta. Eu faço parte do Conselho. Bem, a opção de picar músculo é a melhor. Vasculhando a Internet achei isto, que Chico apoiou a ditadura. O que acham disso? Valeu.
    http://dossieespirita.blogspot.com.br/2014/03/feb-e-chico-xavier-apoiaram-ditadura.html?m=1

  151. Vinicius Diz:

    é isso Dr.Orlando boa!
     
    Houve subsídios do Estado para construir a sede da FEB? Se sim, se o estado é “laico” , como financiar ou ajudar financeiramente um empreendimento religioso? Se houvesse um hospital anexo até vai…
     
    “A Federação “Espírita” Brasileira, presidida por Wantuil de Freitas, defendeu a ditadura militar para que recebesse, do Estado, subsídios para a construção da opulenta sede de Brasília. Até então, a sede era na Av. Passos, no Rio de Janeiro, que se tornou uma filial da FEB.”

  152. Gorducho Diz:

    Então… (como diz ou paulista): pra ela o Sr. tem que dizer.
    Mas tem as amizades – acaba de sair daqui o neto do presidente no tempo da m/mãe, como qual me dou apesar de duns 20- anos!
    Quando a FEB fez o congresso em Cuba meu plano era ir disfarçado de espírita. Claro, só pra ter uma ideia da Ilha antes dos Americanos voltarem. Bem como queria ver algo da Santería, que só conheço de INTERNET.
    Só não fui porque justo meus conhecidos não foram por razões $
    E fazer parte do Conselho, ajudar em questões fiscais, obras, sopa de músculos… sem problemas.
    Nós às vezes vamos em risoto no Salão Paroquial (que aliás são excelentes…). E os padres sabem que somos agnósticos e eu ex-espírita – sem barracos & dramas.
    Também tomar “passes” se quiser não tem problemas porque mal não fará que orem pelo seu bem e da sua família.
     
    Só o que não poderá mais participar é da mesa, pois não irá fingir que acredita naquilo.

  153. Gorducho Diz:

    Sou suspeito pra falar do CX porque lembro da m/mãe comigo indo na Catedral Católica – sim, sempre a coisa foi em eclética em casa, sem dramas…- orar pelo Brasil.
    E me lembro bem das barricadas com sacos de areia dia 31 ou 1° – claro que que dia não sei :mrgreen: – e a vibração em casa porque o Brasil estava salvo.
    A coisa foi muito séria, os comunistas estiveram muito próximos de, se não tomar o poder, pelo menos armar uma anarquia semelhante ao que hoje está na Venezuela.
     
    Mas, claro, tem também o fato que CX nunca se comprometia, sempre em cima do muro em quase tudo.
    Como agora o espírito do Dr. Bezerra acerca da fantasmicidade de Jesus Cristo.

  154. Gorducho Diz:

    Barricadas não: trincheiras nas esquinas.
    O exército com metralhadoras primitivas nelas…
     
    E se houvesse um plebiscito livre, sem tentativas dos “formadores de opinião” e “intelectuais” em constrangerem a população, não sei o que daria…
    Não estou defendendo governo militar, bien entendu.
    O descontrole financeiro, as estatais, as carroças – vivenciei bem a famigerada Lei da Informática – são “obras” deles.
    Só que na época graças a eles o Brasil se salvou de, na melhor das hipóteses, ter virado uma atual Venezuela.

  155. Eu Sou a Universal Diz:

    Dise o sr SEDE-SANTOS ********* “OUTUBRO 4TH, 2016 ÀS 11:29 PM
    -
    -
    Notei um irmão da Igreja Universal aqui se pronunciando. Fiquei surpreso, pois me parecia que os desse grupo fossem desinteressados em participar das conversas tipo aqui apresentadas.
    -
    R: O sr bem conhece a Escritura que diz ” Oseias 4:6 porque meu povo se perde por falta de conhecimento” . Aqui estou aprendendo mais de uma religião pouco conhecida dos combatentes de satanas. São várias as formas de Espiritismo. A Editora Cultura Cristã que é da igreja do Irmão, oferece títulos de estudo como esse: https://www.editoraculturacrista.com.br/loja/livro/bruxaria-global-1665
    Então Irmão, nada mais faço que me instruir mais. Devemos conhecer o nosso inimigo, não devemos ignorá-lo. Pergunte aqui também, serás bem acolhido e muitas dúvidas te serão respondidas e serás mais fortalecido. Agora nos cultos que dirijo ou auxilio, temos uma câmera pronta para caso apareça um espírito do Kardecismo, vamos entrevistá-lo e colocar no Youtube. Mas meses que estou aqui e não aparece nenhum. Estranho.
    ——————
    Algo que me chama a atenção é que geralmente o assunto pautado é o menos abordado, preferindo os participantes, invariavelmente, comentar o espiritismo e seus personagens. Até o citado IRMÃO assim procede, porém defende que nas organizações espíritas, incluindo cultos afros, estão demônios em atividade.
    ———-
    R: Explicado acima. A intenção é conhecimentos. E o sr Irmão, o que pensa que são aquelas entidades de cultos afros e nas organizações Espíritas? Anjos de Jeová? Não se engane Irmão, ali não há nada de bom.
    -
    Nos poucos pronunciamentos que fiz, deixei claro que, apesar de cristão – presbiteriano e não renovado -, defendo que a ação da espiritualidade na Terra é coisa rara: ocorre por especial concessão de Deus. Isso tanto para anjo quanto para demônio. Afirmo isso, com base em minha experiência de muitos anos acompanhando supostas manifestações de seres de outro mundo, bem assim da convicção de que a Bíblia pode ser compreendida em termos simbólicos quando se refere a esses seres, conquanto alguns casos relatados nas páginas bíblicas possam ser reais.
    -
    ————-
    R: É raro a manifestação de espíritos aqui na Terra? O sr então não crê que os anjos vem a mando de Deus operar os milagres todo dia? Não crê que o demônio atua na vida das pessoas e se manifesta ( e cai por terra) debaixo da Autoridade do Homem de Deus? Nas suas experiências de muitos anos, parabéns por não ver nada, esteve numa congregação de santos. E ainda tem dúvidas se as manifestações na Escritura são reais?
    ——————–
    Entretanto, não comungo a ideia de alguns que demônios e anjos sejam fantasia. Acredito que existam, entretanto cingidos à esfera em que estão localizados. A observação é lógica: se os que estão na matéria não podem aceder ao mundo espiritual o mesmo se dá com os entes da outra dimensão.
    ———————
    R: O sr não acreditava e duvidava no parágrafo anterior, agora nesse crê? Claro que não é fantasia! O sr diz que os que estão no mundo espiritual não podem aceder na matéria? Então anjos não promovem curas e demônios não manifestam em pessoas? É isso?
    —————–
    E por que estou repetindo o que falei anteriormente? É que vejo a veemência com que meu irmão da Universal interpreta as variadas idealizações não cristãs da espiritualidade como manifestação do maligno.
    ———–
    R: A sua pergunta já contém a resposta. Se uma idealização da espiritualidade não é cristã, só pode ser manifestação maligna. Não esqueça a Escritura: “Mateus 12:30 Quem não está comigo, está contra mim”
    —————————

    ———————-
    Minha proposta ao irmão da Universal é que assim proceda com os demônios que se manifestam nos templos pentecostais: ponha obreiros versados em hebraico e grego a inquirir os manifestados e confira se a conversa progride. Pode ainda apresentar-lhes questões de história, geografia, pois eles teriam que deter conhecimento aprofundado dessas matérias.
    ———————–
    R: Estás mostrando incredulidade Irmão. Para que fazer isso? Para demonstrar o que? Só espero que quando aparecer um desses na sua igreja, o Irmão que lá vai pelejar, esteja consagrado em jejum e oração, pois se ficou ocupando seu tempo aprendendo o hebraico e o grego antigo em vez de se consagrar, pode passar vergonha. Nenhum proveito tem aprender línguas mortas. O grego daquela época, nada tem a ver como grego de hoje, assim como português arcaico de nada serve pra hoje.
    ———————-
    Observe, caro irmão, não tenciono ofendê-lo ao discordar de sua interpretação. Em ambiente religioso evitaria esse discurso, mas como estamos em espaço profano as opiniões ficam mais livres.
    ———–
    R: Não ofende. Mas acho que o irmão pensa que o inimigo está morto nas páginas da Escritura. Não o ignore.
    ———
    Que Deus abençoe a todos.
    ———-
    R: A paz.

  156. Eu Sou a Universal Diz:

    ” diz o amigo Marciano **************** “OUTUBRO 5TH, 2016 ÀS 11:26 PM
    O PASTOR é meu amigo, mas tenho de dizer que acredito que está fascinado com o “espiritismo” à brasileira.
    Além disso, parece que levou a sério demais as aulas de demonologia. Vê demônios em todos os lugares.
    Esses “espíritos” que se manifestam através de “médiuns” kardecistas ou umbandistas são ou projeções psíquicas dos “médiuns” que se põem em estado alterado de consciência, ou são puro fingimento mesmo, como acredito que seja na quase totalidade dos casos.”
    ————–
    R: Fascinado no sentido de existir tanta mentira. Há quem pense que o sr Chico Xavier foi bonzinho ou que esse sr Divaldo incorpora um médico que viveu aqui na Terra entre nós e vem do além trazer mensagens de consolação. Lamento, mas o sr Chico Xavier está no inferno e o sr Divaldo anda a passos largos para lá. A não ser que o sr Divaldo seja doente mental, aí ele não sabe o que faz e terá possibilidade de perdão. Ou se não é, que se arrependa e largue essa obra maldita. Se vejo demônio em tudo? Nem tudo. A primeira recomendação é sempre o profissional de saúde, seja médico ou psicólogo, só depois desses não darem conta, aí é caso demoníaco mesmo.

  157. Vinicius Diz:

    “temos uma câmera pronta para caso apareça um espírito do Kardecismo, vamos entrevistá-lo e colocar no Youtube. Mas meses que estou aqui e não aparece nenhum. Estranho.”
     
    Você já perguntou no momento da manifestação se o “demônio” poderia procurar em algum lugar espiritos ou demonios chamados “Bezerra, Miranda, André Luiz” ? mas sugiro que não os chame de demônios e os trate afavelmente, delicadamente, sem ameaças. Diga que quer conversar com os autores de livros psicografados. Tirar dúvidas para aprender mais.

  158. Espirita Sp Orlando Diz:

    mas ainda acredito que Dr. BEZERRA atua e vem ajudar a interpretar trechos evangélicos e a dar sua opinião sobre o caos no planeta rumo a transição!
    Pastor, não é médico disfarçado, ele é médico no além e foi aqui também. Ele é líder de falange.

  159. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Vinícius, sem papo com destruidores de vidas humanas. Sempre se apresentam como entidades da macumbaria. E sr Orlando, ele não é nada no além, está no esquecimento como postei a mensagem da Escritura. Ele não tem consciência de nada. Tampouco é lider de alguma coisa.

  160. Espirita Sp Orlando Diz:

    Pastor, 24 horas depois que dr. Bezerra desencarnar deu notícias aos seus confrades da FEB.
    http://centroespiritadrbezerra.blogspot.com.br/2014/08/mensagem-dada-por-bezerra-apos-24-horas.html?m=1
    E até hoje lições de auto ajuda um médium juiz de Direito
    Recados do meu Coração”, produzido pela editora Intelítera, traz amorosos apontamentos do espírito Bezerra de Menezes, que ficou conhecido como “O Médico dos Pobres” quando encarnado. Os recados carinhosos e sensíveis de Dr. Bezerra foram recebidos mediunicamente por José Carlos De Lucca.

    Depois de publicar o livro ‘Minutos com Chico Xavier’, em outubro de 2009, recebi o convite de Dr. Bezerra para trabalhar em um livro contendo mensagens de consolação e esperança que ele gostaria de enviar a todos os que atravessam a noite escura das dores físicas e morais.

    Resisti à ideia porque não me julgava preparado para o elevado mister, mas pacientemente Dr. Bezerra me ensinou que, com amor, disciplina e boa vontade, eu venceria as minhas próprias barreiras.”

    Qual será a principal ajuda que esta obra poderá trazer aos leitores?

    “Dr. Bezerra escreve com o coração. Temos uma necessidade psicológica de nos sentirmos amados, sobretudo quando estamos na hora das grandes provações. Enquanto psicografava o livro, eu me senti muito amado por Deus, por Jesus, por Nossa Senhora e por Dr. Bezerra, e isso me fez um enorme bem. Acredito que todo aquele que abrir o coração ao ler os recados de Dr. Bezerra vai sentir isso também, e a partir dessa experiência de amor nos tornamos mais fortes e mais confiantes para vencermos os desafios que nos aguardam.”
    http://www.jcdelucca.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6&Itemid=6

  161. Marciano Diz:

    Isto mesmo, GORDUCHO!
    Se não fosse a ditamole, isto aqui seria uma Venezuela, ou pior ainda, uma Cuba.
     
    Dos males, o menor.
     
     
    Amigo PASTOR, está se esquecendo dos mistificadores. DPF não tem diabo algum nem é maluco. É um mistificador. Só isso.

  162. Gorducho Diz:

    E o Sr. SEDE-SANTOS, Companheiro Marciano :?: Tenho a impressão que conhecemos ele…
    Será que já não encontramos ele quiçá nalgum barzinho aí por Araruama, Cabo Frio, Silva Jardim; sei lá…

  163. Gorducho Diz:

    Dr. Bezerra escrevia nada com o coração. Era todo combate e polêmica, tanto que impôs o Jesus fantasma e agora nada fala a respeito, provando que pode ser qualquer coisa menos ele.
    Até com a Sociedade Espírita de Paris ele comprava briga como no affair Georges vs Newton (o de Venus, não o de Lincolnshire, claro).
     
    Proximamente pretendo encomendar I + II do Estudos Filosóficos p/ficar c/a coleção completa.

  164. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    e a dar sua opinião sobre o caos no planeta rumo a transição!
    ===============================================================
    No Transição o Divaldo claramente mostra que começava a se tocar que a coisa não está se desenrolando conforme prevê a cartilha da FEB.
    Ele claramente tem esperança que a Primavera Árabe fosse reverter a coisa – o livro é prefaciado em fevereiro 2012 – o que não se sucedeu, claro.

  165. Gorducho Diz:

    A solução é adiar + 1 século, i.e., marcar a Regeneração dos terrícolas p/2157.

  166. Espirita Sp Orlando Diz:

    Quais motivos um juiz de Direito mentiria?
    Ele traz lições de Dr. BEZERRA.
    JOSÉ CARLOS DE LUCCA.

  167. Marciano Diz:

    ===============================================================
    Gorducho Diz:
    OUTUBRO 6TH, 2016 ÀS 5:32 PM
    E o Sr. SEDE-SANTOS, Companheiro Marciano :?: Tenho a impressão que conhecemos ele…
    Será que já não encontramos ele quiçá nalgum barzinho aí por Araruama, Cabo Frio, Silva Jardim; sei lá…
    ===============================================================
     
    Acho que foi em Silva Jardim, no BB, mas parece que é só um sósia.
    Um doppelgänger.
    Se bem que, metaforicamente falando, tenho minhas dúvidas.
     
     
    ===============================================================
    Espirita Sp Orlando Diz:
    OUTUBRO 6TH, 2016 ÀS 7:46 PM
    Quais motivos um juiz de Direito mentiria?
    Ele traz lições de Dr. BEZERRA.
    JOSÉ CARLOS DE LUCCA.
    ===============================================================
     
    Como ex-juiz de direito, posso dizer-lhe que, se perguntado por sua ciumenta esposa onde estava às tantas horas do dia tal, qualquer juiz de direito com juízo e que não tenha um sólido álibi, diria que estava bebericando umas e outras com uns amigos, no BB,
     
    Admitindo-se a boa-fé do magistrado, a gente mente até para nós mesmos (viés de confirmação, racionalizações, “tem pai que é cego”, etc.

  168. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, como você costuma dizer “do saco para mala” :mrgreen:
     
    Sabe se o DPF psicografou o prefácio em DUBAI mesmo ou o espírito Dr.Miranda estava em DUBAI e via “celular do além” ligou pro DPF aqui no Brasil?
     
    “Dubai, Emirados Árabes, dia 14 de fevereiro de 2012.
    Manoel Philomeno de Miranda”

  169. Gorducho Diz:

    Não ,não sei. Mas deduzo que o Divaldo devia estar lá porque senão o Dr. de Miranda poderia esperar alguns dias até voltar pra cima de SSA, onde presumo que ele more.
    Aliás, sabe onde ele mora?
     
     
    estou tentando localizar n’Os 4 Evangelhos uma pergunta pro Dr. encaminhar pro espírito do Dr. Bezerra, mas é um horror achar.
    Quero aquela sobre o leite da Maria…

  170. Vinicius Diz:

    Opa, achei GORDUCHO, no site do DPF. Entre 09/02 e 15/02/12 DPF esteve em um Encontro Espirita nos Emirados Arabes
     
    “Divaldo Franco foi recebido no Aeroporto Internacional de Dubai pelos confrades Nalva Oliver, Jaciara e esposo que o acompanharam até o hotel onde o aguardavam Patrícia Farias e seu esposo, Rinaldo Oliveira.”
     
    Agora não sabemos se Dr.Miranda estava entre eles, eheheh :mrgreen:
     
    Ainda não achei o nome da Colônia, mas descobri que lá também há fichários
    “( … ) “Na visita que Manoel Philomeno me permitiu fazer à Colônia em que ele
    se hospedava, levou-me a uma curiosa biblioteca. Mostrou-me como são arquivados
    os trabalhos gráficos que se fazem na Terra. Disse-me que, quando um escritor ou
    um médium, seja quem for, escreve algo que beneficia a Humanidade – no caso do
    escritor – é um profissional, mas, o que ele produz é edificante, nessa biblioteca fica
    inscrito, com um tipo de letra bem característico, traduzindo a nobreza do seu
     
    conteúdo. À medida que a mente, aqui, no planeta, vai elaborando, simultaneamente
    vai plasmando lá, NESSES FICHÁRIOS MUITO SENSÍVEIS, que captam a onda mental e TUDO IMPRIMEM.”

  171. Vinicius Diz:

    link: http://www.divaldofranco.com.br/noticias.php?not=286

  172. Gorducho Diz:

    Claro, não teria cabimento do Dr. de Miranda ditar a mensagem de lá com o Divaldo (say) cá em SSA.
     
    Sim essa biblioteca com letras luminíferas – sempre me lembro do ovo de peru voador do Crookes…- eu conhecia.
    Mas aparentemente não é onde ele mora mesmo, certo?
    É como o senhor contar: na cidade onde nos hospedávamos, Grassouillet levou-me a curiosa sepultura onde brasileiros depositavam flores.

  173. Gorducho Diz:

    Achei… pg. 123. Quando o Dr. aparecer vou pedir pra ele perguntar pro espírito do Dr. Bezerra afinal se foi ou não foi assim que se sucedeu.
     
    «Tout fut simplement apparent dans la vie de Jésus»
     
     
    O Analista Marciano vai concordar e dizer que sim, literalmente: toda história essa é “aparente”…

  174. Gorducho Diz:

    Jesus, pimpolho em aparência, estando ao seio de Maria, – o leite era retornado, pelos espíritos superiores que cercavam Jesus, através duma ação fluídica e por um meio bem simples: o leite, ao invés de ser aspirado pela “criança”, que dele não precisava, era restituído à massa do sangue por uma ação fluídica da qual Maria era o objeto inconsciente.
     
    ☐ VERDADEIRO
    ☐ FALSO

  175. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, que loucura é essa do leite?

  176. Gorducho Diz:

    Sãos os 4 Evangelhos do Roustaing; e foi o cavalo-de-batalha do Dr. Bezerra vero.
    Agora, estranhamente, o “espírito” do Dr. Bezerra – sim, o Sr. já explicou que são demônios…- que é amigo da Celina secretária da Virgem Santíssima e tudo, silencia sobre o tema que o marcou.

  177. Gorducho Diz:

    Pg. 123 do papel.
    Note que o estudo dessa obra por obra justo do Dr. Bezerra é uma obrigatoriedade estatutária daquela igreja onde S/Pessoa viu os urubus pousados…

  178. Vinicius Diz:

    SIM, pastor, o leite de jesus menino era desviado pelos espiritos superiores, talvez pelo receio de contaminação com os pecaminosos humanóides…

  179. Vinicius Diz:

    acho engraçado que milhares de pessoas enviam no facebook ou whatsapp mensagens de CX, DPF e mal sabem dessa “bagunça” que é o espiritismo brasileiro (falo de católicos , por exemplo, que curtem as mensagens deles)

  180. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, já mencionamos essa obra aqui não ?!
     
    “Nesta obra, o admirável Espírito Bittencourt Sampaio analisa a essência da mensagem cristã, enflorando a vida de Jesus desde seu nascimento até sua morte e ressurreição.
     
    São 11 capítulos de extrema beleza, onde esse elevado Espírito dá seu aval à teoria do corpo fluídico, que enaltece com lúcidas considerações.”
    bvespirita.com/Jesus%20Perante%20a%20Cristandade%20(psicografia%20Frederico
     
    Foi o médium da primeira versão da festa com Celina (chegada de FILGUEIRAS) quem escreveu.

  181. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, esses “4 Evangelhos do Roustaing” tem para ler online? Sabe em que parte está ‘o leite desviado’?

  182. Gorducho Diz:

    Já lhe disse: página 123 do papel
    que no caso coincide c/a numeração eletrônica.
    Se não abrir na página digite-a na caixa de texto Página no canto inferior direito: 123
    Tem que selecionar o zoom na barra vertical lateral esquerda e depois usar o menu que aparecerá dentro da janela.
     
     
    Jésus, petit enfant en apparence, étant au sein de Marie, – le lait était détourné, par les esprits supérieurs qui entouraient Jésus, à l’aide d’une action fluidique et par un moyen bien simple : le lait, au lieu d’être aspiré par « l’enfant » qui n’en avait pas besoin, était rendu à la masse du sang par une action fluidique dont Marie était le siége inconscient.

  183. Vinicius Diz:

    vou responder pelo GORDUCHO
     
    NO GOOGLE digite “os quatro evangelhos tomo 1″
    vai aparecer a obra em “PDF”
    Está na página 244 dessa versão disponível em BV ESPIRITA.
    &nbsp
    “Quando Maria, sendo Jesus, na aparência, pequenino,
    lhe dava o seio – o leite era desviado pelos
    Espíritos superiores que o cercavam, de um modo bem
    simples: em vez de ser sorvido pelo “menino”, que dele
    não precisava, era restituído à massa do sangue por
    uma ação fluídica, que se exercia sobre Maria,
    inconsciente dela.
    Não vos espanteis de que o leite fosse assim restituído
    à massa do sangue. Não admitis que o químico
    possa, pela síntese, compor e, pela análise, decompor,
    à sua vontade, um líquido qualquer, restituindo a cada
    parte heterogênea a natureza que lhe é própria? – Pois
    admiti igualmente que a ação fluídica dos Espíritos
    superiores, que conhecem todos os segredos da vossa
    organização e da vossa vida humana, possa decompor
    assim o leite formado e restituir cada uma de suas
    partes componentes à fonte de origem.”

  184. Gorducho Diz:

    Sim mas eu não li esse livro do Bittencourt Sampaio.
    O que estou citando pro Pastor é o original do Roustaing.
    Aliás note que a história chiquista de que foi Jesus quem fez a Terra vem daí; se é que já não notou…

  185. Gorducho Diz:

    Sim, aparentemente a Celina aparece c/o Frederico Jr.
    Ela era guia dele.
    E ele faz a primeira versão dessa homenagem, conforme aliás foi S/Pessoa quem notou cá!
    Sendo que ele participa discursando na cerimônia em desdobramento astral.
    Certo :?:

  186. Gorducho Diz:

    Pg. 40 desse .pdf brasileiro (que é melhor por ser texto pdf!):
    protetor e governador do planeta onde cresceis e
    passais pelas vossas provas, tendo presidido à sua
    formação

     
     
    Certamente daí que vem o canon chiquista de que foi Jesus quem fez a Terra.
    As mãos de Jesus haviam descansado, após o longo período de confusão dos elementos físicos da organização planetária. &c.

  187. Vinicius Diz:

    olha só! Certamente GORDUCHO, essa história de governador do planeta etc.

  188. SEDE-SANTOS Diz:

    -
    Prezado Irmão Universal,
    -
    Apreciei que tenha aberto debate a respeito desse assunto tão polêmico, faço em seguida as apreciações cabíveis, mas antes permita-me comentar os dizeres do Sr. Gorducho e Marciano que, salvo melhor juízo, humoristicamente acreditam ter me encontrado em região do Rio de Janeiro.
    -
    Disse o Sr. gorducho: ******** E o Sr. SEDE-SANTOS, Companheiro Marciano Tenho a impressão que conhecemos ele…
    Será que já não encontramos ele quiçá nalgum barzinho aí por Araruama, Cabo Frio, Silva Jardim; sei lá…****************
    -
    Respondeu o Sr. Marciano: *************** Acho que foi em Silva Jardim, no BB, mas parece que é só um sósia.******************
    ———————————————.
    Curioso estou por saber a que personagem se referem. Dificilmente me acharão nos locais citados, menos ainda em bares, os quais pouco frequento, a não ser para, eventualmente, sorver um refrigerante. Mas, se viajarem pela região de Angra dos Reis, Rio Claro, Pinheiral e proximidades é possível me encontrarem, costumo visitar igrejas nessa área.
    -
    Tornando ao meu querido irmão da Universal, que proferiu:
    -
    ******************O sr bem conhece a Escritura que diz ” Oseias 4:6 porque meu povo se perde por falta de conhecimento” . Aqui estou aprendendo mais de uma religião pouco conhecida dos combatentes de satanas. São várias as formas de Espiritismo. A Editora Cultura Cristã que é da igreja do Irmão, oferece títulos de estudo como esse:https://www.editoraculturacrista.com.br/loja/livro/bruxaria-global-1665
    Então Irmão, nada mais faço que me instruir mais. Devemos conhecer o nosso inimigo, não devemos ignorá-lo. Pergunte aqui também, serás bem acolhido e muitas dúvidas te serão respondidas e serás mais fortalecido. Agora nos cultos que dirijo ou auxilio, temos uma câmera pronta para caso apareça um espírito do Kardecismo, vamos entrevistá-lo e colocar no Youtube. Mas meses que estou aqui e não aparece nenhum. Estranho.***********************
    -
    RESPOSTA: Conheço a editora que cita, mas desconhecia a obra que recomenda, havendo oportunidade a examinarei. No entanto, devo dizer que as melhores matérias que encontrei a respeito de demônios não são da Presbiteriana, tampouco da Universal. Se quiser literatura menos comprometida recomendo-lhe: “Antes que os Demônios Voltem”, do padre Quevedo, em minha opinião um dos melhores frutos do sacerdote. Outro muito elucidativo: “As Origens de Satanás”, de Elaine Pagels, da Ediouro (deve achar em sebo). Há outros, mas esses lhe darão visão ampliada do assunto.
    -
    Biblicamente falando, tenho mil razões para crer na existência dessa entidade que tipifica o mal, mesmo assim defendo que o diabo tem ação muito limitada no mundo material e o mal que a ele é atribuído provém da natureza corrompida do homem. Sem querer fazer exegese prolongada, basta que relembre o versículo que diz: “quem é nascido de Deus não vive pecando… e o maligno não o toca” (IJoão 5:18).
    -
    Se há guerra no mundo espiritual, sabemos que o controle está com Deus e Ele não permitiria que o demônio viesse ao mundo dominar corpos humanos à vontade, conforme se vê nas encenações tão comuns ao meio pentecostal. Seria como se o exército do bem cruzasse os braços enquanto os guerreiros do mal ficassem livres para o que quisessem. Não faz sentido.
    -
    A luta do diabo contra Deus ocorre noutra dimensão, da qual estamos apartados. Conforme afirmei: se não temos acesso ao mundo espiritual enquanto na matéria, porque a espiritualidade teria acesso a nós livremente? E para complicar a espiritualidade maligna parece imperar, visto que no pentecostalismo aparecem demônios aos montes e anjos muitos poucos, se é que algum dá as caras.
    -
    -
    ****************Irmão da Universal diz: E o sr Irmão, o que pensa que são aquelas entidades de cultos afros e nas organizações Espíritas? Anjos de Jeová? Não se engane Irmão, ali não há nada de bom. ****************
    -
    RESPOSTA: Foi esclarecido pelo Sr. Marciano: são fabulações psicológicas. Observe que a suposta sabedoria dessas entidades está limitada ao trivial do saber humano, nem mesmo conhecimento expandido das coisas materiais possuem. Se tiver oportunidade, interrogue um desses, num nível de conversação aprofundado e verá que silenciam. Seria de esperar que anjos decaídos, vivos há milhares, talvez milhões, de anos deixassem embasbacados qualquer que ousasse questioná-los. Por exemplo, interrogue um possuído a respeito de eventos bíblicos, indague se ele estava no Jardim do Édem com Adão e Eva. A resposta certamente será positiva. Em seguida peça que informe com quem Caim se casou, se no Édem havia de mulher apenas sua mãe, Eva. Avalie o que a suposta entidade dirá e certamente terá razões para concordar comigo: tudo fabulação psicológica. Este é um de muitas possibilidades de pôr em verificação os demônios.
    -
    Observe uma coisa, caro irmão: nesse site há ideias criativas a respeito de conferir se entidades espirituais agem na Terra, estou apenas adaptando a sugestão aos demônios. Se não houver meios de fazer essa conferência, tudo ficará limitado à crença dos envolvidos e, falando em crença, já notou que o diabo só aparece quando se cria clima para a aparição?
    -
    Falei-lhe que, com base em minha experiência, não creio que espíritos ou demônios agem no mundo. Não que considere minha vivência parâmetro de alguma coisa, é que estou na igreja não renovada há quase trinta anos e nesse meio nunca vi um demônio se apresentar. No entanto, fui noivo de moça da batista renovada e durante dois anos frequentei os cultos, pois bem, o que lá aparecia de gente endemoninhada é para arrepiar qualquer cristão. Por isso, minha conclusão de que o diabo é fruto do meio que o lucubra, do mesmo modo com o espíritos, dos quais se diz que ditam cartas e livros.
    -
    Reflita sobre isso, caro irmão. Depois continuo, se houver oportunidade.
    -
    A paz do Senhor.

  189. Gorducho Diz:

    Ah! Foi essa a confusão que fiz.
    Esse indivíduo que AMa e eu conhecemos também circula por essas redondezas fluminenses, mas foi apaixonado por moça TJ :!:

  190. Gorducho Diz:

    Pois é…
    Mesmo no judaísmo os demônios não ficavam nem ficam se apossando dos fiéis nas sinagogas ou – ao que conste claro que isso pode ter sido omitido dos relatos oficiais – no Templo.
    Reconferí aliás aquele artigo que tinha lembrança fora escrito, mas deveras foi só traduzido pelo Dr. mrh.
    E a participação dos demônios por lá é mínima.
    Então temos que supor que esses seres não tem medo é dos cristãos, sejam evangélicos evangélicos ou “espíritas evangélicos”.

  191. Marciano Diz:

    ===============================================================
    O Analista Marciano vai concordar e dizer que sim, literalmente: toda história essa é “aparente”…
    ===============================================================
     
    Right on the bull’s eye!
     
     
    ===============================================================
    Biblicamente falando, tenho mil razões para crer na existência dessa entidade que tipifica o mal, mesmo assim defendo que o diabo tem ação muito limitada no mundo material e o mal que a ele é atribuído provém da natureza corrompida do homem.
    ===============================================================
     
    É como dizem: — O diabo tem as costas largas.
     
     
    ===============================================================
    Observe uma coisa, caro irmão: nesse site há ideias criativas a respeito de conferir se entidades espirituais agem na Terra, estou apenas adaptando a sugestão aos demônios. Se não houver meios de fazer essa conferência, tudo ficará limitado à crença dos envolvidos e, falando em crença, já notou que o diabo só aparece quando se cria clima para a aparição?
    ===============================================================
     
    1. Sem as experiências que a bancada cética propõe e da qual a bancada crente foge como o diabo da cruz, tudo ficará na mesma, sem dúvida.
    2. Deus, santos da igreja católica, espíritos, também só aparecem quando se cria o clima para a aparição.
     
     
    Eu já fiz a experiência sugerida neste sítio (http://godisimaginary.com/i50.htm) e jesus, aka NSFG não apareceu.

  192. montalvão Diz:

    /
    Vitor,
    /
    Postei mensagem com meu e-mail alternativo e foi bloqueada, cancele-a por favor, que estou replicando com o cá registrado.
    .
    Antes que pensem coisas, meu mail alternativo: [email protected].
    .
    Como estou sendo visto em outras pessoas, sempre bom esclarecer…

  193. montalvão Diz:

    /
    “Eu já fiz a experiência sugerida neste sítio (http://godisimaginary.com/i50.htm) e jesus, aka NSFG não apareceu.”
    /
    CONSIDERAÇÃO: todo e qualquer bom cristão sabe que Jesus voltará no final dos tempos, se tiver tempo…
    /
    Pena que marcianos não têm Bíblia…

  194. montalvão Diz:

    /
    falhou…

  195. montalvão Diz:

    /
    Enviei o texto tresvez e não passou, agora penso que seja devido ao tamanho, não vou mexer mais, deixo que o Vitor resolva segunda.
    /
    Atenção Visoni: deixe a última mensagem e exclua as anteriores. Grato e sesculpe-me a inexperiência postativa.

  196. Marciano Diz:

    Fui confundido com um robô (Seu comentário será publicado depois de aprovado pelo editor. Obrigado.)
     
    Here we go again:
     
    Mateus 24:36-44 declara: “Daquele dia e hora, porém, <b<ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai…. Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor… Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.”
     
     

    A morte do Falso Messias traumatizará os cristãos e judeus que o tinham seguido, porque isso lhes revelará que ele não era quem alegava ser. De fato, o papel de Jesus em sua derrota convencerá a maioria dos cristãos sobreviventes, pelo menos, de que o Falso Messias tinha sido o Anticristo profetizado em suas próprias escrituras. O Profeta do Islã, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, disse:

    “O filho de Maria descerá entre vocês em breve e os julgará de forma justa (de acordo com a Lei de Deus: quebrará as cruzes e matará os porcos…” (Saheeh Al-Bukhari)

    O quebrar das cruzes pode ser figurativo ou literal: a destruição de ídolos erigidos nas igrejas e a remoção de cruzes de seus campanários, assim como a proibição do uso de cruzes pessoais como símbolos da religião; ou a destruição do mito de que foi executado pelos romanos em uma cruz na instigação feita pelos judeus. Da mesma forma, a matança de porcos pode ser literal e figurativa: conduzir literalmente uma campanha para matar todos os porcos para que o consumo de sua carne se torne impossível, permitir que sejam mortos ou simplesmente impor novamente a proibição de Deus feita desde tempos imemoriais em relação ao consumo de sua carne, forçando os criadores de porcos a se livrarem de sua criação por sua inutilidade. De fato, duas das principais práticas cristãs serão removidas, indicando que a religião como ensinada por cristãos modernos será extinta, fazendo um retorno à religião como pretendida originalmente (Islã).

    “… e não haverá Jizya.” (Saheeh Al-Bukhari)

    Além disso, depois da grande perda de vidas entre os judeus, a morte de seu líder provará que ele foi uma falsa esperança. É provável que a alegação de divindade do Falso Messias semeie dúvidas em seus corações, e quando Jesus anunciar que a Jizya não será mais um meio através do qual os não-muçulmanos poderão evitar a submissão à vontade de Deus, eles estarão prontos para abrir mão da orientação de seus rabinos em favor do retorno à orientação de Deus. O fato de que nenhuma Jizya será aceita sublinha a abolição de todas as religiões, exceto uma. Será exigido que o Povo do Livro siga a Lei do Islã que Jesus imporá. Os obstinados que se recusarem serão perseguidos e mortos, ao invés de terem permissão de continuar em sua crença obsoleta.

    “A hora não chegará até que os muçulmanos combatam os judeus e os matem. Os judeus buscarão abrigo atrás de pedras e árvores, mas a pedra ou a árvore falará: “Ó servo de Deus, existe um judeu [obstinado] atrás de mim, venha e mate-o!” Mas a árvore de Gharqad não falará, porque é parcial em relação aos judeus.” (Saheeh Muslim)

    Os marcianos não têm bíblia, mas têm Corão.
    Até segunda!

  197. Marciano Diz:

    عيسى (este é o verdadeiro nome de FG) é apenas um profeta, que voltará convertido ao Islã.
    Agora, só segunda.

  198. Marciano Diz:

    Ah, antes que me esqueça:
    عيسى pronuncia-se isa. Mais ou menos.

  199. Marciano Diz:

    Psicografia em árabe:
    المسيح عيسى بن مريم ويُعرف أيضاً بيشوع بالعبرية و بيسوع في العهد الجديد، هو رسول الله والمسيح في الإسلام، ويعتبر من أولي العزم من الرسل[4]، أُرسل ليقود بني إسرائيل إلى كتاب مقدس جديد وهو الإنجيل[5]، ويُفضل المسلمون إضافة عبارة "عليه السلام" بعد اسمه ككل الأنبياء توقيراً لهم. الإيمان بعيسى (وكل الأنبياء والرسل) ركن من أركان الإيمان، ولا يصح إسلام شخص بدونه. ذكر عيسى باسمه في القرآن 25 مرة، بينما ذكر محمد 4 مرات[6][7]. يذكر القرآن أن عيسى ولدته مريم بنت عمران، وتعتبر ولادته معجزة، حيث أنها حملت به وهي عذراء من دون تدخل إنسان، بأمر من الله. ليؤيد رسالته، كانت لدى عيسى القدرة على فعل بعض المعجزات كإحياء الموتى وإبراء الأكمه والأبرص بإذن الله. وبحسب القرآن، فإن عيسى لم يُصلب، ولم يقتل بأي طريقة أخرى، بل رفعه الله إليه، كذلك فإن عيسى مسلمٌ مثل كل الرسل في الإسلام، أي خضع لأمر الله، ونصح متبعيه أن يختاروا الصراط المستقيم. يرفض الإسلام فكرة الثالوث، أن عيسى هو إله متجسد، أو ابن الله أو أنه صُلب أو قيامة يسوع. ويذكر القرآن أن عيسى نفسه لم يدّعي هذه الأشياء، وأيضاً يشير إلى أن عيسى سينفي إدعاءه الألوهية في يوم القيامة[8]. ويشدد القرآن أن عيسى بشر فانٍ، مثل كل الأنبياء والرسل وأنه اختير لينشر رسالة الله. وتحرم النصوص الإلهية إشراك الله مع غيره، وأن توحيد الله هو السبيل الوحيد للنجاة.

  200. Marciano Diz:

    Deixo esta para o GORDUCHO traduzir:
    لدينا المؤمنين أن تأخذ مؤخرتك.

  201. Marciano Diz:

    Esta, eu mesmo traduzo:
    الموت للكفار.
    Morte aos infiéis!

  202. Marciano Diz:

    O poltergeist insiste em colocar o parágrafo no começo do período. Como se fosse em línguas profanas.
    Árabe, assim como hebraico e outras línguas, é escrito no que vocês aqui chamam de “de trás para a frente”.
    Confiram aqui:
    https://www.alarabiya.net/

  203. Gorducho Diz:

    TESTE DE ORTOGRAFIA

    טווַיֹּאמֶר שְׁמוּאֵל אֶל שָׁאוּל לָמָּה הִרְגַּזְתַּנִי לְהַעֲלוֹת אֹתִי וַיֹּאמֶר שָׁאוּל צַר לִי מְאֹד וּפְלִשְׁתִּים | נִלְחָמִים בִּי וֵאלֹהִים סָר מֵעָלַי וְלֹא עָנָנִי עוֹד גַּם בְּיַד הַנְּבִיאִים גַּם בַּחֲלֹמוֹת וָאֶקְרָאֶה לְךָ לְהוֹדִיעֵנִי מָה אֶעֱשֶֹה:

  204. Gorducho Diz:

    RESULT: FAIL
     
    A nível de parágrafo ou blockquote tem que configurar
    <p dir="rtl">hebraico não-chiquista</p>
     
    Tentei por dentro do blockquote mas falhou…

  205. Gorducho Diz:

    טווַיֹּאמֶר שְׁמוּאֵל אֶל שָׁאוּל לָמָּה הִרְגַּזְתַּנִי לְהַעֲלוֹת אֹתִי וַיֹּאמֶר שָׁאוּל צַר לִי מְאֹד וּפְלִשְׁתִּים | נִלְחָמִים בִּי וֵאלֹהִים סָר מֵעָלַי וְלֹא עָנָנִי עוֹד גַּם בְּיַד הַנְּבִיאִים גַּם בַּחֲלֹמוֹת וָאֶקְרָאֶה לְךָ לְהוֹדִיעֵנִי מָה אֶעֱשֶֹה:

  206. Gorducho Diz:

    Tentei quebrar a linha depois do paseq (sic :?: ) mas falhou também :(

  207. Marciano Diz:

    اللهُ أَكْبَر
    Allahu akbar
    Dieu est plus grand.

  208. Marciano Diz:

    L’expression est souvent mal traduite par « Dieu est grand » qui se dit en arabe « Allahu kabir » (ﺍﻟﻠﻪ ﻛﺒﻴﺮ). Ici « akbar » est la forme élative de l’adjectif « kabir », qui peut être traduite « plus grand » (comparatif) ou « le plus grand » (superlatif) selon le contexte.

  209. montalvão Diz:

    /
    tavueu lendo as postagens do amigo sede-santos, que julgaram parecido tanto comigo a ponto de ser mim, a fim de ver o que poderia haver de comum entre as personalidades. Embora nem sempre sejamos nós os melhores avaliadores de nós mesmos, um ponto em comum achei: ele observou direitinho a forte tendência dos discutintes em afastarem-se do tema proposto e se manterem apegados a tópicos do kardecismo e similares. Em apreciações feitas nos velhos tempos, registrei essa peculiaridade do grupo.
    /
    Tal não é intento crítico, apenas apontamento do fato. Quem precisaria trabalhar em cima dessa idiossincrasia, se achar que deve, seria o gerente postador dos artigos.

  210. Gorducho Diz:

    Quem foi que disse que seria S/Pessoa a da qual – erroneamente já se viu porque Sr. SEDE foi noivo de moça afiliada à Igreja Batista e aquele outro não…- eu tenho vaga memória de termos encontrado aí por essas redondezas?
     
     
    Já recebeu alta da crise nervosa :?:
    Posso lhe devolver a Presidência da Bancada :?:

  211. Gorducho Diz:

    O Sítio tem por título – e portanto as the stated purpose: Obras Psicografadas.
    Ou seja, é dedicado ao estudo do espiritismo, isso extrapolando um pouco a restritividade das “psicografias”.
     
    Mas a linha editorial recente é completamente outra, vindo se dedicar à divulgação apologética da Parapsicologia Estatística.
    Claro que ninguém se interessa por esta temática, exceto os próprios parapsicólogos.
     
    Então tem 2 opções:
    ♦ Discutir o que interessa e que corresponde ao próprio stated purpose da Casa – portanto encontrando a aparente impertinência amparo na própria Carta.
    ♦ Abandonar o Sítio.

  212. montalvão Diz:

    /
    ============================.
    Não resisti esperar pelo Vitor e faço nova tentativa, podei vários trechos de menor interesse e acho que agora vai. Se não der certo só me restará fazer uso da rede marciana, da qual se diz ter velocidade de terabites…
    ==============================.
    /
    /
    “Seu comentário será publicado depois de aprovado pelo editor. Obrigado. OUTUBRO 8TH, 2016 ÀS 12:17 PM”
    /
    /
    GORDUCHO, você e DEMARTE, que me ficam “descobrindo” nas quebradas, em identidades outras, anotem, para futuras consultas, as agremiações religiosas as quais frequentei (por frequência considero as comparecidas mais de dez vezes, em período de 12 meses): Batista, ICAR, Assembléia de Deus, Salão do Reino das Testemunhas de Jeová, umbanda. Como pode ver, entre presbiterianos ainda não estive: quem sabe no futuro?
    /
    Pensava quebrar o jejum e comentar a respeito de Targ (e seu sócio Puthoff), pois tenho material gordo para expor. Participei, quando frequentava o ECAE, de acerbas conversas com meu amigo Julio, e outros, e seria, creio, interessante reproduzir passos dos diálogos havidos.
    .
    Mas, como ando untanto avexado com o Obras, o ânimo de antanho já não mais se manifesta. Além disso, é mundialmente sabido que psi não goza de grande apreço entre os debatentes nesse espaço, o que faria de meu esforço empenho baldado e de debalde argumentar meus daktylos estão a chorar.
    .
    Entretanto, coincidentemente (ou por emanação paranormal, nunca se sabe), arrumando arquivos antigos, deparei discussão com o Sandro (que eventualmente cá comparece), esta havida no site “Espiritismo Científico”, e que pareceu-me pertinente ao artigo que titula a presente conversa. Dessa discussão exponho parte, supondo que possa ser de interesse da leitura de alguém: talvez, quem sabe?…
    /
    Segue a seguir…
    /
    ==========================.
    De: espiritismo-cientifico Em nome de moi
    Enviada em: sábado, 25 de maio de 2013 01:05
    Para: espiritismo-cientifico
    Assunto: [IPCE] Medicina NÃO reconhece obsessão – AME-BRASIL
    =============
    SANDRO: (citação) “A Associação de Parapsicologia é uma organização profissional internacional de cientistas e estudiosos envolvidos no estudo de psi (ou “psíquico”) experiências, tais como telepatia, clarividência, psicocinese, cura psíquica e precognição. O objetivo principal do PA é alcançar uma compreensão científica dessas experiências.
    .
    Criada em 1957, a PA tem sido uma organização afiliada da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS) desde 1969. O PA é uma organização sem fins lucrativos, não decidindo que não concorda com ideologias ou crenças diferentes do valor da investigação científica e acadêmica rigorosa.”
    http://parapsych.org/section/1/about_the_pa.aspx
    .
    Mais pode ser visto aqui: (links retirados)
    1. sistema Grisa
    .
    2. sandra/proposta_parapsi/proposta_parapsi.htm
    .
    3. pt.wikipedia.org/Parapsicologia
    .
    Num todo, entendo q alguns cientistas, ou grupos destes (cada vez menores), nao reconhecem a parapsicologia… Mas oficialmente tal informação (de nao reconhecimento) passa a ser um erro. =============
    /.
    MOI: Não me parece que seja exatamente como diz, ou seja: grupos cada vez menores não reconhecem a parapsicologia. A história é um pouco mais complicada….
    /
    O fato de a parapsicologia ter sido reconhecida como atividade científica pela AAAS não elucida o que podemos denominar “problema psi”. Explico: embora existam “escolas” de parapsicologia fajutas, a pesquisa psi atual utiliza metodologia científica em seus procedimentos. Creio que ninguém discutiria o fato. O “problema” se manifesta quando procuramos conhecer os objetos de estudo desse saber, quais sejam: PES (percepção extrasensorial) e PK (ação mental sobre a matéria). Também são incluídos nos estudos do paranormal alegações de vivências fora do corpo, reencarnação e mediunidade.
    .
    Pois bem, o que a busca desses objetos de estudo nos mostra? Mostra uma ciência organizada há mais de século e que, até o presente, não apresentou resultados expressivos. Além de a “força” psi se mostrar (caso realmente exista) de ação incerta, tênue, incontrolada e sem aplicação prática, ainda há dúvidas sobre o que seja exatamente…
    .
    Diante desse quadro, a parapsicologia tem muito pouco a oferecer em resultados objetivos. Conhecemos alguma “lei” científica promanada pela investigação psíquica? Dizem que tem. Fala-se que uma das leis da paranormalidade é a de que a ação da “força” independe do tempo e do espaço. Mas esta seria lei tão incerta quanto incertos são os resultados que a investigação psíquica até então proporcionou.
    .
    E quanto à previsibilidade? Quais previsões que o conhecimento psi possibilita ou possibilitou serem inferidos? Pode ser que existam, mas realmente desconheço. Alguns estudiosos do paranormal tentam definir o perfil psicossocial de quem tenha pendores para a paranormalidade. Se o conseguissem, bem ou mal, não deixaria de ser uma previsão. Mas nada de consistente parece ter sido apresentado.
    .
    Dos três textos que indicou ilustrativamente em português, o primeiro é horrível (Grisa) e contém falhas gritantes. O segundo é um pouco melhor. O terceiro, embora seja o mais curto, é mais confiável. Deste pinço trechos que considerei esclarecedores.
    /
    continua-

  213. montalvão Diz:

    -continuação-
    /
    ================.
    1 – “Parapsicologia, vem do grego “para” [além de], “psique” [alma, espírito, mente, essência] e “logos” [estudo, ciência, essência cósmica] e SUGERE o significado etimológico de tudo que está “além da psique”, “além da psicologia” ou mais especificamente [...] Pode ser compreendida, a partir de um ponto de vista estrito senso, como O ESTUDO DE ALEGAÇÕES PARANORMAIS e associados à experiência humana, ou seja, as interações sensoriais e motoras que APARENTEMENTE não são geradas por nenhum mecanismo ou agente físico conhecido.” =============
    /
    A explicação acima é boa porque não assume nada taxativo em relação a essa ciência de incertos resultados. Note que o autor tem o cuidado de utilizar os termos “sugere”, “alegações”, “aparentemente”, deixando claro que ainda não se sabe exatamente do que se trata quando se faz referência à psi.
    /
    =============
    “Embora a Parapsicologia seja representada por cerca de 30 países e esteja integrada a muitas instituições de caráter científico consensualmente reconhecido, como a Associação Americana para o Avanço da Ciência e a Universidade de Virginia, a sua posição como um ramo da ciência ainda é contestada sendo que alguns cientistas, incluindo psicólogos, CLASSIFICAM-NA COMO PSEUDOCIÊNCIA DEVIDO AO FRACASSO EM CORROBORAR OS RESULTADOS DEFENDIDOS ATRAVÉS DO MÉTODO CIENTÍFICO, MESMO JÁ DECORRIDOS MAIS DE UM SÉCULO DE PESQUISAS AFINS.”
    =============
    /
    Foi o que falei acima: o “problema” com a parapsicologia não estaria nos métodos de pesquisa, sim nos poucos retornos que apresenta.
    /
    =============
    “A maioria dos parapsicólogos, atualmente, ESPERA que estudos adicionais venham finalmente explicar essas anomalias em termos científicos, apesar de não estar claro se eles podem ser completamente compreendidos sem expansões significativas (poderia se dizer revolucionárias) do estado atual do conhecimento científico. Outros pesquisadores assumem a posição de que modelos científicos já existentes, tais como os de percepção e de memória, são adequados para explicar alguns dos fenômenos parapsicológicos.”
    ==================
    /
    Obviamente, não advogo o “fim” das pesquisas psi. Estas devem continuar e novos métodos investigativos incrementados, tudo objetivando trazer retornos conclusivos: psi existe ou não? Se existe, qual seu alcance? Pode ser utilizada com resultados práticos? Pode ser controlada? Enfim, uma série de questões estão em aberto e aguardam por elucidações satisfatórias. Até o momento, com exceção da primeira inquirição (cuja resposta seria um “talvez”), as respostas para as indagações acima seriam negativas.
    .
    O segundo artigo que citou, de autoria de Sandra Waehneldt, é razoável nalguns pontos, mas peca por assumir que o fenômeno paranormal seja claramente definido e que seja natural na espécie humana. Nada disso pode ser afirmado com base no atual estádio das investigações. Outro grave equívoco de D. Sandra é classificar como “conquista” da parapsicologia a TVP (terapia de vidas passadas). Nada a ver…
    .
    O texto do Grisa é ingênua apologia do “método” que leva seu nome: exótica proposta de terapia parapsicológica, que se diz firmada em fundamentos científicos, mas de científico tem muito pouco se é que tem alguma coisa. O sistema Grisa me soa como caricatura da Programação Neurolinguistica…
    .
    Quando quiser pegar textos de parapsicologia sugiro que vá ao Interpsi, lá encontrará material de melhor qualidade. O endereço é: http://www.ip.usp.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2541%3Ainter-psi-laboratorio-de-psicologia-anomalistica-e-processos-psicossociais-publicacoes&catid=384&Itemid=211&lang=pt
    .
    Também, no site do IPPP, do qual participa o professor Valter da Rosa Borges, encontrará artigos interessantes. O endereço:http://www.parapsicologia.org.br/index.php?option=com_content&view=section&layout=blog&id=2&Itemid=4
    .
    Felicidades.
    .
    Moizés Montalvão
    ======================.
    Se o texto lhe foi útil buzine duas vezes, caso negativo, buzine o quanto lhe apetecer…
    /
    Fui até onde não sei quando. vou a Marte entregar Bíblias…
    .
    Fiquem com Deus, presbiterianamente falando…

  214. montalvão Diz:

    /
    aleluia!

  215. montalvão Diz:

    /
    GORDUCHO: “Quem foi que disse que seria S/Pessoa a da qual – erroneamente já se viu porque Sr. SEDE foi noivo de moça afiliada à Igreja Batista e aquele outro não…- eu tenho vaga memória de termos encontrado aí por essas redondezas?”
    /.
    Well, pela citação geográfica entendi que a referência fora a mim, devo ter me deixado levar pela vaidade. Tudo bem, se foi entendimento falho deixemos o sede-santos livre para se manifestar sem sobressaltos. De minha parte continuo no degredo voluntário, mesmo porque vocês (você, Marciano, Vinícius…) estão indo muito bem, bem além de minhas modestas limitações intelectuais.

  216. montalvão Diz:

    /
    “O objetivo deste site é analisar cientificamente livros ou mensagens ditos “psicografados”, ou seja, escritos ou ditados por um suposto espírito através de um “médium”, apontando erros e acertos à luz da Ciência atual. Também busca analisar possíveis fontes de informação em que o médium teria se baseado para escrever a obra, possibilidades de plágio (fraude), de “plágio inconsciente” (também conhecido como criptomnésia), e mesmo a possível ocorrência de um genuíno fenômeno paranormal. Serão analisadas obras de médiuns famosos e menos conhecidos.”
    /
    /
    GORDUCHO: O Sítio tem por título – e portanto as the stated purpose: Obras Psicografadas. Ou seja, é dedicado ao estudo do espiritismo, isso extrapolando um pouco a restritividade das “psicografias”.

    Mas a linha editorial recente é completamente outra, vindo se dedicar à divulgação apologética da Parapsicologia Estatística. Claro que ninguém se interessa por esta temática, exceto os próprios parapsicólogos.
    /
    CONSIDERAÇÃO: “que ninguém se interessa” é um tanto hiperbolizado, eu, por exemplo, me interesso e sei de outros (não aqui, em outros sites), que não são parapsicólogos, e se empolgam com o tema. Mas o ponto não é esse: você está certo, levando-se em conta os objetivos expostos. Se a meta é estudar médiuns e mediunidade, a paranormalidade seria assunto eventual e indiretamente referível. Só que,casualmente ou não, o gerente deixou claro que, para ele, paranormalide e mediunidade se confundem, considere a sentença:
    /
    ============================.
    “Também busca analisar possíveis fontes de informação em que o médium teria se baseado para escrever a obra, possibilidades de plágio (fraude), de “plágio inconsciente” (também conhecido como criptomnésia), e mesmo a possível OCORRÊNCIA DE UM GENUÍNO FENÔMENO PARANORMAL.”
    ============================.
    /
    Então, ele pode se defender, alegando que ao expor assuntos ligados ao paranormal estaria dentro da proposta original. É claro que tal saída é discutível (visto que do paranormal caberia referência apenas quando pudesse explicar evento mediúnico, nada, pois, atinente às insólitas estatísticas que tanto o encantam e tão pouco provam coisa alguma), mesmo assim, seria (para ele) saída desculpativa…
    .
    Esse ponto (dos objetivos do site) pede outras considerações. Levando-se-o em conta, entendemos o porquê de o gerente olvidar fiscalizações objetivas da presença de mortos nos entornos mediúnicos: embora, até onde sei, ele nunca recorreu a esse pretexto, fica implícito que o intento da página não é verificar efetivamente se mortos comunicam, mas aferir se os supostos comunicantes e seus médiuns são legítimos: separar o joio do trigo.
    /
    EM OUTRAS PALAVRAS, o sítio comete equívoco bastante comum quando se almeja transformar religião em ciência: primeiro afiança o dogma, depois se esforça por definir o que se adéqua a ele. Ou, EM MAIS OUTRAS PALAVRAS: garante a realidade da hipótese, que é: ESPÍRITOS COMUNICAM! A partir dessa incerta certeza, esforça-se por distinguir as boas comunicações das espúrias. No frigir dos ovos, o saite é meramente apologético, uma apologia mais sofisticada que o comum, verdade, mas sempre apologia.
    /
    /

    GORDUCHO: Então tem 2 opções:
    ? Discutir o que interessa e que corresponde ao próprio stated purpose da Casa – portanto encontrando a aparente impertinência amparo na própria Carta.
    ? Abandonar o Sítio.
    /.
    CONSIDERAÇÃO: há uma terceira: modificar a carta de intenções e adaptá-la à prática real…
    /
    paz do Senhor…

  217. Gorducho Diz:

    By the way e porque mencionou: ¿que achou das fotos da aura d’água fluidificada?

  218. montalvão Diz:

    /
    “que achou das fotos da aura d’água fluidificada?”
    /
    onde isso que não vi?

  219. Vinicius Diz:

    Confesso que achei o SEDE SANTOS familiar também, com o caroável MONTALVÃO ! Mas sabe como é, confusão de identificação de estilo ocorre bastante, alguns colegas espiritas chamam isso de fala de representante de falange que tem ideias semelhantes ao espirito que querem simbolizar :mrgreen:

  220. Vinicius Diz:

    GORDUCHO, lembrei da sugestão ao ORLANDO: picar músculos e tomar passes´, MAS nada de polêmicas…
    Se em alguma portaria, corredor, sala de aula falarem em um tal herói chamado BEZERRA … como fazer? E se o cara é fanático pelo dito cujo? isto é, se fosse católico seria devoto de São Bezerra !

  221. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    onde isso que não vi?
    ===============================================================
    Na revista dele.
    Acho que achei um erro metodológico, mas não quero influenciá-lo…

  222. Gorducho Diz:

    Mas não sei daonde que acharam que era ao AMo que eu tava me referindo o
    Até porque ele sabe que nunca encontramos com ele, pelo menos eu não!
     
     
    By the way: quando e se Sr. SANTOS reaparecer, vou perguntar a ele o que acha da possibilidade de satanás ser só uma metáfora bíblica…
     
     
    ==============================================================
    Se em alguma portaria, corredor, sala de aula falarem em um tal herói chamado BEZERRA
    ==============================================================
    Descartar amizades e companheiros nalgum ambiente onde se desenvolveu afinidade é difícil.
    Por isso foi o conselho de seguir indo se for doloroso abandonar o que lhe seja caro.
    Mas claro que não se irá nessas circunstâncias assistir aulas nem ficar debatendo. Se falam nas crenças a proposta é ficar quieto e desviar o assunto.
    Não vai dentro do Centro Espírita alardear que caiu em si e se tocou que médiuns não existem.
    Evidentemente que isso geraria um furor e até ódio, como sabe bem como é a coisa com os Fraternos Irmãos quando qualquer iota da crença é questionado.
    Mas claro que gradualmente o correto é ir se afastando…

  223. Vinicius Diz:

    “os Fraternos Irmãos quando qualquer iota da crença é questionado.”
     
    Aconteceu comigo isso, GORDUCHO, quando simplesmente o pedi para pelo menos ler as analises do Biasseto do Livro Libertação e o Átomo.
    Respondeu que é apenas interpretação de texto, que devemos seguir kardec e se kardec errado jesus etc etc (“lembrando CX e Emmanuel sobre o primeiro seguir kardec e jesus )
     
    Mas depois parou de falar comigo sobre qualquer assunto até do dia a dia. Até de algo que temos em comum Contabilidade :mrgreen:

  224. Vinicius Diz:

    Acho melhor nós mesmos descobrirmos assim como foi comigo. Ninguém ficou me empurrando tais analises ! Li e concordei com o plágio (inicio achando como o Vitor: Criptomnésia mas lendo outros, combinando a fala do Waldo, o episódio do Amauri Pena, o processo de HC etc etc…

  225. Gorducho Diz:

    Sim, é isso. Só que ele já descobriu, então a questão que ele colocou é como agir a partir de agora.
    E evidentemente vale pra qualquer leitor anonimo que caia na real descobrindo que é tudo fantasia.
    Então claro que o padrão seria se afastar dando uma desculpa qualquer. Mas se alguém tem vínculos fortes e quer seguir indo pelo menos em algumas situações, acredito que o melhor caminho foi o que apontei.
    Ajudar a refogar músculo bovino e picar vegetais não implica ficar debatendo as façanhas do Super Bezerra nem as cartinhas consoladoras dos falecidos.
    Agora, se começar a ser alvo de caras feias e ódios reprimidos então completa-se o afastamento definitivo.
    Eu como disse me dou com os espíritas associados direta ou indiretamente aos tempos de Crente, mas é fora de Centros, claro.

  226. Vinicius Diz:

    “Eu como disse me dou com os espíritas associados direta ou indiretamente aos tempos de Crente, mas é fora de Centros, claro.”
     
    E já lhe perguntaram algo sobre essas análises ou ficam na deles também?

  227. Vinicius Diz:

    Pergunto isso porque o amigo que citei me procurou no facebook dizendo que faz tempo que não me via na FEESP e tal, o que houve etc etc.

  228. Gorducho Diz:

    Não falo disso.
    Não falamos sobre religião.
    Claro que sabem que sou agora agnóstico; então não se debate religião.
    É como digo: na nossa (de casa) vida real religião não entra.
    Por isso mesmo acho que sou tão intransigente com essa linha de pensamento que tenta misturar profissão com crenças religiosas.
    São Universos completamente disjuntos.

  229. Gorducho Diz:

    E apesar de achar que o politicamente correto americano é a coisa mais detestável que tem na crosta, nesse ponto sou todo: jamais em ambiente de serviço toco nisso.

  230. Gorducho Diz:

    ===============================================================
    Pergunto isso porque o amigo que citei me procurou no facebook dizendo que faz tempo que não me via na FEESP e tal, o que houve etc etc.
    ===============================================================
    Bom, mas então que tá enxergando fantasmas é S/Pessoa!
    É a tal da projeção. Ele quer manter a amizade consigo.
    Mantenha-a deixando religião de lado!
    Repito minha postura – que claro é a minha pessoal, como vejo as coisas: religião é pra dentro do local de culto e de foro íntimo.
    Nem dentro de casa pode generalizadamente se dizer que deva estar, porque a mulher pode ser doutra.
    E os filhos que também devemos respeitá-los.
    Agora se marido & mulher comungarem da mesma crença religiosa, ok.

  231. Gorducho Diz:

    Às vezes dizem que enviaram vibrações sobre nós a partir da sessão mediúnica.
    Digo: fine :!:
     
    Como falei pro Dr.: se pessoas bem intencionadas orarem pensando em nosso benefício, mal não fará.

  232. Gorducho Diz:

    A PARTIR DAQUI DA MINHA PARTE ME TRANSFERIREI PRA PENÚLTIMA RUBRICA, SENÃO FICA MUITO RUIM DE ACOMPANHAR.
    JÁ FOI COLOCADO POR TERCEIRO O TEMA DE INTERESSE – ESPIRITISMO – LÁ, DE SORTE QUE O ANALISTA MOLTALVÃO NÃO PODERÁ NOS CULPAR POR RESPONDERMOS FORA DO ÂMBITO DA PARAPSICOLOGIA ESTATÍSTICA.
    BYE

  233. Eu Sou a Universal Diz:

    Sr Gorducho, e se fizerem oração contrária em vosso malefício? Bem não fará? Se acredita que o bem pode ser feito, o mal também, pois este é o contrário do bem. **Se não sabe o que é, procure por “oração contrária” na internet.

  234. montalvão Diz:

    /
    onde isso que não vi?
    ===============================================================
    Na revista dele.
    /.
    AMIGO, lembre que estou acompanhando as conversas de soslaio, por isso, permita-me indagar: na revista dele quem?

  235. Marciano Diz:

    MONTALVÃO, é sempre bom encontrá-lo aqui.

     
    Vosmecê, que foi Batista, ICAR, Assembléia de Deus, Salão do Reino das Testemunhas de Jeová, umbanda, tem alguma coisa contra o profeta Muhammad?
     
    Experimente!
    http://www.islambrasil.com/br/
     
    VINICIUS, Sede_Santos e MONTALVÃO são almas gêmeas, mas não são a mesma pessoa. Perceba que apaixonaram-se por crentes diferentes.
    A única coisa que eles têm em comum é o diabo metafórico.
     
     
    Parto para a outra rubrica, também. Aquela do Curioso.

  236. Marciano Diz:

    لدينا المؤمنين أن تأخذ مؤخرتك.
     
     
    الموت للكفار.
     
    Meditem sobre estas verdades.

Deixe seu comentário

Entradas (RSS)