Arquivo ‘Mediunidade’ Categoria

O CASO DE IRIS FARCZÁDY — UMA VIDA ROUBADA (2005)

segunda-feira, setembro 25th, 2023

Em 1933, uma garota húngara de 16 anos, de boa criação, que sempre havia se interessado muito pela mediunidade, passou subitamente por uma mudança drástica de personalidade, alegando que ela era Lúcia renascida, uma trabalhadora espanhola de 41 anos que havia morrido no início daquele ano. Transformada em “Lúcia”, Íris falou em espanhol fluente a partir de então, uma língua que aparentemente ela nunca tinha estudado e nem tivera a oportunidade de aprender, e era incapaz de entender qualquer outra língua. Lúcia tem estado no controle desde então, e agora, com a idade de 86 anos, considera que Íris foi uma pessoa diferente, a qual cessou sua existência em 1933. Os três autores deste artigo encontraram Lúcia em 1998, e uma fita cassete contendo as suas entrevistas está arquivada na SPR. Tentativas foram feitas para localizar a alegada família espanhola de Lúcia, mas não obtiveram sucesso. Apesar de o aspecto reencarnatório do caso não ser apoiado por provas, ainda resta o mistério de como Iris adquiriu o seu conhecimento da linguagem espanhola, dos costumes e da cultura popular, e porque Iris deveria ter querido ou se submetido a uma “substituição” por Lúcia. Para ler o artigo em português, clique aqui. Em inglês, clique aqui.

Recepção de informação anômala por médiuns: Uma meta-análise da evidência científica (2021)

segunda-feira, setembro 11th, 2023

A mediunidade é o fenômeno ostensivo da comunicação intermediada por humanos entre pessoas vivas e falecidas. Neste artigo, os autores fazem uma meta-análise de toda a evidência experimental moderna disponível, especificamente de 2001 a dezembro de 2019, investigando a precisão da informação aparentemente anômala fornecida por médiuns sobre indivíduos falecidos. 14 artigos passaram no critério de seleção, para um total de 18 experimentos. Ambos os modelos de efeitos aleatórios bayesianos e frequentistas foram usados para estimar o tamanho do efeito agregado nos estudos. O tamanho do efeito padronizado geral (índice de proporção), tanto aqueles estimados com o modelo frequentista, quanto com o modelo bayesiano, geraram um valor de 0,18 (95% I.C. = 0,12 – 0,25) acima do nível do acaso. Além disso, essas estimativas passaram pelo controle de dois testes de viés de publicação. Os resultados desta meta-análise, os autores concluem, apoiam a hipótese de que alguns médiuns podem recuperar informações sobre pessoas falecidas por meios desconhecidos. Para ler o artigo, clique aqui.

Memórias da Rua do Ouvidor (1878) x Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho (1938)

quarta-feira, setembro 6th, 2023

Já havia sido mostrado neste blog que o livro “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho”, de Chico Xavier, guardava correspondências com o Vol. XII da enciclopédia Tesouro da Juventude, com o livro O Brasil Anedótico de Humberto de Campos e com um artigo de Leopoldo Machado publicado na revista Reformador em 03/10/1934.  O internauta Míssel Crítico achou mais uma possível fonte: o livro Memórias da Rua do Ouvidor. Embora Chico Xavier não deva ter copiado as informações exatamente dessa fonte, pois se trata de um livro fora do tema, citando os fatos narrados de maneira circunstancial, mostra que era informação dos livros de história, dos quais ele deve ter se servido. Para ler o artigo, clique aqui.

Uma investigação empírica de suposta escrita mediúnica – um estudo de caso das cartas de Chico Xavier (2019)

terça-feira, agosto 29th, 2023

Há muitas críticas que podem ser feitas a este artigo: (a) os autores passam um perfil completamente falso de Chico Xavier, chegando a dizer, inclusive, que “a conduta de Xavier nunca deu qualquer base para supor que ele fosse capaz de fraude ou trapaça”. Aquele circo das materializações ao lado da Otília Diogo e os plágios seriam o quê?; (b) os autores passam a ideia de que Chico teria adiantado conhecimentos científicos, em especial sobre a glândula pineal ao dizerem que “alguns fatos fisiológicos foram descritos na pesquisa médica apenas muito anos depois da publicação dos livros de Xavier”. Nada mais falso, podendo ser conferido aqui.; (c) os autores dizem que “Xavier era um jovem e pouco educado homem vivendo em uma região rural do Brasil com acesso restrito a bibliotecas”. Falso. Chico teve amplo acesso a livros trazidos por Rômulo Joviano, seu patrão, inclusive livros em inglês que lhe eram traduzidos; (d) os autores dizem que “ao longo de sua vida, Xavier produziu mais de 450 livros, todos supostamente escritos sob influência direta de pessoas falecidas”. De onde tiraram esse número? Os livros de Chico Xavier em vida somam 412 ou 416, a depender da classificação. Mesmo contando algumas dezenas lançados após sua morte não chegam a 450.

Enfim, o artigo é muito ruim. Para quem ainda quiser ler o artigo, clique aqui.

O Dr. Fritz era racista

quinta-feira, agosto 10th, 2023

Reproduzo uma postagem do prof. Lair Amaro extraída do facebook dele sobre Zé Arigó e o Dr. Fritz. Para vê-la, clique aqui.

Testando a suposta escrita mediúnica: um estudo experimental controlado (2020/2022)

quinta-feira, julho 27th, 2023

O artigo é bastante demolidor sobre a ocorrência de algum fenômeno paranormal nos médiuns brasileiros sobre condições rígidas. Muitos inclusive se recusaram a serem testados porque já sabiam que não conseguiriam obter bons resultados. E notem que as condições poderiam ter sido ainda mais rígidas…

Em um artigo posterior e já traduzido aqui no blog, os autores afrouxaram as condições e então obtiveram os resultados que queriam… é claro que eles acham que mesmo afrouxando as condições, uma explicação normal seria muito difícil. Eu até acho que seria difícil, mas não tão difícil como eles imaginam… ainda acho plausível a hipótese de algum aparelho no ouvido do médium transmitindo informações de um comparsa a vasculhar as redes sociais ou outros dados dos brasileiros obtidos num pen drive que dizem é vendido no Centro do Rio de Janeiro…

Inclusive muito se discutiu recentemente sobre um jogador de xadrez, Hans Niemman, que teria conseguido fraudar no xadrez presencial recebendo informações dos lances de uma máquina (provavelmente o Stockfish), mas ninguém conseguiu provar como ele conseguiu burlar a fiscalização. Uma matéria sobre o assunto pode ser lida aqui. A hipótese de um ponto eletrônico no ouvido foi levantada, entre outras mais esdrúxulas.

Porém mostrou-se que os lances eram idênticos aos de uma máquina. E o Hans Niemman está processando em milhões de dólares aqueles que o acusaram de fraude, porque não basta mostrar que os lances eram de uma máquina, tem que mostrar como ele burlou a segurança. 

Fato é que  “os organizadores do torneio gastaram milhares de dólares para fortalecer seus sistemas de segurança com varinhas de detecção de metal, scanners de radiofrequência e até sistemas que verificam dispositivos de silício. Os espectadores foram banidos, além de um punhado de organizadores e mídia. Um atraso de 30 minutos na transmissão ao vivo da internet impede qualquer possibilidade de análise de computador ser passada para um dos jogadores.”

Após todas essas medidas, o desempenho do Hans Niemann caiu. Embora, recentemente, ele esteja se recuperando bastante bem.

O que eu quero dizer é que mesmo as pesquisas mais rígidas dos autores ainda longe estão de ter um esquema de segurança como os dos campeonatos de xadrez, afrouxando então…

Para ler o artigo, clique aqui. Uma observação, a versão pré-impressão do artigo é de 2020, mas a publicação oficial veio em 2022.

Livro Gratuito! “Marieta” (1870), de Daniel Suárez Artazu

sexta-feira, julho 21st, 2023

Para baixar o livro, clique aqui. Como curiosidade, o alegado espírito de Marieta é o mesmo que supostamente se materializa no livro “A médium das flores“.

Livro Gratuito! “Vestida de Sol” (1889), de Anna Kingsford

terça-feira, julho 18th, 2023

Anna Kingsford foi uma médium inglesa com um pensamento bastante avançado para a sua época, lutando contra o machismo, contra a vivissecção de animais e a favor do vegetarianismo. Ainda que ela não tivesse nenhum poder paranormal genuíno, só por isso já podemos considerá-la uma mulher extraordinária! Para baixar o livro dela, clique aqui.

Tabelas com possíveis plágios cometidos por médiuns brasileiros e estrangeiros

segunda-feira, junho 26th, 2023

Fiz dois arquivos com tabelas trazendo possíveis plágios identificados em obras mediúnicas até então. A tabela com os supostos plágios de médiuns brasileiros pode ser acessada aqui. A de médiuns estrangeiros pode ser acessada aqui. Essas tabelas estarão sempre em atualização, quando novos plágios forem descobertos. (Tabela do Brasil atualizada em 27/11/2023)

Avaliação da Ocorrência da Recepção Anômala de Informações em Processos Alegadamente Mediúnicos (2023)

quinta-feira, junho 22nd, 2023

O estudo da mediunidade e o fenômeno da Recepção Anômala de Informações (RAI) tem o potencial de produzir novas evidências sobre a mente e sua relação com o cérebro. Este estudo investigou a ocorrência de RIA em um procedimento alegadamente mediúnico. Para controlar o vazamento de informações, o médium foi filmado e permaneceu sob supervisão durante todos os procedimentos. A taxa de acerto dos itens das informações geradas foi analisada bem como indícios de fraude (como leitura fria, dedução e uso de generalizações) e a informação divulgada para o médium. O médium produziu 57 itens de informação, dos quais 6 não foram reconhecidos, 4 foram divulgados, 6 poderiam ter sido deduzidos, 11 podem ser considerados genéricos e 30 estavam corretos, não tendo sido divulgados ou eram muito improváveis de terem sido deduzidos, obtidos por leitura fria ou considerados genéricos. O resultado é altamente indicativo da ocorrência de RIA, segundo os autores. Para ler o artigo, clique aqui. Pus nos comentários o que achei do artigo.

Entradas (RSS)